Ebk008   dicionário empresarial
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×
 

Like this? Share it with your network

Share

Ebk008 dicionário empresarial

on

  • 257 views

 

Statistics

Views

Total Views
257
Views on SlideShare
257
Embed Views
0

Actions

Likes
0
Downloads
2
Comments
0

0 Embeds 0

No embeds

Accessibility

Categories

Upload Details

Uploaded via as Adobe PDF

Usage Rights

© All Rights Reserved

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Processing…
Post Comment
Edit your comment

Ebk008 dicionário empresarial Document Transcript

  • 1. ! 200 TERMOS E DEFINIÇÕESQUE ENVOLVEM A GESTÃO DE MICRO E PEQUENAS EMPRESAS EBK008
  • 2. ! ÍNDICE 01 INTRODUÇÃO 03 02 TERMOS E DEFINIÇÕES 05 03 CONTINUA COM FOME? DÊ O PRÓXIMO PASSO 60
  • 3. ! INTRODUÇÃO 01
  • 4. PORQUE UM LIVRO DE TERMOS E DEFINIÇÕES? Você, empreendedor, já deve ter percebido que o mundo dos negócios acaba adotando um idioma próprio: o empresariês. Com certeza você já deve ter se deparado com algum termo que desconhecia, não é mesmo? Pensando nisso, a LUZ desenvolveu este livro com os principais termos e definições para que você entenda os principais assuntos que fazem parte do mundo dos negócios. OK, MAS COMO CONSULTAR OS TERMOS? Os termos foram organizados em ordem alfabética (como em um dicionário), para facilitar a sua consulta. A estrutura dos termos e suas definições está representada no exemplo abaixo: E-commerce   (Sig: Comércio Eletrônico - Marketing, Tecnologia) É a transação comercial realizada através de um equipamento eletrônico, como por exemplo o computador ou tablet. O melhor exemplo de e-commerce é a venda e compra pela internet. 01. INTRODUÇÃO ! 04 Sig: significado. Caso o termo seja uma sigla ou um nome em inglês, seu significado virá imediatamente depois do termo, entre parêntese Área que o termo é mais utilizado/ empregado.
  • 5. ! TERMOS E DEFINIÇÕES 02
  • 6. Aceleradoras de Empresas  (Estratégia e Negócios)   Instituições que criam programas de curta duração para suportar a criação de empresas, unindo técnicas de prototipação, desenvolvimento ágil, mentores, investidores e infraestrutura (normalmente um espaço de co-working), utilizando metodologia de modelagem de negócios. Veja mais sobre aceleradoras clicando aqui.  Add on (Tecnologia) Refere-se a módulos de hardware ou software (sub-sistemas ou pseudo- programas) que suplementam ou aumentam as ferramentas e possibilidades de uso ou características originais onde são utilizados. Amortização (Finanças) É um processo de extinção de uma dívida através de pagamentos periódicos, que são realizados em função de um planejamento, de modo que cada prestação corresponde à soma do reembolso do Capital ou do pagamento dos juros do saldo devedor, podendo ser o reembolso de ambos, sendo que juros são sempre calculados sobre o saldo devedor. Veja mais sobre amortização clicando aqui. Análise Custo x Benefício (Estratégia e Negócios) A expressão Análise Custo-Benefício designa a comparação entre os custos e os benefícios associados à execução de determinado plano, projeto ou atividade. Pode ser usada para comparar os resultados financeiros obtidos a partir de diferentes 02. TERMOS E DEFINIÇÕES ! 6 A
  • 7. atividades e determinar se uma determinada ação é viável do ponto de vista econômico e financeiro. Veja mais sobre custo e benefício clicando aqui. Análise de Risco (Estratégia e Negócios) Corresponde à revisão permanente de todos os riscos associados ao negócio da empresa ou organização, envolvendo a análise da incerteza decorrente de fatores como o desenvolvimento de novos produtos, a entrada em novos mercados, a realização de projetos de investimento, entre outros. Análise de Viabilidade (Estratégia e Negócios) Consiste num estudo técnico de caráter financeiro que procura determinar as possibilidades de sucesso econômico e financeiro de um determinado projeto. Através deste estudo são efetuadas previsões dos proveitos e dos custos gerados pelo projetos e calculados diversos indicadores de viabilidade. Veja mais sobre viabilidade clicando aqui. Análise SWOT (Marketing) O termo SWOT é uma sigla em inglês que significa Forças (Strengths), Fraquezas (Weaknesses), Oportunidades (Opportunities) e Ameaças (Threats). É um processo de identificação desses 4 fatores para posicionar ou verificar a posição estratégica da empresa no ambiente em que atua. Oportunidades são situações externas, atuais ou futuras que, se adequadamente aproveitadas pela empresa, podem influencia – la positivamente. Ameaças são situações externas, atuais ou futuras que, se não evitadas pela empresa, podem afetá-la negativamente. Forças são 02. TERMOS E DEFINIÇÕES ! 7
  • 8. características da empresa, tangíveis ou não, que podem ser potencializadas para otimizar seu desempenho. Fraquezas são características da empresa, tangíveis ou não, que devem ser minimizadas para evitar influência negativa sobre seu desempenho. ANS (Sig: Acordo de Nível de Serviço, em inglês, SLA - Service Level Agreement - Estratégia e Negócios) É a parte de um contrato de serviços entre duas ou mais entidades no qual o nível da prestação de serviço é definido formalmente e, normalmente, de forma mensurável. Na prática, o termo é usado no contexto de tempo de entregas de um serviço ou de um desempenho específico. Também pode ser usado para definir níveis de serviço entre áreas prestadoras de serviço dentro de uma empresa, como, por exemplo, a área de TI. ASAP (Sig: “As soon as possible” - Recursos Humanos) Muito usado na comunicação das empresas, especialmente via email, para definir a urgência da tarefa, pois ela deve ser cumprida o mais cedo possível. Avaliação de Desempenho (Recursos Humanos) Processo de identificação e mensuração das ações que os colaboradores de uma organização realizaram durante determinado período. A avaliação de desempenho tem como objetivo diagnosticar e analisar o desempenho individual e grupal dos funcionários, promovendo o crescimento pessoal e profissional, bem como melhor desempenho. Além disso, fornece aos gestores informações para tomadas de decisões acerca de salários, bonificações, promoções, demissões entre outras. Veja mais sobre gestão de pessoas clicando aqui. 02. TERMOS E DEFINIÇÕES ! 8
  • 9. B2B (Sig: Business to Business - Estratégia e Negócios) Nome dado às transações comerciais realizadas entre empresas através da internet ou redes privadas partilhadas entre duas empresas , substituindo os processos físicos. B2C (Sig: Business to Consumer - Operações, Tecnologia) São todos os processos que permitem que um consumidor final possa adquirir um produto ou serviço através da Internet Backoffice (Operações) Termo usado para designar áreas da empresa que não tem contato direto com o cliente, como as áreas administrativo-financeira, recursos humanos e tecnologia da informação. O backoffice apóia as atividades de front office, aquelas que lidam com o cliente, mas executam suas atividades dentro da empresa. No entanto, o backoffice se relaciona com entidades externa à empresa como fornecedores e prestadores de serviço. Backup (Sig: Cópia de Segurança - Tecnologia) É a cópia de dados de um dispositivo de armazenamento a outro para que possam ser restaurados em caso da perda dos dados originais, o que pode envolver apagamentos acidentais ou corrupção de dados. Balanço Patrimonial (Finanças) O balanço patrimonial é a demonstração contábil destinada a evidenciar, qualitativa e quantitativamente, numa determinada data, a posição patrimonial e financeira da entidade. Veja mais sobre gestão financeira clicando aqui. 02. TERMOS E DEFINIÇÕES ! 9 B
