Your SlideShare is downloading. ×
BIBLIOTECA E COMUNIDADE: RESGATANDO A MEMÓRIA DO BAIRRO BENFICA Diana Carla Mendonça Larissa Bastos Marília Aquino
INTRODUÇÃO <ul><li>A importância da Informação </li></ul><ul><li>Bibliotecas Comunitárias </li></ul><ul><li>Biblioteca Com...
COMUNIDADE “ O que caracteriza uma comunidade é que a vida de alguém possa ser desenvolvida na própria comunidade; não se ...
COMUNIDADE x SOCIEDADE <ul><li>A comunidade é um grupo social que partilha características e interesses comuns, pertence à...
BIBLIOTECA COMUNITÁRIA <ul><li>“ As bibliotecas comunitárias seguem a missão da biblioteca pública, que devem promover o a...
PALAVRAS-CHAVE NA BIBLIOTECA COMUNITÁRIA <ul><li>Conhecimento </li></ul><ul><li>Progresso </li></ul><ul><li>Informação </l...
O BAIRRO BENFICA O que diferencia o Benfica de outros bairros é sua população altamente heterogênea, moradores e freqüenta...
<ul><li>Os feirantes: São sinônimos de tradicionalismo. Na Praça da Gentilândia (principal do bairro), todas as tardes oco...
BAIRRO UNIVERSITÁRIO E ATIVIDADE CULTURAL <ul><li>O Benfica é contemplado com as principais instituições de ensino tecnoló...
 
PRAÇAS <ul><li>O bairro conta com duas praças: Gentilândia e João Gentil. Os nomes da praça derivam do sobrenome “Gentil”,...
VIDA BOÊMIA <ul><li>Intensamente ligada à vida acadêmica, o Benfica é reduto de tradicionalíssimos bares, que são verdadei...
Esportes <ul><li>Nem só de intelectualidade e boêmia vive o bairro, o esporte também seu espaço garantido no bairro, já qu...
RELIGIÃO <ul><li>A religião está presente no Benfica de todos os modos e crenças, o que não foge da tradição de mescla de ...
BIBLIOTECA COMUNITÁRIA DO BENFICA O projeto de extensão da UFC do Departamento de Ciências da Informação: Biblioteca Comun...
O QUE SERÁ A BIBLIOTECA COMUNITÁRIA DO BENFICA Pensada inicialmente como um projeto da UFC que se projeta para a sociedade...
O PUBLICO-ALVO E ACERVO <ul><li>Seu público alvo será toda a comunidade do Benfica e Gentilândia e demais interessados. </...
CONCLUSÃO <ul><li>Importância da memória e da preservação, que se faz necessária em toda a cidade, em todos os bairros. </...
REFERÊNCIAS <ul><li>ALMEIDA JÚNIOR. Oswaldo F. de.  Sociedade e biblioteconomia.  São Paulo: Pólis, 1997. </li></ul><ul><l...
OBRIGADA!
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

BIBLIOTECA E COMUNIDADE: RESGATANDO A MEMÓRIA DO BAIRRO BENFICA

1,891

Published on

0 Comments
1 Like
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

No Downloads
Views
Total Views
1,891
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
0
Actions
Shares
0
Downloads
0
Comments
0
Likes
1
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Transcript of "BIBLIOTECA E COMUNIDADE: RESGATANDO A MEMÓRIA DO BAIRRO BENFICA"

