Projeto ubope 15.03.2010

1,588 views
1,454 views

Published on

Published in: Technology, Travel
0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total views
1,588
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
2
Actions
Shares
0
Downloads
30
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Projeto ubope 15.03.2010

  1. 1. UNIÃO DOS BOTONISTAS DE PERNAMBUCO – UBOPE www.ubope.blogspot.com PROJETO BOTÃO NA ESCOLA Recife – PE 2010
  2. 2. UNIÃO DOS BOTONISTAS DE PERNAMBUCO – UBOPE www.ubope.blogspot.com ÍNDICE INTRODUÇÃO 02 MISSÃO 03 VISÃO 04 VALORES 05 PROJETO BOTÃO NA ESCOLA 06/17 - OBJETIVO GERAL 06 - OBJETIVOS ESPECÍFICOS 07 - PÚBLICO-ALVO 08 - METODOLOGIA 09/10 - ATIVIDADES PREVISTAS 11/12 - ESTRUTURA FUNCIONAL 13/16 - RESULTADOS ESPERADOS 17 PLANO DE ATUAÇÃO 18/19 - ORIENTAÇÕES GERAIS 18 - MODELO 19 INVESTIMENTO DO PROJETO 20 CONSIDERAÇÕES FINAIS 21 BREVE HISTÓRICO DO FUTEBOL DE 22/27 MESA ANEXOS 28/38 - REGRAS OFICIAIS 29 - REGRAS OFICIAIS PRATICADAS 30 POR ESTADO - MODELOS DE BOTÕES 31 - LOCAIS PARA PRÁTICA EM 32/35 PERNAMBUCO - PLANILHA DE PRESENÇA 36 - PLANILHA INDIVIDUAL DE 37 ACOMPANHAMENTO - FICHA DE AVALIAÇÃO 38 FONTES DE PESQUISA / CRÉDITOS 39 IDEALIZADOR E RESPONSÁVEL 40 1 INTRODUÇÃO O projeto Botão na Escola tem como finalidade à busca permanente da excelência na prática do Futebol de Mesa, apresentando uma proposta estruturada, onde propicia um ambiente capacitador do desenvolvimento individual e coletivo.
  3. 3. UNIÃO DOS BOTONISTAS DE PERNAMBUCO – UBOPE www.ubope.blogspot.com Por fim, a inclusão social da criança e do adolescente, a partir de 8 (oito) anos de idade, de qualquer faixa social, utilizando o Futebol de Mesa como catalisador de melhorias sociais, morais, cívicas, esportivas e, principalmente, do convívio social. MISSÃO Desenvolver projetos para levar a prática da modalidade em todas as escolas públicas, de cada município de Pernambuco, transformando-o em realidade permanente como desporto, tornando-o conhecido e praticado por milhares de crianças, jovens e adultos, através da promoção de ações específicas de médio e longo prazo. VISÃO Ser referência na disseminação do Futebol de Mesa nas escolas públicas pernambucanas, despertando interesse de cada comunidade em participar, voluntariamente, para o melhor desempenho das escolas e dos alunos. VALORES Prevenção às drogas e as DST’s; promover a integração social; evitar a violência; promover o progresso do aluno no âmbito escolar; promover a importância da educação em seus diversos segmentos; promover a importância da ética e da responsabilidade social e promover a importância da família na vida de cada um.
  4. 4. UNIÃO DOS BOTONISTAS DE PERNAMBUCO – UBOPE www.ubope.blogspot.com PROJETO BOTÃO NA ESCOLA OBJETIVO GERAL Fomentar e democratizar o acesso à prática do esporte, através de núcleos dirigidos às crianças e aos adolescentes alunos de escolas públicas. Por meio da articulação de ações e maximização dos recursos disponíveis, com vistas a garantir o direito gratuito à cultura, ao lazer e ao desporto – sem considerar crença, cor, classe social e outros, como descrito no artigo 5º da Constituição Federal, fundamentando-se em: • Inclusão social; • Preservação de valores morais e civismo; • Valorização das raízes e heranças, tanto culturais quanto regionais; • Conscientização de princípios sócio-educativos (co- educação, cooperação, emancipação, totalidade, participação, solidariedade); • Aprimoramento do desenvolvimento psicomotor; • Melhora do condicionamento físico.