  • 10. Banner  (Sig: Painel - Marketing, Tecnologia) Forma publicitária mais comum na internet, muito usado em propagandas para divulgação de sites na Internet que pagam por sua inclusão. É criado para atrair um usuário a um site através de um link. Benchmarking  (Estratégia e Negócios, Marketing) É simplesmente o método sistemático de procurar os melhores processos, as idéias inovadoras e os procedimentos de operação mais eficazes que conduzam a um desempenho superior. É a busca das melhores práticas na indústria que conduzem ao desempenho superior. BI - Business Intelligence   (Sig: Inteligência de Negócios ou Inteligência Empresarial - Estratégia e Negócios) Permite que a empresa descubra formas de melhorar a interação com clientes, parceiros e funcionários com o objetivo de tornar os processos mais inteligentes e integrados. Blog  (Sig: palavra derivada de weblog - Marketing, Tecnologia) Página da web constituída de informações atualizadas e breves, atualizada regularmente e organizada em ordem de data, com objetivos de: entretenimento,profissionais, acadêmicos e outros. Ferramenta de comunicação que dá suporte à interação de pequenos grupos por meio de um sistema simples e fácil de troca de mensagens, podendo ser utilizada por membros de uma família, uma empresa ou qualquer instituição. Conheça o blog LUZ Loja de Consultoria! 02. TERMOS E DEFINIÇÕES ! 10
  • 11. Brainstorming  (Sig: “Tempestade de Ideias” - Marketing) Atividade desenvolvida para explorar o potencial criativo de uma pessoa ou grupo de pessoas com determinado objetivo. Na prática do brainstormin não se devem ter críticas ou restrições às idéias que surgirem. Branding  (Marketing) Envolve o processo de gestão da marca, construindo-a de forma a deixar clara a sua importância da marca. Deve-se considerar as impressões do consumidor em relação ao produto ou serviço representado pela marca e a imagem que o consumidor tem da mesma e sua representatividade. Briefing  (Marketing) Conjunto de informações sobre um determinado produto ou serviço, contendo público-alvo, histórico, estratégia, posicionamento do produto/serviço, meta desejada, desafio da comunicação, principais pontos positivos e negativos, diferenciais, entre outras, que dão base para o processo de planejamento de ações. BSC  (Sig: Balanced Scorecard - Estratégia e Negócios) É uma metodologia de negócios e suporte a decisões estratégicas. Gerado pelo especialista norte-americano Robert Kaplan, da Harvard School of Business, o BSC permite a definição dos objetivos estratégicos de uma organização em quatro dimensões; financeira (como rentabilidade e ganho por ações), mercadológica (tamanho do mercado, avaliação de crescimento em participação, satisfação do consumidor e índice de retenção de clientes), de processos (eficiência, custos e serviços ) e de aprendizagem e crescimento (satisfação dos funcionários e perspectivas de futuro) 02. TERMOS E DEFINIÇÕES ! 11
  • 12. Budget  (Finanças) Orçamento Buying Persona  (Marketing) É a descrição detalhada do perfil de um comprador fictício, visando representar o público real. Ou seja, é uma espécie de arquétipo de seu público-alvo. Veja mais sobre Buying Persona clicando aqui. 02. TERMOS E DEFINIÇÕES ! 12
  • 13. Cadeia de Valor  (Operações)   Conjunto de atividades realizadas por uma empresa que cria valor e aumenta a sua capacidade competitiva. Pode ser dividido em atividade primárias, como logística, fabricação, marketing, vendas, serviços pós-venda; e atividades secundárias, como infra-estrutura da empresa, recursos humanos, tecnologia e compras. Capacitação  (Recursos Humanos) Desenvolvimento das competências dos colaboradores e parceiros da empresa por meio de iniciativas sistemáticas de qualificação. Veja mais sobre gestão de pessoas clicando aqui. Capital de Giro (Finanças) Recursos necessários para financiar os gastos de uma empresa durante seu ciclo produtivo, ou seja, até o recebimento do produto das vendas. Cargos  (Recursos Humanos) Uma composição de funções ou atividades equivalentes em relação às tarefas a serem desempenhadas, o qual é definido estrategicamente na busca da eficiência da organização. A diferença entre cargo e função é que o cargo é a posição que uma pessoa ocupa dentro de uma estrutura organizacional determinado estrategicamente e função é o conjunto de tarefas e responsabilidades que correspondem a este cargo. Veja mais sobre descrição de cargos clicando aqui. 02. TERMOS E DEFINIÇÕES ! 13 C
  • 14. Case  (Sig: Caso - Estratégia e Negócios) O Método do Caso consiste na discussão em reuniões de casos realmente vividos por empresas e instituições, mesmo que se alterem, por segurança e privacidade, dados numéricos e nomes, mantendo sempre a essência da questão a ser decidida. CEO   (Sig: Chief Executive Officer - Diretor Executivo ou Diretor Geral- Recursos Humanos) É a pessoa com a mais alta responsabilidade ou autoridade numa organização. Geralmente o posto é ocupado por somente uma pessoa, todos os demais executivos prestam contas ao CEO. CFO   (Sig: Chief Financial Officer - Chefe do Setor Financeiro ou Diretor Financeiro - Recursos Humanos) É o responsável pela administração dos riscos financeiros de um negócio. Esse executivo é também responsável pelo planejamento Financeiro da empresa. Checklist  (Sig: Lista de Verificação - Operações, Recursos Humanos) Varia conforme o setor no qual é utilizada. Pode ser elaborada para verificar as atividades já efetuadas a ainda a serem feitas. Veja mais sobre checklists clicando aqui. Ciclo de Vida do Produto/Serviço  (Marketing) Conjunto de etapas, normalmente quatro (lançamento, crescimento, maturidade e declínio) pelo qual passa um produto ou serviço. Classificação ABC  (Finanças) 02. TERMOS E DEFINIÇÕES ! 14
  • 15. Classificação estatística de materiais, considerando suas importâncias, baseadas nas quantidades e nos seus valores. Cloud Computing  (Tecnologia) Se refere, essencialmente, à ideia de utilizarmos, em qualquer lugar e independente de plataforma, as mais variadas aplicações por meio da internet com a mesma facilidade de tê-las instaladas em nossos próprios computadores. Outras vantagens associadas ao Cloud Computing são: na maioria dos casos as aplicações podem ser acessadas independente do sistema operacional ou hardware; facilita o compartilhamento de dados e trabalho colaborativo; menor custo; e alta disponibilidade. Coaching  (Recursos Humanos) É um processo, com início, meio e fim, definido em comum acordo entre o coach (profissional) e o coachee (cliente) de acordo com a meta desejada pelo cliente, onde o coach apoia o cliente na busca de realizar metas de curto, médio e longo prazo, através da identificação e uso das próprias competências desenvolvidas, como também do reconhecimento e superação de suas fragilidades. Competência  (Recursos Humanos) Qualidade de quem é capaz de apreciar e resolver certo assunto, fazer determinada coisa; capacidade, habilidade, aptidão, idoneidade. Faculdade para apreciar e resolver qualquer assunto. Concorrência  (Marketing) Pode ser definida, de forma ampla, como todas as empresas formais e informais que atendem às mesmas necessidades do mesmo público alvo do seu empreendimento e podem lhe roubar clientes. Portanto, para ser considerada 02. TERMOS E DEFINIÇÕES ! 15
  • 16. concorrente, uma empresa precisa cumprir as duas condições: possuir produtos e serviços que atendam necessidades iguais àquelas para as quais os seus produtos e ser viços são orientados e ter como foco o mesmo perfil de clientela. Controle de Estoque  (Finanças) Gerenciamento da quantidade de mercadorias disponível para uso ou venda. CRM  (Sig: Customer Relationship Management - Gestão do Relacionamento com o Cliente - Marketing) É um processo contínuo e evolutivo de conhecimento e comunicação interativa com os clientes. Compreende três etapas básicas que são continuamente ativadas; Análise profunda das características e comportamentos do cliente, Planejamento de campanhas de marketing e de e interação com o cliente e Efetivação das ações de marketing e vendas. Cronograma  (Gestão de Projetos, Recursos Humanos) Gráfico demonstrativo do início e do término das diversas fases de um processo operacional, dentro das faixas de tempo previamente determinadas. Crowdsourcing  (Estratégia e Negócios) Crowdsourcing é um modelo de produção que utiliza a inteligência e os conhecimentos coletivos e voluntários espalhados pela internet para resolver problemas, criar conteúdo e soluções ou desenvolver novas tecnologias. Custos  (Finanças) Preço pago pela aquisição ou produção de um bem. Os custos podem ser classificados como: de produção, fixos ou variáveis. Os custos de produção são os gastos realizados pela empresa na aquisição dos fatores fixos e variáveis que 02. TERMOS E DEFINIÇÕES ! 16
