Your SlideShare is downloading. ×
0
HistóRias Diferentes 1
HistóRias Diferentes 1
HistóRias Diferentes 1
HistóRias Diferentes 1
HistóRias Diferentes 1
HistóRias Diferentes 1
HistóRias Diferentes 1
HistóRias Diferentes 1
HistóRias Diferentes 1
HistóRias Diferentes 1
HistóRias Diferentes 1
HistóRias Diferentes 1
HistóRias Diferentes 1
HistóRias Diferentes 1
HistóRias Diferentes 1
HistóRias Diferentes 1
HistóRias Diferentes 1
HistóRias Diferentes 1
HistóRias Diferentes 1
HistóRias Diferentes 1
HistóRias Diferentes 1
HistóRias Diferentes 1
HistóRias Diferentes 1
HistóRias Diferentes 1
HistóRias Diferentes 1
HistóRias Diferentes 1
HistóRias Diferentes 1
HistóRias Diferentes 1
HistóRias Diferentes 1
HistóRias Diferentes 1
HistóRias Diferentes 1
HistóRias Diferentes 1
HistóRias Diferentes 1
HistóRias Diferentes 1
HistóRias Diferentes 1
HistóRias Diferentes 1
HistóRias Diferentes 1
HistóRias Diferentes 1
HistóRias Diferentes 1
HistóRias Diferentes 1
HistóRias Diferentes 1
HistóRias Diferentes 1
HistóRias Diferentes 1
HistóRias Diferentes 1
HistóRias Diferentes 1
HistóRias Diferentes 1
HistóRias Diferentes 1
HistóRias Diferentes 1
HistóRias Diferentes 1
HistóRias Diferentes 1
HistóRias Diferentes 1
HistóRias Diferentes 1
HistóRias Diferentes 1
HistóRias Diferentes 1
HistóRias Diferentes 1
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Thanks for flagging this SlideShare!

Oops! An error has occurred.

×
Saving this for later? Get the SlideShare app to save on your phone or tablet. Read anywhere, anytime – even offline.
Text the download link to your phone
Standard text messaging rates apply

HistóRias Diferentes 1

6,466

Published on

Os alunos utilizando de conhecimentos prévios, criatividade e imaginação, produziram histórias mesclando tempo real e imaginário, que proporcionam momentos de reflexão ou simplesmente de prazer e que …

Os alunos utilizando de conhecimentos prévios, criatividade e imaginação, produziram histórias mesclando tempo real e imaginário, que proporcionam momentos de reflexão ou simplesmente de prazer e que você não pode deixar de ler.
Veja também no endereço a seguir:
www.radioboni.multiply.com
(Procure em link)

Published in: Education
1 Comment
1 Like
Statistics
Notes
No Downloads
Views
Total Views
6,466
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
0
Actions
Shares
0
Downloads
48
Comments
1
Likes
1
Embeds 0
No embeds

Report content
Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
No notes for slide

Transcript

  • 1. HISTÓRIAS DIFERENTES EMEF. José Bonifácio Ciclo I
  • 2. Folclore é o conjunto de manifestações de caráter popular  de um povo, ou seja, é o conjunto de elementos artísticos feitos do povo para o povo, ressaltando o caráter de tradicional destas representações, sempre transmitidas  de uma geração para outra através da prática (os pais ensinam aos filhos, que desde pequeninos já praticam). É tradição cultural transmitida na grande maioria das vezes, de forma oral e que se manifesta por meio de danças, músicas, religião, festas, brincadeiras infantis, superstições, lendas, mitos, dentre outras. No caso do Brasil  o folclore foi resultado da união da Cultura a partir da miscigenação de três povos (Europeu, Africano, Ameríndio )
  • 3. Os alunos utilizando de conhecimentos prévios, criatividade e imaginação, produziram histórias mesclando tempo real e imaginário, que proporcionam momentos de reflexão ou simplesmente de prazer e que você não pode deixar de ler. Veja também no endereço a seguir: www.radioboni.multiply.com (Procure em link) http://users1.nofeehost.com/magiagifs/mundomagico/mundomagicospage01.htm acesso em out/09 http://www.gifmania.com.pt/ acesso em out/09
  • 4. <ul><li> Organização de festa na floresta. </li></ul><ul><li> O recado. </li></ul><ul><li> Festa na floresta. </li></ul><ul><li> Reunião na floresta. </li></ul><ul><li> Poluição das águas. </li></ul><ul><li> O recado não foi dado. </li></ul><ul><li> Reportagem. </li></ul><ul><li> Proteção aos animais da floresta. </li></ul><ul><li> Convite para um café. </li></ul>
  • 5. ORGANIZAÇÃO DE FESTA NA FLORESTA ORGANIZAÇÃO DE FESTA NA FLORESTA
  • 6. ORAGANIZAÇÃO DE FESTA NA FLORESTA Curupira, protetor da floresta, convidou seus amigos para lhe ajudarem a organizar uma festa a ser realizada na floresta. O primeiro a chegar foi o Saci-pererê. Ele ficou ajudando no planejamento da festa porque estava cansado de tanto pular com uma perna só, por todo o caminho. Logo após chegou a Iara que também não quis ajudar. Diz estar sentindo falta do mar, sua casa. Chegou também com muita vontade de trabalhar o Lobisomem, só que ele fez uma exigência: ficaria, se tivesse sangue para matar a sua sede. Curupira então dispensou o Lobisomem porque jamais tiraria sangue de qualquer animal, já que ele é o protetor deles.