  5. 5. UNIÃO DOS BOTONISTAS DE PERNAMBUCO – UBOPE www.ubope.blogspot.com OBJETIVOS ESPECÍFICOS • Promover a difusão do conhecimento histórico e cultural, viabilizando o acesso à prática do esporte e do lazer social, através do Futebol de Mesa; • Oferecer a prática do futebol de mesa com qualidade, através de recursos humanos qualificados, federados e de notória prática didática; • Proporcionar, com a prática esportiva, melhor desenvolvimento humano, inclusão educacional, social e digital, com liberdade e responsabilidade; • Desenvolver hábitos saudáveis direcionados ao processo de desenvolvimento da cidadania, através das regras aplicadas na prática do futebol de mesa e da convivência no mundo esportivo; • Implantar indicadores de acompanhamento e avaliação dos aspectos esportivos, educacionais e lazer como parâmetro de comparação evolutiva; • Conhecer as manifestações regionais do esporte, demonstrando atitudes de interesse, respeito e participação frente a elas e valorizando a diversidade social, cultural e regional; • Desenvolver o potencial de criatividade, solidariedade, educação entre os grupos e da aptidão na resolução de conflitos, respeitando as capacidades e limitações de cada um; • Criação e desenvolvimento do espírito de cooperação, do auxílio mútuo entre as pessoas e da autosustentabilidade do projeto; • Formar monitores aptos ao desenvolvimento e apoio de eventos patrocinados pela UBOPE, FPFM ou pela C.B.F.M.
  6. 6. UNIÃO DOS BOTONISTAS DE PERNAMBUCO – UBOPE www.ubope.blogspot.com PÚBLICO-ALVO Crianças e adolescentes em geral, mesmo apresentando necessidades especiais (hiper-atividade, paraplegia, distúrbios de atenção) e/ou de baixa renda ou pouco acesso à cultura e ao desporto.
  7. 7. UNIÃO DOS BOTONISTAS DE PERNAMBUCO – UBOPE www.ubope.blogspot.com METODOLOGIA Conhecimento da história do futebol através do futebol de mesa, com apoio áudio visual (filmes sobre a história do futebol), comentários e interação argumentativa. Conhecimento da história do mundo, tendo como plano de fundo o desporto (História da batalha de Maratona, as batalhas medievais como um jogo de xadrez, os jogos de futebol durantes as grandes guerras, os jogos da Paz, entre outros). Treinamentos específicos e táticos, através de observação, aplicação e resultado, visando à melhoria dos seguintes aspectos: • Aplicação das regras na prática (jogadas forçadas); • Diferenças entre os diversos tipos de botões em relação às regras em relação a cada jogador, através da experimentação prática do aluno com os diversos tipos de botão (fechado, argola, reto, cavado, liso, grande, pequeno, ângulos e alturas); • Refinamento psicomotor (treinos específicos de controle de bola, passes curtos e longos, lançamentos e domínio de bola); • Visão espacial do campo; • Posicionamento estratégico das peças (botões); • Concentração e abstração (barulhos e fatores ambientais para tirar a concentração); • Refinamento da pontaria, visando um melhor aproveitamento das oportunidades de gol, podendo ser em níveis básicos, intermediários e avançados;
  8. 8. UNIÃO DOS BOTONISTAS DE PERNAMBUCO – UBOPE www.ubope.blogspot.com • Táticas de jogo (comparativo lúdico com o futebol de campo profissional); • Jogos e treinos dirigidos (contra os instrutores), para melhorar a capacidade de concentração e de busca de objetivos; 9 • Técnicas de relaxamento mental e muscular (para conseguir desenvolver a prática em ambiente de competição); • Inscrição dos alunos junto a UBOPE, FPFM e a C.B.F.M. para a prática competitiva do Futebol de Mesa, em jogos individuais e coletivos, participando de campeonatos Pernambucano, Nordestino e Brasileiro, visando à aplicação na prática das disciplinas passadas em aula/treino; • Conceitos de ataque e defesa (linha burra, chapéu de bruxa, W e M); • Jogos treino estáticos (botões em E.V.A); • Jogos treino dinâmicos (contra adversários); • Desenvolvimento da criatividade na decoração dos times (combinação de cores e elementos externos como adesivos e escudos); • Confecção de flanela para a limpeza dos times (botões); • Trabalho em equipe na manutenção estrutural do futebol de mesa.
