Your SlideShare is downloading. ×
Aquitetura de Informação
Quem é esse estranho que veio falar sobre algo estranho?
Já fui sobrinho
Já fui webmaster Aquele assinava o rodapé dos sites
E o webmaster morreu
Por onde andei AgênciaClick – Interface Ministério da Cultura – Arquiteto de Informação Mens (Atual Casanova) – Arquiteto ...
Alguns clientes que já atendi Banco do Brasil  Brasil Telecom   Caixa Econômica  Federal Ministério do Turismo  Bancorbras...
O que faz um arquiteto de informação?
“ Às vezes é muito difícil as pessoas entenderem o que deve ser feito. Então eu desenho! Sou a desenhista lá da firma.” An...
“ Vó, sabe quando a gente faz risquinhos na parede com um lápis antes de usar a furadeira, pra não furar errado? Então, eu...
... em outras palavras Não faça o usuário pensar
Deixar o conteúdo organizado para fácil acesso
Adequar o nível de experiência ao público-alvo
Não deixar a interface assustá-lo. ... em outras palavras
Quais são os pilares que sustentam um arquiteto de informação?
Organização  classificação, hierarquização e diagramação Comunicação  clareza, concisão e coerência Sensibilidade  altruís...
... pensar na melhor interface possível para a tarefa... e também é...
... correr atrás do próprio briefing...
... privilegiar a pesquisa de usuário...
... lutar pela entrega do melhor produto!
Quais são os componentes da AI?
Sistema de organização Sistema de navegação Sistema de rotulação Sistema de busca
Sistema de organização
Sistema de organização
Sistema de organização
Sistema de navegação
Sistema de navegação
Sistema de navegação
Sistema de rotulação
Sistema de rotulação
Sistema de busca
Sistema de busca
Sistema de busca
Como é o trabalho do Arquiteto de informação?
 
Estudo Etnográfico Estudo do comportamento  do usuário utilizando o  produto no seu ambiente  <ul><li>Maior entendimento d...
Grupos de Foco Os grupos de focos ou discussão em grupo ajuda a levantar as necessidades das pessoas, desejos, sentimentos...
Criação de personas Estimula a imaginação e incentiva a criação de alternativas viáveis de projeto <ul><li>Conhecimento ma...
Cardsorting Objetiva levantar como usuários do público-alvo organizam as informações da forma que faça mais sentido para e...
Rabiscoframe Para representar a organização, diagramação e funcionamento dos elementos de uma página <ul><li>Mais liberdad...
Wireframe no Axure Para representar a organização, diagramação e funcionamento dos elementos de uma página <ul><li>Protóti...
Teste de usabilidade Expor resultados do teste de usabilidade do site e apresentar recomendações <ul><li>Apresentar as dif...
Eye tracking / Mapa de calor Acompanhamento
Eye tracking / Mapa de calor Acompanhamento crazyegg
Avaliação heurística Acompanhamento Clareza dos objetivos; Falar a linguagem dos usuários; Adequação ao modelo mental dos ...
Bom senso já é um grande começo para você se tornar um bom arquiteto de informação
Então podemos concluir que... &quot;A arte e a ciência de estruturar, organizar e rotular informações para ajudar as pesso...
Blogs, livros, links, cursos e eventos
Algumas dicas Trabalhe muito para se tornar um bom profissional; Vá com tudo quando tomar uma decisão de trabalhar em algu...
Obrigado Rogério Pereira Site:  www.rogeriopa.com  Twitter:  rogeriopa E-mail:  [email_address]
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Arquitetura de Informação - Rogério Pereira

1,876

Published on

Palestra ministrada por Rogério Pereira para os integrantes da Doisnovemeia.

0 Comments
3 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

No Downloads
Views
Total Views
1,876
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
1
Actions
Shares
0
Downloads
0
Comments
0
Likes
3
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Transcript of "Arquitetura de Informação - Rogério Pereira "

