• Like
Organizar para Encontrar: Ordem e Informação no Tempo
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Thanks for flagging this SlideShare!

Oops! An error has occurred.

Organizar para Encontrar: Ordem e Informação no Tempo

  • 590 views
Published

Apresentação de trabalho na disciplina CBD5389 Sociedade, Informação e Conhecimento na ECA/USP. 20/04/2012

Apresentação de trabalho na disciplina CBD5389 Sociedade, Informação e Conhecimento na ECA/USP. 20/04/2012

  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Be the first to comment
    Be the first to like this
No Downloads

Views

Total Views
590
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
0

Actions

Shares
Downloads
2
Comments
0
Likes
0

Embeds 0

No embeds

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
    No notes for slide

Transcript

  • 1. Organizar para Encontrar:Ordem e Informação no Tempo
  • 2. Processamento Técnico
  • 3. A Biblioteca Física Processos:Classificação – Localiza – CDD/CDU/Cutter Catalogação – Descreve – AACR2Indexação – Representa – NBR 12676-1992 Resumo – Condensa – NBR 6028-2003Produtos: Linguagens Documentárias,Bibliografias, Catálogos, Bibliografias, Listas,Índices, Serviços.. [Dados sobre dados...]
  • 4. NORMA
  • 5. Informação eConhecimento
  • 6. Ontologia Lógica – Filosofia Helenística –Ordem e Razão – Aristóteles – Organum –Alexandria – Calímaco de CireneOntologia Teológica – Idade Média – DeusOrganizador – Tomás de Aquino, AgostinhoReflexões Gnoseológicas – Iluminismo –Philosophes – Organização Bibliográfica /Enciclopedismo – Descartes, Leibniz, Bacon,Locke, Hume, Kant, Diderot, D’Alembert...Bi-bli-o-te-cá-ri-os – Naudé, Dewey (CDD),Otlet (CDU), Ranganathan (5 leis)...
  • 7. .Bibliothek Warburg.Biblioteca como estrutura mental-pessoal.Curadoria e identidade: todo mundo carrega umabiblioteca dentro de si.Princípios organizadores: linguagem e significado “Como explicar que o que Warburg chama, ironicamente, “a lei da boa vizinhança” possa se apresentar a Cassirer como uma norma coercitiva, reflexo imediato, pela simples disposição dos livros nas estantes, da personalidade onipresente de um dono de casa doente e ausente?”
  • 8. “Eu não estou aqui” (M. Quintana) [Ranganathan – Organismo] [Borges – Biblioteca Infinita] [Mitchell – Somos pó das estrelas]
  • 9. Informação e Sociedade
  • 10. Percepções.A busca pela organização e padronização é humana.É a cultura (ocidental) que define a organização(García Gutierrez, 2011; Gracioso e Saldanha, 2011).Automação ou Customização? (Amazon. AgentesInteligentes. Modelagem de usuários. 2010)Observações.Relação entre caos e produção (?).Tensões entre organização e leitura; organizaçãocomo condicionante;.“Categorias são exclusivas; a leitura não é – ou nãodeveria ser” (Mangel, 1997)
  • 11. Diferentes discursos discutemdiferentes questões ou, quandodiscutem a mesma questão, dediferentes perspectivas. perspectivasUm coelho pode ser discutidocomo um bicho de estimação, oucomo uma peste ou como comida.Em medicina, especialistas emanestesiologia, geriatria e cirurgiapodem todos buscar por literaturarecente em, vamos dizer, ParadaCardíaca, mas uma vez em queestão interessados em diferentesaspectos eles não irão, na prática,querer os mesmos documentos.(BUCKLAND, 2006, p. 9-10)
  • 12. Shirky, 2010
  • 13. A web pragmática descaracteriza a realidade prescritivauma vez que destitui os processos de classificação ecategorização tradicionalmente reconhecidos.Coloca-se que a questão de recuperação é mais do queuma questão de tecnologia e explicita-se que esta,também e principalmente, é uma questão cultural umavez que “dadas as infinitas possibilidades de nosrelacionarmos e interagirmos em uma situação de vida,haveria a impossibilidade de tentarmos prever asocorrências de determinados jogos de linguagem”(Gracioso e Saldanha, p. 77, 2011).
  • 14. Questionamentos.Qual é (ou pode ser) o seu papel? (Filtragem,Colaboratividade, Compartilhamento, Participação,Crowdsourcing...).Quando optar por organização orgânica (coletiva)ou organização hierárquica (prescritiva)? (Morville,Rosenfeld, 2006). Quais as melhores práticas de organização de umabiblioteca ‘que não é física’? (na nuvem, virtual,digital, potencial...).Leitura: uma experiência íntima demais para sermediada? Fragmentação, “Falta de tempo”... Comolidar? (Desafios...)
  • 15. 2007 2012“Para os bibliotecários.” http://www.dgz.org.br/fev12/F_I_rec.htm
  • 16. Obrigada!Dora Garridoisadoragarrido@gmail.comhttp://indexadora.wordpress.com/