  9. 9. UNIÃO DOS BOTONISTAS DE PERNAMBUCO – UBOPE www.ubope.blogspot.com ATIVIDADES PREVISTAS As atividades serão dimensionadas e dirigidas, abordando os seguintes aspectos: • Aulas teóricas: tanto sobre as regras oficiais do futebol de mesa, quanto sobre a história do futebol de mesa, utilizando- se de apoio áudio visual; • Treino básico de fundamentos: domínio de bola e toque, tocar com apenas um botão entre as faixas demarcatórias do campo, efetuar “tabelas”, atravessar o campo e terminar em posição de chute; • Treino intermediário de fundamentos: domínio efetivo de bola e toque, efetuar ”triangulações” (três botões) atravessar o campo ou metade dele e ficar em posição de chute, efetuar o método de “tabela”; • Treino avançado de fundamentos: domínio de bola e toque com lançamentos em profundidade, lateral, escanteio e chute a gol, efetuar “triangulações”, atravessar metade do campo e finalizando com o chute a gol, mesmo nas posições demarcadas, enfatizar os chutes de perto frontais, laterais, pelas pontas e de longe; • Treino básico: chutes, três chutes com cada botão, considerando a posição (doze posições) demarcada para o treino, ataque e chute a gol de longe; • Treino básico de defesa, dando prioridade à marcação para chutes de longe; • Treino intermediário de defesa, dando prioridade à marcação para chutes da intermediária; • Treino avançado de defesa, dando prioridade à marcação para chutes de longe;
  10. 10. UNIÃO DOS BOTONISTAS DE PERNAMBUCO – UBOPE www.ubope.blogspot.com • Treino básico de saída de meio de campo: chute de longe; • Treino intermediário de saída de meio de campo: chute da intermediária; • Treino avançado de saída de meio de campo: chute de perto, frontal, pelas laterais e pelas pontas; • Treino avançado de contra ataque: efetuar o chute, em apenas cinco toques a partir do campo de defesa do jogador, ou a partir de três toques, com inicio na intermediária e chutando a gol de perto frontal, bem como, pelas pontas; • Palestras, ministradas por profissionais de cada área, sobre drogas, violência urbana, DST’s, integração social, educação escolar, educação no trânsito, ética na vida e no trabalho, responsabilidade social e a família ; • Mesa discursiva após cada palestra ministrada.
  11. 11. UNIÃO DOS BOTONISTAS DE PERNAMBUCO – UBOPE www.ubope.blogspot.com ESTRUTURA FUNCIONAL • Sala em perfeitas condições de uso (nivelamento do piso, ventilação natural e/ou eletrônica, com isolamento térmico, piso emborrachado e instalações elétricas em perfeito estado de conservação e uso); • Mesas oficiais para jogos e treinos com duas traves também nas medidas oficiais (uma para cada dois praticantes); • Mesas demarcadas para treino (específicos de chute); • Bolinhas (oficiais, sendo três para cada aluno); • Time com botões e goleiro em acrílico (dez botões e um goleiro), dentro dos padrões requeridos pela regra; • Palheta; • Flanelas (para limpeza a seco e outra com lustra-móveis); • Material de escritório (Pranchetas, canetas esferográficas, caneta para quadro branco, apagador para quadro branco, lâminas para Data Show, papel A4, caneta esferográfica azul ou preta, lápis preto e borracha); • 01 birô com cadeira para o palestrante; • Material de limpeza (tira limo, álcool, lona fina, panos de chão, limpadores multiuso, desengordurante, sacos para lixo com capacidade para 60 litros e cestos de lixo médio); • Mesas para limpeza dos times; • Prateleiras para a guarda dos materiais e ou anotações dos jogos e treinamentos e um almoxarifado para os botões dos atletas; • Bancos e cadeiras suficientes para acomodarem as pessoas presentes no recinto;
  12. 12. UNIÃO DOS BOTONISTAS DE PERNAMBUCO – UBOPE www.ubope.blogspot.com • Data Show, TV, DVD, Computador com Internet, Impressora e Quadro Branco. • Água, café, lanche e refeição para todos os participantes; • Veículo para transporte do material, dos organizadores e dos palestrantes. Modelo de sala para doze alunos Prateleira de Troféus Armario MESA MESA MESA 1 2 3 Mesa Quadro branco do Mesario Ar Condicionado MESA MESA MESA 4 5 6 Modelo de sala Ideal Mesa Janela Porta Entrada ArmarioVisitantes Quadro Armario MESA MESA MESA Mesa 12 13 11 do Balcão Visitante Ar Condicionado MESA MESA MESA MESA MESA 6 7 8 9 10 Ar Condicionado Bebedouro Prateleira Troféus Esc ritório 29 m2 de MESA MESA MESA MESA MESA 1 2 3 4 5 Mesa Mesário Quadro
  13. 13. UNIÃO DOS BOTONISTAS DE PERNAMBUCO – UBOPE www.ubope.blogspot.com Equipamentos Utilizados
  14. 14. UNIÃO DOS BOTONISTAS DE PERNAMBUCO – UBOPE www.ubope.blogspot.com RESULTADOS ESPERADOS Os benefícios que o esporte em geral proporciona ao indivíduo, são fatos de constantes estudos e cientificamente comprovados. E com o Futebol de Mesa não poderia ser diferente! Essa atividade, além de lúdica e familiar, é grande geradora de amigos, pois agrega valores, em ambiente saudável, de socialização e de interação interpessoal, baseados na prática dos direitos e deveres - civis e morais, mesmo em situações de estresse competitivo. Entretanto, não para por aí! No âmbito psico-pedagógico é capaz de apresentar benfeitorias no desempenho escolar, com base no sistema psico-motor, destaca-se na coordenação motora (fina e grossa) e na concentração e abstração de experiências; já no aspecto comportamental, manifesta-se na redução dos distúrbios de atenção e de hiper atividade.
