• Share
  • Email
  • Embed
  • Like
  • Save
  • Private Content
Classificacao tipografia
 

Classificacao tipografia

on

  • 2,767 views

Tipografia

Tipografia

Statistics

Views

Total Views
2,767
Views on SlideShare
2,767
Embed Views
0

Actions

Likes
1
Downloads
65
Comments
0

0 Embeds 0

No embeds

Accessibility

Categories

Upload Details

Uploaded via as Microsoft PowerPoint

Usage Rights

© All Rights Reserved

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Processing…
Post Comment
Edit your comment

    Classificacao tipografia Classificacao tipografia Presentation Transcript

    • Classificação dos tipos Produção Publicitária em Mídia Impressa1º Sem/2012 | Profª Denise Aristimunha de Lima
    • Letras Negras Estilo antigo (old style) Estilo Transicional Estilo ModernoTipos de Sem Serifa fontes (Grotesca) Serifa Retângular Decorativas Caligráficas Cursivas
    • Letras Negras Características: Capitulares ornamentadas, serifas em forma de losangos e traços espessos. Utilização: Títulos e documentos tradicionais e religiosos como diplomas, comunicados honoríficos. Evoluiram a partir da escrita carolíngia (séc VIII) Foi utilizada na primeira bíblia de Gutemberg.
    • Estilo Antigo (Old Style) Características: Passagem moderada de traços grossos para finos; Possuem serifa e ênfase diagonal; São considerados clássicos, elegantes; Utilização: São os melhores para textos longos; Baseada nas letras manuscritas dos escribas de 1500, que usavam pena larga para delinear seu trabalho
    • Estilo Transicional (Barroco) Características: Ênfase vertical; Contraste levemente maior entre os traços grossos e finos do que nos tipos antigos; Serifas horizontais; Utilização: Títulos, corpo de texto. Foi criado depois dos tipos antigos e antes dos tipos conhecidos como modernos (por volta de 1750);
    • Estilo “Moderno” Características: Forte contraste de linhas; As serifas e os traços horizontais são muito finos. Utilização: São consideradas chamativas, severas; Não são muito legíveis para trabalhos com textos muito pequenos. Surgiram nos séculos XVII e XVIII.
    • Sem Serifa Características: Sem serifa, de espessura geralmente uniforme, sem variações ou com variações sutis entre os traços espessos e finos. Utilização: Não são adequadas para textos longos; São mais eficientes para uma frase ou um título; No início, na Inglaterra por volta de 1816, as primeiras letras sem serifas criadas ficaram conhecidas por “grotescas”. Eram vistas como desajeitadas e impróprias por não terem serifas; Estas letras só foram atingir importância no século XX; com o movimento Bauhaus.
    • Serifa Retângular (Egípcias) Características: Serifas horizontais e retângulares (espessas); Pequena ou nenhuma transição entre traços finos e grossos. Utilização: Para corpo de textos casuais e títulos (texto curtos). As primeiras apareceram por volta de 1815 mas foram bastante utilizadas para a propaganda, cartazes, folhetos, no início dos anos 1920.
    • Decorativas ou de Fantasia Características: São letras que não se incluem em nenhum dos outros grupos. Utilização: Para títulos estilizados, cabeçalhos e quantidades mínimas de texto. São desenhadas para serem chamativas para combinar com os produtos anunciados pela propaganda.
    • Tipos Caligráficos (script) Características: São baseados na escrita manual; Possuem aparência de manuscrito produzido com pena caligráfica ou pincel (lápis ou caneta técnica). Utilização: Para quantidade mínima de texto estilizado por exemplo cartões sociais, convites... Desenvolveram-se a partir da escrita cursiva.
    • Estilo “Brush” (pincel) Características: Eixo claramente inclinado, imitam traços característicos dos pincéis de pintura. Utilização: Para títulos e cabeçalhos estilizados. História: Desenvolveram-se no século xv a partir das letras manuscritas (os manuscritos eram feitos sem muito preparo, com rapidez).
    •  Adrian Frutiger Théo Ballmer Alvin Lusting Paul Rand Ernest Heller Bradbury Thonson Max Bill Saul Bass Ivan Chekmayeff Armin Hoffman Herb Lubalin Josef Muller Brockman
    • Max MiedingerHelvética 1957 – Tipo universal Exemplar de uma tipografia neutra, compreensível e funcional; Desenhada pelo tipógrafo suíço Max Miedinger em 1957;
    •  "Tipografia tem um dever comum antes de tudo: transmitir informações por escrito. " -Emil Ruder
    • Wolfgang WeingartDesconstrução Tipográfica Wolfgang Weingart é o responsável por uma das grandes mudanças no design gráfico do século XX, aplicando suas inovações por volta da década de 70 e influenciando diretamente a produção das décadas posteriores.
    • David Carson Internacionalmente considerado um dos designers gráficos mais influentes dos anos de 1990. O trabalho gráfico deste norte-americano é o mais copiado pelos jovens designers, aspirantes a vanguardistas.
    • David Carson
    • David Carson
    • David Carson
    • David Carson
    • A dimensão sintática da Tipografia(a organização dos elementos) The men with a golden arm videosSaul Bass title sequence The Man with the Golden Arm (1955).wmv
    • A dimensão semântica da Tipografia(a simbologia, a linguagem visual) Cuarteto de Nós videosYa no s qu hacer conmigo.wmv Citzen Cope videosCitizen Cope Let The Drummer Kick (AFX).wmv
    • Herb Lubalin
    • Anúncio para CBS (Rede de Tv Americana) – Lou Dorfsman
    • Trabalho (1ª nota) Procurar nas Fachadas de Bagé que tenham comunicação visual com tipografias relacionadas ao que estudamos. Escolher 2 exemplos de comunicação visual: Identificar uma fachada poluída e propor uma ideia com uma organização tipográfica eficiente; A segunda deve ser alguma fachada que possua elementos que possam ser transformados e/ou concebidos em uma linguagem visual com significado semântico.
    • Referências CESAR, Newton. Direção de Arte em Propaganda. São Paulo: Futura, 2000. FONSECA, Joaquim da. Tipografia e Design Gráfico. São Paulo: Bookman, 2008. HURLBURT, Allen. Layout: o design da página impressa. São Paulo: Nobel, 2002. WEINGART, Wolfgang. Como se pode fazer tipografia suiça? São Paulo: Rosari, 2004.