Plataforma Online VACQA International
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×
 

Plataforma Online VACQA International

on

  • 2,087 views

Trabalho escrito sobre a plataforma online VACQA International

Trabalho escrito sobre a plataforma online VACQA International

Statistics

Views

Total Views
2,087
Views on SlideShare
2,086
Embed Views
1

Actions

Likes
1
Downloads
11
Comments
0

1 Embed 1

http://www.lmodules.com 1

Accessibility

Upload Details

Uploaded via as Adobe PDF

Usage Rights

© All Rights Reserved

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Processing…
Post Comment
Edit your comment

Plataforma Online VACQA International Plataforma Online VACQA International Document Transcript

  • INSTITUTO POLITÉCNICO DE SANTARÉM ESCOLA SUPERIOR AGRÁRIA DE SANTARÉM CURSO DE LICENCIATURA EM ENGENHARIA DA PRODUÇÃO ANIMAL PLATAFORMA VACQA INTERNATIONAL David Nuno Palma Quintino SANTARÉM 2008 1
  • 2
  • INSTITUTO POLITÉCNICO DE SANTARÉM ESCOLA SUPERIOR AGRÁRIA DE SANTARÉM CURSO DE LICENCIATURA EM ENGENHARIA DA PRODUÇÃO ANIMAL PLATAFORMA VACQA INTERNATIONAL Trabalho realizado no âmbito da unidade curricular de Projecto Nome: David Nuno Palma Quintino N.º 061182439 SANTARÉM 2008 3
  • AGRADECIMENTOS É com muito gosto que expresso a minha gratidão: ao Prof. Doutor João Cannas da Silva, pela magnânima disponibilidade para o desenvolvimento deste trabalho e pela oportunidade oferecida para a realização deste estágio; ao Prof. Adjunto António Luiz Gomes, pela admirável preparação e disponibilidade para o aperfeiçoamento deste trabalho; à Profa Adjunta Maria Elisabete Palma, pelo generoso apoio para a estruturação deste trabalho; à Profa Adjunta Maria Virgínia Crespo e à Comissão de Estágios da ESAS, pela preocupação demonstrada e pela aprovação deste estágio; a todos os docentes da ESAS, por toda a minha instrução superior; a toda a “família Charrua” pelo companheirismo e pela minha integração nesta escola; à minha família, pois sem eles a realização do meu curso e deste trabalho não seria possível; e em especial à minha namorada, Ana Lisboa, por todo o amor e apoio que me deu! Agradeço também a todos acima referidos pela amizade desenvolvida ao longo da minha licenciatura. 4
  • ABREVIATURAS/SÍMBOLOS BSE Encefalopatia Espongiforme Bovina ESAS Escola Superior Agrária de Santarém HACCP Hazard Analysis Critical Control Points (Análise de Perigos e Pontos de Controlo Críticos) PCC Pontos de Controlo Críticos PPA Pontos de Particular Atenção SWOT Strengths Weaknesses Opportunities and Threats (Forças, Fraquezas, Oportunidades e Ameaças) VACQA Veterinary Advice and Coaching in Quality Assurance (Aconselhamento e Treino Veterinário na Garantia de Qualidade) VTEC Verotoxin-producing Escherichia coli (Escherichia coli produtora de vero cito toxina) 5
  • RESUMO A implementação de um programa de gestão de riscos de qualidade do tipo HACCP nas explorações bovinas de aptidão leiteira, vai melhorar a qualidade e a quantidade da produção. Para facilitar esta implementação a organização VACQA – International disponibiliza aos seus clientes análises SWOT para vários aspectos zootécnicos. Estas análises SWOT servem para detectar os pontos fortes e pontos fracos destes aspectos e assim disponibiliza informação para o que se deve modificar na exploração, sendo assim uma mais-valia para os produtores e os técnicos que com eles colaboram. Parte deste estágio consistiu em fazer estas análises SWOT em oito vacarias. Para o preenchimento das folhas de campo, foi necessário fazer a inspecção dos animais, das instalações, do alimento e do maneio, a verificação de registos e de análises laboratoriais feitas ao alimento, à água, ao leite e ao sangue dos animais (quando existente) e um questionário aos produtores relativo ao maneio. Para este trabalho a vacaria da ESAS em Portugal, na região do Ribatejo e Oeste, foi seleccionada para demonstrar a eficiência das análises SWOT da VACQA – International para detectar pontos fortes e pontos fracos e estabelecer prioridades na gestão da exploração. Os resultados demonstraram no final muita eficiência, detectando rapidamente os aspectos a melhorar. Palavras-chave: vacaria, bovino, haccp, gestão, risco, swot 6