  • 7. Agora chega a Loira do banheiro e quer ficar cuidando da limpeza do banheiro. Curupira a dispensou dizendo que na floresta não havia banheiro construído. Boitatá foi o próximo a chegar e disse: eu não tenho mãos nem pés, portanto, não posso ajudar. A mula sem cabeça também chegou dizendo que não poderia ajudar porque o fogo de sua cabeça poderia queimar todos que estavam presentes. O Homem do saco chegou e disse que só poderia trabalhar depois de terminada a festa porque à ele caberia recolher o lixo. A Moça de branco além de só poder ajudar durante a noite não queria se sujar.
  • 8. Então Curupira decidiu não mais realizar a festa, tendo em vista que ninguém poderia colaborar. Que pena! Se cada um fizesse só um pouquinho, todos poderiam ter se divertido bastante. Tchau. 1º ano A do Ciclo I – 2009. Autores: André Luiz da Silva Pinheiro, Bárbara Letícia Sousa Costa, Caroline Vitória Monteiro de Camargo, Davi dos Santos Cardos Davi Soares de Jesus da Silva, Eric Di Santi Arroio, Gabriel Cardoso Matos, Gabriel Henrique Miranda Manoel, Gabrielly Sales dos Santos Alves, Giovanna Kaillany Oliveira de Souza, Guilherme Aragão de Oliveira, Guilherme Santos da Silva, Igor da Silva Spironello, Isabelle dos Santos Fernandes, Isabelly Rodrigues Pereira Ripamonti, Kayque Vinicius Alves Araújo, Leonardo dos Santos Martins, Maycon Douglas Pereira Gregório dos Santos, Milena Vitória Freitas da Silva,
  • 9. Maycon Douglas Pereira Gregório dos Santos, Milena Vitória Freitas da Silva, Patrick Vanzan da Silva, Rafael Moura Vieira, Roneib Yuri Bastos da Luz, Samyra Ramos de Melo, Solange Anali Roja Amarú, Tathiane Cristina Fonseca Bernardes, Vitor Raimundo Nunes, Vitória Barbosa Cordeiro, Wharlley Vitor Araújo de Souza, Yzabel Soares da Silva, Alexandre Cristiano O. da Silva, Michelle Jesus Silva, Sara Miciane Santos da Silva.
  • 10. O RECADO
  • 11. O RECADO Curupira precisava dar um recado aos seus amigos e para isso inventou uma festa na floresta. O primeiro a chegar foi a Iara. Ela estava bonita, e fazendo piada de todos e de tudo. Estava descontente porque sentia falta do mar. Tinha sido convidada para cantar, mas nervosa não conseguia. Curupira então pediu a Mula sem cabeça que cantasse. Essa disse que não poderia, pois não parava de soltar fogo do pescoço para cima. Até a sua língua já estava assando. Um clarão enorme surgiu. Quem era? Era Boitatá, uma cobra de olhos vermelhos que solta fogo pela boca.
  • 12. Ah! Ela não estava soltando fogo porque havia comido pimenta e sim porque vem de uma família em que todos soltam fogo pela boca, como ela. O último convidado a chegar na festa foi o Saci-pererê porque ele veio pulando em uma perna só. Mas olha só! Sexta feira, noite de lua cheia, quem apareceu? O Lobisomem! Com sua chegada todos se esconderam, pois se mordidos por ele, todos virariam Lobisomem e o jeito para mandar o Lobisomem embora, seria enfiar uma estaca de madeira, bem no centro do seu coração. Logo o dia amanheceu e todos voltaram para suas casas. A animação era tão grande que não houve tempo do Curupira dar o recado. Portanto em breve, haverá marcação de uma próxima festa para que o recado seja dado. Até lá.