  1. 1. BIBLIOTECA E COMUNIDADE: RESGATANDO A MEMÓRIA DO BAIRRO BENFICA Diana Carla Mendonça Larissa Bastos Marília Aquino
  2. 2. INTRODUÇÃO <ul><li>A importância da Informação </li></ul><ul><li>Bibliotecas Comunitárias </li></ul><ul><li>Biblioteca Comunitária do Benfica </li></ul>
  3. 3. COMUNIDADE “ O que caracteriza uma comunidade é que a vida de alguém possa ser desenvolvida na própria comunidade; não se pode viver inteiramente dentro de uma empresa comercial, nem sequer dentro de uma igreja, mas sim dentro de uma tribo ou de uma cidade. O critério fundamental de comunidade, portanto, está em todas as relações sociais de alguém podem ser encontradas dentro da comunidade”. (SUAIDEN, 1995 p.13).
  4. 4. COMUNIDADE x SOCIEDADE <ul><li>A comunidade é um grupo social que partilha características e interesses comuns, pertence à tudo que é orgânico e intuitivo, as relações familiares por exemplo. </li></ul><ul><li>A sociedade inclui tudo que é real, racional e mecânico, como as relações econômicas. </li></ul>
  5. 5. BIBLIOTECA COMUNITÁRIA <ul><li>“ As bibliotecas comunitárias seguem a missão da biblioteca pública, que devem promover o acesso aos registros do conhecimento, o estímulo à leitura e sua interpretação através de atividades como a hora do conto, concurso de poesia e literatura, e ainda, focar questões do cotidiano da comunidade como: saúde, transporte, segurança, esportes, etc.” (MILANESE, 1986, p. 69). </li></ul>
  6. 6. PALAVRAS-CHAVE NA BIBLIOTECA COMUNITÁRIA <ul><li>Conhecimento </li></ul><ul><li>Progresso </li></ul><ul><li>Informação </li></ul><ul><li>Tecnologia </li></ul><ul><li>Cultura </li></ul><ul><li>Disseminação </li></ul><ul><li>Trabalho voluntário </li></ul>
  7. 7. O BAIRRO BENFICA O que diferencia o Benfica de outros bairros é sua população altamente heterogênea, moradores e freqüentadores, que fazem do bairro um ponto de apoio. Pessoas de todos os tipos, pensamentos e gostos são assíduos visitantes, e estes podem ser divididos em três principais grupos
  8. 8. <ul><li>Os feirantes: São sinônimos de tradicionalismo. Na Praça da Gentilândia (principal do bairro), todas as tardes ocorrem as famosas feirinhas, onde são expostos produtos artesanais, roupas e pratos típicos </li></ul><ul><li>Os torcedores: O Benfica conta com dois estádios: o Aécio de Borba (futebol de salão, vôlei e basquete) e o Presidente Vargas, o segundo maior campo de futebol em Fortaleza. </li></ul><ul><li>Os estudantes: Os mais variados possíveis. De instituições públicas ou particulares. O bairro tem, pelo menos, seis cursos superiores, o Centro de Educação Tecnológica e os colégios Adauto Bezerra, Figueiredo Corrêa e Farias Brito. </li></ul>
  9. 9. BAIRRO UNIVERSITÁRIO E ATIVIDADE CULTURAL <ul><li>O Benfica é contemplado com as principais instituições de ensino tecnológico e superior, entre elas estão: </li></ul><ul><li>Centro Federal de Educação Tecnológica do Ceará (CEFET); </li></ul><ul><li>Rádio Universitária; </li></ul><ul><li>Cursos de Línguas Estrangeiras do CEFET – CLEC; </li></ul><ul><li>Concha Acústica, Editora e Imprensa Universitária; </li></ul><ul><li>Biblioteca Municipal Dolor Barreira; </li></ul><ul><li>Casa Amarela e o Teatro Chico Anysio. </li></ul>
  10. 11. PRAÇAS <ul><li>O bairro conta com duas praças: Gentilândia e João Gentil. Os nomes da praça derivam do sobrenome “Gentil”, de João Gentil Alves de Carvalho, que por anos foi proprietários das terras que hoje formam o bairro </li></ul><ul><li>*Praça da Gentilândia </li></ul>
  11. 12. VIDA BOÊMIA <ul><li>Intensamente ligada à vida acadêmica, o Benfica é reduto de tradicionalíssimos bares, que são verdadeiros pontos de encontro de músicos, intelectuais e torcedores. Entre os principais bares estão: </li></ul><ul><li>Pitombeira Bar; </li></ul><ul><li>Bar do Feitosa; </li></ul><ul><li>Cantinho Acadêmico; </li></ul><ul><li>Gaiola; </li></ul><ul><li>Bar O Assis; </li></ul><ul><li>Bar do Chaguinha – este sendo matéria da Revista Veja, devido à sua famosa “panelada” . </li></ul>