  • ABSTRACT The implementation of a HACCP-like quality risk management program in dairy farms, will improve the quality and quantity of production. To ease this implementation, VACQA – International organization offers its clients SWOT analysis for many zootechnic matters. These SWOT analyses are used to detect strengths and weaknesses on these matters and this way it offers information for what should be changed in the farm, making it easier for the farm owners and their technicians. Part of this training post consisted in making these SWOT analyses on eight dairy farms. To fill out the field sheets, it was necessary: to perform an inspection of the animals, the structures, the feed and the handling; to check records and laboratorial analysis of the feed, the water, the milk and the animals blood (if existent); and to inquire the farm manager about the handling. For this essay the ESAS dairy farm in Portugal, in the Ribatejo e Oeste region, was selected to demonstrate the efficiency of the VACQA – International SWOT analysis to detect strong points and weak points and establish priorities in the farm management. The results in the end demonstrated to be very efficient, quickly detecting the aspects to improve. Keywords: dairy cattle farm, cattle, haccp, management, risk, swot 7
  • ÍNDICE GERAL 1– INTRODUÇÃO E OBJECTIVOS ........................................................................ 9 2– REVISÃO BIBLIOGRÁFICA ............................................................................. 10 3– MATERIAL E MÉTODOS ................................................................................. 13 3.1 – Localização das explorações em estudo ............................................................ 13 3.2 – Website VACQA - International .......................................................................... 13 3.2.1 – Análise SWOT de Saúde Podal ..................................................................................... 14 3.2.2 – Análise SWOT de Saúde do Úbere ................................................................................ 14 3.2.3 – Análise SWOT de Produção de Leite e Nutrição ........................................................... 14 3.2.4 – Análise SWOT de Fertilidade ......................................................................................... 15 3.2.5 – Análise SWOT de Vitelos ............................................................................................... 15 3.2.6 – Análise SWOT de Bem-estar e Conforto Bovino ........................................................... 15 3.2.7 – Análise SWOT de Saúde Pública e Segurança Alimentar ............................................. 16 3.3 – Folhas de Campo ............................................................................................... 16 3.4 – Introdução de Dados .......................................................................................... 16 4– RESULTADOS ................................................................................................. 17 5– DISCUSSÃO .................................................................................................... 17 6– CONSIDERAÇÕES FINAIS ............................................................................. 17 7– REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS ................................................................. 19 8
  • INTRODUÇÃO E OBJECTIVOS A produção animal há muito é vista por grande parte da população como uma área simples, sem necessidade de grandes estudos e com um futuro complicado. Mas, com o contínuo avanço da ciência e a crescente exigência do mercado, é cada vez menos assim. Há cada vez mais conhecimento sobre os animais, técnicas e pormenores para uma maior e melhor produção e a implementação de um programa de gestão de riscos de qualidade tipo-HACCP vai organizar todo este conhecimento, abordando os riscos de qualidade de forma preventiva (em vez de abordá-los de forma correctiva), e vai maximizar a produção e, consequentemente, o rendimento da exploração. O modelo HACCP consiste na implementação de 7 princípios: 1. Preparar uma lista de passos no processo de produção no qual estão presentes os perigos que possam ocorrer; 2. Identificar os PCC e os PPA no processo de produção, necessários para reduzir ou eliminar o perigo; 3. Estabelecer limites críticos para activar a implementação de medidas correctivas/preventivas associadas a cada PCC e PPA identificados; 4. Estabelecer requisitos de monitorização para PCC e PPA. Utilizar os resultados do programa de monitorização para ajustar os procedimentos e manter o controlo do processo de produção e a análise da performance do efectivo; 5. Determinar as medidas correctivas necessárias a fazer quando a monitorização indica que os parâmetros se encontram fora dos limites; 9
