Jornadas FCCNReunião de coordenação do RCAAP - Painel gestão de informaçãocientífica            Ligação do RIA a outros si...
Ligação do RIA a outros sistemas de informação da                                 Universidade de AveiroSumário O RIA – R...
O RIA – Repositório Institucional da       Universidade de Aveiro (UA)
O RIA – Repositório Institucional da Universidade de                                         Aveiro (UA)RIA – Repositório ...
O RIA – Repositório Institucional da Universidade de                                         Aveiro (UA)RIA – Repositório ...
Recolha de informação  e interoperabilidade
Recolha de informação e interoperabilidade1.   Recolha automática de dados bibliográficos de bases de dados na Web     ou ...
Recolha de informação e interoperabilidade1.    Recolha automática de dados bibliográficos de bases de dados na Web      o...
Recolha de informação e interoperabilidade1.   Recolha automática de dados bibliográficos de bases de dados na Web     ou ...
Recolha de informação e interoperabilidade1.   Recolha automática de dados bibliográficos de bases de dados na Web     ou ...
Recolha de informação e interoperabilidadeOpção 1 – Auto arquivo: depósito de documentos através do preenchimento de um fo...
Recolha de informação e interoperabilidade2. Integração com um sistema de informação que realiza a gestão deutilizadores e...
Recolha de informação e interoperabilidade2. Integração com um sistema de informação que realiza a gestão deutilizadores e...
Recolha de informação e interoperabilidade                        validar autor
Recolha de informação e interoperabilidade3. Integração de informação com o sistema PADUA – Gestão de informação paraavali...
Recolha de informação e interoperabilidade3. Integração de informação com o sistema PADUA – Gestão de informação paraavali...
Aspetos críticos na disponibilização de            informação entre sistemas
Aspetos críticos na disponibilização de                        informação entre sistemas-   A correspondência entre tipolo...
Aspetos críticos na disponibilização de                        informação entre sistemas-   A existência de mecanismos de ...
Aspetos críticos na disponibilização de                   informação entre sistemasUm dos aspetos críticos essenciais nain...
Desafios futuros
Desafios futuros-   Perspetiva-se a necessidade de um sistema de gestão de informação    científica central (CRIS - Curren...
Desafios futuros-   Desafios importantes ao nível da parametrização do RIA para permitir a    comunicação de informação co...
agradecemos a atenção                 Ana Bela Martins                    Bella Nolasco                       Diana Silva ...
Upcoming SlideShare
Loading in …5
×

JornadasFCCN_RIA

300 views

Published on

Apresentação realizada nas Jornadas FCCN - Fundação para a Computação Científica Nacional, dia 6 de Fevereiro de 2013 pelo grupo de trabalho de gestão do Repositório Institucional da Universidade de Aveiro

Published in: Education
0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total views
300
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
3
Actions
Shares
0
Downloads
1
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

