Your SlideShare is downloading. ×
0
Prestígio_revistas_CB2013
Prestígio_revistas_CB2013
Prestígio_revistas_CB2013
Prestígio_revistas_CB2013
Prestígio_revistas_CB2013
Prestígio_revistas_CB2013
Prestígio_revistas_CB2013
Prestígio_revistas_CB2013
Prestígio_revistas_CB2013
Prestígio_revistas_CB2013
Prestígio_revistas_CB2013
Prestígio_revistas_CB2013
Prestígio_revistas_CB2013
Prestígio_revistas_CB2013
Prestígio_revistas_CB2013
Prestígio_revistas_CB2013
Prestígio_revistas_CB2013
Prestígio_revistas_CB2013
Prestígio_revistas_CB2013
Prestígio_revistas_CB2013
Prestígio_revistas_CB2013
Prestígio_revistas_CB2013
Prestígio_revistas_CB2013
Prestígio_revistas_CB2013
Prestígio_revistas_CB2013
Prestígio_revistas_CB2013
Prestígio_revistas_CB2013
Prestígio_revistas_CB2013
Prestígio_revistas_CB2013
Prestígio_revistas_CB2013
Prestígio_revistas_CB2013
Prestígio_revistas_CB2013
Prestígio_revistas_CB2013
Prestígio_revistas_CB2013
Prestígio_revistas_CB2013
Prestígio_revistas_CB2013
Prestígio_revistas_CB2013
Prestígio_revistas_CB2013
Prestígio_revistas_CB2013
Prestígio_revistas_CB2013
Prestígio_revistas_CB2013
Prestígio_revistas_CB2013
Prestígio_revistas_CB2013
Prestígio_revistas_CB2013
Prestígio_revistas_CB2013
Prestígio_revistas_CB2013
Prestígio_revistas_CB2013
Prestígio_revistas_CB2013
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Thanks for flagging this SlideShare!

Oops! An error has occurred.

×
Saving this for later? Get the SlideShare app to save on your phone or tablet. Read anywhere, anytime – even offline.
Text the download link to your phone
Standard text messaging rates apply

Prestígio_revistas_CB2013

294

Published on

0 Comments
1 Like
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

No Downloads
Views
Total Views
294
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
0
Actions
Shares
0
Downloads
9
Comments
0
Likes
1
Embeds 0
No embeds

Report content
Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
No notes for slide
  • A Biblioteca e os recursos de informação
  • A Biblioteca e os recursos de informação
  • A Biblioteca e os recursos de informação
  • Transcript