  • 13. 1º ano B do Ciclo I - 2009 Autores: Aline Dias Xavier da Silva, Ana Caroline Alves do Nascimento, Ana Luiza da Cunha Rodrigues, Anderson dos Santos Cordeiro, Beatriz Marques Francisco, Bruna Manfredo Pereira, Cleber Expedito Costa de Andrade, Daniel Morais Duarte, Débora de Carvalho Goes Silva, Emerson da Silva Rocha, Gabriel de Jesus Nunes, Giovanna Gasparucho da Cunha, Giovanna Santos Cappola, Guilherme de Macedo Dias, Jéssica Taraco Fabian, José Humberto de Oliveira Murillo, Juan Caitano Catão, Kayco Henrique Dias, Kelven Ferreira Santiago, Leyza Karen Nina Quispe, Lucas de Souza, Luis Augusto Vieira dos Anjos, Matheus Batista Silva, Michely Pereira de Oliveira, Natan Santos Gomes, Patrick André dos Santos Guimarães, Thais dos Santos Azevedo, Thiago Almeida Marques, Vinicius do Carmo Cyriaco, William Thiago Reis Evangelista, Erick Cristhian dos Santos, Nathaly Muranaka Leite da Silva.
  • 14. FESTA NA FLORESTA FESTA NA FLORESTA
  • 15. <ul><li>Recebemos um email, esta semana, informando que na </li></ul><ul><li>próxima sexta feira, o Curupira, protetor das plantas e </li></ul><ul><li>dos animais, fará uma festa na floresta. </li></ul><ul><li>Além dos moradores da floresta nós também estaremos </li></ul><ul><li>presentes. </li></ul><ul><li>Ah! Como o tempo passa tão rápido, hoje é sexta feira e já estamos na festa. </li></ul><ul><li>O primeiro a chegar foi o Saci-pererê porque veio em </li></ul><ul><li>forma de redemoinho. </li></ul>FESTA NA FLORESTA
  • 16. <ul><li>Junto com ele chegou a Cuca com muita poção mágica. Ela </li></ul><ul><li>queria que todos presentes bebessem um pouco da poção e, </li></ul><ul><li>sem que ninguém soubesse, transformaria todos em sapo. </li></ul><ul><li>Logo após chegou o Lobisomem querendo morder e sugar </li></ul><ul><li>o sangue dos convidados, mas a Cuca ofereceu a ele um gole </li></ul><ul><li>da poção mágica e o mesmo ficou o resto da festa sobre uma </li></ul><ul><li>pedra porque virou um sapo. </li></ul><ul><li>Também chegou Boitatá, uma cobra gigante, e assim que </li></ul><ul><li>avistou o sapo na pedra foi comê-lo. </li></ul><ul><li>Nesse momento chega Iara e diz para o Boitatá: NÃO ! Não </li></ul><ul><li>coma o sapo! Ele também é convidado. O churrasco logo será </li></ul><ul><li>servido. </li></ul>
  • 17. <ul><li>Em seguida, chega a Mãe de ouro que já estava </li></ul><ul><li>com os pratos prontos para serem servidos. </li></ul><ul><li>No decorrer da festa a Iara cantou para </li></ul><ul><li>alegrar o ambiente e o Bumba meu Boi dançou. </li></ul><ul><li>A Loira do banheiro não quis nem almoçar, </li></ul><ul><li>preferiu ficar no banheiro assustando as pessoas. </li></ul><ul><li>O Negrinho do pastoreio ficou escondido, assustando </li></ul><ul><li>os animais que dele se aproximavam. </li></ul>
  • 18. <ul><li>O Homem do saco chegou já no final da festa e acabou </li></ul><ul><li>por esconder no saco uma criança curiosa que por lá </li></ul><ul><li>passava. </li></ul><ul><li>Como já estava começando a anoitecer, Curupira </li></ul><ul><li>encerrou a festa e todos inclusive nós voltamos para as </li></ul><ul><li>nossas casas. </li></ul><ul><li>Ah! Antes, porém, ajudamos o Curupira a deixar a floresta em ordem. </li></ul><ul><li>Tchau! Até a próxima festa. </li></ul><ul><li>2º ano A do Ciclo I – 2009. </li></ul><ul><li>Autores: </li></ul><ul><li>Alex Souza Vieira, Ana Julia Cabral Miranda da Silva, Ana Paula Prazeres de Ornelas, </li></ul>
