PREVENÇÃO <br />                    DO <br />     CÂNCER DE MAMA<br /><ul><li> Carlos Menandro
 João Paulo
Luzimário
 De Assis Oliveira
 Nelson Lariú
 Éder Sérgio
Janilson Bruno</li></li></ul><li>DeAssis Oliveira<br />INTRODUÇÃO<br /><ul><li> 2º tipo de câncer mais freqüente no mundo
 Mais comum entre as mulheres – 22% dos novos casos são de câncer de mama
 Estimativa 2008:
 Brasil: 49.400 casos
 Risco estimado: 51 casos a cada 100 mil mulheres
 RN: 520 casos
Natal: 190 casos
 Fatores de risco:
Menarca precoce, nuliparidade, idade da 1ª gestação a termo acima dos 30 anos, menopausa tardia, terapia de reposição horm...
 Recomendação do Ministério da Saúde:
Mamografia: de 50 a 69 anos, a cada 2 anos;
 Exame clínico: de 40 a 49 anos, a cada ano;
Exame clínico em todas as mulheres que procuram o serviço público de saúde;
Grupo de risco: Exame clínico e mamografia, a partir dos 35 anos de idade, todo ano;
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

ApresentaçãO Do SemináRio Sobre CâNcer De Mama

13,259

Published on

Published in: Health & Medicine
1 Comment
9 Likes
Statistics
Notes
No Downloads
Views
Total Views
13,259
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
2
Actions
Shares
0
Downloads
349
Comments
1
Likes
9
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Transcript of "ApresentaçãO Do SemináRio Sobre CâNcer De Mama"

  1. 1. PREVENÇÃO <br /> DO <br /> CÂNCER DE MAMA<br /><ul><li> Carlos Menandro
  2. 2. João Paulo
  3. 3. Luzimário
  4. 4. De Assis Oliveira
  5. 5. Nelson Lariú
  6. 6. Éder Sérgio
  7. 7. Janilson Bruno</li></li></ul><li>DeAssis Oliveira<br />INTRODUÇÃO<br /><ul><li> 2º tipo de câncer mais freqüente no mundo
  8. 8. Mais comum entre as mulheres – 22% dos novos casos são de câncer de mama
  9. 9. Estimativa 2008:
  10. 10. Brasil: 49.400 casos
  11. 11. Risco estimado: 51 casos a cada 100 mil mulheres
  12. 12. RN: 520 casos
  13. 13. Natal: 190 casos
  14. 14. Fatores de risco:
  15. 15. Menarca precoce, nuliparidade, idade da 1ª gestação a termo acima dos 30 anos, menopausa tardia, terapia de reposição hormonal, mama aumentada e histórico familiar</li></li></ul><li>DeAssis Oliveira<br />CONTINUAÇÃO<br /><ul><li>Clemmensen´s hook – variação na taxa de incidência do câncer de mama relacionada a idade;
  16. 16. Recomendação do Ministério da Saúde:
  17. 17. Mamografia: de 50 a 69 anos, a cada 2 anos;
  18. 18. Exame clínico: de 40 a 49 anos, a cada ano;
  19. 19. Exame clínico em todas as mulheres que procuram o serviço público de saúde;
  20. 20. Grupo de risco: Exame clínico e mamografia, a partir dos 35 anos de idade, todo ano;
  21. 21. Prognóstico é relativamente bom se o diagnóstico for nos estágios iniciais da doença. </li></li></ul><li>João Paulo<br />DADOS EPIDEMIOLÓGICOS<br />4,3 - 7,7<br />INCA - 2008<br />
  22. 22. INCA- 2008<br />
  23. 23. INCA- 2008<br />
  24. 24. Janilson Bruno<br />FATORES DE RISCOS<br /><ul><li> Idade
  25. 25. Câncer de mama prévio
  26. 26. História familiar de câncer de mama
  27. 27. Gene do câncer de mama
  28. 28. Doença mamária benigna prévia
  29. 29. Primeira menstruação antes dos 12 anos, menopausa após os 55 anos, primeira gestação após os 30 anos ou ausência de gravidez
  30. 30. Uso prolongado de contraceptivos orais ou terapia de reposição hormonal com estrogênio
  31. 31. Obesidade após a menopausa</li></li></ul><li>GRUPOS DE RISCOS<br /><ul><li> Parente 1º grau com diagnóstico de câncer de mama, abaixo de 50 anos;
  32. 32. Câncer de mama bilateral ou câncer de ovário em qualquer faixa etária;
  33. 33. Câncer mama masculino na família;
  34. 34. Mulheres com diagnóstico histopatológico de lesão mamária proliferativa com atipia ou neoplasia lobular in situ.</li></ul>MS-2009<br />
  35. 35. SINTOMAS<br /><ul><li> Os sintomas do câncer de mama palpável são o nódulo ou tumor no seio, acompanhado ou não de dor mamária.
  36. 36. Podem surgir alterações na pele que recobre a mama, como abaulamentos ou retrações ou um aspecto semelhante à casca de uma laranja.
  37. 37. Podem também surgir nódulos palpáveis na axila.</li></li></ul><li>DETECÇÃO PRECOCE<br />Éder Sérgio<br />EXAME FÍSICO DA MAMA <br /> PROFISSIONAL<br />MAMOGRAFIA A CADA 2 ANOS (50-69)<br />INCENTIVO AO AUTO - EXAME<br />Recomendações<br />MAMOGRAFIA ANUAL (35 anos)<br />GARANTIA DE ACESSO AO DIAGNÓSTICO<br />
  38. 38. Nelson Lariú<br /> EXAME FÍSICO DA MAMA <br />
  39. 39. AUTO-EXAME DA MAMA (AEM)<br />
  40. 40. Luzimário<br />MAMOGRAFIA<br />
  41. 41. Luzimário<br />CAMPANHAS<br />
  42. 42. DISTÚRBIOS MAMÁRIOS NO HOMEM<br />Carlos Menandro<br />Ginecomastia<br />Câncer de Mama <br />
  43. 43. REFERÊNCIAS<br />- Indicadores de Saúde, cadernos de saúde . Disponível &lt; http:// www.ministerio.saude.bvs.br&gt; ; acesso em agosto de 2009. <br /> - Instituto brasileiro de geografia e estatística; &lt;http:// www.ibge.gov.br&gt;. Acesso em 16 de agosto de 2009.<br />- Índice de Necessidade em saúde. Revista de epidemiologia e informação, 3. ed. São Paulo: Jun-2008.Disponível &lt;http:// www.bireme.br&gt; Acesso em 16 de agosto de 2009.<br /><ul><li> Ministério da Saúde. Instituto Nacional de Câncer. Controle do Câncer de Mama: Documento de Consenso.Rio de Janeiro: INCA, 2004.
  44. 44. Ministério da Saúde. Instituto Nacional de Câncer. Plano de Ação para o Controle dos Cânceres do Colo do Útero e da Mama 2005-2007, 2005.
  45. 45. Ministério da Saúde. Instituto Nacional de Câncer. Falando sobre câncer de mama. Rio de Janeiro: INCA,2002.
  46. 46. Programa de saúde da família, Disponível <http:// www.saude.gov.br>. Acesso em 16 de agost de 2009.</li></ul>-Sociedade Brasileira de Mastologia; www.sbm.com.br/artigos. acesso em 4 de junho de 2009.<br />
  47. 47.
  48. 48. OBRIGADO !!!<br />
  1. Gostou de algum slide específico?

    Recortar slides é uma maneira fácil de colecionar informações para acessar mais tarde.

×