Your SlideShare is downloading. ×
0
Reunião diretores 27 09
Reunião diretores 27 09
Reunião diretores 27 09
Reunião diretores 27 09
Reunião diretores 27 09
Reunião diretores 27 09
Reunião diretores 27 09
Reunião diretores 27 09
Reunião diretores 27 09
Reunião diretores 27 09
Reunião diretores 27 09
Reunião diretores 27 09
Reunião diretores 27 09
Reunião diretores 27 09
Reunião diretores 27 09
Reunião diretores 27 09
Reunião diretores 27 09
Reunião diretores 27 09
Reunião diretores 27 09
Reunião diretores 27 09
Reunião diretores 27 09
Reunião diretores 27 09
Reunião diretores 27 09
Reunião diretores 27 09
Reunião diretores 27 09
Reunião diretores 27 09
Reunião diretores 27 09
Reunião diretores 27 09
Reunião diretores 27 09
Reunião diretores 27 09
Reunião diretores 27 09
Reunião diretores 27 09
Reunião diretores 27 09
Reunião diretores 27 09
Reunião diretores 27 09
Reunião diretores 27 09
Reunião diretores 27 09
Reunião diretores 27 09
Reunião diretores 27 09
Reunião diretores 27 09
Reunião diretores 27 09
Reunião diretores 27 09
Reunião diretores 27 09
Reunião diretores 27 09
Reunião diretores 27 09
Reunião diretores 27 09
Reunião diretores 27 09
Reunião diretores 27 09
Reunião diretores 27 09
Reunião diretores 27 09
Reunião diretores 27 09
Reunião diretores 27 09
Reunião diretores 27 09
Reunião diretores 27 09
Reunião diretores 27 09
Reunião diretores 27 09
Reunião diretores 27 09
Reunião diretores 27 09
Reunião diretores 27 09
Reunião diretores 27 09
Reunião diretores 27 09
Reunião diretores 27 09
Reunião diretores 27 09
Reunião diretores 27 09
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Thanks for flagging this SlideShare!

Oops! An error has occurred.

×
Saving this for later? Get the SlideShare app to save on your phone or tablet. Read anywhere, anytime – even offline.
Text the download link to your phone
Standard text messaging rates apply

Reunião diretores 27 09

3,431

Published on

0 Comments
3 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

No Downloads
Views
Total Views
3,431
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
4
Actions
Shares
0
Downloads
52
Comments
0
Likes
3
Embeds 0
No embeds

Report content
Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
No notes for slide

