Your SlideShare is downloading. ×
0
Problemas ambientais 4º bimestre
Problemas ambientais 4º bimestre
Problemas ambientais 4º bimestre
Problemas ambientais 4º bimestre
Problemas ambientais 4º bimestre
Problemas ambientais 4º bimestre
Problemas ambientais 4º bimestre
Problemas ambientais 4º bimestre
Problemas ambientais 4º bimestre
Problemas ambientais 4º bimestre
Problemas ambientais 4º bimestre
Problemas ambientais 4º bimestre
Problemas ambientais 4º bimestre
Problemas ambientais 4º bimestre
Problemas ambientais 4º bimestre
Problemas ambientais 4º bimestre
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Thanks for flagging this SlideShare!

Oops! An error has occurred.

×
Saving this for later? Get the SlideShare app to save on your phone or tablet. Read anywhere, anytime – even offline.
Text the download link to your phone
Standard text messaging rates apply

Problemas ambientais 4º bimestre

2,723

Published on

0 Comments
2 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

No Downloads
Views
Total Views
2,723
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
2
Actions
Shares
0
Downloads
57
Comments
0
Likes
2
Embeds 0
No embeds

Report content
Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
No notes for slide

Transcript

  • 1. Meio Ambiente ProblemasAmbientais
  • 2. Principais problemasambientais dos centros urbanos : Poluição sonora - a poluição sonora ocorre em função do som indesejado, o chamado “ruído”,sendo considerada uma das formas mais graves de agressão ao homem e ao meio ambiente urbano .Segundo a OMS – Organização Mundial da Saúde ,o limite tolerável ao ouvido humano é de 65 dB (decibéis).Acima disso ,nosso organismo sofre estresse ,o qual aumenta o risco de comprometimento auditivo. Dois fatores são determinantes para mensurar a amplitude da poluição sonora: o tempo de exposição e o nível do barulho a que se expõe a pessoa.
  • 3. Poluição visual É um conceito ligado diretamente a questão da conservação do paisagismo e da preservação estética de uma cidade.O conceito de poluição visual é bastante amplo,sendo que em alguns países,esse tipo de “poluição” não é considerado (caso típico do Japão).A poluição visual em áreas urbanas a proliferaçãoindiscriminada de “outdoors”,cartazes,formas diversasde propaganda e outros fatores que causem prejuízosestéticos à paisagem urbana local.
  • 4. Micro climas urbanos “Ilhas de calor”.- nos espaços amplamente urbanizados a presença de áreas construídas ,sobretudo prédios),áreas asfaltadas, fluxo intenso de carros, repercute na ampliação considerável da temperatura,chegando em alguns casos a determinar uma diferença 9° de diferença de uma área periférica,Esse fato de concentração acarreta o processoconhecido como ilhas de calor, alteração climáticade destaque nos grandes centros urbanos.
  • 5. Acúmulo de lixo os produtos criados pelo homem no mundo globalizado, são gerados em tamanha quantidade que o meio ambiente não consegue degradá-los em tempo hábil, gerando a concentração de resíduos.O termo lixo nos últimos anos vem perdendo espaçopara o termo resíduo, que pode ser classificado emsólidos e líquidos , em função do termo lixo dar ênfasea idéia de inútil e descartável. Nem tudo que se joga fora é lixo, pode ser trabalhado e novamente inserido como produto reciclável ou reaproveitado.
  • 6. Diminuição das áreas verdes.Histórico Segundo o IBGE, a população brasileira (cerca de 183 milhões de habitantes) produz algo como 95 milhões de toneladas de lixo por ano, sendo esta quantidade apenas de lixo domiciliar, ou seja a geração de cada um nas suas residências ou trabalho. Ainda faltaria contabilizar o lixo hospitalar, entulhos, podas de árvores e , entre outros.
  • 7. Poluição do arA poluição atmosférica caracteriza-se basicamentepela presença de gases tóxicos e partículas solidasno ar. As principais causas desse fenômeno é aeliminação de resíduos por certos tipos de industrias(siderúrgicas, petroquímicas ,de cimento, etc.). Esse tipo de poluição ganhou importância a partir da Revolução Industrial, período em que as indústrias passaram a se concentrar em um determinado espaço e a produzir em larga escala, emitindo assim mais resíduos para a atmosfera.
