Your SlideShare is downloading. ×
Reportagens do esporte na Revista do Globo de Porto Alegre
Reportagens do esporte na Revista do Globo de Porto Alegre
Reportagens do esporte na Revista do Globo de Porto Alegre
Reportagens do esporte na Revista do Globo de Porto Alegre
Reportagens do esporte na Revista do Globo de Porto Alegre
Reportagens do esporte na Revista do Globo de Porto Alegre
Reportagens do esporte na Revista do Globo de Porto Alegre
Reportagens do esporte na Revista do Globo de Porto Alegre
Reportagens do esporte na Revista do Globo de Porto Alegre
Reportagens do esporte na Revista do Globo de Porto Alegre
Reportagens do esporte na Revista do Globo de Porto Alegre
Reportagens do esporte na Revista do Globo de Porto Alegre
Reportagens do esporte na Revista do Globo de Porto Alegre
Reportagens do esporte na Revista do Globo de Porto Alegre
Reportagens do esporte na Revista do Globo de Porto Alegre
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Thanks for flagging this SlideShare!

Oops! An error has occurred.

×
Saving this for later? Get the SlideShare app to save on your phone or tablet. Read anywhere, anytime – even offline.
Text the download link to your phone
Standard text messaging rates apply

Reportagens do esporte na Revista do Globo de Porto Alegre

8,173

Published on

Visita às páginas da memória (1929-45)

Visita às páginas da memória (1929-45)

Published in: Design, Business
0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total Views
8,173
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
2
Actions
Shares
0
Downloads
7
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

Report content
Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
No notes for slide

Transcript

  • 1. Reportagens do esporte na Revista do Globo de Porto Alegre: visita às páginas da memória (1929-1945) Janice Zarpellon Mazo1 Alexandre Alex Alves Trindade2 Resumo O esporte foi um tema privilegiado pela Revista do Globo, desde a primeira edição deste quinzenário publicado em 1929 pela Livraria e Editora Globo em Porto Alegre. Este estudo tem como objetivo central identificar o número de ocorrências de reportagem sobre as práticas esportivas publicadas pela Revista do Globo entre 1929 e 1945. Busca-se analisar os motivos que levaram a Revista do Globo a veicular, inicialmente, matérias sobre o esporte ao longo de 16 anos e criar uma seção para divulgar as práticas esportivas na década seguinte. Em razão da Revista do Globo abranger uma diversidade de conteúdos, dentre esses o esporte e, pelo fato de atingir uma quantidade significativa de leitores, torna-
  • 2. MOUSEION, v.1, n.2, Jul.-Dez./2007 128 esportivas. Através de reportagens para a divulgação da cultura brasileira em ilustradas por interessantes imagens de meados do século XX. A revista atletas, dirigentes esportivos, clubes, representou a continuidade de uma tradição competições e com informações sobre o iniciada entre os jornais e almanaques mundo esportivo local, nacional e até gaúchos no século XIX, que registravam internacional, a seção esportiva foi fatos políticos e sociais, literatura, moda, adquirindo visibilidade. artes, culinária, humor e os acontecimentos Quando a revista completou três anos esportivos. de existência, em 1933, foi publicado um Diante da importância das número especial dedicado aos esportes. reportagens esportivas veiculadas desde a Esse fato acenou para a importância do primeira publicação da Revista, este estudo esporte enquanto um tema relevante na tem como objetivo identificar o número de cultura da cidade e do Rio Grande do Sul. ocorrências de reportagens sobre as Não apenas o esporte conquistava espaço práticas esportivas publicadas pela Revista na revista, mas também, os temas do Globo entre 1929 e 1945. relacionados à educação física, que obteve uma seção específica a partir de 1937. 