Your SlideShare is downloading. ×
Uwb Relatorio Atividades 2008
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Thanks for flagging this SlideShare!

Oops! An error has occurred.

×
Saving this for later? Get the SlideShare app to save on your phone or tablet. Read anywhere, anytime – even offline.
Text the download link to your phone
Standard text messaging rates apply

Uwb Relatorio Atividades 2008

3,088

Published on

Published in: Education, Business
1 Comment
4 Likes
Statistics
Notes
No Downloads
Views
Total Views
3,088
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
1
Actions
Shares
0
Downloads
43
Comments
1
Likes
4
Embeds 0
No embeds

Report content
Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
No notes for slide

Transcript

  • 1. SUMÁRIO 03 Palavra do Presidente 40 Atividades Voluntárias 42 Dia Global do Voluntariado Jovem 04 Apresentação 44 Mentorias 04 Quem Somos 45 Expansão das Mentorias 04 Frentes de Investimento 47 Formaturas 04 Missão 48 Painel de Profissões 04 Visão 50 Uma Semana Caminhando Juntos 05 Valores 54 Nossos Voluntários 07 Participação Corporativa 57 Atividades Administrativas 08 Empresas Associadas e Financeiras 15 Empresas Apoiadoras 57 Programa de Transferência Internacional de Recursos 17 Histórico e Atuação 59 Investimento em Comunicação 17 Origem nos EUA e criação no Brasil 60 Mudanças Estruturais 17 Cronologia 60 Investimento na Primeira Infância 18 United Way Worldwide 61 Plano Estratégico: 2009 - 2013 19 Formas de Atuação 62 Presença em Eventos Internacionais 21 Participação no GAJ/GIFE 64 Atuação do Conselho 22 Estrutura 66 Palavra dos Conselheiros 23 Apoio Financeiro 68 Relatório da Auditoria Financeira 23 Seleção de Projetos 25 Novos Projetos 75 Carta do Gerente Geral 31 Renovação de Apoio 35 Projetos Especiais 76 Equipe 38 Bolsas Culturais 38 Avaliação e Monitoramento 2 U N I T E D W AY B R A S I L
  • 2. Palavra do Presidente Prezados amigos e colaboradores, Nós, da United Way Brasil, acreditamos no processos e definindo as responsabilidades poder das conexões entre as pessoas. Com de nossa equipe com mais clareza. Além nossos programas, construímos comunidades disso, melhoramos a comunicação com mais fortes, unindo empresas e organizações nossos colaboradores, relançando nosso de base comunitária, voluntários e jovens, site na internet e passando a publicar uma profissionais e aprendizes. Tudo isso newsletter quinzenal. é possível graças a seu apoio – pela Conseguimos levar nosso programa Investir contribuição em folha de pagamento e/ou Vale a Pena (IVP) para três novas cidades: pelo tempo dedicado ao voluntariado. Curitiba (PR), Ribeirão Preto (SP) e Rio de Neste contexto, 2008 foi um ano de transição Janeiro (RJ). Temos especial orgulho dessas para nossa organização. Após mais de Mentorias, por constituir um excelente sete anos de existência como Associação exemplo de conexão entre as pessoas. Caminhando Juntos, decidimos adotar o Por meio da proposta do IVP voluntários , nome United Way Brasil. Esta mudança foi de nossas empresas associadas ensinam organizações de base comunitária não deve mais do que semântica. Significou mais conceitos de finanças pessoais para jovens. ser apenas o investimento financeiro, mas o alinhamento com os princípios e padrões de Sabemos que tais conceitos serão aplicados desenvolvimento de metodologias – meios de excelência da rede global United Way, que pelo resto da vida deles. E trata-se de um atuação –, que possam fazer a diferença na atua em outros 44 países e tem reconhecida trabalho que permite a interação entre os vida das pessoas. liderança mundial no campo de Investimento voluntários e os alunos, a qual supera as Continuamos contando com seu valioso Social Privado. barreiras sociais entre as classes econômicas apoio. Afinal, juntos conseguimos fazer muito – esta, sim, a melhor parte dessa história. Também em 2008, resolvemos aperfeiçoar mais do que qualquer um de nós conseguiria nossa estrutura administrativa, ao contratar Implementamos as ações de 2008 com sozinho. o gerente geral Fabio Cornibert, de o objetivo de assegurar que nossos Obrigado pelo seu apoio, comprovada experiência em gestão de programas sejam mais eficazes, tenham empresas. Com a ajuda dele, estamos mais impacto e desenvolvam formas de construindo nossa plataforma para atuação replicáveis em outras comunidades. Mark Vogt crescimento, racionalizando nossos Ou seja, entendemos que nossa maior Presidente do Conselho Deliberativo contribuição para o sucesso das United Way Brasil 3 U N I T E D W AY B R A S I L
  • 3. Missão Apresentação Somar esforços, mobilizando recursos humanos, financeiros e materiais, articulando a Quem Somos comunidade empresarial, Terceiro A United Way Brasil (UWB) é uma organização meio, sem fins Setor, voluntários e poder público lucrativos, que capta recursos de empresas associadas e de seus nas áreas de educação, geração funcionários e investe em juventude, infância e voluntariado de renda e saúde. Frentes de Investimento A UWB atua em cinco frentes: 1. Programa de Voluntariado Corporativo Visão 2. Apoio a projetos voltados à Primeira Infância Construir um Brasil fortalecido, tendo como objetivo a melhoria na 3. Apoio a projetos de educação focados em juventude e geração de renda qualidade de vida das pessoas. 4. Programa de Intercâmbio de Competências 5. Transferência de recursos 4 U N I T E D W AY B R A S I L
  • 4. Valores Integridade Cidadania de Qualidade As atividades, serviços e programas de nossa Cumprimos com todas as leis e normas federais, organização qualificam-se como os de uma Oscip estaduais e municipais. Temos sempre em mente os (Organização da Sociedade Civil de Interesse Público) e interesses mais amplos da comunidade, mesmo quando são orientados por nossa missão. defendemos nossos interesses específicos e buscamos oportunidades para nos associarmos aos setores público As atividades, serviços e programas são compatíveis e privado. com nossa capacidade organizacional, respeitam os interesses dos nossos associados e de seus Valorizamos o diálogo respeitoso e racional, quando funcionários e são administrados com o mais alto nível de discordamos de alguém. profissionalismo. Cuidado e Lealdade Respeito e Dignidade Como organização, possibilitamos o exercício do cuidado Respeitamos a dignidade, a autonomia e a integridade de e da lealdade. Os membros da diretoria e os funcionários todas as pessoas com as quais nos relacionamos. são bem informados e não usam suas posições para obter vantagens pessoais. Respeitamos a privacidade, orgulho, crenças e culturas de nossos diversos clientes (ONGs, pessoas a quem servimos, nossos funcionários, doadores, voluntários e outros colaboradores). Honestidade e Transparência Fornecemos informações verdadeiras sobre nossos As políticas de confidencialidade, processo justo, projetos, atividades, uso das doações, métricas e equidade etc., que governam nossas relações de finanças. trabalho com nossos diversos clientes, refletem nosso compromisso. Somos acessíveis e atenciosos com as pessoas que expressam interesse nos assuntos de nossa organização. 5 U N I T E D W AY B R A S I L
  • 5. Divulgação Confidencialidade de Informações Nossos associados, colaboradores, clientes e Todas as informações sigilosas recebidas de associados, funcionários recebem periodicamente informações sobre conselheiros, ONGs, voluntários e parceiros são tratadas os projetos, atividades e serviços. de modo confidencial e não são publicadas/divulgadas sem a respectiva autorização Responsabilidade A verdadeira medida do nosso sucesso e trabalho é Excelência a melhoria na qualidade de vida das pessoas e das Apoiamos e encorajamos: administração visionária, comunidades com as quais atuamos. gestão exemplar, excelência nos serviços, processos e programas. Contamos com um corpo de funcionários São elementos importantes de nossa responsabilidade: excepcional. Valorizamos e apoiamos os mais altos focar na missão/objetivo, produzir resultados mensuráveis, padrões éticos e profissionais em todas as relações de conduzir avaliações dos programas e desenvolver e trabalho. manter uma gestão financeira sólida. Guarda/Cuidado na Aplicação dos Recursos A generosidade das empresas e das pessoas nos permite cumprir nossa missão. Respeitamos as intenções e as restrições dos doadores no uso das doações e promovemos a responsável alocação dos recursos a nós confiados, para o cumprimento de nosso trabalho. 6 U N I T E D W AY B R A S I L
  • 6. Participação Corporativa - 2008 Ao longo do ano de 2008, a UWB teve nove empresas de voluntários. As associadas também participam da associadas: Credit Suisse, DuPont, Johnson & Johnson, administração da organização, pois indicam nomes para Morgan Stanley, Nalco, Pinheiro Neto Advogados, integrar o Conselho Deliberativo, instância responsável PricewaterhouseCoopers, Procter&Gamble e Rohm pela aprovação dos programas desenvolvidos e pela and Haas. As companhias associadas fizeram doações discussão de estratégias de ação. Integram o Conselho periódicas, repassaram o montante investido por seus Deliberativo lideranças das empresas, como diretores, funcionários individualmente, praticaram o match (a cada vice-presidentes e presidentes. real investido pelo funcionário, a companhia contribuiu com outro real) e incentivaram a atuação de seus Em 2008, a UWB contou, também, com outras sete colaboradores no programa de voluntariado. empresas apoiadoras: Deloitte Touche Tohmatsu, EDS, Intel, Invista, McCann Erickson, Vagas e Transway. As Em cada uma dessas empresas, o modelo de apoiadoras fizeram doações de menor valor ou atuaram participação na UWB tem adaptações específicas, com por meio de trabalho pro bono. mais ou menos apoio financeiro e atividades do corpo TÍTULO DE OSCIP A UWB possui o título de Oscip (Organização da Sociedade Civil de Interesse Público), qualificação concedida pelo Ministério da Justiça, a qual cria meios favoráveis, eficazes e transparentes de relacionamento entre as entidades da sociedade civil que prestam serviços de utilidade pública e o Poder Público. O título fortalece as organizações ao exigir delas mecanismos de transparência na gestão e, ao mesmo tempo, permitir a remuneração de dirigentes, a possibilidade de firmar Termo de Parceria com o Poder Público, de receber doações de Pessoas Jurídicas, dedutíveis até o limite de 2% do lucro operacional, e de receber bens apreendidos, abandonados ou disponíveis, administrados pela Secretaria da Receita Federal. 7 U N I T E D W AY B R A S I L
  • 7. Empresas Associadas Credit Suisse Johnson & Johnson O Credit Suisse é um banco global que Maior e mais diversificada empresa atende clientes nas áreas de private banking, mundial de produtos para a saúde. Apóia- banco de investimento e asset management. se em uma estrutura que conta com mais Sediado em Zurique, Suíça, e presente em de 250 companhias, sediadas em 57 mais de 50 países, foi fundado em 1856. países, nos cinco continentes, atuando Possui mais de 45 mil funcionários em todo nos mercados farmacêutico, médico- o mundo. No Brasil, presente desde 1990, diagnóstico e consumidor. Seus produtos é um dos maiores bancos de investimento. são comercializados em 175 países, e Nos últimos três anos, lidera o mercado a companhia emprega cerca de 119 mil brasileiro de lançamento de ações e de pessoas mundialmente. fusões e aquisições. Também é líder no Associada à UWB desde 2005. volume de negócios da BM&F Bovespa. Em 2007, associou-se à Hedging-Griffo, criando a Credit Suisse Hedging-Griffo, um dos www.jnjbrasil.com.br maiores gestores de Private Banking e Asset Management do Brasil. Associado à UWB desde 2003. www.credit-suisse.com/br 8 U N I T E D W AY B R A S I L
  • 8. DuPont* No Brasil há mais de sete décadas, a DuPont é uma companhia global, de origem norte-americana, presente em cerca de 70 países e com aproximadamente 60 mil funcionários. Em seus mais de 200 anos de história, consolidou-se como uma empresa do segmento de ciências, cujo “O ano de 2008 foi de objetivo é proporcionar uma vida melhor, transformação para a UWB. Um mais saudável e mais segura para pessoas em todo o mundo. Em território brasileiro, a dos grandes pontos positivos, companhia concentra suas operações nos sem dúvida, foi a Semana mercados agrícola, químico e petroquímico, automobilístico, embalagens e polímeros Caminhando Juntos, um evento industriais, eletrônico, construção e de um único dia que se tornou decoração, indústria gráfica, segurança, de uma semana, propiciando papel e celulose, produtos domésticos e biotecnologia. Em todas as suas ações, a mais participação de DuPont se guia pela segurança e saúde, voluntários. Minha expectativa ética, respeito às pessoas e proteção ao meio ambiente. Esses valores permeiam todos os para 2009 é que a parceria negócios da DuPont, dentro de sua visão de entre UWB e empresas seja ser a companhia científica mais dinâmica do mundo. cada vez mais rica”. Associada à UWB desde 2001. Adriana Graças Santos, assistente executiva da DuPont, representa a empresa no Comitê de Mobilização da UWB. www.dupont.com.br 9 U N I T E D W AY B R A S I L
  • 9. Morgan Stanley* “Para 2009, a expectativa Banco de investimentos e serviços é de mais programas de financeiros, com sede em Nova York e voluntariado, mais ações atuação em 33 países. Em março de 1997, abriu em São Paulo seu primeiro escritório ao longo do ano e mais na América Latina, onde cuida das áreas divulgação dos resultados das de investimentos, divisas e renda fixa. A equipe brasileira conta com cerca de 90 ações, para que os voluntários profissionais, que mantêm o Morgan Stanley sintam que seu esforço vale a como líder na prestação de serviços de pena.” investimento de capital e consultoria para clientes brasileiros. Carla Fernandes, gerente de criação do Morgan Stanley, representa a empresa no Associado à UWB desde 2001. Comitê de Mobilização da UWB. www.morganstanley.com.br 10 U N I T E D W AY B R A S I L