    • 1. III CONFERÊNCIA DO IPCB SOBRE O LIVRE ACESSO AO CONHECIMENTO CIENTÍFICO “ O desafio da publicação em meio científico” O prestígio e a visibilidade das revistas científicas: o que importa saber Diana Silva Universidade de Aveiro Serviços de Biblioteca, Informação Documental e Museologia IPCB- Auditório Comenius, 18 de Janeiro de 2013
    • 2. sumário•Contagem de citações e h-index para investigadores•O prestígio e a visibilidade das revistas científicas: indicadores • Fator de impacto • Eigenfactor • SCImago Journal Rank (SJR) indicator • SNIP - Source Normalized Impact per Paper • H-index para publicações 2
    • 3. O que é a contagem de citações ecomo tem vindo a ser usada?
    • 4. a contagem de citações e o h-indexIII CONFERÊNCIA DO IPCB SOBRE O LIVRE ACESSO AO CONHECIMENTO CIENTÍFICO “O desafio da publicação em meio científico
    • 5. a contagem de citações Contagem de citações Número de vezes que um artigo é citado por outros artigos científicos. Métrica fundamental para a avaliação da publicação científica e para a aferição do prestígio dos investigadores. Utiliza-se para aferir o impacto dos trabalhos científicos de um investigador.III CONFERÊNCIA DO IPCB SOBRE O LIVRE ACESSO AO CONHECIMENTO CIENTÍFICO “O desafio da publicação em meio científico
    • 6. a contagem de citações Contagem de citações Baseia-se na natureza cumulativa da ciência, conceito sedimentado na década de 70 do século 20 : ‘‘If I have seen a little further it is by standing on ye shoulders of Giants’’ NewtonIII CONFERÊNCIA DO IPCB SOBRE O LIVRE ACESSO AO CONHECIMENTO CIENTÍFICO “O desafio da publicação em meio científico
    • 7. a contagem de citaçõesContagem de citaçõesBase de cálculo para a maioria dos indicadores bibliométricos deimpacto de trabalhos e de fontes.Cada vez mais bases de dados de artigos científicos incluem acontagem de citações.III CONFERÊNCIA DO IPCB SOBRE O LIVRE ACESSO AO CONHECIMENTO CIENTÍFICO “O desafio da publicação em meio científico
    • 8. a contagem de citaçõesPara que a contagem de citações seja bem sucedida é fundamentalque a indicação da referência bibliográfica na lista de fontes dosartigos esteja correta, o que nem sempre acontece. É muitofrequente surgirem gralhas e outros erros nas listas de bibliografia,o que faz com que muitas vezes essas referências não sejamcontabilizadas. Ter em conta a abrangência temporal das bases de dados, que traz variações ao nível da contagem de citações: por exemplo na SCOPUS são contadas as citações apenas a partir de 1996.III CONFERÊNCIA DO IPCB SOBRE O LIVRE ACESSO AO CONHECIMENTO CIENTÍFICO “O desafio da publicação em meio científico
    • 9. h-index H-index Métrica proposta em 2005, pelo Professor de Física Jorge Hirsch (Universidade da Califórnia), é uma proposta para quantificar a produtividade e o impacto de cientistas, baseando-se nos seus artigos mais citados. Vantagem: fornece dados sobre a produção científica de um investigador, combinado a quantidadedas basesartigos) com a Ter em conta a abrangência temporal (nº de de dados, que qualidade (impacto, nº de citações porde citações: por exemplo traz variações ao nível da contagem artigo). na SCOPUS são contadas as citações a partir de 1996.III CONFERÊNCIA DO IPCB SOBRE O LIVRE ACESSO AO CONHECIMENTO CIENTÍFICO “O desafio da publicação em meio científico
    • 10. h-index 1- 25 2- 20 3- 12 4- 7 5- 5 6- 3 7- 2 8- 1 9- 1em conta a abrangência temporal das bases de dados, que Ter 10- 1 variações ao nível da contagem de citações: por exemplo traz na SCOPUS são contadas as citações a partir de 1996.III CONFERÊNCIA DO IPCB SOBRE O LIVRE ACESSO AO CONHECIMENTO CIENTÍFICO “O desafio da publicação em meio científico
    • 11. h-index H-index Como calcular o H-index de um investigador nas bases de dados Web of Science e SCOPUS, de forma automática após a realização de uma pesquisa por autor (nestes casos terá em conta o nº de citações e a abrangência temporal de cada uma das bases de dados). Ter em conta a abrangência temporal das bases de dados, que no Google Scholarnível da contagem de citações: por exemplo traz variações ao http://code.google.com/p/citations-gadget/ na SCOPUS são contadas as citações a partir de 1996.III CONFERÊNCIA DO IPCB SOBRE O LIVRE ACESSO AO CONHECIMENTO CIENTÍFICO “O desafio da publicação em meio científico
