Your SlideShare is downloading. ×
0
Inscrição   boot camp planejamento - slideshare
Inscrição   boot camp planejamento - slideshare
Inscrição   boot camp planejamento - slideshare
Inscrição   boot camp planejamento - slideshare
Inscrição   boot camp planejamento - slideshare
Inscrição   boot camp planejamento - slideshare
Inscrição   boot camp planejamento - slideshare
Inscrição   boot camp planejamento - slideshare
Inscrição   boot camp planejamento - slideshare
Inscrição   boot camp planejamento - slideshare
Inscrição   boot camp planejamento - slideshare
Inscrição   boot camp planejamento - slideshare
Inscrição   boot camp planejamento - slideshare
Inscrição   boot camp planejamento - slideshare
Inscrição   boot camp planejamento - slideshare
Inscrição   boot camp planejamento - slideshare
Inscrição   boot camp planejamento - slideshare
Inscrição   boot camp planejamento - slideshare
Inscrição   boot camp planejamento - slideshare
Inscrição   boot camp planejamento - slideshare
Inscrição   boot camp planejamento - slideshare
Inscrição   boot camp planejamento - slideshare
Inscrição   boot camp planejamento - slideshare
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Thanks for flagging this SlideShare!

Oops! An error has occurred.

×
Saving this for later? Get the SlideShare app to save on your phone or tablet. Read anywhere, anytime – even offline.
Text the download link to your phone
Standard text messaging rates apply

Inscrição boot camp planejamento - slideshare

497

Published on

Published in: Career
0 Comments
1 Like
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

No Downloads
Views
Total Views
497
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
0
Actions
Shares
0
Downloads
8
Comments
0
Likes
1
Embeds 0
No embeds

Report content
Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
No notes for slide