  • 19. <ul><li>Antonio Douglas Mascena Francisco, Bruna Cardoso Matos, Bryan </li></ul><ul><li>Alisson da Silva Santos, Daiane Bersani Caruzo Lino.Diego Henrique </li></ul><ul><li>Caetao Rocha, Everton Elias Berfort dos Santos, Fernanda Carolaine </li></ul><ul><li>de Souza Frazão, Giulia Antonio Alessandro, Gustavo Silva Cotias, </li></ul><ul><li>Henrique Alves do Nascimento, Ingrid Matias do Nascimento, João </li></ul><ul><li>Vinicius Cesário de Lima Bertozo, Julia Gomes de Barcellos, Larissa </li></ul><ul><li>Pereira de Andrade, Lucas Henrique Marques, Matheus dos Santos </li></ul><ul><li>Marcollino, Micaele Sandy Silva Pereira, Pâmela da Silva Bonfim, </li></ul><ul><li>Priscila Hanysz Tomáz Felipe, Raquel de Souza Cordeiro, Stefany </li></ul><ul><li>Cristina de Freitas, Thiago Rocha Ribeiro Costa, Victoria Aparecida </li></ul><ul><li>Marques de Castro, Vitória Azevedo Cordiano Alves, Wendel Coelho </li></ul><ul><li>Garcia, Williane de Oliveira Silva, Carlos Daniel Araújo Anselmo, Rute </li></ul><ul><li>Monique Santos da Silva. </li></ul>
  • 20. REUNIÃO NA FLORESTA REUNIÃO NA FLORESTA
  • 21. <ul><li>Curupira, protetor das plantas e dos animais, </li></ul><ul><li>convidou seus amigos para comparecem na sexta feira </li></ul><ul><li>que vem, na floresta, para que juntos pudessem trocar </li></ul><ul><li>algumas idéias sobre como ajudar a preservar o planeta Terra. </li></ul><ul><li>O primeiro que chegou muito preocupado com a situação </li></ul><ul><li>foi o Boitatá. Uma cobra, muito grande, transparente, </li></ul><ul><li>com muito fogo no seu interior. </li></ul><ul><li>Ela estava preocupada com os incêndios que ocorrem, e </li></ul><ul><li>esclarecia que apesar de soltar fogo esse era inofensivo às plantas e </li></ul><ul><li>aos animais. </li></ul>REUNIÃO NA FLORESTA
  • 22. <ul><li>Depois, também muito preocupada com os incêndios, </li></ul><ul><li>chegou a Mula-sem-cabeça. </li></ul><ul><li>Saci-pererê veio pulando em uma perna só e sempre </li></ul><ul><li>tomando muito cuidado com seu cachimbo para não colocar </li></ul><ul><li>fogo na mata e não poluir o ar. Ele não fumou seu cachimbo </li></ul><ul><li>o tempo todo que esteve na reunião. </li></ul><ul><li>Agora, chega a Iara Mãe d’água e o Boto </li></ul><ul><li>cor de rosa. </li></ul><ul><li>Eles também estão muito preocupados com a poluição das </li></ul><ul><li>águas, pois é nela que eles vivem, respiram e se alimentam. </li></ul>
  • 23. <ul><li>A reunião terminou com a confecção de cartazes de </li></ul><ul><li>bom comportamento diante da natureza e cartazes esclarecendo </li></ul><ul><li>que não devemos soltar balões nem jogar pontas de cigarro perto </li></ul><ul><li>de mata seca. </li></ul><ul><li>Vamos colaborar cada um fazendo a sua parte. </li></ul><ul><li>Beijos. </li></ul><ul><li>2º ano B do Ciclo I – 2009. </li></ul><ul><li>Autores: </li></ul><ul><li>Adrian Baldo Manoel, Andressa Aragão de Oliveira, Bruna </li></ul><ul><li>Gasparucho da Silva, Cássia Regina de Oliveira, Eduardo </li></ul><ul><li>Avelino da Silva, Guilherme Neveda Silva, Gustavo Henrique </li></ul><ul><li>Pina de Oliveira, Iasmin Queiroz da Silva, Janete dos Santos </li></ul><ul><li>Nunes, João Victor Amaro da Silva, Kaelen Ferreira Aparecido, Kauê Santos Ferreira Lima, </li></ul>
  • 24. Kelvin Murilo Fernandes de Oliveira, Larissa do Nascimento Guimarães, Lívia Maria de Oliveira Costa, Luis Fellipe Fernandes Santos, Pedro Henrique Bernardo Santana, Pedro Henrique de Souza Nunes, Rafaella Marcela Domingues Caetano, Renata Porto Santos, Rian Ismael Carvalho dos Santos, Rodrigo Lliulli Zarate, Thales de Souza Alves, Thiago Manoel Basílio, Verônica Hiroy Nakamura da Silva, Vinicius de Jesus Mota, Vitória Cristina Minas Ramos, Wesley Eduardo de Souza Silva, Miquéias Jesus Silva, Flávio de Oliveira Junior, Israel Santos da Silva.
  • 25. POLUIÇÃO DAS ÁGUAS POLUIÇÃO DAS ÁGUAS
  • 26. <ul><li>Logo cedo, recebemos um email para comparecermos </li></ul><ul><li>à praia, pois Iara nos falaria sobre o que há muito lhe </li></ul><ul><li>preocupa e incomoda. </li></ul><ul><li>Ela queria nos dizer sobre a poluição que os </li></ul><ul><li>homens vêm causando nas águas dos mares e também </li></ul><ul><li>dos rios. </li></ul><ul><li>Procuramos, então, ajudar. A cada um dos presentes </li></ul><ul><li>coube desempenhar uma função. </li></ul><ul><li>Ao Saci pererê coube fazer travessuras para afastar </li></ul><ul><li>os sujões da praia. </li></ul><ul><li>A Cuca faria feitiços e serviria como comida aos </li></ul><ul><li>malfeitores. </li></ul>POLUIÇÃO DAS ÁGUAS .
  • 27. O Curupira, com seus pés voltados para trás confundirá os caçadores, pescadores, e pessoas não comprometidas com a natureza levando-os para bem longe, deixando-os perdidos para sempre. O Boitatá e a Mula sem cabeça vão tomar conta e vigiar a praia durante o período da noite já que possuem uma iluminação própria (fogo) não permitindo aos visitantes que sujem as praias, evitando que as águas sejam poluídas e salvaguardando a vida da Iara e outros que lá vivem. O Lobisomem somente ajudará na vigilância da praia e dos rios nas noites de lua cheia, após a meia noite e nas sextas feiras.
  • 28. O Bicho papão assustará as crianças mal educadas. O Boto fará uma palestra sobre como se comportar numa praia ou na beira de um rio, não despejando resíduos. A Vitória Régia ensinará como fazer para não poluir o ar, as águas nem a areia das praias com copos plásticos, garrafas, brinquedos quebrados e outros. Daqui 30 dias nos reuniremos novamente para sabermos se a nossa reunião teve um resultado positivo. Cada um de nós deverá tomar conta e cuidar do seu espaço e divulgar aos nossos colegas e conhecidos tudo o que aprendemos nessa reunião que participamos. Até breve. 3º ano A do Ciclo I - 2009
  • 29. Autores: Beatriz Gonçalves Pedro, Camila Adriana Alves da Silva, David Alexandre Araújo dos Santos, Denis de Melo Rodrigues, Denise Correia Jaconely, Dienne Keberlly Silva Santos, Emanuele Vitória Ribeiro do Valle, Gabriel de Souza, Gabriel Fiorin Galasse Aldrighe, Giovanna da Cruz, Guilherme Abdalla Gomes Seleman, Inara Salles de Melo, Isaac Gabriel Alves Rosa Araújo, Jennifer de Azevedo Barbosa, Jhenifer Moraes de Oliveira, Juliana dos Santos Silva, Larissa Deangelo Santos, Lucas Jesus de Freitas Souza, Lucas Sales da Costa, Luiz Henrique Soares da Silva, Mariana Sara Soares de Oliveira Silva, Mateus Sousa Matos, Matheus de Santana Foloni, Narelly Santos Ferreira,Renan dos Santos Martins, Ronaldo Henrique de Macedo Dias, Stefanie Aragon Miranda, Suzana Cristina Guimarãe Toldoro, Thiago Dias Alvarenga, Victor Iovino Ferri, Wellington Aparecido Santos Silva, Yasmin Soares da Silva.
  • 30. O RECADO NÃO FOI DADO
  • 31. O RECADO NÃO FOI DADO Hoje cedo recebemos um convite para participarmos de uma festa na floresta. Quem nos enviou o convite foi o Curupira, menino que possui os pés voltados para trás. Ele nos convidou, e também a outros seus amigos porque precisava dar um recado a todos. O primeiro a chegar na festa foi o Saci-pererê. Ele veio montado em um lobo. Curupira ficou muito preocupado quando viu o lobo, pois ele não havia convidado o mesmo, mas logo percebeu que o lobo era seu amigo Lobisomem, mesmo porque a festa estava acontecendo numa sexta-feira de lua cheia .
  • 32. Logo em seguida chegou Iara, toda nervosa porque estava muito desconfortável fora da água. Outro também que não estava contente era o Boto cor de rosa que mora no fundo do rio. De repente viu-se um clarão de fogo! Era o Boitatá que estava chegando com sua língua toda queimada. Ao tentarem socorrê-lo, notaram que ainda faltava uma pessoa para chegar. Quem poderia ser? Bumba meu boi. Lá vinha ele todo enfeitado de confetes. Ele achou que estava indo para um baile de carnaval. Agora olha só quem chega: a Mula sem cabeça, toda atrapalhada, cansada de tanto procurar a sua cabeça .