  • 17. foram utilizados no processo produtivo. Custos fixos são aqueles que contabilizam os gastos com os fatores que independem da venda (aluguel, luz, salários, etc). Custos variáveis são aqueles gerados através da produção e venda (logística,comissão, material utilizado). Veja mais sobre Custos clicando aqui. Customer Development  (Estratégia e Negócios) Processo detalhado para testar e validar hipóteses sobre clientes, produto e mercado. Este método é utilizados, principalmente, por start-ups. Veja mais sobre Customer Development clicando aqui. 02. TERMOS E DEFINIÇÕES ! 17
  • 18. DACON  (Demonstrativos de Apuração de Contribuições Sociais - Finanças)   É uma declaração acessória obrigatória em que as pessoas jurídicas informam a Receita Federal sobre a apuração do: PIS e COFINS no regime cumulativo e não cumulativo e PIS com base na folha de salários. DARF  (Sig: Documento de Arrecadação de Receitas Federais - Finanças)   Instituído pela Secretaria da Receita Federal para pagamento de receitas federais. DBM  (Sig: Data Base Marketing - Marketing) É utilizado na busca por informações que permitem a aquisição de conhecimento estratégico sobre o público-alvo desejado, possibilitando uma abordagem assertiva aos diferentes perfis de clientes, prospects e suspects, ajudando a sua empresa a alcançar os objetivos da marca ou produto. Deadline  (Recursos Humanos, Gestão de Projetos) Último prazo para a realização de algo. Depreciação  (Sig: Finanças) É a perda de valor de bens físicos (tangíveis ou corpóreos) em função de: desgaste ou perda de utilidade pelo uso; ação da natureza ou obsolescência. DRE (Sig: Demonstrativo do Resultado do Exercício - Finanças) O relatório que demonstra o resultado final da empresa no exercício (lucro ou prejuízo), discriminando todas as contas de receitas e despesas. Trata-se de um relatório dinâmico. 02. TERMOS E DEFINIÇÕES ! 18 D
  • 19. Due Dilligence  (Operações) É um procedimento de análise sistemática de documentos e informações de uma empresa, com o objetivo de mensurar riscos efetivos e potenciais. A due diligence pode abranger diversos itens, tais como tributos, contratos, atos societários, questões ambientais, trabalhistas, previdenciárias e outras, conforme o ramo de negócios em que atua a empresa e o objetivo em questão. DW  (Sig: Data Warehouse - Armazém de Dados - Tecnologia) É um sistema de computação utilizado para armazenar informação relativa às atividades de uma organização em bancos de dados, de forma consolidada. O desenho da base de dados favorece os relatórios e análise de grandes volumes de dados e obtenção de informações estratégicas que podem facilitar a tomada de decisão. 02. TERMOS E DEFINIÇÕES ! 19
  • 20. EBTIDA  (Sig: Earnings Before Interest, Taxes, Depreciation and Armotization - Finanças)   Lucros antes de juros, impostos, depreciação e amortização (Lajida). E-business  (Sig: Negócios Digitais - Marketing, Tecnologia)   Modalidade que utiliza a tecnologia digital, especialmente a internet, para a realização de negócios. ECF  (Sig: Emissor de Cupom Fiscal - Finanças) Nada mais é do que uma impressora fiscal, que possui alguns elementos eletrônicos que só podem ser comercializados juntamente com o mecanismo apropriado. O ECF tem capacidade de armazenamento de dados suficiente para cinco anos de movimento de um estabelecimento comercial. O equipamento deve ser homologado pelo Cotepe (Conselho Técnico Permanente do ICMS), e em seguida deverá ser solicitado autorização de uso ao Fisco. E-commerce  (Sig: Comércio Eletrônico - Marketing, Tecnologia) É a transação comercial realizada através de um equipamento eletrônico, como por exemplo o computador ou tablet. O melhor exemplo de e-commerce é a venda e compra pela internet. Conheça a Loja Virtual da LUZ Loja de Consultoria! ECR  (Sig: Efficiente Consumer Response - Resposta Eficiente ao Consumidos - Estratégia e Negócios, Tecnologia) Trata-se de software que permite o gerenciamento automático de estoques visando a reposição automática de itens, utilizando-se de código de barras, 02. TERMOS E DEFINIÇÕES ! 20 E
  • 21. scanner, EDI etc. É um modelo estratégico de negócios, no qual fornecedores e varejistas trabalham de forma integrada, visando melhorar a eficiência na cadeia de abastecimento, de forma a entregar maior valor agregado ao cliente/usuário final. Procura-se relacionar vendas finais no varejo com as programações de produção e a expedição com a cadeia de abastecimento. Também chamado de Programa de Resposta Rápida (quick response) ou, simplesmente, Resposta Rápida. EDI  (Sig: Eletronic Data Interchange - Intercâmbio Eletrônico de Informações - Operações, Tecnologia) É a troca automatizada, computador-a-computador, de informações de negócios/ estruturas, entre uma empresa e seus parceiros comerciais, de acordo com um padrão reconhecido internacionalmente. Trata-se da troca eletrônica de documentos padronizados entre parceiros de uma cadeia de abastecimento ou entre unidades de uma mesma empresa separadas fisicamente. Quando associado ao uso do código de barras, leitoras óticas e sistemas de informações logísticas, constitui a base sobre a qual se viabiliza a implantação do ECR. E-mail Marketing  (Marketing) Estratégia de comunicação on-line através de e-mails. Veja mais sobre Marketing Digital clicando aqui. Empowerment  (Recursos Humanos) É uma abordagem de trabalho que se baseia na delegação de poderes de decisão, autonomia e participação dos funcionários na administração da empresa. 02. TERMOS E DEFINIÇÕES ! 21
  • 22. Empresas Sociais (Estratégia e Negócios) As Empresas Sociais são marcadas por duas características principais: possuem um claro propósito social e adotam uma estratégia financeira sustentável e própria. Ao adotar esse modelo, as Empresas Sociais unem a missão social típica do Terceiro Setor com a eficiência e estrutura do Segundo Setor. De maneira geral, elas se tornam mais competitivas do que as organizações sociais na busca por profissionais, pois podem oferecer salários mais atraentes, assim como, de maneira geral, assumem estrutura capaz de oferecer mais empregos. Quando comparadas às empresas tradicionais, têm a vantagem de possuir uma missão social que incentiva o comprometimento dos funcionários. Veja mais sobre empresas sociais clicando aqui. ERP   (Sig: Enterprise Resource Planning - Planejamento de Recursos da Empresa - Operações, Tecnologia) É um Sistema de Gestão Integrada, uma Solução modular para informatização integrada de processos de negócio, uma arquitetura de sistemas que facilita o fluxo de informações entre todas as atividades da empresa. Estratégia de Marketing (Marketing) Conjunto de objetivos e políticas que resume a forma pela qual a empresa atua ou pretende atuar por meio do marketing com os segmentos-alvo e mediante um determinado posicionamento. Pode ser definida, também, como a lógica de marketing por meio da qual a unidade de negócios espera alcançar seus objetivos de marketing. ETL   (Sig: Extract Transform Load - Extração Transformação Carga - Tecnologia) 02. TERMOS E DEFINIÇÕES ! 22
  • 23. São ferramentas de software cuja função é a extração de dados de diversos sistemas, transformação desses dados conforme regras de negócios e por fim, a carga dos dados em um data warehouse. 02. TERMOS E DEFINIÇÕES ! 23