  • 10. Nalco Pinheiro Neto Advogados* Presente no Brasil desde 1970, é líder Fundado em 1942, Pinheiro Neto Advogados é um dos mundial em aplicações para tratamento maiores escritórios de advocacia da América Latina e de águas, qualidade do ar de interiores e um dos mais tradicionais do Brasil. Possui unidades melhoria de processos, fornecendo soluções em São Paulo, Rio de Janeiro e Brasília, aos quais se que promovem benefícios ambientais, soma uma rede de correspondentes em todo o país. sociais e econômicos, colaborando na Atua em quatro grandes áreas do Direito: empresarial, redução do consumo de água, energia contenciosa, tributária e trabalhista. É o representante e outros recursos naturais, melhorando a brasileiro no Club de Abogados, uma organização qualidade do ar, reduzindo a emissão de mundial de escritórios de advocacia, o que possibilita ao poluentes ambientais e contribuindo para escritório permanente intercâmbio de experiências com o a produtividade e avanços no produto final exterior. Único escritório brasileiro a figurar no Who’s Who de seus clientes. As soluções inteligentes Legal 70, lista dos 70 principais escritórios de advocacia da Nalco colaboram com o desenvolvimento do mundo, Pinheiro Neto Advogados recebeu diversos sustentável das operações nos diversos prêmios nacionais e internacionais, dos quais os mais segmentos industriais e institucionais. Os recentes foram: “Escritório do Ano no Brasil” (em 2006, mais de 11 mil funcionários da companhia 2007 e 2008) da publicação inglesa Who’s Who Legal, e operam em 130 países, apoiados por uma “O Mais Admirado Escritório de Advocacia do Brasil” (em rede de instalações industriais, escritórios de 2006 e 2007), pelo guia Análise Advocacia. vendas e centros de pesquisa. Associado à UWB desde 2001. Associada à UWB desde 2007. www.pinheironeto.com.br www.nalco.com 11 U N I T E D W AY B R A S I L
  • 11. PricewaterhouseCoopers “A UWB é facilitadora na relação entre nossos voluntários e a comunidade. Além disso, ela contempla A PricewaterhouseCoopers (PwC) é uma rede global de firmas independentes, nosso foco estratégico de atuação voluntária, que é presente em 150 países. Mais de 146 mil Juventude e Educação para o Mundo do Trabalho. profissionais em todo o mundo trabalham de O ano de 2008 foi promissor para a PwC e a UWB, maneira integrada, garantindo a qualidade e a excelência dos seus serviços de auditoria, pois, com novas parcerias envolvendo escritórios da assessoria tributária e societária e assessoria firma, os projetos educacionais se expandiram ou se em gestão empresarial. A PwC Brasil conta fortaleceram, em Campinas, Curitiba, Ribeirão Preto, com mais de 3,5 mil profissionais e 16 Rio de Janeiro, São José dos Campos e Sorocaba.” escritórios, os quais constituem uma rede de expressivo alcance geográfico. Tatiana Lima, analista da PwC Cidadania, representa a empresa no Associada à UWB desde 2002. Comitê de Mobilização da UWB. www.pwc.com/br 12 U N I T E D W AY B R A S I L
  • 12. Procter&Gamble* É uma das maiores empresas de produtos de consumo do mundo. Foi fundada em 1837, nos Estados Unidos e, hoje, conta com cerca de 140 mil funcionários em 80 países. No Brasil desde 1988, a Procter&Gamble atua nos segmentos de higiene pessoal, limpeza e saúde, com um portfólio de marcas de “O amadurecimento pelo qual a UWB sabão em pó, fraldas, absorventes, pomadas, passou em 2008 foi fundamental para elevar xampus e condicionadores, xaropes, linha de lâminas, aparelhos de barbear e depilar, a relevância e a escala dos programas de desodorantes, higiene bucal, entre outros. responsabilidade social da P&G Brasil. A partir Associada à UWB desde 2001. de 2009, com o pilar Primeira Infância, que se alinha com a causa corporativa da P&G www.pg.com/pt_BR (Viver, Aprender e Prosperar), a UWB passa a ser nossa grande parceira na realização de programas que fazem a diferença nas vidas de milhares de crianças. Temos certeza de que essa parceria renderá bons frutos à infância brasileira.” Michele Colombo, gerente de comunicação corporativa e sustentabilidade da P&G, representa a empresa no Comitê de Mobilização da UWB. 13 U N I T E D W AY B R A S I L
  • 13. Rohm and Haas* “A UWB está aportando Fundada na Filadélfia, em 1909, a Rohm recursos para melhorar não and Haas é a pioneira global na criação e só o futuro dos jovens, mas desenvolvimento de tecnologias inovadoras e soluções para a indústria de materiais também o das crianças, especiais. Possui um total de 140 unidades, dando-lhes a oportunidade distribuídas em mais de 25 países e conta com cerca de 17 mil empregados no mundo. de acesso a informação e a Atua no Brasil desde 1953. Em abril de 2009, conhecimento. Essa atuação a Rohm and Haas foi adquirida pela Dow nada mais é do que o chamado Química. conceito de desenvolvimento Associada à UWB desde em 2001. sustentável.” www.rohmhaas.com José Magalhães Fernandes, membro do Comitê de Comunicação da UWB e presidente da Rohm and Haas. 14 U N I T E D W AY B R A S I L
  • 14. Principais Empresas Apoiadoras Deloitte Touche Tohmatsu McCann Erickson A Deloitte oferece serviços nas áreas de Faz parte da McCann Worldgroup, grupo Auditoria, Consultoria Tributária, Consultoria multinacional norte-americano, com várias em Gestão de Riscos Empresariais, empresas de comunicação, como a Corporate Finance, Consultoria Empresarial e Momentum Worldwide, SUN MRM e Future Outsourcing para clientes dos mais diversos Brand, todas presentes no Brasil. Tem como setores. Conta com uma rede global de cerca objetivo criar idéias que gerem demanda de 165.000 profissionais, atuando a partir de para os produtos e serviços de seus firmas membro em mais de 140 países. No clientes, utilizando todas as disciplinas de Brasil, onde está desde 1911, a Deloitte é comunicação integrada que o grupo oferece. uma das líderes de mercado e seus mais de Para tornar a ligação com o consumidor 3.600 profissionais são reconhecidos pela forte, mas flexível, usa o maior número de integridade, competência e habilidade em pontos de contato possível, gerando uma transformar seus conhecimentos em soluções comunicação mais ampla, completa e efetiva. para seus clientes. As operações cobrem Está presente em 133 países, com 15.300 todo o território nacional, com escritórios nos funcionários. É líder de mercado na América principais pólos econômicos do país. Latina há mais de 20 anos. No Brasil, possui 365 colaboradores nos escritórios de São Colaboradora da UWB desde 2002. Paulo, Rio de Janeiro e Brasília. www.deloitte.com.br Colaboradora da UWB desde 2008. www.mccann.com.br 15 U N I T E D W AY B R A S I L
  • 15. Transway Transportes Vagas Tecnologia Internacionais* É pioneira e líder em soluções de e-recruitment no Brasil. A empresa mantém Em 1976, nasceu no Brasil a empresa o site vagas.com.br, um dos maiores e mais de transportes Transway com o objetivo conceituados endereços web sobre carreira de oferecer um serviço diferenciado, no país, além do software Vagas e-partner, preenchendo uma lacuna no mercado utilizado por centenas de companhias e tornando-se o nome responsável pela de todos os portes e segmentos, para consolidação do “door to door system” no aprimorar o desempenho de suas áreas de país. Em todos esses anos de experiência, já recrutamento e seleção. realizou os mais diversos tipos de mudanças em todas as partes do mundo, prestando um Colaboradora da UWB desde 2007. atendimento personalizado aos seus clientes. Colaboradora da UWB desde 2001. www.vagas.com.br www.transway.com.br 16 U N I T E D W AY B R A S I L
  • 16. Histórico e Atuação Origem nos EUA e criação no Brasil A United Way surgiu em 1887, nos Estados Unidos, decidiram trazer ao país a filosofia de união e a tradição na cidade de Denver, no Colorado, pela decisão de da United Way. Foi fundada oficialmente aqui em 2001. um padre, dois pastores e um rabino de unirem seus esforços e a aplicação de doações da comunidade À época, os fundadores se referiam à futura organização numa estratégia única de trabalho social. É hoje uma como United Way Brasil. Depois, na ocasião da criação das maiores e mais respeitadas organizações não- oficial da entidade, decidiu-se que era necessário governamentais americanas. abrasileirá-la. Daí, surgiu um nome em português: Associação Caminhando Juntos (ACJ), utilizado até A organização nasceu no Brasil em 2000, quando líderes agosto de 2008, quando, por questões estratégicas, a empresariais de multinacionais, expatriados dos EUA, ONG voltou a utilizar a marca em inglês, acrescida do nome do país no final, ou seja, United Way Brasil. CRONOLOGIA 2000 2001 2002 2003 Primeiras reuniões de Fundação oficial em Apoio a projetos com Início do programa líderes empresarias São Paulo (SP) diversos focos de apoio a na capital paulista, organizações com as quais resultaram Realização de Primeira maratona foco na qualificação na criação da UWB pesquisa sobre Um Dia Caminhando profissional de jovens no Brasil organizações Juntos comunitárias de Desenvolvimento base para receber Criação do Programa das Mentorias, apoio técnico de Voluntariado no Programa e investimento Corporativo de Voluntariado financeiro Corporativo 17 U N I T E D W AY B R A S I L
  • 17. United Way Worldwide A UWB é o braço brasileiro da rede United Way Worldwide, presente em outros 44 países. No total, somam-se mais de 2 mil seções pelo mundo. A rede global capta e investe por ano um total de US$ 5,7 bilhões, com diferentes focos regionais, mas seguindo sempre os mesmos princípios de transparência e eficiência no uso dos recursos arrecadados. Ao lado de México, França, África do Sul, Índia e China, o Brasil constitui território estratégico para crescimento da instituição, com prioridade de investimentos. 2004 2005 2006 2007 2008 2009 Criação dos 1º Ciclo de Nova seleção de Expansão das Mudança do Criação de nova seminários de Intercâmbios entre ONGs para apoio Mentorias para o nome Associação frente de investimento capacitação das ONGs apoiadas interior de São Paulo Caminhando Juntos voltada à Primeira ONGs apoiadas (ACJ) para United Infância Way Brasil (UWB) Contratação de um Gerente Geral Expansão das Mentorias para outros estados do Brasil 18 U N I T E D W AY B R A S I L
  • 18. Formas de Atuação A atuação da UWB obedece a 1. Programa de Voluntariado 2. Apoio a projetos voltados à cinco eixos programáticos: Corporativo Primeira Infância (a partir de 2009) Objetiva estimular os funcionários das Visa ao trabalho no período chamado de empresas associadas a doar seu tempo Primeira Infância, que vai de 0 a 6 anos e a partilhar sua experiência técnica com de idade. Os projetos devem contribuir jovens beneficiários (e crianças, a partir com o desenvolvimento intelectual, motor, de 2009). Os voluntários participam de social, cultural e afetivo de crianças em atividades junto aos projetos apoiados, situação de vulnerabilidade social. Essa por meio das Mentorias para jovens frente de trabalho abrange capacitação (Investir Vale a Pena, Contabilidade e de educadores em creches e escolas Inglês) e Mentorias para crianças (sobre municipais e envolvimento da família. alimentação, meio ambiente, higiene Selecionados periodicamente, os projetos e saúde). Também são realizados, devem cumprir uma série de pré-requisitos anualmente, a maratona de doações e e se submeterem à avaliação de uma voluntariado, denominada “Uma Semana equipe técnica da UWB que os apresenta Caminhando Juntos”, e o “Dia Global do ao Conselho Deliberativo para aprovação. Voluntariado Jovem”. Nessa segunda Ao longo do período de apoio financeiro, oportunidade, os jovens dos projetos a UWB acompanha, monitora e avalia as apoiados recebem estímulo e orientação atividades inicialmente propostas. para trabalhar em prol das comunidades onde vivem. “Como parte de um movimento mundial, as organizações United Way podem transferir o conhecimento com mais facilidade, juntar seus recursos, criar sistemas compartilhados e otimizar a força de uma marca e identidade comuns. Ao mesmo tempo, baseiam-se na comunidade, e seu trabalho é feito com a participação de voluntários.” Aaron Myers, diretor da United Way Americana, responsável por criar oportunidades para que os líderes da UW possam ajudar a desenhar e construir um movimento planetário. 19 U N I T E D W AY B R A S I L
  • 19. 3. Apoio a projetos de educação 4. Programa de Intercâmbio 5. Transferência de recursos focados em juventude e geração de Competências Manejo de recursos doados por de renda Desenvolvido para promover o empresas ou cidadãos americanos para compartilhamento de boas práticas projetos sociais no Brasil e transferidos, A premissa básica é que trabalhem a entre organizações não governamentais integralmente e sem empecilhos, seguindo qualificação profissional de jovens, em que desenvolvem ações com crianças e parâmetros legais da United Way situação de vulnerabilidade social, que jovens de baixa renda. Com duração de Worldwide. A UWB agrega a esse trabalho sofrem com o desemprego estrutural. seis meses, é realizado em três etapas: a identificação de projetos para apoio e Portanto, devem ter o propósito de incluir primeiro, são mapeadas as competências o respectivo gerenciamento das verbas indivíduos de 15 a 29 anos, de forma e desafios das entidades participantes; em investidas quando requeridos pelo doador. qualificada no mercado de trabalho. Selecionados periodicamente, os projetos seguida ocorrem encontros presenciais devem cumprir uma série de pré-requisitos para que as instituições se conheçam, e se submeterem à avaliação de uma estabeleçam vínculos e identifiquem equipe técnica da UWB que os apresenta oportunidades de aprendizado mútuo; ao Conselho Deliberativo para aprovação. finalmente, acontecem os itinerários Ao longo do período de apoio financeiro, formativos entre elas e a documentação a UWB acompanha, monitora e avalia as das melhores praticas. atividades inicialmente propostas. “A United Way é uma marca muito poderosa, com uma forte credibilidade e presença global em investimento social. Sua força se expressa por meio de seu já incorporado desenvolvimento de capacidades, compartilhamento de melhores práticas, acesso a fundos globais para beneficiar comunidades locais e pela aplicação de um conjunto claro de padrões operacionais.” Jorge Uribe, presidente da América Latina da Procter&Gamble, membro do board da United Way Worldwide e um dos executivos que colaboraram para a criação da seção brasileira da United Way. 20 U N I T E D W AY B R A S I L