  • 6. Estabelecer procedimentos eficientes para arquivar registos que provem que o programa de HACCP foi implementado e se encontra operacional; 7. Estabelecer procedimentos para certificar o bom funcionamento do programa de HACCP. (NOORDHUIZEN, 2006) Para satisfizer os quatro primeiros princípios a organização VACQA – International criou várias análises SWOT para explorações de bovinos de leite. A ideia da análise SWOT já é utilizada há mais de dois mil anos: “Concentre-se nos pontos fortes, reconheça as fraquezas, agarre as oportunidades e proteja-se contra as ameaças” (SUN TZU, 500 a.C.; citado por TARAPANOFF, 2001). A VACQA – International (Veterinary Advice & Coaching in Quality Assurance) é uma organização, sediada no Laboratório de Medicina Veterinária (Atalaia, Santarém) e está presente em diferentes países da Europa, que faz consultadoria veterinária e treino de forma a assegurar a garantia de qualidade em explorações leiteiras. Para este trabalho foi seleccionada a vacaria da ESAS em Portugal, na região do Ribatejo e Oeste, para demonstrar a eficácia das análises SWOT da VACQA – International a detectar pontos fortes e pontos fracos e estabelecer prioridades na gestão da exploração. REVISÃO BIBLIOGRÁFICA Nas últimas décadas a produção leiteira tem vindo a ser cada vez mais intensificada (BRAND et al., 1996; BAUMGARNER, 2002; citado por CANNAS DA SILVA et al., 2006 a). Como consequência há exigência de mais mão-de- 10
  • obra, de mais alimento e de mais equipamento e material (BONNIER et al., 2004), logo, as margens de lucro das explorações têm vindo a decrescer. Por esse motivo é necessária, em vez de uma abordagem individual (diagnosticando e tratando os animais individualmente), uma nova abordagem ao nível da exploração (BRAND et al., 1996; BAUMGARNER, 2002; citado por CANNAS DA SILVA et al., 2006 a), uma vez que um animal doente pode ser indicador de um problema a esse mesmo nível. Deve haver uma contínua e regular monitorização dos animais ou da performance do grupo, de modo a detectar problemas (iminentes) patológicos e/ou de produção numa fase inicial e, considerando as condições da exploração, detectar possíveis factores de risco no ambiente dos animais que possam contribuir para a ocorrência de doença. Nesta monitorização devem-se ter em conta vários aspectos zootécnicos como a nutrição, climatização, alojamento, equipamento, ordenha e máquina de ordenha, higiene e desinfecção. Também faz parte da monitorização a análise à informação disponível: registos de produção, dados sobre a qualidade do leite, resultados laboratoriais, registo de doenças e registos reprodutivos (CANNAS DA SILVA et al., 2006 a). Inevitavelmente, esta monitorização além de prevenir problemas a nível da exploração, vai também assegurar a qualidade do produtor, a qual tem tido uma crescente importância devido ao facto de nos últimos anos os media terem divulgado ostensivamente falhas de segurança alimentar, como a BSE, VTEC (LIEVAART et al., 2005), salmonelose e listeriose, em particular nos países desenvolvidos (CANNAS DA SILVA et al., 2008). De modo a cumprir os requisitos para com esta nova abordagem, baseada no 11
  • rastreio e monitorização contínua (CANNAS DA SILVA et al., 2006 a), é aconselhada a implementação de um método baseado no conceito de HACCP, uma vez que é considerado um método sistemático, preventivo e científico, que tem como prioridade a segurança dos produtos através de identificação e gestão de riscos no processo de produção, sendo uma aproximação proactiva ao invés de uma reactiva, evitando os problemas em vez de remediá-los (CANNAS DA SILVA et al., 2008). Uma das etapas do HACCP é a execução de uma análise SWOT (CANNAS DA SILVA et al., 2006 a). A análise SWOT consiste numa ferramenta para fazer análise de cenário (ou ambiente) sendo usada como base para a gestão e planeamento estratégico de uma empresa, mas devido à sua simplicidade pode ser utilizada para qualquer tipo de análise de cenário. (TARAPANOFF, 2001). Deste modo podemos utilizar a análise SWOT para identificar com mais perspicácia quais os pontos fortes e pontos fracos da exploração e a partir daí construir um protocolo para a melhoria destes pontos fracos (CANNAS DA SILVA et al., 2006 a). O website da VACQA – International disponibiliza uma série de avaliações SWOT desenvolvidas para bovinos leiteiros adultos, de recria e de substituição bem como para vitelos. Estão disponíveis análises SWOT relativos à saúde podal , saúde do úbere, produção de leite e nutrição, fertilidade do efectivo, desenvolvimento dos vitelos, conforto e bem-estar, e, saúde pública e segurança alimentar. Baseado nos resultados da avaliação SWOT são definidas prioridades para implementar e por em acção a curto prazo e a longo prazo. 12