1. A Revista do Globo: de Porto Alegre para o mundo Dentre os temas abordados destaca-se a dança, a recreação, atletismo, ginástica, A Revista do Globo nasceu voltada entre outras atividades físico-esportivas para a cultura local e transformou-se na realizadas na escola. Dessa forma, a maior revista produzida no Rio Grande do Revista do Globo cumpriu um papel Sul na década de 1930. Era publicada pela relevante na construção de uma cultura Livraria do Globo, fundada em 1883 por físico-esportiva em Porto Alegre e no Laudelino Barcellos, que operava como estado do Rio Grande do Sul. editora e comércio de livros. O pequeno A Revista do Globo tornou-se um local onde se comercializava livros no final dos mais importantes veículos de do século XIX se transformou na maior comunicação que circulou no Rio Grande livraria do Rio Grande do Sul no princípio do Sul no período de 1929 a 1967 do século XX e consolidou-se uma grande (MOTTIN, 1998, p. 4). Transformou-se editora nas décadas seguintes. numa das mais notáveis revistas voltadas Memória/ Reportagens do esporte na Revista do Globo de Porto Alegre: visita às páginas da memória (1929-1945)
  • 3. MOUSEION, v.1, n.2, Jul.-Dez./2007 129 Existem diferentes versões sobre a sairia a REVISTA DO GLOBO (Revista criação da Revista do Globo, até mesmo do Globo, 1948, p. 42). O primeiro pela própria revista. Atribui-se a Getúlio exemplar da Revista do Globo foi Vargas o papel de idealizador da Revista disponibilizado no dia 5 de Janeiro de do Globo, pois “não era raro ver, entre 1929, tendo na capa assinada pelo artista outros, Getúlio Vargas, por exemplo, Sotéro Cosme, a imagem de uma mulher examinando as prateleiras de livros” futurista segurando um globo. A capa (NASI, 2000, p. 6). Durante uma visita a retratava a finalidade da revista de divulgar Livraria do Globo, o então Presidente do os acontecimentos riograndenses e Estado do Rio Grande do Sul, Getúlio estabelecer um elo com o “resto do Vargas, que era freqüentador da livraria, mundo”. foi questionado sobre a idéia da revista. A Nos anos 1920, quando a manifestação favorável de Vargas modernidade chegava a Porto Alegre influenciou a decisão final de José Bertaso, refletindo-se nas transformações urbanas que se opunha à criação da REVISTA DO foi criada a REVISTA DO GLOBO. A GLOBO (BERNARDI; MARTINS; revista surge na esteira do movimento VERÍSSIMO, 1962; VERÍSSIMO, 2000). intelectual modernista porto-alegrense que Outra versão concede a Mansueto Bernardi se expandia como reflexo da Semana de a iniciativa de uma revista que Arte Moderna de São Paulo em 1922. A contemplasse a cultura gaúcha, nova publicação vinha suprir uma lacuna especialmente a literatura. Mansueto na divulgação da cultura de Porto Alegre, Bernardi, um dos sócios da Editora e pois a “Globo” operava como editora e Livraria do Globo, tinha o projeto da comércio de livros. “Em frente à Globo, na revista desde 1925, mas não contava com o rua da praia, os intelectuais e políticos das apoio dos outros sócios, Osvaldo primeiras décadas do século XX faziam Rentzsche, Mário Barcellos e José Bertaso seu local de encontro” (PESAVENTO, para a execução da sua idéia. Depois de 1992, p. 92). A Livraria do Globo “era o muita insistência, convenceu os sócios da centro nervoso da inteligência local – e do importância da criação da revista. poder político e econômico, esferas que A escolha do nome da revista foi então se confundiam – nos anos 20 e 30” . “pela voz do povo”, que indagava quando (NASI, 2000, p. 1) Memória/ Reportagens do esporte na Revista do Globo de Porto Alegre: visita às páginas da memória (1929-1945)
  • 4. MOUSEION, v.1, n.2, Jul.-Dez./2007 130 À medida que a Livraria do Globo de 1940. Inclusive, foram publicados cresceu, foram abertas filiais no interior do alguns livros na área da Educação Física. Rio Grande do Sul e do Rio de Janeiro e, A projeção nacional adquirida pela inclusive, chegou a ter uma representação Livraria/Editora do Globo, através de sua em Paris. Foi organizada uma rede de revista e publicação de livros, refletiu seu distribuidores, contando com o apoio dos papel destacado na vida social e cultural do livreiros, das bancas de revistas, auxiliados Estado do Rio Grande do Sul. por bibliotecas e museus que estavam sendo organizados em todo o Brasil. 