• Share
  • Email
  • Embed
  • Like
  • Save
  • Private Content
A Fúria de um gigante
 

A Fúria de um gigante

on

  • 1,065 views

informando sobre vulcão que interrompeu a rotina de Europeus.

informando sobre vulcão que interrompeu a rotina de Europeus.
A fúria da natureza contra os seres humanos, assim como outras catástrofes

Statistics

Views

Total Views
1,065
Views on SlideShare
1,065
Embed Views
0

Actions

Likes
0
Downloads
16
Comments
0

0 Embeds 0

No embeds

Accessibility

Upload Details

Uploaded via as Microsoft PowerPoint

Usage Rights

© All Rights Reserved

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Processing…
Post Comment
Edit your comment

    A Fúria de um gigante A Fúria de um gigante Presentation Transcript

    • Eyjafjallajökull A fúria de um gigante
    • Eyjafjallajökull – pronuncia-se: eia-fiátla-iocutl Em Português: Geleira da Montanha da Ilha Eyjafjallajökull é um dos menores glaciares da Islândia. Situa-se a norte de Skógar e a oeste do maior glaciar conhecido como Mýrdalsjökull. A bacia do glaciar cobre um vulcão (1666 m de altura), cuja atividade eruptiva começou a ser mais frequente a partir da última idade do gelo. A penúltima erupção ocorreu em 1821-23, provocando um jökulhlaup (literalmente, "corrida glaciar") fatal. A cratera do vulcão tem um diâmetro entre 3 e 4 km. O glaciar estende-se por cerca de 107 km².
    • O vulcão Eyjafjallajökull entrou em erupção novamente em 21 de março de 2010. O tráfego aéreo de boa parte do norte da Europa foi prejudicado pela enorme coluna de fumaça expelida.
    • Em 15 de abril de 2010, o espaço aéreo foi fechado para voos comerciais em diversos países do norte e oeste da Europa, devido à precipitação de cinzas na atmosfera, que poderiam causar entupimento dos tubos de Pitot e falhas operacionais dos motores a jato dos aviões.
    • A Organização Mundial de Saúde emitiu um alerta para os cidadãos europeus com doenças respiratórias. Aqui estão algumas imagens da Islândia coletadas entre os dias 15 e 18 de abril de 2010.
    • Raio cruza o céu com fluxos de lava do vulcão Eyjafjallajokul
    • O vulcão Eyjafjallajökull, ao sul da Islândia, atira cinzas no ar pouco antes do por do sol da sexta-feira, 16 de abril. Cinzas vulcânicas cobriram partes rurais da Islândia, impediram o tráfego aéreo na Europa fazendo com que milhares de pessoas buscassem quartos de hotel, bilhetes de trem ou aluguel de carros.
    • Fazenda próxima ao vulcão Eyjafjallajökull e a onda de fumaça e cinzas durante uma erupção na noite de 17 de abril.
    • Um carro é visto perto Kirkjubaejarklaustur, Islândia, correndo pelas cinzas da erupção do vulcão sob a geleira Eyjafjallajökull, na quinta-feira, 15 de abril .
    • Pedaços de gelo glacial de uma inundação provocada pela erupção do vulcão Eyjafjallajokul, 17 de abril.
    • Cinza cobre vegetação em Eyjafjallasveit, no sul da Islândia, 17 de abril.
    • Esta foto aérea mostra o vulcão Eyjafjallajökull disparando fumaça e cinzas, 17 de abril.
    • Uma mulher está próxima a uma cachoeira, que foi manchada pelas cinzas que se acumularam devido a erupção do vulcão Eyjafjallajökull, 18 de abril.
    • Cavalos brigam perto da cidade de Sulfoss, na Islândia, perto da erupção do vulcão Eyjafjallajökull, 17 de abril.
    • O fazendeiro Thorarinn Olafsson tenta atrair o seu cavalo de volta para o estábulo, devido a uma nuvem de cinza negra que paira em cima Drangshlid Eyjafjoll, 17 de abril.
    • Um pequeno avião (superior esquerdo) voa próximo a fumaça e cinzas do vulcão Eyjafjallajokul, 17 de abril.
    • Uma coluna de fumaça do vulcão Eyjafjallajökull , 16 de abril.
    • O sol se põe no céu polvilhado com cinzas, sobre o Lago Genebra, com vista da Vinha Lavaux Terraces, na Suíça, 17 de abril.
    • O vulcão Eyjafjallajökull dispara cinzas no ar, sábado 17 de abril.
