Your SlideShare is downloading. ×
internet jornalismo
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Thanks for flagging this SlideShare!

Oops! An error has occurred.

×

Introducing the official SlideShare app

Stunning, full-screen experience for iPhone and Android

Text the download link to your phone

Standard text messaging rates apply

internet jornalismo

309
views

Published on

Aula 02 parte II

Aula 02 parte II


0 Comments
1 Like
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

No Downloads
Views
Total Views
309
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
0
Actions
Shares
0
Downloads
19
Comments
0
Likes
1
Embeds 0
No embeds

Report content
Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
No notes for slide

Transcript

  • 1. História do Jornalismo Online
    • Como falar da história sem memória? Esta falta de memória reflete as tendências da comunicação de massa: tudo é instântaneo, imediato, nada dura muito tempo
    • Sites que preservam a história da internet:
      • www.archive.org (iniciativa da Biblioteca do Congresso Americano)
      • Bancos de dados de jornais online
      • Arquivos pessoais
    • Um dos problemas da preservação de sites jornalísticos é o espaço em servidor : uma biblioteca virtual custa dinheiro.
  • 2. A produção de conteúdo para a internet num período de 14 anos (1995-2009)
    • ONTEM
    • Editor de HTML
    • HTMLed/Home Site
    • Sites estáticos
    • Design quadrado, pouca informação
    • Link sublinhado
    • HOJE
    • Publicadores / CMS (vários são de código aberto). Sites dinâmicos
    • Organização por tags
    • Redes sociais
    • Tableless - CSS
    • Dreamweaver
    • Amplo uso de Flash/outros
    • Desenvolvimento de design para o meio
    • Estilos diferenciados para apresentar o hipertexto (o usuário já aprendeu onde clicar)
  • 3. WEB 2.0
    • Tags – o usuário classifica seu conteúdo (Flickr, You Tube)
    • Blogs
    • Digg – a comunidade avalia notícias não só de meios tradicionais, como de blogs também
    • Internet como desktop
    • Google Earth
    • Jornalismo colaborativo/cidadão
    • A internet é banco de dados: uma nova forma cultural
  • 4. Desde 1995
    • A Web deixou de ser a mídia dos “nerds” e passou a ser popular – nem só os leitores do caderno de informática estão interessados em conteúdo online
    • A criação do conceito de “Portal” exemplifica a tendência dos conglomerados de comunicação e reflete fusões: não é só o jornal ZH que pertence à RBS, mas o Diário Catarinense, a Rádio Gaúcha, a TV Com. Isto fica claro no acesso ao portal. Esta foi uma tendência de sobrevivência das empresas de comunicação no mundo inteiro (AOL/Time Warner). Zaz/Terra, Estadão/Terra
  • 5. Desde 1995
    • A idéia de convergência é amplamente propagada. Agora, não se produz conteúdo apenas para papel, TV, rádio ou web. A idéia é produzir conteúdo complementar para todas as mídias (croos media), e a web abriga todo esse conteúdo.
    • Desenvolvimentos de novos formatos de narrativas multimídia (aumento da banda larga)
    • Convergência de hardware (IPhone)
  • 6. A evolução de alguns sites (jornais)
  • 7. - Estrutura Vertical - Menu à esquerda - Chamada centralizada - Muitos “gifs” - Marca existe fora do Grupo Estado
  • 8. - Estrutura Horizontal - Menu superior - Chamada alinhada à esquerda - Em vez de gifs, capa do jornal - Marca existe dentro do Grupo Estado
  • 9.  
  • 10. Mudança de mercado: o Netscape dominava
    • Estrutura Horizontal - “Cor de fundo”
    • - Menu centralizado - Ausência de hierarquia para banners
    Isto era a navegação
  • 11. - Menu à esquerda e barra superior horizontal para Voltar ao Portal - Chamadas alinhadas à esquerda - Divisão por regiões de atuação - Marca existe dentro do Grupo RBS
  • 12.  
  • 13. A evolução de alguns sites (marcas que nasceram na Internet)
  • 14. - Muitas imagens - Estrutura Horizontal
  • 15. - Estrutura vertical - Cara de“Home” - Destaques: HTML rudimentar
  • 16. - Diversidade de editorias - Menu horizontal e superior - É provedor
  • 17. Jornal Linha Direta do Bol virou o ...
  • 18. Folha Online!
  • 19.  
  • 20. A evolução de alguns sites (revistas)
  • 21. - Mudança editorial na revista - Barra de navegação
  • 22.  
  • 23.
    • Marca subordinada à Abril
    • Espaço delimitado para publicidade e e-commerce
    • Valorização do assinante da revista impressa
  • 24. Navegação confusa; sem hierarquia de informação
  • 25.  
  • 26. Portal com todas as revistas da Unidade de Negócios da empresa
  • 27.  
  • 28.  
  • 29.  
  • 30.