Marketing  Redes Sociais  & Bibliotecas Universitárias Daniela Capri Isadora Garrido Renata Duarte CIN 5025 – Prática de G...
<ul><li>Tópicos </li></ul><ul><li>1 Marketing: definição </li></ul><ul><li>1.1 Visão Tradicional </li></ul><ul><li>1.2 Vis...
<ul><li>. O que é Marketing? </li></ul><ul><li>Marketing (mar· ket· ing) - Pronunciation: /’märkitiNG, /  noun  </li></ul>...
<ul><li>. Visão Tradicional  (Antiquada?) </li></ul><ul><li>. Modelo  top < down ,  </li></ul><ul><li>de um para muitos </...
<ul><li>. Visão Atual </li></ul><ul><li>. Onde as pessoas estão?  Como se comunicam? </li></ul><ul><li>. Em Redes. Sociais...
<ul><li>. Bibliotecário-Mediador  </li></ul><ul><li>. Tipos de Bibliotecários / Funções /    Referência </li></ul><ul><li>...
<ul><li>. A BU-UFSC </li></ul><ul><li>. Onde está? </li></ul><ul><li>. Site <http://www.bu.ufsc.br/> </li></ul><ul><li>. D...
 
<ul><li>. Desafios </li></ul><ul><li>. Pode ser reconhecido como um serviço de referência online? Como? [Aula prof. Míriam...
Referências <ul><li>Dicionário Online Oxford <http://oxforddictionaries.com/> </li></ul><ul><li>Dicionário Online Priberam...
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Marketing, Redes Sociais e Bibliotecas Universitárias

1,125

Published on

Trabalho apresentado dia 27/04/2011

Published in: Education
0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total Views
1,125
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
0
Actions
Shares
0
Downloads
21
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Marketing, Redes Sociais e Bibliotecas Universitárias