2. Metodologia Superou também as dificuldades criadas pela censura, em época de restrições à Os procedimentos metodológicos liberdade de imprensa. constaram de duas etapas. Nos primeiros anos, a publicação da A primeira etapa foi a catalogação Revista do Globo contabilizou prejuízo das reportagens sobre o esporte e a financeiro, mas prosseguiu, inclusive com educação física na Revista do Globo. O edições especiais divulgando Catálogo, além de publicado em formato acontecimentos marcantes como: de CD-ROM para ser distribuído as Revolução de 30 (revista com mais de 500 bibliotecas de universidades brasileiras, páginas); Exposição do Centenário está disponível na internet no endereço Farroupilha de 1935 no Parque da eletrônico: http://www.ipct.pucrs.br/letras . Redenção; Enchente de 1941 que inundou Na segunda, as reportagens do ano grande parte do centro de Porto Alegre. de 1929 até 1945, consultadas no site do Nos anos 1930, Henrique Bertaso (filho Catálogo foram submetidas a um mais velho de José Bertaso) assumiu a tratamento para o qual foi utilizado o direção da Livraria do Globo e colocou o programa Internet Explorer, para a Estado do Rio Grande do Sul no universo realização de uma análise bibliométrica. editorial do Brasil. Os dados obtidos foram acrescentados nas Além da Revista, a Livraria do colunas VA (Valor Absoluto) e VR (Valor Globo sempre editou livros técnicos, o que Relativo - %). contribui para que fosse considerada uma das melhores editoras do Brasil na década 2.1 Catalogação das reportagens Memória/ Reportagens do esporte na Revista do Globo de Porto Alegre: visita às páginas da memória (1929-1945)
  • 5. MOUSEION, v.1, n.2, Jul.-Dez./2007 131 reportagens da Revista do Globo, uma O acesso à informação registrada em ficha elaborada no formato MS-Word. documentos, ou a facilitação desse acesso, Tendo em vista a adoção do software deve ser sempre o objetivo dos trabalhos Micro-Isis de propriedade do Instituto de científicos. Por razões econômicas, e Pesquisa Científica e Tecnológica (IPCT) mesmo de espaço físico, poucos indivíduos da PUCRS, na segunda fase do registro foi teriam condições de adquirir e manter construída uma nova ficha com o auxílio coleções ou acervos nas dimensões capazes de três programas de computador: Word, de permitir uma satisfação adequada de Internet Explorer e Excel. Esta ficha de suas necessidades de informação. catalogação das reportagens tinha os Além destas razões, existe outro seguintes campos e códigos de busca: problema para a dificuldade de acesso às Título (069#); Subtítulo (062#); Ilustração informações publicadas: o problema de (foto=096# e desenho=096#); Localização ordem intelectual do grau de necessidade (084#); Identificação da revista; Página da informação. Neste caso, as demandas de inicial/final (031#); Título da Seção informação podem variar (028#); Local de realização; Descrição significativamente, da necessidade (032#); Esporte (105#); Observação. Após específica até uma exaustiva busca de a definição dos campos da ficha foram informações. elaboradas as orientações para o seu Assim, para o acesso as informações preenchimento, conforme abaixo: contidas nas reportagens, foi necessária a a) Título: palavra, frase ou expressão identificação precisa e exaustiva da que chama a atenção para a reportagem REVISTA DO GLOBO com potencial esportiva. Geralmente é o primeiro texto para satisfazer os pré-requisitos que aparece. (informações sobre atividades esportivas) b) Subtítulo: texto ou expressão que do objetivo da pesquisa. Em seguida, a complete o título. Ele pode dizer de forma tarefa foi de encontrar, no conjunto sintética o que é proposto pelo título. identificado, as informações procuradas. c) Ilustração: indica a opção foto ou Para tal, foi feito um fichamento, desenho, se na reportagem aparecer uma utilizando, na primeira fase do registro das destas ilustrações; caso contrário, deixa-se informações extraídas de cada uma das em branco. Ocasionalmente ocorre a Memória/ Reportagens do esporte na Revista do Globo de Porto Alegre: visita às páginas da memória (1929-1945)
