• Share
  • Email
  • Embed
  • Like
  • Save
  • Private Content
Regimento escolar 2011
 

Regimento escolar 2011

on

  • 1,750 views

 

Statistics

Views

Total Views
1,750
Views on SlideShare
1,750
Embed Views
0

Actions

Likes
0
Downloads
5
Comments
0

0 Embeds 0

No embeds

Accessibility

Upload Details

Uploaded via as Adobe PDF

Usage Rights

© All Rights Reserved

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Processing…
Post Comment
Edit your comment

    Regimento escolar 2011 Regimento escolar 2011 Presentation Transcript

    • E. M. Dr. TERTULIANO MEIRELLES DIRETORA ANA RITA ARMADA DIRETORA ADJUNTA EDNA TAVARES SUPERVISORAS LEIDE OJEDA LÍGIA GONÇALVES ORIENTADORAS SYOMARA CARVALHO BADIRA ABRAÃOREGIMENTO ESCOLAR
    • O REGIMENTO ESCOLAR É UM INSTRUMENTOJURÍDICO-EDUCACIONAL QUE REGULAMENTA A ORGANIZAÇÃO ADMINISTRATIVA, DIDÁTICO-PEDAGÓGICA E DISCIPLINAR DE NOSSA ESCOLA. Diretora Ana Rita
    • NOSSA MISSÃO TEMOS COMO MISSÃO ASSEGURAR UMA EDUCAÇÃO DE QUALIDADE , GARANTINDO OACESSO, A PERMANÊNCIA, A APROPRIAÇÃO DOCONHECIMENTO E A FORMAÇÃO DA CIDADANIA. Diretora Adjunta Edna Tavares
    • CAPÍTULO VIII DO CORPO DISCENTE SEÇÃO I DA COMPETÊNCIA AO CORPO Art. 189 DISCENTE COMPETE INTEGRAR-SE AO AMPLO PROCESSO PEDAGÓGICOPROMOVIDO PELA UNIDADE ESCOLAR.
    • NO ARTIGO 190 DO NOSSO REGIMENTO TEMOS ASATRIBUIÇÕES DO ALUNO, QUE SÃO REGRAS CRIADAS PARA QUE POSSAMOS VIVER BEM EM NOSSA COMUNIDADE ESCOLAR. VAMOS CONHECER AGORAESSAS ATRIBUIÇÕES.Supervisora Leide Ojeda PRÉ AO 5º ANO MATUTINO E VESPERTINO
    • SEÇÃO II DAS ATRIBUIÇÕES Art. 190 SÃO ATRIBUIÇÕES DO ALUNO: I – COMPARECER ASSÍDUA EPONTUALMENTE ÀS AULAS E DEMAIS ATIVIDADES PREPARADAS E PROGRAMADAS PELO PROFESSOR OU PELA UNIDADE ESCOLAR;
    • II – APRESENTAR-SE PARA AS AULAS, NOS TURNOS DIURNO E NOTURNO, TRAJANDO UNIFORME DOADO PELA PREFEITURA MUNICIPAL;III – TRATAR COM CIVILIDADE OS INTEGRANTES DA COMUNIDADE ESCOLAR; IV – COLABORAR NA PRESERVAÇÃO DO PATRIMÔNIO ESCOLAR;
    • V – CUMPRIR AS DETERMINAÇÕES DA DIREÇÃO, DO CORPO DOCENTE E DOS DEMAIS ÓRGÃOS DA UNIDADE ESCOLAR;VI – PORTAR-SE CORRETAMENTE NAUNIDADE ESCOLAR E EM SUAS PROXIMIDADES;VII – INTEGRAR-SE AO PROCESSOPEDAGÓGICO DESENVOLVIDO PELA UNIDADEESCOLAR;
    • VIII – MANTER HÁBITOSDE HIGIENE EM SEUCORPO, SEU VESTUÁRIO E EMSEUS OBJETOS;IX – ZELAR PELO BOM NOME DA UNIDADE ESCOLAR;X – REPARAR O EVENTUAL ESTRAGO CAUSADO AUNIDADE ESCOLAR OU AOS OBJETOS DOS COLEGAS,PROFESSORES E FUNCIONÁRIOS;XI – DEVOLVER O LIVRO DIDÁTICO NA DATAESTIPULADA NO CALENDÁRIO ESCOLAR;XII – CONHECER E CUMPRIR OS TERMOS DESTE
