 . PACTO NACIONAL PELA ALFABETIZAÇÃO NA IDADE CERTA
CURRÍCULO NO CICLO DE ALFABETIZAÇÃO:® CONSOLIDAÇÃO E
MONITORAMENTO DO...
 11. De acordo com Veiga (2006), essas decisõesestão relacionadas à (i) relevância do
conteúdo(devemos saber que ele não ...
leitura e produção de texto envolvendo diferentes gêneros desde o primeiro ano ao final
do terceiro ano.
 23. A complexid...
 33. Avaliação no ciclo de alfabetização: omonitoramento do processo de ensino e
deaprendizagem das criançasÉ preciso sab...
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Pacto nacional pela alfabetização na idade certa currículo no ciclo de alfabetização

7,339

Published on

0 Comments
2 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

No Downloads
Views
Total Views
7,339
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
0
Actions
Shares
0
Downloads
70
Comments
0
Likes
2
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Pacto nacional pela alfabetização na idade certa currículo no ciclo de alfabetização

  1. 1.  . PACTO NACIONAL PELA ALFABETIZAÇÃO NA IDADE CERTA CURRÍCULO NO CICLO DE ALFABETIZAÇÃO:® CONSOLIDAÇÃO E MONITORAMENTO DO PROCESSO DE ENSINO E DE APRENDIZAGEM  2. INICIANDO NOSSA ®CONVERSA ®O direito da criança em aprender; Clareza no currículo de ®alfabetização; Progressão do ensino e da aprendizagem ao longo dos três anos iniciais do Ensino Fundamental.  ®3. OBJETIVOS Entender a concepção de alfabetização na perspectiva do ®letramento; Aprofundar a compreensão sobre o currículo nos anos iniciais do Ensino Fundamental e a definição de direitos de aprendizagem e de desenvolvimento nas áreas da leitura e da ®escrita; Compreender a importância da avaliação no ciclo de alfabetização, analisando e construindo instrumentos de ®avaliação e de registro de aprendizagem; Construir coletivamente o que se espera em relação aos direitos de aprendizagem e desenvolvimento no ciclo de alfabetização.  4. Currículo no ciclo de alfabetização: ampliando de aprendizagem a todas ®as crianças Necessidade de recuperar o direito do estudante ao ®conhecimento (CANDAU, 2007); Direitos de aprendizagem como compromisso social: garantir que até ao terceiro ano do Ensino ®Fundamental todos estejam alfabetizados; Cumprimento da alfabetização em seus aspectos ®políticos e pedagógicos; Respeito à heterogeneidade das turmas.  5. Currículo no ciclo de ®alfabetização: ampliando de aprendizagem a todas as crianças Propiciar um ambiente com inúmeras possibilidades para a criança no processo ®de alfabetização; Conhecimentos diversificados que garantam a continuidade do processo de alfabetizar ao longo dos ®três anos; QUAL É O PONTO DE PARTIDA?  6. Currículo no ciclo de alfabetização: ampliando de aprendizagem a todas as crianças SESSÃO “COMPARTILHANDO” DOS CADERNOS DE FORMAÇÃO PRÁTICA DO PROFESSOR Ler pág. 07 (citação)  7. Currículo no ciclo de alfabetização: ampliando ®de aprendizagem a todas as crianças Reconhecer o papel do professor na construção e ®efetivação do currículo no ambiente escolar; Currículo: instrumento de confronto de saberes que visa a construção de identidades e subjetividades, sem desconsiderar o “currículo oculto” no ambiente escolar (MARINHO, 2008).  8. Currículo no ciclo de alfabetização: ampliando de aprendizagem a todas as crianças Pesquisa de Marinho (2008) – análise de propostas curriculares municipais (Língua Documentos oficiais: o®Portuguesa) Escolas: o eixo curricular é a gramática;®texto é o eixo central. prioriza-se a modalidade escrita, em detrimento da modalidade oral.  9. A pesquisa de Marinho (2008) indica que, apesar de sabermos que a escrita é um produto cultural e o ato de ler e escrever são patrimônios culturais que devem ser disponibilizados a todos, historicamente a escola transformou a escrita de objetosocial/cultural, que possui uma existênciasocial, em objeto exclusivamente escolar, ocultando, muitas vezes, suas funções extraescolares.  ®10. Ampliação do processo de alfabetização para 3 anos, sem retenção: visa possibilitar a produção/apropriação da escrita e da leitura baseado nos princípios da continuidade e do ®aprofundamento (processo gradual). Elaboração da proposta curricular: “o que”, “para que” e ao “como”ensinar articuladas ao “para quem”.