  • 6. MOUSEION, v.1, n.2, Jul.-Dez./2007 132 presença de fotografia e desenho na mesma l) Observação: futuramente pode reportagem; neste caso, se indica os dois. tornar-se um campo dependendo das d) Localização: assinala-se se a ocorrências. reportagem está em uma das capas ou em uma página. Neste último caso, informa-se Procedeu-se ao trabalho exaustivo de o número da página. A seqüência de capas leitura e descrição objetiva de cada um dos é: Capa1 = capa da frente; Capa 2= verso 943 fascículos da revista, tendo cada da primeira capa; Capa 3 = verso da exemplar em média 50 páginas (sendo três contracapa; Capa 4 = contracapa. exemplares edições especiais, em 1931, e) Identificação da revista: escreve-se 1940 e 1941, esta última dedicada à nos locais indicados o volume da revista, enchente ocorrida no corrente ano, em seu número de edição e data de publicação. Porto Alegre). Para cada reportagem foi f) Página Inicial/Final: registra-se o preenchida uma ficha a partir das palavras- número da primeira e da última página da chave extraídas da Revista. Para fins deste reportagem esportiva. catálogo “palavras chave” são g) Título da Seção: nome da seção da compreendidas como as palavras que revista onde se insere a reportagem. descrevem o conteúdo do documento e Evento: nome da competição, fundamentais para a recuperação posterior campeonato, torneio, partida, jogo, prova. das informações. A digitação foi realizada h) Local de realização: cidade, com a utilização de um microcomputador estado, país, nome do clube, ginásio, laptop. Na descrição do texto foi estádio do acontecimento esportivo. conservada a grafia original. Tendo em i) Descrição: neste campo são vista as diferentes grafias da mesma registradas informações consideradas palavra e a utilização de expressões em relevantes pela pesquisadora, como por inglês nas publicações até meados da exemplo, nome de atletas, resultados e década de 1940, elas foram padronizadas classificação no evento, que não estão nos através da construção de um Glossário. outros campos. O corpus das reportagens foi j) Esporte: escreve-se o nome do organizado pelo Sistema Pearl. Esta esporte ou modalidade esportiva. linguagem de programação foi realizada por Flávio Soibelmann Glock do Memória/ Reportagens do esporte na Revista do Globo de Porto Alegre: visita às páginas da memória (1929-1945)
  • 7. MOUSEION, v.1, n.2, Jul.-Dez./2007 133 IPCT/PUCRS. O processamento das e de comunicação científicos e informações por este programa específico tecnológicos, e de produtividade, possibilitou as buscas e a organização de necessários ao planejamento, avaliação e um banco de dados disponível na Internet, gestão da ciência e da tecnologia, de uma pois o Word não possibilita executar determinada comunidade científica ou país. cruzamentos limitando a obtenção dos (GUEDES; BORSCHIVER, s.d.). dados. Cada vez mais ocorre um aumento A catalogação das reportagens, feita do interesse de especialistas e do público a partir do exame minucioso, de onde em geral, em indicadores quantitativos e foram extraídas informações descritivas estatísticos, que além de auxiliar o das mesmas, foram feitas de acordo com entendimento da dinâmica da pesquisa, regras pré-fixadas para se identificar e funcionam também como instrumentos descrever o documento. A partir desta para tomada de decisões sobre o uso ou descrição, foram fornecidas informações não de determinada informação (SANTOS, únicas e precisas deste documento, 2003). servindo para prover informação O campo da bibliometria é bibliográfica adequada para identificar a comumente associado à medida obra analisada. quantitativa de documentos, e inclui todos O objetivo desta catalogação foi de os aspectos quantitativos e os modelos da responder às necessidades da busca de comunicação científica e do reportagens esportivas, permitindo que o armazenamento, disseminação e uso dos dados possibilitassem encontrar recuperação da informação científica. material que correspondessem aos critérios (WORMELL, 1998) estabelecidos para pesquisa. Para a realização desta pesquisa primeiramente foram apurados os 2.2 Análise bibliométrica seguintes indicadores: esporte (p. ex. tênis, futebol...) e números de vezes que o A Bibliometria é uma ferramenta esporte foi motivo de reportagem. A estatística que permite mapear e gerar importância e valor dos indicadores se diferentes indicadores de tratamento e pautam na possibilidade de quantificar gestão da informação e do conhecimento, "coisas" intangíveis como a geração de especialmente em sistemas de informação Memória/ Reportagens do esporte na Revista do Globo de Porto Alegre: visita às páginas da memória (1929-1945)