    • AS PROIBIÇÕES DE QUE TRATAM O NOSSO REGIMENTO ESCOLAR SÃO NORMASRESTRITIVAS DO NOSSO COMPORTAMENTO NECESSÁRIAS PARA UMA CONVIVÊNCIA SAUDÁVEL E DE RESPEITO NO AMBIENTE ESCOLAR. Supervisora Lígia Gonçalves 6º AO 9º ANO VESPERTINO
    • SEÇÃO III DAS PROIBIÇÕESArt. 191 É VEDADO AO ALUNO:
    • I – APRESENTAR-SE NA UNIDADE ESCOLAR SOBEFEITO DE BEBIDA ALCOÓLICA OUSUBSTÂNCIAS QUE PRODUZEM DEPENDÊNCIAFÍSICA OU PSÍQUICA;II – PROMOVER EVENTOS DE QUALQUERNATUREZA, EM NOME DA UNIDADE ESCOLAR,SEM A DEVIDA AUTORIZAÇÃO DO DIRETORESCOLAR;III – PORTAR, NO RECINTO ESCOLAR, ARMAS EEXPLOSIVOS DE QUALQUER NATUREZA,BEBIDAS ALCOÓLICAS, ENTORPECENTES EOUTROS OBJETOS ESTRANHOS ÀS ATIVIDADESESCOLARES;IV – FUMAR NO RECINTO DA UNIDADE ESCOLAR;
    • V – PORTAR, EM SALA DE AULA, APARELHOCELULAR LIGADO;VI – AUSENTAR-SE DA UNIDADE ESCOLAR,DURANTE O PERÍODO DE AULA, SEM AUTORIZAÇÃO DODIRETOR, DO DIRETOR-ADJUNTO OU EQUIPE TÉCNICA;VII – ENTRAR EM SALA DEAULA OU DELA SAIR, SEMPERMISSÃO DOPROFESSOR;VIII – FORMAR GRUPOS COMO FIM DE PROMOVERALGAZARRAS, INCITAR OSCOLEGAS A ATOS DEREBELDIA, MOVIMENTOSCONTRA NORMASREGIMENTAIS, DISTÚRBIOSNOS CORREDORES E PÁTIOS;
    • IX – DESACATAR OS INTEGRANTES DA UNIDADE ESCOLAR; X – RASURAR OU FALSIFICAR QUALQUER DOCUMENTO ESCOLAR; XI – DESPERDIÇAR MATERIAIS DE USO COMUM PERTENCENTES À UNIDADE ESCOLAR;XII – DENEGRIR A IMAGEM DA UNIDADE ESCOLAR; XII – DENEGRIR A IMAGEM DAXIII – DANIFICAR O PATRIMÔNIO DA UNIDADE UNIDADE ESCOLAR;ESCOLAR;XIV – APRESENTAR-SE NA UNIDADE ESCOLARPORTANDO BONÉ;
    • XV – ASSINAR QUALQUERDOCUMENTO SEM APRESENÇA DO PAI OURESPONSÁVEL, QUANDOMENOR;XVI – MANTER EM SUACOMPANHIA FILHO, ENTEADO,PUPILO OU OUTROS, DURANTESEU PERÍODO DE AULAS;XVII – FAZER USO DAS“PULSEIRAS DO SEXO”.
    • VAMOS CONHECER ASPENALIDADES PARAQUEM DESRESPEITARO NOSSO REGIMENTOESCOLAR. ESSASPENALIDADES TÊMPOR OBJETIVOPROTEGER TODOSNÓS NO CONVÍVIO EMNOSSA COMUNIDADEESCOLAR. ORIENTADORA SYOMARA CARVALHO ORIENTADORA MATUTINO VESPERTINO – PRÉ AO 5º ANO
    • SEÇÃO IV DAS PENALIDADESArt. 192 O ALUNO ESTARÁ SUJEITO ÀS SEGUINTES PENALIDADES:
    • I – ADVERTÊNCIA VERBAL;II – ADVERTÊNCIA ESCRITA;III – SUSPENSÃO DE ATÉ TRÊS DIASCONSECUTIVOS. § 1º A PENALIDADE DE ADVERTÊNCIA VERBALDEVERÁ SER APLICADA PELO DIRETOR ESCOLAR ECOMUNICADA AO ORIENTADOR EDUCACIONAL EAO SUPERVISOR ESCOLAR, ASSIM COMOREGISTRADA EM LIVRO PRÓPRIO;§ 2º A PENALIDADE DE ADVERTÊNCIA ESCRITADEVERÁ SER APLICADA PELO DIRETOR ESCOLAR,APÓS OUVIDO O SUPERVISOR ESCOLAR E OUORIENTADOR ESCOLAR;