Transcript

  • 1. Reunião com Diretores de Escola 27-09-2011
  • 2. Pauta <ul><li>Encontro com Secretário da Educação. </li></ul><ul><li>Progressão continuada da aprendizagem no ensino fundamental organizado em três ciclos. </li></ul><ul><li>Ensino Médio : Matriz Curricular. </li></ul><ul><li>Educação integral: Escola de Tempo Integral/ Aluno em Tempo Integral. </li></ul>
  • 3. Encontro com Secretário da Educação. <ul><li>Data provável: 11/11/2011 </li></ul><ul><li>Público : </li></ul><ul><li>-> 2 Supervisores de Ensino ( Liliana e Damião); 2 PCOPs ; 1 Diretor de Escola com Ciclo I ; 1 Diretor de Escola com Ciclo II ; 1 Diretor de Escola com Ensino Médio ; 1 PC do Ciclo I ; 1 PC do Ciclo II ; 1 PC do Ensino Médio ; 1 PEB do Ciclo I ; 1 PEB do Ciclo II; 1 PEB do Ensino Médio ; 1 Assistente de Planejamento (Joana ) </li></ul>
  • 4. Encontro com Secretário da Educação. <ul><li>Cronograma </li></ul><ul><li>-> Até 7/10 , discussão dos três documentos na U.E. </li></ul><ul><li>Obs: Foco no aspecto pedagógico, apontando dúvidas e sugestões que possam contribuir para melhor explicitação das propostas apresentadas. </li></ul><ul><li>-> de 10 a 14/10 , reuniões da DERC, para elaboração de documento a ser discutido no pólo e, posteriormente apresentado ao Secretário. </li></ul><ul><li>-> Até 14/10 escolha de 1 representante da DE, por documento, para discussão no pólo. </li></ul>
  • 5. Encontro com Secretário da Educação. <ul><li>Discutir os 3 documentos em HTPC, elaborando ata da discussão, com assinatura de todos os participantes. </li></ul><ul><li>Apresentar ao supervisor de ensino cópia das atas citadas no item anterior. </li></ul>
  • 6. PROGRESSÃO CONTINUADA DA APRENDIZAGEM NO ENSINO FUNDAMENTAL ORGANIZADO EM TRÊS CICLOS
  • 7. Participação dos Educadores na reorganização do Ensino Fundamental em Ciclos <ul><li>Marco: Elaboração do documento “Por uma Educação Básica de Qualidade” </li></ul><ul><ul><li>Participação em quatro espaços institucionais: </li></ul></ul><ul><ul><ul><li>Escolas, </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>DEs, </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>COGSP E CEI </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>Grupo de Trabalho, criado no âmbito da CENP </li></ul></ul></ul><ul><ul><li>Escolas tiveram aproximadamente dois meses para realizar a discussão e encaminhar os resultados às Diretorias </li></ul></ul><ul><ul><li>Discussões tiveram como referência </li></ul></ul><ul><ul><ul><li>realidade das escolas, </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>concepções e crenças dos educadores e </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>orientações da SEE, organizadas no documento acima indicado. </li></ul></ul></ul>
  • 8. Resultado das Discussões (UEs e DEs) <ul><ul><li>Organizados pelas Coordenadorias (CEI/COGSP) no documento “Consolidado das Respostas das Diretorias Regionais de Ensino” </li></ul></ul>
  • 9. “ Consolidado das Respostas das Diretorias Regionais de Ensino” <ul><li>ESTRUTURADO EM TORNO DE SEIS EIXOS: </li></ul><ul><ul><li>Dúvidas das escolas sobre o regime de progressão continuada na organização do Ensino Fundamental em três ciclos </li></ul></ul><ul><ul><li>Condições das escolas que favorecem a implantação do regime de progressão continuada em três ciclos </li></ul></ul><ul><ul><li>Processos de recuperação mais adequados </li></ul></ul><ul><ul><li>Necessidades para a implantação do regime de progressão continuada do Ensino Fundamental em três ciclos </li></ul></ul><ul><ul><li>Análise conclusiva das principais dificuldades para implantação do regime de progressão continuada na organização do Ensino Fundamental em três ciclos </li></ul></ul><ul><ul><li>Acompanhamento da implantação do regime de progressão continuada na organização do Ensino Fundamental em três ciclos pelos supervisores e professores coordenadores da Oficina Pedagógica </li></ul></ul>
