Your SlideShare is downloading. ×
0
Arquitetura evolutiva - DNAD 2013
Arquitetura evolutiva - DNAD 2013
Arquitetura evolutiva - DNAD 2013
Arquitetura evolutiva - DNAD 2013
Arquitetura evolutiva - DNAD 2013
Arquitetura evolutiva - DNAD 2013
Arquitetura evolutiva - DNAD 2013
Arquitetura evolutiva - DNAD 2013
Arquitetura evolutiva - DNAD 2013
Arquitetura evolutiva - DNAD 2013
Arquitetura evolutiva - DNAD 2013
Arquitetura evolutiva - DNAD 2013
Arquitetura evolutiva - DNAD 2013
Arquitetura evolutiva - DNAD 2013
Arquitetura evolutiva - DNAD 2013
Arquitetura evolutiva - DNAD 2013
Arquitetura evolutiva - DNAD 2013
Arquitetura evolutiva - DNAD 2013
Arquitetura evolutiva - DNAD 2013
Arquitetura evolutiva - DNAD 2013
Arquitetura evolutiva - DNAD 2013
Arquitetura evolutiva - DNAD 2013
Arquitetura evolutiva - DNAD 2013
Arquitetura evolutiva - DNAD 2013
Arquitetura evolutiva - DNAD 2013
Arquitetura evolutiva - DNAD 2013
Arquitetura evolutiva - DNAD 2013
Arquitetura evolutiva - DNAD 2013
Arquitetura evolutiva - DNAD 2013
Arquitetura evolutiva - DNAD 2013
Arquitetura evolutiva - DNAD 2013
Arquitetura evolutiva - DNAD 2013
Arquitetura evolutiva - DNAD 2013
Arquitetura evolutiva - DNAD 2013
Arquitetura evolutiva - DNAD 2013
Arquitetura evolutiva - DNAD 2013
Arquitetura evolutiva - DNAD 2013
Arquitetura evolutiva - DNAD 2013
Arquitetura evolutiva - DNAD 2013
Arquitetura evolutiva - DNAD 2013
Arquitetura evolutiva - DNAD 2013
Arquitetura evolutiva - DNAD 2013
Arquitetura evolutiva - DNAD 2013
Arquitetura evolutiva - DNAD 2013
Arquitetura evolutiva - DNAD 2013
Arquitetura evolutiva - DNAD 2013
Arquitetura evolutiva - DNAD 2013
Arquitetura evolutiva - DNAD 2013
Arquitetura evolutiva - DNAD 2013
Arquitetura evolutiva - DNAD 2013
Arquitetura evolutiva - DNAD 2013
Arquitetura evolutiva - DNAD 2013
Arquitetura evolutiva - DNAD 2013
Arquitetura evolutiva - DNAD 2013
Arquitetura evolutiva - DNAD 2013
Arquitetura evolutiva - DNAD 2013
Arquitetura evolutiva - DNAD 2013
Arquitetura evolutiva - DNAD 2013
Arquitetura evolutiva - DNAD 2013
Arquitetura evolutiva - DNAD 2013
Arquitetura evolutiva - DNAD 2013
Arquitetura evolutiva - DNAD 2013
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Thanks for flagging this SlideShare!

Oops! An error has occurred.

×
Saving this for later? Get the SlideShare app to save on your phone or tablet. Read anywhere, anytime – even offline.
Text the download link to your phone
Standard text messaging rates apply

Arquitetura evolutiva - DNAD 2013

456

Published on

Published in: Technology
0 Comments
3 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

No Downloads
Views
Total Views
456
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
0
Actions
Shares
0
Downloads
5
Comments
0
Likes
3
Embeds 0
No embeds

Report content
Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
No notes for slide

