Falhas de mercado e Busca de Renda - Aula 11

on

  • 586 views

Falhas de Mercado e Busca de Renda (Rent Seeking): pessoas respondem a incentivos, simples.

Falhas de Mercado e Busca de Renda (Rent Seeking): pessoas respondem a incentivos, simples.

Statistics

Views

Total Views
586
Views on SlideShare
586
Embed Views
0

Actions

Likes
0
Downloads
5
Comments
0

0 Embeds 0

No embeds

Accessibility

Categories

Upload Details

Uploaded via as Microsoft PowerPoint

Usage Rights

© All Rights Reserved

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Processing…
Post Comment
Edit your comment

    Falhas de mercado e Busca de Renda - Aula 11 Falhas de mercado e Busca de Renda - Aula 11 Presentation Transcript

    • Noções sobre Economia Santarém – Tapajós – Brasil Fernando Monteiro D’Andrea
    • Noções sobre Economia Santarém – Tapajós – Brasil Fernando Monteiro D’Andrea Aula 11 de 20 Falhas de Mercado & Busca de Renda
    • Economia – Contábeis 2013-01 O que estudaremos • O Que é Economia? • Teorias da Economia; • Micro e macroeconomia; • Escassez • Mercado; • Preços; • Oferta e demanda; • Curvas de demanda; • Oferta e equilíbrio; • Noções de mercados e funcionamento dos sistemas econômicos internacionais e nacional; • Processo de Industrialização brasileiro; • Modelo desenvolvimentista Nacional; • Planos Econômicos; • Análise e interpretação da política econômica nacional atual; • Economia e a Região Amazônica;
    • Economia – Contábeis 2013-01 “Falhas” de Mercado (1) • Situação na qual, em um mercado, a quantidade de bens demandados não chega à ser ofertada; • Em geral provém de da falta de alguns fatores econômicos básicos; ▫ Isto cria uma situação de desequilíbrio; • Estas “falhas” são vistas como motivos pelos quais o governo devesse intervir na economia; ▫ Diz-se que o mercado não possa fornecer bens públicos ou lidar com externalidades;  Segurança pública, água, educação, ruas e estradas, pesquisa e desenvolvimento, saúde e bem estar social, ambiente limpo e saudável;
    • Economia – Contábeis 2013-01 “Falhas” de Mercado (2) • Bem público: ▫ Algo que sirva à totalidade, ou quase totalidade da população e que, na maioria dos casos, é dificil de ser fornecido (em geral por ter custos ou riscos muito altos);  São ditos não excludentes e não rivalizantes, não se pode proibir alguém de usar e o uso por uma pessoa não exclui o uso por outras; • Externalidade: ▫ É um custo ou benefício resultante de uma atividade ou transação que afeta pessoas não envolvidas, que não decidiram participar mas sofrem as consequências;
    • Economia – Contábeis 2013-01 “Falhas” de Mercado (3) • Externalidade Positiva: ▫ A ação de uma pessoa ajuda a outra que não tem nenhum custo com isso;  Alguém que limpa sua calçada ajuda os passantes e não pode cobrar por isso;  Caso da energia nos sítios onde não há rede elétrica; • Externalidade Negativa: ▫ A ação de um prejudica o outro;  Poluição não afeta apenas quem a produz;  Quando há desmatamento numa área privada toda a cidade pode ser prejudicada;
    • Economia – Contábeis 2013-01 “Falhas” de Mercado (4) • Para tentar corrigir as falhas de mercado os intervencionisas pregam que o Governo deve atender a demanda que o mercado não atende; • Ao mesmo tempo, se é difícil para o mercado (que busca lucro) atender a demanda, porquê seria o governo capaz de fazê-lo? ▫ A educação é pública e “gratuita”, mas ela é boa? ▫ A saúde é para todos, ela funciona bem? • O mercado terá problemas quando o benefício líquido privado de uma transação não for igual ao benefício social desta: ▫ A soma de benefícios privados dos indivíduos menos custos privados;
    • Economia – Contábeis 2013-01 “Todo mundo quer viver às custas do Estado, Esquecem que o Estado vive à custas de todo mundo.”
    • Economia – Contábeis 2013-01 Busca de Renda (1) • O BNDES é bom para quem? • Teve origem com Tullock (1967) e Krueger (1974) ajudou a espalhá-la; • Em geral tem uma irmã gêmea, a corrupção; • É simples: ▫ As pessoas buscam renda quando tentam obter benefícios através de movimentos políticos. Comumente:  Subsídios para os produtos que produzem;  Subsídios por serem uma classe “especial” de pessoas;  Uma tarifa imposta aos concorrentes;  Leis especiais / regulação que complica a vida de seus competidores;
    • Economia – Contábeis 2013-01 Busca de Renda (2) • Pessoas idosas buscam aumentar seus benefícios; • Uma fábrica que produz TV’s quer leis que dificultem a importação de aparelhos; • Advogados e Contabilistas lutam pela manutenção da exigência da OAB e do CRC para eliminar do mercado competidores que não tenham os certificados: ▫ Cria-se uma reserva de mercado na qual só quem atende a certos requisitos pode trabalhar; ▫ O que diminui a competição e aumenta o preço (embora os beneficiados sempre digam que estão agindo para o bem da sociedade);
