Lista de abreviações 3
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×
 

Lista de abreviações 3

on

  • 479 views

Lista de abreviações 3

Lista de abreviações 3

Statistics

Views

Total Views
479
Views on SlideShare
405
Embed Views
74

Actions

Likes
0
Downloads
0
Comments
0

3 Embeds 74

http://baseparainternet.blogspot.com.br 72
http://baseparainternet.blogspot.com 1
http://www.blogger.com 1

Accessibility

Categories

Upload Details

Uploaded via as Adobe PDF

Usage Rights

© All Rights Reserved

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Processing…
Post Comment
Edit your comment

Lista de abreviações 3 Lista de abreviações 3 Document Transcript

  • Base para internet –Lista de abreviações3Garcia, Diogo
  • LISTA DE ABREVIAÇÕESPOST - Entradas de texto cronológicas em websites/blogs.COOKIE - Um cookie é um pedaço de texto que um servidor Web pode armazenar no disco rígido dousuário. São utilizados pelos sites principalmente para identificar e armazenar informações sobre osvisitantes. Para se ter uma idéia, um site pode gerar um número de ID exclusivo para cada visitante earmazenar o número de identificação em cada máquina do usuário usando um arquivo de cookie. Umexemplo é aquele cookie que um site cria para que você não precise digitar sua senha novamentequando for ao site outra vez. Quando estamos navegando na WEB usando o Internet Explorer daMicrosoft, é possível ver todos os cookies que são armazenados no computador. O lugar para localizá-los é em um diretório chamado C:WindowsCookies (No Vista e Windows 7, ficam emC:UsersUsuarioAppDataRoamingMicrosoftWindowsCookies) . Nesta pasta que são armazenadasarquivos simples de texto dos sites navegados.DNS - O DNS (Domain Name System - Sistema de Nomes de Domínios) é um sistema de gerenciamentode nomes hierárquico e distribuído operando segundo duas definições: Examinar e atualizar seu banco de dados. Resolver nomes de domínios em endereços de rede (IP).O sistema de distribuição de nomes de domínio foi introduzido em 1984, e com ele, os nomes de hostsresidentes em um banco de dados pode ser distribuído entre servidores múltiplos, diminuindo assim acarga em qualquer servidor que provê administração no sistema de nomeação de domínios. Ele baseia-se em nomes hierárquicos e permite a inscrição de vários dados digitados além do nome do host e seuIP. Em virtude do banco de dados de DNS ser distribuído, seu tamanho é ilimitado e o desempenho nãodegrada tanto quando se adiciona mais servidores nele. Este tipo de servidor usa como porta padrão a53. A implementação do DNS-Berkeley, foi desenvolvido originalmente para o sistema operacional BSDUNIX 4.3.A implementação do Servidor de DNS Microsoft se tornou parte do sistema operacional Windows NT naversão Server 4.0. O DNS passou a ser o serviço de resolução de nomes padrão a partir do Windows2000 Server como a maioria das implementações de DNS teve suas raízes nas RFCs 882 e 883, e foiatualizado nas RFCs 1034 e 1035.O servidor DNS traduz nomes para os endereços IP e endereços IP para nomes respectivos, epermitindo a localização de hosts em um domínio determinado. Num sistema livre o serviço é
  • implementado pelo software BIND. Esse serviço geralmente se encontra localizado no servidor DNSprimário.URL – (Uniform Resource Locator), em português Localizador-Padrão de Recursos, é o endereço de umrecurso (um arquivo, uma impressora etc.), disponível em uma rede; seja a Internet, ou uma redecorporativa, uma intranet.CPU - A unidade central de processamento ou CPU (Central Processing Unit), também conhecido comoprocessador, é a parte de um sistema computacional, que realiza as instruções de um programa decomputador, para executar a aritmética básica, lógica, e a entradas e saída de dados1. A CPU tem papelparecido ao cérebro no computador2. O termo vem sendo usado desde o início de 1960.3A forma,desenho e implementação mudaram drasticamente desde os primeiros exemplos, porém o seufuncionamento fundamentalASP - O ASP (de Active Server Pages), também conhecido como ASP Clássico hoje em dia, é umaestrutura de bibliotecas básicas (e não uma linguagem) para processamento de linguagens de script nolado servidor para geração de conteúdo dinâmico na Web. Exemplos de linguagens aceitas são:VBScript, JScript, PerlScript, TCL ou Python sendo que apenas as duas primeiras são suportadas porpadrão.PHP - PHP (um acrônimo recursivo para "PHP: Hypertext Preprocessor", originalmente Personal HomePage) é uma linguagem interpretada livre, usada originalmente apenas para o desenvolvimento deaplicações presentes e atuantes no lado do servidor, capazes de gerar conteúdo dinâmico na WorldWide Web.3Figura entre as primeiras linguagens passíveis de inserção em documentos HTML,dispensando em muitos casos o uso de arquivos externos para eventuais processamentos de dados. Ocódigo é interpretado no lado do servidor pelo módulo PHP, que também gera a página web a servisualizada no lado do cliente. A linguagem evoluiu, passou a oferecer funcionalidades em linha decomando, e, além disso, ganhou características adicionais, que possibilitaram usos adicionais do PHP,não relacionados à web sites. É possível instalar o PHP na maioria dos sistemas operacionais,gratuitamente.PYTHON - Python é uma linguagem de programação de alto nível4, interpretada, imperativa, orientada aobjetos, de tipagem dinâmica e forte. Foi lançada por Guido van Rossum em 1991.1Atualmente possuium modelo de desenvolvimento comunitário, aberto e gerenciado pela organização sem fins lucrativosPython Software Foundation. Apesar de várias partes da linguagem possuírem padrões e especificaçõesformais, a linguagem como um todo não é formalmente especificada. O padrão de facto é aimplementação CPython.
  • RUBY ON RAILS - Ruby on Rails é um framework livre que promete aumentar velocidade e facilidade nodesenvolvimento de sites orientados a banco de dados (database-driven web sites), uma vez que épossível criar aplicações com base em estruturas pré-definidas. Frequentemente referenciado comoRails ou RoR, o Ruby on Rails é um projeto de código aberto escrito na linguagem de programaçãoRuby. As aplicações criadas utilizando o framework Rails são desenvolvidas com base no padrão dearquitetura MVC (Model-View-Controller).AJAX ((PROGRAMAÇÃO) - em português “Javascript Assíncrono e XML”) é o uso metodológico detecnologias como Javascript e XML, providas por navegadores, para tornar páginas Web mais interativascom o usuário, utilizando-se de solicitações assíncronas de informações. Foi inicialmente desenvolvidapelo estudioso Jessé James Garret e mais tarde por diversas associações. Apesar do nome, a utilizaçãode XML não é obrigatória (JSON é frequentemente utilizado) e as solicitações também não necessitamde ser assíncronas.