HistóRias Diferentes 2

  • 5,592 views
Uploaded on

Os alunos utilizando de conhecimentos prévios, criatividade e imaginação, produziram histórias mesclando tempo real e imaginário, que proporcionam momentos de reflexão ou simplesmente de prazer e que …

Os alunos utilizando de conhecimentos prévios, criatividade e imaginação, produziram histórias mesclando tempo real e imaginário, que proporcionam momentos de reflexão ou simplesmente de prazer e que você não pode deixar de ler.
Veja também no endereço a seguir:
www.radioboni.multiply.com
(Procure em link)

More in: Education
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Be the first to comment
No Downloads

Views

Total Views
5,592
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
2

Actions

Shares
Downloads
42
Comments
0
Likes
1

Embeds 0

No embeds

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
    No notes for slide

Transcript

  • 1. HISTÓRIAS DIFERNTES EMEF. “José Bonifácio” Ciclo II
  • 2.
    • Perigo na floresta.
    • A destruição da floresta.
    • Uma partida de futebol.
    • Só dá festa na floresta.
    • Quem sou? Que faço?
    • Apresentações.
    • Preservação do Planeta Terra.
    • Pânico na floresta.
    • O acampamento.
    • Ajudando a natureza.
    • Festa conturbada.
  • 3. Os alunos utilizando de conhecimentos prévios, criatividade e imaginação, produziram histórias mesclando tempo real e imaginário, que proporcionam momentos de reflexão ou simplesmente de prazer e que você não pode deixar de ler. Veja também no endereço a seguir: www.radioboni.multiply.com (Procure em link) http://users1.nofeehost.com/magiagifs/mundomagico/mundomagicospage01.htm acesso em out/09 http://www.gifmania.com.pt/ acesso em out/09
  • 4. PERIGO NA FLORESTA
  • 5. PERIGO NA FLORESTA
    • Curupira convidou seus amigos para comparecerem,
    • sexta-feira, na floresta, porque está muito
    • preocupado com alguns acontecimentos.
    • Ele notara que a floresta está correndo perigo
    • porque alguns animais estão sendo extintos e está
    • aumentando o número de caçadores.
    • O primeiro a chegar à reunião foi o Saci-pererê.
    • Muito preocupado ele se prontificou a ajudar como detetive,
    • porque poderá ficar invisível e observar muitas coisas.
  • 6.
    • O próximo que chegou foi Boitatá. Se comprometeu a
    • afastar os caçadores assustando-os acendendo e
    • apagando o fogo que existe no interior do seu corpo.
    • Também chegou o Negrinho do Pastoreio
    • que ficou disposto a recuar os animais, para uma
    • determinada área, durante a noite, a fim de protegê-los.
    • Iara cantará para encantar os caçadores que
    • passarem perto dela e os levará embora para o
    • fundo do mar para nunca mais voltarem a perturbar a
    • floresta.
    • A Cuca, metade jacaré e metade mulher,
    • preparará os alimentos para os amigos e animais da
    • floresta.
  • 7.
    • A Mula-sem-cabeça emprestará o fogo para que a
    • Cuca prepare os alimentos.
    • A Loira do banheiro ficará
    • encarregada da limpeza e da organização do
    • banheiro, pois se recusa a sair de dentro dele.
    • A velha Pisadeira se prontificou a servir o alimento
    • aos caçadores e após pisotear a barriga deles até
    • que morram sufocados.
    • Os demais convidados que chegarem, deverão fazer
    • a vigilância das fronteiras da floresta evitando que a mesma seja
    • invadida por pessoas malvadas e sem consciência.
    • Bom trabalho a todos e mãos à obra. Faça você
    • também a sua parte.
    • Até breve.
  • 8. 5º ano A do Ciclo I – 2009. Autores: Anderson Augusto Oliveira de Paula, Brendha da Rocha Miranda, Camilla Minas Ramos, Caroline Mislaine de Oliveira Cruz, Dimitri Meirelles Contro, Douglas Caruzo Lino, Ednaldo de Azevedo Moita, Enrique de Sousa Neri, Fábio Augusto de Araújo, Gabriela Moreira Cardoso, Gustavo Dias, Henrique Terto Silva, Ian Vinicius Gonçalves de Marins, Ingrid Barbosa Santana, Isabelle Caitano Mariano, Jéssica Helena Fagundes dos Santos, Julia Coutinho Gonçalves, Karen Vieira Ferreira Cunha, Larissa da Silva Lobo, Larissa Stefanie Marques dos Santos, Leandro, Santana Felix, Lucca da Cunha Rodrigues, Marcelo Anselmo Brajatto de Andrade, Mayhara Caroline Cassemira Nave, Milene dos Santos Fernandes, Mylena da Silva dos Santos, Nykolay Didoff, Priscila da Silva Pereira, Rafaela Cristina Ortiz Silva, Rayana Gomes da Silva, Samara Santos Caro, Tauane Rocha Ribeiro Costa, Tayná Mendes Nascimento, Thiago Soares da Silva, Yasmin de Carvalho Araújo.