  1. 1. Aquitetura de Informação
  2. 2. Quem é esse estranho que veio falar sobre algo estranho?
  3. 3. Já fui sobrinho
  4. 4. Já fui webmaster Aquele assinava o rodapé dos sites
  5. 5. E o webmaster morreu
  6. 6. Por onde andei AgênciaClick – Interface Ministério da Cultura – Arquiteto de Informação Mens (Atual Casanova) – Arquiteto de Informação TV1 – Arquiteto de Informação e atualmente estou conversando na Talk
  7. 7. Alguns clientes que já atendi Banco do Brasil Brasil Telecom Caixa Econômica Federal Ministério do Turismo Bancorbras Ministério da Cultura Via Engenharia GDF CNA Prefeitura de São Paulo SESI Correio Braziliense Católica Virtual
  8. 8. O que faz um arquiteto de informação?
  9. 9. “ Às vezes é muito difícil as pessoas entenderem o que deve ser feito. Então eu desenho! Sou a desenhista lá da firma.” Andressa Vieira, especialista em Usabilidade da Mapa Digital
  10. 10. “ Vó, sabe quando a gente faz risquinhos na parede com um lápis antes de usar a furadeira, pra não furar errado? Então, eu faço esses risquinhos, só que nos sites.” Fabrício Teixeira, arquiteto de informação da AgênciaClick
  11. 11. ... em outras palavras Não faça o usuário pensar
  12. 12. Deixar o conteúdo organizado para fácil acesso
  13. 13. Adequar o nível de experiência ao público-alvo
  14. 14. Não deixar a interface assustá-lo. ... em outras palavras
  15. 15. Quais são os pilares que sustentam um arquiteto de informação?
  16. 16. Organização classificação, hierarquização e diagramação Comunicação clareza, concisão e coerência Sensibilidade altruísmo, psicologia e experimentação
  17. 17. ... pensar na melhor interface possível para a tarefa... e também é...
  18. 18. ... correr atrás do próprio briefing...
  19. 19. ... privilegiar a pesquisa de usuário...
  20. 20. ... lutar pela entrega do melhor produto!
  21. 21. Quais são os componentes da AI?
  22. 22. Sistema de organização Sistema de navegação Sistema de rotulação Sistema de busca
  23. 23. Sistema de organização
  24. 24. Sistema de organização
  25. 25. Sistema de organização
  26. 26. Sistema de navegação
  27. 27. Sistema de navegação
  28. 28. Sistema de navegação
  29. 29. Sistema de rotulação
  30. 30. Sistema de rotulação
  31. 31. Sistema de busca
  32. 32. Sistema de busca
  33. 33. Sistema de busca
  34. 34. Como é o trabalho do Arquiteto de informação?
  35. 36. Estudo Etnográfico Estudo do comportamento do usuário utilizando o produto no seu ambiente <ul><li>Maior entendimento da relação usuário-produto </li></ul><ul><li>Avaliar as dificuldades e facilidades que o usuário tem com o produto </li></ul>Pesquisa
  36. 37. Grupos de Foco Os grupos de focos ou discussão em grupo ajuda a levantar as necessidades das pessoas, desejos, sentimentos, valores, idéias. Pesquisa
  37. 38. Criação de personas Estimula a imaginação e incentiva a criação de alternativas viáveis de projeto <ul><li>Conhecimento mais amplo do público-alvo </li></ul><ul><li>Melhor entendimento dos objetivos dos usuários com o produto </li></ul><ul><li>Permite pensar na interação com o produto antes da criação </li></ul>Concepção
  38. 39. Cardsorting Objetiva levantar como usuários do público-alvo organizam as informações da forma que faça mais sentido para eles <ul><li>Contribuir para estruturas mais adequadas ao modelo mental dos usuários </li></ul><ul><li>Avaliar um novo modelo de categorização e identificar itens que são difíceis de classificar </li></ul>Concepção
  39. 40. Rabiscoframe Para representar a organização, diagramação e funcionamento dos elementos de uma página <ul><li>Mais liberdade na hora da criação </li></ul><ul><li>Facilita a refação </li></ul><ul><li>Rápido e prático, bom para reuniões com brainstorm </li></ul>Concepção
  40. 41. Wireframe no Axure Para representar a organização, diagramação e funcionamento dos elementos de uma página <ul><li>Protótipo de alta fidelidade </li></ul><ul><li>Protótipo navegável: permite navegar no site e interagir com as funcionalidades da página </li></ul>Especificação
  41. 42. Teste de usabilidade Expor resultados do teste de usabilidade do site e apresentar recomendações <ul><li>Apresentar as dificuldades que o usuário encontra no site </li></ul><ul><li>Sugerir soluções para os problemas encontrados </li></ul>Acompanhamento
  42. 43. Eye tracking / Mapa de calor Acompanhamento
  43. 44. Eye tracking / Mapa de calor Acompanhamento crazyegg
  44. 45. Avaliação heurística Acompanhamento Clareza dos objetivos; Falar a linguagem dos usuários; Adequação ao modelo mental dos usuários; Consistência e padrões; Prevenção de erros; Reconhecimento em vez de lembrança; Flexibilidade e eficiência de uso; Estética e design minimalista; Mensagens de erros; Ajuda e documentação.
  45. 46. Bom senso já é um grande começo para você se tornar um bom arquiteto de informação
  46. 47. Então podemos concluir que... &quot;A arte e a ciência de estruturar, organizar e rotular informações para ajudar as pessoas a encontrar e gerenciar informações“ Louis Rosenfeld e Peter Morville
  47. 48. Blogs, livros, links, cursos e eventos
  48. 49. Algumas dicas Trabalhe muito para se tornar um bom profissional; Vá com tudo quando tomar uma decisão de trabalhar em algum lugar; Não seja certinho demais e não tenha medo de ser mandado embora; Seja especialista em coisa que todos vão lembrar de você; Trabalhe por amor, e não por dinheiro.
  49. 50. Obrigado Rogério Pereira Site: www.rogeriopa.com Twitter: rogeriopa E-mail: [email_address]

×