  • 20. Participação no Grupo de Afinidade em Juventude do GIFE A UWB é associada ao GIFE (Grupo de Institutos, oportunidades, mas guardam também os maiores Fundações e Empresas), um conjunto de mais de 110 problemas: falta de segurança, tráfico de drogas, alto organizações que praticam o Investimento Social Privado, custo de vida, tudo isso adicionado à crise de valores que entendido como “repasse de recursos privados para caracteriza o atual momento da nossa sociedade. Investir fins públicos por meio de projetos sociais, culturais na formação da juventude que habita esses espaços é, e ambientais, de forma planejada, monitorada e portanto, imprescindível.” sistemática”1 . A articuladora aponta, ainda, um amadurecimento no O GIFE mantém o GAJ (Grupo de Afinidade em investimento nessa faixa etária em anos recentes. “Se, Juventude), do qual a UWB faz parte, e cujo objetivo é na década de 1980, a preocupação estava na formação promover a troca de experiências entre os que investem cidadã e criativa do jovem, hoje os investidores vão além nessa faixa etária da população, fomentar a articulação e buscam soluções para inserir este jovem no mercado política e a realização de ações em conjunto, além de de trabalho, visando apresentar a ele uma oportunidade buscar influenciar a criação de políticas públicas. de ser autor de sua própria história, para além das dificuldades e percalços encontrados pelos que não “A UWB integra a história do GAJ, pois foi uma das pertencem às classes privilegiadas”, completa. organizações que conceberam e fundaram a iniciativa junto ao GIFE. Ao longo de 2008, a ONG também teve A partir da preocupação de incluir o jovem no mercado, o um papel significativo, uma vez que este foi um dos GAJ criou e desenvolveu o portal Busca Jovem associados mais participativos nos debates travados nas (www.buscajovem.org.br), cujo propósito é aproximar as reuniões”, afirma Cinthia Sento Sé, articuladora do GIFE, organizações sociais que formam jovens para o mercado então responsável pelo GAJ. de trabalho das empresas que querem contratá-los. Assim, as centrais de emprego (sindicatos e governo), Segundo Sento Sé, do ponto de vista do Investimento empresas e consultorias de RH anunciam gratuitamente Social Privado no Brasil de hoje, constata-se uma enorme vagas, enquanto as instituições de ensino e ONGs relevância em focar na formação da juventude popular publicam os currículos dos jovens que capacitam. urbana brasileira para sua inclusão no mercado formal de trabalho. “Os grandes centros urbanos oferecem grandes 1 Fonte: http://www.gife.org.br/associados.php 21 U N I T E D W AY B R A S I L
  • 21. Estrutura O organograma da UWB é expresso pelo diagrama a seguir: Voluntários ONGs Jovens Empresas Investidores Sociais Poder Público 22 U N I T E D W AY B R A S I L
  • 22. Apoio Financeiro - 2008 Seleção de Projetos Entre os meses de março e julho de 2008, a equipe desenvolvimento de suas comunidades. Por fim, a gestão técnica da UWB selecionou os projetos que seriam associa-se à aplicação transparente dos recursos, beneficiados com investimento financeiro e recursos planejamento focado nos resultados, processos, técnicos entre o segundo semestre de 2008 e o primeiro avaliação e aperfeiçoamento, assim como estratégias de de 2009. inserção do jovem e capacitação da equipe. O processo seletivo teve como ponto de partida o Na etapa seguinte, foi verificado se a organização foco temático: as propostas das ONGs teriam de unir candidata possuía real capacidade de realizar o que juventude e trabalho. Até o fim de 2008, a UWB tinha era esperado e programado. Para isso, cada projeto foi como objetivo apoiar apenas projetos realizados por submetido a uma espécie de gabarito com sete critérios organizações de base comunitária cuja meta fosse a de habilidades: profissionalização de jovens, para que esses pudessem 1. Potencial de inclusão dos jovens no mercado ser integrados ao mercado formal de trabalho ou idealizar formal de trabalho; novas formas de geração de renda. 2. Potencial de inclusão dos jovens em modelos A organização candidata também precisaria reunir alternativos de geração de trabalho e renda; competências que garantiriam o efetivo preparo dos jovens para o mercado, estar aberta à troca de 3. Potencial de promoção de educação integral experiências com as outras organizações já apoiadas do jovem; e ao aperfeiçoamento de suas práticas de gestão, pedagógicas e de inserção no mercado. Três parâmetros 4. Nível de protagonismo juvenil dentro da ONG; indicadores ajudaram a identificar as competências das 5. Potencial de replicabilidade das experiências, organizações: metodologias e tecnologias sociais; • conteúdo, 6. Grau de transversalidade dos projetos; • método, • gestão. 7. Potencial da ONG de desenvolver parcerias, doar conhecimentos e atuar em rede. O primeiro parâmetro se refere à qualidade do programa pedagógico do projeto. O segundo é a capacidade que Os projetos que atenderam a todos os requisitos das tem a instituição para formar jovens empreendedores fases acima passaram a compor o Banco de Projetos. e protagonistas, que efetivamente contribuam para o Nele, estão armazenadas as informações sobre os 23 U N I T E D W AY B R A S I L
  • 23. programas candidatos, as organizações Os novos projetos selecionados foram: Os seguintes programas tiveram o contrato proponentes, as metas, os desafios a serem de apoio renovado: vencidos e o método de trabalho. Com as 1. Central de Relacionamentos e Captação informações sistematizadas, a fim de definir de Recursos,da Obras Sociais 1. Central da Juventude para Oportunidades os projetos efetivamente apoiados, foi Agostinianas: Sociedade, Instruções e Geração de Renda, do CPA Pe. Bello realizada, então, uma reunião entre a equipe e Socorros; (Centro de Profissionalização de técnica, voluntários e o Conselho Deliberativo Adolescentes Padre Bello); 2. Empresa Jr. Jovens Aprendizes, da da UWB. Fundação Julita; 2. Escola de Moda Jovem, da Unas (União Cinco projetos que beneficiam em torno de Núcleos, Associações e Sociedades 3. Programa Educar em Expansão, da de Moradores de Heliópolis e São João de mil jovens na capital paulista passaram Associação Programa Educar a receber apoio desde agosto de 2008, Clímaco). sendo que dois deles já contavam com o investimento da instituição anteriormente. Na visão da UWB, a continuidade do apoio a parte dos projetos é necessária para ocorrer de fato um intercâmbio entre as organizações comunitárias e a formação de redes. O ponto comum é que todos os projetos apoiados incentivam o empreendedorismo juvenil, com capacitação em diferentes áreas de atuação profissional, tais como moda, mecânica e telemarketing, entre outras. 24 U N I T E D W AY B R A S I L
  • 24. Novos Projetos Central de Relacionamentos e Captação de Recursos REALIZAÇÃO Obras Sociais Agostinianas: Sociedade, Instruções e Socorros OBJETIVO Ampliar o laboratório onde, anualmente, 120 jovens, entre 14 e 17 anos, alunos do curso de técnicas administrativas com ênfase em telemarketing, recebem aulas práticas, que os capacita para atuar como operadores. DESCRIÇÃO O curso tem duração de um ano, primeiro com uma etapa teórica e depois com a prática. Além das aulas, os jovens fazem visitas monitoradas a grandes empresas do setor. Para participar, é necessário estar matriculado no ensino médio. RESULTADOS No segundo semestre de 2008, foi inaugurada a chamada estação de vivência, assim denominada, pois INICIAIS permite que os alunos tenham uma oportunidade real de experimentar como funciona um call center. “Com esse recurso, procuramos passar uma visão de mercado para os jovens”, conta Thayla Oliveira, relações públicas da Obras Sociais Agostinianas. A central de relacionamentos fortalece a qualificação ao gerar experiência na própria instituição: o serviço de telemarketing da entidade é realizado por esses estudantes. Quem se destaca e demonstra aptidão é contratado por seis meses. Camilla Helen de Souza, 17 anos, é um exemplo: “O curso mudou minha visão quanto ao telemarketing. Antes, achava que era um bicho de sete cabeças, mas descobri que é muito mais simples do que pensava”, afirma. Em 2009, outros 120 estudantes devem se formar. A expectativa é que 80% dos participantes sejam integrados ao mercado de trabalho. 25 U N I T E D W AY B R A S I L
  • 25. Obras Sociais Agostinianas: Sociedade, Instruções e Socorros Criada em 1921, a entidade visa à educação e à assistência a crianças, adolescentes e adultos. Beneficia em suas dez unidades no Centro e na zona leste de São Paulo (SP) cerca de 3,9 mil pessoas diariamente. Tem como missão “colaborar no desenvolvimento do potencial de crianças, adolescentes, jovens e adultos, em situação vulnerável, com programas de formação integral nas áreas de assistência social, educação e cultura, esporte e lazer, para que tenham melhor qualidade de vida e participem na construção do bem comum”. Além do curso de telemarketing, os centros de profissionalização oferecem capacitação em mecânica de autos, injeção eletrônica, eletrotécnica e panificação em módulos com duração de um ano Presidente: Pe. Agustin Alcade Av. Sapopemba, 25.545, Jd. São Rafael, São Paulo (SP) Diretor: Pe. Jesus Angel Tel.: (11) 2751-7667 www.obrasagostinianas.org 26 U N I T E D W AY B R A S I L
  • 26. Empresa Jr. Jovens Aprendizes REALIZAÇÃO Fundação Julita OBJETIVO Proporcionar mais vivência profissional e expandir a visão estratégica dos alunos por meio da criação e estruturação de uma empresa experimental. DESCRIÇÃO 16 jovens, com idade entre 16 e 18 anos, devem passar por todas as etapas do projeto, da formulação ao lançamento do negócio. RESULTADOS Durante o segundo semestre de 2008, os adolescentes assistiram, aos sábados, a seminários sobre INICIAIS administração e recursos humanos e tiveram aulas de empreendedorismo. Um conselho de empresários estruturado pela UWB e a Fundação Julita vem orientando os jovens em todas as etapas, principalmente na elaboração de um plano de negócios. Além disso, os alunos realizaram pesquisas de mercado com a população do bairro e visitaram outras empresas. Após as pesquisas, os jovens decidiram o foco da Empresa Jr.: estamparia de roupas. “Descobrimos que aqui no Jardim São Luís as pessoas não têm sua identidade impressa em suas roupas, então queremos fazer roupas com a cara de quem é daqui. Esse tipo de serviço não existe no bairro”, conta Paulo Ricardo Roque de Sousa, 18 anos, um dos participantes do projeto. A expectativa é lançar a empresa em 2009, dentro da própria instituição. 27 U N I T E D W AY B R A S I L
  • 27. Fundação Julita Presente desde 1952, no Jardim São Luís, zona sul de São Paulo (SP), uma região com cerca de 240 mil habitantes. A entidade tem como missão oferecer a crianças, jovens e famílias, em situação de vulnerabilidade social, ações socioeducativas que promovam o exercício da cidadania. Beneficia, diariamente, cerca de 1,2 mil pessoas em seus programas de lazer, educação e saúde, incluindo um núcleo de convivência para idosos, além de atendimento médico, odontológico e psicológico à população. Presidente: Lucien Belmonte Rua Nova do Tuparoquera, 117, Jd. São Luís, São Paulo (SP) Tel.: (11) 5851-0943 www.fundacaojulita.org.br 28 U N I T E D W AY B R A S I L
  • 28. Programa Educar em Expansão REALIZAÇÃO Associação Programa Educar OBJETIVO Capacitar jovens entre 16 e 24 anos para exercerem a ocupação de auxiliares mecânicos. DESCRIÇÃO Além de aulas de mecânica de empilhadeiras e de autos, sistemas de freios, eletricidade básica, metrologia e desenho técnico, há um módulo com noções de empreendedorismo, que estimula os estudantes a pensarem na criação de uma empresa, levando em conta riscos e possibilidades. O curso tem duração de seis meses, com 700 horas-aula, e conta com a certificação do Senai (Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial). O projeto inclui a articulação de parcerias com empresas da região para facilitar a inserção dos estudantes no mercado, os quais mantêm os currículos atualizados no site da instituição. RESULTADOS No segundo semestre de 2008, 36 jovens foram qualificados. Além das aulas, por meio do apoio da UWB, INICIAIS eles fizeram visitas culturais a feiras técnicas de mecânica, ao Masp (Museu de Arte de São Paulo), à Casa das Rosas e ao Instituto Tomie Ohtake. Dos 36 alunos de 2008, 26 se empregaram. Em 2009, a expectativa é de capacitar mais 20 jovens e colocar no mercado de trabalho ao menos 17, apenas no primeiro semestre. Desde que a organização social foi criada, em 1996, mais de 700 jovens já foram capacitados. Um dos jovens que conseguiram um posto de trabalho em 2008 foi Tiago Epifânio, de 18 anos, assistente na área administrativa da Mitutoyo, empresa que fabrica equipamentos de medição industrial. “Com o curso, aprendi não somente sobre aspectos técnicos, aprendi a trabalhar em equipe. Foi uma oportunidade única para alguém, como eu, que não poderia pagar um curso desse nível. É um sonho poder trabalhar nessa fábrica”. 29 U N I T E D W AY B R A S I L
  • 29. Associação Programa Educar Fundada em julho de 1996, a entidade fornece não só aprendizagem profissional na área de mecânica para jovens em situação de risco, mas também aulas de informática e organização administrativa que ampliam as oportunidades de integração do indivíduo com a sociedade e de inclusão no mercado de trabalho. Seus mais de cem alunos podem colocar os currículos em um banco de dados, onde as empresas, por sua vez, solicitam a indicação de aprendizes. Coordenador: Edvaldo Gomes Magalhães Rua Catipara, 272, Brooklin, São Paulo (SP) Tel.: (11) 5102- 3670 www.programaeducar.org.br 30 U N I T E D W AY B R A S I L
