• Share
  • Email
  • Embed
  • Like
  • Save
  • Private Content
Tipografia Aula
 

Tipografia Aula

on

  • 7,743 views

2ª bimestre. Linguagem visual, unirondon. Prof. João Venuti.

2ª bimestre. Linguagem visual, unirondon. Prof. João Venuti.

Statistics

Views

Total Views
7,743
Views on SlideShare
7,519
Embed Views
224

Actions

Likes
3
Downloads
694
Comments
1

5 Embeds 224

http://www.cosunirondon.com 111
http://informatica3unirondon.blogspot.com.br 66
http://informatica3unirondon.blogspot.com 31
http://www.slideshare.net 11
http://informatica3unirondon.blogspot.pt 5

Accessibility

Upload Details

Uploaded via as Microsoft PowerPoint

Usage Rights

© All Rights Reserved

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel

11 of 1 previous next

  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Processing…
  • Excelente, muito esclarecedor.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Processing…
Post Comment
Edit your comment

    Tipografia Aula Tipografia Aula Presentation Transcript

    • Tipografia
    • Conquiste o mundo com 26 soldados de chumbo
    • Trajetória da Tipografia Para ser comunicada, a palavra deve necessariamente partir de um alfabeto, e estão contidos nesse alfabeto os desenhos de letras, seu estilo, a forma da fonte. Os primeiros alfabetos que apareceram no Ocidente surgiram em civilizações do Mediterrâneo. Para cada letra havia um desenho, uma imagem correspondente. Eram simples figuras destinadas a representar a escrita. No Egito antigo, por exemplo, a letra “A” era representada por uma ave.
        • alfabetismo é o último aperfeiçoamento da escrita para alguns pesquisadores.
        • Pode-se definir como um conjunto de símbolos gráficos que representam sons vocais, que serão combinados e pronunciados de acordo com os idiomas.
      A B C D E F G H… Alfabeto
    • Livro Xilográfico A invenção chinesa de tipos separados antecedeu as experiências de Gutenberg em mais de quatrocentos anos. O inventor foi Pi Shêng por volta do ano 1040 da era cristã. Os tipos eram feitos inicialmente de argila cozida, passando à madeira e por fim, ao bronze. Contudo, esses tipos móveis chineses ficaram restritos à impressão tabulária.
    • Literatura de Cordel
    • Manuscritos
        • ancestral do livro, consistia na cópia dos textos bíblicos, a rigor, é o texto escrito à mão, independente do suporte, técnica ou instrumento. Por convenção, ao longo do tempo, a palavra manuscrito passou a designar materiais escritos em papiro, pergaminho ou papel;
      • unidade mínima da escrita
      • Johanner Gutenberg, em 1455, desenvolve os tipos móveis, dando início ao revolucionário processo de reproduzir em série palavras, textos, livros...
      Letra
    • O tipo móvel, que era uma maneira de escrever com pequenos pedaços de chumbo, inventado por Gutenberg, em 1454, na Alemanha, facilitou a entrada da escrita para o mundo da reprodução em série. Começava-se a pensar pela primeira vez na possibilidade de diagramar uma página. Desde os primeiros tipos gráficos de chumbo, a letra já ganhava um caráter de projeto. Tipo Móvel
    • O Condomínio
    • Galeria de Tipo Móvel
    • Elementos do tipo
    • Anatomia Corpo Visual
    • Anatomia Estruturação do Tipo
    • Tipo Móvel
    •  
    • é o conjunto completo de caracteres sob o mesmo estilo e em todos os corpos: caixa alta e baixa, sinais de pontuação, acentos e numerais. Fonte
    •  
    • Família São todas as variações da fonte. Ex.: Helvetica Extra Bold Helvetica Bold Helvetica Italico
    • Classificação dos Tipos Francis Thibedeau Sec. XVIII Arrumou a casa
    •  
    • Antigo apropriado para textos longos fino-grosso serifa ênfase diagonal serifa inclinada
    • Moderno desapropriado para textos longos fino-grosso ênfase vertical serifa horizontal e fina
    • M. Serifa Grossa indicada p/ leitura clara e direta fino-grosso pouco ou inexistente ênfase vertical serifa horizontais e grossas
    • ênfase inexistente M. Sem Serifa cuidado ao contrasta-lá fino-grosso inexistente serifa inexistente
    • Cursiva desapropriada a textos longos conectam não conectam
    •  
    •  
    •  
    • Decorativo utilização limitada
    •  
    •  
    •  
    • + LEGIBILIDADE MAXIMO: 3 TIPOS DIFERENTES
    •  
    •  
    •  
    •  
    •  
    •  
    • +fontes - LEGIBILIDADE
    •  
    •  
    •  
    •  
    • Espaçamento
    • Espaçamento entre letras
    • Espaçamento entre letras
    • Espaçamento entre linhas
    • Alinhamento
    • Alinhamento
    • Centralizar, ainda não
    • Centralizar, ainda não
    • Centralizar, ainda não
    • Centralizar, ainda não
    • Centralizar, ainda não
    • Centralizar, ainda não
    • Centralizar, ainda não
    • Não Centralize, ainda
    • Classificações Tipográficas
      • seres humanos não lêem as palavras letra a letra, mas em blocos
      Serifas respondem
      • TAMBÉM É POR ESSE MESMO MOTIVO QUE OS TEXTOS ESCRITOS EM MAIÚSCULAS SÃO TÃO DIFÍCEIS DE SE LER.
      MESMA ALTURA + MESMA LARGURA = LEITURA DIFÍCIL
    •  
    •  
    • POR QUE?
    •  
    •  
    •  
    •  
    • 1982
    • Monotype, Inglaterra 1980
    •  
    •  
    •  
    •  
    •  
    • Obras utilizadas com referência para a aula de hoje: