Your SlideShare is downloading. ×
BRand.BR
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Thanks for flagging this SlideShare!

Oops! An error has occurred.

×

Introducing the official SlideShare app

Stunning, full-screen experience for iPhone and Android

Text the download link to your phone

Standard text messaging rates apply

BRand.BR

1,914
views

Published on

O Design de Raiz Aloisiano: redescoberto através de ângulos tropicais das marcas gaúchas

O Design de Raiz Aloisiano: redescoberto através de ângulos tropicais das marcas gaúchas

Published in: Design, Travel

0 Comments
1 Like
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

No Downloads
Views
Total Views
1,914
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
2
Actions
Shares
0
Downloads
42
Comments
0
Likes
1
Embeds 0
No embeds

Report content
Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
No notes for slide

Transcript

  • 1. BR and .BR o Design de Raiz Aloisiano Redescoberto Através de Ângulos Tropicais das Marcas Gaúchas JOHNSON, Vanessa 2009
  • 2. Aloisio Magalhães Pádua (Itália) 13/6/1982 Recife (PE) 5/11/1927 Memória Viva – documentário http://video.google.com.br/videoplay?docid=-5894046846376276148&ei=u_UHS57rBJHUqwKY2OmNDg&q=aloisio+magalhaes&hl=pt-BR# Uma cultura é feita dos elementos compostos do passado que são vistos pelos homens transitórios do presente e que desenham o caminhar projetivo.
  • 3. Dia Nacional do Design DECRETO DE 19 DE OUTUBRO DE 1998 Institui o “Dia Nacional do Design”, e dá outras providências.O PRESIDENTE DA REPÚBLICA , no uso da atribuição que lhe confere o art. 84, inciso II, da Constituição, DECRETA: Art 1º Fica instituído o “Dia Nacional do Design", que será comemorado no dia cinco de novembro de cada ano. Art 2º Caberá ao Comitê Executivo do Programa Brasileiro do Design - PBD a coordenação das atividades relacionadas à comemoração do “Dia Nacional do Design." Art 3º Este Decreto entra em vigor na data de sua publicação.Brasília, 19 de outubro de 1998; 177º da Independência e 110º da República. 5 Novembro Aloisio Magalhães foi Papa e Bandeirante do Design Nacional e a efeméride é em sua deferência
  • 4. Formas e Gestos relações cromáticas trabalho em equipe precisão espelhamento Pernambuco Nordeste
  • 5. Armorial Olinda Galo da Madrugada Mamulengo Lendas Bem e o mal Agreste
  • 6. Paris 1951 Atelier 17 S. W. Hayter gravura Filadélfia 1959 The Falcon Press Eugene Feldman offset Laboratórios
  • 7. VISUALIDADE GRÁFICA EXERCÍCIO DO PROJETO DIMENSÃO DA CULTURA
    • projeto gráfico
    • cover design
    • ilustração
    • cenografia
    • museografia
    • logotipagem
    • artesanato de transformação
    • defesa do patrimônio histórico
    • preservação do patrimônio iconográfico
    • cartemas
    • litografias
    • litogravuras
    • aquarelas
    • - design de sinais
    • sistemas de identidade visual (MIV)
    • comunicação visual
    Processo Criativo Intuição + Bagagem Cultural + Conhecimento Técnico Unidade Vária
  • 8. Poder de Síntese Empreendedorismo O Gráfico Amador - 1954 - Recife. Aloisio Magalhães - 1960 - Rio de Janeiro, escritório de design que logo passou a denominar-se: MNP - destinado a resolver questões de programação visual, arquitetura e construção civil, tendo clientela nacional. ESDI - 1963 - Primeira Escola de Desenho Industrial da América Latina, colaborou na sua constituição como também elaborou sua identidade visual. AMPVDI - 1966 - o escritório de design foi rebatizado e transformou-se no de maior cacife do país. Centro Nacional de Referência Cultural - 1975 - Brasília, implantou a instituição para mapear, documentar e entender a diversidade brasileira. PVDI - 1976 - a empresa alterou a sigla e está ativa até os dias de hoje. www.pvdi.com.br
