Your SlideShare is downloading. ×
0
Mídias tradicionais
Mídias tradicionais
Mídias tradicionais
Mídias tradicionais
Mídias tradicionais
Mídias tradicionais
Mídias tradicionais
Mídias tradicionais
Mídias tradicionais
Mídias tradicionais
Mídias tradicionais
Mídias tradicionais
Mídias tradicionais
Mídias tradicionais
Mídias tradicionais
Mídias tradicionais
Mídias tradicionais
Mídias tradicionais
Mídias tradicionais
Mídias tradicionais
Mídias tradicionais
Mídias tradicionais
Mídias tradicionais
Mídias tradicionais
Mídias tradicionais
Mídias tradicionais
Mídias tradicionais
Mídias tradicionais
Mídias tradicionais
Mídias tradicionais
Mídias tradicionais
Mídias tradicionais
Mídias tradicionais
Mídias tradicionais
Mídias tradicionais
Mídias tradicionais
Mídias tradicionais
Mídias tradicionais
Mídias tradicionais
Mídias tradicionais
Mídias tradicionais
Mídias tradicionais
Mídias tradicionais
Mídias tradicionais
Mídias tradicionais
Mídias tradicionais
Mídias tradicionais
Mídias tradicionais
Mídias tradicionais
Mídias tradicionais
Mídias tradicionais
Mídias tradicionais
Mídias tradicionais
Mídias tradicionais
Mídias tradicionais
Mídias tradicionais
Mídias tradicionais
Mídias tradicionais
Mídias tradicionais
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Thanks for flagging this SlideShare!

Oops! An error has occurred.

×
Saving this for later? Get the SlideShare app to save on your phone or tablet. Read anywhere, anytime – even offline.
Text the download link to your phone
Standard text messaging rates apply

Mídias tradicionais

3,657

Published on

0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total Views
3,657
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
0
Actions
Shares
0
Downloads
86
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

Report content
Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
No notes for slide