  • 8. MOUSEION, v.1, n.2, Jul.-Dez./2007 134 conhecimentos. Alguns exemplos de esportivas, 91,5% delas tratavam do indicadores científicos são: número de esporte no Brasil. Os países citados em ocorrências de notícias sobre esporte entre menor escala foram: China (0,2%), Suíça 1929 e 1945, quais esportes foram (0,2%), Japão (0,2%), França (0,5%), Chile noticiados, número de vezes que o esporte (0,5%), Uruguai (1,2%), Estados Unidos foi motivo de reportagem na Revista do (1,4%), Inglaterra (1,7%) e Alemanha Globo, relação entre a quantidade de vezes (2,6%). O maior número de reportagens que determinado esporte foi noticiado e sobre o esporte na Alemanha concentra-se total de noticias sobre outros esportes. no ano de 1936, quando foram realizados Desde a primeira edição da Revista os Jogos Olímpicos de Berlim. do Globo, em Janeiro de 1929, foram Todavia, nos três anos que publicadas reportagens sobre as práticas antecedem os Jogos Olímpicos, a Revista esportivas na seção denominada “Esporte”. veiculava imagens de atletas alemães Com o decorrer dos anos o nome da seção enfatizando a saúde obtida através das sofreu mudanças: A Quinzena Esportiva; atividades físico-esportivas. Destacava o Vida Esportiva; Nossos Esportistas; Notas futebol pelo espírito de grupo e o boxe Esportivas; Semana Esportiva; entre outras devido à exigência de coragem e denominadas pela modalidade desportiva combatividade, ambos praticados nas (Remo, Tênis, Atletismo, Turfe e Futebol). escolas e associações da Juventude O Futebol é o esporte que tem a maior Hitlerista. Também apareciam fotografias ocorrência (5,8%) no nome de seção. As de mulheres alemãs e suecas, sendo notícias esportivas, também eram referenciadas como padrão de beleza e encontradas em outras seções: saúde. A beleza feminina anteriormente Acontecimentos; O Globo em Revista; identificada com a esbelteza, brancura e Atualidades; Ecos; Pelo Mundo; Fatos da juventude se desloca para um corpo Quinzena, Álbum, A Revista Regional, A feminino mais forte e saudável obtido Quinzena Ilustrada; Variedades e Vida através dos exercícios físicos. Na mesma Social. época, a Livraria do Globo lançava no A Revista do Globo estava voltada mercado editorial três edições do livro para os assuntos locais, regionais e “Minha Luta”, que continha as concepções nacionais. No caso das reportagens Memória/ Reportagens do esporte na Revista do Globo de Porto Alegre: visita às páginas da memória (1929-1945)
  • 9. MOUSEION, v.1, n.2, Jul.-Dez./2007 135 de Adolf Hitler sobre raça, educação e atletismo, automobilismo, basquete, salto educação física. ornamental, turfe, voleibol, fisiculturismo, A Revista do Globo, em 1933 esgrima, hipismo, jiu-jitsu, newcombee e dedicou uma edição aos esportes (nº. 3 de pólo aquático. 18/02/1933), com a capa da revista As “reportagens fotográficas” foram ilustrada pela figura de um atleta aumentando na seção dedicada aos segurando a bandeira do Brasil. O editorial esportes (97,2%). Os temas sobre o esporte intitulado “Os Esportes em Porto Alegre” e a educação física começavam a ganhar destacava “o progresso que no domínio da mais espaço nas reportagens a partir de cultura física se tem registrado em Porto 1937, obtendo uma ocorrência de 70,4% Alegre” (p. 1). Várias páginas da revista das reportagens. Neste mesmo ano a (84,6%) foram dedicadas às reportagens educação física passou a ser tratada em sobre os esportes, que privilegiavam uma seção própria, com artigos elaborados muitas imagens fotográficas (90,8%). ou traduzidos pelo tenente Mario Marques Em 1935, a Revista do Globo Ramos, que já tinha publicado o livro documentou as competições e “Educação Física” (1934) pela Livraria. A demonstrações esportivas realizadas seção que tratava de “todos os ramos da durante a Exposição Farroupilha em Porto educação física”, justificava-se “porque a Alegre: Campeonato Farroupilha de educação física, no momento que passa, é Futebol, Campeonato Oficial de Tênis, uma das mais salutares preocupações das Campeonato de Futebol Local, Circuito gentes” (Revista do Globo, 1937, p. 36). Farroupilha de Automobilismo, Festa No período de 1937 a 1939 foram Náutica, Grande