  • Estas folhas de avaliação SWOT também podem ser utilizadas para descobrir tendências e a evolução após os conselhos dados, assim como para determinar se foram efectuadas alterações que originaram progresso e melhoria. Os resultados podem ser usados para administração operacional ou para propósitos estratégicos (CANNAS DA SILVA et al., 2006 b). MATERIAL E MÉTODOS Localização das explorações em estudo As avaliações dos riscos de qualidade foram feitas a oito vacarias em Portugal na região do Ribatejo e Oeste. Esta região assume um papel de destaque no panorama agrícola português pela diversidade dos sistemas de produção, pela quantidade e qualidade de produção vegetal e animal, pela dinâmica dos seus produtores e simultaneamente pelos rendimentos e pelo nível de competitividade dos seus sistemas de produção (TRINDADE, 2006, citado por PARDAL, 2006). A vacaria seleccionada para este trabalho foi a exploração RZ9A4 da Escola Superior Agrária de Santarém (39°14'56'' N; 8°41'51'' W). Website VACQA - International Para a apreciação dos pontos fortes e pontos fracos das vacarias foram utilizadas as análises SWOT do website da VACQA International desenvolvidas por J. P. T. M. Noordhuizen, J. Cannas da Silva, J. S. C. Boersema e A. Vieira (disponíveis online em www.vacqa-international.com). Este website disponibiliza aos seus clientes as seguintes análises SWOT: Saúde Podal, Saúde do Úbere, 13
  • Produção de Leite e Nutrição, Fertilidade, Vitelos, Bem-estar e Conforto Bovino, e Saúde Pública e Segurança Alimentar. Estas análises envolvem três tarefas: a inspecção dos animais, das instalações, do alimento e do maneio; a verificação de registos e de análises laboratoriais feitas ao alimento, à água, ao leite e ao sangue dos animais; um questionário ao produtor relativo ao maneio. Cada uma das análises SWOT encontra-se pormenorizada e dividida em vários campos, de acordo com a natureza de cada análise. Análise SWOT de Saúde Podal Esta análise SWOT encontra-se dividida em: informação geral; monitorização clínica; diagnóstico de lesões podais; alojamento; clima; alimentação; maneio; e outras questões de saúde. Análise SWOT de Saúde do Úbere Esta análise SWOT encontra-se dividida em: informação geral; monitorização clínica; higiene na ordenha; equipamento de ordenha; procedimentos de ordenha; alojamento; climatização (estábulo e sala de ordenha); gestão das mastites; controlo veterinário de saúde do úbere; e outras questões de gestão. Análise SWOT de Produção de Leite e Nutrição Esta análise SWOT encontra-se dividida em: informação geral; dados da produção de leite; itens gerais de nutrição; avaliação da qualidade de alimentação; avaliação e formulação nutricional da ração; exploração do pasto e 14
  • pastagem; inspecção clínica; inspecção da saúde e reprodução; e observações adicionais. Análise SWOT de Fertilidade Esta análise SWOT encontra-se dividida em: Informação geral; gestão da exploração; registos de fertilidade; problemas de fertilidade ao nível da manada; problemas de fertilidade relacionados com factores da manada e da exploração; problemas de fertilidade relacionados com factores das vacas; inseminação artificial/monta natural; inspecção clínica veterinária; e problemas específicos de manadas relacionados com épocas de partos. Análise SWOT de Vitelos Esta análise SWOT encontra-se dividida em: informação geral; estabulação; climatização; higiene geral, procedimentos gerais da alimentação de vitelos; saúde; crescimento/alimentação; colostro; leite de substituição ou fornecimento automático de leite; gestão da inseminação; dados do nascimento e maneio do parto; e maneio do conforto das novilhas. Análise SWOT de Bem-estar e Conforto Bovino Esta análise SWOT encontra-se dividida em: informação geral; saúde e gestão da saúde; comportamento; alojamento, equipamento e climatização; alimento e maneio alimentar; e maneio. 15