  • 33. Mãe de ouro também presente, fantasiada de rainha, toda vestida de dourado. Negrinho do pastoreio chegou montado num cavalo branco. Presentes os convidados, a festa teve seu início, e o seu término aconteceu ao amanhecer, sem que Curupira tivesse tempo de dar o recado que queria. Voltaremos em breve para contar a todos, os fatos ocorridos durante a festa e esperamos um novo evento para que Curupira possa dar o recado. Beijos. 3º ano B do Ciclo I – 2009.
  • 34. Autores: Caio Vinícius Ramos Amaral, Carlos Daniel Carneiro de Freitas, Claudia Veríssimo da Silva, Davi de Carvalho Goes da Santa Cruz Silva, Fabiana da Silva Rodrigues, Felipe Luna, Gabriel dos Santos Suppi, Gabrielle Alencar Moreira, Giovana de Almeida Elias, Grazielli Aparecida Bastos Rojas Haro, Guilherme Soares Chesca, Isabella Santos Souza, Jeane Sampaio Fernandes, Jhonatan Irã Rodrigues Narciso, João Vitor Fagundes dos Santos, Joe Oliveira Claro, Kauany Ynae Ferreira Albuquerque, Leonardo Felipe de Sousa Silva, Lorens Daniel Nunes da Silva, Lucas Ferreira Testa, Lucas Henrique de Almeida Soler, Maria Laura Rosa dos Santos, Nata Silva Raineri, Nathalia da Costa Ramos, Nathália Fernandes da Silva, Pablo Moreno Ezequiel, Pamela Jenny do Nascimento Morão, Rafaela Barbizan do Nascimento, Ricardo de Freitas Soares, Victor Hugo Braz Souza, Wesley Ângulo Zurita, Yasmim Monteiro Silva, Lucas Souza.
  • 35. REPORTAGEM NA FLORESTA REPORTAGEM
  • 36. <ul><li>Hoje iniciaremos nossa história falando sobre um </li></ul><ul><li>personagem muito conhecido que é O Curupira. </li></ul><ul><li>Ele tem os pés virados para trás e protege a floresta contra </li></ul><ul><li>os caçadores. Possui cabelos vermelhos e fica muito nervoso quando </li></ul><ul><li>os caçadores matam as plantas e os animais por brincadeira. </li></ul><ul><li>Quando irado, Curupira se revolta, vira ventania para avisar </li></ul><ul><li>que vem chuva de pedras. </li></ul><ul><li>Na semana passada houve uma festa na floresta e muitos </li></ul><ul><li>animais foram convidados. Nós fomos convidados para fazer a </li></ul><ul><li>reportagem do evento. </li></ul><ul><li>Vejam só! O último a chegar foi o Saci – pererê, pois veio </li></ul><ul><li>pulando em uma perna só e em companhia da Mula </li></ul><ul><li>sem cabeça que nada via. </li></ul>REPORTAGEM
  • 37. <ul><li>A todos que lhe perguntavam a respeito de sua cabeça </li></ul><ul><li>ela dizia: eu perdi minha cabeça no dia em que tropecei e </li></ul><ul><li>a bati na ponta de uma pedra. Mas, todos sabemos que, </li></ul><ul><li>na realidade ela perdeu a cabeça por namorar um padre e </li></ul><ul><li>a ela fora jogada uma maldição. </li></ul><ul><li>Lobisomem também chegou, correndo como um lobo. </li></ul><ul><li>Seus dentes grandes ainda estavam sujos de sangue, porque </li></ul><ul><li>mal havia clareado o dia. </li></ul><ul><li>Os moradores da floresta até chegaram a construir uma </li></ul><ul><li>piscina de água salgada para que a Iara pudesse também </li></ul><ul><li>desfrutar dos prazeres que a festa traria. Tendo em vista a </li></ul><ul><li>acolhida dos colegas a Iara compareceu à festa. </li></ul>
  • 38. <ul><li>O Boto chegou todo arrumado, terno branco, chapéu, </li></ul><ul><li>estava mesmo encantador. Prometia encantar e levar </li></ul><ul><li>embora, todas mulheres, convidadas que na festa </li></ul><ul><li>estavam presentes. </li></ul><ul><li>Boitatá chegou rastejando, pois como cobra não </li></ul><ul><li>possuía membros superiores e nem inferiores. Veio pegando </li></ul><ul><li>fogo o que assustou os convidados presentes. </li></ul><ul><li>A Loira do banheiro chegou em meio a confusão </li></ul><ul><li>doidinha procurando por um banheiro. </li></ul><ul><li>O Negrinho do pastoreio chegou e ficou </li></ul><ul><li>perdido tamanha era a confusão. </li></ul>
