Israel x hamas final

699 views

Published on

Breve descrição dos ataques em gaza na semana de 16/11/1012

Published in: News & Politics
0 Comments
2 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

No Downloads
Views
Total views
699
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
42
Actions
Shares
0
Downloads
16
Comments
0
Likes
2
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Israel x hamas final

  1. 1. CONHEÇA A VERDADEIsrael x Hamas : novembro 2012
  2. 2. CONHEÇA A VERDADE1) O que é o Hamas?• Uma organização terrorista Islâmica que se apossou da causa palestina e a usa com fins de instaurar um estado islâmico fundamentalista na região, além de ser totalmente financiado pelo Irã, com objetivo de destruir Israel, os judeus e os infiéis cristãos.• Em nenhum momento na cartilha de objetivos do Hamas é mencionada a criação de um Estado Palestino, mas apenas a destruição de Israel e do Ocidente.• O martírio de jovens palestinos é incentivado pelo Hamas, que educa as crianças palestinas da Faixa de Gaza ao ódio, ao terror.• Diversos países árabes são contra os propósitos e os meios utilizados pelo Hamas, entre eles a Jordânia e a Arábia Saudita.
  3. 3. CONHEÇA A VERDADE2) O que deu início à Operação Pilar Defensivo?• Ao contrário do que diz a mídia, a intensificação do conflito não se deu em razão da morte de Ahmed Said Al-Jabari, chefe do braço militar do Hamas, mas sim da intensificação dos ataques contra o sul de Israel nos últimos dias.• Intensificação do lançamento de mísseis contra a população civil de Israel e ataques ao exército israelense na fronteira com a Faixa de Gaza.• Saiba mais: Linha do Tempo do Conflito
  4. 4. CONHEÇA A VERDADE3) Quem foi Ahmed Said Al-Jabari?• Chefe das Brigadas Izz al-Din al-Qassam, braço militar do Hamas. Foi responsável pela tomada do controle da Faixa de Gaza pelo Hamas, após os enfrentamentos com o Fatah, em junho de 2007.• Foi responsável por raptar o soldado israelense Gilad Shalit, em 25 de junho de 2006, em Kerem Shalom, na fronteira de Israel com a Faixa de Gaza.• Ficou preso durante 13 anos por planejar ataques mortais contra Israel quando ainda era parte do grupo terrorista Fatah. Na prisão conheceu alguns dos principais líderes do Hamas - incluindo o co-fundador Abdel Aziz al-Rantissi e Salah Shehada - e decidiu se juntar ao movimento.• Jabari era o responsável pelo lançamento de mísseis na população civil israelense.
  5. 5. CONHEÇA A VERDADE4) Como esse conflito muda a rotina dos israelenses?• Os ataques dos Hamas são direcionados à população civil israelense. Por esta razão, as aulas foram suspensas, festas e casamentos foram cancelados devido à alta concentração de pessoas, e grande parte da população passou a viver dentro de abrigos antiaéreos, com medo de sair às ruas.• Além de todo o sul de Israel, desta vez os mísseis do Hamas estão alcançando cidades nunca antes atingidas, como Rishon Le’Tzion e Tel Aviv. Inexplicavelmente, dois mísseis foram disparados na direção de Jerusalém, cidade sagrada inclusive para os muçulmanos.• A partir do som da sirene que informa o lançamento de um míssil, os israelenses, dependendo da proximidade em que estão da Faixa de Gaza, tem de 15 segundos a 1,5 minuto para se protegerem.• Saiba mais: Vídeo 15 Segundos