    • 12. a contagem de citações e o h-indexIdentificação de autoriaA ambiguidade na identificação de autoria é um problema comumna pesquisa em bases de dados, nomeadamente ao nível dacontagem de citações, geração de relatórios de citação, etc.É muito importante que à contagem de citações por artigoestejam associadas ferramentas de identificação de autoria.Só através da associação de dados de citação com a identificaçãoinequívoca dos autores dos artigos se torna possível a criação deperfis e cálculos bibliométricos como o h-index e outros.III CONFERÊNCIA DO IPCB SOBRE O LIVRE ACESSO AO CONHECIMENTO CIENTÍFICO “O desafio da publicação em meio científico
    • 13. a contagem de citações e o h-index As principais bases de dados disponíveis para a contagem de citações e cálculo de h-index são: 1. Web of Science - http://webofknowledge.com/WOS (subscrição via b-on) 2. SCOPUS - http://www.scopus.com/ Ter em conta a abrangência temporal das bases de dados, que traz variações ao nível da contagem de citações: por exemplo 3. Google Scholarsão contadas as citações a partir de 1996. sem na SCOPUS - http://scholar.google.com (acesso web restrições)III CONFERÊNCIA DO IPCB SOBRE O LIVRE ACESSO AO CONHECIMENTO CIENTÍFICO “O desafio da publicação em meio científico
    • 14. a contagem de citações e o h-indexIII CONFERÊNCIA DO IPCB SOBRE O LIVRE ACESSO AO CONHECIMENTO CIENTÍFICO “O desafio da publicação em meio científico
    • 15. Como se avalia atualmente o prestígio e visibilidade das publicações científicas?
    • 16. o prestígio e a visibilidade das revistas científicas: indicadoresIII CONFERÊNCIA DO IPCB SOBRE O LIVRE ACESSO AO CONHECIMENTO CIENTÍFICO “O desafio da publicação em meio científico
    • 17. o prestígio e a visibilidade das revistas científicas: indicadores Fator de impacto Eigenfactor SCImago Journal Rank (SJR) indicator Ter em conta a abrangência temporal das bases de dados, que traz variações ao nível da contagem deper Paper por exemplo SNIP - Source Normalized Impact citações: na SCOPUS são contadas as citações a partir de 1996. H-index para publicações (Google)III CONFERÊNCIA DO IPCB SOBRE O LIVRE ACESSO AO CONHECIMENTO CIENTÍFICO “O desafio da publicação em meio científico
    • 18. o prestígio e a visibilidade das revistas científicas: indicadores São vários os indicadores de impacto de publicações científicas atualmente disponíveis. Os que se descrevem de seguida são os mais usados e todos se baseiam na contagem de citações efetuada pelas principais bases de dados de citações: Web of Science, SCOPUS e Google Ter em conta a abrangência temporal das bases de dados, que Scholar. traz variações ao nível da contagem de citações: por exemplo na SCOPUS são contadas as citações a partir de 1996.III CONFERÊNCIA DO IPCB SOBRE O LIVRE ACESSO AO CONHECIMENTO CIENTÍFICO “O desafio da publicação em meio científico
    • 19. O fator de impactoIII CONFERÊNCIA DO IPCB SOBRE O LIVRE ACESSO AO CONHECIMENTO CIENTÍFICO “O desafio da publicação em meio científico
    • 20. Fator de impacto fator de impacto O que é?  O fator de impacto é um indicador criado por Eugene Garfield, fundador do ISI – Institute of Scientific Information, num artigo de 1963 publicado na revista Science;  Inicialmente usado apenas para determinar que publicações incluir no Science Citation Index (Web of Science);  Tornou-se o indicador bibliométrico mais usado internacionalmente para a avaliação de revistas.III CONFERÊNCIA DO IPCB SOBRE O LIVRE ACESSO AO CONHECIMENTO CIENTÍFICO “O desafio da publicação em meio científico 20
    • 21. Fator de impacto fator de impacto Fator de impacto - medida de frequência com que o “artigo médio” de uma revista foi citado. divisão do número de citações correntes a artigos publicados nos últimos dois anos pelo número total de artigos publicados nesse mesmo período.III CONFERÊNCIA DO IPCB SOBRE O LIVRE ACESSO AO CONHECIMENTO CIENTÍFICO “O desafio da publicação em meio científico 21
    • 22. Fator de impactofator de impacto 22
    • 23. Fator de impacto fator de impacto  Consulta no Journal of Citation Reports (THOMSON REUTERS) http://isiknowledge.com/JCR - subscrição via b-on  10,677 revistas indexadas – edição 2011  Atualizado todos os anos, em meados do ano civil.  Baseia-se nos dados de citação da Web of Science (THOMSON REUTERS)III CONFERÊNCIA DO IPCB SOBRE O LIVRE ACESSO AO CONHECIMENTO CIENTÍFICO “O desafio da publicação em meio científico 23