  • 39. <ul><li>A Cuca estava atrasada porque deveria antes de vir à </li></ul><ul><li>festa, terminar de fazer algumas poções mágicas. </li></ul><ul><li>A Mãe de ouro chamou os animais aquáticos </li></ul><ul><li>para apagar o fogo porque não sabia que toda aquela </li></ul><ul><li>luminosidade vinha do amigo Boitatá. </li></ul><ul><li>Já com o adiantado da hora, vamos parar nossa </li></ul><ul><li>reportagem e participar também da festa que está para lá de boa. </li></ul><ul><li>Até mais. </li></ul><ul><li>4º ano A do Ciclo I – 2009. </li></ul>
  • 40. <ul><li>Autores: </li></ul><ul><li>Alana Sampaio Fernandes, Alex Santos Lima, Allan Ferreira </li></ul><ul><li>Aparecido, André Dourado Silva , Antony Gabriel Vicente Cordeiro, </li></ul><ul><li>Beatriz Cavalcanti Quintela, Daniela Fortes Gonçalves, Eduardo </li></ul><ul><li>Yuri Araújo Maeda, Érika Macedo da Silva, Estefani Bastos da </li></ul><ul><li>Luz, Gabriela Aparecida de Meireles,Gabriele Agda Silva, Gabrielli </li></ul><ul><li>Ferreira Santiago, Gleicy Mara Fernandes da Costa, Gustavo </li></ul><ul><li>Felipe Santos da Silva, Iasmin Gabriela de Oliveira Hozokawa. </li></ul><ul><li>Larissa Jesus da Silva, Luana Tayná da Cunha Reis, Lucas </li></ul><ul><li>Gabriel Magalhães Bruna, Luiz Fernando Sousa Costa, Marcos </li></ul><ul><li>Augusto de Almeida Frutuozo, Mariana Rita de Cássia Lopes </li></ul><ul><li>Teixeira, Martin Mastrange, Matheus Henrique Pereira da Silva, </li></ul>
  • 41. Matheus Henrique Pereira da Silva, Matheus Santos Amaral, Midiã Victoria Andrade Dalto, Monique Inara Gomes Tavares, Sergio Luis Nunes de Amo, Stephany Braz Santos, Tadeu Aragão Furtado, Vitória Prudente da Silva, Willian de Morais Verrone.
  • 42. PROTEÇÃO AOS ANIMAIS DA FLORESTA PROTEÇÃO AOS ANIMAIS DA FLORESTA
  • 43. PROTEÇÃO AOS ANIMAIS DA FLORESTA Hoje ao abrir o meu orkut, existia um convite do senhor Curupira para que eu fosse à floresta para ajudar na proteção dos animais, que estavam sendo vítimas de caçadores malvados. Logo me pus a caminho. Fui o primeiro convidado a chegar. Em seguida chegou o Saci-pererê. Cada um que foi chegando foi recebendo uma função. Ao Saci coube fazer travessuras para assustar os caçadores. Mais tarde chegou a Iara, apressada porque estava fora do seu ambiente natural, ou seja, o mar. À ela coube atrair com seu canto os caçadores levando-os até ao Saci que então cuidaria do resto.
  • 44. Após chega a Cuca arrastando seu grande rabo e com um grande caldeirão no braço. Esse caldeirão serviria para a confecção de poções mágicas que enfeitiçariam todos os malfeitores da floresta. Aos poucos foram chegando todos os convidados. O próximo foi o Lobisomem que ficou encarregado de vigiar a floresta após a meia-noite e principalmente às sextas feiras de lua cheia. Ele deverá sugar o sangue dos caçadores malvados que destroem a natureza. O Negrinho do pastoreio também estava presente e a ele coube cuidar e guardar os animais durante o dia inteiro. Boitatá já chegou um pouco atrasado pois veio se arrastando e soltando fogo.
  • 45. Boitatá deverá assustar os caçadores utilizando seu fogo e ficando transparente. Aos caçadores que não se assustarem, Boitatá se enrolará pelo seu corpo apertando e estrangulando todos os seus ossos. A Mula sem cabeça chegou muito tarde, mas assim mesmo quis colaborar e se juntou ao Boitatá com a intenção de iluminar a floresta durante a noite dificultando a entrada de caçadores. O Boto ficou encarregado de vigiar toda parte aquática da floresta, protegendo os seres vivos que lá vivem. Caipora também conhecido como Curupira ficará encarregada de alimentar os convidados que estão o auxiliando na proteção dos animais para que não ocorra extinção.
