Luz & Cor

6,611 views

Published on

Apresentação sobre Teoria da Luz e cor. Publicidade e Propaganda. 1º COS 2010 - Unirondon, Cuiabá-MT.

Published in: Education
1 Comment
2 Likes
Statistics
Notes
No Downloads
Views
Total views
6,611
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
377
Actions
Shares
0
Downloads
293
Comments
1
Likes
2
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Luz & Cor

  1. 1. UNIRONDON - Publicidade
  2. 2. LUZ E COR <ul><li>Introdução </li></ul><ul><li>Ali Hasan ibn al-Haithm </li></ul><ul><li>Isaac Newton </li></ul>
  3. 3. LUZ E COR <ul><li>Introdução </li></ul><ul><ul><li>Babilônios e Egípicios </li></ul></ul><ul><ul><li>Empédocles (492 – 432 a.C ) “o vermelho (relacionado ao ar), o verde amarelado (ligado à terra), o branco (fogo) e o preto (água), e que a cor dos objetos era fruto da mistura destes quatro elementos.” </li></ul></ul>
  4. 4. LUZ E COR <ul><li>Introdução </li></ul><ul><ul><li>Demócrito ( 460 – 360 a.C ) </li></ul></ul><ul><ul><ul><li>Afirmava que cor de um objeto era resultado da forma de seus átomos. </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>“ o branco, por exemplo, resultava da proliferação de átomos suaves e redondos; o preto era resultado dos átomos desarrumados e não homogêneos.” </li></ul></ul></ul>
  5. 5. LUZ E COR <ul><li>Ali Hasan ibn al-Haithm </li></ul><ul><ul><li>Alhazen ( 965 – 1040 d.C. ) </li></ul></ul><ul><ul><ul><li>Descobertas em relação a luz e a cor; </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>Intromissão e Extromissão; </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>Dissecações do olho humano e diversas pesquisas permitiram que ele definir os princípios ópticos que regem seu funcionamento, sendo o primeiro a registrar o fenômeno da refração. </li></ul></ul></ul>
  6. 6. LUZ E COR <ul><li>Ali Hasan ibn al-Haithm </li></ul><ul><ul><li>Lei da Refração. </li></ul></ul><ul><ul><li>Quando um raio de luz passa de um meio para outro, a sua velocidade muda, sofrendo, em conseqüência, um desvio na sua direção de propagação; a esse fenômeno dá-se o nome de refração da luz. </li></ul></ul>
  7. 10. LUZ E COR <ul><li>Isaac Newton (1642-1727) </li></ul><ul><ul><li>Primas – Refração e Cor </li></ul></ul><ul><ul><ul><li>Luz composta por seis cores: o vermelho, o laranja, o amarelo, o verde, o azul e o violeta. </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>A sétima cor, o azul marinho foi acrescido posteriormente de forma a reconciliar a teoria das cores com a harmonia musical (sete notas). </li></ul></ul></ul>
  8. 11. SEM LUZ NÃO EXISTE COR
  9. 19. COR / LUZ – CORES PRIMÁRIAS R ED G REEN B LUE
  10. 20. COR / PIGMENTO – SÍNTESE SUBTRATIVA
  11. 23. CIANO C De origem grega Kyanós (em português Ciano ), que significa o azul esverdeado da costa dos mares da Grécia, palavra citada em vários poemas gregos
  12. 24. MAGENTA M Batalha em 1860 na cidade italiana do mesmo nome
  13. 25. YELOW Y AMARELO
  14. 26. PRETO K BLACK KEY
  15. 28. CORES PRIMÁRIAS <ul><li>Cores-Pigmento </li></ul><ul><ul><li>“ Nas cores pigmento opacos, as primárias são: vermelho, amarelo e azul. (...) Nas artes gráficas, e para todos os que utilizam cor-pigmento transparente, ou por transparência em retículas, as cores primárias são: magenta, amarela e cian”. </li></ul></ul>
  16. 29. LUZ E COR <ul><li>Cores-Pigmento </li></ul><ul><ul><li>Primárias: Ciano, magenta e amarelo; </li></ul></ul><ul><ul><li>Secundárias: Vermelho, Verde e Violeta. </li></ul></ul>
  17. 31. LUZ E COR <ul><li>Cores-Pigmento </li></ul><ul><ul><li>Síntese Subtrativa </li></ul></ul>Reflete todas, objeto branco. Absorve verde e vermelho, reflete o azul, objeto azul. Absorve o azul, o verde e o vermelho, objeto preto.
  18. 32. LUZ E COR <ul><li>Cores-Pigmento </li></ul><ul><ul><li>Disco de Cores Subtrativa </li></ul></ul>
  19. 33. CORES LUZ <ul><ul><li>“ A imagem da tela de um monitor (de TV ou de computador) é constituída de pontos (pixels) tripartidos com faixas de cada uma das cores-luz primárias. Uma área de imagem em amarelo, por exemplo, é formada pelos pixels em que as faixas vermelha e verde estão acesas e a faixa azul apagada”. </li></ul></ul>
  20. 34. LUZ E COR <ul><li>Cores-Luz </li></ul><ul><ul><li>Cores Primárias: Vermelho, Verde e Azul; </li></ul></ul><ul><ul><li>Cores Secundárias: Ciano, Amarelo, Violeta (Magenta) </li></ul></ul><ul><ul><li>Sistema RGB </li></ul></ul>
  21. 35. LUZ E COR <ul><li>Cores-Luz </li></ul><ul><ul><li>Síntese Aditiva </li></ul></ul>
  22. 40. CORES ANÁLOGAS as cores análogas são da mesma cor em tons diferentes.
  23. 41. HARMONIA ANÁLOGA (+) são tão fáceis de criar quanto as monocromáticas, no entanto são mais ricas. (-) Um esquema de cores análogas carece de cor de contraste . Não é uma harmonia tão vibrante como a harmonia de complementares.
  24. 42. HARMONIA COMPLEMENTAR (+) A harmonia de contraste oferece uma combinação de alto contraste ideal para atrair a máxima atenção do espectador. (-) Este esquema é mais difícil de balançar que os esquemas análogos ou monocromáticos.
  25. 43. C O R CARACTERÍSTICAS E QUALIDADES
  26. 44. MATIZ OU TOM Por exemplo amarelo, verde, violeta, vermelho, etc. são tons ou matizes. Para se mudar o tom ou matiz de uma cor, acrescenta-se outro tom, assim, obtemos diferentes gradações ou tonalidades
  27. 45. SATURAÇÃO Obtemos novas cores com distintas características que se desprendem da quantidade de luz (branco), sombra (preto); Isto determina o grau ou valor da cor, o seu fator de luminosidade ou escala tonal…
  28. 46. MATIZ = PUREZA SATURAÇÃO = INTENSIDADE medida de sua pureza
  29. 49. PERCEPÇÃO DA C O R
  30. 58. “ Estou verde de fome.” “ Ele está roxo de frio.” “ Fiquei branca de susto.”
  31. 64. TESE DE MESTRADO INFLUÊNCIA PSICOLÓGICA DAS CORES <ul><li>WWW.MARIACLAUDIACORTES.COM </li></ul>
  32. 65. <ul><li>Rede Social para usuários de CORES: </li></ul><ul><li>http://www. colourlovers.com </li></ul><ul><li>Harmonia das Cores </li></ul><ul><li>http://www.amopintar.com/harmonia-das-cores </li></ul><ul><li>Google color browser </li></ul><ul><li>http://code.google.com/p/colorbrowser/ </li></ul>Sites Interessantes

×