  • 30. Renovação de Apoio Central da Juventude para Oportunidades e Geração de Renda REALIZAÇÃO Centro de Profissionalização de Adolescentes Padre Bello (CPA Pe. Bello) OBJETIVO Criar novas oportunidades de emprego e geração de renda para os jovens da região de São Mateus, na zona leste de São Paulo (SP), aproveitando todas as potencialidades do bairro. DESCRIÇÃO Procura fortalecer a Rede de Responsabilidade Social de São Matheus – O Jovem em Primeiro Lugar, além de desenvolver atividades de orientação e encaminhamento ao Primeiro Emprego e Programa de Aprendizagem. Também promove iniciativas de empreendedorismo juvenil, possibitando que seus alunos participem de uma incubadora de idéias, na qual têm acesso a: escritório, curso de economia solidária, elaboração de plano de negócios, concessão de microcrédito, acompanhamento dos projetos desenvolvidos. As vagas de emprego da região são mapeadas semanalmente. “Com tudo isso, estamos possibilitando ao jovem buscar novas formas de obter renda e caminhos para que seja um empreendedor”, acredita Sandra de Santos Lopes, coordenadora do projeto. RESULTADOS Em 2008 foram encubados três novos projetos, que beneficiaram em torno de 50 jovens: CineMateus, INICIAIS CooperJovem e Teatro CPA. “São os jovens que nos procuram com as idéias que, depois de aprovadas, recebem todo o apoio”, explica Sandra. Além disso, durante o segundo semestre de 2008, 38 jovens entraram para o mercado de trabalho, sendo 29 como Aprendizes, quatro como estagiários e cinco em regime CLT. A meta é que, até julho de 2009, 510 jovens, entre 18 e 29 anos, estejam trabalhando formalmente. Esaliel Alvino de Sousa, de 21 anos, faz parte do CooperJovem, iniciativa que oferece serviços em tecnologia, como montagem e manutenção de computadores e recarga de cartuchos para impressoras. “Aqui tive a chance de colocar em prática o que eu aprendi no curso de Suporte Técnico de Informática, oferecido pelo CPA”, comenta o jovem. Wesley da Silva Vieira, de 15 anos, participa do CineMateus, idealizado para que os integrantes pudessem produzir documentários e curtas-metragens. “Foi a primeira oportunidade profissional que tive. Os temas estão ligados a destaques da realidade atual, como a reciclagem, em 2008”, conta. 31 U N I T E D W AY B R A S I L
  • 31. CPA Pe. Bello Criado em 1978, tem como missão formar os jovens profissionalmente, para que sejam sujeitos de seu processo de inclusão social e da construção de uma sociedade justa e solidária. Para isso, oferece cursos a adolescentes, de 15 a 29 anos, nas áreas de computação gráfica, instalações elétricas, mecânica geral, informática e manutenção de circuitos eletrônicos. Os estudantes também têm aulas de lógica, formação sócio-política, esportes e rotina de escritório. Coordenador: Flariston Francisco da Silva Estrada da Colônia, 110, Jd. São Gonçalo, São Paulo (SP) Tel.: (11) 6732-8760 www.cpa.org.br 32 U N I T E D W AY B R A S I L
  • 32. Escola de Moda Jovem REALIZAÇÃO Unas (União de Núcleos, Associações e Sociedades de Moradores de Heliópolis e São João Clímaco) OBJETIVO Desenvolver toda a cadeia de produção de uma marca de roupas que represente os moradores de Heliópolis e que gere renda aos jovens de 15 a 20 anos. DESCRIÇÃO Qualificação de 15 alunos em técnicas de venda, gestão de negócios e publicidade e propaganda, por meio de parceria com o Sebrae (Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas), de forma que possam comercializar o que já aprenderam a produzir. Em anos anteriores, os alunos tiveram aulas de criação, confecção e modelagem. Uma pesquisa de 30 alunos com outros 300 jovens da região revelou o estilo surfe com inspiração afro como o preferido da comunidade e, assim, foi criada a marca Losaul (sol e lua escritos ao contrário). O lançamento contou com um desfile de camisetas e blusas. RESULTADOS Durante o segundo semestre de 2008, 15 alunos foram qualificados e tiveram acesso a grandes eventos INICIAIS de moda, como a São Paulo Fashion Week e o Fashion Rio. Além disso, iniciou-se a construção de uma loja de fábrica a fim de fortalecer ainda mais a marca. “A UWB tem contribuído com a montagem dessa estrutura e com a compra de equipamentos, como vitrine, balcão e cabides”, conta Tatiane Bernardido, coordenadora da Unas. A loja será instalada na rua Santo Antônio, via de grande movimento de jovens da comunidade. Nínive Loriane Ferreira do Nascimento, de 19 anos, uma das beneficiárias do projeto, acredita que essa experiência foi decisiva em sua vida profissional. “Quando comecei o curso, não me interessava por moda, mas percebi que a coisa ficou mais séria e quero seguir essa carreira. O projeto não promete um emprego, mas, com o que você aprende, pode encontrar uma oportunidade no mercado ou abrir seu próprio negócio”, afirma a jovem. 33 U N I T E D W AY B R A S I L
  • 33. UNAS Organização nascida na década de 1970, trabalha pela melhoria da qualidade de vida dos moradores de Heliópolis e São João Clímaco, na zona sul de São Paulo (SP). Atualmente, é a instituição mais atuante da região, onde vivem cerca de 120 mil habitantes, desenvolvendo ações em áreas como educação, esporte, cultura, lazer e tecnologia, as quais beneficiam cerca de 3,6 mil pessoas. Por sua representatividade, exerce grande influência em discussões de políticas públicas de moradia e infra-estrutura. Presidente: João Miranda Neto Rua da Mina, 38, Heliópolis, São Paulo (SP) Tel.: (11) 2272-0140 http://unas.navita.com.br 34 U N I T E D W AY B R A S I L
  • 34. Projetos Especiais Em 2008, além dos projetos selecionados para receber investimento financeiro e orientação técnica por um ano, a UWB também apoiou duas iniciativas, o Projeto Conexão e a Rede de Responsabilidade Social de São Mateus. Projeto Conexão Parceria entre o CDI (Comitê para Democratização da Informática) e a ONG Rede Cidadã, o Conexão foi criado para capacitar, inserir e acompanhar jovens no mercado e desenvolver sua cidadania, por meio da inclusão digital e da formação profissionalizante e empreendedora. O trabalho com a UWB visa à formação de uma rede capaz de promover a inclusão de jovens empreendedores no mercado de forma competitiva. Para isso, organizações beneficiárias da UWB foram integradas ao Conexão, de forma a abrir nova oportunidade aos estudantes capacitados por elas. 35 U N I T E D W AY B R A S I L
  • 35. Jovens de entidades apoiadas pela UWB inseridos no mercado de trabalho em 2008 por meio do Projeto Conexão INSERÇÃO NO PRIMEIRO TRIMESTRE DE 2008 Entidade Beneficiada Jovens Cadastrados Total de Inseridos CLT * Aprendiz Associação Comunitária 74 2 0 2 Cultural Pró Morato ** Feira de Oportunidades e 113 57 Conexões para a Juventude (Foco) INSERÇÃO NO SEGUNDO TRIMESTRE DE 2008 Entidade Beneficiada Jovens Cadastrados Total de Inseridos CLT* Aprendiz Associação Comunitária 5 2 0 2 Cultural Pró Morato ** CPA Pe. Bello 212 21 20 1 Fundação Julita 2 2 2 0 Centro de Capacitação Profissional 26 13 8 5 Henry Ford *** Associação Programa Educar 36 0 0 0 Unas 31 4 4 TOTAL 312 42 30 12 * Contratações pela CLT incluem vale-transporte, vale-refeição e, em alguns casos, convênio médico. Salários entre R$ 480 e R$ 800. ** ONG apoiada pela UWB anteriormente e que foi adicionada ao Projeto Conexão. *** Integra o projeto Central da Juventude para Oportunidades e Geração de Renda. 36 U N I T E D W AY B R A S I L
  • 36. Rede de Responsabilidade Social de São Mateus O objetivo da rede é inserir no mercado de trabalho os jovens qualificados por organizações locais, por meio da articulação entre empresas, poder público e ONGs de São Mateus, na zona leste de São Paulo (SP). Além de fornecer suporte técnico e estratégico, a UWB apoiou a realização da primeira Feira de Oportunidades e Conexões para a Juventude (Foco), evento com presença de mais de 3 mil pessoas, que acompanharam palestras e puderam conhecer as ações sociais da região. APOIO DO PODER PÚBLICO À FOCO A Feira de Oportunidades e Conexões para a Juventude recebeu apoio do poder público da cidade de São Paulo e do Estado. O secretário municipal do Trabalho, Nelson Hervey Costa, visitou o evento e também representou o secretário estadual do Emprego e Relações do Trabalho do Estado de São Paulo, Guilherme Afif Domingos. Afif enviou mensagem em vídeo, apresentada na abertura da feira, na qual destacou ser fundamental o trabalho da UWB na iniciativa “através da união de entidades que trabalham com a qualificação de jovens”. O secretário destacou, ainda, que a entrada no mercado de trabalho depende da qualificação, “uma oportunidade que muitos jovens ainda não têm”. Por fim, Afif convidou os empresários locais a se envolverem: “A feira faz uma conexão entre as entidades assistenciais e o mundo do mercado de trabalho local. Seria muito bom que as empresas de São Mateus participassem desse mutirão, conhecessem o trabalho das organizações e buscassem sua mão-de-obra na própria comunidade”. 37 U N I T E D W AY B R A S I L
  • 37. Bolsas Culturais Avaliação e Monitoramento As bolsas culturais foram criadas em 2008 para incentivar os jovens O trabalho da UWB não se resume a apenas fornecer recursos a empregar uma verba específica – cedida pela UWB às ONGs financeiros a iniciativas de qualidade. As organizações e os projetos apoiadas – para custear programas culturais, tais como visitas a apoiados são avaliados de forma perene pela UWB por meio da museus, teatro, cinema e shows, incluindo transporte e alimentação, aplicação da matriz conhecida como Marco Lógico. além de compra de livros. O objetivo da UWB era tentar ampliar o universo cultural dos jovens. No período de um trimestre, 221 pessoas Após a escolha dos projetos, inicia-se o acompanhamento cotidiano foram beneficiadas ao menos uma vez por mês. por meio de conversas telefônicas, visitas in loco e reuniões, além de seminários formativos para estimular a auto-avaliação sobre o A execução desta experiência pioneira demonstrou a necessidade de desenvolvimento do trabalho. aperfeiçoamento. Para garantir que as oportunidades da bolsa sejam melhor aproveitadas pelos jovens, a UWB promoveu uma avaliação e Trimestralmente, é feita uma avaliação formal, com base no Marco tomou a decisão de criar regras específicas para o ano de 2009. Elas Lógico, quando são exigidos dois tipos de relatórios de prestação determinam: de contas: • uso exclusivo do montante doado para compra de ingressos, a) técnico-narrativo, com resumo das atividades realizadas, transporte e alimentação, desde que vinculados a atividades cronograma de planejamento e de implementação e lista das culturais realizadas pelas próprias organizações, com o atividades previstas para o período seguinte; acompanhamento de seus profissionais; b) financeiro, contendo descrição de gastos e apresentação de • promoção, pelas organizações, de acesso a eventos de notas fiscais. cultura diferenciados; O repasse dos investimentos é concluído quando as metas • prestação integral de contas por comprovantes fiscais. combinadas são cumpridas. Ao término do período de apoio, em julho de 2009, a equipe da UWB realizará uma auditoria, para garantir a Entre as opções de eventos, têm de constar: mostras de filmes fora transparência e verificar o uso adequado dos recursos. do circuito comercial, cursos ligados exclusivamente a artes, música e cinema, shows que valorizem a cultura popular brasileira, música clássica, erudita e jazz. A ONG beneficiada pode separar 10% do valor total para que os seus prestadores de serviço (educadores, coordenadores e gestores) também se beneficiem das bolsas. 38 U N I T E D W AY B R A S I L
  • 38. O MARCO LÓGICO Criado na década de 1970 e empregado internacionalmente por grande parte das organizações financiadoras, como o BID (Banco Interamericano de Desenvolvimento), o Marco Lógico é uma ferramenta que visa facilitar o processo de concepção, execução e avaliação de projetos e programas e que ajuda a dimensionar o impacto comunitário das propostas. Trata-se de uma tabela -- ou matriz --, que deve ser preenchida com dados como atividades desenvolvidas, objetivos esperados, resultados obtidos e impactos na sociedade. Desta forma, tem-se uma estrutura que possibilita uma síntese das informações sobre os projetos. A utilização do Marco Lógico para avaliar projetos sociais faz com que gestores possam definir com mais clareza os parâmetros necessários para monitorar a execução dos mesmos. No caso da UWB, esse método é aplicado na pré-seleção de projetos e reaplicado trimestralmente entre os que foram escolhidos. 39 U N I T E D W AY B R A S I L
  • 39. Atividades Voluntárias Além de apoiar projetos de instituições, a UWB O trabalho no Programa de Voluntariado Corporativo da acredita que ações voluntárias são fundamentais para United Way Brasil reúne pessoas de todas as idades, a diminuição das desigualdades e para a construção classes sociais e níveis de escolaridade com o objetivo da cidadania. Por isso, seu Programa de Voluntariado de construir uma sociedade mais justa e igualitária. Há Corporativo estimula os funcionários das empresas diferentes perfis, perspectivas e vocações. Mas, em sua associadas a doar seu tempo e a partilhar sua maioria, os grupos são compostos de profissionais com experiência técnica com os jovens dos projetos apoiados. curso universitário. Esses jovens, por sua vez, também são estimulados a trabalhar em prol das comunidades onde vivem. Segundo a gerente de Voluntariado da UWB, Paula Crenn Pisaneschi, há duas características marcantes: “Nossos Dessa maneira, a organização fomenta a aproximação voluntários são muito talentosos e querem doar o que de universos sócio-culturais diferentes. E a perspectiva sabem, sugerindo diversas atividades”. Além disso, Paula é de que, a partir de então, ocorra uma troca: ambas as destaca a dedicação dos participantes: “Não importa partes – voluntários e jovens ligados aos projetos – se se é para pintar parede ou ministrar aulas aos jovens, beneficiam mutuamente com a riqueza do convívio. eles sempre estão motivados”. Merecem destaque, também, os chamados super voluntários, “profissionais Em 2008, a UWB envolveu, em suas atividades, 2056 que vão a todas as atividades e com os quais sempre voluntários, que dedicaram 19.412 horas do seu tempo podemos contar”. para causas sociais. No total, as ações de voluntariado beneficiaram cerca de 3 mil jovens diretamente e outras 12 mil pessoas indiretamente. 40 U N I T E D W AY B R A S I L