  • 24. Fatores Críticos de Sucesso  (Estratégia e Negócios)   São os pontos chave que definem o sucesso ou o fracasso de um objetivo definido por um planejamento de determinada organização. Quando bem definidos, os fatores críticos de sucesso se tornam um ponto de referência para toda a organização em suas atividades voltadas para a sua missão. Feedback  (Sig: Retorno - Recursos Humanos) Procedimento que consiste no provimento de informação a uma pessoa sobre o desempenho, conduta, ou ação executada por esta, objetivando reorientar ou estimular comportamentos futuros mais adequados. Fluxo de Caixa  (Finanças) Um fluxo de caixa refere-se ao montante de caixa recebido e gasto por uma empresa durante um período de tempo definido. Ele é um instrumento de controle que auxilia na previsão, visualização e controle das movimentações financeiras de cada período. A sua grande utilidade, para a pequena empresa , é permitir a identificação (especialmente prévia, mas também posterior) das sobras e faltas no caixa, possibilitando um melhor planejamento de suas ações futuras e acompanhamento do desempenho financeiro da empresa. Veja mais sobre fluxo de caixa clicando aqui. Follow-up  (Recursos Humanos, Marketing) Dar prosseguimento a um relacionamento, discussão ou debate. Franchising  (Sig: xxx - Estratégia e Negócios) 02. TERMOS E DEFINIÇÕES ! 24 F
  • 25. Sistema de distribuição baseado na colaboração entre empresas. Uma que concebeu um produto ou serviço e tem o know-how de exploração do mesmo e que o cede através de um contrato, o franqueador. Outra, o franqueado, que, através de meios humanos e financeiros disponíveis procede à comercialização e manutenção da imagem de marca imposta pelo primeiro. Funções (Recursos Humanos) É um conjunto de tarefas e responsabilidades atribuídas a um cargo. FYI  (Sig: For your information ou PSC - para seu conhecimento - Recursos Humanos) Muito usado na troca de emails em empresas, quando se deseja apenas transmitir uma informação recebida para outra pessoa que não estava em cópia no email. 02. TERMOS E DEFINIÇÕES ! 25
  • 26. GAP  (Sig: Distanciamento, afastamento - Gestão de Projetos)   Gaps geralmente indicam que algo importante mudou nos fundamentos de uma determinada empresa. Gaps são brechas que aparecem em gráficos de cotações ao longo do tempo, são mudanças bruscas nos níveis de preço, diferenças entre o fechamento das cotações de um período e a sua abertura no período subseqüente e etc.. Quando acontecem, criam um espaço “branco” entre barras consecutivas no gráfico. GED  (Sig: Gestão Eletrônica de Documentos - Operações) Conjunto de tecnologias que permite a uma empresa gerenciar seus documentos em forma digital, facilitando sua geração, controle, armazenamento, compartilhamento e recuperação de informações. Esses documentos podem ser das mais diversas origens, tais como papel, microfilme, imagem, som, planilhas eletrônicas, arquivos de texto etc. Através de um sistema GED os usuários podem acessar os documentos de forma ágil e segura, normalmente via navegador Web por meio de uma intranet corporativa acessada interna ou externamente. A capacidade de gerenciar documentos é uma ferramenta indispensável para a Gestão do Conhecimento. Gerenciamento por Categoria  (Varejo) É um processo de parceria entre varejista e fornecedor que consiste na definição da categorias de produtos conforme a necessidade que atendam (ex: matinais, beleza, limpeza) e gerenciá-las como se fossem unidades estratégicas de negócios. Tem como objetivo aumentar as vendas e a lucratividade por meio de esforços para agregar maior valor ao consumidor final. No escopo do gerenciamento por categorias uma das questões essenciais é a definição de quais 02. TERMOS E DEFINIÇÕES ! 26 G
  • 27. soluções de compra a loja se propõe a oferecer, bem como a disposição das categorias no espaço físico da loja. Gestão da Qualidade Total (Operações) Abordagem que busca a melhoria contínua de todos os processos, produtos e serviços da organização. Gestão de Compras  (Finanças) A função desta atividade, que compactua com todos os departamentos de uma empresa, tem como objectivos de eficiência a obtenção dos materiais certos, das quantidades correctas, das entregas atempadas e dos preços mais vantajosos. Gestão do Conhecimento  (Recursos Humanos) A Gestão do conhecimento possui ainda o objetivo de controlar, facilitar o acesso e manter um gerenciamento integrado sobre as informações em seus diversos meios. Entende-se por conhecimento a informação interpretada, ou seja, o que cada informação significa e que impactos no meio cada informação pode causar de modo que a informação possa ser utilizada para importantes ações e tomadas de decisões. Em uma definição resumida pode-se dizer que Gestão do Conhecimento é um processo sistemático, articulado e intencional, apoiado na geração, codificação, disseminação e apropriação de conhecimentos, com o propósito de atingir a excelência organizacional. GIF  (Sig: Graphic Interchange Format - Tecnologia) É um formato gráfico com grande capacidade de compressão. A maioria das imagens na Internet é um GIF. 02. TERMOS E DEFINIÇÕES ! 27
  • 28. Governança Corporativa  (Estratégia e Negócios) O termo governança corporativa foi criado no início da década de 1990 nos países desenvolvidos, mais especificamente nos Estados Unidos e na Grã-Bretanha, para definir as regras que regem o relacionamento dentro de uma companhia dos interesses de acionistas controladores, acionistas minoritários e administradores. Guide line  (Gestão de Projetos) Orientações, diretriz ou linha guia. 02. TERMOS E DEFINIÇÕES ! 28
  • 29. Headhunter (Recursos Humanos)  Caça-talentos do mundo corporativo HTML  (Sig: Hipertext Mark-up Language - Tecnologia)   É uma linguagem padronizada de layout de documentos e links hipertexto, independente de plataforma . HTML é um subconjunto do SGML (Standard generalized Markup Language) e é usada para conectar documentos na Web. 02. TERMOS E DEFINIÇÕES ! 29 H
  • 30. Incubadoras de Empresa  (Estratégia e Negócios)   São espaços destinados ao desenvolvimento de empresas nascentes, na sua grande maioria no segmento de tecnologia. Elas nasceram com o objetivo de reduzir a mortalidade de empresas, que no Brasil, segundo o SEBRAE, gira em torno de 56% até o terceiro ano de vida. Basicamente, as incubadoras oferecem: infraestrutura, assessorias, serviços, networking e parcerias. Veja mais sobre incubadoras clicando aqui. Indicadores de Desmepenho  (Estratégia e Negócios) Indicador é um índice de monitoramento de algo que pode ser mensurável.  Indicadores de desempenho nos permitem manter, mudar ou abortar o rumo de nossas ações, de processos empresarias, de atividades, etc. São ferramentas de gestão ligadas ao monitoramento e auxiliam no desenvolvimento de qualquer tipo de empresa. Tudo que for crítico para uma empresa deve ser monitorado, medido, não apenas custos, ganhos financeiros ou desperdícios. É possível medir e monitorar até mesmo coisas abstratas como, por exemplo, a satisfação. IPO  (Sig: Initial Public Offering - Finanças) Oferta pública inicial de ações é a abertura do capital de uma empresa no mercado acionário com objetivo de levantar capital para expansão, investimentos etc. Para isso a empresa deve realizar uma avaliação financeira para definir o total de ações que será negociado na bolsa de valores. No caso do Brasil, as ações são negociadas na Bovespa (Bolsa de Valores de São Paulo). 02. TERMOS E DEFINIÇÕES ! 30 I
  • 31. Joint Venture (Finanças) É a concessão de empréstimos de baixo valor a pequenos empreendedores informais e microempresas, que não têm acesso ao sistema financeiro tradicional. Juros  (Finanças) É a remuneração pelo empréstimo de algum dinheiro. os juros representam de fato a remuneração do Capital empregado em alguma atividade produtiva, seja ela de qualquer fim. 02. TERMOS E DEFINIÇÕES ! 31 J
  • 32. Kick-off  (Gestão de Projetos)   Usado em projetos para definir a reunião inicial que apresenta os objetivos, escopo, fases, cronograma e responsabilidades do projeto. O ideal é que todos os envolvidos no projeto participem do seu "kick-off". Know-how  (Estratégia e Negócios) É utilizado para designar uma técnica, um conhecimento ou uma capacidade desenvolvida por uma organização ou por uma pessoa. O know-kow pode, em determinados casos, constituir uma importante fonte de vantagens competitivas para quem o detém. 02. TERMOS E DEFINIÇÕES ! 32 K