    • Agricultores se unem para salvar o gado da exposição à cinza tóxica vulcânica em uma fazenda em Nupur, Islândia, sábado 17 de abril.
    • Uma equipe de resgate ajuda fazendeiros a limparem cinza vulcânica de um telhado em Seljavellir, 18 de abril.
    • É primavera, quando os cordeiros nascem, e como todo animal jovem, são especialmente suscetíveis às cinzas vulcânicas em seus pulmões, devendo serem armazenados dentro do celeiro. O criador de ovelhas Thorkell Eiriksson e seu cunhado Petur Runottsson, trabalham para fechar um celeiro de ovinos, para prevenir uma mudança na rota dos ventos e das cinzas do vulcão Eyjafjallajökull, 17 de abril.
    • Uma nuvem cinza escura paira sobre o sul da costa da Islândia, 17 de abril.
    • Relâmpago, fumaça e lava do vulcão Eyjafjallajokul, 17 de abril.
    • Reta de uma estrada que leva ao vulcão Eyjafjallajökull, durante a onda de fumaça e cinzas, 17 de abril.
    • Um homem corre ao longo da estrada, tirando fotos do vulcão Eyjafjallajökull, durante a onda de fumaça e cinzas, 17 de abril.
    • Uma enorme nuvem de cinzas se arrasta ao longo da costa sul da Islândia, 16 de abril.
    • Vestindo uma máscara e óculos de proteção contra as cinzas, o fazendeiro Berglind Hilmarsdóttir de Nupur, Islândia, olha para o gado perdido nas nuvens de cinzas, sábado, 17 de abril.
    • Um agricultor, observa sua propriedade elameada por cinzas vulcânicas na Islândia, 18 de abril.
    • Esta imagem aérea, mostra a cratera que lança cinzas e nuvens de areia grossa na cúpula do vulcão Eyjafjallajökull, sábado, 17 de abril.
    • Um piloto tira fotos do vulcão Eyjafjallajökull coberto por fumaça e cinzas durante uma erupção, 17 de abril.
    • Equipes de construção, reparam uma estrada danificada pelas cheias do derretimento glacial, provocada pela erupção do vulcão Eyjafjallajökull, 17 de abril.
    • Cavalos pastam em um campo perto do vulcão Eyjafjallajökull, diante da onda de fumaça escura e cinzas de uma erupção, na noite de 17 de abril.
    • Ingi Sveinbjoernsso, leva seus cavalos por uma estrada coberta de cinzas vulcânicas, de volta ao celeiro de Yzta-baeli, 18 de abril. Eles vêm a galope para fora da tempestade vulcânica, com cascos abafados na cinza e crinas voando. No dia anterior, ele havia perdido a égua Shaggy em uma nuvem de cinzas que transformou o dia em noite, cobrindo a paisagem com lama pegajosa.
    • A pluma de cinzas do vulcão Eyjafjallajökull sobre o Atlântico Norte, em uma fotografia feita por satélite, 17 de abril.
    • Uma mulher, faz uma chamada telefônica, no hall de entrada vazio do aeroporto de Ruzyne Praga, após todos os vôos serem cancelados, devido à cinza vulcânica no céu provenientes da Islândia, 18 de abril. O tráfego aéreo na maior parte da Europa, estava paralisado pelo quarto dia devido a uma enorme nuvem de cinza vulcânica.
    • Lava, luz e relâmpago na cratera do vulcão Eyjafjallajokul, 17 de abril.
    • A primeira das 3 fotos de Olivier Vandeginste, tirada a uma distância de 25 km da cratera do vulcão Eyjafjallajökull em 18 de abril. Relâmpago e cinza em movimento, aparecem nesta imagem.
    • A segunda das três fotos de Olivier Vandeginste, tirada a 25 km da cratera do vulcão Eyjafjallajökull em 18 de abril. Nesta imagem, a pluma de cinzas é iluminada por dentro por vários flashes de relâmpago.
    • A terceira, de 3 fotos de Olivier Vandeginste, tirada a 10 km a leste de Hvolsvollur em 18 de abril. Relâmpagos e lava incandescente iluminam partes da enorme nuvem de cinzas do vulcão Eyjafjallajökull.
    • IMAGENS: REUTERS / Lucas Jackson AP / Gauti Brynjar KOLBEINS Halldór AFP / Getty Images AP / Oskarsson Omar REUTERS / Juliusson Ingolfur COFFRINI FABRICE AFP / Getty Images AP Thorisson Arnar / Helicopter.is Olivier Vandeginste REUTERS / estação de recepção por satélite NERC, da Universidade de Dundee, Escócia Música: Storm in Africa – Enya Pesquisa e Formatação: Regis [email_address] Eyjafjallajökull.