  15. 15. UNIÃO DOS BOTONISTAS DE PERNAMBUCO – UBOPE www.ubope.blogspot.com PLANO DE ATUAÇÃO ORIENTAÇÕES GERAIS O Projeto Botão na Escola acompanhará o Calendário Escolar de cada unidade de ensino, seguindo rigorosamente os programas escolares de final de semana. Serão beneficiadas, de início, 12 (doze) escolas por mês (08 estaduais e 04 municipais), com aumento progressivo de acordo com a viabilidade e o aporte de recursos necessários para tal fim. As aulas e treinamentos serão ministrados por instrutores e monitores treinados e certificados pela UBOPE, visando à realização dos objetivos específicos relacionados neste projeto e abrangendo conteúdos aplicados nos cursos de informática, de reforço escolar e da prática do futebol de mesa e de jogos de tabuleiro. O Centro, bem como o andamento de suas atividades, será acompanhado de perto pela UBOPE, através de seu representante credenciado em visitas mensais, junto aos alunos e aos instrutores/monitores, a respeito do andamento do projeto. A diretriz que alicerça este projeto caracteriza-se em aulas práticas, teóricas e treinamentos táticos, viabilizando a participação dos alunos em campeonatos organizados pela UBOPE, FPFM, CBFM e pela própria Escola participante do Projeto Botão na Escola, de forma competitiva e marcante. Com o intuito também, de credenciar participantes em destaque e/ou merecedores, através de avaliação continuada e progressiva constatada nos formulários de acompanhamento.
  16. 16. UNIÃO DOS BOTONISTAS DE PERNAMBUCO – UBOPE www.ubope.blogspot.com MODELO O Projeto Botão na Escola apropria-se das normas esportivas intencionalmente, difundindo aos participantes como modelo de vivência social. Todas as ações aplicadas, possuem a finalidade da melhoria incondicional do ser como um todo – respeitando sua individualidade – capaz de abstrair esses preceitos, projetando-os à sua conduta diária. Tem-se também a preocupação com a carga cognitiva adquirida anteriormente ao projeto, e que deve ser reverenciada e reforçada, levando em consideração outras atividades (escola, outros esportes, etc.), a fim de evitar confrontos de idéias, de horários e de princípios. A intenção aqui é, principalmente, de aprimorar, de complementar e de conjuminar tais ideais, através da: • Interação entre o participante e a história do futebol de campo e do futebol de mesa, tratando de maneira lúdica o material exposto em aula; • Através da interação entre os participantes (faixa etária e nível cultural), nivelar os estágios de aprendizado da turma; • Rotina de treinos semanais, com duração, grau e intensidade relacionados ao estágio técnico do participante; • Interação com outras crianças e adolescentes também praticantes do futebol de mesa, através de campeonatos organizados pela UBOPE, FPFM ou pela CBFM.
  17. 17. UNIÃO DOS BOTONISTAS DE PERNAMBUCO – UBOPE www.ubope.blogspot.com INVESTIMENTO DO PROJETO Por Evento: Nº DISCRIMINAÇÃO DA DESPESA VALOR R$ Aquisição de 32 medalhas gravadas X R$ 5,00 / 01 160,00 unidade Aquisição de 32 times de botão Gulliver X R$ 7,00 / 02 224,00 unidade 03 Aquisição de 01 troféu gravado para a escola 16,00 04 Taxa cobrada pelo palestrante 100,00 TOTAL GERAL POR EVENTO............................................ R$ 500,00 Por Mês: De início, serão necessários R$ 6.000,00 (seis mil reais) mensais (R$ 500,00 X 12 escolas), para fazer face às despesas com a operacionalização do projeto, ou seja, para pagamento ao palestrante, aquisição de troféus, medalhas e times de botão que serão distribuídos com os participantes no final de cada evento. Contra-Partida do Investimento 1) Veiculação da marca da patrocinadora em todos os eventos; 2) Veiculação da marca da patrocinadora na página oficial da União dos Botonistas de Pernambuco – UBOPE (www.ubope.blogspot.com); 3) Veiculação da marca na mídia pernambucana espontânea gratuita; 4) Apresentação do relatório técnico ao final de cada evento.
  18. 18. UNIÃO DOS BOTONISTAS DE PERNAMBUCO – UBOPE www.ubope.blogspot.com CONSIDERAÇÕES FINAIS O futebol no Brasil, considerado o país do futebol, encanta o gênero masculino em geral desde seu nascimento, então qualquer esporte ou atividade semelhante também fará parte desse cotidiano. O Futebol de mesa, como um representante fiel, acontece desde a infância, através do “Estrelão” – campo pequeno fabricado pela Indústria Estrela – como brincadeira de criança. Já na adolescência, entra no buraco negro do esquecimento, sendo depois resgatado na fase adulta por alguns, através de raros eventos país afora, e mesmo assim, ainda sendo levado de forma lúdica e sem seriedade esportiva. Mesmo com a criação de organizações oficiais, como federações, associações e clubes de notório reconhecimento público, o esporte ainda permanece no hall de menos votado na escolha de práticas esportivas... Contudo, ao ser experimentado pelos “meninos” – independente de faixa etária – alucina sua vítima a tal ponto, que é capaz de fazê-la passar horas com a palheta na mão sem se dar conta. Além do jogo em si, o faz voltar à infância e relembrar momentos com entes queridos, como avôs e pais... Tornando-se então o objetivo central deste projeto, o resgate de tal esporte se faz necessário, pois apresenta benefícios psicosócioculturais impressionantes, capazes de contribuir com o desenvolvimento humano. Portanto, o Projeto Botão na Escola então, se beneficiará da conduta esportiva do Futmesa para agregar valores sociais aos seus alunos e participantes, de forma lúdica e saudável.