  • 33. Landing Page  (Tecnologia, Marketing)   A landing page, em uma tradução direta, é a página na qual o leitor vai, na maioria das vezes, “pousar” no seu website. Em outras palavras, ela é a página de entrada de seus clientes, comumente denominada de “home“ Veja mais sobre landing Page clicando aqui. Lean Startup  (Estratégia e Negócios) É a forma prática de implementar a cultura de aprendizado necessária para as Startups, principalmente para o caso das empresas de software. A premissa principal da Lean Startup é de que quanto maior a velocidade e menor o custo de cada grande iteração – onde a Startup valida ou descarta hipóteses importantes sobre o seu produto ou mercado – maiores são as suas chances de sucesso. Veja mais sobre Lean Start-Up clicando aqui. Link Patrocinado  (Tecnologia, Marketing) É um formato de anúncio publicitário veiculado na internet. Logotipo  (Marketing) Apresentação gráfica de uma denominação, simbologia ou uma associação entre estas duas formas, caracterizando e singularizando um nome ou razão social Veja mais sobre logotipos clicando aqui. 02. TERMOS E DEFINIÇÕES ! 33 L
  • 34. M&A   (Sig: Merger & Acquisitions - Fusões e Aquisições - Estratégia e Negócios)   Fusão é o processo pelo qual duas ou mais empresas deixam de existir para dar lugar a uma inteiramente nova. Estas transações efetuadas entre empresas do mesmo tamanho aproximadamente. Em uma aquisição, ou incorporação, somente uma das empresas mantém sua identidade jurídica. Geralmente são transações efetuadas entre empresas com tamanhos diferentes, onde a maior delas permanece existindo. Mailing list  (Marketing) Listagem com nomes, endereços, e-mails e outros dados adicionais que podem ser selecionados sob vários aspectos de acordo com a capacidade e/ou segmentação do banco de dados. Marketing  (Marketing) Nome, termo símbolo, desenho — ou a combinação desses elementos — que deve identificar os produtos ou serviços de uma empresa ou um grupo de empresas e diferenciá-los dos da concorrência. Market share (Sig: Participação no mercado - Marketing) Se refere à fatia de mercado que uma empresa tem. É medido em porcentagem e pode ser medido de forma diferente de acordo com o setor de atuação da empresa. A forma mais comum de medir é através do faturamento da empresa: divide-se o faturamento da empresa pelo faturamento total do setor em que ela atua. 02. TERMOS E DEFINIÇÕES ! 34 M
  • 35. Marketing de Guerrilha  (Marketing) As ferramentas de Marketing de Guerrilha são utilizadas por empresas menores com o objetivo de combater grandes concorrentes ou simplesmente sobreviverem. O Marketing de Guerrilha, utiliza-se de maneiras não convencionais para executar suas atividades de marketing, geralmente com orçamentos “apertados”. Veja mais sobre marketing de guerrilha clicando aqui. Marketing Management  (Sig: Gestão de marketing - Marketing) Processo de análise, planejamento, implementação e controle de programas que objetivam criar e manter relações de troca com grupos de clientes-alvo. Mark-up (Marketing) Método elementar de fixação de preços que consiste em definir um preço a partir de uma taxa-padrão aplicada sobre o custo total. M-commerce (Marketing, Tecnologia) É o comércio eletrônico ou transações eletrônicas realizadas através de dispositivos móveis (celulares, PDAs, smartphones etc). Media training (Marketing) Treinamento de mídia. Meetup (Estratégia e Negócios) Designa um encontro ou reunião informal em que as pessoas conversam de pé, facilitando a circulação e o networking. A ideia das Meetup é originária do Silicon Valley onde eventos como esse são tão comuns quanto um happy-hour. 02. TERMOS E DEFINIÇÕES ! 35
  • 36. Melhoria Contínua (Operações) O próprio termo se explica: é uma busca constante de aperfeiçoamento, de aprimorar o estabelecido e criar novos referenciais do ideal. Metas (Estratégia e Negócios) É uma marca futura quantitativa que se pretende atingir para considerar um determinado objetivo como concluído. Microcrédito (Finanças) É a concessão de empréstimos de baixo valor a pequenos empreendedores informais e microempresas, que não têm acesso ao sistema financeiro tradicional. Middleware (Tecnologia) Programa que cria uma mesma interface para fabricantes e produtores de conteúdo. Mídias Sociais (Marketing, Tecnologia) O termo Social Media em inglês é traduzido para Mídia Social em português e significa o uso do meio eletrônico para interação entre pessoas. Os sistemas de relacionamentos digitais combinam textos, imagens, sons e vídeo para criar uma interação social de compartilhamento de experiências. MIS (Sig: Management Information Systems - Sistemas de Informações - Tecnologia) É um sistema que consiste na rede de canais de comunicação da organização. É composto por todos os componentes que recolhem, manipulam e disseminam as informações. Incluem-se hardware, software, pessoas, sistemas de telecomunicação, e os dados propriamente ditos. As atividades envolvidas no MIS 02. TERMOS E DEFINIÇÕES ! 36
  • 37. incluem a introdução de dados, processamento dos dados em informação, armazenamento de ambos, e a produção de resultados, como relatórios de gestão. Missão (Estratégia e Negócios) É a razão de ser da empresa; o motivo de sua existência. Mobile marketing (Marketing, Tecnologia) Marketing feito através de meios de comunicação móveis (celular, handheld, notebook com acesso móvel, pager, entre outros). Modelo de Negócios (Estratégia e Negócios) É um diagrama visual que descreve a lógica de como uma organização cria, entrega e captura valor. Este método foi desenvolvido pelo consultor suíço Alex Osterwalder. Seu trabalho começou há quase 10 anos atrás ao se questionar como descrever uma empresa de melhor maneira que planos de negócio o faziam, geralmente com excessos de textos e grande dificuldade de visualização. Veja mais sobre modelo de negócios clicando aqui. MVP (Sig: Mínimo Produto Viável - Estratégia e Negócios) A metodologia de Lean Startup trata a definição do produto mínimo viável (MVP, do Inglês Minimum Viable Product) como um dos marcos importantes no ciclo de vida de um empreendimento. o MVP está diretamente ligado à proposição de valor da Startup. Veja mais sobre MVP clicando aqui. 02. TERMOS E DEFINIÇÕES ! 37
  • 38. NDA  (Sig: Non Disclousure Agreement - Estratégia e Negócios)   É um contrato legal entre duas partes que envolvem material confidencial, conhecimento ou informações que as partes queiram compartilhar, mas querem restringir o acesso de terceiros. Neste contrato as partes concordam em não divulgar as informações cobertas pelo acordo. O NDA cria uma relação confidencial entre as partes para proteger qualquer tipo de informação confidencial ou proprietária ou segredos de negócio, ou seja, protege as informações de negócio não públicas. Normalmente são assinados por empresas, indivíduos ou entidades (como sociedades, parceirias etc) que estão realizando negócios em comum. O NDA pode abranger as informações relativas a apenas uma das partes ou de ambas (acordo mútuo). Networking (Sig: Rede de Relacionamentos - Estratégia e Negócios) Rede de relações pessoais e profissionais de um indivíduo, valorizada pelo mundo dos negócios Newsletter  (Marketing) Informativo, geralmente com poucas páginas, que pode ser impresso ou online. Nfe (Sig: Nota Fiscal Eletrônica - Varejo) A Nota Fiscal Eletrônica é um documento digital, emitido e armazenado eletronicamente, com o intuito de documentar, para fins fiscais, uma operação de circulação de mercadorias ou uma prestação de serviços, ocorrida entre as partes. Sua validade jurídica é garantida pela assinatura digital do remetente e pela recepção, pelo Fisco, do documento eletrônico, antes da ocorrência do fato gerador. 02. TERMOS E DEFINIÇÕES ! 38 N
