Your SlideShare is downloading. ×
0
O Basquete
O Basquete
O Basquete
O Basquete
O Basquete
O Basquete
O Basquete
O Basquete
O Basquete
O Basquete
O Basquete
O Basquete
O Basquete
O Basquete
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Thanks for flagging this SlideShare!

Oops! An error has occurred.

×
Saving this for later? Get the SlideShare app to save on your phone or tablet. Read anywhere, anytime – even offline.
Text the download link to your phone
Standard text messaging rates apply

O Basquete

66,585

Published on

Trabalho sobre basquetebol, realizado pela aluna Cinthia 8ª serie

Trabalho sobre basquetebol, realizado pela aluna Cinthia 8ª serie

Published in: Education, Travel, Technology
2 Comments
7 Likes
Statistics
Notes
No Downloads
Views
Total Views
66,585
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
4
Actions
Shares
0
Downloads
1,088
Comments
2
Likes
7
Embeds 0
No embeds

Report content
Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
No notes for slide

Transcript

  1. O basquete
  2. História <ul><li>Em Dezembro de 1891, o professor de educação física, James Naismith,do Springfield College (então denominada Associação Cristã de Moços), em Massachusetts recebeu uma tarefa de seu diretor: criar um esporte que os alunos pudessem praticar em um local fechado, pois o inverno costumava ser muito rigoroso. </li></ul><ul><li>James Naismith descartou um jogo que utilizasse os pés ou com muito contato físico, pois poderiam se tornar muito violentos devido às características de um ginásio, local fechado e com piso de madeira. </li></ul><ul><li>Logo escreveu as treze regras básicas do jogo e pendurou um cesto de pêssegos a uma altura equivalente a 3,05 metros, altura que se mantém até hoje. </li></ul>
  3. Principais fundamentos <ul><li>PASSE </li></ul><ul><li>Passe de peito - Trazendo já bola junto ao peito, com o peso do corpo na perna coordenando movimento dos braços com os pulso, a bola à frente do corpo, lançá-la com as mãos na direção do movimento. Passe picado - É idêntico ao passe de peito, com a diferença de que a bola toque no chão antes de chegar às mãos do jogador que vai recebê-la. Passe por cima da cabeça - Elevando a bola acima da cabeça com ambos os braços, lançá-la com um forte movimento dos pulsos, sem baixar os braços. Passe de gancho - A bola é segura pela mão que vai lançá-la bem junto ao punho, dedos espalhados na bola. Com um passo atrás ou para o lado, dar um solto com um giro no ar simultâneo ao lançamento da bola através de um movimento circundante do braço. Passe de ombro - A bola é segura com ambas as mãos, com os dedos apontados para cima. Os cotovelos devem ser flexionados, a bola se manterá junto ao corpo com o ombro alto e a execução do passe deverá ser feita pela extensão do braço, cotovelo e punho. </li></ul>
  4. <ul><li>ARREMESSO </li></ul><ul><li>Bandeja - É um arremesso em movimento que pode ser feito com passe ou driblando. Em ambos, o jogador tem direito a dois tempos rítmicos, ou seja, ao receber a bola ou interromper o drible o jogador define o pé de apoio, tendo direito ao segundo tempo rítmico com mais um passo. No entanto, a bola deverá ser lançada à cesta antes que o jogador toque o solo. Com uma das mãos,com o peso do corpo na perna da frente, bola na altura do peito, o jogador flexionará as pernas simultaneamente à elevação da bola acima da cabeça. O arremesso termina com a extensão completa do braço, pulso flexionado e com o último contato da bola através das pontas dos três dedos médios da mão. Jump, com drible e parada - Driblando em direção à cesta, parando numa posição de equilíbrio, flexionara as pernas, saltar elevando a bola acima e à frente da cabeça com ambas as mãos, executar o arremesso apenas com uma das mãos.Gancho - O jogador de posse da bola, dribla em direção à cesta mantendo seu corpo entre a bola e o adversário. Para, olha para a cesta, salta girando o corpo no ar com o lançamento da bola em movimento circundante do braço, caindo de frente para a cesta. </li></ul>