  • Análise SWOT de Saúde Pública e Segurança Alimentar Esta análise SWOT encontra-se dividida em: informação geral; amostragem para detecção de patologias; biosegurança e higiene geral; saúde do úbere, ordenha e higiene na ordenha; qualidade do leite; e maneio. Folhas de Campo Para facilitar a introdução dos dados no website estão conjuntamente disponibilizadas algumas folhas de campo em inglês, nomeadamente para as análises SWOT de Saúde Podal, Saúde do Úbere, Produção de Leite e Nutrição, Fertilidade e Vitelos. Fez também parte deste estágio a tradução destas folhas de campo, a sua reformulação de acordo com as três tarefas enumeradas em 3.2 e ainda a criação de folhas de campo em inglês e em português para as análises SWOT de Bem-Estar e Conforto Bovino, e Saúde Pública e Segurança Alimentar. Introdução de Dados Após o preenchimento das folhas de campo, os dados recolhidos podem ser introduzidos na plataforma VACQA – International. Na plataforma está estabelecido um sistema de pontuação de 1 (melhor) a 5 (pior), que se adapta a cada um dos parâmetros. Uma vez inseridos, o software existente no website calcula e apresenta graficamente a pontuação média de cada um dos campos da análise e uma pontuação total da exploração, e também apresenta os PCC e os PPA detectados na análise. 16
  • RESULTADOS As análises SWOT feitas à vacaria da ESAS, antes da tradução e reformulação das folhas de campo, demoraram cerca de sete horas excluindo a introdução dos dados na plataforma. Após alguma prática, a tradução e a reformulação, estas análises demoraram cerca de três horas, revelando assim uma maior eficiência. A introdução dos dados na plataforma do VACQA – International demorou cerca de noventa minutos, apresentando de imediato os resultados das análises (Pontos Fortes, Pontos Fracos, PCC e PPA). DISCUSSÃO Os resultados demonstraram a eficiência destas análises, uma vez que em relativamente pouco tempo se identificaram os pontos fortes, os pontos fracos, os PCC e os PPA da exploração. CONSIDERAÇÕES FINAIS É de notar que estas análises, para serem bem efectuadas, requerem alguma prática (noções de outras explorações, para avaliação comparativa) e vários conhecimentos zootécnicos. Nomeadamente deve-se saber avaliar a condição corporal, a repleção do rúmen, a consistência e a digestibilidade nas fezes, a 17
  • claudicação, a qualidade das camas, a higiene dos animais e das instalações e ter conhecimentos sobre o maneio de bovinos leiteiros. A análise SWOT sobre a fertilidade não foi finalizada devido à falta de organização e coerência dos dados existentes no computador da exploração. Futuramente serão feitas novas análises SWOT à vacaria para classificação relativa entre a própria e outras explorações. 18
  • REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS BONNIER, P.; MAAS, A.; RIJKS, J. (2004) – Agrodok 14, Dairy Cattle Husbandry. Second Edition. Wageningen, The Netherlands: Agromisa Foundation. 84 pp. CANNAS DA SILVA, J.; NOORDHUIZEN, J.; VAGNEUR, M.; BEXIGA, R.; GELFERT, C.; BAUMGARTNER, W. (2006 a) – The Future of Veterinarians in Bovine Herd Health Management. Nice, France: Proceedings of World Buiatrics Congress XXIV. 12 pp. CANNAS DA SILVA, J.; NOORDHUIZEN, J.; GINGÃO, P.; BOERSEMA, S.; VIEIRA, A. (2006 b) – O que é a VACQA?. © VACQA International, disponível online em: www.vacqa-international.com. Consulta efectuada a 15 de Março de 2009. CANNAS DA SILVA, J.; NOORDHUIZEN, J. (2008) – Consumer Safety & HACCP-like Quality Risk Management programs on Dairy Farms: The role of veterinarians. The Open Veterinary Science Journal 2008, disponível online em: www.bentham.org/open/tovsj. Consulta efectuada a 15 de Março de 2009. LIEVAART, J.; NOORDHUIZEN, J.; BEEK, E.; BEEK, C.; RISP, A.; SCHENKEL, J.; VEERSEN, J. (2005) – The Hazard Analysis Critical Control Point’s (HACCP) concept as applied to some chemical, physical and microbiological contaminants of milk on dairy farms. A prototype. Utrecht, The Netherlands: Faculty of Veterinary Medicine, Utrecht University. Veterinary Quarterly 2005; 27(1); 21-29 p. NOORDHUIZEN, J.; CANNAS DA SILVA, J.; BOERSEMA, J. (2006) – The Handbook of HACCP-like applications on Dairy Farms. © VACQA International, disponível online em: www.vacqa-international.com. Consulta efectuada a 15 de Março de 2009. PARDAL, P. (2006) – A Agricultura no Ribatejo e Oeste. Santarém, Portugal: Escola Superior Agrária de Santarém, Unidade Curricular de Actividades Pecuárias. Não Publicado. 10 pp. TARAPANOFF, K. (2001) – Inteligência Organizacional e Competitiva. Brasília, Brasil: Editora UNB. 19