  2. 2.  11. De acordo com Veiga (2006), essas decisõesestão relacionadas à (i) relevância do conteúdo(devemos saber que ele não é neutro, e simmarcado pelo interesse das diferentes classessociais); (ii) intencionalidade (é necessário definira intencionalidade para alcançar a finalidade emfunção dos objetivos); (iii) tipo de conteúdo, poisesse deve ser significativo e crítico (é precisoprivilegiar a qualidade desses conteúdos, e não aquantidade de informações, e ainda, a seleçãodesse conteúdo deve estar relacionada com arealidade social dos alunos). p. 09  12. Currículo no ciclo de alfabetização: ampliando deaprendizagem a todas ®as crianças Mudanças ocorridas ao longo da história no currículo ®no processo de alfabetização; A importância dos eixos de ensino no processo de alfabetização.  13. Currículo no ciclo de alfabetização: ampliando deaprendizagem a todas as crianças Possibilitar a garantia à leitura e à escrita até o terceiro ano do Ensino Fundamental.  14. Currículo no ciclo de alfabetização: ampliando deaprendizagem a todas as crianças Para a elaboração da proposta curricular devemos observar: relevância, intencionalidade e o tipo de conteúdo, levando em consideração diferentes saberes visando o direito a formação e desenvolvimento humano (VEIGA, 2006).  15. CONSIDERAÇÕES ®FINAIS... Qualidade dos materiais didáticos na superação de ®dificuldades; ®Superação da fragmentação de conhecimentos; Diferentes níveis de aprofundamento com objetivos comuns nos três primeiros anos do Ensino Fundamental: a alfabetização.  16. ®Referências CRUZ, Magna do Carmo Silva. Currículo no ciclo de alfabetização: ampliando o direito de aprendizagem a todas as crianças. Brasília, 2012.  17. A complexidade de aprendizagem do Sistema deEscrita Alfabética: ampliação do tempo para aconsolidação da leitura e da escrita pela criança Aprender a ler e a escrever é um instrumento para futura obtenção de conhecimentos?  18. A complexidade de aprendizagem do Sistema deEscrita Alfabética: ampliação do tempo para aconsolidação da leitura e da escrita pela ®criança ®O processo de aprender a ler e escrever é dialético; Aprendemos o código na mesma proporção saberes ®intelectuais; O processo de alfabetização inclui diferentes metodologias, como: ludicidade.  19. A complexidade de aprendizagem do Sistema deEscrita Alfabética: ampliação do tempo para aconsolidação da leitura e ®da escrita pela criança A importância em identificar crianças alfabéticas das ®alfabetizadas; As crianças alfabetizadas, além de alfabéticas são ®capazes de produzir textos de diferentes gêneros; Mudança de paradigma: quem não se alfabetizava em um ano era considerado inapto.  20. A complexidade de aprendizagem do Sistema deEscrita Alfabética: ampliação do tempo para a consolidação da ®leitura e da escrita pela criança Surgimento de pesquisas sobre a Psicogênese da ®Escrita; A aprendizagem passa a ser vista como um processo em que aprendizes ativos buscam entendem os princípios que constituem o nosso sistema de notação.  21. A complexidade de aprendizagem do Sistema de Escrita Alfabética: ampliação do tempo para a consolidação da leitura e da escrita pela criança Para cada ano do ciclo de alfabetização o que queremos ensinar?  22. A complexidade de aprendizagem do Sistema de Escrita Alfabética: ampliação do tempo para a consolidação da leitura e ®da escrita pela criança Necessidade de equilíbrio entre os processos ®alfabetização e letramento; Importância da relação da
  3. 3. leitura e produção de texto envolvendo diferentes gêneros desde o primeiro ano ao final do terceiro ano.  23. A complexidade de aprendizagem do Sistema de Escrita Alfabética: ampliação do tempo para a consolidação da leitura e da escrita pela criança Segundo Soares (2003) o processo de alfabetização passou a ser obscurecida pelo letramento; Importância do processo dialético entre alfabetização e letramento como processos indissociáveis e interdependentes.  24. A complexidade de aprendizagem do Sistema de Escrita Alfabética: ampliação do tempo para a consolidação da leitura e da escrita pela criança Desafios: recuperar o lugar da escrita alfabética no ensino, bem como, discutirmos metodologias em uma perspectiva de alfabetizar letrando, independente da organização escolar dos sistemas de ensino.  25. Referências CRUZ, Magna do Carmo; ALBUQUERQUE de, Eliane Borges Correia. A complexidade da aprendizagem do sistema de escrita alfabética: ampliação do tempo para a consolidação da leitura e da escrita pela criança. Brasília, 2012.  