Transcript

  • 1. MídiasTradicionais<br />-------------------------------------------------------------------------------------<br />Treinamento2º/2010<br />Isabela Lobo<br />
  • 2. Contextualização<br />-------------------------------------------------------------------------------------<br />Hojeemdia, …<br />
  • 3. O consumodamídianão é mais linear.<br />Nossaatençãoestáfragmentadapordiversosveículos e meiosdiferentes.<br />Passamos a consumirempequenospedaços<br />(comoSnacks) sempreprivilegiando a<br />conveniência.<br />Contextualização<br />
  • 4. Temos um<br />overload<br />de informação<br />Contextualização<br />
  • 5. Temos um<br />overload<br />de informação<br />Nãosomoscapazes de consumirtudoquenosestádisponível.<br />Contextualização<br />
  • 6. Recebemosemmédia 3500 estímulospublicitáriospor dia.<br />E a maior parte deles nãodiz nada paranós.<br />Contextualização<br />
  • 7. A importância do tempo<br />Estamosmaisseletivos e criteriosos com o quegastamosnosso tempo e porissocriamosfiltrosmensaisquenosajudam a nãoprestaratenção no quenãoimportaparanós.<br />Contextualização<br />
  • 8. Crise das mídiastradicionais<br />-------------------------------------------------------------------------------------<br />
  • 9. - As mídiasantigasoutradicionaisestãosofrendo um processo de remodelação, num esforçoparasobreviver e florescerna nova era dainformação.<br /><ul><li>Hojeemtodososmeios de comunicaçãosãodesafiadospela Internet e pelas novas tecnologias, queoferecemopçõesmaisamplas de serviços de informação e entretenimento.
  • 10. Porissotodasquasetodas as mídiastornaram-se dependentesda Internet.</li></ul>A tendência é a combinação entre:<br />Mídiastradicionaise<br />Novas Mídias & MídiasAlternativas<br />Contextualização<br />
  • 11. Porisso: osmídias (pessoas) nãopodemignorar o PROGRESSO TECNOLÓGICO.<br />
  • 12. Década<br />de 90<br />
  • 13. Século<br />XXI<br />
  • 14. Apesar de tudo…<br />-------------------------------------------------------------------------------------<br />As MídiasTradicionais tem<br />poderinfluenciador, poiselas:<br />- Possuemumamensagemquesensibiliza<br />- Dãoreconhecimentopara a marca<br />- Apóiam a marca<br /><ul><li>Favorecem a intençãodecompra
  • 15. Dãosuporteparaumacampanha
  • 16. São maisvoltadaspara as massas</li></ul>E dominam o investimentopublicitáriono Brasil e no mundo.<br />Contextualização<br />
  • 17. Mídias<br />-------------------------------------------------------------------------------------<br />ouMeios de Comunicação<br />
  • 18. Jornal<br />Mala direta<br />Revista<br />Rádio<br />Mídia exterior<br />TvAberta<br />TvFechada<br />MídiasTradicionais<br />
  • 19. Veículos<br />-------------------------------------------------------------------------------------<br />Cadameiopossuidiversosveículos.<br />Cadaveículopossuícaracterísticasúnicas e um tipo de públicopredominante.<br />
  • 20. Jovem Pan FM<br />Atividade FM<br />Clube FM<br />CBN FM<br />Nova Brasil FM<br />Transamérica FM<br />JK FM<br />Nova Aliança FM<br />Executiva FM<br />MIX FM<br />Veículos<br />
  • 21.
  • 22. MídiasTradicionais<br />
  • 23. Jornal<br />-------------------------------------------------------------------------------------<br />
  • 24. Razõesparausar:<br /><ul><li> É imediato (trata do novo, novas notícias, novosanúncios)
  • 25. Ofereceimpacto local
  • 26. Tem flexibilidadegeográfica (nacional, regional, local)
  • 27. Podeinserirencartescoloridos (com maiorqualidade)
  • 28. Possuialcance de massa
  • 29. Possui valor de catálogo
  • 30. Alcançagruposespecíficos
  • 31. Ideal parapromoções e lançamentos</li></ul>Jornal<br />
  • 32. Limitações:<br /><ul><li>Qualidadebaixadaimpressão
  • 33. Custo alto nacompra de coberturanacional
  • 34. Preçoselevados
  • 35. Validadelimitada
  • 36. A forma de leituranão é prática</li></ul>Jornal<br />
  • 37. POSIÇÕES NO MEIO:<br /><ul><li> Os anúnciospróximos a capasãoconsideradosmelhores
  • 38. Nãohádiferençapelaspéginasímparesou pares
  • 39. A parte interna de um caderno do jornal é melhor do que a últimapágina do caderno
  • 40. O meio editorial influencianaleitura dos anúncios
  • 41. Os suplementospré-impressospossuemmelhoresrespostas</li></ul>Jornal<br />
  • 42. Razõesparausar:<br /><ul><li>Lembraqualidadedarevista
  • 43. Possuigrandepenetração (sãodistribuídos com osjornais)
  • 44. O formato é maisatrativoparaleitura e manuseio
  • 45. Flexibilidadegeográfica e de produção</li></ul>Limitações:<br /><ul><li>Preçoelevado, geralmente 4x mais
  • 46. Poucosleitores de segundamão
  • 47. Antecedênciaparaimpressão</li></ul>SuplementosdeJornal<br />
  • 48.
  • 49. Revista<br />-------------------------------------------------------------------------------------<br />…<br />
  • 50. Razõesparausar:<br /><ul><li>Qualidadenaimpressão
  • 51. É seletiva (segmenta o público de acordo com o tema)
  • 52. Longa duração
  • 53. Audiência de segundamão (passaporváriaspessoas)
  • 54. Garanteumamaiorcontrole de circulação</li></ul>Revista<br />
  • 55. Limitações:<br /><ul><li>Datasadiantadas do fechamento
  • 56. Nãopossuisenso de urgência e imediatismo
  • 57. O alcance é construído lentamente (questão do tempo livre)</li></ul>Revista<br />
  • 58. POSIÇÕES NO MEIO:<br /><ul><li> A contracapa(ouquartacapa) é o melhor local para o anúncio
  • 59. Depois é a Primeirapágina
  • 60. Depois as páginas 3 a 20
  • 61. As páginasímparessãoligeiramentemelhores do que as pares, com algumasexceções
  • 62. Revistasespecializadascujoseditoriais tem layout incomuminduzem a padrõesdiferentes de leitura</li></ul>Revista<br />