  • 9. A DESTRUIÇÃO DA FLORESTA
  • 10. A DESTRUIÇÃO DA FLORESTA
    • Curupira convidou seus amigos para comparecerem
    • na floresta, na próxima sexta-feira, para que reunidos
    • possam decidir sobre a destruição da floresta, que
    • vem ocorrendo com freqüência.
    • Muito preocupado, o primeiro a chegar foi o
    • Saci-pererê. Se prontificou a ajudar na organização e
    • distribuição das tarefas que caberá a cada um.
    • Em seguida, chega muito atrapalhada, correndo,
    • esbaforida: quem? A Cuca.
  • 11.
    • Foi determinado, e era justamente o que ela
    • queria, fazer poções mágicas para afastar os
    • malfeitores.
    • A Mula-sem-cabeça e Boitatá
    • ficaram responsáveis pela iluminação e vigilância da floresta
    • durante a noite, evitando, dessa forma, a entrada de pessoas
    • estranhas e malvadas.
    • O Negrinho do Pastoreio ficou encarregado de guiar
    • os animais para um local mais seguro e vigiá-los.
    • O Lobisomem ficará, somente as sextas-
    • feiras de lua cheia, rodeando a floresta, uivando e
    • assustando as pessoas para que não entrem na floresta.
  • 12.
    • Caso não respeitado, morderá as pessoas que
    • virarão, também, Lobisomem.
    • Nos demais dias da semana ficará no
    • lugar do Lobisomem o Bicho Papão.
    • O Boto gritará e jogará água nos caçadores que se
    • aproximarem dos animais.
    • Os demais que chegarem posteriormente, cuidarão
    • da limpeza e manutenção da floresta.
    • Terminada a reunião todos tomaram os seus
    • postos e nós, para não ficarmos de fora, faremos a nossa parte
    • nos espaços que nos cabem: nossa casa, escola, cidade, etc.
    • Bom trabalho a todos .
    • Beijos .
  • 13. 5º ano B do Ciclo I – 2009. Autores: Anderson Batista dos Santos Filho, Beatriz Cristina Souza /ribeiro, Bianca Gabrielly da Silva Aguiar, Bianca Ramos de Melo, Caroline Costa Vilar da Silva, César Augusto de Almeida Lopes, Débora, Cristina do Nascimento, Edson Fernandes da Silva, Gabriel Bernardo Lopes Souza, Gleicy Cardoso da Silva, Ingrid Gabriele Silva Raineri, Jonathan Vinicius da Silva Grecco, Kevin Junior Llulli Isidro, Larissa Kapamadjian Apolinário, Larissa Pfereira Gomes da Silva, Letícia Viviany Lavado da Silva, Lucas Alberto Oliveira Santos, Lucas Haryston Frutuozo, Luiz Gustavo Frutuozo da Silva, Maria Carolina Rodrigues Narciso, Marlon Vinicius Magalhães, Mayara Cristina Brajattro de Andrade, Mônica de Viveiros, Mylena Regina Sanchez Silva, Patrick Suelli Ramos, Rafaela de Souza Cordeiro, Renaldo Pousa, Rute Uehara Barbosa, Tainá Emanuelly de Araújo Mazuquini, Talita Bevernute de Souza, Victoria Costa Rocha, Vinicius Vioto Venturini de Lima, Werberti Ferreira dos Anjos, William Andem Santos Lima, Yasmani Lliulli Zarate, Perla Regina Pereia de Carvaloho,
  • 14. UMA PARTIDA DE FUTEBOL UMA PARTIDA DE FUTEBOL
  • 15.  
  • 16. UMA PARTIDA DE FUTEBOL Curupira convidou seus amigos para comparecerem na próxima sexta-feira para uma partida de futebol. Chegada a tão esperada sexta-feira, o primeiro a chegar foi o Lobisomem. Chegou cedo porque deveria ir embora antes da meia noite ou então viraria lobo. Inquieto perguntou ao Curupira onde estavam os outros convidados. Curupira respondera que estavam chegando. Reunidos, começaram a distribuir as funções para que o evento ocorresse sem problemas. O Boitatá faria a iluminação do campo, já que era iluminado por natureza. Tinha o interior do corpo repleto de fogo.
  • 17. Junto com Boitatá chegou também o Saci-pererê que ficará como gandula do time em virtude de sua agilidade. A Cuca ficará encarregada de preparar a comida para o grupo já que é especialista em fazer poções. A Mula sem cabeça cuidará do churrasco, emprestando seu fogo que é permanente. A Iara também presente cantará para o público mas não encantará os homens por estar fora de seu ambiente natural: o mar. A Loira do banheiro ficará na organização e limpeza dos banheiros.
  • 18. O Boto cor-de-rosa será o goleiro devido a sua grande habilidade com a bola. O Negrinho do Pastoreio será atacante da equipe, por ser veloz e habilidoso. O Curupira ficará como Juiz, uma vez que organizou o evento e é o dono da bola. Os demais participantes que não compareceram até o momento ficarão auxiliando no que for preciso. Nós alunos, vamos abrilhantar o evento com a nossa presença além de fotografar e publicar. Até breve, quando contaremos o ocorrido durante o evento de futebol. 5º ano C do Ciclo II – 2009.