  • 40. AVALIAÇÃO POSITIVA DO VOLUNTARIADO BRASILEIRO O Programa de Voluntariado Corporativo da UWB se beneficia de uma característica atribuída ao brasileiro: a disposição para promover o bem do próximo. Durante encontros internacionais da rede United Way, ocorridos no Canadá e na Colômbia em 2008, essa força foi bem avaliada, especialmente pelo programa abranger representantes não somente das empresas associadas, mas também das comunidades beneficiadas, por meio da força dos jovens que se dispõem a trabalhar por elas com o incentivo da UWB. “Os representantes das United Way de outros países se impressionaram com a efetiva participação de voluntários nas atividades desenvolvidas aqui”, explica Patrícia Diniz, gerente de Comunicação e de Relacionamento com Empresas da UWB. “Lá fora, é comum o investidor social preferir doar exclusivamente recursos. No Brasil, além da participação financeira, o funcionário quer doar sua experiência, conhecer o projeto que está sendo apoiado e quem está sendo beneficiado”, conclui Patrícia. 41 U N I T E D W AY B R A S I L
  • 41. Dia Global do Voluntariado Jovem Entre os dias 25 e 27 de abril, aconteceram em 120 vai fazer e, assim, são realizadas diferentes iniciativas, países as atividades do chamado Dia Global do que acontecem dependendo da necessidade específica Voluntariado Jovem. Ele foi criado nos Estados Unidos de cada região. O objetivo principal é beneficiar no ano 2000, por iniciativa da organização Youth Service comunidades com ações sociais concretas e, ao mesmo America e da rede global Youth Action Network, com tempo, dar aos jovens a possibilidade de serem cidadãos o intuito de incentivar a cidadania juvenil, por meio do ativos com a capacidade de mudar a realidade local. estímulo à realização de trabalho voluntário. A UWB incentivou os jovens das ONGs parceiras a A UWB se identifica com a causa e, em 2008, pela quarta pensar em novos projetos. No total, foram nove atividades vez, organizou no Brasil um comitê regional, responsável envolvendo 1.390 voluntários jovens, em benefício de não só por mobilizar e articular diversas ONGs, como mais de 7 mil pessoas. Em todas as ações, o foco era também por divulgar, no site oficial do evento (www. um dos oito Objetivos de Desenvolvimento do Milênio, diaglobal.org.br), as ações do grupo que liderou. instituídos pela ONU (Organização das Nações Unidas), para combater sérios problemas do mundo. Durante o Dia Global, não se determina a execução de uma atividade obrigatória. Cada instituição escolhe o que 42 U N I T E D W AY B R A S I L
  • 42. RESUMO DE ATIVIDADES - DIA GLOBAL DO VOLUNTARIADO JOVEM - 2008 ONG AÇÃO Aldeia do Futuro Realizou o dia de cuidado e beleza, na região do bairro de Americanópolis. Quase 300 pessoas puderam cortar ou pintar o cabelo de graça Unas (União de Núcleos, Promoveu uma aula sobre conscientização ambiental para as crianças de Heliópolis, na zona sul da Associações e Sociedades de capital paulista, que foram divididas em três grupos e orientadas por educadores Moradores de Heliópolis e São João Clímaco) JAM (Jacareí Ampara Menores) Organizou caminhada contra a dengue pelas ruas centrais da cidade para alertar moradores para os perigos da doença. Durante o percurso, os jovens distribuíram à população folhetos explicativos de como evitá-la. Associação Cultural Comunitária O combate à dengue também foi o destaque do projeto da Pró-Morato, que promoveu apresentações Pró-Morato teatrais e musicais na região de Franscisco Morato (SP) Centro de Profissionalização de Os jovens do curso de formação de agentes sociais desenvolveram uma oficina de confecção de Adolescentes Pe. Bello brinquedos feitos de materiais recicláveis com crianças de São Mateus, zona leste da capital paulista Programa Social Gotas de Flor No Abrigo Anália Franco, mantido pela ONG, as crianças receberam informações sobre a preservação com Amor do meio ambiente e se divertiram com a montagem de uma árvore de papel crepom Obras Sociais Agostinianas: O Centro Profissionalizante da entidade e as casas do entorno, que ficam no Jardim Vila Carrão, zona Sociedade, Instruções e leste de São Paulo, viveram um dia de combate à dengue, em que caixas d’água foram tampadas e Socorros panfletos, distribuídos à população Centro de Capacitação Por meio de peças de teatro, cem jovens voluntários deram dicas de reciclagem no Centro Henry Ford, Profissional Henry Ford situado em São Mateus, zona leste da capital paulista ONG Vida Jovem Educadores se juntaram a jovens e desenvolveram panfletos e cartazes de conscientização sobre o problema do lixo urbano. Em seguida, 35 jovens entregaram 350 panfletos e colaram os cartazes pela comunidade do bairro do Ipiranga, em São Paulo 43 U N I T E D W AY B R A S I L
  • 43. Mentorias As Mentorias são um projeto de voluntariado que Para ser voluntário mentor, não é necessário ter promove a complementação da formação educacional. experiência em lecionar. A UWB oferece treinamento Por meio delas, funcionários voluntários das empresas básico aos interessados, com noções de didática e do associadas à UWB se habilitam a dar aulas para funcionamento do programa, além de material de apoio compartilhar seus conhecimentos e, assim, colaborar específico e acompanhamento integral. No âmbito da com o desenvolvimento pessoal e profissional dos jovens United Way, esse tipo de trabalho voluntário foi introduzido vinculados aos projetos sociais apoiados. Prestes a pelo escritório do Brasil. entrarem no mercado de trabalho, eles têm entre 15 e 23 anos. TIPOS DE MENTORIAS PARA JOVENS INVESTIR VALE A PENA O conteúdo inclui educação financeira, aconselhamento em empreendedorismo e finanças pessoais. (IVP) Os temas são abordados com base em situações da vida cotidiana e ligados à realidade social dos freqüentadores. Os jovens aprendem a economizar o dinheiro que ganham, conhecem opções de onde e de como investi-lo, a exemplo da própria educação, recebem orientação sobre a vida profissional e podem tirar dúvidas sobre a obtenção de crédito e de empréstimos. CONTABILIDADE Os alunos recebem noções sobre essa área de conhecimento e são estimulados a desenvolver habilidades e competências básicas para administrar financeiramente um pequeno negócio ou participar do setor administrativo de uma empresa. INGLÊS O ensino da língua inglesa tem o propósito de ajudar na conquista de emprego e de ampliar os horizontes culturais dos estudantes beneficiados. O curso conta com o apoio de um coordenador especializado que dá suporte aos mentores. AGINDO JUNTOS Encontros mensais com conceitos da área de administração de empresas e técnicas de planejamento estratégico cujo objetivo é estimular o empreendedorismo juvenil. Os jovens aprendem conceitos ligados ao desenvolvimento de produtos e serviços, análise financeira, estrutura e controle de um negócio, comunicação, marketing e lançamento de projeto. 44 U N I T E D W AY B R A S I L
  • 44. Expansão das Mentorias As Mentorias da UWB foram criadas em 2003, em São Os jovens beneficiados no Rio foram selecionados pelo Paulo (SP), e com o passar dos anos expandiram-se para Projeto Conexão, uma parceria entre as ONGs Comitê outras cidades. Em 2008, a organização dobrou o número para Democratização da Informática (CDI) e Rede de municípios que contam com o programa. Além de Cidadã, que conta com apoio da UWB. Para o líder da São Paulo, Campinas e Jacareí (SP), as Mentorias foram mobilização de voluntários da Price no Rio de Janeiro, realizadas, pela primeira vez, em Curitiba (PR), Rio de Maurício Campos, a parceria com a UWB ajuda o Janeiro (RJ) e Ribeirão Preto (SP). escritório a praticar ações sociais em que se “ensina a pescar e não se dá o peixe”. Maurício também comenta Durante 2008, 219 voluntários beneficiaram 486 jovens o elevado nível de participação: “A constância dos alunos nos cursos Investir Vale a Pena (IVP), Contabilidade, nas aulas e a satisfação expressa pelos voluntários que Inglês, Agindo Juntos e nas atividades relacionadas, relatam suas experiências já dão indícios do sucesso como o Painel de Profissões. Todas as cidades aplicaram do projeto”. o IVP que beneficiou 369 estudantes. , Já os curitibanos fazem parte da comunidade da Igreja Para realizar as Mentorias, a UWB estabelece Templo dos Águias. Em Ribeirão Preto (SP), a Mentoria parcerias com empresas e organizações locais, que IVP foi implementada por meio de uma rede que selecionam os alunos e cedem o espaço onde as aulas envolveu o Rotary Club local e um estabelecimento de são ministradas. Na capital paulista, há dois locais ensino. A seleção de jovens e o acompanhamento do de aplicação dos cursos: o Centro de Treinamento projeto aconteceram na escola pública Cemei Dr. João da PricewaterhouseCoopers (PwC) e o Centro de Gilberto Sampaio. Treinamento da Intel. No Rio de Janeiro (RJ), a PwC também oferece suas instalações. “A atuação de voluntários ligados à realidade empresarial é fundamental para os jovens que participam do IVP pois permite aproximá-los do , mundo real das empresas.” Pedro Adashi, presidente do Rotary Club de Ribeirão Preto 45 U N I T E D W AY B R A S I L
  • 45. MANAUS BRASÍLIA Primeira Infância Investir Vale à Pena BELO HORIZONTE Investir Vale à Pena CAMPINAS Contabilidade, Investir Vale à Pena e Inglês Desde 2005 S J DOS CAMPOS / JACAREÍ Investir Vale à Pena Desde 2006 RIBEIRÃO PRETO RIO DE JANEIRO Investir Vale à Pena Investir Vale à Pena Desde 2008 Desde 2008 SOROCABA SÃO PAULO Investir Vale à Pena Contabilidade, Investir Vale à Pena, Inglês e Agindo Juntos Primeira Infância Desde 2003 PORTO ALEGRE Investir Vale à Pena CURITIBA Investir Vale à Pena Desde 2008 Estruturado Em Implantação 46 U N I T E D W AY B R A S I L
  • 46. Formaturas Ao término dos cursos do Programa de Voluntariado receberam seus diplomas. No dia 29 de novembro, Corporativo, a UWB promove duas atividades foi a vez de outros 154 recém-formados participarem comemorativas. A primeira delas é a formatura, que tem o da cerimônia. intuito de incentivar a dedicação dos jovens e reconhecê- los pelo empenho. No segundo semestre os encontros também aconteceram nas outras cidades com Mentorias em Em 2008, foram realizadas dois encontros, no fim de cada funcionamento. Em Campinas (SP), em 6 de outubro; em semestre. Eles ocorreram no Centro de Treinamento da Ribeirão Preto (SP), em 12 de dezembro; e em Jacareí PricewaterhouseCoopers, no bairro da Barra Funda, na (SP) e em Curitiba (PR), as respectivas formaturas capital paulista. No dia 19 de julho, cerca de 90 jovens aconteceram em 13 de dezembro. 47 U N I T E D W AY B R A S I L
  • 47. Painel de Profissões A segunda atividade comemorativa é o Alisson da Silva, 16 anos, formando do IVP , esclarecer dúvidas antes do vestibular. Painel de Profissões, que foi criado em foi ao evento com um alvo certo. “Quero “Graças aos painéis, esses jovens puderam 2008 e passou a fazer parte do Programa saber quais cursos posso fazer, as melhores conhecer as vantagens, desvantagens e de Voluntariado Corporativo da UWB. O faculdades e como é ser engenheiro”. As competências necessárias para cada uma primeiro evento aconteceu em 26 de julho, alunas de Inglês Laila Cajado, 18, e Luana das carreiras escolhidas por eles mesmos. E na Casa do Bem-Estar da PwC. Cerca de 60 Cajado, 19, da Aldeia do Futuro, ficaram tudo isso em um ambiente sem a pressão de adolescentes, que cursaram as Mentorias IVP empolgadas com o trabalho de um fotógrafo uma entrevista de emprego.” e Inglês no primeiro semestre, puderam saber profissional. “Gostamos de tudo que é audiovisual”, contou Laila. “Já fizemos curso Contornar o nervosismo durante uma mais sobre algumas carreiras e tirar dúvidas de foto, e o Painel foi importante para saber entrevista e agir da maneira adequada pessoalmente com profissionais voluntários como entrar no mercado de trabalho”, também foram temas dos Painéis. Voluntários de áreas como administração, direito, completou Luana. orientaram os jovens sobre o que se deve engenharia, informática, RH e comunicação. e o que não se deve fazer para garantir a Os jovens conheceram, também, opções A segunda edição foi realizada em 29 de contratação. “Quem freqüenta e aproveita diferenciadas de atuação como a de DJ e a novembro e reuniu em torno de 40 formandos os cursos da UWB não encontra tanta de bombeiro. As carreiras expostas no Painel das Mentorias do segundo semestre. dificuldade para conseguir emprego”, afirmou foram escolhidas a partir de uma pesquisa Mark Vogt, presidente da UWB, participou Mariane da Sousa Silva,17, aluna de IVP . prévia com os jovens. do evento e observou a importância de “Há dois aspectos sobre os quais a UWB deve manter o seu foco: o primeiro é a busca de caminhos para maximizar as doações automáticas em folha de pagamento (com o match correspondente da empresa). Deste modo, o volume dos fundos para financiar projetos serão mais previsíveis e farão com que beneficiemos mais pessoas. Em segundo lugar, é fundamental incentivarmos a participação de empregados e de executivos na identificação dos melhores projetos, ou seja, daqueles que vão maximizar o retorno social desses investimentos. E esta é uma das tarefas mais difíceis”. Leopoldo Coronado, membro do conselho do Fondo Unido de México, a UW mexicana, há 25 anos na United Way, com atuação na Colômbia e Venezuela e um dos fundadores da UWB 48 U N I T E D W AY B R A S I L