  19. 19. UNIÃO DOS BOTONISTAS DE PERNAMBUCO – UBOPE www.ubope.blogspot.com BREVE HISTÓRICO DO FUTEBOL DE MESA O CRIADOR DO BOTONISMO Geraldo Cardoso Décourt (1911-1998) é, segundo a maioria, o precursor do que nós conhecemos hoje como Futebol de Mesa no Brasil. Ele jogava com botões de cueca, passando posteriormente a usar os botões da calça de seu uniforme escolar. Dessa brincadeira de criança surgiu o “jogo de botões”, aquilo que se tornaria o esporte difundido e amado por uma legião incontável de praticantes e admiradores, com sua diversidade de regras e materiais, tendo adeptos em um grande número de países. Por volta de 1929, com dezenove anos de idade, Décourt deu o nome de “Celotex”, que era o material usado para a confecção das mesas, ao jogo, que ali tinha o seu início enquanto esporte, lançando, inclusive, o primeiro livro de regras. O dia 14 de fevereiro, dia do nascimento de Décourt, foi oficializado pelo governador Geraldo Alckmin, em São Paulo, no ano de 2001, como o “Dia do Botonista”: “ Lei Nº 10.833, de 2 de julho de 2001 Institui o “Dia do Botonista” O GOVERNADOR DO ESTADO DE SÃO PAULO: Faço saber que a Assembléia Legislativa decreta e eu promulgo a seguinte lei: Artigo 1º - Fica instituído o “Dia do Botonista”, a ser comemorado, anualmente, no dia 14 de fevereiro. Palácio dos Bandeirantes, 2 de julho de 2001. GERALDO ALCKMIN
  20. 20. UNIÃO DOS BOTONISTAS DE PERNAMBUCO – UBOPE www.ubope.blogspot.com Décourt compôs, ainda, a letra e a música do Hino do Botonista, cuja partitura foi encomendada ao músico Sérgio Oliveira de Moraes em 1995, exclusivamente para o livro Botoníssimo, de Ubirajara Godoy Bueno. O MIDI foi gravado pelo músico Hermes Monteiro, de São Bernardo do Campo (SP). HINO DO BOTONISTA Botonista eu sou com justo orgulho Boto muita fé no meu botão Botonista eu sou com muita honra Isto é verdade, eu não me arrependo não Botonista eu sou com persistência Jogo a qualquer hora com prazer Pois jogando em qualquer regra! Eu vou praticando o meu lazer – bis – Eu jogo limpo, jogo sério sem esbulho, Pois pra mim adversário considero como irmão Aviso logo para quem jogar comigo que somente me vencendo poderá ser campeão – bis –
  21. 21. UNIÃO DOS BOTONISTAS DE PERNAMBUCO – UBOPE www.ubope.blogspot.com Décourt foi um incansável divulgador e organizador de torneios e eventos de Futebol de Mesa em diversos estados brasileiros, o que propiciou o desenvolvimento do esporte, assim como sua popularização. O nome Celotex foi substituído por Futebol de Mesa, denominação adotada até hoje, e as regras foram mudadas, mas com certeza os praticantes dessa modalidade ainda se apóiam sobre as mesmas bases sólidas e imutáveis assentadas por Geraldo Décourt, o “Papa do Botonismo”.
  22. 22. UNIÃO DOS BOTONISTAS DE PERNAMBUCO – UBOPE www.ubope.blogspot.com FUTEBOL DE MESA COMO ESPORTE OFICIALMENTE RECONHECIDO Através da Resolução N.º 14, de 29 de setembro de 1988, acatando ao Of. N.º 542/88 e ao Processo N.º 23005.000885/87-18, baseado na Lei N.º 6.251, de 8 de outubro de 1975 e no Decreto N.º 80.228, de 25 de agosto de 1977, assinada pelo seu então Conselheiro-Presidente Manoel José Gomes Tubino, o CND (Conselho Nacional de Desportos) reconhece o Futebol de Mesa como modalidade desportiva praticada no Brasil, como uma vertente dos esportes de salão, no qual se incluem o xadrez e o bilhar, por exemplo.