  • 19. Autores: Aurino Alcioneu Geraldo Junior, Beatriz Rufino de Oliveira, Bruna Larissa Santos Carregosa, Carlos Henrique Campos Nery da Silva, Daiane Lopes da Silva, Daniele Talita Bastos Precendo, Denilson de Melo Rodrigues, Eduardo Araujo Ferreira, Erick Carvalho da Costa, Gabriela Bárbara dos Santos, Guilherme Cesar Borges de Alcântara, Igor Ferreira Chaves, Ingrid Keteherine Silva de Oliveira Andrade, Juan Augusto de Almeida Silva, Karina Silva Magalhães, Leonardo Coimbra da Costa, Lucas Batista Silva, Luiz Henrique Miranda Gomes, Marcela Rodrigues dos Santos Silva, Marcilio Anselmo Brajatto de Andrade, Mayara Ystefany Silva, Michelle Madeira da Silva, Miguel Montoia Franco, Monique Soares Bom, Nathalia Solaria Silva Santos, Paulo Benaia Testa, Rebeca Tayla Alves de Arajuo, Ricardo Jeronymo dos Santos, Sabrina Candice Pereira Rodrigues, Thifany Maria de Oliveira Lima, Victoria Ellen Rodrigues Pereira Ripamonti, Vinicius de Faria Claro Lopes, Vinicius dos Santos Minas, Vitoria Natali Tarasco, Miquéias Jonas Pereira.
  • 20. SÓ DÁ FESTA NA FLORESTA
  • 21. SÓ DÁ FESTA NA FLORESTA
    • Hoje recebemos um email enviado por Curupira, nos
    • convidando para uma festa que será realizada na
    • floresta, na próxima sexta feira, e que por incrível
    • que pareça, é hoje.
    • Todos estão convidados, inclusive você, para
    • comparecerem às 24:00 horas.
    • Fomos os primeiros a chegar no evento, pois
    • queríamos fazer a reportagem na íntegra.
    • Logo após chegou o Saci-Pererê. Fumava
    • seu cachimbo e soltava tanta fumaça que parecia que
    • vivíamos mergulhados numa nuvem de gelo seco.
  • 22.
    • Saci-pererê veio montado na Mula-sem
    • cabeça. Ela estava de cabeça quente
    • porque o Saci veio fazendo travessuras
    • o trajeto todo.
    • Eles ficaram perplexos com a chegada da
    • Iara que compareceu numa bola gigante cheia de água,
    • para que pudesse participar da festa sem se afastar do
    • seu ambiente aquático.
    • O próximo a chegar foi o Lobisomem e como já passava
    • da meia noite queria atacar todos os presentes, com
    • sede de sangue.
    • Curupira como protetor da floresta e organizador
    • da festa o expulsou do local.
  • 23.
    • A Loira do Banheiro chegou sem que
    • ninguém percebesse e se dirigiu rapidamente
    • para o banheiro, seu ambiente preferido.
    • Pisadeira também estava presente e
    • como sempre, veio usando os chinelos de madeira
    • para quando todos já estivessem de barriga cheia
    • e sonolentos, ela pudesse pisotear as barrigas
    • tentando sufocá-los até a morte.
    • Boitatá chega no final da festa encontrando a
    • Pisadeira tentando sufocar o Caipora.
  • 24.
    • Cria-se um tumulto onde todos unidos expulsaram a
    • Pisadeira da festa.
    • O ambiente já estava um pouco pesado e o dia já
    • estava clareando quando o Curupira protetor dos
    • animais resolveu terminar com o evento que apesar
    • dos acontecimentos não muito agradáveis em sua
    • maioria foi de muita alegria, brincadeiras e muita
    • harmonia.
    • Curupira marcará outro evento mas antes montará
    • uma equipe para a organização.
    • Até breve.
    • 6º ano A do Ciclo I – 2009.
  • 25. Autores: Alana Pereira Fuentes, Alexsandro da Silva Aparecido, Aline Braz Silva, Amanda Alencar da Silva, Ana Beatriz Vieira Passos, Ana Caroline Carneiro da Silva, Bruna Gomes de Barcellos, Bruna Maiara Pereira Lima, Bruno Russo, Caíque dos Santos Martins, Daniel Eloy Fortes Gonçalves, Débora Cristina Simões Santos, Eduardo Henrique da Silva Leite, Fagner Alexander Pereira da Silva, Gabriela Alves Souza dos Reis, Gabriella Petroni Gonçalves, Gustavo Santos Basílio Rodrigues Ferminiano, Jéssica Teresa Duarte Marinho, João Vitor Ferreira Chaves, Larissa Arantes, Larissa Sales Costa, Leonardo Augusto Araújo Mees, Luan de Sousa Nunes, Marcelo dos Santos Rojas Haro, Marcos Paulo Reinaldo da Silva,
  • 26. Nathália Moreira Sanchez, Patrick Carrilho Peretti Genaro, Reinaldo Alvarenga de Souza, Renan Rodrigues dos Santos, Ricardo Goes do Nascimento Silva, Rodnei Akio Maeda Junior, Rodrigo Gonçalves Pedro, Samaya Carolina Nazário, Thamires Moraes Fonseca, Victor Venturini Pires, Marcela Lima Pestana.