JornadasFCCN_RIA

  1. 1. Jornadas FCCNReunião de coordenação do RCAAP - Painel gestão de informaçãocientífica Ligação do RIA a outros sistemas de informação da Universidade de Aveiro 6 Fevereiro 2013 Universidade de Aveiro
  2. 2. Ligação do RIA a outros sistemas de informação da Universidade de AveiroSumário O RIA – Repositório Institucional da Universidade de Aveiro (UA) Recolha de informação e interoperabilidade Aspetos críticos na disponibilização de informação entre sistemas Desafios futuros
  3. 3. O RIA – Repositório Institucional da Universidade de Aveiro (UA)
  4. 4. O RIA – Repositório Institucional da Universidade de Aveiro (UA)RIA – Repositório Institucional da Universidade de Aveiro – http://ria.ua.pt- baseado em software DSPACE, desenvolvimento próprio- instalação de add-ons partilhados pela equipa de configuração do Repositório Científico de Acesso Aberto de Portugal (RCAAP) – http://www.rcaap.pt- formação e recolha de boas práticas com a equipa da Uminho- integração de documentos no RCAAP
  5. 5. O RIA – Repositório Institucional da Universidade de Aveiro (UA)RIA – Repositório Institucional da Universidade de Aveiro – http://ria.ua.pt- Depósito de artigos em auto arquivo inicia em Outubro de 2011 -docentes, investigadores e bolseiros-investigadores com afiliação à UA
  6. 6. Recolha de informação e interoperabilidade
  7. 7. Recolha de informação e interoperabilidade1. Recolha automática de dados bibliográficos de bases de dados na Web ou de sistemas de gestão bibliográfica;2. Integração com um sistema de informação que realiza a gestão de utilizadores em toda a UA (identificador único);3. Disponibilização de informação para o sistema PADUA – Gestão de informação para avaliação de docentes UA
  8. 8. Recolha de informação e interoperabilidade1. Recolha automática de dados bibliográficos de bases de dados na Web ou de sistemas de gestão bibliográfica- Mecanismo que o depositante pode ativar no momento do depósito de documentos no RIA, que realiza uma importação de um ficheiro em formato RIS com os artigos da sua autoria resultante de uma pesquisa prévia em bases de dados como a Web of Science (THOMSON), a SCOPUS (Elsevier) ou sistemas de gestão de bibliografias.
  9. 9. Recolha de informação e interoperabilidade1. Recolha automática de dados bibliográficos de bases de dados na Web ou de sistemas de gestão bibliográfica- Após importação de registos, estes ficam recolhidos na área pessoal do depositante, que tem opção de selecionar os registos relevantes para depósito, aos quais deve anexar o documento digital correspondente
  10. 10. Recolha de informação e interoperabilidade1. Recolha automática de dados bibliográficos de bases de dados na Web ou de sistemas de gestão bibliográfica- O objetivo é facilitar o preenchimento dos formulários de metadados epermitir à instituição e aos próprios investigadores o depósito dos dadosretrospetivos e correntes de forma mais célere.
  11. 11. Recolha de informação e interoperabilidadeOpção 1 – Auto arquivo: depósito de documentos através do preenchimento de um formulário. Iniciar novo depósitoOpção 2 – Importação de um ou mais ficheirosSelecione a coleção onde pretende depositar os seus documentos. ImportarNota: Antes de iniciar o processo de importação de uma ou mais ficheiros deve: realizar a recolha dos seus registos num dossistemas externos compatíveis (ISI, SCOPUS, EndNote), exporte os mesmos para uma pasta no seu disco local.
  12. 12. Recolha de informação e interoperabilidade2. Integração com um sistema de informação que realiza a gestão deutilizadores em toda a UA (identificador único):- Baseia-se no Registo Central de Utilizadores da UA – Utilizador Universal (UU)que inclui docentes, alunos, investigadores e funcionários da instituição.- Permite o controlo de autoridade no sistema de informação RIA e adisponibilização de dados de forma controlada com outros sistemas internoscomo o PADUA.
  13. 13. Recolha de informação e interoperabilidade2. Integração com um sistema de informação que realiza a gestão deutilizadores em toda a UA (identificador único):- A gestão de dados de investigação e docência (produção de listagens, etc.) deforma segura e inequívoca é permitida pelo facto de existir um mecanismo decontrolo de autoridade com identificador único.
  14. 14. Recolha de informação e interoperabilidade validar autor
  15. 15. Recolha de informação e interoperabilidade3. Integração de informação com o sistema PADUA – Gestão de informação paraavaliação de docentes UA- PADUA: sistema desenvolvido pela UA com ligação à base de dados de utilizadores da UA (identificador único);- Um dos critérios no PADUA para a avaliação de docentes é baseada na tipologia de documentos e na atribuição de valores para cada uma das tipologias aceites;
  16. 16. Recolha de informação e interoperabilidade3. Integração de informação com o sistema PADUA – Gestão de informação paraavaliação de docentes UA- No caso da tipologia artigo científico são atribuídos diferentes valores consoante a lista de publicações em vigor para o sistema de avaliação da docência;- O utilizador do PADUA pode efetuar uma recolha automática de registos bibliográficos da sua autoria mediante um Web service do RIA e selecionar os registos a incluir no sistema de avaliação.
  17. 17. Aspetos críticos na disponibilização de informação entre sistemas
  18. 18. Aspetos críticos na disponibilização de informação entre sistemas- A correspondência entre tipologias de registos/documentos;- A aplicação de standards de metadados;- A importância das opções de filtragem e seleção de informação pelo próprio utilizador no momento da recolha de dados, segundo critérios estabelecidos;
  19. 19. Aspetos críticos na disponibilização de informação entre sistemas- A existência de mecanismos de identificação inequívoca de registos e documentos digitais através de identificadores persistentes – handle e DOI;- A importância da identificação inequívoca de utilizadores/ autores através da ligação à base do Registo Central de Utilizadores.
  20. 20. Aspetos críticos na disponibilização de informação entre sistemasUm dos aspetos críticos essenciais nainteroperabilidade entre sistemas passa por sepensar um sistema com um alto nível degranularidade de informação descritiva(metadados) de forma a “alimentar” outrossistemas com essa informação adicional.
  21. 21. Desafios futuros
  22. 22. Desafios futuros- Perspetiva-se a necessidade de um sistema de gestão de informação científica central (CRIS - Current Research Information System) interoperável e preparado para a troca de informação com o repositório institucional.
  23. 23. Desafios futuros- Desafios importantes ao nível da parametrização do RIA para permitir a comunicação de informação com sistemas internos e externos de forma a integrar informação relevante.
  24. 24. agradecemos a atenção Ana Bela Martins Bella Nolasco Diana Silva Miguel Guimarães Pedro Lobo http://ria.ua.pt Universidade de Aveiro 2013

×