  12. 13. Esportes <ul><li>Nem só de intelectualidade e boêmia vive o bairro, o esporte também seu espaço garantido no bairro, já que o Benfica abriga dois estádios: </li></ul><ul><li>Aécio de Borba: </li></ul><ul><li>Fundado em 1979, que além de receber eventos esportivos, recebe também outros tipos de eventos, como shows municipais e a “apuração” dos desfiles das escolas de samba de Fortaleza </li></ul><ul><li>Estádio Municipal Presidente Vargas: </li></ul><ul><li>Desde 1941 abriga boa parte dos jogos do Campeonato Cearense de Futebol, bem como partidas de competições de nível nacional disputadas por clubes cearenses. A presença deste estádio faz do futebol um tema muito presente no cotidiano do bairro, seja nas conversas entre amigos nas calçadas e bares, seja na presença maciça de torcedores em dias de jogo. </li></ul>
  13. 14. RELIGIÃO <ul><li>A religião está presente no Benfica de todos os modos e crenças, o que não foge da tradição de mescla de culturas. Diversas religiões e crenças se encontram no Benfica, tais como: </li></ul><ul><li>Igreja dos Remédios; </li></ul><ul><li>Instituto das Filhas de São José </li></ul><ul><li>Loja Maçônica; </li></ul><ul><li>Seicho no Ie, de origem japonesa; </li></ul><ul><li>Dispensário dos Pobres do Sagrado Coração </li></ul>
  14. 15. BIBLIOTECA COMUNITÁRIA DO BENFICA O projeto de extensão da UFC do Departamento de Ciências da Informação: Biblioteca Comunitária do Benfica vem chamar a comunidade para unir forças na empreitada da formação de uma biblioteca comunitária local, contemplando também a Gentilândia e suas especificidades culturais, históricas e geográficas .
  15. 16. O QUE SERÁ A BIBLIOTECA COMUNITÁRIA DO BENFICA Pensada inicialmente como um projeto da UFC que se projeta para a sociedade, o espaço da biblioteca servirá também como um laboratório de formação para os alunos do curso de biblioteconomia. A idéia é que a biblioteca se confunda com o imaginário cultural do bairro. Assim, ela também se expandirá para as ruas e praças, para feiras e escolas, etc. Sua missão é destruir barreiras, expandir fronteiras e interagir com os cotidianos da comunidade local
  16. 17. O PUBLICO-ALVO E ACERVO <ul><li>Seu público alvo será toda a comunidade do Benfica e Gentilândia e demais interessados. </li></ul><ul><li>Seu acervo contará com livros e revistas de conteúdos diversificados; gibis, cordéis, mapas, fotografias, literatura infanto-juvenil, matérias multimídias (CDs, DVDs, etc.) Terá ainda espaço para leitura individual e coletiva, brinquedoteca, além de álbuns de família originais ou digitalizados; mapas antigos dos dois bairros, objetos pessoais, discos, gravações de relatos orais, matérias cinevideográficos, artesanato, quadros, enfim, todos os materiais que tenham relação com os dois bairros </li></ul>
  17. 18. CONCLUSÃO <ul><li>Importância da memória e da preservação, que se faz necessária em toda a cidade, em todos os bairros. </li></ul><ul><li>As ações, o acervo e os serviços da Biblioteca Comunitária do Benfica visam contemplar o imaginário dos dois bairros, dirigindo-se aos interesses informacionais, artísticos e culturais de artistas e intelectuais, de anônimos e pessoas do povo, de donas de casa e crianças, de comerciantes, jovens e adultos. </li></ul>
  18. 19. REFERÊNCIAS <ul><li>ALMEIDA JÚNIOR. Oswaldo F. de. Sociedade e biblioteconomia. São Paulo: Pólis, 1997. </li></ul><ul><li>ARRUDA, Guilhermina Melo. As práticas da biblioteca pública a partir das suas quatro funções básicas. In: Proceedings XIX Congresso Brasileiro de Biblioteconomia e Documentação, 1, Centro de eventos da PUCRS, 2000. Disponível em: <http://dici.ibict.br/archive/00000734/01/T079.pdf> Acesso em: 02 abr. 2009>. </li></ul><ul><li>BARROSO, Francisco de Andrade. O Benfica de Ontem e de Hoje . LCR: Fortaleza, 2004.444p. </li></ul><ul><li>FACCION JUNIOR, Carlos Magno. Biblioteca comunitária: Uma alternativa a biblioteca publica e a biblioteca escolar . Rio de Janeiro, EdUFRJ, 2005. Disponível em: <http://rabci.org/rabci/sites/default/files/faccionjunior-tcc.doc> Acesso em: 14 nov. 2009, 15:36:30. </li></ul>
  19. 20. OBRIGADA!

×