  23. 23. UNIÃO DOS BOTONISTAS DE PERNAMBUCO – UBOPE www.ubope.blogspot.com ENTIDADES DO ESPORTE - CBFM A CBFM (Confederação Brasileira de Futebol de Mesa) regula e orienta a prática desse esporte no Brasil. Uma das principais lutas dos praticantes é fazer com que o esporte seja conhecido pelos leigos como Futebol de Mesa e não como Jogo de Botão, pois essa associação faz com que o esporte esteja ligado à prática de um jogo infantil o que dificulta seu reconhecimento público como esporte e, consequentemente, seu desenvolvimento. Após o reconhecimento institucional do Futebol de Mesa como esporte, as modalidades passaram por um crescimento estrutural e conceitual sem precedentes. As federações estaduais foram organizando-se e ganhando "status" semi-profissional e atualmente, existe uma interligação estrutural entre os eventos promovidos pelas federações estaduais. A Confederação e as federações de Futebol de Mesa (também chamado de Futmesa), desenvolvem campeonatos nacionais e estaduais individuais e por equipes. ENTIDADES DO ESPORTE - FEDERAÇÕES ESTADUAIS
  24. 24. UNIÃO DOS BOTONISTAS DE PERNAMBUCO – UBOPE www.ubope.blogspot.com Em 2009 foi realizado na cidade de Budapeste (Hungria) o primeiro Campeonato Mundial da modalidade Bola 12 Toques, sendo o Brasil campeão por equipes e o atleta Marcos Paulo Liparini Zuccato, mais conhecido como Quinho, campeão mundial individual. O Futebol de Mesa, tal como ele é jogado no Brasil e suas variações, é praticado em diferentes países, entre eles, Argentina, Uruguai, Chile, Espanha, Hungria, Romênia, República Tcheca, Sérvia, Croácia, Suiça, Russia, Ucrânia e Japão. Atualmente, há no Brasil aproximadamente 2.700 atletas federados disputando torneios oficiais em 17 estados.
  25. 25. UNIÃO DOS BOTONISTAS DE PERNAMBUCO – UBOPE www.ubope.blogspot.com ANEXOS REGRAS OFICIAIS O Futebol de Mesa é praticado oficialmente em quatro modalidades; três oficiais (Disco, Bola 12 Toques, Bola 3 Toques) e uma experimental (Dadinho 9x3). O Projeto Botão na Escola utilizará a regra oficial modalidade bola 12 toques, tendo em vista ser a mais praticada no Brasil. REGRAS RECONHECIDAS PELA CONFEDERAÇÃO BRASILEIRA DE FUTEBOL DE MESA MODALIDADE "BOLA" TEMPO TOQUES BOTÕES GOLEIROBALIZASMESAORIGEM 2,20 Esfera de Bola 3 2 x 25 6,0 cm 7,0 x 3,5 14,6 x x Feltro - 1 3 coletivos RJ Toques min (máximo) cm 4,9 cm 1,60 cm m 12 1,80 Esfera de Bola 12 2 x 10 coletivos e 3,5 a 6,0 8,0 x 3,5 12,5 x x Feltro - 1 SP Toques min 3 cm cm 5,0 cm 1,20 cm individuais m 1,80 9 coletivos Cubo de 2 x 7 3,5 a 6,0 8,0 x 3,5 11,0 x x Dadinho e3 RJ * acrílico min cm cm 4,5 cm 1,20 individuais m 2,20 Disco de Disco 1 2 x 25 6,0 cm 6,0 x 3,8 15,0 x x polietileno 1 coletivo BA Toque min (máximo) cm 6,0 cm 1,60 - 1 cm m (*) EM FASE EXPERIMENTAL PARA OFICIALIZAÇÃO
  26. 26. UNIÃO DOS BOTONISTAS DE PERNAMBUCO – UBOPE www.ubope.blogspot.com REGRAS OFICIAIS PRATICADAS POR ESTADO  MODALIDADE BOLA 12 TOQUES • Minas Gerais • Ceará • São Paulo • Piauí • Rio de Janeiro • Alagoas • Paraná • Sergipe • Santa Catarina • Maranhão • Rio Grande do Sul • Amazonas • Goiás • Pernambuco  MODALIDADE BOLA 03 TOQUES • Minas Gerais • Goiás • São Paulo • Distrito Federal • Rio de Janeiro • Ceará • Espírito Santo • Alagoas  MODALIDADE DISCO 01 TOQUE • São Paulo • Rio de Janeiro • Santa Catarina • Rio Grande do Sul • Espírito Santo • Bahia • Pernambuco • Sergipe • Amazonas • Pará
  27. 27. UNIÃO DOS BOTONISTAS DE PERNAMBUCO – UBOPE www.ubope.blogspot.com MODELOS DE BOTÕES Década de 70, quando o acrílico passou a ser utilizado na confecção de botões. MODELO CANOA A característica principal é o declive acentuado ao redor do orifício. Criado pelos botonistas Eraldo, Tuti e Primo. Desenvolvido por Rafael Barricelli entre 78/80. O tampo é reto e fechado com MODELO LISO ligeiro rebaixo para a aplicação de distintivos e números. Assemelha-se ao modelo canoa, porém não apresenta o declive ao redor do orifício, sugerindo uma argola. É o MODELO ARGOLA modelo atualmente mais utilizado na modalidade paulista. Harutim Muradian contribuiu para sua divulgação. Discos sobrepostos com diferentes diâmetros, apresenta a borda em MODELO DÉCOURT degraus. Se caracterizam por serem botões altos e de pista dupla. Botão usado por Décourt na década de 70. Botão leve usado na modalidade carioca. As bordas apresentam MODELO CARIOCA pequenos cortes chamados de “chuteirinhas”. Sua superfície é plana e a pista estreita. Com características mais decorativas do MODELO CAPOTE que eficiente, esse modelo em acrílico imita os velhos botões de roupa. Utilizados na modalidade baiana que usam pastilhas como bola, é composto MODELO BAIANO de dois tipos de peças: Levantador e Cavador. São peças, geralmente, totalmente planas. Talvez seja o modelo mais conhecido entre as crianças. São produzidos em MODELO TAMPA larga escala pelas indústrias de brinquedos. Foi inspirado nas tampas que guarneciam os antigos relógios.