  6. 6. CONHEÇA A VERDADE5) Qual a diferença entre os ataques do Hamas e os ataques doexército israelense?• O Hamas dispara deliberadamente contra a população civil israelense; seu objetivo é dizimar a população israelense. Já o exército de Israel atua contra alvos terroristas.• Os terroristas do Hamas se escondem no meio da população palestina, de forma proposital, colocando em risco a vida de seu próprio povo, refém de seus atos. Lançam mísseis conta Israel de locais próximos a escolas, hospitais, playgrounds, e etc.• Israel avisa à população palestina sobre os ataques por meio de distribuição de folhetos em árabe e telefonemas informando as zonas de ataque ao Hamas, de forma que possam se afastar da região que será atacada.
  7. 7. CONHEÇA A VERDADE6) Israel age de forma desproporcional?• Ao contrário do que divulga a mídia em geral, Israel não age de forma desproporcional, mas justamente na medida do necessário para impedir ataques do Hamas.• Mais de 1.000 mísseis caíram em Israel durante os 8 dias da Operação Pilar Defensivo. Mais de 12.800 mísseis e morteiros foram lançados sobre as cidades do sul de Israel desde 2002.• Qualquer outro país, na situação em que Israel se encontra, agiria da mesma forma, senão de forma ainda mais agressiva que Israel. Nenhum outro país permitiria que sua população vivesse sob ameaça de cerca de 3 mísseis por dia, e faria de tudo para proteger seu povo.• Israel é o único país no mundo que deve sempre lutar pela sua sobrevivência. É o único país que vive sob ameaça constante de destruição.• Apesar da superioridade bélica, Israel age sempre contra o Hamas, e nunca contra a população civil palestina. Israel informa à população palestina os locais dos ataques antes de realizá-los. Civis palestinos morrem no conflito porque são colocados em risco pelo próprio Hamas, que os utiliza como escudos humanos.• Saiba mais: Declaração do Primeiro-Ministro de Israel
  8. 8. CONHEÇA A VERDADE7) O que muda com o cessar-fogo entre Israel e o Hamas?• O cessar-fogo não pode ser confundido com um acordo de paz. Apesar da trégua momentânea, o Hamas continua tendo como objetivo a destruição de Israel.• Após o horário estabelecido para o cessar-fogo (21:00 do dia 21 de novembro de 2012), cerca de uma dúzia de mísseis foram disparados pelo Hamas contra a população civil de Israel.• A Operação Pilar Defensivo afetou a infraestrutura do Hamas na Faixa de Gaza e sua capacidade de lançamento de mísseis, especialmente os mísseis de longo alcance• O cessar fogo não é uma medida a longo prazo. Com a ajuda do Irã, é questão de tempo para que o Hamas se restabeleça e volte a lançar mísseis sobre Israel, como tem feito nos últimos 12 anos. Essa não é a primeira trégua entre Hamas e Israel.• Saiba mais: O Conflito no Oriente Médio
  9. 9. CONHEÇA A VERDADE8) Existe a possibilidade de um acordo de paz entre Israel e oHamas?• O Hamas não é o parceiro de Israel para a paz na região, mas sim a Autoridade Nacional Palestina - ANP, presidida por Mahmoud Abbas.• A liderança palestina de Abbas não é reconhecida pelo Hamas. O motivo: ANP e Israel buscam a paz por meio da solução de dois estados para dois povos. O objetivo do Hamas é simples: a destruição do Estado de Israel.• O Hamas não quer a paz, mas sim a guerra. Com armamento financiado pelo Irã, o Hamas aterroriza a população civil israelense, sobre a qual lançou, deliberadamente, cerca de 12 mil mísseis nos últimos 12 anos.• A onda de violência que se intensificou nos últimos dias é entre Hamas e Israel. A luta de Israel é contra o terrorismo, pela proteção de sua população, e não contra o povo palestinos, a quem quer como vizinhos em um novo estado no futuro próximo.
  10. 10. FALE CONOSCO!Se você tem dúvidas ou quer saber mais, fale com a gente! Estamos dispostos a quaisquer esclarecimentos. A JJO é neutra e apenas defende a VERDADE! @jjobrasil Juventude Judaica Organizada email: contato@jjo.org.br blog: www.jjo.org.br/blog

×