  • 10. QUALIDADE SOCIAL DA EDUCAÇÃO <ul><ul><li>Rompimento com práticas educativas seletivas e antidemocráticas </li></ul></ul><ul><ul><li>TRABALHO </li></ul></ul><ul><ul><li>PEDAGÓGICO </li></ul></ul>Capacidade de aprender dos alunos e profissionais <ul><ul><li>Valorização da experiência do estudante e da cultura escolar </li></ul></ul><ul><ul><li>Gestão democrática e participativa </li></ul></ul><ul><ul><li>Avaliação Contínua </li></ul></ul><ul><ul><li>Programa de Recuperação </li></ul></ul><ul><ul><li>Contínua </li></ul></ul><ul><ul><li>Paralela </li></ul></ul><ul><ul><li>Intensiva </li></ul></ul>ANÁLISE DOS RESULTADOS DAS DISCUSSÕES DOS EDUCADORES Otimização do uso dos espaços escolares Planejamento dos tempos escolares
  • 11. FUNDAMENTOS LEGAIS PROGRESSÃO CONTINUADA ESTUDOS DE RECUPERAÇÃO
  • 12. ENSINO ORGANIZADO EM CICLOS <ul><ul><li>Organização do tempo: períodos maiores e mais flexíveis </li></ul></ul>Favorece o trabalho com a diversidade de alunos e de estilos de aprendizagem <ul><ul><li>Compromisso político dos gestores da educação em todos os níveis </li></ul></ul>Ampliação dos investimentos Acompanhamento Organização do sistema Concepção de educação Currículo prescrito e real Teoria de aprendizagem Processo de avaliação e de recuperação Composição das turmas CONTÍNUA PARALELA INTENSIVA
  • 13. PROPOSTA: REORGANIZAÇÃO DO ENSINO FUNDAMENTAL EM TRÊS CICLOS
  • 14. Condições Necessárias à Implantação do Ensino Fundamental em Três Ciclos
  • 15. 1. RECUPERAÇÃO CONTÍNUA
  • 16. <ul><li>Nº DE ALUNOS POR TURMA: </li></ul><ul><ul><li>de 1º ao 5º ano – média de 30 alunos; </li></ul></ul><ul><ul><li>de 6º ao 9º ano –média de 35 alunos. </li></ul></ul>IDENTIFICAÇÃO DAS DIFICULDADES INTERVENÇÕES IMEDIATAS AVALIAÇÃO CONTÍNUA Professor Auxiliar de Classe do 1º ao 5º ano 4 HS SEMANAIS EM CADA CLASSE ACOMPANHAMENTO <ul><li>UE: </li></ul><ul><li>Equipe Gestora </li></ul><ul><li>Professor da classe ou disciplina, apoiado pelo PC ou PCA </li></ul><ul><li>DE: </li></ul><ul><li>Supervisor </li></ul><ul><li>PCOP da disciplina e/ou Ciclo </li></ul>
  • 17. 2. RECUPERAÇÃO PARALELA
  • 18. <ul><ul><ul><li>Alunos que não participam do PROJAI </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><ul><li>Ciclo I: 04 h semanais com professor da classe ou professor auxiliar que atende a classe </li></ul></ul></ul></ul><ul><ul><ul><ul><li>Ciclo II: 8 hs semanais distribuídas por área ou disciplina, a critério da escola </li></ul></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>Encaminhamento pelo professor de classe ou disciplina, com a indicação da dificuldade do aluno </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><ul><li>Atendimento especializado de professor alfabetizador a alunos dos CII e CIII que apresentam dificuldades de leitura e escrita. </li></ul></ul></ul></ul><ul><ul><ul><ul><li>Atribuição de aulas: </li></ul></ul></ul></ul><ul><ul><ul><ul><ul><li>Preferencialmente professor da classe , professor auxiliar de classe, professor da disciplina ou professor alfabetizador que atuam na escola </li></ul></ul></ul></ul></ul><ul><ul><ul><ul><ul><li>Acompanhamento: </li></ul></ul></ul></ul></ul><ul><ul><ul><ul><ul><li>Equipe gestora, professor da classe, da disciplina, PC, PCA, supervisor e PCOP (da disciplina e/ou Ciclo) </li></ul></ul></ul></ul></ul>
  • 19. 3. RECUPERAÇÃO INTENSIVA
  • 20. <ul><li>Atribuição de aulas: professor habilitado com disponibilidade para formação continuada </li></ul><ul><li>Aumento do módulo de PCOP: um PCOP exclusivo para PROJAI </li></ul><ul><li>Na impossibilidade de criação de classe de PROJAI , alunos serão atendidos em classes com matriz curricular de 30 horas (3 hs semanais adicionais, distribuídas em LP e Mat., a critério da escola) </li></ul><ul><li>Acompanhamento: </li></ul><ul><ul><li>Na UE: equipe gestora, PC e PCA </li></ul></ul><ul><ul><li>Na DE: supervisor e PCOP (da disciplina, Ciclo e/ou do PROJAI) </li></ul></ul>