  • 9. Rio de Janeiro Década de 60 Mudança geográfica da capital federal Brasil Grande Tropicália Designer Gráfico Aloisio Magalhães transformou radicalmente as formas visuais de empresas público e privadas, criou marcas estruturadas de maneira simples, geometricamente puras, com informações concentradas, de fácil e rápida comunicação, capazes de resistir à multiplicação e à velocidade de leitura, típica da vida urbana e dos meios de comunicação modernos. http://www.youtube.com/watch?v=j9aWp90GSXw&feature=player_embedded Produtor de Linguagem Visual
  • 10. Esboços preliminares em guache Gestual Freehand Museu de Valores Itaipu Sketches
  • 11. Trabalho em equipe Profissionais de idades e formações distintas procuravam falar a mesma linguagem: desenvolviam extenuantes estudos de proporção através de intensa produção de lay-outs elaborados com o rigor da construção geométrica.
  • 12. Colaboradores Rejane Spitz Goebel Weyne João Leite Ana Luisa Escorel Joaquim Redig Rogério Duarte Cláudia Moreira Salles Samico Designers Brasileiros
  • 13. Sistema Financeiro Identidade Visual Nó oriental, nós italianos de Cosimo e do brasão Borromeano e Knot de Escher. Unibanco 1964 Moeda portuguesa de 20.000 réis de 1706, que esteve em circulação no Brasil até 1750. A forma de cruz gravada no dobrão está relacionada com o projeto arquitetônico do edifício-sede e o símbolo foi criado com tal correspondência. Banco Central 1975
  • 14. 1976 Texture Design Banco Boa Vista A partir do sinal criado com o “B” caligrafado e duplamente espelhado desenvolveu textura para compor o programa de identidade visual.
  • 15. Inovação Design de Valores Aloisio atuou como designer e consultor, anterior a auto suficiência na emissão de meio circulante pela Casa da Moeda e após a fundação do Banco Central (1964) deu continuidade aos sistemas de cédulas e moedas, criando o novo padrão monetário reconhecido internacionalmente pelo caráter inovador: adoção do efeito moiré, inversão por espelhamento, o que veio a dificultar a falsificação e a facilitar o trabalho de contagem manual. O Departamento de Projeto de Produto e Desenvolvimento de Matrizes da CMB, informou que Aloisio Magalhães foi o único designer de valores autônomo a trabalhar para a instituição, pois as demais famílias de cédulas foram elaboradas por funcionários. http://www.youtube.com/watch?v=IWBRxv2uQWc&feature=player_embedded
  • 16. Programa de Implantação
  • 17. 1970 Gênese do Símbolo O Banco do Estado do Rio Grande do Sul, originariamente uma instituição de crédito rural, fundada em 1928 por reivindicação do setor pecuário (que possuía tradição marcária em suas lides), visava demonstrar solidez e buscou uma solução visual com este conceito. A MPM Propaganda, sob a batuta de Joaquim da Fonseca, apresentou uma proposta que não correspondeu à expectativa. Face a este desafio recorreram a Pedro Carneiro Pereira (1938-73 - autódromo), Diretor da Standard, atual Ogilvy, que forneceu o contato de Aloisio Magalhães. O símbolo criado por Aloisio de acordo com as exigências de seu cliente demonstra integração e coesão. Os cubos dispostos harmonicamente na posição piramidal dialogam com as obras de Franz Weissmann ( Os Três Cubos Virtuais) e de Lhote (fragmento Bacchante).
  • 18. Rigor O Banrisul desde sua fundação, preocupou-se com a estética de seus documentos que eram ricamente ornados. A aproximação da arte aos seus papéis é notável, inclusive atualmente, no projeto do livro da Instituição. As empresas anunciantes na Revista do Globo, dentre estas o Banrisul, prevendo a concorrência buscaram a confirmação de sua imagem através de um símbolo gráfico. Banrisul
  • 19. 1951 1960 1970 AMPVDI 1980 J. Quadros 2005 DCS Evolução e Aplicação Desde 1951 o Banco adotava logotipo. Em 1960 ocorreu a inclusão obrigatória da letra “E”, de Estado. Em 1970 procurou renovar sua identidade visual contratando os serviços da AMPVDI. Em meados de 80 o artista gráfico Jarbas C. dos Santos Quadros, criou o lettering que associado aos cubos resultou na marca do Banrisul, tendo que inverter o posicionamento para melhor adequação. Em 2005 a DCS desenvolveu a marca atual que representa força, agilidade, modernidade e senso de união regional.
