• Share
  • Email
  • Embed
  • Like
  • Save
  • Private Content
Análise de redes sociais e sistemas observantes: novos modos de olhar para os sistemas sociais
 

Análise de redes sociais e sistemas observantes: novos modos de olhar para os sistemas sociais

on

  • 1,145 views

 

Statistics

Views

Total Views
1,145
Views on SlideShare
735
Embed Views
410

Actions

Likes
2
Downloads
2
Comments
0

9 Embeds 410

http://daltonmartins.blogspot.com.br 334
http://metanave.blogspot.com.br 48
http://feeds.feedburner.com 9
http://daltonmartins.blogspot.com 6
http://daltonmartins.blogspot.pt 4
http://metanave.blogspot.com 3
http://www.daltonmartins.blogspot.com.br 3
http://www.metanave.blogspot.com.br 2
http://daltonmartins.blogspot.de 1
More...

Accessibility

Categories

Upload Details

Uploaded via as Adobe PDF

Usage Rights

© All Rights Reserved

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Processing…
Post Comment
Edit your comment

    Análise de redes sociais e sistemas observantes: novos modos de olhar para os sistemas sociais Análise de redes sociais e sistemas observantes: novos modos de olhar para os sistemas sociais Presentation Transcript

    • Análise de Redes Sociais e Sistemas Observantes:modos de olhar os sistemas sociaisCurso: Design de fluxos de conversação para Redes Sociais Colaborativas ESPM 10 de Maio, 2012 Dalton Martins dmartins@gmail.com daltonmartins.blogspot.com
    • Premissa1. Os papéis ou as características que um observador atribui aos membrosde um sistema social não os descrevem em termos de suas propriedadesconstitutivas.São abstrações do observador a partir das regularidades decomportamento dos membros de um sistema social, e como tais,são abstrações projetadas sobre um conjunto particular de valorese de noções, justamente aquelas que o observador prefere. Humberto Maturana Seres humanos individuais e fenômenos sociais humanos 2. A análise de redes sociais utiliza uma abstração matemática chamada Teoria dos Grafos para modelar elementos em relação.
    • Que elementos? Que relações?
    • Um pouco de história sobre escolhas de elementos e relações ● O primeiro registro da palavra rede (reséau) data do século XII: sentido de rede de caça; – Expressava um tipo de ordem: comos os fios e nós estavam relacionados; ● Século XVII: começa a ser utilizada por médicos para designar o aparelho sanguíneo e fibras do corpo; ● Século XVIII: a cristalografia começa a usar o termo para objetos da natureza; ● Século XIX: aborvido pela engenharia, se torna um modo de organização do território: rede de luz, de esgoto, de água, de comunicação, etc... ● Século XXI: modo de organização e relação de pessoas.
    • A rede vira ontologia, vira operador para a ação, vira estrutura relacionalem diversas formas de sistematização do pensamento, que ora se propõemao controle dos fluxos e ora a fazer circular os mesmos fluxos Pierre Mussó
    • Operador para ação● Duas possibilidades de operação não excludentes no âmbito social: – Controle dos fluxos e gestão das relações; – Ferramenta de ampliação da circulação da informação, criando novos caminhos, promovendo encontros, conversas e trocas: criação de novos espaços de possibilidades.
    • Operador para ação● Modos mais comuns de uso desse operador para ação: – Criação de novas redes: projetos, temáticas, movimentos, empresas, grupos, etc; – Organização das relações já existentes, passando a vê-las como redes; – Produção de estratégias considerando as redes como estrutura meio; – Novos modos de gestão: controle dos elementos e suas relações.
    • Análise de Redes Sociais● É nesse contexto que surge a análise de redes sociais como meios técnicos de analisar e maneiras de mostrar efeitos (resultados): – A estrutura da rede: a posição dos nós, os grupos de nós, a intensidade dos links → as múltiplas formas de redes – A dinâmica da rede: como a rede ocorre no tempo, como a estrutura muda, os eventos que ali ocorrem.
    • Análise de Redes Sociais● O principal uso de análise de redes sociais: – Identificar relações lineares de causa e efeito: eventos de intervenção na rede causam determinado efeito, que podem ser avaliados como bom ou ruim segundo determinado critério.● Disso deriva um universo de estratégias das empresas em busca de obter determinados efeitos: – Ações virais, promoção, dramatização, prêmios, concursos, atendimento, etc... – Gerando: mais seguidores, mais “likes”, mais mensagens, mais, mais, mais....
    • Isso representa valor para quem?É daí que surge criatividade e inovação?
    • Se tivéssemos que operar numa redepara resolver um problema, que relação buscaríamos?E se tivéssemos que acionar essa rede juntos? Usaríamos o mesmo critério de relações?
    • Novos olhares para a análise de rede● A rede enquanto objeto pode perigosamente incorporar uma dimensão de verdade: “é isso o que realmente está acontecendo!!!”;● O que acontece, sempre acontece segundo o conjunto de noções e valores do observador;● Quando construímos mapas e explicitamos esse conjunto de noções e valores, algo novo surge: – Um novo espaço de conversa: de onde e como vemos a rede; – Uma nova forma de alimentar as próprias relações: abrindo espaço para conversarmos sobre as regras de construção que nos baseamos; – Um novo campo para questionarmos essas regras, abrindo, de fato, novas possibilidades para novas regras.
    • Novos olhares para a análise de rede● Segundo esse modo de olhar, a análise de redes se torna um campo de negociação e conversação: os critérios, as relações, as perguntas, as regras do jogo.● Surge como ferramenta útil para refletir escolhas e para dar visibilidade a valores;● Surge como elemento de intermediação, facilitando a análise das configurações de relações que escolhemos para nós mesmos;● Surge como elemento de autoconhecimento e construção coletiva.
    • Tutores – amarelo Monitores - verde Exemplos Trabalho com duas instituições de formação em EAD. Mapeamento dos padrões de relações de tutoria para compor reflexões com o grupo de tutores. Relações de tutoria localRelações de conversas constantes
    • Participantes – azul Moderadores - amarelo Exemplos Mapeamento dos papéis de moderadores num fórum online - CONSOCIALAvaliação com os moderadoressobre seu modo de atuar,sua posição na rede em relaçãoao fluxo de discussões no ambiente.
    • Refletindo...● Individualmente: – pense em que tipos de relações você gostaria de conhecer melhor a respeito de seu ambiente de trabalho; – como você poderia utilizar isso para mostrar para algumas pessoas sua visão a respeito das relações que vocês constroem;● Grupo: – compartilhe suas escolhas; – como vocês operacionalizariam esse tipo de trabalho?