Transcript

  • 1. Dayane do NascimentoInscrição Boot Camp de Planejamento
  • 2. @daynascimentodaynascimento.goncalves
  • 3. 1. CurrículoExperiência Profissional - 6 anosGestora do Núcleo Estratégico da Mercatto Comunicação Total, atua desdesetembro de 2008 na área de planejamento, desenvolvendo pesquisa de mercado ecom o consumidor, planejamentos de campanhas, de comunicação e deposicionamento para os diversos clientes da agência.No período de setembro de 2007 a fevereiro de 2008 acumulou a função deatendimento exclusivo dos Supermercados Comper - Regional MT coordenado asmídias, análises de concorrências, campanhas promocionais locais e eventos.Atuou na Assessoria de Comunicação da Companhia de Saneamento da Capital –SANECAP, de jan./2006 a jun./2007, como responsável pela comunicação interna,projeto de endomarketing e webmaster.Em2005 participou do Projeto Bitec – Apoio ao Desenvolvimento Tecnológico damicro e pequena empresa do SEBRAE/IEL/CNPq no qual desenvolvendo projeto depesquisa de mercado e planejamento de marketing.
  • 4. 1. CurrículoFormação ProfissionalComunicação Social - Publicidade e Propaganda na Universidade Federal de MatoGrosso – UFMT.Atualmente cursa especialização em Comportamento Humano nas Organizações naFaculdade de Administração, Economia e Ciências Contábeis – FAECC/UFMT emCuiabá.Cursos extra curricularesPlanejamento de comunicação com Fernando Diniz – 2011Planejamento Criativo - Ana Maria “Bru” Figueiredo - 2009Curso de Novas Tendências de Mercado - ESPM/SP - 2009Curso de Planejamento e Gerenciamento de Marketing - ESPM/SP - 2009Curso de Novas Mídias - Pedro Porto - 2008Curso do idioma inglês para fins acadêmicos pela UFMT 2006Planejamento Estratégico Empresarial pela FAECC/UFMT em 2005Reconhecimento | Certificado de Excelência em Marketing pela ESPM
  • 5. 2. Biografia – escreva uma curta autobiografia, incluindo coisas que vocêgosta de fazer e realizações das quais você se orgulha, seja no trabalho, navida acadêmica ou pessoal.Dayane o Nascimento nasceu em Alta Floresta-MT, 26 de junho de 1984 é uma pessoacomplexa e incompreendida.Dayane foi criada numa família católica (conhecendo o Espiritismo depois) na cidadede Alta Floresta, interior do Estado de Mato Grosso. Estudou em sua maioria emcolégios particulares, onde aprendeu a arte de “matar aula” de educação física e seesconder na biblioteca, nunca porém lendo livros solicitados pelos professores, mas seapaixonando por literatura inglesa.Em Alta Floresta integrou o grupo de Teatro Experimental e Coral de AltaFloresta, onde recebeu o Prêmio de Revelação do Coral nos Melhores do Ano - 2000.
  • 6. 2. Biografia – escreva uma curta autobiografia, incluindo coisas que vocêgosta de fazer e realizações das quais você se orgulha, seja no trabalho, navida acadêmica ou pessoal.A mudança para Cuiabá e faculdadePassou no vestibular para comunicação Social com habilitação em Publicidade ePropaganda na Universidade Federal do Estado de Mato Grosso – UFMT em 2002.Logo nos primeiros estágios percebeu que a faculdade não ensinava o que o mercadoestá exigindo dos estudantes e profissionais. Daí uma das primeiras crises sobre acarreira também.Acreditando que era na faculdade que devia ensinar o que precisava, brigou para quetivesse as aulas até o fim do horário previsto, que fossem corrigidos os trabalhos, eque os professores tivessem a responsabilidade de preparar aulas. Conseguiualgumas caras feias apenas. Formou-se sem ter uma das disciplinas que apesar doabaixo assinado, não surtiu resultados positivos. Esse foi o fato que mais seenvergonha: ter formado sem ter feito a disciplina e concordado com a coordenação docurso em colocar uma nota falsa no histórico.
  • 7. 2. Biografia – escreva uma curta autobiografia, incluindo coisas que vocêgosta de fazer e realizações das quais você se orgulha, seja no trabalho, navida acadêmica ou pessoal.A carreira como PlannerEscolheu agências que lhe interessaram, preparou o currículo e visitou uma a umaconhecendo um pouco da estrutura e colocando a disposição o interesse na área deplanejamento. Ao mesmo tempo participou de processo seletivo para área demarketing de uma faculdade.Foram muitos teses e etapas. Na área de marketing, 7 entrevistas e um plano demarketing para avaliação do diretor. Na agência 3 inferências de planos decomunicação. Os resultados saíram no mesmo dia e teve que decidir. Escolheuplanejamento.
  • 8. 2. Biografia – escreva uma curta autobiografia, incluindo coisas que vocêgosta de fazer e realizações das quais você se orgulha, seja no trabalho, navida acadêmica ou pessoal.O começo dos trabalhos na agência foi de organização das atividades de comunicaçãodos clientes. Cronograma, investimentos re-alocados, definição de objetivos principais,datas que deveria comunicar. Após esta fase começou as questões de pesquisas decomportamento, mercado, concorrência, dando mais suporte para criação. A integraçãocom as áreas foi um pouco demorada e o apoio a área de atendimento constante.A diretora de criação comprou a idéia do planejamento e ele foi transferido daresponsabilidade da diretoria de atendimento para a de criação.Estando mais próximos da criação foi possível então intervir nos direcionamentos doconceito, posicionamento, campanhas.Hoje os trabalhos vão de insight de comportamento do consumidor para a criação emídia, brief criativo, distribuição de investimento, cronograma de campanhas e ações,avaliação, projetos de pesquisa.