Prêmio Cidade de Porto publicados 28 artigos na seção Educação Alegre, Torneio Estadual de Barcos a Vela. Física. Esta seção trouxe informações Os eventos esportivos ocuparam várias sobre esportes; escotismo, banhos de mar e páginas da revista com reportagens rio, praças de educação física e atividades (83,9%) e fotografias (96,8%) sobre a de educação física, e outras atividades de Exposição Farroupilha. As práticas educação física voltadas especialmente esportivas mais noticiadas foram o futebol para as mulheres, como a dança e a (21,7%), o tênis (11,7%) e o remo (11,7%), ginástica rítmica. Percebe-se que a Revista entre a ginástica, natação, vela, pólo, passou a dirigir-se às mulheres não apenas Memória/ Reportagens do esporte na Revista do Globo de Porto Alegre: visita às páginas da memória (1929-1945)
  • 10. MOUSEION, v.1, n.2, Jul.-Dez./2007 136 em assuntos de moda e produtos de beleza, A colaboração do professor Mario mas também, divulgando a necessidade da Marques na seção destinada a educação ginástica e da prática de exercícios físicos física foi encerrada no final da década de pelas mulheres. As reportagens apresentam 1930, quando foi contratado o técnico fotografias de mulheres praticando por Amaro Júnior, que inaugurou a seção exemplo golfe (1930, p. 23; 1930, p. 7-12; “Quinzena Esportiva”. Foram publicadas 1932, p. 20) e tênis (1932, p. 24; 1932, p. 27 reportagens sob a autoria de Amaro 32). Junior até 1946, quando encerrou sua O esporte era apontado como um dos colaboração na Revista. Outros autores responsáveis pelo surgimento da nova nacionais e internacionais escreveram mulher. Embora, o discurso normativo sobre o esporte ou tiveram seus textos divulgue os benefícios da atividade física traduzidos e publicados na Revista do para mulher, ela não deveria descuidar-se Globo: Acélio Daudt, Angelo Guido, Diva das questões femininas. A prática da Machado Pereira, Juliano Palha, Mario ginástica rítmica como método mais Luiz Everard, Anne Roscoe, Anthony adequado ao corpo feminino foi sugerido Veller, Bertrand de Fouvenel, Douglas em algumas reportagens (1931, p. 23; Brindkley, Edward M. Barrows, Jimmy 1932, p. 31). Existiu em Porto Alegre na Filder, Johnny Weissmuller, Karl década de 30, o Instituto de Cultura Siegmund, Louis Delmas, Miller Baratz, Physica voltado para o desenvolvimento Pierre Junqua, Wolfgang Hoffmann integral do corpo feminino (Revista do Harnisch Jr. Os textos com autoria Globo, 1931, p. 11). totalizaram 88,5% e os restantes 11,5% As capas da Revista começaram a não foram assinados. apresentar mulheres trajando roupas Em geral, as reportagens esportivas do tênis e uniformes de times de caracterizavam-se por um curto texto (2 a 3 futebol. Durante a década de 30, algumas parágrafos), com muitas imagens capas da Revista foram ilustradas pelos fotográficas (94,4%) e eram registradas em esportes: remo (01), turfe (01), pólo (01), uma página (77,2%). Em alguns tênis (04), futebol (03). Algumas exemplares da revista, os assuntos contracapas foram reservadas para fotos de relacionados aos esportes ocupavam duas times de futebol. ou três páginas (19,3%), como pouco texto Memória/ Reportagens do esporte na Revista do Globo de Porto Alegre: visita às páginas da memória (1929-1945)
  • 11. MOUSEION, v.1, n.2, Jul.-Dez./2007 137 e muitas fotografias. Excepcionalmente, as confecção propriamente dita das planilhas reportagens totalizaram quatro a cinco e gráficos. Os valores obtidos na Internet páginas (3,5%) da revista. O futebol foram adicionados em uma planilha do (33,5%) foi o esporte mais enfocado nas programa e este efetuou o cálculo dos reportagens, seguido pelo tênis (13,4%), percentuais a partir dos quais foram feitos atletismo (12,8%) e remo (12,3%). Os os gráficos. eventos futebolísticos (25,4%) eram os mais citados seguidos pelo tênis (15,0%), 3. Resultados remo (9,0%) e atletismo (6,0%). Como resultado da catalogação e 2.2.1 Metodologia utilizada para a análise bibliométrica dos dados extraídos determinação de VA e VR da Revista do Globo no período de 1929 a 1945, foram produzidas seis tabelas: No programa Internet Explorer, no número de ocorrências, esportes citados no campo “procurar” digita-se códigos de