  • 46. Nós que estivemos presentes nessa distribuição de tarefas também vamos fazer nossa parte que será ajudar a preservar a natureza para que haja vida também para os que vierem depois de nós. Faça você também a sua parte. Beijos. 4º ano B do Ciclo I – 2009. Autores: Alexandre Vinícius Varollo Rosa, Ana Beatriz da Silva Santos, Andresson Dourado Silva, Bárbara dos Santos Fernandes, Caroline de Faria Claro Lopes, Cesar Coppola Santos, Daniela Marinho Taniguchi, Davi Bastos Precendo, Enya Oliveira Rocha, Felipe Domingues da Silva, Gabrielle Ramos de Melo, Gabryel Borges de Abreu, Gustavo Pereira da Silva,
  • 47. Henrique Gonçalves Pedro, Isaias Felipe da Silva Gonçalves, Julia Maria de Souza Guedes, Kauê Ferreira Albuquerque, Lais Regina Batista da Silva, Layra Gabrielli Rosa dos Santos Paiva, Leticia Nascimento Luiz Wanderlei de Melo, Mateus Pereira de Oliveira, Matheus Henrique Fonseca Bernardes, Matheus Laço Sobreira, Murilo Arantes, Pamela Vitória Alves do Nascimento, Rafaela Costa Gregório, Roger Wallace Barbosa de Lima, Suellen Cristina da Freiria Silva, Thays Agatha de Souza, Willian da Silva Mello, Stefany de Melo Almeida.
  • 48. CONVITE PARA UM CAFÉ CONVITE PARA UM CAFÉ
  • 49. &nbsp;
  • 50. CONVITE PARA UM CAFÉ <ul><li>Na semana passada recebi um convite para tomar um </li></ul><ul><li>café na floresta. </li></ul><ul><li>Quem está convidando é o Curupira. Todos deverão </li></ul><ul><li>comparecer a partir das 17:00 horas. </li></ul><ul><li>Antes das 17:00 horas, muito apressada, </li></ul><ul><li>chegou a Mula-sem-cabeça. Dizia ela que estava de </li></ul><ul><li>cabeça quente. Por que será? Porque sua cabeça estava </li></ul><ul><li>pegando fogo e ela nem havia percebido. Mas esse fogo </li></ul><ul><li>era por conta de uma maldição já muito antiga. </li></ul><ul><li>Passados alguns minutos um clarão se formou no </li></ul><ul><li>meio da floresta. Quem era? Era o Boitatá, uma </li></ul><ul><li>cobra grande que soltava fogo pela boca. Vejam </li></ul><ul><li>só! Até o momento só chegou gente quente. </li></ul>
  • 51. <ul><li>Quem poderia chegar para esfriar esse ambiente tão </li></ul><ul><li>quente? A Iara. Ela não quis cantar, pois estava aborrecida </li></ul><ul><li>de estar fora do seu ambiente, o mar, que é tão fresquinho. </li></ul><ul><li>Chegou ainda a Cuca, com seu grande rabo, </li></ul><ul><li>derrubando tudo que via pela frente. </li></ul><ul><li>O último a chegar foi o Saci-pererê porque veio pulando em </li></ul><ul><li>uma perna só. </li></ul><ul><li>Os convidados demoraram tanto para chegar que o café, </li></ul><ul><li>que deveria ser servido as 17:00 horas começou a ser servido as </li></ul><ul><li>24:00 horas. </li></ul>
  • 52. <ul><li>Ninguém lembrou que era uma sexta feira de lua cheia. </li></ul><ul><li>Nesse momento apareceu o Lobisomem querendo </li></ul><ul><li>sangue e não café. </li></ul><ul><li>Todos os convidados começaram a correr. Houve muita </li></ul><ul><li>confusão e o café ficou adiado para a próxima semana. </li></ul><ul><li>Nos veremos na próxima semana. </li></ul><ul><li>Beijos a todos. </li></ul><ul><li>4º ano C do Ciclo I - 2009. </li></ul>
  • 53. Autores: Alex Aragão Frutado, Beatriz de Souza Alves, Bruno Lira dos Santos, Camyla Gabriely Ferreira Rodrigues , Ellen Evelin Amaro da Silva, Fabiana Aparecida Oliveira, Gabriel Gomes de Azevedo, Gabriel Henrique Rodrigues Pereira Ripamonti, Graziele Rosa Pereira Santa, Higor Henrique Pereira Lemes, Ingrid Striato da Rocha, Karina Rojas Maldonado, Lucas Martins de Andrade, Lucas Santos da Silva, Mayra de Souza Silva, Murilo de Oliveira Murillo, Philippe Braz Silva, Renan Aragon Miranda, Rubens Gabriel da Silva, Sunamita Amanda de Oliveira Cruz, Taires Santos Silva, Tauan Costa Caetano Silvério, Thais Martinez Bastos, Vladimir Adalid Nina Quispe.
  • 54. EMEF “José Bonifácio” DRE – Penha – São Paulo – São Paulo. Informática educativa. Poie: Deyse da Silva Sobrino Minha Terra – 2009.
  • 55. &nbsp;

×