  5. <ul><li>DRIBLE Corpo abaixado, cabeça elevada, joelhos flexionadas, impulsionar a bola com a flexão do pulso. </li></ul><ul><li>LANCE-LIVRE É igual ao arremesso com uma das mãos, efetuado da linha do lance-livre, sem marcação e tendo cinco segundos para a execução. É importante que o jogador mantenha o peso do corpo na perna da frente, concentre-se e bloqueie a respiração antes do arremesso. </li></ul><ul><li>REBOTE Partindo da posição de guarda, o jogador da defesa procura através de um trabalho de pernas evitar que o adversário tome a sua frente para o rebote. É importante, durante o lançamento da bola, que o defensor não olhe para a trajetória da bola, e sim o jogador que esteja marcando. </li></ul>
  6. Principais Regras <ul><li>Equipe - Existem duas equipes que são compostas por 5 jogadores cada (em jogo), mais 7 reservas. </li></ul><ul><li>Início do jogo – O Jogo começa com o lançamento da bola ao ar, pelo árbitro, entre dois jogadores adversários no círculo central, esta só pode ser tocada quando atingir o ponto mais alto. A equipa que não ganhou a posse de bola fica com a seta a seu favor. </li></ul><ul><li>Duração do jogo – Quatro períodos de 10 minutos cada, com um intervalo de meio tempo entre o segundo e o terceiro período com a duração de 15 minutos, e com intervalos de dois minutos entre o primeiro e o segundo período e entre o terceiro e o quarto período. Sempre que o árbitro interrompe o jogo, o tempo é parado de imediato. Reposição da bola em jogo - Depois da marcação de uma falta, o jogo recomeça por um lançamento fora das linhas laterais, exceto no caso de lances livres. Após a marcação de ponto, o jogo prossegue com um passe realizado atrás da linha do campo da equipa que defende. </li></ul><ul><li>Pontuação - Um cesto é valido quando a bola entra no cesto, por cima, passa através ou na rede fique presa. Um cesto de campo vale 2 pontos, a não ser que tenha sido conseguido para além da linha dos 3 pontos, situada a 6,15m (valendo, portanto, 3 pontos); um cesto de lance livre vale 1 ponto. </li></ul>
  7. <ul><li>Lançamento livre – Na execução, os vários jogadores, ocupam os respectivos espaços ao longo da linha de marcação, não podem deixar os seus lugares até que a bola saia das mãos do executante do lance livre; não podem tocar a bola na sua trajetória para o cesto, até que esta toque no aro. </li></ul><ul><li>Penas por faltas pessoais – Se a falta for cometida sobre um jogador que não está em ato de lançamento, a falta será cobrada por forma de uma reposição de bola lateral, desde que a equipe não tenha cometido mais do que 4 faltas coletivas durante o período, caso contrário é concedido ao jogador que sofreu a falta o direito a dois lances livres. Se a falta for cometida sobre um jogador no ato de lançamento, o cesto conta e deve ser concedido um lance livre. No caso do lançamento não tiver resultado cesto, o lançador irá executar os lances livres correspondentes às penalidades. </li></ul><ul><li>Regra dos 5 segundos - Cada jogador dispõe de 5 segundos para repor a bola em jogo. </li></ul><ul><li>Regra dos 3 segundos - Um jogador não pode permanecer mais de 3 segundos dentro da área restritiva do adversário, enquanto a sua equipe esteja de posse de bola. </li></ul><ul><li>Regra dos 8 segundos - Quando uma equipe ganha a posse da bola na sua zona de defesa, deve, dentro de 8 segundos, fazer passar a bola para a zona de ataque. </li></ul><ul><li>Regra dos 24 segundos - Quando uma equipe está de posse da bola, dispõe de 24 segundos para a lançar ao cesto do adversário. </li></ul><ul><li>Transição de campo – Um jogador cuja equipe está na posse de bola, na sua zona de ataque, não pode provocar a ida da bola para a sua zona de defesa. </li></ul>
  8. <ul><li>Dribles - Quando se dribla pode-se executar o n.º de passos que pretender. O jogador não pode bater a bola com as duas mãos simultaneamente, nem efetuar dois dribles consecutivos (bater a bola, agarrá-la com as duas mãos e voltar a batê-la). </li></ul><ul><li>Faltas pessoais – É uma falta que envolve contato com o adversário, e que consiste nos seguintes parâmetros: Obstrução, Carregar, Marcar pela retaguarda, Deter, Segurar, Uso ilegal das mãos, Empurrar. </li></ul><ul><li>Falta anti-desportiva – Falta pessoal que, no entender do árbitro, foi cometida com objetivo de prejudicar a equipe adversária. </li></ul><ul><li>Falta técnica – Falta cometida por um jogador sem envolver contato pessoal com o adversário. </li></ul><ul><li>Falta da equipe– Se uma equipe cometer num período, um total de quatro faltas, para todas as outras faltas pessoais sofrerá a penalização de dois lançamentos livres. </li></ul><ul><li>Número de faltas – Um jogador que cometer cinco faltas está desqualificado da partida. </li></ul><ul><li>Passos – O jogador não pode executar mais de dois passos com a bola na mão. </li></ul>