  • 39. Objetivos (Estratégia e Negócios)  Objetivo é O QUÊ queremos, O QUÊ vamos fazer. Para isso é necessário relacionar ao objetivo uma meta, pois Objetivo sem meta é só um sonho, dificilmente será alcançado. OLAP (Sig: Online Analytical Processing - Tecnologia) Processamento analítico em tempo-real, para rapidamente dar resposta a queries complexas à base de dados. Este tipo de análise, à base de dados, é essencialmente usada em relatórios de vendas, de gestão, marketing, data mining e outras áreas do género. É a tecnologia que permite ao usuário extrair e visualizar informações de um banco de dados de forma seletiva e simples, sob diferentes pontos de vista. Uma aplicação baseada em OLAP tem a capacidade de responder rapidamente as solicitações de informações, diferente de aplicações tradicionais baseadas em banco de dados. Outra característica típica é que essas informações são normalmente extraídas de um grande volume de dados armazenados. Outsourcing (Estratégia e Negócios) Como é chamando o relacionamento de longo prazo entre uma empresa e um fornecedor de serviços externos para a realização de atividades anteriormente executadas pela própria empresa. 02. TERMOS E DEFINIÇÕES ! 39 O
  • 40. PAF-ECF  (Sig: Programa Aplicativo Fiscal que faz interface com o ECF-IF - Eissor de Cupom Fiscal - Varejo)   Com esse programa, o Fisco prevê que todas as empresas fornecedoras de soluções de automação comercial estejam devidamente homologadas, garantindo que as transações comerciais que passem por esses sistemas sejam devidamente apuradas. Payback (Finanças) É o tempo decorrido entre o investimento inicial e o momento no qual o lucro líquido acumulado se iguala ao valor desse investimento. Pitch  (Estratégia e Negócios) É uma metodologia nova que surgiu para facilitar a comunicação e entendimento entre quem tem algo a oferecer e as pessoas que querem investir ou comprar esses produtos. Ou seja, é uma forma breve de garantir um primeiro contato marcante, que leve a novos patamares de negociação e entrosamento. O picth é o first step, a primeira ponte entre quem precisa de investimento e quem quer investir. Planejamento Orçamentário  (Finanças) Como ferramenta de planejamento, o Orçamento muitas vezes é utilizado como dispositivo de pressão para que se tenha um constante aumento de eficiência, através das comparações entre o Planejado e o realmente executado. O planejamento orçamentário se subdivide em planejamento: de receitas, dos custos, de despesas e de investimentos. Plano de Ação  (Estratégia e Negócios) 02. TERMOS E DEFINIÇÕES ! 40 P
  • 41. É o planejamento de todas as ações necessárias para atingir um resultado desejado. Plug in  (Tecnologia) É um programa de computador usado para adicionar funções a outros programas maiores, provendo alguma funcionalidade especial ou muito específica. PMI  (Sig: Project Management Institute - Gestão de Projetos) É uma organização internacional sem fins lucrativos que associa profissionais de gestão de projetos. No início de 2011 já era considerada a maior associação do gênero no mundo, uma vez que integra mais de 260.000 membros em cerca de 170 países. O escritório central localiza-se em Newtown Square, na periferia da cidade da Filadélfia, em Pensilvânia (Estados Unidos). Seus principias objetivos são: formular padrões profissionais de gestão de projetos; gerar conhecimento por intermédio da investigação; promover a gestão de projetos como profissão através de seus programas de certificação. PMO  (Sig: Project Management Office - Gestão de Projetos) Profissional da empresa ou grupo que define e mantém os padrões de processo, geralmente relacionados a gerenciamentp de projetos dentro da organização. O PMO se esforça para padronizar e introduzir economias de repetição na execução dos projetos. O PMO é a fonte de documentação, orientação e métricas sobre a prática do gerenciamento de projetos e execução. PMP   (Sig: Project Management Professional - Gerente Profissional de Projetos - Gestão de Projetos) O titulo PMP é concedido desde 1984 aos profissionais aprovados em exame realizado pelo PMI. Para obter a certificação, o candidato deve atender aos 02. TERMOS E DEFINIÇÕES ! 41
  • 42. seguintes requisitos: possuir experiência comprovada em Gerenciamento de Projetos; ser aprovado no exame; e aderir ao Código de Conduta Profissional. POS  (Sig: Point of Sale ou Ponto de Venda - Varejo) O ponto de venda refere-se normalmente ao software e hardware usados nestes postos (o equivalente a uma caixa registadora electrônica), uma vez que passamos a tratar os dados relativos às transacções de forma digital. Precificação  (Finanças) Atribuir valor a um bem ou determinado objeto na moeda corrente Processos  (Operações) Conjunto de atividades realizadas de maneira sequencial, que recebe entradas (imputs), realiza transformações (por meio das atividades), resultando em saídas (outputs). Processo Seletivo  (Recursos Humanos) Consiste em escolher alguém (através do recrutamento e seleção) que apresente o perfil desejado para ocupar algum cargo disponível pela empresa. Veja mais sobre processo seletivo clicando aqui. Pró-labore  (Finanças) É a retribuição recebida pelo sócio de uma empresa pelo trabalho por ele prestado. O valor do pró-labore é estabelecido normalmente tomando por base o valor pago pelo mercado para profissionais que exercem a mesma função que o sócio desempenha na empresa e a capacidade financeira da empresa, assim sendo, tal valor poderá variar mês a mês. O direito à retirada do pró-labore é 02. TERMOS E DEFINIÇÕES ! 42
  • 43. fixado no próprio contrato social, sendo definido nele quais os sócios que terão direito a esta retirada. Veja mais sobre pró-labore clicando aqui. Prospect  (Marketing) Pessoa ou empresa não consumidora de um determinado produto ou serviço, que demonstra interesse na compra ou tem potencial para se tornar um consumidor. Público-alvo  (Marketing) Significa o segmento de pessoas ou empresas que se pretende atingir. Veja mais sobre segmentação de mercado clicando aqui. 02. TERMOS E DEFINIÇÕES ! 43
  • 44. Qualidade  (Operações, Estratégia e Negócios)       Totalidade de atributos e características de um produto ou serviço que afetam sua capacidade de satisfazer necessidades declaradas ou implícitas QR-Code  (Marketing)       O   código QR é um código de barras em 2D que pode ser facilmente escaneado usando qualquer celular moderno. Esse código vai ser convertido num pedaço de texto (interativo) e/ou um link que o celular os identifica. 02. TERMOS E DEFINIÇÕES ! 44 Q
  • 45. Rastreabilidade (Operações)   Um conceito que surgiu devido à necessidade de saber em que local é que um produto se encontra na cadeia logística sendo também muito usado em controle de qualidade. Não se encontra o significado de rastreabilidade no dicionário da língua portuguesa, por ser uma palavra composta pelo verbo rastrear, que significa: “seguir o rastro ou a pista de, investigar, inquirir, indagar”, e pelo substantivo feminino habilidade, que significa: “qualidade de hábil”. Em termos práticos, rastreamento é saber "o que" (o produto ou bem), "de onde" veio (a origem) e "para onde" foi (destino). Rateio (Finanças)   Trata-se de uma forma direta de segregar os recursos consumidos pelos setores/ departamentos de uma empresa. Recrutamento (Recursos Humanos)   Corresponde ao processo pelo qual a organização atrai candidatos em seu processo seletivo. Reporting (Marketing)   Relatório. Responsabilidade Social (Estratégia e Negócios)   É um conceito segundo o qual, as empresas decidem, numa base voluntária, contribuir para uma sociedade mais justa e para um ambiente mais limpo. RFI (Sig: Request for information - Operações)   02. TERMOS E DEFINIÇÕES ! 45 R
  • 46. É usada quando deseja-se saber quais são os serviços que o fornecedor pode oferecer. RFID (Sig: Radio frequency identification - Identificação por radiofrequência - Tecnologia)   É um termo usado para identificar as tecnologias que utilizam a freqüência de rádio para captura de dados. Essa tecnologia permite a captura automática de dados para identificação de objetos com dispositivos eletrônicos conhecidos como etiquetas eletrônicas, tags ou transponders, que emitem sinais de radiofreqüência para leitores que captam estas informações. RFP (Sig: Request for Proposal - Operações)   Um tipo de documento de aquisição usado para solicitar propostas de produtos ou serviços de possíveis fornecedores. Em algumas áreas de aplicação, pode ter um significado mais restrito ou mais específico. ROI (Sig: Retorno sobre o Investimento - Finanças)   Valor líquido gerado por um investimento, num determinado período de tempo. Em termos percentuais, significa a taxa representada pelo valor líquido em relação ao investimento total. RSS (Sig: Really Simple Syndication - Tecnologia)   É um recurso desenvolvido em XML que permite aos responsáveis por sites e blogs divulgarem notícias ou novidades destes. Para isso, o link e o resumo daquela notícia (ou a notícia na íntegra) é armazenado em um arquivo de extensão .xml. Assine o RSS do Blog LUZ Loja de Consultoria! 02. TERMOS E DEFINIÇÕES ! 46