período e quantidade de citações por ano procura que correspondem a um campo dos quatro esportes mais citados no específico das fichas. A busca nestas período pesquisado. páginas é realizada através de um código “número#”, que corresponde a um campo Tabela 1 específico. Logo, clica-se em “segue” e obtém-se o resultado da pesquisa. Na NÚMERO DE OCORRÊNCIAS - ANOS 1929-1945 Ano VA VR página de resultados temos o total de 1929 41 5,8 1930 14 2,0 ocorrências que corresponde ao VA. Os 1931 39 5,5 1932 40 5,7 dados obtidos através dos cruzamentos 1933 65 9,2 1934 52 7,4 foram: percentual de ocorrências de 1935 62 8,8 reportagens esportivas, percentual dos 1936 58 8,2 1937 71 10,0 esportes mais citados nas reportagens, 1938 71 10,0 1939 49 6,9 percentual de eventos referidos nas 1940 35 5,0 1941 31 4,4 reportagens esportivas, percentual de 1942 13 1,8 páginas das reportagens esportivas e 1943 27 3,8 1944 22 3,1 percentual de ilustrações das reportagens 1945 17 2,4 BASE/TOTAL 707 100 esportivas. O Excel foi empregado na Memória/ Reportagens do esporte na Revista do Globo de Porto Alegre: visita às páginas da memória (1929-1945)
  • 12. MOUSEION, v.1, n.2, Jul.-Dez./2007 138 Tabela 2 D S O TO- A O 1929-1945 EP R NS Tabela 4 E sporte V A VR Futebol 213 38,0 ATLETISMO - ANOS 1929-1945 A tletismo 77 13,7 Ano VA VR R o em 73 13,0 1929 4 5,2 Tênis 71 12,7 1930 1 1,3 N atação 46 8,2 1931 5 6,5 1932 6 7,8 Turfe 29 5,2 1933 9 11,7 G inásticaolím pica 24 4,3 1934 8 10,4 B oxe 24 4,3 1935 3 3,9 H o ipism 21 3,7 1936 6 7,8 C o iclism 20 3,6 1937 7 9,1 B asquetebol 19 3,4 1938 6 7,8 V ela 15 2,7 1939 7 9,1 G inásticafem (exercícios) inina 13 2,3 1940 4 5,2 P ólo 12 2,1 1941 5 6,5 G olfe 11 2,0 1942 0 0,0 A obilism utom o 11 2,0 1943 1 1,3 S ornam alto ental 11 2,0 1944 2 2,6 P aquático ólo 9 1,6 1945 3 3,9 E a sgrim 9 1,6 BASE/TOTAL 77 100 V oleibol 7 1,2 Jiu-jitsu 6 1,1 G inásticarítm ica 6 1,1 Tabela 5 Lutalivre 6 1,1 REMO - ANOS 1929-1945 H óquei 5 0,9 Ano VA VR Fisioculturism o 4 0,7 1929 5 6,8 M otociclismo 3 0,5 1930 4 5,5 B olão 3 0,5 1931 4 5,5 Tiro ao alvo 2 0,4 1932 4 5,5 S urfe 1 0,2 1933 8 11,0 S ki 1 0,2 1934 8 11,0 P atinação 1 0,2 1935 7 9,6 B aseball 1 0,2 1936 6 8,2 P unhobol 1 0,2 1937 5 6,8 S ô um 1 0,2 1938 4 5,5 A e flecha rco 1 0,2 1939 6 8,2 B S /TO L A E TA 707 1940 7 9,6 Respostamúltipla. 1941 2 2,7 1942 0 0,0 1943 1 1,4 Tabela 3 1944 1 1,4 FUTEBOL - A NOS 1929-1945 1945 1 1,4 Ano VA VR BASE/TOTAL 73 100 1929 8 3,8 1930 4 1,9 1931 18 8,5 1932 15 7,0 1933 17 8,0 1934 20 9,4 1935 10 4,7 1936 13 6,1 1937 12 5,6 1938 21 9,9 1939 23 10,8 1940 11 5,2 1941 14 6,6 1942 4 1,9 1943 11 5,2 1944 5 2,3 1945 7 3,3 BASE/TOTAL 213 100 Memória/ Reportagens do esporte na Revista do Globo de Porto Alegre: visita às páginas da memória (1929-1945)
  • 13. MOUSEION, v.1, n.2, Jul.-Dez./2007 139 Nos primeiros dez anos de Tabela 6 existência da revista constatou-se a maior ocorrência de reportagens esportivas nos REMO - ANOS 1929-1945 Ano VA VR anos de 1937 e 1938. Os esportes 1929 5 6,8 1930 4 5,5 privilegiados nas reportagens eram o 1931 4 5,5 1932 4 5,5 futebol, tênis, atletismo e remo. Em 1940 1933 8 11,0 1934 8 11,0 foi criada a seção “Quinzena Esportiva” 1935 7 9,6 1936 6 8,2 sob a responsabilidade do destacado 1937 5 6,8 1938 4 5,5 professor de educação física Amaro Júnior, 1939 6 8,2 1940 7 9,6 que enriqueceu a Revista com textos e 1941 2 2,7 1942 0 0,0 reportagens fotográficas. Na seção de 1943 1 1,4 1944 1 1,4 educação física foram publicados 28 1945 1 1,4 BASE/TOTAL 73 100 artigos no período de 1937 a 1939, pelo tenente Mario Marques. Outros nomes de destaque internacional como Johnny Considerações finais Weissmuller escreveram reportagens esportivas para a revista. A Revista do Globo registrou a Estes dados podem servir de base história da fundação de associações e para uma futura análise da vida social e entidades esportivas, a vida de atletas interesses no campo da saúde e recreação porto-alegrenses e gaúchos, momentos no período pesquisado, pois com eles é históricos das competições esportivas possível fazer um recorte histórico da locais até internacionais, além de sociedade porto-alegrense da época. orientações de educação física. A cultura esportiva do Rio Grande do Sul, em Referências Bibliográficas especial, da cidade de Porto Alegre está ALVES, M. Neologismo Criação Lexical. documentada nas páginas desta revista. Em 2. ed. São Paulo: Ática, 1994. geral era dedicada uma página da Revista BERTASO, José. A Globo da Rua da para o esporte recheada de imagens Praia. São Paulo: Globo, 1993. fotográficas. CASTRO, M. Relatório do Projeto Publicidade na Revista do Globo. Faculdade de Comunicação Social, PUCRS. Porto Alegre, 1999. Memória/ Reportagens do esporte na Revista do Globo de Porto Alegre: visita às páginas da memória (1929-1945)