  • 48. Uma Semana Caminhando Juntos Entre 6 e 13 de setembro de 2008, aconteceu a maratona As arrecadações ocorreram na sede das empresas, que de voluntariado denominada Uma Semana Caminhando forneceram seu espaço para as campanhas. A doação de Juntos (USCJ): série de atividades voluntárias sangue se deu diretamente no banco de sangue da Santa organizadas pela UWB, para integrar os funcionários Casa de São Paulo. As demais atividades aconteceram das empresas associadas e os jovens dos projetos nas sedes das organizações de base comunitária, beneficiados. Foi a primeira vez que as ações ocorreram parceiras da UWB. Cada empresa associada assumiu ao longo de uma semana. Desde 2002, quando a idéia e coordenou ações em uma ou mais instituições sociais surgiu, tudo acontecia num único dia. apoiadas. A UWB colocou ônibus à disposição para levar os funcionários ao banco de sangue e às entidades. Funcionários fizeram arrecadações de mercadorias e promoveram ações educativas e de restauro nas ONGs Em 2008, participaram da USCJ as seguintes que recebem apoio da UWB. Os jovens mostraram organizações: Aldeia do Futuro (bairro de Americanópolis habilidades aprendidas nos projetos em que recebem - SP), Associação Cultural Comunitária Pró-Morato formação e criaram situações para saudar os voluntários (Francisco Morato - SP), Associação Emaús (Suzano - presentes e prestar serviços. SP), Associação Programa Educar (bairro do Brooklin, em São Paulo), Casas do Amparo (bairro do Butantã, em São Em Jacareí, Juquitiba, São Paulo e Suzano, cidades Paulo) Fundação Julita (bairro do Jardim São Luís, em do Estado de São Paulo onde a USCJ foi realizada, São Paulo), JAM - Jacareí Ampara Menores (Jacareí - SP), centenas de funcionários das empresas associadas se Lar do Caminho (Juquitiba - SP), Programa Social Gotas empenharam em doar seu tempo para: de Flor com Amor (bairro do Brooklin, em São Paulo), e • coletar mercadorias, Unas – União de Núcleos, Associações e Sociedades dos • doar sangue, Moradores de Heliópolis e São João Clímaco (bairro de • orientar jovens em assuntos como escolha da carreira e Heliópolis, em São Paulo). futuro profissional, • promover atividades recreativas, • cuidar do meio ambiente – com plantio de árvores e outras ações, • recolher óleo de cozinha usado para reciclagem, • restaurar instalações de associações comunitárias. 50 U N I T E D W AY B R A S I L
  • 49. RESUMO DAS ARRECADAÇÕES - UMA SEMANA CAMINHANDO JUNTOS - 2008 Alimentos 716 quilos de feijão, 348 itens variados (arroz, açúcar e achocolatado) e 103 litros de óleo Vestuário 2.113 peças de roupa Publicações 1.850 livros infanto-juvenis, 59 revistas e 3 vídeos Brinquedos 302 itens Doações de Sangue 45 doadores RESUMO DAS ATIVIDADES - UMA SEMANA CAMINHANDO JUNTOS - 2008 Empresa, Data e AÇÕES Organização Beneficiada Nalco A instituição teve os quartos e a parte externa da casa pintados. Os voluntários também organizaram 06/09, sábado palestras sobre limpeza, preparação de terra para plantio e importância dos cuidados com a água Associação Emaús PricewaterhouseCoopers A empresa abriu as portas da Casa do Bem-Estar, localizada na Barra Funda, em São Paulo (SP), para 11/09, quinta-feira abrigar a mesa redonda “Empresa, sociedade e inclusão da pessoa com deficiência” Casa do Bem-Estar da PwC Intel Os voluntários da Intel brincaram com as crianças usando jogos de tabuleiro, contaram histórias na 12/09, sexta-feira biblioteca, jogaram futebol com os jovens da instituição, falaram sobre suas carreiras e fizeram uma Programa Social Gotas de Flor palestra sobre comportamento profissional em entrevistas de emprego e confecção adequada de com Amor currículos Procter&Gamble Os voluntários da Procter auxiliaram na pintura da quadra esportiva e na organização de atividades 12/09, sexta-feira recreativas e ministraram palestras sobre cuidados com os cabelos e coloração. Para completar, Unas (União de Núcleos, deram importantes dicas para se fazer um bom currículo. Receberam dos jovens instruções sobre Associações e Sociedades customização de roupas, estamparia, bordado e decupagem de tecidos dos Moradores de Heliópolis e São João Clímaco) 52 U N I T E D W AY B R A S I L
  • 50. RESUMO DAS ATIVIDADES - UMA SEMANA CAMINHANDO JUNTOS - 2008 Empresa, Data e AÇÕES Organização Beneficiada Procter&Gamble Os voluntários cuidaram da pintura do refeitório da creche, participaram de atividades recreativas com 12/09, sexta-feira as crianças e assistiram a uma apresentação do grupo mirim de maracatu da Fundação Julita Fundação Julita Morgan Stanley Um tradicional passeio ao Zôo Safari da capital paulista foi a atividade proporcionada pelo Morgan 13/09, sábado Stanley a crianças, com idade entre 7 e 14 anos Casas do Amparo Nalco Os voluntários da Nalco se confraternizaram com jovens beneficiados pelos projetos da Educar em 13/09, sábado quatro salas de debate, cada uma com um tema: informática, política, gestão financeira e painel de Associação Programa Educar profissões. Após as palestras, os jovens trocaram de lugar com os voluntários e lhes deram dicas de mecânica e funcionamento de motores Pinheiro Neto e Baxter Os voluntários do Pinheiro Neto Advogados e da Baxter plantaram 78 árvores doadas pelo Projeto 13/09, sábado Pomar, cuidaram da pintura de uma área interna da instituição e montaram novos brinquedos no Fundação Julita parquinho da creche. Realizaram, ainda, duas palestras: sobre orientação profissional e direito do consumidor. PricewaterhouseCoopers Os voluntários da Price ofereceram atividades recreativas, deram instruções para se montar um 13/09, sábado bom currículo e agir de maneira favorável em uma entrevista de emprego. Os jovens, por sua vez, Aldeia do Futuro promoveram uma oficina de produção de vídeo para os funcionários da empresa Rohm and Haas Os jovens beneficiados pela instituição foram divididos em oito salas para debates com os voluntários da 13/09, sábado Rohm and Haas sobre os temas: revitalização do Rio Paraíba, destino adequado do lixo, uso consciente JAM (Jacareí Ampara Menores) de água e energia, aquecimento global, extinção da flora e da fauna, reflorestamento e poluição. No fim, cada grupo construiu uma maquete sobre o assunto abordado com sucatas e a apresentou para todos os presentes. Os funcionários da empresa também promoveram palestras para as mães da comunidade sobre reaproveitamento de alimentos UWB Voluntários de diferentes empresas foram responsáveis por organizar e participar das atividades 13/09, sábado recreativas e das oficinas artísticas de pintura, argila e origami. Crianças entre 2 e 13 anos passaram a Lar do Caminho tarde desenhando e brincando de massinha 53 U N I T E D W AY B R A S I L
  • 51. Nossos Voluntários Saiba o que pensam e no que acreditam alguns dos voluntários da UWB. Arma contra a violência Felicidade com o diploma Melhorias em cadeia “Morei, dos 3 anos até os 29, em “É muito bom ver a evolução dos “Você sente um retorno enorme uma comunidade muito pobre do alunos do IVP a dedicação durante , em termos de satisfação e alegria Jardim São Luís, na zona sul de o curso e a felicidade ao receber de ver que outras pessoas estão São Paulo. O dia D foi quando meu o diploma. E tem a questão da tendo oportunidades e que vizinho, que crescera conosco, foi contribuição individual, em que você contribuiu para que isso assassinado brutalmente na frente cada um faz diferença: o voluntário acontecesse. Quando a sociedade de nossa casa, aos 21 anos, vítima muda a vida das pessoas, e melhora como um todo, o indivíduo da violência urbana. Na época, as pessoas mudam a vida do também melhora, o mundo melhora. eu era apenas um ano mais velha voluntário.” Uma coisa está conectada à outra.” do que ele. Muitos jovens são Betty Lilian Machlup, 39 anos, engenheira Carla de Sousa Fonseca Fernandes assassinados naquela região todos de produção da Johnson & Johnson. É Pereira, 47 anos, formada em administração os dias. Foi a morte de meu vizinho madrinha do abrigo Gotas de Flor com de empresas e trabalha no Morgan Stanley, que fez com que eu me dedicasse Amor, atua na Mentoria IVP e na Semana onde atua como coordenadora da área Caminhando Juntos. social, também participa das ações à comunidade”. desenvolvidas pela UWB, como a maratona Adriana das Graças Santos Oliveira, 32 Uma Semana Caminhando Juntos. anos, graduada em secretariado executivo bilíngüe e pós-graduada em administração com ênfase em marketing, assistente executiva da DuPont, representa a empresa no Comitê de Mobilização da UWB, participa do Agindo Juntos e da maratona Uma Semana Caminhando Juntos. 54 U N I T E D W AY B R A S I L
  • 52. Efeito comprovado Construção do futuro Retorno incondicional “O melhor retorno está nos olhares “Eu vejo jovens que já se formaram “Comecei a atuar como voluntária dos jovens e no compromisso em uma Mentoria e que voltam na UWB. Sempre quis fazer deles com o programa. Em 2008, para fazer outros cursos. Ou trabalho voluntário, mas nunca ministrei um módulo sobre como seja, eles continuam investindo soube como chegar à entidade economizar e usar o dinheiro de em si próprios. Fico muito feliz e certa. Com essa experiência, forma correta. Na maratona Uma emocionada por eles e pelo fato tenho aprendido que, quando Semana Caminhando Juntos, um de poder contribuir com esse você doa alguma coisa boa, você jovem me procurou, acompanhado crescimento. Na prática, é possível tem um retorno incondicional: sua de sua mãe, e agradeceu pela aula: ver jovens construindo um futuro própria satisfação. Acredito que a partir daquele dia, eles nunca por meio do aprendizado e do é fundamental que o candidato mais atrasaram as contas de casa conhecimento. Eles precisam de a voluntário passe por uma e estavam reduzindo o consumo de nós, e não imaginam como nós, preparação, como a que a UWB energia e de água.” voluntários, também precisamos fornece, e escolha algo que lhe dê deles.” prazer. Se isso não acontecer, o Edilson Rodrigues Machado, 25 anos, engenheiro de projetos da Rohm and Haas, voluntário pode mais atrapalhar do Edna Trevisan, formada em administração formado em engenharia, mentor desde 2008. de empresas, pós-graduada em direito que ajudar” empresarial e analista administrativa sênior Lissette Amado, formada em letras, pós- da Nalco. É mentora do IVP há um ano e graduada em marketing e coordenadora também participa da maratona Uma Semana de comunicação para a América Latina da Caminhando Juntos. Rohm and Haas. Participa da maratona Uma Semana Caminhando Juntos e integra o Comitê de Comunicação da UWB. 55 U N I T E D W AY B R A S I L
  • 53. Realização pessoal Por direitos e sonhos Salas de estudo e material “A Mentoria é muito envolvente. “O que me leva ao voluntariado “O principal desafio a ser vencido Recomendo a outros profissionais, é a possibilidade de ajudar a pelas ações de voluntariado é a pois, apesar de demandar alguma construir uma sociedade mais falta de recursos e de estrutura. preparação para as aulas, você consciente e capacitada para No caso das Mentorias da UWB, sente que os jovens se interessam lutar pelos seus direitos e sonhos. não temos esse problema. A e se dedicam muito para estar ali Neste contexto, o programa IVP da , PwC, por exemplo, cede salas de nos fins de semana. Além disso, o UWB, conscientiza os jovens sobre estudo e material, mas se isso programa da UWB e a organização a importância do estudo em suas não fosse feito, os jovens não são flexíveis: acomodam as vidas.” teriam como cobrir esses gastos. agendas e a disponibilidade de Muitas empresas ainda avaliam Silvia Satie Yoshikawa de Oliveira, 27 anos, tempo dos voluntários.” formada em engenharia elétrica, é funcionária que se o retorno não for imediato, do Morgan Stanley e mentora do IVP desde o o investimento não vale a pena. Roberto Hun, 40 anos, vice-presidente de segundo semestre de 2007. Elas não enxergam a retribuição finanças da DuPont América Latina, formado em administração de empresas, mentor do que a sociedade lhe dá por sua IVP desde 2008. colaboração.” Victor Castro Reis, 26 anos, formado em ciências contábeis, auditor da PricewaterhouseCoopers. Tornou-se voluntário em 2008, como mentor do IVP. 56 U N I T E D W AY B R A S I L
  • 54. Atividades Administrativas - 2008 Programa de Transferência Internacional de Recursos UWB possui um programa de transferência internacional fiscaliza e gerencia a utilização da verba. E, na hora da de recursos, por meio do qual promove a execução e prestação de contas, apresenta um feedback tanto para facilita o gerenciamento dos investimentos de empresas e UWW como para o investidor social. A UWB também se cidadãos americanos em projetos sociais no Brasil. coloca à disposição para buscar e selecionar no Brasil projetos que atendam às intenções do departamento de O doador dos EUA que queira financiar iniciativas em responsabilidade social de empresas americanas. território brasileiro recorrerá a uma legislação americana, a chamada Lei da Caridade, 501 C3. Ela prevê isenção A terceira opção é o doador investir nos projetos total do valor doado – desde que respeitado o limite de apoiados pela própria UWB. “Em qualquer situação, o que 50% do imposto de renda devido ao Tesouro Americano – podemos garantir é que um cidadão ou uma companhia e inclui casos em que o dinheiro é destinado a ações dos EUA empregarão seus recursos aqui numa instituição no exterior. séria e com toda a segurança; afinal, temos expertise para cumprir adequadamente essa tarefa”, afirma Patrícia O trâmite acontece via United Way Worldwide, que recebe Diniz, gerente de Comunicação e de Relacionamento com os recursos nos EUA e os transfere para o escritório da Empresas da UWB. United Way no Brasil. Isso é possível exatamente pelo fato da United Way ser uma rede internacional. Uma vez de Em se tratando de uma empresa com filial no Brasil, posse do dinheiro, já convertido em moeda local, a UWB a gerente explica que sua equipe faz a gestão de cuida de repassá-lo a ONGs selecionadas pelo doador. relacionamento entre a matriz, os departamentos Estas, por sua vez, devem ser comprovadamente sem fins responsáveis pelo investimento social no país e as ONGs. lucrativos, políticos ou religiosos para se beneficiarem. A Metlife Foundation realizou esse tipo de transferência em 2008. “A companhia resolveu investir aqui e confiou Há situações em que o doador define de antemão a nos nossos projetos”, conta Patrícia. “O contato entre a instituição que receberá seu apoio. Nesse caso, a equipe UWB e a matriz americana fez com que a filial brasileira da United Way investiga previamente a idoneidade da também viesse a conhecer o trabalho desenvolvido pela instituição recebedora, auxilia a entidade a preencher a nossa entidade.” documentação necessária, fazendo, inclusive, versão de formulários e relatórios para o inglês. Além disso, a UWB 57 U N I T E D W AY B R A S I L
