• Share
  • Email
  • Embed
  • Like
  • Save
  • Private Content
Palestra EPF (Eclispe Process Framework) Estudo Caso FliSoL Abr 09
 

Palestra EPF (Eclispe Process Framework) Estudo Caso FliSoL Abr 09

on

  • 2,734 views

O MPS.BR – Programa para Melhoria do Processo de Software Brasileiro é uma iniciativa da SOFTEX (SOCIEDADE BRASILEIRA PARA PROMOÇÃO DA EXPORTAÇAO DE SOFTWARE) e o seu Programa para Promoção da ...

O MPS.BR – Programa para Melhoria do Processo de Software Brasileiro é uma iniciativa da SOFTEX (SOCIEDADE BRASILEIRA PARA PROMOÇÃO DA EXPORTAÇAO DE SOFTWARE) e o seu Programa para Promoção da Excelência do Software Brasileiro foi considerado prioritário como programa de interesse nacional na área de informática e automação. Uma das exigências para que uma empresa seja certificada no MPS.BR é ter seu processo de desenvolvimento de software definido e divulgado e é aqui que o EPF se apresenta como uma poderosa ferramenta para atingir este resultado esperado do processo. No caso em questão, o acesso ao EPF é feito via browser I.E. – demonstrando um caso típico de uso de ferramenta livre em ambiente proprietário – sendo que os principais ganhos com o uso do EPF estão relacionados ao atendimento dos resultados esperados do MPS.BR, à colaboração e distribuição da informação, facilidade do entendimento do processo e diminuição da curva de aprendizado.

Statistics

Views

Total Views
2,734
Views on SlideShare
2,733
Embed Views
1

Actions

Likes
1
Downloads
0
Comments
0

1 Embed 1

http://www.slideshare.net 1

Accessibility

Categories

Upload Details

Uploaded via as Microsoft PowerPoint

Usage Rights

© All Rights Reserved

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Processing…
Post Comment
Edit your comment

    Palestra EPF (Eclispe Process Framework) Estudo Caso FliSoL Abr 09 Palestra EPF (Eclispe Process Framework) Estudo Caso FliSoL Abr 09 Presentation Transcript