  1. 1. Marketing Redes Sociais & Bibliotecas Universitárias Daniela Capri Isadora Garrido Renata Duarte CIN 5025 – Prática de Gestão
  2. 2. <ul><li>Tópicos </li></ul><ul><li>1 Marketing: definição </li></ul><ul><li>1.1 Visão Tradicional </li></ul><ul><li>1.2 Visão Atual </li></ul><ul><li>2 Bibliotecário-Mediador </li></ul><ul><li>3 A BU-UFSC </li></ul><ul><li>4 Desafios </li></ul>
  3. 3. <ul><li>. O que é Marketing? </li></ul><ul><li>Marketing (mar· ket· ing) - Pronunciation: /’märkitiNG, / noun </li></ul><ul><li>* the action or business of promoting and selling products or services , including market research and advertising. (Dicionário Oxford) </li></ul><ul><li>Marketing ( palavra inglesa) s. m. </li></ul><ul><li>* Estudo das atividades comerciais que, a partir do conhecimento das necessidades e da psicologia do consumidor, tende a dirigir os produtos, adaptando-os , para o seu melhor mercado; estudo de mercado. = mercadologia (Dicionário Priberam) </li></ul>
  4. 4. <ul><li>. Visão Tradicional (Antiquada?) </li></ul><ul><li>. Modelo top < down , </li></ul><ul><li>de um para muitos </li></ul><ul><li>. Folders, Pôsters (argh!) </li></ul><ul><li>. Propaganda (talvez indesejada...) </li></ul><ul><li>. E-mail / Mala direta (com trocadilho. Ou seria SPAM?) </li></ul><ul><li>. Modelo de assessoria, muito formalizado </li></ul><ul><li>= Passividade </li></ul>Caminho da Biblioteca Universitária por Fernanda Luísa Ferretti - 2010.2 - 31 de agosto de 2010
  5. 5. <ul><li>. Visão Atual </li></ul><ul><li>. Onde as pessoas estão? Como se comunicam? </li></ul><ul><li>. Em Redes. Sociais. (Cavalcanti, Nepomuceno, 2007) </li></ul><ul><li>. Interesse genuíno em nichos e pessoas </li></ul><ul><li>. Maior transparência </li></ul><ul><li>. Modelo bottom > up , </li></ul><ul><li>de muitos pra muitos </li></ul><ul><li>. Como lidar? </li></ul>Estudos na Biblioteca Universitária por Fernanda Luísa Ferretti 2010.2 - 25 de novembro de 2010
  6. 6. <ul><li>. Bibliotecário-Mediador </li></ul><ul><li>. Tipos de Bibliotecários / Funções / Referência </li></ul><ul><li>“ O bibliotecário criou uma maneira única de agrupar livros, enquanto a Amazon tenta descobrir tantos modos quantos forem possíveis ”(WEINBERGER, 2007, p. 61) </li></ul><ul><li>. Curadoria Digital / de Conteúdo </li></ul><ul><li>. Convergência e Participação </li></ul><ul><li>Envolve a seleção, organização, manutenção e compartilhamento, agregando valor ao conteúdo em questão. ( ROSEMBAUM, 2011; BHARGAVA, 2011; Digital Curation Centre, 2011 ) </li></ul><ul><li> Isso não nos parece familiar? </li></ul>
  7. 7. <ul><li>. A BU-UFSC </li></ul><ul><li>. Onde está? </li></ul><ul><li>. Site <http://www.bu.ufsc.br/> </li></ul><ul><li>. Del.icio.us (/BUFSC) </li></ul><ul><li>. Twitter (@bu_ufsc, tb tem o @portal_ufsc) </li></ul><ul><li>. Qual o organograma? Quem se responsabiliza pelo conteúdo digital que representa a biblioteca? </li></ul><ul><li>. Ferramentas habilitadas, ok. Mas como estão sendo utilizadas/difundidas? (Nepô, p. 19) </li></ul><ul><li>. Disseminação é o mesmo que Comunicação? Não, nem sempre. </li></ul>
  8. 9. <ul><li>. Desafios </li></ul><ul><li>. Pode ser reconhecido como um serviço de referência online? Como? [Aula prof. Míriam] </li></ul><ul><li>. Aceitação pela diretoria (difícil contabilizar o ‘retorno’) </li></ul><ul><li>. Parcerias (fundamental) da Comunicação, Jornalismo, Design (identidade visual..) </li></ul><ul><li>. Participação e Colaboração de todos </li></ul><ul><li>. Nichos (depts., cursos, labs.,etc.) </li></ul><ul><li>. Aprender com estagiários </li></ul><ul><li>. Envolver tanto o staff (biblioteca) quanto os usuários (alunos, pesquisadores). </li></ul>
  9. 10. Referências <ul><li>Dicionário Online Oxford <http://oxforddictionaries.com/> </li></ul><ul><li>Dicionário Online Priberam <http://www.priberam.pt/dlpo/> </li></ul><ul><li>BARROS. M. A. Redes Sociais e Bibliotecas. Disponível em: </li></ul><ul><li><http://www.slideshare.net/moreno/redes-sociais-e-bibliotecas> Acesso: 21 mar 2011 </li></ul><ul><li>BHARGAVA, R. The 5 models of Content Curation. In: Influential Marketing Blog. Disponível em: <http://www.rohitbhargava.com/2011/03/the-5-models-of-content-curation.html> Acesso em: 2 abr 2011 </li></ul><ul><li>Digital Curation CENTRE. What is Digital Curation? Disponível em: <http://www.dcc.ac.uk/digital-curation/what-digital-curation> Acesso em: 7 abr 2011 </li></ul><ul><li>CAVALCANTI, M. NEPOMUCENO, C. O Conhecimento em Rede: como implantar projetos de inteligência coletiva. Rio de Janeiro: Elsevier, 2007. 133 p. </li></ul><ul><li>WEINBERGER, D. Nova Desordem Digital. Rio de Janeiro: Elsevier, 2007. p. 273 </li></ul><ul><li>Foto Livre UFSC. <http://www.flickr.com/photos/fotolivreufsc/> </li></ul>
  1. A particular slide catching your eye?

    Clipping is a handy way to collect important slides you want to go back to later.

×