Your SlideShare is downloading. ×
ACTS NO ADS
Nós não temos o direito sobre a atenção das pessoas . Passamos as últimas décadas nos intrometendo na vida delas, impondo ...
Audiência participativa Poder individual/comunidade  “ Silos” de idéias sustentados por canais que não se comunicam Sincro...
<ul><ul><li>Novos Paradigmas </li></ul></ul>Pessoas Influência Relevância Interação/Engajamento Consumidores  Sedução Entr...
Novas formas de relacionamento. Novas noções de privacidade. Novas percepções de tempo. Novas necessidades.  Os processos ...
Código de auto-regulamentação publicitária 1978 1980 2000 Em 1992, Bill Clinton presidente.  Nos EUA, ninguém que  não fos...
Novos tempos exigem um novo jeito de fazer as coisas <ul><li>Processos de trabalho orgânicos, descomplicados e sem foco un...
Earth Hour http://www.youtube.com/watch?v=O3AdUuE7Qg4
Falar em pessoas tem a ver, principalmente, com assumir que elas existem, pensam e sobrevivem independente de categorias, ...
Marcas precisam ter uma razão de existir, um propósito que dê a elas um papel relevante na vida das pessoas, isso é mais q...
Com Propósito Sem Propósito Com Atos Um pensamento simples Sem Atos
Um pensamento simples Com Propósito Sem Propósito Com Atos Sem Atos
Allstate: nós existimos para transformar sua segurança em proteção de todo dia http://www.youtube.com/watch?v=s2Xf31Mji-w
Acts no Ads Uma marca nunca perde o seu “Act” Um “Act” é uma idéia, um gesto ou uma experiência que tem a habilidade de tr...
Bergenbier: nós existimos para defender o interesse e os direitos dos homens http://www.youtube.com/watch?v=1RM3nW5V-WQ
Mais do que seduzir, o desafio da comunicação agora é influenciar idéias, comportamentos, atitudes.  Não é uma relação pas...
Outros ACTS: Prodis http://www.youtube.com/watch?v=yJtAnbW8DAA&feature=channel_page
Obrigada ! by Leo Burnett Brasil planning team
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Acts, no ads

4,911

Published on

Material utilizado por Ana Paula Cortat, vice-presidente de planejamento da Leo Burnett Brasil, na Break Session da Conferência de Planejamento 2008.

Published in: Travel, Technology
4 Comments
58 Likes
Statistics
Notes
No Downloads
Views
Total Views
4,911
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
8
Actions
Shares
0
Downloads
0
Comments
4
Likes
58
Embeds 0
No embeds

No notes for slide
  • Transcript of "Acts, no ads"