  • 55. RELAÇÃO DE TRANSFERÊNCIAS INTERNACIONAIS EM 2008 Projeto/ONG Empresa Área de Atuação Valor (R$) Instituto Usina do Oficio Caterpillar Educação/esporte com foco em crianças 187.680 Projetos de voluntariado GM Educação 46.304 Apoio aos Programas de Capacitação Metllife,Credit Suisse e UWB Profissional e Voluntariado e Despesas 236.299 Caterpillar Administrativas Outros Outros Educação 17.890 TOTAL 488.173 58 U N I T E D W AY B R A S I L
  • 56. Investimento em Comunicação Em busca de mais transparência perante A UWB retomou suas ações contínuas de de eventos da UWB, mas as informações seus investidores e apoiadores, em 2008, comunicação a partir de setembro de 2008. de como os investimentos estão sendo a UWB retomou, ampliou e fortaleceu seu Uma das ações de mais impacto foi passar efetivamente empregados nos projetos diálogo com a sociedade civil. A constatação a distribuir quinzenalmente um boletim e os resultados obtidos. Outro objetivo é dessa necessidade surgiu em junho, quando eletrônico informativo, que presta contas e atrair ainda mais voluntários e doadores e, um gap analysis – relatório produzido pela relata as novidades a seus colaboradores, assim, ampliar o alcance do trabalho da PricewaterhouseCoopers para diagnosticar integrantes de projetos apoiados e rede de entidade. Os representantes das instituições e avaliar a situação da ONG –, apontou a contatos do Terceiro Setor. “A comunicação é beneficiadas e os jovens ligados a elas comunicação como área que merecia o caminho para mostrar tudo de bom que a também estão na pauta das reportagens mais atenção. United Way realiza no Brasil”, defende José publicadas. Magalhães Fernandes. A partir desse ponto, a estratégia de Na mesma época, a entidade informou comunicação foi totalmente revista. As Também a partir de setembro, o site amplamente à mídia do país sobre a adoção mudanças começaram com a formação oficial (www.unitedwaybrasil.org.br) sofreu do nome internacional (United Way Brasil) e de um comitê específico, liderado por José reformulação completa, adotando o padrão seu foco de trabalho. A imprensa brasileira Magalhães Fernandes, então presidente estético recomendado pela United Way foi comunicada por meio de press-releases. da Rohm and Haas, e composto por Worldwide. A unidade brasileira foi a primeira O mesmo aconteceu durante a divulgação representantes de departamentos de na América Latina a adotar o manual da maratona de voluntariado Uma Semana comunicação de empresas associadas. de identidade da rede internacional. O Caminhando Juntos. Como resultado, a O Comitê de Comunicação dedicou-se a conteúdo passou a ser atualizado uma vez UWB alcançou visibilidade, sendo assunto desenvolver estratégias para avaliar como a cada quinze dias, e a incluir documentos em importantes veículos de comunicação, a UWB era vista pelas empresas e o que a essenciais à transparência, como o relatório como o jornal Valor Econômico, afiliadas da organização poderia fazer para melhorar social e as contas auditadas da ONG. Rede Globo no Estado de São Paulo e sites nesse âmbito. voltados ao Terceiro Setor, a exemplo do Tanto o boletim eletrônico, que em 2008 Rede Jovem e do GIFE (Grupo de Institutos teve sete edições, como o site têm a função Fundações e Empresas). de levar ao leitor não somente a agenda 59 U N I T E D W AY B R A S I L
  • 57. Mudanças Estruturais Alterações na estrutura da organização e com foco em planejamento e em resultados. Os três núcleos principais da UWB na configuração da equipe levaram ainda Assumiu o posto o executivo Fabio Cornibert, (Programas, Parcerias e Alianças; mais profissionalismo à UWB em 2008. A formado em economia, pós-graduado em Comunicação e Relacionamento com área administrativa passou por um processo finanças e com experiência acumulada na Empresas; Administrativo e Voluntariado) de reorganização, e, no mês de agosto, a administração de grandes empresas. “A tornaram-se cargos de gerência, e não mais instituição começou a contar, pela primeira proposta era tornar as decisões mais ágeis de coordenação. Além da mudança de vez, com a figura de um gerente geral e alinhadas, e fazer a equipe trabalhar pelo nome, os ocupantes dos postos passaram totalmente dedicado ao cargo. Antes, a cumprimento de metas”, explica Cornibert. a ter em seu escopo uma carga maior função era ocupada de forma voluntária por Com os aspectos operacionais e de gestão de responsabilidade. Em contrapartida, integrantes do Conselho Deliberativo. consolidados, o Conselho Deliberativo da ganharam mais liberdade – na gestão e no UWB passou a ter mais disponibilidade planejamento global – e total integração e O objetivo da criação do cargo foi agregar para focar seus trabalhos na criação de interatividade. ao corpo técnico da UWB uma nova visão, estratégias. Investimento na Primeira Infância Em 2008, a UWB trabalhou no planejamento mais probabilidade de sucesso na vida Outra novidade é que as parcerias para para englobar uma nova frente de trabalho. escolar e nas relações sociais”, afirma. a realização de projetos não serão mais Visando promover a melhoria da qualidade Segundo James Heckman, ganhador do firmadas apenas com ONGs. “Saímos de vida de crianças brasileiras de 0 a 6 anos Prêmio Nobel de Economia, a cada um dólar de uma visão de apoio às organizações de idade – a chamada Primeira Infância –, a aplicado em atividades com crianças abaixo de base comunitária para uma visão de UWB se preparou para iniciar, em 2009, uma de 6 anos, serão economizados cerca de apoio à comunidade”, afirma a gerente de nova janela de investimento nessa faixa etária. oito dólares para seu desenvolvimento na Comunicação e de Relacionamento com adolescência. Empresas, Patrícia Diniz. “Se, naquela Fernanda Rezende Vidigal, gerente de comunidade, quem trabalha bem com a Programas, Parcerias e Alianças da UWB, O objetivo central da nova linha de juventude é uma escola, então apoiaremos explica que os primeiros seis anos de vida apoio a projetos da UWB é promover o essa instituição de ensino”. A UWB também são considerados a pedra fundamental para desenvolvimento integral de crianças em pretende travar mais contato com órgãos o pleno desenvolvimento de uma pessoa. situação de vulnerabilidade social, focando públicos, sobretudo com Secretarias de “Se bem estimulada, a criança desenvolve na aprendizagem e na socialização desses Assistência Social. diferentes linguagens e habilidades, tendo indivíduos durante toda a vida. 60 U N I T E D W AY B R A S I L
  • 58. Plano Estratégico: 2009-2013 Planejamento foi a palavra-chave durante 2008 na UWB. saúde”, explica Fabio Cornibert. A expectativa é aumentar Sob a gestão do novo gerente geral, a organização o número de empresas associadas nos próximos anos e ganhou um plano estratégico que demarca os objetivos a chegar em 2013 com 150 companhias investidoras. serem alcançados até o ano de 2013. O plano foi discutido na reunião da United Way da O documento reúne metas ambiciosas para todas América Latina, realizada na Colômbia. Lá, recebeu as áreas da UWB, conforme explica o gerente geral elogios de líderes internacionais, pois vai ao encontro da instituição. “Vamos investir no crescimento da dos princípios globais da instituição. O último dia desta organização no Brasil. Queremos estar presentes em reunião foi reservado para que cada filial United Way mais cidades brasileiras e ser referência na gestão de pensasse nas suas ações e no seu desenvolvimento futuro. programas nas áreas de educação, geração de renda e “O novo plano estratégico da UWB estabelece a rota de transição gradual para alcançar o objetivo de se tornar uma referência na United Way Worldwide. A contrapartida será a de ajudar a prover a filial brasileira com conhecimento global, recursos e rede de contatos para beneficiar comunidades locais e maximizar os investimentos no Brasil.” Jorge Uribe, presidente da América Latina da Procter&Gamble, membro do board da United Way Worldwide e um dos executivos que colaboraram para a criação da seção brasileira da United Way. 61 U N I T E D W AY B R A S I L
  • 59. Presença em Eventos Internacionais Integrantes das unidades da United Way no mundo se encontram periodicamente para trocar experiências e estabelecer estratégias em conjunto. No ano de 2008, a equipe da UWB participou de dois desses eventos: o Global Summit 2008, no Canadá, e a 7ª. Reunião Regional da América Latina, na Colômbia. Global Summit 2008 Trata-se de um encontro bianual, composto provocar mudanças autênticas e perenes de plenárias e fóruns, cujo objetivo é nas comunidades e de levar adiante um compartilhar idéias e experiências, além de programa de voluntariado verdadeiramente definir os rumos mundiais da organização. participativo, com representantes das Representantes de 42 filiais se reuniram, em empresas associadas e das comunidades junho de 2008, em Vancouver, no Canadá. abrangidas. Como desafio a ser vencido, Pela primeira vez, a UWB foi representada ficou a necessidade de expandir o raio de por seu corpo técnico, e não apenas por um ação e passar a atuar em outras regiões do executivo de uma das empresas associadas. país. A unidade brasileira levou informações sobre Dentre os caminhos para melhorar a atuação os projetos apoiados no país, apresentando- da UWB, colocou-se a necessidade de os aos demais representantes em uma aproveitar melhor a rede internacional plenária. Tais projetos foram apontados como para atrair para o país as empresas corretos do ponto de vista técnico. A entidade instaladas aqui que já participam da United brasileira saiu do Canadá bem avaliada em Way no exterior (na matriz ou em filiais parâmetros fundamentais, como impacto espalhadas pelo mundo), assim como comunitário e voluntariado. promover a transferência de tecnologia social e de aprendizados diversos, inclusive Isto serviu para mostrar que o trabalho administrativos, de outros países para cá. no Brasil encontra-se alinhado com o horizonte da United Way Worldwide, de 62 U N I T E D W AY B R A S I L
  • 60. 7ª. Reunião Regional da América Latina Esse fórum anual reúne corpo técnico, voluntários às novas recomendações desde agosto de 2008, e empresários ligados às filiais United Way latino- quando abriu mão do nome Associação Caminhando americanas, os quais têm a oportunidade de encontrar Juntos e escolheu United Way Brasil. A equipe brasileira formas de vencer seus desafios e de expandir detalhou como foi o processo de mudança e os conhecimento, compartilhando idéias e discutindo formas benefícios alcançados, caso da melhoria da penetração de trabalho em conjunto. nas empresas de origem norte-americana, devido ao reconhecimento imediato da marca. Em outubro de 2008, estiveram presentes em Medellín, na Colômbia, 54 representantes das organizações O último dia da Reunião Regional foi dedicado a pensar afiliadas à United Way de outros 12 países, além do o desenvolvimento da United Way até o ano de 2013. Brasil: Argentina, Chile, Colômbia, Costa Rica, Equador, Cada país apresentou suas metas. O conteúdo do plano Guatemala, Jamaica, México, Nicarágua, Peru, Venezuela estratégico da entidade brasileira foi discutido e recebeu e Estados Unidos. Todos participaram de oficinas e elogios de líderes da United Way Worldwide, pois está palestras sobre a obtenção de recursos e procedimentos alinhado aos princípios globais da instituição. de doações, assim como de discussões sobre o impacto na sociedade das ações sociais por elas apoiadas. Na avaliação da equipe brasileira, o desafio que surgiu deste encontro foi a necessidade de expandir suas Com relação à marca United Way, ficou decidido que atividades e de fortalecer sua representatividade. A deve haver uma padronização, a fim de facilitar a próxima Reunião Regional da América Latina está identificação da entidade em todo o mundo. Os nomes marcada para acontecer em outubro de 2009, em São locais podem ser mantidos, mas todos devem ser Paulo (SP). Pela primeira vez o Brasil será anfitrião associados, segundo parâmetros pré-estabelecidos, ao do evento. selo United Way. O Brasil saiu na frente neste aspecto, pois a identidade da organização já havia sido adequada 63 U N I T E D W AY B R A S I L