    • EPF – Eclipse Process Framework Uso do EPF como repositório de um PDS para atender às exigências do MPS.BR - Um estudo de caso. FLISoL – Festival Latino Americano de Software Livre Belo Horizonte/abril 2009
    • EPF – Eclipse Process Framework
      • Motivação/Contextualização (quebra de paradigmas).
      • MPS.BR – nível G – conceitos básicos.
      • EPF – conceitos básicos.
      • OpenUP – conceitos básicos.
      • Instalação/Implantação.
      • Fatores de sucesso.
      • Lições aprendidas.
      • Bibliografia
    • Motivação/Contextualização
      • Qualidade
          • cenário mundial ; mudanças velozes; soluções adaptáveis; novas necessidades de negócios; aumento da competitividade = qualidade em produtos e serviços é determinante nas transações comerciais e no relacionamento cliente/fornecedor.
      • Software Livre
      • Modelos de Referência = MPS.BR (CMMI etc)‏
    • Motivação/Contextualização
      • T.I
          • Papel chave na definição de negócios.
      • Novo Paradigma Computacional
          • BDD (Business Driven Development) alinhamento/integração total dos processos de desenvolvimento (software) com os processos de negócio para melhorar a performance dos negócios e atingir os objetivos estratégicos corporativos.
    • Motivação/Contextualização
      • Novo Paradigma Computacional
          • BPM (Business Process Management) Gestão focada em processos que utiliza práticas como reengenharia, gerenciamento de workflow, gerenciamento de documentação através de tecnologias que visam a modelagem, redesenho, implementação, monitoramento e otimização de processos.
    • MPS.BR – conceitos básicos
      • MPS.BR – Melhoria do Processo de Software Brasileiro
      • Nível G (GPR e GRE)‏
      • GRE - Gerência de Requisitos: “ O propósito do processo Gerência de Requisitos é gerenciar os requisitos dos produtos e componentes do produto do projeto e identificar inconsistências entre os requisitos, os planos do projeto e os produtos de trabalho do projeto ”.
    • MPS.BR – conceitos básicos
      • GPR – Gerência de Projetos: “ O propósito do processo Gerência de Projetos é estabelecer e manter planos que definem as atividades, recursos e responsabilidades do projeto, bem como prover informações sobre o andamento do projeto que permitam a realização de correções quando houver desvios significativos no desempenho do projeto .”
          • GPR3 - O modelo e as fases do ciclo de vida do projeto são definidas
      • Solução = EPF
    • EPF – conceitos básicos
      • Eclipse Process Framework
          • Atende ao BDD – desenvolvimento voltado aos negócios.
          • Plataforma de gerenciamento do processo e framework conceitual simples (openUP), fácil de usar e que promove a melhoria da experiência do usuário.
          • Fornece facilidades de autoria, adaptação e organização do processo de desenvolvimento.
          • Atende ao GPR3 do MPS.BR
    • EPF – conceitos básicos
      • EPF faz uma clara distinção entre “Method Content” e “Process”
      • Method Content (Quem, O que, Porque, Como)‏
          • Define o reuso da informação de forma consistente.
          • Define os papéis, tarefas, produtos de trabalho e relacionamentos associados
          • Inclusão de descritivos (guidances) e categorias
          • Informações atemporais
    • EPF – conceitos básicos
      • Process (quando)‏
          • Utiliza reutilização do conteúdo para criar processos “end-to-end” ou componentes de processos reutilizáveis.
          • Seqüências End-End de Fases, Iterações, Atividades e Marcos que definem o ciclo de vida.
          • Define quando as tarefas são realizadas via Diagramas de Atividades ou WBS (Work Breakdown Structures).
    • EPF – conceitos básicos
    • OpenUP – conceitos básicos
      • Framework de Processos com os seguintes princípios:
          • Ciclo de vida iterativo: minimiza riscos
          • Foco na colaboração: maximiza resultados
          • Gerenciamento dos requisitos: alinha os interesses dos stakeholders
          • Conhecimento da Arquitetura: aumento da qualidade e entendimento técnico.
    • OpenUP – conceitos básicos
    • OpenUP – conceitos básicos
    • Instalação/Implantação
      • Atender ao GPR3
      • Software livre
      • Acessado via browser
      • Indicado pela consultoria
      • Fácil instalação
      • Intuitivo
      • Solução definitiva
    • Instalação/Implantação
      • Atualmente na versão 1.5.0.2 – 18 dez 2008
      • Possui vários downloads (EPF Composer, EPF Wiki, EPF Practices, OpenUP, Scrum, XP, MAM EPL - Method Authoring Method for Eclipse Practices Library)‏
      • O pacote básico é o EPF Composer
      • Downloads em: http://www.eclipse.org/epf/downloads/downloads.php
    • Instalação/Implantação
      • Requerimentos de sistema
          • Microsoft Windows 2000 SP4, XP SP2, 2003 SP2 (or later)‏
          • Red Hat Enteprise Linux Release 4 Update 5, Release 5 or later, (note: compat-libstdc++ is needed for RHEL5)
          • SUSE Enterprise Linux v9 or v10
          • Internet Explorer, Mozilla, and Firefox
          • Java Runtime Environment 1.5
    • Instalação/Implantação
      • Instruções instalação para Linux
          • Para Red Hat Enterprise Linux 5, confirme se possui o pacote compat-libstdc++-33-3.2.3-61.i386.rpm – em caso negativo instale.
          • Descompacte o arquivo baixado
          • Parametrize MOZILLA_FIVE_HOME para o diretório de biblioteca do Mozilla ou Firefox.
    • Instalação/Implantação
      • Instruções instalação para Linux (continuação)‏
          • Mude para a pasta “epf-composer“
          • Inicie o programa de nome “epf”
          • Talvez seja necessário utilizar o argumento -vm para apontar o EPF Composer ao JRE correto
          • Ex: ./epf -vm/usr/local/j2re1.5/bin/java
    • Instalação/Implantação
      • Instruções para instalação no Windows:
          • Descompacte o arquivo zip baixado.
          • Entre na pasta criada epf-composer
          • Inicie o programa epf.exe
      • Executar o EPF
    • Fatores de Sucesso
      • Atendeu ao GPR3 OK
      • Software livre OK
      • Acessado via browser OK
      • Indicado pela consultoria OK
      • Fácil instalação OK
      • Intuitivo OK
      • Solução definitiva OK
      • Excedeu às expectativas OK
    • Lições Aprendidas
      • Networking com outras empresas aumentou a curva de aprendizado.
      • Alocar um responsável pelo EPF se mostrou essencial
      • Definir o processo se mostrou um processo lento, requer paciência e persistência
      • Envolver todos que participam é essencial
      • EPF contribuiu para estabilização do processo
    • Bibliografia
      • Fácil Informática (2009) “Processo de Desenvolvimento de Software da Fácil Informática”. Disponível na intranet da empresa em m:VersaoModelo de Processosindex.htm, acessado em 25/04/09.
      • EPF (2009), Eclipse Process Framework Composer. Disponível em http://www.eclipse.org/epf/general, acessado em 21/04/09
      • BPM (2009),”Serena Case Studay - Lean BPM The Eria of Collaborative Process-Centric Applications”.Disponível em http://www.bpm.com/, acessado em 21/04/09
      • SOFTEX (2009), “MPS.BR_Guia_Geral_V1.2”, v1.2. Disponível em http://www.softex.br/portal/mpsbr/_guias/, acessado em 19/04/2009.
    • Dúvidas?
      • Daniel C. Moraes
      • Gerente de Projetos
      • Fácil Informática
      • Contatos:
      • [email_address]
      • [email_address]