Transcript

  1. Arquitetura evolutiva
  2. http://www.linkedin.com/in/denisferrari
  3. Meta da apresentação • Questionar em qual momento a arquitetura deve ser pensada e aplicada...
  4. O que é programação?
  5. (Código é conhecimento registrado)
  6. A programação é como uma redação.
  7. A programação, assim como a redação... • Pede por macro-decisões; • É definida nas micro-decisões; • Depende de valiação externa; • Novas implementações necessitam da avaliação do todo; • É um processo criativo…
  8. (O TDD é fod* legal pois auxilia as micro-decisões)
  9. O que é arquitetura de software?
  10. (A arquitetura é o universo. O design é a história)
  11. A arquitetura... • Conjunto de macro-decisões; • Conjunto de convenções; • Códigos de base (requisitos não funcionais); • “Define” como as coisas devem ser feitas; • Pode facilitar ou atrapalhar novas implementações; • É difícil de mudar;
  12. Qual o tamanho ideal de um time de desenvolvimento?
  13. Dois programadores, um designer.
  14. (A qualidade dos integrantes de um time é mais importante do que a quantidade de pessoas)
  15. (Um projeto de software é como uma criança, seu comportamento final dependerá das influências que ele recebeu dos adultos que estavam perto durante seu crescimento)
  16. CONCEPÇÃO DO PRODUTO Primeira fase
  17. Funcionalidades • Base de conhecimento; • Gerenciador de avisos; • Interface de auto-atendimento; • Busca com relevância*;
  18. Tecnologias
  19. Uma tecnologia deve estar alinhada com os conceitos do seu projeto e não deve definir como você irá trabalhar.
  20. (Cuidado com a política nas decisões).
  21. (A interface com o usuário antes da programação)
  22. (A utilização do código antes de sua construção)
  23. (Analisar o comportamento do usuário antes de construir o que você acha importante)
  24. PERSISTÊNCIA DOMÍNIO AUTO-ATENDIMENTO ADMINISTRAÇÃO
  25. Quando a arquitetura de um projeto deve ser definida?
  26. (O livro de DDD não é a bíblia e saber arquitetura não faz de você um cara mais legal)
  27. A arquitetura deve atender ao momento do projeto e possibilitar a sua evolução.
  28. ESTATÍSTICAS E IMPORTAÇÃO Segunda fase
  29. Funcionalidades • Ferramenta de importação; • Informações estatísticas sobre a base de conhecimento; • Interação do usuário com a base de conhecimento;
  30. (Migração de dados é uma coisa chata)
  31. PERSISTÊNCIA DOMÍNIO AUTO-ATENDIMENTO ADMINISTRAÇÃO APLICAÇÃO INFRAESTRUTURA
  32. MULTICLIENTES Terceira fase
  33. Funcionalidades • Multi-Tenant; • Separar necessidades de domínio das necessidades de leitura;
  34. AUTO-ATENDIMENTO ADMINISTRAÇÃO APLICAÇÃO INFRAESTRUTURA DOMÍNIO RELATÓRIOS PROCESSOS LEITURATENNANTS
  35. INTEGRAÇÃO ENTRE SISTEMAS Quarta fase
  36. Funcionalidades • Providenciar uma interface de integração entre sistemas de Service Desk;
  37. AUTO-ATENDIMENTO ADMINISTRAÇÃO APLICAÇÃO INFRAESTRUTURA PROCESSOS LEITURATENANTS RELATÓRIOS INTEGRAÇÕESDOMÍNIO
  38. PERSISTÊNCIA DOMÍNIO AUTO-ATENDIMENTO ADMINISTRAÇÃO AUTO-ATENDIMENTO ADMINISTRAÇÃO APLICAÇÃO INFRAESTRUTURA PROCESSOS LEITURATENANTS RELATÓRIOS INTEGRAÇÕESDOMÍNIO AUTO-ATENDIMENTO ADMINISTRAÇÃO APLICAÇÃO INFRAESTRUTURA DOMÍNIO RELATÓRIOS PROCESSOS LEITURATENNANTS PERSISTÊNCIA DOMÍNIO AUTO-ATENDIMENTO ADMINISTRAÇÃO APLICAÇÃO INFRAESTRUTURA
  39. CONSIDERAÇÕES FINAIS Conclusão
  40. Obrigado!

×