    • Economia – Contábeis 2013-01 Busca de Renda (3) • Usa-se o termo para descrever o lobby feito por pessoas, grupos, empresas ou qualquer outro ente que busque benefícios junto ao governo; ▫ Pode-se usar também “busca de privilégios”; • Isto existe a séculos: ▫ Alunos que “puxam-saco” de professores; ▫ Colegas de trabalho que agradam o chefe em troca de proteção (ou aumento, ou mesmo do próprio emprego); ▫ Pessoas que se recusam a trabalhar para não perderem benefícios sociais (bolsa família, gás, escola, etc.);
    • Economia – Contábeis 2013-01 Busca de Renda (4) • Tullock percebeu que: ▫ O gasto de recursos para fazer lobby existe; ▫ Portanto, o ganho (líquido) do beneficiado não é equivalente àquilo que ele recebe ▫ Deve-se descontado do ganho (líquido) os recursos que foram gastos para fazer o lobby em si;  Ao distribuir antecipadamente alguns dos ganhos do beneficiário, a Busca de Renda causa ineficiências; • Busca de Renda é completamente diferente da busca pelo lucro, numa cria-se valor (que depois é transferido), na outra apenas transfere-se valor, sem melhorar o bem estar da sociedade;
    • Economia – Contábeis 2013-01 Busca de Renda (5) • Exemplos: ▫ Os pescadores gastam dinheiro fazendo propaganda que exija que o peixe só possa ser vendido em Santarém se for pescado aqui por pescadores daqui;  Mesmo que eles consigam isso, o dinheiro que ganharem da venda dos peixes terá que pagar inclusive a propaganda que foi feita; ▫ Uma fábrica que faz lobby junto ao governo para que ele barre as importações de um concorrente; ▫ Um colega de trabalho que aguente ser mal- tratado e mal-visto para tentar melhorar de posição na empresa;
    • Economia – Contábeis 2013-01 Busca de Renda (6) • A Busca de Renda segue uma lógica: ▫ Recursos são gastos agora porquê imagina-se conseguir mais recursos no futuro; ▫ O ente (empresa, pessoa, etc.) envolvido tem algum ganho; • Porém a sociedade, como um todo, perde: ▫ Os recursos gastos para conseguir a vantagem não foram produtivos, eles apenas foram transferidos de uma mão à outra sem gerar riqueza, o que, em si, é uma perda;
    • Economia – Contábeis 2013-01 Busca de Renda (7) • Consequências Possíveis: ▫ Se comprar, via lobby, alguma vantagem, for menos oneroso, mais fácil, para uma empresa, do que investir ou mesmo deixar um mercado pois é incapaz de competir, ela deve fazer isso, fazer o lobby?  Haverá uma alocação de recursos não ótima:  Dinheiro será pago aos lobbistas;  Não será investido em P&D, treinamento, melhores práticas, melhores equipamentos, etc.  É uma questão moral!!
    • Economia – Contábeis 2013-01 Busca de Renda (8) • “The law will change how people pay but not the fact that they're willing to pay more for the good - Cash is just one medium of exchange, time is another”; • “A lei fará com que as pessoas mudem a forma com que pagam as coisas, mas não o fato de que elas estão dispostas a pagar mais por certo bem que retém ser valioso – dinheiro vivo é apenas um meio de troca, tempo é outra”
    • Economia – Contábeis 2013-01 “Alguns veem empresas privadas como predadoras em quem devemos atirar, outras às vêem como vacas a serem ordenhadas, mas poucos são os que às veem como um cavalo forte puxando o vagão.”
    • Economia – Contábeis 2013-01 Bibliografia (1) • Preço Justo é o de mercado. Disponível em: http://blog.kanitz.com.br/2011/02/o-preço-justo-é-o- de-mercado-.html . Acesso em 10 de fevereiro de 2013. • The Fundamentals of Rent-Seeking by Gordon Tullock, Professor of Economics, University of Arizona. http://www.thelockeinstitute.org/journals/luminary_v1 _n2_p2.html . Acesso em 15 de Fevereiro de 2013. • Rent Seeking by David R. Henderson http://www.econlib.org/library/Enc/RentSeeking.html • Giving Away Money Costs More Than You Think http://www.learnliberty.org/videos/giving-away- money-costs-more-you-think. Acesso em 15 de Fevereiro de 2013.
    • Economia – Contábeis 2013-01 Bibliografia (2) • Milton Friedman. Disponível em: http://www.youtube.com/watch?v=VHFIbfUi5r w&feature=related . Visitado em 15 de Janeiro de 2013. • http://elmo.shore.ctc.edu/economics/market.ht m • http://www.daviddfriedman.com/Academic/Pri ce_Theory/PThy_Chapter_18/PThy_Chap_18.h tml • http://www.mises.org.br/EbookChapter.aspx?id =525 • http://www.mises.org.br/Article.aspx?id=1150
    • Microeconomia – Aula 11 Santarém – Tapajós – Brasil Fernando Monteiro D’Andrea