    • 24. Fator de impacto fator de impacto Journal of Citation Reports (THOMSON REUTERS) http://isiknowledge.com/JCR Conteúdos:  Science Edition  Social Sciences Edition Cerca de 232 disciplinasIII CONFERÊNCIA DO IPCB SOBRE O LIVRE ACESSO AO CONHECIMENTO CIENTÍFICO “O desafio da publicação em meio científico
    • 25. Fator de impacto fator de impactoA ter em conta: Muitas revistas publicam uma grande quantidade de artigos derevisão (review articles), que são muito mais citados e durantemais tempo , o que aumenta o fator de impacto de umapublicação.Um artigo de revisão:- it cites more than 100 references- it appears in a review publication or a review section of a journal- the word review or overview appears in its title- the abstract states that it is a reviewIII CONFERÊNCIA DO IPCB SOBRE O LIVRE ACESSO AO CONHECIMENTO CIENTÍFICO “O desafio da publicação em meio científico
    • 26. Fator de impacto fator de impactoLimitações, pontos fracos: As auto-citações (dentro de uma mesma publicação) sãoincluídas no cálculo;Janela temporal para análise de dados reduzida (dois anos);Ausência de ponderação em relação às diferentes áreas doconhecimento.III CONFERÊNCIA DO IPCB SOBRE O LIVRE ACESSO AO CONHECIMENTO CIENTÍFICO “O desafio da publicação em meio científico 26
    • 27. Fator de impacto fator de impactoLimitações, pontos fracos: o JCR inclui um reduzido número de revistas das áreas dasCiências Sociais e Humanidades, bem como revistas de carácterregional.III CONFERÊNCIA DO IPCB SOBRE O LIVRE ACESSO AO CONHECIMENTO CIENTÍFICO “O desafio da publicação em meio científico 27
    • 28. Fator de impacto fator de impacto Mais informação sobre fator de impacto: http://thomsonreuters.com/products_services/science/science_pr http://scientific.thomsonreuters.com/products/jcr/III CONFERÊNCIA DO IPCB SOBRE O LIVRE ACESSO AO CONHECIMENTO CIENTÍFICO “O desafio da publicação em meio científico 28
    • 29. Na última década…Alterações radicais nas formas e meios de comunicarciência;Comunidade científica mais exigente;Desenvolvimento da área da bibliometria. Novas métricas, novos indicadores 29
    • 30. Eigenfactor ScoreIII CONFERÊNCIA DO IPCB SOBRE O LIVRE ACESSO AO CONHECIMENTO CIENTÍFICO “O desafio da publicação em meio científico
    • 31. Eigenfactor Score Eigenfactor Score  Considera o número de vezes que os artigos publicados numa revista nos cinco anos anteriores foram citados no ano mais recente;  Baseia-se no algoritmo Google PageRank – atribui um peso diferente às fontes de origem das citações, considernado o prestígio da publicação.III CONFERÊNCIA DO IPCB SOBRE O LIVRE ACESSO AO CONHECIMENTO CIENTÍFICO “O desafio da publicação em meio científico 31
    • 32. Eigenfactor Score Eigenfactor Score Não contabiliza as auto-citações (mesma revista); Consulta no Journal of Citation Reports (THOMSON REUTERS) http://isiknowledge.com/JCR Mais informação: http://www.eigenfactor.org/III CONFERÊNCIA DO IPCB SOBRE O LIVRE ACESSO AO CONHECIMENTO CIENTÍFICO “O desafio da publicação em meio científico 32
    • 33. SCImago Journal Rank IndicatorIII CONFERÊNCIA DO IPCB SOBRE O LIVRE ACESSO AO CONHECIMENTO CIENTÍFICO “O desafio da publicação em meio científico
    • 34. SCImago Journal Rank Indicator SCImago Journal Rank Indicator  SCImago Journal Rank (SJR) indicator - Limita o efeito das auto-citações a 33%;  Cálculo semelhante ao EigenFactor - baseia-se na ideia ‘all citations are not created equal’ - a área temática, qualidade e reputação científica de uma revista têm um efeito direto nas citações que são feitas;  Dados de citação da base de dados SCOPUS.III CONFERÊNCIA DO IPCB SOBRE O LIVRE ACESSO AO CONHECIMENTO CIENTÍFICO “O desafio da publicação em meio científico 34
    • 35. SCImago Journal Rank Indicator SCImago Journal Rank Indicator The Scimago Journal Rank (SJR) is based on the transfer of prestige from a journal to another one; such prestige is transfered through the references that a journal do to the rest of the journals and to itself. http://www.scimagojr.com/SCImagoJournalRank.pdfIII CONFERÊNCIA DO IPCB SOBRE O LIVRE ACESSO AO CONHECIMENTO CIENTÍFICO “O desafio da publicação em meio científico 35