  • 20. 1970 Símbolo do Banrisul O bancário Antonio Augusto Queiroz Baptista desenvolveu um estudo salientando a importância do conhecimento público do significado da marca, apontando que o cubo é o quadrado do quadrado e tem na ordem dos volumes, a mesma significação que o quadrado na ordem das superfícies. Simboliza o mundo material e o conjunto dos quatro elementos da natureza. Devido ao equilíbrio é o símbolo da estabilidade e a imagem da eternidade. Outra característica do símbolo, identificada durante a Especialização, é que ele sugere o símbolo celta tríscele, que representa as tríades da vida em eterno movimento e equilíbrio.
  • 21. 2008 80 anos Banrisul - Prestígio www.youtube.com/watch?v=gmGuXcmYK8c&feature=related www.youtube.com/watch?v=xWZCKUxMcfQ&feature=related
  • 22. Ângulos Tropicais Marcas Gaúchas Souza Cruz
  • 23. Patrimônio Mundial SÃO MIGUEL DAS MISSÕES Obteve o título da Unesco para as Reduções Jesuíticas. http://video.google.com.br/videoplay?docid=-3382100482467671430&ei=u_UHS57rBJHUqwKY2OmNDg&q=aloisio+magalhaes&hl=pt-BR#
  • 24. Porto Alegre 1997 I Bienal do Mercosul Exposição “Aloisio Magalhães: o Design do Brasil”, composta por 18 painéis fotográficos com o trabalho gráfico aloisiano referente a marcas nacionais não evidenciando as marcas sulinas.
  • 25. Planejamento e Forma: Livros Capas Cartões Ilustra ções liberdade Miró Design Editorial Gene
  • 26. Comunicação Visual Ensino Binacional Tipografia Criativa e Experimental, Cenografia Disponibilizava seu escritório como um centro de consultas, propiciava estágios e criou uma espécie de escola paralela. Entendia que o sistema ideal para a educação do designer seria a transmissão do conhecimento no fazer.
  • 27. Textura Logotipo Cartema brasilidade Mestre Discípulo Herança
  • 28. http://www.youtube.com/watch?v=ZDw7syzHSlI&feature=player_embedded
  • 29. Aventura da Linha Exercício formal Cartemas
  • 30. Iuri Lotman Mundo Natural Mundo Cultural Não Cultura Circularidade do Conhecimento O design se inscreve na esfera da cultura, estabelecendo uma intextualidade a bio-eco-antro-tecno-fisioesfera, isto é, uma visão ampliada da semiosfera, que designa o habitat dos signos no universo cultural.
  • 31.
    • Tio Aloisio era uma pessoa à frente de sua época.
    • Enaltecia tudo de autêntico a sua volta.
    • Foi criado num ambiente de muita criatividade e estímulo intelectual.
    • Com sua capacidade criativa e diplomática preencheu um espaço enorme na criação de uma nova atitude de cidadania convocando a todos para assumir a responsabilidade de construção de uma nação com caráter baseada na sua identidade.
    • Aloisio Magalhães foi ímpar na busca da representação gráfica e estética do país.
    • O tempo de se ter Aloisio como referência na sua real dimensão ainda vai chegar.
    Porto Alegre Maio de 2009 Liliana Magalhães Sobrinha de Aloisio
  • 32. 2005 Curador: João Leite O Outro Sentido do Moderno www.youtube.com/watch?v=Z00jjc-WtZI
  • 33. Março 2009 Agosto Pesquisa Making of Para investigar o universo aloisiano e tomar parte de seu legado, foram necessários alguns meses de busca contínua em livros, revistas e arquivos virtuais. A comunicação com jornalistas e escritores também me colocou a par do momento brasileiro e do contexto das décadas aqui relatadas. Foi um grande prazer e aprendizado múltiplo, pois observei a fundo a amplitude do exercício do design brasileiro e pude pinçar as particularidades do ofício. A publicitária (formada pela USP) do Marketing do Banrisul foi fundamental porque me indicou os caminhos que deveria seguir.