  • 47. SaaS  (Sig: Software as a Service - Tecnologia)   Sistema pelo qual o software é oferecido pela Internet através de locação, sob demanda. Hoje, o SalesForce.com é um bom exemplo de aplicativo de automação de força de vendas oferecido em formato SaaS. Salário  (Recursos Humanos, Finanças) É o pagamento em dinheiro como contraprestação ao trabalho, podendo ser fixo ou variável. SCM   (Sig: Supply Chain Management - Gerenciamento da Cadeia de Suprimentos - Operações) Tem como proposta integrar organizações que, de alguma forma, mantenham relacionamentos. O Objetivo do SCM é otimizar a cadeia de abastecimento através do planejamento da demanda, de distribuição, de otimização de plantas, de transportes e a conexão Web com o mundo externo. Segmentação  (Marketing) Divisão do mercado em grupos por critérios demográficos, financeiros, psicográficos, ou por porte de empresa, poder aquisitivo, profissão, cargo, etc., de forma que suas características, necessidades, interesses ou comportamentos sejam semelhantes, realizando-se ações específicas para cada grupo. Segmento de Mercado  (Marketing) Grupo homogêneo de clientes, podendo ser objeto de quantificação, interessante em volume e susceptível de ser alvo de ações comerciais por parte das empresas. Veja mais sobre segmentação de mercado clicando aqui. 02. TERMOS E DEFINIÇÕES ! 47 S
  • 48. Seleção  (Recursos Humanos) A seleção tem o propósito de eliminar os inaptos e de classificar os capazes para assumir uma determinada função. O objetivo da seleção é o de alocar os candidatos em empregos adequados ao seu tipo e a sociedade em que vivem: não só em termos de aspectos físicos como também em níveis de inteligência, capacidade, especialização, motivação, temperamento etc. Sell In  (Sig: Venda do fabricante para o canal de distribuição - distribuidor ou revendedor - para estoque - Varejo) O sell in é quando o fabricante vende seus produtos para um canal de distribuição sem que esteja confirmada a revenda do produto para o consumidor final. Sell Out  (Sig: Venda do canal de distribuição - distribuidor ou revendedor - para o consumidor final - Varejo) O processo de sell-out ocorre quando o cliente final adquire o produto para utilização/consumo através de um canal de distribuição. Quando o revendedor adquire produtos do distribuidor com o objetivo de estoque para posterior venda, temos o processo de sell-out do distribuidor para o revendedor e de sell-in do revendedor. Até que ele fature os produtos de seu estoque para os clientes finais, o processo de sell-out não ocorrerá no revendedor. SEO  (Sig: Search Engine Optimization - Otimização de Sites - Tecnologia) É a otimização de uma página (ou até do site inteiro) para ser melhor compreendido pelas ferramentas de busca e assim ter um melhor posicionamento na página de resultados de uma busca (resultados naturais, não confundir com link patrocinado). Service Design  (Estratégia e Negócios) É a atividade de planejar e organizar pessoas, infraestrutura, comunicação e componentes materiais de um serviço, a fim de melhorar sua qualidade, a interação entre o provedor de serviço e os clientes e a experiência do cliente. Service design é tornar o seu serviço útil / vantajoso, utilizável, eficiente, efetivo e
  • 49. desejado. O design ou redesign de um serviço pode envolver a reorganização tanto de atividades de front office como de back-office do provedor de serviço. Exemplo: um restaurante pode realizar um trabalho de Service Design para melhorar o seu menu ou mudar o layout do restaurante para melhorar a experiência do consumidor. Shareholders  (Sig: Acionistas - Estratégia e Negócios) Termo utilizado para designar todos aqueles que possuem parte da empresa ou da organização e que podem afetar ou serem afetados, de modo significativo, pela empresa. Shopper Marketing  (Marketing) Surgiu da necessidade dos profissionais atuantes na cadeia de Promoção e Vendas identificarem e compreenderem o que e como as pessoas pensam e agem no momento da compra como forma de aumentar as vendas no varejo de suas próprias marcas e ainda proporcionar uma experiência de compra mais agradável para o cliente. Slogan  (Marketing) São utilizados para campanhas específicas e mudam de tempos em tempos. SOX  (Finanças) Abreviação da Lei Sarbanes Oxley, que foi aprovada em 2002 nos Estados Unidos. A lei visa aprimorar a precisão das informações divulgadas pelas empresas e aumentar as punições para eventuais desvios de conduta por parte dos executivos. SPED Contábil  (Finanças) É a substituição da escrituração em papel pela Escrituração Contábil Digital - ECD. Trata-se da obrigação de transmitir em versão digital os seguintes livros: I - livro Diário e seus auxiliares, se houver; II - livro Razão e seus auxiliares, se houver; III - livro Balancetes Diários, Balanços e fichas de lançamento comprobatórias dos assentamentos neles transcritos. SPED Fiscal  (Sig: Escrituração Fiscal Digital - EFD - Finanças)
  • 50. É um arquivo digital, que se constitui de um conjunto de escriturações de documentos fiscais e de outras informações de interesse dos fiscos das unidades federadas e da Secretaria da Receita Federal do Brasil, bem como de registros de apuração de impostos referentes às operações e prestações praticadas pelo contribuinte. Speech  (Marketing, Recursos Humanos) Discurso, apresentação. SQL (Sig: Structured Query Language - Linguagem de Questões Estruturadas - Tecnologia) É uma linguagem de pesquisa declarativa para banco de dados relacional (bases de dados relacionais). Staff Meeting  (Recursos Humanos) Reunião de equipe Stakeholders  (Estratégia e Negócios) É um termo usado em diversas áreas referentes às partes interessadas que devem estar de acordo com as práticas de governança corporativa executadas pela empresa. De maneira mais ampla, compreende todos os envolvidos em um processo, que pode ser de caráter temporário (como um projeto) ou duradouro (como o negócio de uma empresa ou a missão de uma organização. Exemplos de stakeholders são acionistas, investidores, funcionários, fornecedores, governo, sindicatos, concorrentes etc. Start-up  (Estratégia e Negócios) Uma startup é um grupo de pessoas à procura de um modelo de negócios repetível e escalável, trabalhando em condições de extrema incerteza. Um cenário de incerteza significa que não há como afirmar se aquela ideia e projeto de empresa irão realmente dar certo - ou ao menos se provarem sustentáveis. O modelo de negócios é como a startup gera valor - ou seja, como transforma seu trabalho em dinheiro. Ser repetível significa ser capaz de entregar o mesmo produto novamente em escala potencialmente ilimitada, sem muitas
  • 51. customizações ou adaptações para cada cliente. Ser escalável é a chave de uma startup: significa crescer cada vez mais, sem que isso influencie no modelo de negócios. Crescer em receita, mas com custos crescendo bem mais lentamente. Storytelling (Sig: Prática de Contar Histórias - Marketing) No campo mercadológico, já que nenhum produto ou serviço quer ser somente sua funcionalidade, é comum que as empresas fortaleçam suas imagens contando histórias interessantes, gerando um contorno de curiosidade e conteúdo para os seus portfólios. Veja mais sobre Storytelling clicando aqui. Sustentabilidade  (Estratégia e Negócios) Sustentabilidade é um conceito sistêmico, relacionado com a continuidade dos aspectos econômicos, sociais, culturais e ambientais da sociedade humana.