  28. 28. UNIÃO DOS BOTONISTAS DE PERNAMBUCO – UBOPE www.ubope.blogspot.com LOCAIS PARA PRÁTICA EM PERNAMBUCO - FEDERAÇÃO PERNAMBUCANA DE FUTEBOL DE MESA – FPFM AV. MAL. MASCARENHAS DE MORAIS, 4223 - CEP 50040/000 BAIRRO - IMBIRIBEIRA - RECIFE (PE) CLUBE DOS RODOVIÁRIOS DE PERNAMBUCO REGRA: DISCO 01 TOQUE DIAS DE JOGOS: TERÇAS E QUINTAS-FEIRAS – 19H00 E SÁBADOS – 14H00 CONTATO: (81) 9972-8499 / 9965-0760 / 9641-7036 E-mail: fpfmdisco@gmail.com - ASSOCIAÇÃO ALIANCENSE DE FUTEBOL DE MESA – AAFM ALIANÇA – PE REGRA: DISCO 01 TOQUE DIAS DE JOGOS: QUARTAS-FEIRAS – 19H00 E SÁBADOS – 10H00 CONTATO: (81) 9961-1119 / 9651-9644 E-mail: aafmesa@bol.com.br - ASSOCIAÇÃO ATLÉTICA BANCO DO BRASIL – AABB RUA DR. MALAQUIAS, 204, AFLITOS – RECIFE (PE) REGRA: BOLA 12 TOQUES DIAS DE JOGOS: TERÇAS E QUINTAS-FEIRAS – 14H00 CONTATO: (81) 3117-6069 / 9146-2605 E-mail: contato@armandinhofutmesa.com.br
  29. 29. UNIÃO DOS BOTONISTAS DE PERNAMBUCO – UBOPE www.ubope.blogspot.com - ASSOCIAÇÃO ATLÉTICA BANCO DO BRASIL – AABB AV. AMAZONAS, S/N, BAIRRO MARIA GORETTI (PRÓXIMO A FACULDADE ASCES), CARUARU (PE) REGRA: BOLA 12 TOQUES DIAS DE JOGOS: QUINTA-FEIRAS – 20H00 E DOMINGOS – 20H00 CONTATO: (81) 3724-3465 - ASSOCIAÇÃO GARANHUENSE DE FUTEBOL DE MESA RUA NILO PEÇANHA, S/N, CENTRO, GARANHUNS (PE) REGRA: BOLA 12 TOQUES DIAS DE JOGOS: SEGUNDAS, TERÇAS E QUARTAS-FEIRAS – 19H30 CONTATO: (87) 3761-2637 - ASSOCIAÇÃO GRAVATAENSE DE FUTEBOL DE MESA – AGFUME RUA ESTEVÃO CÂMARA, INSTITUTO JARDIM DA CRIANÇA, CENTRO, GRAVATÁ (PE) REGRA: BOLA 12 TOQUES DIAS DE JOGOS: SEGUNDAS E QUARTAS-FEIRAS – 19H30 CONTATO: (81) 8737-3385 / 3533-1967 - ASSOCIAÇÃO PERNAMBUCANA DE FUTEBOL DE MESA - APFM RUA SIQUEIRA CAMPOS, 279, SALA 203, ED. BRASÍLIA, EP 50010-010 BAIRRO SANTO ANTÔNIO – RECIFE – PE
  30. 30. UNIÃO DOS BOTONISTAS DE PERNAMBUCO – UBOPE www.ubope.blogspot.com REGRA: PERNAMBUCANA (12/1 TOQUES – BOLA DE BORRACHA) E BOLA 12 TOQUES (BOLA DE FELTRO) DIAS DE JOGOS: SÁBADOS – 09H30 CONTATO: (81) 3227-4770 / 3325-2032 E-mail: abiud@uol.com.br - CENTRO COMUNITÁRIO CONJUNTO RESIDENCIAL SANTA CRUZ – CCCR CRUZ DE REBOUÇAS – IGARASSÚ (PE) REGRA: NÃO INFORMADA DIAS DE JOGOS: SÁBADOS – 14H00 CONTATO: (81) 9621-6744 - CLUBE DOS RODOVIÁRIOS DE PERNAMBUCO AV. MAL.MASCARENHAS DE MORAES, 4223, IMBIRIBEIRA, RECIFE – PE REGRA: DISCO 01 TOQUE DIAS DE JOGOS: TERÇAS E QUINTAS-FEIRAS – 19H00 E SÁBADOS: 14H30 CONTATO: (81) 9972-8499 / 3339-0531 E-mail: caalmeida7@ig.com.br - FEDERAÇÃO PERNAMBUCANA AV. CLETO CAMPELO, S/N (ANTIGO SESI), CENTRO, MORENO (PE)