  • 21. 4. FORMAÇÃO CONTINUADA DE PROFESSOR E GESTOR FORMAÇÃO CONTINUADA SUPERVISOR PCOP PC PCA PROFESSOR DISPONIBILIDADE DE 4 HS SEMANAIS P/ FORMAÇÃO CONTINUADA EXCLUSIVA DO PROJAI
  • 22. 5. MATERIAL DE APOIO DIDÁTICO MATERIAIS Otimização Espaços de aprender Tempo escolar Revisão e reorganização, se necessário
  • 23. PRIMEIRO CICLO Ciclos Ano Projeto de Aprendizagem Intensiva - PROJAI Ciclo I 1º ano 2º ano 3º ano 4º ano PROJAI I Alunos egressos do 3º ano com defasagem de aprendizagem, equivale ao 4º ano. 5º ano Possibilidade de retenção. PROJAI II Alunos retidos ao final do Ciclo I.
  • 24. PROJAI I Formado por alunos que apresentam defasagens em relação à alfabetização e aos estudos iniciais de Matemática. Equivale ao 4º ano No ano letivo seguinte, aluno cursará o 5º ano PROJAI II Formado por alunos retidos ao final do Ciclo I Assegurar a aprendizagem da leitura e da escrita e iniciação aos estudos de Matemática Assegurar ao aluno apropriação dos conteúdos básicos do C I e instrumentalizá-lo p/ continuidade dos estudos no C II
  • 25. SEGUNDO CICLO Ciclos Ano Projeto de Aprendizagem Intensiva - PROJAI Ciclo II 6º ano 7º ano PROJAI III Alunos egressos do 6º ano com defasagem de aprendizagem, equivale ao 7º ano. Possibilidade de retenção.
  • 26. PROJAI III Formado por alunos egressos do 6º ano que apresentam defasagens de aprendizagens. Equivale ao 7º ano
  • 27. TERCEIRO CICLO Ciclos Ano Projeto de Aprendizagem Intensiva - PROJAI Ciclo III 8º ano 9º ano PROJAI IV Alunos egressos do 8º anos, com defasagem de aprendizagem, equivale ao 9º ano. Possibilidade de retenção.
  • 28. PROJAI IV Formado por alunos egressos do 8º ano que apresentam defasagens de aprendizagens. Equivale ao 9º ano
  • 29. ENCAMINHAMENTO AO PROJAI (I, II, III OU IV) <ul><li>Classes formadas ao final do ano letivo, após o conselho final </li></ul><ul><li>Encaminhamento de aluno para os PROJAI deverá estar apoiado em registros bem fundamentados </li></ul>
  • 30.  
  • 31. <ul><li>De Acordo com a LDBEN, o E.M. visa a formação para: </li></ul><ul><li>a Cidadania </li></ul><ul><li>o Trabalho </li></ul><ul><li>o prosseguimento de estudos. </li></ul>{ Diferente de formar para o Mercado de Trabalho
  • 32. <ul><li>A garantia desse direito exige medidas pertinentes à: </li></ul><ul><li>organização didática pedagógica da escola </li></ul><ul><li>formação dos professores </li></ul><ul><li>qualidade do Currículo formal e real </li></ul><ul><li>revisão do Projeto Político Pedagógico </li></ul><ul><li>otimização do uso de tecnologias e demais recursos didáticos disponíveis na escola </li></ul><ul><li>participação dos pais e da sociedade civil </li></ul>
  • 33. <ul><li>A Matriz Curricular potencializa a realização de um Trabalho Pedagógico: </li></ul><ul><li>Diferenciado </li></ul>{ Estabelece equidade na distribuição da carga horária das áreas de conhecimento
  • 34. <ul><li>Mais Atrativo (os alunos são nativos digitais)  O.E. e EAD </li></ul><ul><li>Significativo </li></ul><ul><ul><li>O aluno vai desenvolver um projeto sob os fundamentos de uma área do conhecimento ou disciplina. </li></ul></ul>A Matriz Curricular potencializa a realização de um Trabalho Pedagógico:
  • 35. <ul><li>A Matriz Curricular potencializa a realização de um Trabalho Pedagógico: </li></ul><ul><li>Dinâmico  Não exclui nenhuma área do conhecimento, estímulo a autonomia e responsabilidade dos alunos </li></ul>
  • 36. INOVAÇÕES
  • 37. <ul><li>1. Equidade na distribuição da carga horária entre as três áreas do conhecimento e a concentração da carga horária nas áreas </li></ul>
  • 38. <ul><li>2. Oportunidade para o aluno optar por um aprofundamento numa das áreas de conhecimento. </li></ul><ul><li>Foco na elaboração de projeto sob a fundamentação da área de conhecimento ou disciplina de acordo com a opção do aluno. </li></ul>