  9. Diferenças entre Basquete de Rua, NBA e Olímpico <ul><li>No Basquete Olímpico seguem as regras da Federação Internacional de Basquete. </li></ul><ul><li>O Basquete de Rua é jogado em quadras abertas. Ele dá ao jogador a liberdade de criar e improvisar jogadas espetaculares, nele são valorizadas a habilidade e criatividade de cada atleta, ou seja, a altura não é fator indispensável, e sim a habilidade técnica e de improvisação de cada atleta. Com regras menos rígidas do que o basquete de quadra, o basquete de rua pode ser jogado com qualquer tipo de formação. </li></ul><ul><li>No NBA tem 29 equipes, divididas em 2 Conferências: A Leste e a Oeste. A Conferência Leste possui 15 equipes, divididas em 2 divisões: do Atlântico e a Central. A Conferência do Oeste possui 14 equipes, divididas também em 2 divisões: do Pacífico e do Meio-oeste. Todas as equipes jogam 2 vezes contra os times da outra Conferência e jogam 3 ou 4 vezes contra os times da mesma Conferência. Após os 82 jogos de cada equipe, os 8 melhores times de cada Conferência jogam nos Playoffs. Nos Playoffs, os times das 2 conferências apenas se encontram na grande final. É o jogo do Campeão do Leste contra o Campeão do Oeste. </li></ul>
  10. Diferenças entre FIBA e NBA: 3 2 Numero da falta técnica por causa de expulsão 5 10 Segundos para arremessar um lance livre 5 6 Faltas individuais permitidas por jogo 4-10 minutos por período 4-12 minutos por período Regulação 12' - 19'8” Trapézio 16' x 19' Retângulo Área restrita (Garrafão) 20'7&quot; 23'9&quot; Linha de três pontos 28m x 15m 94’ x 50’ Tamanho da Quadra FIBA NBA
  11. Basquete de Rua X Basquete Tradicional <ul><li>Quanto ao tempo de jogo: No basquete convencional existem dois tempos de vinte minutos cada, ou quatro períodos de doze minutos cada, com intervalo de dois minutos entre o primeiro e o segundo períodos e entre o terceiro e quarto períodos, no basquete de rua são dois tempos de oito minutos e trinta segundos cada, com um intervalo de um minuto entre eles. </li></ul><ul><li>Quanto ao início do jogo: Os dois tipos de basquete deverão ser iniciados por uma bola-ao-alto no círculo central, no basquete de rua a disputa é feita pelos jogadores mais baixos do time já no basquete tradicional é feito pelos jogadores mais altos. </li></ul>
  12. <ul><li>Falta pessoal - A regra convencional diz que envolve contato com o adversário, e que consiste nos seguintes parâmetros: obstrução, carregar, marcar pela retaguarda, deter, segurar, uso ilegal das mãos, empurrar. No basquete de Rua é permitido um maior contato entre as equipes. Somente quando o jogo se encontrar muito tenso o árbitro interromperá a partida, reunirá as duas equipes e informará que passará a ser mais rigoroso na partida. </li></ul><ul><li>Quanto às substituições: No basquete de rua as substituições podem ser feitas a qualquer momento e os jogadores não precisam esperar a autorização do árbitro para entrar ou sair de quadra por ocasião da substituição. No convencional, uma equipe pode substituir um jogador durante uma oportunidade de substituição. </li></ul>
  13. <ul><li>Quanto à quantidade de jogadores: O basquete de rua é disputado por duas equipes de quatro jogadores como no máximo três reservas e no mínimo um. No basquete convencional, um jogo não pode começar se uma das equipes não estiver na quadra com cinco jogadores prontos para jogar. </li></ul><ul><li>Quanto ao jogo iniciado: No Basquete de Rua, os jogadores poderão andar com a bola, desde que batam com ela no chão a cada passo. No convencional, a bola é jogada com as mãos e andar com a bola, deliberadamente chutá-la ou batê-la com um soco é uma violação. Chutar a bola significa batê-la ou interceptá-la com o joelho, qualquer outra parte da perna abaixo do joelho, ou o pé. </li></ul>
  14. Aluna:Cinthia Série: 8ª

×