  • 27. QUEM SOU? O QUE FAÇO? QUEM SOU? O QUE FAÇO?
  • 28. QUEM SOU? O QUE FAÇO? Hoje falaremos sobre alguns personagens folclóricos. Iniciaremos falando sobre Curupira, que é um menino que confunde os caçadores por ter os pés voltados para trás. Ele é o protetor da floresta e anda montado em um porco selvagem. Curupira deu uma festa na floresta e convidou muitos personagens do folclore, seus amigos. O último a chegar foi o Saci-pererê porque perdeu seu cachimbo e tentou achá-lo, ficando muito tempo parado. Enquanto procurava seu cachimbo não deixou de fazer algumas travessuras.
  • 29. Os convidados foram chegando durante todo o dia. A festa foi muito divertida e durou praticamente a noite toda, mas havia uma insegurança no ar porque era Noite de lua cheia e poderia surgir o Lobisomem com seus dentes grandes e afiados para sugar o sangue das pessoas. Fora do seu meio de vida estava Iara, linda sereia com cabelos loiros e olhos azuis. Estava ela conversando com seu vizinho e muito amigo o Boto-cor-de-rosa que estava nadando sozinho nas águas da cachoeira. Presente também na festa a Cuca disposta a distribuir poções mágicas aos convidados para deixá-los tontos e adormecidos. Dessa forma ela poderia comer todas as guloseimas saborosas sozinha.
  • 30. Já bem próximo da meia noite advinha quem chega? Isso mesmo! O Lobisomem. Todo animado colocou fogo, isto é, agitou a festa pulando e gritando muito. A festa muito animada durou até as duas horas da manhã quando chegaram os vampiros, assustando os presentes que já cansados resolveram ir embora. Sozinhos os vampiros não curtiram mais nada e foram procurar outra festa. Aguardamos outra oportunidade para nos reunirmos com muita diversão e alegria. Até breve. 6º ano B do Ciclo II – 2009.
  • 31. Autores: Aline Varollo Rosa, Beatriz Pereira de Oliveira, Caíque da Costa Santos, Carlos Rojas Maldonado, Daniela de Morais Lucena, Daniele Aparecida Azevedo Moita, Fernanda Oliveira Souza, Flávio Domingues da Silva, Giuseppe Pica Neto, Hadassa Emilly Andrade Dalto, Hebert de Souza Ramos, Henrique Samuel Soares Chesca, Igor de Oliveira Nieves, Jefferson Santos da Silva, Joseval Gomes dos Santos Junior, Kimberli Muriel Evaristo Ignás, Lívia Soares Silva, Lourival Jesus da Silva Junior, Lucas Calúcio Ribeiro, Lucas Marques de Castro, Luciana dos Santos Silva, Marcus Silva do Nascimento, Matheus Silva do Nascimento, Michelle Mayumi dos Reis Inamasu, Núbia da Silva Ferreira, Oséias da Silva dos Santos, Raphael Vinicius Costa Alencar, Vanessa Dantas Costa, Victor Hugo da Silva, Vinicius Lavado da Silva, Wallace Kempis Soares Ângelo, Wilian Eduardo de Souza Silva, William Minas Ramos, Yohann Victor Cardoso de Lima.
  • 32. APRESENTAÇÕES
  • 33. APRESENTAÇÕES Curupira nos convidou, pessoalmente, para falarmos um pouco sobre os nossos amigos, muito queridos e conhecidos. Faremos inicialmente a apresentação de um amigo conhecido mundialmente: Saci-pererê. Ele é vive da mata e usa um gorro vermelho. Anda com uma perna só e tem uma amiga chamada Iara. Iara é uma sereia que tem um canto encantador. Atrai os pescadores levando-os para o fundo do mar. Iara também conhece um amigo: Curupira. Curupira tem os pés virados para trás e conhece o Boto-cor-de-rosa, golfinho que atrai as mulheres e a noite vira homem.
  • 34. Será que esse homem que o golfinho se transforma é o mesmo que em noite de lua cheia vira Lobisomem e assombra as pessoas de seu vilarejo? Não. A mula-sem-cabeça é uma moça que se envolveu amorosamente com um padre, motivo esse que levou a igreja a jogar sobre ela a maldição de virar mula e soltar fogo pela boca e narinas. . Esse fogo é tão grande que cobre sua cabeça dando-nos a impressão que a mesma não possui cabeça. Outro personagem interessante é Boitatá: cobra com olhos vermelhos, cor de fogo, tem um par de chifres e é muito grande. Ela se parece com um dragão japonês e é muito amiga da Cuca.
  • 35. A Cuca é uma personagem muito ruim, ela fica preparando poções como se fosse uma grande bruxa. Ela conhece o Visconde de Sabugosa que é uma espiga de milho com inteligência humana e gosta muito de ler. O Negrinho do Pastoreio cuida dos cavalos. Diz a lenda que um dia ele deixou os cavalos escaparem e os fazendeiros o colocaram dentro de um formigueiro. Naquele dia ele rezou para Nossa Senhora para que o protegesse para que não fosse mordido. Embora tenha rezado, foi mordido, se curou, e continuou a cuidar dos animais vivendo até hoje na floresta. Bumba-meu-boi diz a lenda que uma mulher grávida teve desejo de comer carne de boi. O marido então matou o boi que não era dele para satisfazer o desejo de sua mulher.