  • 39. <ul><li>3. Inserção de Orientação de Estudo , com foco na pesquisa com metodologia científica </li></ul>{ <ul><li>Filosofia </li></ul><ul><li>Pedagogia </li></ul>Para Professores de Filosofia ou Pedagogia
  • 40. <ul><li>4. Mínimo de duas aulas semanais para cada disciplina </li></ul><ul><li>5. Oferta de no mínimo dois anos cada disciplina </li></ul>
  • 41. <ul><li>6. Inserção da disciplina de Língua Espanhola a partir do 2º ano </li></ul><ul><li>Possibilidade de atribuição a candidatos com proficiência . </li></ul>
  • 42. <ul><li>7. Plataforma EAD para ampliação do tempo de estudo e pesquisa. </li></ul><ul><li>Ferramenta à disposição do Professor e do aluno disponibilizado pela SEE. </li></ul>
  • 43. <ul><li>Implantação </li></ul><ul><li>Matriz Básica - distribuição equitativa entre as áreas de conhecimento nos dois primeiros anos e concentração da carga horária no 3º ano </li></ul><ul><li>Alunos que ingressarem no 1º ano em 2012 </li></ul><ul><li>Alunos em continuidade nos 2 os e 3 os anos em 2012 e 2013 </li></ul>
  • 44. <ul><li>Matriz Curricular: Formação Básica com ênfase em Linguagens, Códigos e suas Tecnologias – Período Diurno </li></ul>
  • 45. <ul><li>Matriz Curricular: Formação Básica com ênfase em Ciências da Natureza, Matemática e suas Tecnologias – Período Diurno </li></ul>
  • 46. <ul><li>Matriz Curricular: Formação Básica com ênfase em Ciências Humanas e suas Tecnologias – Período Diurno </li></ul>
  • 47. <ul><li>Matriz Curricular: Formação Básica com ênfase em Linguagens, Códigos e suas Tecnologias – Período Noturno </li></ul>
  • 48. <ul><li>Matriz Curricular: Formação Básica com ênfase em Ciências da Natureza, Matemática e suas Tecnologias – Período Noturno </li></ul>
  • 49. <ul><li>Matriz Curricular: Formação Básica com ênfase em Ciências Humanas e suas Tecnologias – Período Noturno </li></ul>
  • 50. <ul><li>Matriz Curricular: Formação Básica - Período Diurno (para as escolas que têm apenas uma turma no 3º ano) </li></ul>Observação: Matriz de implantação em 2012 para todas as séries.
  • 51. <ul><li>Matriz Curricular: Formação Básica - Período Diurno (para as escolas que oferecem três turnos diurnos) </li></ul>Observação: Matriz de implantação em 2012 para todas as séries.
  • 52. <ul><li>Matriz Curricular: Formação Básica - Período Noturno </li></ul>Observação: Matriz de implantação em 2012 para todas as séries.
  • 53. <ul><li>Condições necessárias a implantação </li></ul><ul><li>Revisão da Proposta Pedagógica </li></ul><ul><ul><li>Importante momento para reflexão e ação . </li></ul></ul><ul><li>Agrupamento de alunos </li></ul><ul><ul><li>Média de 30 por turma. </li></ul></ul><ul><li>Professor: </li></ul><ul><ul><li>Língua Espanhola – habilitado ou candidato com proficiência </li></ul></ul><ul><ul><li>Orientação de Estudos – habilitado em Filosofia ou Pedagogia </li></ul></ul>
  • 54. <ul><li>Condições necessárias a implantação </li></ul><ul><li>Professor Coordenador de área </li></ul><ul><li>Aspectos Metodológicos </li></ul><ul><ul><li>No 3º ano </li></ul></ul><ul><ul><ul><li>Desenvolvimento de projeto de interesse do aluno (autonomia e exercício da cidadania) </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>Foco do Projeto integração das disciplinas da área ou no âmbito de uma disciplina </li></ul></ul></ul><ul><li>Ferramenta de apoio didático pedagógico às aulas presenciais: </li></ul><ul><ul><li>Educação à Distância (EAD): </li></ul></ul><ul><ul><ul><li>Ampliação do tempo de estudo e pesquisa pelo aluno </li></ul></ul></ul>
  • 55. Educação Integral ESCOLA DE TEMPO INTEGRAL/ ALUNO EM TEMPO INTEGRAL AMPLIAÇÃO DO TEMPO ESCOLAR COM APRENDIZAGEM SIGNIFICATIVA
  • 56. O Processo <ul><li>Grupo de estudo: CENP, CEI e COGSP. </li></ul><ul><li>Ferramentas norteadoras: Avaliação do Projeto e Concepção de Novas Possibilidades. </li></ul><ul><li>Construção do Documento: concepção de educação integral; breve histórico; modalidades, sugestão para matriz curricular; critérios; propostas e referências bibliográficas. </li></ul>