    • § 3º A PENALIDADE DE SUSPENSÃO OCORRERÁAPÓS AS PENALIDADES PREVISTAS NOS INCISOS IE II, EXCETO NOS CASOS DE AGRESSÃO FÍSICA; § 4º A PENALIDADE SERÁ CUMPRIDA NAUNIDADE ESCOLAR, SOB ORIENTAÇÃO EACOMPANHAMENTO DA SUPERVISÃO ESCOLAR EORIENTAÇÃO EDUCACIONAL, ATRAVÉS DAREALIZAÇÃO DE ATIVIDADES EXTRACLASSE;§ 5º AS PENALIDADES PREVISTAS NO CAPUTDESTE ARTIGO NÃO SE APLICAM AOS ALUNOS DAEDUCAÇÃO INFANTIL;
    • O REGIMENTOESCOLAR NÃO FOICRIADO PARA PUNIR,MAS PARAORGANIZAR NORMASDE CONVIVÊNCIA,RESPEITO ECIVILIDADE EMNOSSA ESCOLA.O RESPEITO É OPRIMEIRO PASSOPARA A VIDA EMSOCIEDADE. ORIENTADORA BADIRA ABRÃO 6º AO 9º ANO - VESPERTINO
    • ART. 193 AS DECISÕES SOBRE PENALIDADES DISCIPLINARESTOMADAS PELO DIRETOR ESCOLAR DEVERÃO CONSTAR NOLIVRO DE OCORRÊNCIA, MEDIANTE CIÊNCIA ESCRITA DO PAI OURESPONSÁVEL, QUANDO SE TRATAR DE ALUNO MENOR.ART. 194 SÃO PROIBIDAS SANÇÕES QUE ATENTEM CONTRADIGNIDADE PESSOA, A SAÚDE FÍSICA E MENTAL QUE SEJAMPREJUDICIAIS À FORMAÇÃO DO ALUNO.
    • ART. 195 NA APLICAÇÃO DAS PENALIDADES SERÃOCONSIDERADAS A NATUREZA E A GRAVIDADE DAINFRAÇÃO COMETIDA, OS DANOS QUE DELA PROVIEREM,SEJA PARA O PATRIMÔNIO PÚBLICO OU PARTICULAR EINTEGRIDADE FÍSICA DOS COLEGAS, PROFESSORES EFUNCIONÁRIOS.ART. 196 EM CASO DEREINCIDÊNCIA, O DIRETORESCOLAR, APÓS CUMPRIR ODISPOSTO NO Art. 192,PODERÁ EXPEDIR GUIA DETRANSFERÊNCIA PARA OALUNO DESDE QUE GARANTAVAGA EM OUTRA UNIDADEESCOLAR.
    • ART.196. EM CASO DE REINCIDÊNCIA, O DIRETORESCOLAR, APÓS CUMPRIR O DISPOSTO NO ART. 192,PODERÁ EXPEDIR GUIA DE TRANSFERÊNCIA PARA OALUNO, DESDE QUE GARANTA VAGA EM OUTRAUNIDADE ESCOLAR.ART.197. INDEPENDENTE DA PENALIDADE APLICADAAO ALUNO, CABERÁ AO MESMO OU AO SEURESPONSÁVEL, QUANDO SE TRATAR DE MENOR, ODIREITO DE DEFESA ATRAVÉS DE PEDIDO DERECONSIDERAÇÃO POR ESCRITO, DIRIGIDO AODIRETOR ESCOLAR E AO PRESIDENTE DO CONSELHODE PROFESSORES, OUVIDO O DIRETOR ESCOLAR, OORIENTADOR EDUCACIONAL E O SUPERVISORESCOLAR.
    • ABADIA IDALENEADRIANA GISELE
    • CHRISTIAN MALUFE TEREZINHA DE BRITTO MARIA LEOCEMA
    • SOLANGE SOLANGE, RAQUEL E MARIONI MARIVALDAA
    • JOANA JOANA DIRCEEMILENA
    • MARLENE IZABEL SEBASTIANA
    • SIVIRINO MARINÊSZ
    • PROFESSORAS COORDENADORAS DASALA DE TECNOLOGIAS EDUCACIONAIS ELIZABETHDEISE XAVIER ALCÂNTARA
    • FELIZ 2011 NO TERTULIANO MEIRELLES!
    • PRODUÇÃO E EXECUÇÃO PCTE ELIZABETH ALCÂNTARA MATUTINO PCTE DEISE XAVIER VESPERTINO FEVEREIRO DE 2011