  • 36. Quando o patrão chegou ficou sabendo do ocorrido e chamou o Pajé para ressuscitar o boi que retomou a vida e começou a dançar. Sempre é bom conhecer um pouco mais. Nossos agradecimentos, alunos do 6º ano C do Ciclo II – 2009. Autores: Adriana Pereira, Ariel Paredes de Oliveira, Bianca Reatto Mestre, Bruna de Oliveira, Caio Vinicius Sousa Silva, Camille Cristina Marcolongo Santos, Daniela Xavier de Araujo, Drielly Terto da Silva,Edson Rufino de Oliveira, Ericles Farias Teixeira de Paula, Giovanna Acarino do Prado, Grazielle Wingter Franco, Guilherme Simplicio Pfister, Jefferson Ferreira dos Anjos, Jeny Kelly Rosa dos Santos, Jhenifer Caruzo Lino, Jorge Estadeu dos Reis Junior, Julio Marcos Costa de Jesus, Kaíque Ladeira dos Santos,
  • 37. Leila Muniz Pax, Lucas Leocadio Gonçalves dos Santos, Lucas Reinaldo da Silva dos Santos, Lucas Santos de Souza, Marcos Paulo Miranda Batista, Maria Elisangela Gonçalves Beserra, Mateus Salgado Genesio, Paola Ramos Molina, Paulo Robert de Souza Junior, Rogerio de Oliveira Rocha, Tamires dos Santos Marcolino, Thalita Assunção Freitas,Thalita Ketelyn Maximo Ribeiro, Victor Fabrizio Vieira Souza Falix, Wesley Daniel Silvestre de Mendonça Coleta, Ygor Alves dos Santos, Michael Douglas Deonelas Castro.
  • 38. PRESERVAÇÃO DO PLANETA TERRA
  • 39.
    • Curupira convidou a todos os seus amigos para sexta
    • feira se reunirem na floresta, momento em que discutirão
    • sobre o desmatamento, o aquecimento global, enfim, sobre
    • o pedido de socorro do o Planeta Terra.
    • Ele estará organizando o evento e distribuindo as tarefas.
    • O Saci-pererê foi o primeiro a chegar e ficou
    • encarregado do plantio de árvores, pois dessa forma
    • colaborará para que haja melhores condições
    • atmosféricas.
    PRESERVAÇÃO DO PLANETA TERRA
  • 40.
    • Iara cuidará da preservação das espécies aquáticas, e
    • manutenção da limpeza das águas.
    • Caipora cuidará da alimentação da vegetação da
    • floresta, levando água elemento tão necessário à vida.
    • Boitatá vigiará a floresta no período noturno, afastando
    • caçadores e elementos que lá entram com a intenção de
    • retirada de madeira clandestinamente.
    • A Mula sem cabeça espalhará cartazes de
    • avisos de atenção e cuidados em relação à preservação
    • da natureza.
  • 41.
    • Curupira além da organização fará uma
    • palestra sobre os efeitos da má utilização dos recursos
    • naturais, e a necessidade de usá-los com equilíbrio
    • visando as futuras gerações.
    • Lobisomem se prontifica a ajudar Boitatá na
    • vigilância da floresta, assustando a todos que se
    • aproximarem para fazer o mal, com seu uivo de
    • lôbo.
    • A Cuca ficou encarregada de providenciar as
    • sementes que serão espalhadas pelo Saci-pererê.
  • 42.
    • Eles estão preocupadíssimos com o desmatamento
    • provocado por pessoas sem escrúpulos e com as queimadas
    • que estão provocando grandes áreas devastadas.
    • Após a reunião todos tomaram os seus
    • postos na intenção de ajudar na preservação do
    • Planeta Terra.
    • Nós não poderíamos ficar de fora, por isso também
    • faremos a nossa parte, cuidando da nossa casa, nossa escola,
    • nossa cidade, enfim do nosso espaço.
    • Contamos também com a sua colaboração.
    • Um abraço a todos.
    • 3º ano A do Ciclo II – 2009.
  • 43. Autores: Agatha Nunes de Freitas, Amanda Faria dos Santos, Antonio Sergio Eiras Bizerra Junior, Bianca Cristina Lopes Gomes, Bruno Pereira de Oliveira, Bruno Rodrigues Oliveira, Caroline Caetano Borges, Danilo Henrique Guimarães, Feliphe Amauri Mirnada, Giovanni Wingter Franco, Graziela Kapamadjian Apolinário, Gustavo Henrique Souza dos Santos Machado, Jaqueline Soares dos Santos, Juan de Andrade Souza, Larissa Daniele Dias, Larissa Emanuelle Suman azevedo, Laura Lima Fichtler Gonçalves, Leonardo Leite da Silva, Luan Santos de Araujo, Lucas Cavalcant de Paula, Marcos Vinicios de Souza Pires, Mariana Viana de Oliveira, Michele Bianca dos Santos, Mirela Stefane Costa de Lima, Natasha Farias Marques, Nicole Fernanda da Silva Neves da Costa, Pamela Ferreira Santiago, Rafael Augusto Barbosa, Ricardo Shinichi Zukeram Miyabayashi, Thainara Bernardo Lopes de Souza, Tayna Assunção Freitas, Thiago Cristino Silva, Victor Augusto Guimarães Bandeira, Victor de Araujo Rodrigues, Willian Kenshiro Hifume, Lucas Napolitano Silva.
