Your SlideShare is downloading. ×

Evasão na EAD - o papel do professor

7,493

Published on

Observações sobre causas da EAD relacionadas ao papel do professor, a partir de breve pequena pesquisa com alunos e professores de EAD. Por Denise Lotito e Gisele Morilha Alves, para a oficina …

Observações sobre causas da EAD relacionadas ao papel do professor, a partir de breve pequena pesquisa com alunos e professores de EAD. Por Denise Lotito e Gisele Morilha Alves, para a oficina "Sujeitos da aprendizagem e evasão", com prof. José Manuel Moran, jan. 2010.

Published in: Education
0 Comments
1 Like
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

No Downloads
Views
Total Views
7,493
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
3
Actions
Shares
0
Downloads
144
Comments
0
Likes
1
Embeds 0
No embeds

Report content
Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
No notes for slide

Transcript

  • 1. A evasão da ação docente-dominante ou negligenciada na sala de aula Enped – Encontro Nacional de Professores em EAD Oficina “Sujeitos da aprendizagem e Evasão”, Prof. José Manuel Moran Equipe Gisele Morilha Alves – UCDB/MS Denise Padilha Lotito – WEBUSE /SP sociedade do conhecimento nova postura no processo de aprendizagem educação a distância por meio digital autonomia aprender a aprender colaboração protagonismo estudantil horizontalidade na relação professor aluno
  • 2. A evasão da ação docente-dominante ou negligenciada na sala de aula Equipe Gisele Morilha Alves – UCDB/MS Denise Padilha Lotito – WEBUSE /SP Garantir os pressupostos apresentados Evitar a evasão nos curso a distância Ação do professor
  • 3. A evasão da ação docente-dominante ou negligenciada na sala de aula Equipe Gisele Morilha Alves – UCDB/MS Denise Padilha Lotito – WEBUSE /SP Causas da evasão relativas à ação do professor
    • Falta de didática dos professores;
    • Falta de motivação e incentivo por parte do tutor;
    • Pouco relacionamento com os alunos;
    • Ausência de tutores no pólos;
    • Falta de afetividade;
    • Falta de sentimento de pertencimento a um grupo.
  • 4. A evasão da ação docente-dominante ou negligenciada na sala de aula Equipe Gisele Morilha Alves – UCDB/MS Denise Padilha Lotito – WEBUSE /SP Ações do professor para evitar a evasão
    • Afetividade;
    • Diálogo;
    • Ênfase no cognitivo e no afetivo;
    • Cooperação no sentido de os envolvidos ajudarem-se, terem respeito mútuo, liberdade, autonomia;
    • Conhecer melhor os alunos para partir do nível de conhecimento deles e daí avançar;
    • Motivar sempre;
    • Participação contínua utilizando as ferramentas ofertadas pelo ambiente;
    • Compromisso das pessoas em relação ao sucesso do grupo .
  • 5. A evasão da ação docente-dominante ou negligenciada na sala de aula Equipe Gisele Morilha Alves – UCDB/MS Denise Padilha Lotito – WEBUSE /SP A seguir, resultados da nossa pesquisa Três questões para serem respondidas por cinco professores de EAD Três questões para serem respondidas por cinco alunos de EAD Perguntas via email Pesquisadores sem vínculo com alunos nem com professores Professores e alunos de diversas instituições e diversos lugares do Brasil
  • 6. 1. O que você faz no seu trabalho para evitar a evasão e o desinteresse dos alunos?
    • Crio laços afetivos; faço com que todos se sintam participantes do processo, que se sintam importantes;
    • Crio um espaço para protagonização dos alunos, o que leva ao compromisso;
    • Envio lembretes com o peso de cada atividade na avaliação;
    • Faço comentários às atividades; envio mensagem desejando bom fim de semana, feliz dia das mães, etc.;
    • Criei a “frase da semana”, sempre com um dizer motivacional;
    • Corrijo as atividades com muito rapidez;
    • Faço comunicações a respeito de como organizar o tempo;
    • Minimizo críticas, maximizo feedbacks;
    • Ofereço "perspectiva de solução" para os alunos que se atrasam e perdem o cronograma;
    • Comunico à coordenação do curso, o mais rápido possível, sobre as evasões; marco presença nos fóruns;
    • Mostro conhecimento sobre o assunto do curso;
    • Organizo chats;
    • Mantenho contato com o aluno ausente até por telefone, se for preciso;
    • Entro em contato para oferecer ajuda e solução para aquele que sumiu, não para cobrar;
    • Envio emails individuais para os alunos atrasados.
    Professores
  • 7. 2. Essas suas atitudes funcionam? Se não funcionam, por qual motivo, na usa opinião?
    • Funcionam quando o aluno tem interesse em se comprometer;
    • Eles gostam de sentir perto o professor e os colegas;
    • Essa interação também faz com que eu me sinta melhor como professora;
    • Não são medidas definitivas, são apenas estratégias para tentar reduzir a evasão;
    • Às vezes não funciona porque o aluno não tem perfil autodidata, não sabe disciplinar seu tempo ou porque não está disposto a se dedicar como deveria;
    • Penso que sim, pois há alunos que retomam o curso após estas intervenções.
    Professores
  • 8. 3. Há alguma coisa que a coordenação do curso poderia propor ou fazer para diminuir a evasão, que não seja da competência do professor?
    • Investimento no material pedagógico, no ambiente virtual e em suas ferramentas - principalmente no que se relaciona à interação- e na formação do professor;
    • Ter uma equipe de profissionais que se dediquem à animação, acompanhamento acadêmico, processo seletivo, etc.
    • Reestruturar calendários, decidir sobre certificações;
    • Estipular um prazo para que os alunos iniciem o curso e a participação nas atividades e manter uma lista de espera;
    • A coordenação pode incentivar os participantes enviando mensagens de apoio e de incentivo;
    • Propor novos horizontes de cursos mais avançados para os concluintes.
    Professores
  • 9. 1. Quais os principais motivos que fazem você não dedicar ao curso on line tanto tempo quanto seria bom?
    • Falta de organização do tempo;
    • Falta de tempo;
    • As atividades serem mais interessantes;
    • Mais identificação e assimilação deste novo método de ensino;
    • Emails enviados pelos alunos que muitas vezes não são respondidos;
    • Falta de clareza da proposta e de rigor na condução do curso;
    • Na modalidade EAD o professor é o primeiro a se encostar;
    • Site/programa não rodava na versão do IE do meu computador.
    Alunos
  • 10. 2. O que o professor poderia fazer para ajudá-lo a se dedicar mais?
    • O aluno é que deve organizar melhor seu tempo de estudo;
    • Mais comprometimento do professor com a minha aprendizagem;
    • O contato feito por email e saber que o tutor está vendo seu trabalho;
    • Dar exemplo do que deve ser feito;
    • Deixar claro o objetivo e dar orientação de como o aluno deve se comportar para ter sucesso no curso;
    • Não basear todo o conteúdo no que está na página EAD;
    • Parece que o EAD serve como um "refúgio" para professores que  não preparem a aula;
    • Os professores já fazem o máximo deles, acredito, afinal o curso é online e eles também têm compromissos.
    Alunos
  • 11. 3. Além da ajuda do professor, o que faltaria para você se dedicar mais?
    • Organização do tempo;
    • Perceber realmente a importância dos cursos on line na atualidade;
    • Um bom plano de estudo;
    • A certeza da existência de um certificado na conclusão do mesmo;
    • Estímulos, como uma premiação;
    • Layout mais moderno, interativo, sem links quebrados.
    Alunos

×