    • 36. SCImago Journal Rank Indicator SCImago Journal Rank IndicatorDesenvolvido pelo grupo de investigação de topo na área dabibliometria do CSIC – “Consejo Superior de InvestigacionesCientíficas (CSIC)” das Universidades de Granada, Estremadura,Carlos III (Madrid) e Alcalá de Henares;  Consulta no SCImago Journal Rank http://www.scimagojr.com/ e SCOPUS – http://www.scopus.com .III CONFERÊNCIA DO IPCB SOBRE O LIVRE ACESSO AO CONHECIMENTO CIENTÍFICO “O desafio da publicação em meio científico 36
    • 37. H-index para publicaçõesIII CONFERÊNCIA DO IPCB SOBRE O LIVRE ACESSO AO CONHECIMENTO CIENTÍFICO “O desafio da publicação em meio científico
    • 38. H-Index H-index para publicações  H-Index – métrica proposta em 2005, pelo Professor Jorge Hirsch, como uma forma de avaliar a produção científica de investigadores;  Expressa o nº de artigos de uma revista (h) que receberam SNIP - Source Normalized Impact per Paper pelo menos h citações.  A Google criou um índice que se baseia nesta métrica aplicada a revistas científicas, quantificando tanto a produtividade científica de uma publicação como o seu impacto - Google Scholar MetricsIII CONFERÊNCIA DO IPCB SOBRE O LIVRE ACESSO AO CONHECIMENTO CIENTÍFICO “O desafio da publicação em meio científico 38
    • 39. H-index para publicações H-IndexGoogle Scholar Metrics SNIP - Source Normalized Impact per Paper  Cálculos de H-index e H-index (5 anos) http://scholar.google.com/citations? view_op=top_venues&hl=en  Mais informaçãohttp://scholar.google.com/intl/en/scholar/metrics.htmlIII CONFERÊNCIA DO IPCB SOBRE O LIVRE ACESSO AO CONHECIMENTO CIENTÍFICO “O desafio da publicação em meio científico 39
    • 40. Outros indicadores e índicesIII CONFERÊNCIA DO IPCB SOBRE O LIVRE ACESSO AO CONHECIMENTO CIENTÍFICO “O desafio da publicação em meio científico
    • 41. SNIP - Source Normalized Impact per Paper Outros indicadores e índicesSNIP - Source Normalized Impact per PaperIndicador desenvolvido pelo “Centre for Science and Technology Studies(CWTS)” da Universidade de Leiden – Holanda SNIP - Source Normalized Impact per PaperConsulta no Scopus Journal Analyser – http://www.scopus.comhttp://info.scopus.com/journalmetricshttp://www.journalindicators.com/ Dados de revistas e citações recolhidos da base de dados SCOPUSIII CONFERÊNCIA DO IPCB SOBRE O LIVRE ACESSO AO CONHECIMENTO CIENTÍFICO “O desafio da publicação em meio científico
    • 42. ERIH European Reference Index for the Humanities Outros indicadores e índicesERIH European Reference Index for the Humanitieshttp://www.esf.org/research-areas/humanities/erih-european-reference-index-for-the-humanities.html SNIP - Source Normalized Impact per PaperIII CONFERÊNCIA DO IPCB SOBRE O LIVRE ACESSO AO CONHECIMENTO CIENTÍFICO “O desafio da publicação em meio científico
    • 43. Que soluções atuais?Já ouviu falar em altmetrics?? 43
    • 44. Métricas alternativas Métricas alternativasAtualmente, com os vários meios de publicação científica,potenciados pelas redes sociais, considera-se que as métricasbaseadas em contagem de citações são já insuficientes paraavaliar o impacto de uma publicação no meio académico.“Citation counting measures are useful, but not sufficient.Metrics conta a abrangência temporal das bases peer-review: aTer em like the h-index are even slower than de dados, quework’s first citation can take years.” de citações: por exemplo traz variações ao nível da contagem na SCOPUS são contadas as citações a partir de 1996.http://altmetrics.org/manifesto/ Bibliotecas Universidade de Aveiro - 2012
    • 45. Métricas alternativas altmetrics: a manifesto - http://altmetrics.org/manifesto/ Ter em conta a abrangência temporal das bases de dados, que traz variações ao nível da contagem de citações: por exemplo Algumas ferramentas para avaliação por métricas alternativas: http://altmetrics.org/tools/ as citações a partir de 1996. na SCOPUS são contadasIII CONFERÊNCIA DO IPCB SOBRE O LIVRE ACESSO AO CONHECIMENTO CIENTÍFICO “O desafio da publicação em meio científico
    • 46. …não existe uma solução perfeita.Os vários indicadores podem e devem ser usados de forma complementar… 46
    • 47. ...é importante a informação generalizada sobre o assunto, bem como uma atualização constante por parte dos investigadores,instituições de I&D e entidades financiadoras da investigação. 47
    • 48. III CONFERÊNCIA DO IPCB SOBRE O LIVRE ACESSO AO CONHECIMENTO CIENTÍFICO “O desafio da publicação em meio científico Obrigada pela atenção Diana Silvadianasilva@ua.ptIPCB- Auditório Comenius, 18 de Janeiro de 2013

    ×