  • 44. PEDIDO DE SOCORRO!!!!!!! PÂNICO NA FLORESTA
  • 45. PÂNICO NA FLORESTA
    • Tudo começa quando dois amigos muito diferentes
    • fisicamente: o Saci-pererê que possui apenas uma
    • perna e Curupira que possui os pés
    • voltados para trás e os dentes grandes
    • e verdes, se uniram por um objetivo em comum:
    • preservar a floresta.
    • Os Nasguls são homens encapuzados, sem rosto e
    • surgem montados em dragões pretos.
    • Saci-pererê e Curupira reúnem alguns amigos e
    • elaboram um esquema para fazer a segurança da floresta.
  • 46.
    • A Mula-sem-cabeça e o Lobisomem guardarão a
    • floresta durante o período noturno para que não ocorra
    • a invasão por forças mais fortes.
    • O Boto e a Iara guardarão as águas. O Boto,
    • os rios, lagos e nascentes, no interior da floresta;
    • Iara, os mares e praias menos povoadas.
    • O Saci-pererê e o Curupira vigiarão durante
    • o dia e Boitatá protegerá durante o dia e a
    • noite ininterruptamente.
    • Mas, numa noite, um grupo de Nasguls, invade a
    • floresta e rapta os guardiões noturnos. Logo pela manhã a ausência
    • dos colegas é percebida e cria-se um clima de medo e suspense.
  • 47.
    • O Saci e o Curupira foram atrás de seus colegas
    • para planejar uma busca pela floresta.
    • Acharam um bilhete que dizia: “os personagens
    • guardiões da floresta, somente serão devolvidos, se à nós for
    • entregue a Magia da floresta juntamente com o gorro do Saci.
    • A Magia da floresta, na verdade, existe porque dentro
    • dela bate um enorme coração, que fica escondido
    • dentro do tronco do último pau-brasil, lá plantado, pelo
    • Curupira, há muitos anos atrás.
    • Com a ajuda de todos os moradores da
    • floresta um coração de pedra foi construído e para
    • entregá-lo no reino dos Nasguls, foi convidada uma
    • ave enorme chamada Fênix.
  • 48.
    • Fênix partiu com o coração de pedra no bico e em
    • meio sua viagem de compromisso, pelo cansaço
    • e sede, deixou o coração cair no fundo de um
    • precipício.
    • Lá no fundo mora o Centauro, que
    • sabendo o que estava acontecendo na floresta,
    • reuniu todos os seus amigos, encontraram-se com
    • a Fênix e juntos partiram para o reino dos Nasguls.
    • Os Centauros são criaturas mágicas e muito
    • importantes no mundo mágico. Por não terem medo dos
    • Nasguls, foram para dentro do território dos vilões, já com um
    • plano elaborado de como acabar com suas forças.
  • 49. Dentro do castelo, que fica no território dos Nasguls, existia uma pedra negra que gerava todos os poderes que eles tinham. Os Centauros, então, entraram escondidos no castelo, encontraram o grande salão onde bem no centro estava a pedra: negra como a noite e reluzente como o ouro. Eles não sabiam ao certo como destruí-la, mas Galadriel, a líder dos Centauros, pegou o coração e o atirou contra uma enorme pedra partindo-o em vários pedaços. Nesse momento todos os Nasguls foram destruídos.
  • 50. Os Centauros então, encontraram a sala onde estavam presos os guardiões, resgatando-os. Até o momento tudo voltou à normalidade, como antes. Mas..................................? Até breve com Pânico na floresta 2. 3º ano B do Ciclo II – 2009. Informática educativa.
  • 51. Autores: Amanda Aparecida Bastos Rojas Haro, Bruna de Morais Verrone, Bruno Souza da Silva, Camila Cordeiro dos Santos, Caroline de Almeida Villela, Claudio Vinicius Miranda Gomes, Cleber Augusto Fernandes de Oliveira, Danielle Tavares de Carvalho, Emerson Matos Celestino das Neves, Felipe Augusto da Silva Pereira, Gabriel Henrique Droppa Varejão, Geovanne Cesar Vieria Passos, Henrique Hernanades Marques Pedrosa, Igor Silva do Nascimento Borges, Ingrid Conceição, Lima, Isabella Adriande dos Santos, Izabele Cortez Brito dos Santos, Jairo Rodrigues Ferminiano Junior, Fefferson Feliciano Federici, Jennyfer Feliciano Federici, Kevelyn Rangel de Lemos Miranda, Larissa de Souza Testa, Larissa Marques Santos, Luciana Maria da Silva, Luiz Gustavo Manso de Oliveira, Pamela Cristina Muller Moreira, Rafael Fernando Ferraz Duque, Rodrigo da Silva dos Santos, Talita Cristiane, de Oliveira, Tassia Medeiros Cavalcante, Thainara Aparecida de Almeida Oliveira, Vanessa Procopio Lima dos Santos, Victor Augusto de Araujo, Victor Hugo Silva de Almeida, Wesley Carneiro da Silva.