  • 57. Socialização do Documento <ul><li>Encontro realizado nos dias 19 e 20 de setembro. </li></ul><ul><li>Objetivos: </li></ul><ul><li>1. Refletir acerca do conceito de educação integral, na perspectiva de tempo integral. </li></ul><ul><li>2. Apresentar o estudo e as propostas de tempo integral para as escolas da rede estadual. </li></ul><ul><li>3. Esclarecer dúvidas. </li></ul><ul><li>Devolutiva da Rede (pesquisa prévia). </li></ul>
  • 58. Modalidades Matrizes Curriculares <ul><li>Para o ciclo I e o ciclo II: </li></ul><ul><li>Escola de Tempo Integral: adesão da escola e obrigatório para os alunos. </li></ul><ul><li>Aluno em Tempo Integral: adesão da escola e da família. </li></ul><ul><li>Pergunta-chave: O que uma pessoa precisa aprender hoje para se viver em um mundo complexo e globalizado? (CENPEC). </li></ul><ul><li>Reformulação : duas oficinas/atividades complementares obrigatórias e as demais optativas. </li></ul><ul><li>Currículo Básico </li></ul><ul><li>+ </li></ul><ul><li>Oficinas/Atividades Complementares </li></ul>
  • 59. Oficinas/Atividades Complementares Eixo 1 Eixo 2 Eixo 3 Eixo 4 Atividades de Linguagem e Matemática Atividades Artísticas, Esportivas e Motoras Ciência e Tecnologia, Sustentabilidade, Prevenção, Cidadania e Protagonismo (temas transversais) Trabalhabilidade/ Mundo do Trabalho e Consumo (temas transversais) Oficinas/Atividades Oficinas/Atividades Oficinas/Atividades Oficinas/Atividades Hora da leitura Teatro Ética Educação para o Trabalho Experiências Matemáticas Música Orientação Sexual Publicidade e Vendas Artes Visuais Meio Ambiente Redação Oficial Dança Saúde Educação Econômica Modalidades Esportivas e Motoras Pluralidade Cultural Educação para o Trânsito Tecnologia de Informação e Comunicação/Informática Educacional
  • 60. Dos Critérios <ul><li>Consulta à comunidade escolar: Ata do Conselho de Escola. </li></ul><ul><li>Existência de espaços disponíveis. </li></ul><ul><li>Organização das turmas das oficinas/atividades complementares entre 15 a 25 alunos, de forma a considerar a faixa etária do educando e o interesse da comunidade escolar. </li></ul><ul><li>Mínimo de 60% do total dos alunos matriculados no ciclo I e/ou ciclo II. </li></ul>
  • 61. <ul><li>A adesão implica frequência obrigatória nas oficinas/atividades complementares durante todo ano letivo. </li></ul><ul><li>Caso seja necessário, oferecer obrigatoriamente aulas de Recuperação Paralela, assim como Sala de Recurso. </li></ul>
  • 62. Das Propostas Assinale com &quot;X&quot; Proposição Atendimento Local de atendimento Sim (de acordo) Não Proposta 1 Ciclos I e II Modelo Atual Por adesão da escola (obrigatório para o aluno) Ciclo I: o aluno permanecerá na escola Ciclo II: o aluno permanecerá na escola e/ou frequentará outros espaços de lazer e cultura existentes na Comunidade     Proposta 2 Ciclos I e II Por adesão da escola e da família Ciclo I: o aluno permanecerá na escola Ciclo II: o aluno permanecerá na escola e/ou frequentará outros espaços de lazer e cultura existentes na Comunidade    
  • 63. Desafios <ul><li>Integração curricular. </li></ul><ul><li>Parcerias/Intersetorialidade: articulação das políticas públicas – compartilhar responsabilidades. </li></ul><ul><li>Infraestrutura. </li></ul><ul><li>Recursos Humanos: falta de funcionários e falta de professor. </li></ul><ul><li>Alimentação. </li></ul><ul><li>Formação: técnicas inovadoras; conceito de Oficina; articulação entre o conhecimento e o cotidiano. </li></ul><ul><li>Verbas: aquisição de materiais diferenciados. </li></ul><ul><li>Resolução específica. </li></ul>
  • 64. <ul><li>Educação Integral implica em redimensionar a escola em conteúdo, método e gestão (Instituto Ayrton Senna). </li></ul>

×