    1. 1. ACTS NO ADS
    2. 2. Nós não temos o direito sobre a atenção das pessoas . Passamos as últimas décadas nos intrometendo na vida delas, impondo nossa presença e, agora, elas estão no controle. A cada dia, as pessoas estão mais instrumentalizadas e preparadas para decidir se fazemos ou não parte de suas vidas . Temos que conquistar o direito de dialogar com elas e faremos isso quanto mais formos interessantes, relevantes, contagiantes. Devemos continuar oferecendo entretenimento, mas devemos aprender a ser úteis. (Mark Tutssel – CCO Leo Burnett Wordwild e Presidente do júri de Titanium Cannes 2008)
    3. 3. Audiência participativa Poder individual/comunidade “ Silos” de idéias sustentados por canais que não se comunicam Sincronicidade das idéias através dos canais, das mídias dos programas e dos mercados Um tamanho para todos Ofertas feitas para audiências específicas e até mesmo para um único indivíduo Conhecimento direto Conhecimento inferido Audiência passiva O cenário do marketing foi definitivamente transformado
    4. 4. <ul><ul><li>Novos Paradigmas </li></ul></ul>Pessoas Influência Relevância Interação/Engajamento Consumidores Sedução Entretenimento Anúncios
    5. 5. Novas formas de relacionamento. Novas noções de privacidade. Novas percepções de tempo. Novas necessidades. Os processos colaborativos estão alterando a realidade tanto de quem está na Web quanto de quem está sentado na sala assistindo TV. Um novo tempo trazendo uma nova relação com a publicidade.
    6. 6. Código de auto-regulamentação publicitária 1978 1980 2000 Em 1992, Bill Clinton presidente. Nos EUA, ninguém que não fosse do governo ou do meio acadêmico tinha e-mail Em 2004, 100 mil declarações de imposto de renda americanas foram feitas por contadores indiano,s na Índia Em 1981, o primeiro PC (IBM) chegou ao mercado (EUA). A primeira versão Windows chegou em 1985, o Win 3.0 veio em 1990. Em 1995, a Netsccape, fabricante dos primeiros browsers que se dissiminaram na Web, abriu seu capital em bolsa. 1998 1999 Fundação do CONAR 1990 Código de defesa do consumidor Proibição da propaganda de cigarros 5 4 6 7 Em tramitação no congresso leis que restringem e/ou proibem propaganda de Bebidas; propaganda dirigida a crianças; propaganda de alimentos com quantidade elevada de açucar, gordura saturada, gordura trans e sódios e propaganda de bebidas de baixo teor nutricional Divulgação de prazo de validade, características e composição na embalagem Obrigação da existencia de dados técnicos e/ou científicaos que sustentem a mensagem Proibição da publicidade abusiva Direito de “mudar de idéia”
    7. 7. Novos tempos exigem um novo jeito de fazer as coisas <ul><li>Processos de trabalho orgânicos, descomplicados e sem foco unicamente no problema. </li></ul><ul><li>Foco em pessoas na busca de insights independentes de categorias e que não inspirem apenas filmes. </li></ul><ul><li>Processos de trabalho onde as equipes coloquem o coração, não apenas diagnósticos e objetivos, na busca de soluções. </li></ul><ul><li>Desenvolvimento de ferramentas que estimulem pensamentos criativos e estrategias criativas. </li></ul><ul><li>Pensamento convergente. </li></ul><ul><li>Construção de plataformas para a geração de idéias e não apenas de conceitos criativos. </li></ul>
    8. 8. Earth Hour http://www.youtube.com/watch?v=O3AdUuE7Qg4
    9. 9. Falar em pessoas tem a ver, principalmente, com assumir que elas existem, pensam e sobrevivem independente de categorias, produtos e marcas. consumidores pessoas Como e por que elas vivem o dia de hoje e planejam o amanhã ? Q uais s eus sonhos, medos e motivações e como eles se processam independente do mercado ? Como elas são impactadas por processos politicos, culturais e sociais? Como podemos nos tornar relevantes para suas vidas? HumanKind Ⓒ - todos os direitos reservados Como e por que eles consomem produtos e marcas? Produtos e marcas podem ser geradores de identidade e qualidade em suas vidas? O que podemos fazer para encantá-las e seduzí-las, ? Como eles são impactados por decisõe de mercado? Uma dica: procure os entender os hábitos. Eles são inimigos formidáveis!
    10. 10. Marcas precisam ter uma razão de existir, um propósito que dê a elas um papel relevante na vida das pessoas, isso é mais que essência, identidade, valores ou diferenciais competitivos tangíveis Marcas que encontram seu propósito contam histórias que estabelecem vínculos mais duradouros Marcas precisam ter uma visão sobre o mundo, uma razão de existir
    11. 11. Com Propósito Sem Propósito Com Atos Um pensamento simples Sem Atos
    12. 12. Um pensamento simples Com Propósito Sem Propósito Com Atos Sem Atos
    13. 13. Allstate: nós existimos para transformar sua segurança em proteção de todo dia http://www.youtube.com/watch?v=s2Xf31Mji-w
    14. 14. Acts no Ads Uma marca nunca perde o seu “Act” Um “Act” é uma idéia, um gesto ou uma experiência que tem a habilidade de transformar o jeito como uma pessoa pensa, sente e até mesmo se comporta. Vantagens de produto podem ser apagadas da noite para o dia. Mensagens podem ser copiadas, mas um Act é uma experiência única, que pode, de fato, entregar uma grande diferença.
    15. 15. Bergenbier: nós existimos para defender o interesse e os direitos dos homens http://www.youtube.com/watch?v=1RM3nW5V-WQ
    16. 16. Mais do que seduzir, o desafio da comunicação agora é influenciar idéias, comportamentos, atitudes. Não é uma relação passiva, mas sim transformadora, geradora de experiências que continuam vivas, lembradas, contadas, mesmo depois de cessada a veiculação de um filme.
    17. 17. Outros ACTS: Prodis http://www.youtube.com/watch?v=yJtAnbW8DAA&feature=channel_page
    18. 18. Obrigada ! by Leo Burnett Brasil planning team

    ×