  • 61. Atuação do Conselho As empresas associadas e colaboradoras da UWB Mas as responsabilidades não param por aí: os contribuem com recursos financeiros, estimulam a conselheiros são a ponte entre a UWB e os funcionários participação de mão-de-obra voluntária e também podem investidores, à medida que devem fomentar e catalisar as participar de perto da administração da organização, ações da organização nas empresas em que trabalham. indicando integrantes para o Conselho Deliberativo. Isso inclui, por exemplo, divulgar atividades e estimular o engajamento em campanhas e projetos de voluntariado. No total, até 12 integrantes compõem esse Conselho E, uma vez que são ocupantes de cargos de direção em e cumprem um mandato de, pelo menos, três anos. empresas reconhecidas em todo o país, devem, ainda, Obrigatoriamente, eles ocupam cargos de alta direção utilizar seus conhecimentos para divulgar o trabalho da nas empresas – como o de diretor, vice-presidente e UWB para outras companhias que estejam ligadas às presidente. Também há espaço para convidados, desde suas respectivas cadeias de valor, como fornecedores que tenham conhecimento comprovado nas áreas ou clientes. de juventude ou infância e que possam colaborar na discussão de novos programas. Nesta configuração, os Em 2008, o Conselho Deliberativo teve dois momentos indicados estão comumente ligados a organizações de de destaque. Em agosto, tornou-se responsável por Terceiro Setor não vinculadas à UWB. indicar, apoiar e avaliar o gerente geral da UWB. Antes, o cargo era ocupado voluntariamente por um conselheiro. Os conselheiros prestam um serviço voluntário e se Em dezembro, os integrantes do Conselho passaram reúnem, em média, a cada dois meses, na sede de uma a firmar um Termo de Compromisso, como forma de das empresas associadas. Nessas ocasiões, discutem reforçar ainda mais seu engajamento, papel de liderança, e definem, por exemplo, o planejamento estratégico articulação dentro de suas empresas e na busca da UWB. Outra atribuição é operar como guardiães contínua por novas companhias associadas. Segundo o da missão da entidade, avaliando se os projetos em Termo, cada conselheiro se compromete a intermediar o andamento estão de acordo com o perfil já determinado encontro da equipe técnica da UWB com ao menos três e se novas idéias sugeridas representam o interesse do empresas por ano. funcionário investidor social. Esse Termo de Compromisso foi criado ao mesmo O Conselho tem, ainda, a função de assegurar tempo em que a UWB firmou uma série de preceitos de uma gestão eficiente dos recursos obtidos. Toda atitudes ao aprovar seu “Código de Ética”. Trata-se de a movimentação financeira lhe é periodicamente um documento que contém os valores que norteiam a apresentada para análise e fiscalização dos balanços. atuação da organização e seus princípios de trabalho, Essa é uma das formas de se manter a transparência da desde o tipo de organização administrativa, até ações de instituição nesse quesito. responsabilidade financeira e legal. 64 U N I T E D W AY B R A S I L
  • 62. RESPONSABILIDADES DO CONSELHO • Determinar a missão e os propósitos da organização • Selecionar o gerente geral • Apoiar o gerente geral e avaliar seu desempenho • Assegurar um planejamento eficaz da organização • Assegurar recursos adequados • Assegurar uma gestão eficiente dos recursos • Determinar e supervisionar os programas e serviços da organização • Melhorar a imagem pública da organização • Coordenar e apoiar as atividades da organização na sua empresa • Identificar novas empresas que possam se associar à organização e promover o processo de associação das mesmas 65 U N I T E D W AY B R A S I L
  • 63. Palavra dos Conselheiros “O ano de 2008 foi de desafios e mudanças. Alteramos nossa identidade (de ACJ para UWB), estruturamos a organização para iniciar uma etapa significativa de crescimento e também deixamos claras nossas metas, visão e missão. E agora queremos mais: mais empresas, mais participação dos colaboradores das empresas, mais voluntários, mais regiões geográficas e mais pessoas beneficiadas.” John Julio Jansen, administrador de empresas, diretor de Negócios e Tecnologia da DuPont. “Há muito trabalho a ser feito, mas tenho certeza de que seguimos no caminho certo, e as perspectivas são excelentes. Estamos ampliando a abrangência da UWB em diversas cidades brasileiras, levando conhecimento de um lugar ao outro e fazendo parcerias com mais entidades, aumentando, assim, nossa rede e formando cidadãos mais bem preparados para o futuro.” José Magalhães Fernandes, administrador de empresas com MBA em Negócios Internacionais pela Temple University, presidente da Rohm and Haas no Brasil. 66 U N I T E D W AY B R A S I L
  • 64. “Os grandes desafios que a UWB enfrentará nos próximos anos são a geração de visibilidade para sua marca e trabalho no mercado, assim como a atração de novos associados. E contar com um Conselho engajado será fundamental para realizar tais objetivos.” Lisa Polloni, 46 anos, formada em publicidade e ciências políticas, diretora de Relações Externas da Procter&Gamble. “Atuo há quatro anos como conselheiro da UWB na área fiscal, que é essencial a qualquer entidade que almeje respeito e atrair colaboradores e financiadores, dando-lhes o conforto de que tudo funciona bem, sem abusos. O objetivo é termos cada vez mais transparência na administração da UWB. Isso é sempre positivo para a entidade, as empresas associadas, os apoiadores e mesmo as organizações beneficiadas. Transparência cria confiança.” Raphael de Cunto, advogado, sócio do escritório Pinheiro Neto Advogados. 67 U N I T E D W AY B R A S I L
  • 65. Relatório da Auditoria Financeira O relatório financeiro auditado de 2008 da United Way Brasil foi realizado pela Deloitte Touche Tohmatsu Auditores Independentes, que desde 2002 faz esse trabalho pro bono. Ele está disponível no site: www.unitedwaybrasil.org.br. Balanços Patrimoniais levantados em 31 de dezembro de 2008 e 2009 (Valores expressos em Reais - R$) ATIVO 2008 2007 CIRCULANTE Caixa e bancos 38.156 109.818 Aplicações Financeiras 743.272 413.318 Total do Ativo Circulante 488.173 488.173 NÃO CIRCULANTE Imobilizado 17.133 7.575 Total do Ativo 17.133 7.575 PASSIVO E PATRIMÔNIO SOCIAL CIRCULANTE Contas a pagar 6.999 78.299 Provisão de férias e encargos 33.888 26.621 Contribuições e encargos a recolher 12.908 13.004 Total do Passivo Circulante 735.103 121.593 PATRIMÔNIO SOCIAL 735.103 409.118 Total Passivo e Patrimônio Social 798.561 530.711 68 U N I T E D W AY B R A S I L
  • 66. Demonstrações do Superávit (Déficit) para os exercícios findos em 31 de dezembro de 2008 e de 2007 (Valores expressos em Reais - R$) RECEITAS 2008 2007 (Reclassificada) RECEITAS Doações pessoas físicas 469.432 304.026 Doações pessoas jurídicas 413.074 583.588 Doações United Way 488.173 376.111 Receitas financeiras 62.790 30.805 Total das Receitas 1.433.469 1.294.530 INVESTIMENTOS EM PROJETOS Investimentos United Way (205.350) (311.458) Programas, voluntariado e mentoria (551.998) (517.144) Total dos Investimentos em Projetos (757.348) (828.602) DESPESAS Salários e encargos (73.393) (343.383) Despesas administrativas (108.523) (47.139) Despesas de apoio (141.198) - Aluguéis (24.939) (12.933) Propaganda e publicidade - (1.138) Depreciações (2.083) (1.388) Ajustes - recursos de projetos - (83.000) Total das Despesas (350.136) (488.981) SUPERÁVIT (DÉFICIT) DO EXERCÍO 325.985 (23.053) 69 U N I T E D W AY B R A S I L
  • 67. Doações Pessoa Física (Valores expressos em Reais - R$) 2008 2007 (Reclassificada) Credit Suisse Brasil S.A. 160.093 28.440 Morgan Stanley Dean Witter do Brasil Ltda. 77.406 64.306 PricewaterhouseCoopers Auditores Independentes 75.460 28.362 Grupo DuPont do Brasil 34.723 53.844 Rohm and Haas Química Ltda. 42.124 44.841 Procter&Gamble do Brasil & Cia. 29.186 42.444 Pinheiro Neto Advogados 14.126 15.964 Nalco do Brasil 9.814 - EDS - Eletronic Data Systems do Brasil Ltda. 9.580 10.900 Brasil Invista Nylon Sulamericana 4.460 11.249 Johnson & Johnson Comércio e Distribuição Ltda. - 320 Doadores diversos 12.460 3.356 TOTAL 469.432 304.026 70 U N I T E D W AY B R A S I L
  • 68. Doações Pessoa Jurídica (Valores expressos em Reais - R$) 2008 2007 (Reclassificada) Johnson & Johnson Comércio e Distribuição Ltda. 100.000 100.500 Morgan Stanley Dean Witter do Brasil Ltda. 77.805 91.867 Credit Suisse Brasil S.A. 75.695 44.110 Grupo DuPont do Brasil 42.598 71.445 Rohm and Haas Química Ltda. 42.214 45.540 Procter&Gamble do Brasil & Cia. 23.939 111.666 Pinheiro Neto Advogados 19.116 20.697 PricewaterhouseCoopers Auditores Independentes 17.744 13.531 Brasil Invista Nylon Sulamericana 4.289 3.907 Baxter Brasil 2.500 - Nalco do Brasil 1.685 53.990 Instituto Credicard - 15.747 Okto Tecnologia - 4.112 Laboratórios Pfizer Ltda. - 5.000 Doadores diversos 5.489 1.476 TOTAL 413.074 583.588 71 U N I T E D W AY B R A S I L
  • 69. Doações e Investimentos United Way (Valores expressos em reais - R$) 2008 2007 Investimentos Investimentos Doações Saldo Doações Saldo em Projetos em Projetos Instituto Usina do Oficio 187.680 -187.680 - - - - Fundação de Apoio à Universidade - - - 153.365 -153.365 - de São Paulo GAIA - Grupo de Aplicação - - - 67.375 -66.970 405 Insterdisciplinar e Aprendizagem Associação de Assistência ao Adolescente - - - 40.340 -40.340 - Associação Comuinitária Desperta - - - 30.246 -30.246 - Programa de Voluntariado GM 46.304 - 46.304 21.343 - 21.343 United Way Brasil (*) 236.299 - 236.299 63.442 -20.537 42.905 Outros 17.890 -17.670 220 - - - TOTAL 488.173 -205.350 282.823 376.111 -311.458 64.653 72 U N I T E D W AY B R A S I L
  • 70. Investimentos em Programas, Voluntariado e Mentorias (Valores expressos em Reais - R$) PROGRAMAS 2008 2007 Despesas de gestão geral dos programas 154.295 - Feira Zona Leste 60.665 - Ashoka Brasil 8.503 42.000 Fundação Julita 23.553 - Centro de instruções e socorros 14.556 - UNAS 22.999 39.669 Conexão 34.358 - Fundação Educar 13.200 - Associação Cultural Pró-Morato 398 45.050 Ação Comunitária Paroquial Jd. Colonial - 70.625 Jam Mantenedora - 40.783 Obra do Berço - 46.530 Associação Lua Nova - 19.466 GRAAC - Grupo de Apoio ao Adolescente - 2.250 e à Criança com Câncer Aldeia do Futuro - 27.700 Associação de Form. Reeducação - 23.724 Capacitação técnica e eventos 39.513 105.945 Subtotal 372.040 463.992 73 U N I T E D W AY B R A S I L
  • 71. VOLUNTARIADO 2008 2007 Despesas de gestão geral do voluntariado 58.844 - Agindo Juntos 10.981 - Investir Vale a Pena 31.617 - Um Dia Caminhando Juntos 22.478 - Mentorias 47.947 39.517 Outros 8.091 13.635 Subtotal 179.958 53.152 TOTAL DE INVESTIMENTOS EM PROGRAMAS, 551.998 517.144 VOLUNTARIADO E MENTORIAS Despesas de Apoio (Valores expressos em Reais - R$) 2008 Despesas com marketing da UWB 50.851 Despesas com publicações 12.667 Despesas com captação 23.881 Despesas com parcerias e alianças 47.957 Despesas com comitês 5.842 TOTAL 141.198 74 U N I T E D W AY B R A S I L
  • 72. Carta do Gerente Geral Alinhar prioridades, estabelecer metas, • iniciar a expansão para outras cidades/ desenhar o futuro. Essas tarefas marcaram estados, começando pelo Programa de o ano de 2008 na United Way Brasil. Foi um Voluntariado Corporativo, que é suportado período de reestruturação da gestão e, acima pelas empresas associadas; de tudo, de planejamento. A equipe refletiu sobre os aprendizados, apontou melhorias • implementar com maestria os necessárias e arquitetou os novos desafios, programas voltados à primeira infância que visam à expansão de nosso trabalho pelo e de aperfeiçoamento organizacional/ país nos próximos anos. processual das ONGs – visando à melhoria da capacitação profissional dos jovens –, Na prática, realizamos um meticuloso além da busca de alianças que facilitem Para cada meta que consta no plano, diagnóstico, redistribuímos tarefas, a empregabilidade desses beneficiados; há métricas específicas, que ajudarão estabelecemos mecanismos internos de a mensurar os objetivos alcançados no previsibilidade e análise de resultados das • tornar a United Way Brasil uma referência nacional com o Programa de Voluntariado decorrer do tempo. Vale destacar também ações de cada área, revimos orçamentos e que, mais do que bons ideais, esses terminamos 2008 com um plano estratégico, Corporativo; parâmetros resultaram do amadurecimento e aprovado pelo nosso Conselho. Trata-se de • alcançar o reconhecimento, pela United da experiência acumulados desde 2001 com um mapa dos caminhos a trilhar até 2013, Way Worldwide, como benchmarking. o apoio sistemático a projetos de formação com objetivos claros e metas alinhadas nas da juventude popular urbana para sua diferentes áreas da instituição: programas; E como todo o caminho tem de ser percorrido inclusão profissional qualificada no mercado. parcerias e alianças; voluntariado; quilômetro a quilômetro, passo a passo, comunicação; relacionamento com empresas estabelecemos horizontes a conquistar em Em convergência com esta visão, cada uma e captação de recursos; administração, diferentes etapas nos próximos anos e que das áreas da United Way Brasil assumiu o finanças e RH. contemplam: compromisso de implantar com dedicação as metas e os objetivos estabelecidos. Dentro do nosso plano estratégico, ficou • concepção de um programa de troca de É o espírito de colaboração que vem estabelecido principalmente que nos boas práticas de investimento social guiando a equipe, na intenção de efetivar empenharemos para: privado entre as empresas associadas; o fortalecimento de comunidades e de • elevar a receita anual da organização, por • estabelecimento de parcerias com outras promover transformações sociais neste país. meio da associação de novas empresas organizações para influenciar as políticas Um forte abraço, e de um agressivo plano de contribuição públicas sobre crianças e jovens; individual; Fabio Cornibert • futura medição, por avaliadores externos, do impacto do programa de nossas ações Gerente Geral nas comunidades. United Way Brasil 75 U N I T E D W AY B R A S I L
  • 73. Equipe CONSELHO CONSELHEIROS EQUIPE TÉCNICA DELIBERATIVO Fernanda Fabregues Gerente Geral PRESIDENTE Nalco Fabio Cornibert Mark Vogt PricewaterhouseCoopers Fernando Paiva Gerente Administrativa e de Voluntariado DVA Brasil Paula Crenn Pisaneschi VICE-PRESIDENTE John Jansen José Magalhães Fernandes Gerente de Comunicação e de Relacionamento com Empresas DuPont Dow Brasil Patricia Diniz Laércio Scuccuglia Filho Gerente de Programas, Parcerias e Alianças CONSELHO FISCAL Morgan Stanley Fernanda Rezende Vidigal Haroldo Leite Lisa Polloni Analista de Programas, Parcerias e Alianças Morgan Stanley Procter&Gamble Joelma Ambrózio Helio Almeida Nilson Gomes Assistente de Voluntariado PricewaterhouseCoopers Johnson &Johnson Henrique Generezi Raphael de Cunto Rogério Arns Assistente Administrativo Pinheiro Neto Fundação Odebrecht Diana Caroline Miranda do Nascimento Sérgio Pinheiro Marçal Consultora Técnica-Pedagógica DIRETOR EXECUTIVO Pinheiro Neto Sandra Luzia Mello de Carvalho José Moises Arana Assistente Regional Ribeirão Preto Transway Ana Maria M. Marinheiro 76 U N I T E D W AY B R A S I L
  • 74. Rua Com. Miguel Calfat, 128 salas 801 e 802 Vila Olímpia São Paulo SP tel: (11) 3845-1170 contato@unitedwaybrasil.org.br www.unitedwaybrasil.org.br

×