26. Avaliação no ciclo de alfabetização: o monitoramento do processo de ensino e de aprendizagem das crianças ® Escola seletiva: o objetivo era medir por meio da avaliação nos resultados finais em detrimento da aprendizagem; ® Quais os objetivos da avaliação?  27. Avaliação no ciclo de alfabetização: o monitoramento do processo de ®ensino e deaprendizagem das crianças Nova concepção: processo de ®avaliação contínuo; ®Defesa da não repetência; Avaliação como ponto de partida na identificação de dificuldades das crianças e elaboração da prática pedagógica do professor.  28. Avaliação no ciclo de alfabetização: o monitoramentodo processo de ensino e de ®aprendizagem das crianças ®Conhecer as dificuldades; Planejar ®atividades adequadas; Garantir o direito da criança progredir no ®conhecimento; Novas estratégias de ensino.  29. Avaliação no ciclo de alfabetização: o monitoramento do processo de ensino e ®de aprendizagem das crianças As avaliações indicam o problema da perda de foco na alfabetização no segundo e terceiro anos do Ensino ®Fundamental; Falta de metas seria uma das causas da diminuição do ritmo de aprendizagem no segundo e terceiro anos, gerando a perda de foco do que deve ser ensinado após a fase inicial de alfabetização.  30. Avaliação no ciclo de alfabetização: o monitoramentodo processo de ®ensino e de aprendizagem dascrianças Garantir o direito a aprendizagem delimitando os saberes que devem ser construídos pelas crianças ao ®final de cada ano escolar do ciclo de alfabetização; Importância da intencionalidade no processo de ®alfabetizar letrando; Mudança na postura do professor.  31. Avaliação no ciclo de alfabetização: o monitoramentodo processo de ensino e de aprendizagem dascrianças Nessa perspectiva de avaliação, é importante pensarmos em: Por que e para quê avaliar? Para quem? Onde? Quando? O quê? Como? Com quem? Quais os resultados das ações empreendidas?  32. Avaliação no ciclo de alfabetização: omonitoramento do processo de ®ensino e deaprendizagem das crianças Avaliação tem como propósito gerar nos professores e alunos novas estratégias de superação dos seus ®limites, bem como, ampliação de possibilidades; Potencializar a formação das crianças, garantindo a continuidade da aprendizagem ao longo dos três ®anos; Respeito a heterogeneidade da aprendizagem das crianças.
  4. 4.  33. Avaliação no ciclo de alfabetização: omonitoramento do processo de ensino e deaprendizagem das criançasÉ preciso saber... O que meus alunos já sabem sobre a escrita? O que ainda não sabem? O que devo ensinar? De que ponto meu trabalho deve partir? Que metas de ensino e aprendizagem devo almejar? Como avaliar cada habilidade/competência/ conteúdo?  34. Avaliação no ciclo de alfabetização: omonitoramento do processo de ®ensino e deaprendizagem das crianças Importância de avaliações constantes: diagnóstico ®dos níveis de aprendizagem. Planejar os ®processos de ensino; Sistematização das habilidades dos conhecimentos pelas crianças.  35. Avaliação no ciclo de alfabetização: o ®monitoramentodo processo de ensino e de aprendizagem dascrianças Importância de instrumentos avaliativos como provinha Brasil que avalia os níveis de alfabetização ®das crianças do segundo ano; Redimensionar planejamentos que visam sanar as dificuldades dos ®educandos; ®Novas metas pedagógicas para rede de ensino; Planejamento de cursos de formação continuada para os professores.  36. Avaliação no ciclo de alfabetização: o monitoramentodo processo de ®ensino e de aprendizagem dascrianças ®Investimentos na educação; ®Desenvolvimento de ações imediatas; Melhoria na qualidade e redução da desigualdade de ensino.  37. Referências CRUZ, Magna do Carmo Silva. Avaliação no ciclo de alfabetização: o monitoramento do processo de ensino e de aprendizagem das crianças. Brasília, 2012.  38. ®Atividade ®Divisão em grupos; Cada grupo vai responder as ®seguintes questões: 1 -Com base no estudo apresentar o conceito sobre ®alfabetização e letramento? 2- Qual o papel do currículo nesse contexto de ®educação? 3- Qual o papel da avaliação na qualidade do ®ensino? 4- Qual a expectativa e papel do professor no contexto apresentado?  39. DIREITOS GERAIS DE APRENDIZAGEM: LÍNGUAPORTUGUESA

×