  • 52. 6C O ACAMPAMENTO
  • 53. O ACAMPAMENTO Conversando pelo MSN, Curupira nos chamou para que o ajudássemos na organização de um acampamento na floresta. Reunimos os moradores da floresta e começamos a distribuição das funções. O Saci-pererê divertirá as crianças, pois utilizando seu gorro mágico poderá tornar-se invisível. Boitatá iluminará todo o acampamento durante a noite, uma vez que possui o corpo transparente e cheio de fogo; fogo esse inofensivo às plantas e aos animais.
  • 54. Bumba-meu-boi ficará com a organização das danças, e promete muita diversão e alegria. A mãe-de-ouro cuidará da decoração que deverá ser toda em dourado. Iara cantará para os presentes, mas com o compromisso que não encantará os homens presentes. O Boto cor de rosa se encarregará de manter as bebidas fresquinhas, mergulhadas em seu ambiente natural, a água.
  • 55. A Cuca fará poções mágicas, que produzirão efeitos de fogos de artifícios colorindo o céu do acampamento. A Mula sem cabeça se prontificou ceder seu fogo para aquecer a chapa onde será feito o churrasco. O Lobisomem ficou encarregado de contar histórias de terror mas somente antes da meia noite. Negrinho do Pastoreio promete rezar e pedir proteção a todos antes do início da festa
  • 56. Os demais que aqui não foram escalados ajudarão no que for possível, pois ainda tem muito serviço a ser realizado. Todos estamos ansiosos para que chegue o grande dia. O dia do acampamento! Até lá. 7º Ano C do Ciclo II – 2009. Autores: Adrielli Almeida de Sena, Amanda Beatriz da Silva Zanin, Beatriz Caroline dos Santos, Bianca de Souza Silva, Bianca Teodoro dos Santos Testa, Bruna Alessandra, Barbero Galli Siqueira,
  • 57. Bruno Cavalcanti Quintela, Camila Ferreira da Rocha Santos, Eduardo Laxoti dos Santos, Fabio Alecsander Alencar Moreira, Fabio dos Santos Rojas Haro, Gabriel Esteves dos Santos, Gustavo Alefe Andrade Dalto, Igor Magalhães Francisco, Juliana Alves de Souza Guedes, Juliana Ferreira Lazoti, Juliana Saraceni Fantini, Jussara Thayline da Silva, Kaue Gasparucho Cafardi, Larissa Romero Lopes, Lisney de Souza Silva, Luana Pereira de Oliveira, Lucas Santiago Teodoro Marcelino, Mariana Pereira dos Santos, Matheus Fialho Araujo, Matheus Silva Santos, Mayk Rodrigues Pereira Ripamonti, Rayane Ramalho da Silva, Renato Kids Pereira de Souza, Roberth Santos Paiva, Sara Nunes Bitencourt, Stella de Castro Marinho Barbosa, Taina Caroline de Oliveira, Victor Hugo Ulloa Paredes, Wesley Reis Nunes de Moraes, Cynthia Shirley Vargas.
  • 58. 8A AJUDANDO A NATUREZA
  • 59. AJUDANDO A NATUREZA Pelo Twitter, fui convidado pelo Curupira, para participar de uma festa na floresta. Quando lá chegamos, Curupira nos disse, que estava muito preocupado com a extinção de algumas espécies animais, motivo que o levou a organizar essa festa, para que pudéssemos nos encontrar e discutir sobre o assunto. Logo após nossa chegada veio a Cuca que teve a iniciativa de preparar os quitutes para a festa já que era uma excelente produtora de poções. À medida que chegavam, os convidados iam decidindo de que forma poderiam ajudar.
  • 60. O Saci-pererê escolheu ajudar na decoração da festa já que era bem rápido quando invisível. Todos estavam ajudando na organização da festa, mas a preocupação com os pobres animaizinhos que estavam sendo extintos era muito grande. Iara quando chegou logo foi dizendo que cuidaria do som e cantaria para alegrar o ambiente. Todos que chegavam se reuniam para discutir como poderiam ajudar para colaborar com o problema que a natureza enfrentava, ou seja, a extinção de alguns animais. Decidiram então que ajudariam a preservar a floresta e fariam também a conscientização da população, principalmente dos caçadores.
  • 61. Para tanto distribuíram as tarefas: todos os personagens do folclore, moradores da floresta confeccionarão panfletos que serão distribuídos à população e cartazes que serão afixados dentro e fora da floresta. Os panfletos e cartazes serão de conscientização da população quanto ao uso adequado da natureza e de seus recursos, conservação do meio, para que todos possam dela desfrutar sem que causem prejuízos às gerações futuras. Após, tomadas as decisões em relação ao problema levantado por Curupira, todos aproveitaram o tempo que restava para se divertirem na festa. Dessa forma, todos esperamos que a população se conscientize e que desfrute de tudo de bom que a natureza nos oferece com sabedoria, lembrando sempre que devemos conservá-la para que outros dela possam desfrutar também. Faça você também a sua parte.