  • 63.
  • 64. Televisão<br />-------------------------------------------------------------------------------------<br />ouTvaberta<br />
  • 65. Razõesparausar:<br /><ul><li>Atributosaudiovisuais(A combinaçãodaimagem e do somdáaoanunciante o benefício de umatécnicaque se aproximadavendapessoal)
  • 66. Amplacoberturanacional
  • 67. Gratuita
  • 68. Programas e horáriosquesegmentampúblicosdiferenciados
  • 69. Dependendo do horáriopodeterbaixocusto</li></ul>Tvaberta<br />
  • 70. Limitações:<br /><ul><li>Preçoelevado de compra
  • 71. Custo total alto (incluindoprodução)
  • 72. A vida do comercial é efêmera
  • 73. Horárioslimitados e concorridos (dependedaemissora)</li></ul>Tvaberta<br />
  • 74. POSIÇÕES NO MEIO:<br /><ul><li> A atenção dos programas é maiordurante a noite do quedurante o dia
  • 75. A retenção no períododiurno é de 50% e no noturno 80%
  • 76. O valor de retençãoparaos VT’s: 60% paraos VT’s de 15’ e 30’. E 75% paraos VT’s de 60’.
  • 77. Os comerciais no meio dos programassãomelhoresquanto à lembrança do queoscomerciais entre osprogramas</li></ul>Tvaberta<br />
  • 78.
  • 79. JWT / Lead India <br />-------------------------------------------------------------------------------------<br />Campaign to Time of India <br />http://www.youtube.com/watch?v=pgHyjMgPi2Q&feature=player_embedded<br />http://www.youtube.com/watch?v=A0M0EZ8T5J8&feature=related<br />Cases<br />
  • 80. Rádio<br />-------------------------------------------------------------------------------------<br />
  • 81. Razõesparausar:<br /><ul><li>Alcance de tiposespeciais de audiência
  • 82. Permitealtafrequênciadevidoaobaixocusto
  • 83. É muitasvezesusadocomomeio de apoio
  • 84. Ouvir o rádionahora de dirigir tem se tornado um hábito
  • 85. Flexibilidade (alcance: local, regional, nacional)
  • 86. Ofereceprogramaçõesespecializadas</li></ul>Rádio<br />
  • 87. Limitações:<br /><ul><li>Muitasestaçõescompetemporaudiência
  • 88. As vezes a audiência é muitofragmentada(depende do programa)</li></ul>- Mensagensefêmeras<br />Rádio<br />
  • 89.
  • 90. Talent/ Band, BandNews, Eldorado e Jovem Pan juntas<br />---------------------------------------------------------------------------------------<br />Campaign for Santander:<br />Vamosfazerjuntos<br />http://www.youtube.com/watch?v=hdUfabcR5bk<br />Cases<br />
  • 91. TvFechada<br />-------------------------------------------------------------------------------------<br />TvpagaouTvporassinatura<br />
  • 92. Razõesparausar:<br /><ul><li>Audiêncianacional
  • 93. Custorelativamentebaixo (comparado à Tvaberta)
  • 94. Esportesregionaistransmitidos
  • 95. Focoempúblicosespecíficos
  • 96. Audiênciadiferenciada(público com poderaquisitivomais alto)
  • 97. Grande variedade de necessidades dos consumidores</li></ul>TvFechada<br />
  • 98. Limitações:<br /><ul><li>Muitasalternativas de canais e programas
  • 99. Audiênciasfragmentadasdemais</li></ul>TvFechada<br />
  • 100. TvFechada<br />
  • 101.
  • 102. BBDO NY / “Wall of Secrets’’ <br />---------------------------------------------------------------------------------------<br />Campaign for HBO: Big Love 3’<br />http://www.youtube.com/watch?v=a_C9rS4q_J4<br />Cases<br />
  • 103.
  • 104.
  • 105. Mala Direta<br />-------------------------------------------------------------------------------------<br />Meio de comunicaçãomaisseletivo<br />
  • 106. Razõesparausar:<br /><ul><li>Audiêncianacional
  • 107. Custorelativamentebaixo (comparado à Tvaberta)
  • 108. Esportesregionaistransmitidos
  • 109. Focoempúblicosespecíficos
  • 110. Audiênciadiferenciada(público com poderaquisitivomais alto)
  • 111. Grande variedade de necessidades dos consumidores</li></ul>Limitações:<br /><ul><li>Muitasalternativas de canais e programas
  • 112. Audiênciasfragmentadasdemais</li></ul>Mala Direta<br />
  • 113.
  • 114. Mídia Exterior<br />-------------------------------------------------------------------------------------<br />Out Of Home (OOH)<br />
  • 115. Razõesparausar:<br /><ul><li>Flexibilidadegeográfica(local, regional, nacional, internacional)
  • 116. Amplacobertura local
  • 117. Tamanho é umaatração (depende)
  • 118. Grande visibilidade no verão
  • 119. Exposição 24hrs pordia (dependedailuminação)
  • 120. Surgimento de novosespaços (banheiros, metrô, ônibus, avião)
  • 121. Podeatingirgrandenúmero de indivíduos</li></ul>Limitações:<br /><ul><li>Geralmente o custo é alto
  • 122. Legislaçãoproíbiumuitosespaços
  • 123. Limitado a mensagens simples
  • 124. Publicidadeaoarlivrenãosignificalembrança
  • 125. Compete a atenção com outrascoisas</li></ul>Mídia Exterior<br />
  • 126.
  • 127. Mídia Mixou Mix de Mídia<br />-------------------------------------------------------------------------------------<br />Quando se utilizamais de um meio<br />
  • 128. Conclusão<br />-------------------------------------------------------------------------------------<br />Em uma época marcada pela ascensão das mídias digitais, a construção de uma marca passa atualmente pelo mundo virtual.<br />“A mídia tradicional e internet estarão cada vez mais próximas daqui para a frente.”<br />Disse o americano Marc Pritchard, 50 anos, vice-presidente global de marketing da Procter & Gamble<br />
  • 129. JOB (for ALL)<br />-------------------------------------------------------------------------------------<br />Escolha 3 MeiosTradicionais, e paracada um busqueuma forma criativa e inovadoraquefoifeita a publicidadenele.<br />Mandaratédia 3 de dezembropara o email:<br />isabela@doisnovemeia.com.br<br />JOB<br />
  • 130. Muchas Gracias!<br />Isabela Lobo<br />

×