  • 14. MOUSEION, v.1, n.2, Jul.-Dez./2007 140 CLEMENTE, Ir. Elvo. As revistas da Micro-ISIS, de propriedade da UNESCO, Livraria do Globo. Continente Sul Sur. v. 3.07. Porto Alegre: PUCRS, 1996. Revista do Instituto Estadual do Livro. MOTTIN, A. Relatório do Projeto Porto Alegre, n.º 2, novembro de 1996. Organização do Acervo Fotográfico da DALMÁZ, Mateus. A imagem de Hitler e Revista do Globo. Centro de Pesquisas da Alemanha na Revista do Globo de Literárias, PUCRS. Porto Alegre, 1998. Porto Alegre: 1933-1945. Dissertação de NASI, E. A Globo na era de ouro. Jornal Mestrado. Pós-Graduação em Zero Hora. Caderno de Cultura. Porto História/PUCRS. Porto Alegre, 2001. Alegre, 15/07/2000, p. 6. DEVES, Marlene. Revista do Globo: sua PESAVENTO, S. O espetáculo da rua. história, seu fim. Dissertação de Mestrado. Porto Alegre: Editora da UFRGS; Pós-Graduação em Jornalismo/UNISINOS, Prefeitura Municipal de Porto Alegre, 1979. 1992. FRANCO, A; SILVA, M. & SANTOS, R. N. M. dos. Produção SCHIDROWITZ, J. (orgs.). Pôrto Alegre: Científica: por que medir? O que medir? biografia duma cidade. Livro Revista Digital de Biblioteconomia e Comemorativo do Bicentenário da Ciência da Informação, Campinas, v . 1, n. Fundação da Cidade. Porto Alegre: 1, p. 22-38, jul./dez.. 2003 Tipografia do Centro, 1940. SOARES, L. Gênero e poder na Revista do GUEDES, Vânia L. S.; BORSCHIVER, Globo. Monografia de Conclusão de Suzana. Bibliometria: uma ferramenta Curso. Graduação em Comunicação estatística para a gestão da informação e Social/PUCRS. Porto Alegre, 2001. do conhecimento, em sistemas de informação, de comunicação e de THORSTENBERG, V. Página de Rosto: avaliação científica e tecnológica. [s.n.: uma amostra do potencial literário da s.d.] Disponível em: Revista do Globo. Dissertação de <http://www.cinform.ufba.br/vi_anais/docs Mestrado. PPGL/PUCRS. Porto Alegre, / VaniaLSGuedes.pdf>. Acessado em: 16 1998. mar. 2007. TORRESINI, Elisabeth. Editora Globo: MAZO, Janice. Emergência e a Expansão uma aventura editorial nos anos 30 e 40. do Associativismo Desportivo em Porto São Paulo: EDUSP; COMARTE; Editora Alegre (1867-1945): espaço de da Universidade UFRGS, 1999. representação da identidade cultural VERISSIMO, Erico. Breve crônica duma teuto-brasileira. Tese (Doutorado) – editora de província. Santa Maria: UFSM, Faculdade de Educação Física e Ciências 2000. do Desporto, UP, Porto, Portugal, 2003. WORMELL, Irene. Informetria: MAZO, Janice. Catálogo do Esporte e da explorando bases de dados como Educação Física na Revista do Globo. CD- instrumentos de análise. Ci. Inf., Brasília, ROM. Porto Alegre: PUCRS, 2004. v. 27, n. 2, p. 210-216, maio/ago. 1998. MOTTIN, A; MOREIRA, A (orgs.) Catálogo Literário da Revista do Globo. 1 Base de dados desenvolvida em software Professora dos cursos de Licenciatura e Bacharelado em Educação Física da Escola de Educação Física (ESEF) e do Programa de Pós- Memória/ Reportagens do esporte na Revista do Globo de Porto Alegre: visita às páginas da memória (1929-1945)
  • 15. MOUSEION, v.1, n.2, Jul.-Dez./2007 141 Graduação em Ciências do Movimento – Mestrado e Doutorado – da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (PPGCMH). Tutora do Programa de Educação Tutorial – PET/ESEF/UFRGS. 2 Bacharel em Biblioteconomia (UFRGS). Graduando em Educação Física - Bacharelado pela Escola de Educação Física da Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Bibliotecário da Faculdade Luterana São Marcos. Bolsista do Programa de Educação Tutorial – PET/ESEF. Memória/ Reportagens do esporte na Revista do Globo de Porto Alegre: visita às páginas da memória (1929-1945)

×