  • 62. 4º ano A do Ciclo II – 2009. Autores: Alas Ferreira do Nascimento, Beatriz dos Santos Carmo, Caio Henrique Fernandes de Oliveira, Cinthia Silva Santa, Daiane Alves Marques, Daiza Fortes Gonçalves, Danilo Rodrigues dos Reis, Diego Silva Mortari, Felix Ramos de Melo, Gabriel Rodrigues Cataldi, Gabriela Correia Devite, Gabriela Costa Vilar da Silva, Gabriella Montoia Franco, Jefferson dos Santos Macedo, Jekcson Fensefabio Bevenut de Souza, Jessica Pop Flores, Jessica Santana Felix, Jhonatan Caruzo Lino, Jonatas Pedro Santos, Jose Felipe da Silva, Lizandra Ellen Bastos Messias, Lucas Venturini Pires, Luiz Henrique da Silva Oliveira, Marcus Vinicius Manso de Oliveira, Natalia Rosa dos Santos, Paulo Vinicius Prescendo Ferreira, Raissa Batista da Silva, Renan Dias da Silva, Renan Rocha de Almeida, Ricardo Masao Ikemori, Robson Ramalho da Silva, Rodrigo Almeida Sena, Tamires de Oliveira Santos Almeida, Tatiane Thayna Reis Sudario, Valeira Pereira Becca, Vinicius Campelo de Toledo, Yara Alice Maximo.
  • 63. FESTA CONTURBADA
  • 64. FESTA CONTURBADA Ao abrir meu email, hoje pela manhã, recebi de Curupira um convite para estar na floresta hoje às 17 horas impreterivelmente. Como as horas passam rapidamente já estou a caminho e pelo que se comenta na Internet, haverá uma festa na floresta. Fui o primeiro a chegar e pude observar cada detalhe e cada um que chegou posteriormente Iara veio junto com o Saci, estavam desleixados para a festa já que era uma festa a rigor. Chegou também a Cuca com sua vasta cauda fora de seu lindo vestido vermelho, causando inveja a Iara que não estava adequadamente trajada.
  • 65. Um corre- corre tremendo, uma iluminação geral, quem era? Boitatá e a Mula-sem-cabeça. Chegaram juntos. Ele todo aceso pelo fogo, enrolado no pescoço da Mula que também soltava muito fogo pela boca e pelas narinas. O Boto também estava presente, como sempre muito bem arrumado. Terno branco e chapéu, muito elegante, fazia sucesso por onde passava. A festa já havia atingido o seu auge. Eram 2:00 horas da manhã, quando chegam caçadores e com isso tem início uma grande confusão.
  • 66. Os convidados apavorados se reuniram e tomaram uma decisão: criaram uma situação que levaria um grande susto aos intrusos, para que nunca mais adentrassem a mata com a intenção de destruição de plantas e animais. Os caçadores aprenderam a lição, saíram da floresta, e a festa continuou até o dia amanhecer. Pela manhã, os comentários pela Internet e jornais locais, foram de otimismo pelo sucesso do evento e principalmente pela atitude tomada pelos convidados em relação aos intrusos. Tendo em vista o bom resultado da festa outra deverá ser marcada em breve. Até lá. 4º ano B do Ciclo II – 2009.
  • 67. Autores: Alan Ferreira do Nascimento, Brenda Oliveira Vicente, Caique Vagner Gomes Silva, Carlos Gonçalves de Souza Oliveira, Carolina Aparecida Caitano Mariano, Caroline Emanueli de Souza, Caroline Rosario Cancado, Daiane Dantas de Oliveira, Daniel Augusto Maria da Silva, Danyela Aparecida Guimarães Toldoro, Diorande Contro Neto, Everton Di Santi Arroio, Fabricio Campanezi, Gabriel Franco Souza, Gabriela Colla Figueira, Gustavo Francisco Gonçalves Lins, Hector Espino Gutierrez, Henrique de Souza Jaldin, Jessica Barbero Galli Siqueira, João Pedro Loveira Costa, Juliana Prudente da Silva, Junior Leandro da Silva de Angelo, Kaique Soares Magalhães, Karina Vieira, Lucas Ramos de Melo, Lucas Ribeiro Dias, Lucas Silva Alves, Lucineide Maria da Silva, Matheus Rodrigues Cataldi, Matheus Yago Saladini, Rafael Smolari Caxolli, Ricardo Henrique Pantano, Sheila de Melo Rodrigues, Tainan Theodoro Palma, Vinicius Mattos dos Santos, Vitor Paulo Santana Tarasco.
  • 68. EMEF “José Bonifácio” DRE – Penha – São Paulo – São Paulo. Informática educativa. Poie: Deyse da Silva Sobrino Minha Terra – 2009.
  • 69. FIM.