  • 52. Tag Along (Estratégia e Negócios)   É a extensão parcial ou total, a todos os demais sócios da empresa, das mesmas condições obtidas pelos controladores quando ocorre a venda do controle da sociedade. Exemplo: um tag along de 100% para os ordinaristas significa que todos os acionistas detentores de ações ordinárias possuem o direito de vender suas ações pelo mesmo preço pago pelas ações do bloco de controle da companhia, em caso de venda do seu controle. Tagline (Marketing) São frases que “assinam” um nome de um produto, serviço ou empresa. Servem para reforçar um posicionamento de marca. Tarefas (Operações, Recursos Humanos) É a unidade do trabalho que requer certa habilidade mental ou física para determinado fim. Target Costing (Sig: Custo alvo - Marketing, Finanças) Designa um processo de redução de custos na fase de desenvolvimento e design de um novo produto diferindo, portanto, do sistema de controle de custos tradicional que ocorre apenas na fase de produção. TBD (Sig: To be defined ou To be done - Recursos Humanos) Usado para definir uma ação que deve ser feita. Por exemplo: quando se deseja agendar uma reunião, porém ainda não há local definido, coloca-se tbd, ou seja, o local será definido posteriormente e comunicado aos participantes. Muito usado também na troca de emails, quando se deseja transmitir uma tarefa para outra pessoa que não estava em cópia no email. 02. TERMOS E DEFINIÇÕES ! 52 T
  • 53. TEF (Sig: Transferência Eletrônica de Fundos - Varejo) É uma forma de pagamento envolvendo transações com cartões de crédito ou débito. A legislação determina que o comprovante financeiro da transação deve ser impresso somente no ECF (Emissor de Cupom Fiscal). Tendência (Marketing) Direcionamento ou seqüência de eventos com certa força e durabilidade. TI (Sig: Tecnologia da Informação - Tecnologia) Termo que engloba toda tecnologia utilizada para criar, armazenar, trocar e usar informação em seus diversos formatos ( dados corporativos, áudio, imagens, vídeo, apresentações multimídia e outros meios, incluindo os que não foram ainda criados. É um termo conveniente para incluir a tecnologia de computadores e telecomunicações na mesma palavra. TIR (Sig: Taxa Interna de Retorno - Finanças) A Taxa Interna de Retorno (TIR), em inglês IRR (Internal Rate of Return), é a taxa necessária para igualar o valor de um investimento (valor presente) com os seus respectivos retornos futuros ou saldos de caixa. Sendo usada em análise de investimentos significa a taxa de retorno de um projeto. Trade Marketing (Marketing) Atividade que visa orientar e apoiar as atividades de marketing e vendas, trabalhando em conjunto para conseguir satisfazer as necessidades do consumidor final e do cliente varejista. O conceito de Trade Marketing entende que o contato do consumidor com o produto e com o ambiente competitivo se dá no 02. TERMOS E DEFINIÇÕES ! 53
  • 54. ponto de venda e que a estratégia de marketing deve estar visível para o consumidor nesse espaço e nesse momento de decisão de compra. Turn-over(Sig: Rotatividade de Pessoal - Recursos Humanos) É a relação entre admissões e demissões ou à taxa de substituição de trabalhadores antigos de uma empresa por novos. Normalmente é expressa em termos percentuais. É calculado pela média do no. de admissões no mês atual + no. de demissões no mês atual, divido pelo no. total de empregado no mês anterior X 100. Quanto mais perto de zero melhor e mais baixo o índice. 02. TERMOS E DEFINIÇÕES ! 54
  • 55. Upgrade  (Marketing, Estratégia e Negócios)   Elevar o nível de posição ou qualidade. User Experience   (Sig: Experiência do Cliente - Marketing, Estratégia e Negócios) São percepções e respostas de uma pessoa resultantes da utilização de um produto, sistema ou serviço. É subjetivo por natureza, pois se trata dos sentimentos e percepções do indivíduo sobre um sistema. User experience é dinâmico, pois muda com o tempo de acordo com as circunstâncias. User experience inclui todas as emoções do usuário, crenças, preferências, percepções, respostas físicas e psicológicas, comportamentos e conquistas que ocorrem antes, durante e depois do uso. Três itens podem influenciar a "experiência do usuário": sistema, usuário e contexto de uso. 02. TERMOS E DEFINIÇÕES ! 55 U
  • 56. Valor Agregado  (Finanças, Marketing)   Significa incremento no valor do produto/serviço. Valuation (Sig: Avaliação de Empresas, Valoração de Empresas - Finanças) Estuda o processo de se avaliar o valor de determinado ativo, financeiro ou real. Visão (Estratégia e Negócios) Descreve o futuro desejado pela empresa, ou seja, como ela deseja estar daqui a um certo tempo. Visual Thinking (Estratégia e Negócios) Conceito que estimula o uso de gráficos, desenhos e imagens no lugar de texto. VMI (Sig: Vendor Managed Inventory - Inventário Gerenciado pelo Fornecedor - Tecnologia) Trata-se de sistema que permite o gerenciamento dos inventários do cliente, diretamente pelo fornecedor (indústria). Assim, automaticamente, determinam-se quantidades e os itens a serem repostos. Semelhante ao ECR apenas com a diferença que não está voltado ao varejo. É um sistema de parceria em que o fornecedor repõe os estoques do cliente com base nos níveis de estoques informados pelo próprio cliente por via eletrônica (EDI, Internet etc.). 02. TERMOS E DEFINIÇÕES ! 56 V
  • 57. VPL (Sig: Valor Presente Líquido - Finanças) O valor presente líquido (VPL), também conhecido como valor actual líquido (VAL) ou método do valor atual, é a fórmula matemático-financeira capaz de determinar o valor presente de pagamentos futuros descontados a uma taxa de juros apropriada, menos o custo do investimento inicial. Basicamente, é o calculo de quanto os futuros pagamentos somados a um custo inicial estariam valendo atualmente. Veja mais sobre VPL clicando aqui. 02. TERMOS E DEFINIÇÕES ! 57
  • 58. Website  (Tecnologia, Marketing)   Um site ou website é um grupo de páginas, imagens, vídeos etc que tem um endereço comum chamado URL, normalmente organizadas apenas por um nome de domínio, ou um endereço IP. O site fica hospedado no mínimo em um servidor web, sendo acessado por uma rede como a internet ou uma rede local privada. A página de um site é um documento, normalmente escrito em texto simples e intercalado com instruções de formatação HTML. Veja mais sobre websites clicando aqui. WMS  (Sig: Warehouse Management System - Sistema de Gestão dos Centros de Distribuição - Operações, Tecnologia) É uma parte importante da cadeia de suprimentos (ou supply chain) e fornece a rotação dirigida de estoques, diretivas inteligentes de picking, consolidação automática e cross-docking para maximizar o uso do valioso espaço do armazéns. Workflow  (Sig: Fluxo de Trabalho - Operações) Processo no qual a informação flui por toda a organização, de maneira rápida e organizada, seguindo uma seqüência pré-estabelecida de tramitação (um fluxo pré-definido). Workshop  (Recursos Humanos) Treinamento ou trabalho em grupo 02. TERMOS E DEFINIÇÕES ! 58 W
  • 59. XML (Sig: Extensible Mark-up Language - Tecnologia)   É uma espécie de substituto do HMTL, e ambos pertencem á família SGML – Standard Generalized Makup Language, padrão internacional para definição de estruturas e conteúdo de documentos eletrônicos. 02. TERMOS E DEFINIÇÕES ! 59 X
  • 60. ! CONTINUA COM FOME? DÊ O PRÓXIMO PASSO03
  • 61. CONTINUA COM FOME? Se esse livro abriu seu apetite de conhecimentos sobre os principais termos relacionados a gestão de empresas não tem problema! No nosso site e blog você encontrará mais conteúdos relacionados. Você pode escolher por outros livros, cursos, palestras gratuitas e até uma consultoria. www.lojadeconsultoria.com.br ou www.blog.lojadeconsultoria.com.br QUER AJUDAR? Contamos com a sua ajuda para melhorar esse produto. Se tiver qualquer dica ou sugestão que queira dividir conosco, envie-nos um e-mail para acenda@luzconsultoria.com.br e tenha o seu conteúdo inserido nas próximas versões desse livro com o seu nome e o nosso agradecimento! AGRADECIMENTOS Aproveitamos para agradecer a valiosa contribuição de nossa querida amiga Fernanda Corrêa! Muito obrigado! :) 03. CONTINUA COM FOME? DÊ O PRÓXIMO PASSO ! 61 Compartilhe
  • 62. !