  • 8. Poluição do ar A poluição ambiental está intimamente ligada à queima de combustíveis fósseis, principalmente carvão e petróleo. Esses dois produtos são intensamente utilizados por vários setores da economia moderna, como a geração de energia elétrica, de transporte e o setor industrial. A ONU estipula que cerca de 90% da energia comercial utilizada em todo o mundo provenha desses combustíveis.
  • 9. Poluição do ar O mundo contemporâneo vê que a emissão cada vez maior de poluentes estava afetado de maneira concreta o equilíbrio ambiental (aumenta do efeito estufa, aumento do buraco da camada de ozônio...). Esses problemas estão intimamente ligados a níveis de produção, os quais estão relacionados à exploração ambiental . Os principais poluentes são: monóxido de carbono – emitido por carros e chaminés de indústrias, e que pode causar problemas pulmonares e levar a morte em grande concentração. Dióxido de carbono – gás que acelera o efeito estufa. CFC (cloroflúorcarbono) – principal elemento ligado ao aumento do buraco na camada de ozônio.
  • 10. Poluição do solo Os principais agentes de poluição do solo são os resíduos sólidos das indústrias e residências. Elementos muito comuns como plástico, vidros e papel, em grande concentração determinam sérios problemas ambientais. A demora na decomposição de alguns resíduos sólidos determina uma preocupação intensa dos governos, que vêem seus depósitos de lixo crescerem e se acumularem. Uma das saídas utilizadas é a incineração e a formação de grandes aterros, com tudo essas medidas apenas possibilitam novas formas de poluição.
  • 11. Poluição do solo Em vários países, principalmente nos subdesenvolvidos o lixo ainda se concentra ao céu aberto, em contato direto com o solo, determinando muitas vezes o alto nível de concentração de elementos químicos nocivos à vida. A diminuição de áreas agricultáveis é um problema auxiliado também pela poluição no solo. Nesse caso,entram fertilizantes,adubos químicos e pesticidas.
  • 12. Revolução verde Plano utilizado para se obter maior produtividade, baseado em técnicas modernas de produção e matérias químicos (inseticidas, pesticidas, etc.),para aumentar a produção(quantidade, tamanho e durabilidade do produto). Contudo essa forma de produção acarreta prejuízo ao solo (uso intensivo) e problemas socioeconômicos (concentração de terras).
  • 13. Poluição da água A poluição gerada pelo crescimento exagerado da população e o aumento intensivo da utilização de fontes de água associada a poluição tornou-se, segundo pesquisas da revista Science, um dos principais problemas ambientais do novo milênio. Os principais poluentes dos rios, lagos e áreas costeiras são os resíduos domésticos, acompanhados de resíduos industriais, os quais são bastante perigosos, como fertilizantes, pesticidas - o mais famoso deles, o inseticida DDT.
  • 14. Poluição da água Essa poluição gerada pela indústria é responsável por um grande aumento na incidência de doenças. O ramo industrial que é o principal vilão é o setor químico. O meio de vida considerado o mais ameaçado é o ecossistema de água doce, que ocupa pouco menos que 1% da superfície terrestre.
  • 15. Poluição da água Esse meio sofre com fatores típicos da poluição ambiental, aliado a fatores modernos, como a construção de diques e barragens, que determinam uma mudança brusca no equilíbrio local, muitas vezes transformando tanto o meio ambiente que ocasiona a sua destruição. Na poluição das águas, há destaque também para a poluição dos mares. Esse aspecto está relacionado a derrames de produtos concentrados, principalmente petróleo, por grandes cargueiros e petroleiros. Os países hoje buscam inserir na legislação, leis e penas severas para os países ou grupos econômicos ligados a acidentes globais, infelizmente muito comuns nos dias de hoje.
  • 16. GEOGRAFIAProfessora Débora

×