Direção de atores 2

624
-1

Published on

Published in: Education
0 Comments
1 Like
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

No Downloads
Views
Total Views
624
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
0
Actions
Shares
0
Downloads
40
Comments
0
Likes
1
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Direção de atores 2

  1. 1. O que procurar numa sessão de casting?
  2. 2. A maioria dos diretores buscam por uma performance que eles tem visto em suas mentes. O que pode ser um grande erro.
  3. 3. Pode trazer muita dor de cabeça encontrar um ator que corresponda à ideia do personagem que o diretor tem em mente
  4. 4. Se não procurar por uma performance, pelo o que procurar?
  5. 5. HABILIDADE DO ATOR
  6. 6. Isso é: Talento + Habilidades
  7. 7. Equipamento intuitivo Escala emocional, sensibilidade, inteligência, capacid ade de ouvir, trabalhar “momento a momento”, capacidade de dar a si a liberdade
  8. 8. Habilidade de atuação Capacidade de interpretar uma intenção, de interpretar o oposto, ser específico nas suas escolhas, fazer transições emocionais críveis.
  9. 9. Capacidades físicas Flexibilidade, expressividade, habilidades vocais e de movimento.
  10. 10. Sensibilidade Artística Gostos, instintos, senso de humor e repertório
  11. 11. SE É CERTA PARA O PAPEL
  12. 12. Antes de pensar sobre o visual ou as qualidades da atriz, descubra se ela compreende e vive as experiências e emoções da personagem.
  13. 13. Está relacionado com a experiência de vida do ator, bem como com a sua inteligência, sensibilidade, comprometimento e habilidades.
  14. 14. SE VOCÊS PODEMTRABALHAR JUNTOS
  15. 15. É precisa escalar atores que aceitarão suas direções. Atores com que possa se comunicar, que tenha respeito mútuo e que apoiem a criatividade um do outro.
  16. 16. CASTING
  17. 17. Na preparação para o casting é preciso escolher uma cena para os atores lerem com outra pessoa. Geralmente, evita-se cenas de luta, nudez ou de colapso emocional.
  18. 18. Numa primeira etapa trabalhe individualmente com cada ator. Tenha um assistente para fazer a leitura com os atores, e essa pessoa deve ser capaz de interagir e afetar os participantes da seleção.
  19. 19. Caso não tenha confiança em identificar se o ator está interagindo, combine com o assistente para cada vez que for reler o texto o faça com um subtexto diferente. Se o ator interpretar da mesma forma, ele não está ouvindo.
  20. 20. Antes de começar, avise ao ator para ler a cena da maneira como ele preparou e que depois você irá tentar duas ou mais maneiras que havia planejado
  21. 21. O objetivo é perceber as escolhas criativas e se o ator conseguiu dar vida ao roteiro, ao invés de bucar uma performance perfeita.
  22. 22. Também deve ser percebido se o ator está apenas dizendo sua fala ou se estão realmente falando sobre algo.
  23. 23. Deve ser dado atenção para as transições emocionais (reações), e se o ator está de fato ouvindo e interagindo com o assistente.
  24. 24. Numa segunda etapa, os atores escolhidos na primeira etapa são chamados para ler a cena aos pares com diferentes combinações para ver como se comunicam entre si (química).
  25. 25. Você pode se sentir mal de não selecionar um ator após exigir tanto, mas os atores se sentem menos mal se souberem que tiveram a chance de fazer o seu melhor.
  26. 26. Todos os atores possuem fraquezas. Não se busca por atores perfeitos, mas por aqueles que as qualidades são emocionantes o suficiente para justificar a convivência com as suas fraquezas.
  27. 27. ENSAIO
  1. A particular slide catching your eye?

    Clipping is a handy way to collect important slides you want to go back to later.

×