  31. 31. UNIÃO DOS BOTONISTAS DE PERNAMBUCO – UBOPE www.ubope.blogspot.com REGRA: BOLA 03 TOQUES DIAS DE JOGOS: DOMINGOS – 09H00 CONTATO: (81) 3535-0404 / 8729-1888 E-mail: cra.cra@ig.com.br - LIGA FUTEBOL DE MESA DE JARDIM BRASIL – LFMJB RUA MARANHÃO, 49, JARDIM BRASIL, OLINDA (PE) ASSOCIAÇÃO DOS MORADORES DE JARDIM BRASIL II REGRA: BOLA 12 TOQUES DIAS DE JOGOS: DOMINGO – 09H00 TELEFONES DE CONTATO: (81) 8888-1056 / 3232-4600 E-mail: lfmjb1@hotmail.com PLANILHA DE PRESENÇA
  32. 32. UNIÃO DOS BOTONISTAS DE PERNAMBUCO – UBOPE www.ubope.blogspot.com DATA INSCR. ALUNO PRESENÇA Obs.: Responsável
  33. 33. UNIÃO DOS BOTONISTAS DE PERNAMBUCO – UBOPE www.ubope.blogspot.com PLANILHA INDIVIDUAL DE ACOMPANHAMENTO NOME DATA ESTAGIO CONTEUDO APLICAÇÕES & AVALIAÇÕES DATAS CONTROLE DE BOLA UM BOTÃO TABELINHA TRIANGULAÇÃO PASSES CURTO LONGO LANÇAMENTO CHUTES PONTA FRONTAL MEIA DISTANCIA LONGA DISTANCIA ATAQUE ADIANTADO RECUADO DEFESA ADIANTADA RECUADA GOLERIO POSICIONAMENTO COLOCAÇÃO DEFESA RESPONSÁVEL_______________________________
  34. 34. UNIÃO DOS BOTONISTAS DE PERNAMBUCO – UBOPE www.ubope.blogspot.com FICHA DE AVALIAÇÃO NOME CATEGORIA ESTAGIO DATA AVALIAÇÃO INICIAL AVALIAÇÃO BIMESTRAL ESTÁGIOS I - INICIANTE C - CONHECEDOR G - GRADUADO A - AVANÇADO Responsável
  35. 35. UNIÃO DOS BOTONISTAS DE PERNAMBUCO – UBOPE www.ubope.blogspot.com FONTES DE PESQUISA / CRÉDITOS - wikipedia - Banco de dados da Folha de São Paulo - Botoníssimo – O Livro do Futebol de Mesa, de Ubirajara G. Bueno - Sites e blogs de clubes - Sites e blogs das Federações Estaduais de Futebol de Mesa - Confederação Brasileira de Futebol de Mesa (bolas 03 e 12 toques e disco 01 toque) - Futebol de Mesa News - Projeto Social de Iniciação ao Futebol de Mesa – Centro de Excelência Futmesa, da FEFUMEMGE – Federação de Futebol de Mesa de Minas Gerais, Vice-Presidência Bola 12 Toques – Diretoria Infanto-Juvenil
  36. 36. UNIÃO DOS BOTONISTAS DE PERNAMBUCO – UBOPE www.ubope.blogspot.com IDEALIZADOR E RESPONSÁVEL Armando Manoel Gomes Pordeus Rua Presidente Nilo Peçanha, 531, Apto. 1001, Bloco C, Cond. Resid. Boa Viagem II – Bairro Imbiribeira 51160-220 – Recife – PERNAMBUCO Fone de Contato: (81) 8630-0804 E-mail: armando.pordeus@hotmail.com E-mail: ubopefm@gmail.com

×