  • 9. 3. Por que deseja trabalhar com planejamento?Já sei muitas coisas sobre minhas escolhas, mas não tenho certeza do porque trabalhocom planejamento. Tenho algumas inferências que, talvez, ajude a explicar.1. Gosto de pensar no todo. Tenho consciência de que as situações não são definidas por poucas ocorrências, e que muitas interferem para um determinado resultado. Quanto mais encontro essas redes de influência, mais gosto da análise do problema.2. Organizar informações. No tempo em que temos cada vez mais dados, transformar isso em informação relevante e conhecimento ao longo do tempo é um trabalho desafiador. Catalogar, comparar e organizar - quase como um jogo de Paciência.3. Comportamento. Esse mundo é muito louco. Descobrir nos comportamento as crenças escondidas em cada motivação seja de consumo ou outra qualquer, é fascinante. É também autoconhecimento.Todas as profissões e áreas de atuação da publicidade são importantes e têm meudevido respeito. Mas o planejamento é especial. Trabalho com isso porque gosto.Gosto mais ainda porque posso trabalhar com ele.
  • 10. 4. Alguns executivos do mercado publicitário estão considerando 2012 um anoestranho, fazendo referência ao impacto da crise européia. Você concorda comessa opinião? Como o pensamento estratégico pode combater um ano"estranho"? Explique.O que é um ano estranho? É um ano em que não se sabe com certeza como a criseeuropeia irá impactar na economia do Brasil, e com certeza será um ano estranho.O pensamento estratégico visa que o pode ser definido como a capacidade daempresa, da equipe, de atuar de maneira integrada, criando caminhos para anteciparas necessidades do mercado e do negócio. Seria a nossa capacidade de pensar e agirestrategicamente.Nesse momento é importante avaliar as redes de influência em nosso mercado.Pensar, analisar e tentar prever os comportamentos das pessoas após a influência dacrise.
  • 11. 4. Alguns executivos do mercado publicitário estão considerando 2012 um anoestranho, fazendo referência ao impacto da crise européia. Você concorda comessa opinião? Como o pensamento estratégico pode combater um ano"estranho"? Explique.Outro ponto é preparar bases sólidas para seu negócio. Investigar as leis relacionadas,as razões que fazem as pessoas comprar seus produtos/serviços, e como a perda depoder aquisitivo pode impactar no seu negócio. Assim é oportuno investir em inovação.Mudanças derivadas de crise fazem as pessoas mudarem seus comportamentos ecom isso, as formas de consumo.
  • 12. Av. Lava Pés, Cuiabá/MT“Fotos de Domingo” - daynascimento
  • 13. 5. Para ser bem-sucedida em 2020, como você acha que a publicidade temque evoluir?A publicidade tem um papel muito importante na comunicação e formação intelectual ecultural da sociedade. É claro que usa-se a cultura para comunicar, usando símbolos jáconhecidos das pessoas. Mas este é processo cíclico e a publicidade ao mesmo tempoem que se utiliza para “falar”, contribui para formar a cultura.Antes de tudo, a publicidade deverá ser honesta. Já hoje deve ser honesta. Às vezesé. Às vezes se faz como advogado, que se aproveita de brechas para fazer o que élegal, mas nem sempre moral.
  • 14. 5. Para ser bem-sucedida em 2020, como você acha que a publicidade temque evoluir?Em 2020, acredito que teremos que auxiliar no processo de formação das pessoas,auxiliando sim a esclarecê-las de mitos. Neste momento você deve estar seperguntando: “Que mitos?! Estamos livres dos mitos desde o iluminismo.” Refiro-me aomito da superficialidade. O mito do pensar rápido, do senso comum, da falta de análisecrítica. Os mitos dos 10 passos para ser qualquer coisa, ser eficaz, como ganhar seuprimeiro milhão, ser feliz em 10 dias. Receitas que fazem do mundo algo muito simplesde se viver, cria expectativas e frustra na maioria das vezes. Sabe por quê? Se nãodeu certo, foi você que não seguiu a receita direito. “Itaú sem papel é preservar o meioambiente.” “No Dia do McLanche Feliz você faz sua parte social no mundo”. Essasimplicidade. Acredito que a propaganda não poderá mais vender as fórmulas mágicasde felicidade, mas auxiliar no processo de amadurecimento das pessoas. Mostrandoque os produtos são parte de muitas coisas na vida da gente, mas não são tudo.
  • 15. 5. Para ser bem-sucedida em 2020, como você acha que a publicidade temque evoluir?O papel da propaganda não é esse. Formar pessoas é processo da escola, família esociedade. Mas estamos em momento de muitas mudanças, um processo detransformação. Neste período turbulento não dá muito para seguir as definiçõesantigas. Logo mudarão e surgirão outras. Muito em breve novas instituições seformarão, novas profissões, processos produtivos, novas economias, até os modelosde família já dá sinais de mudanças. A propaganda vai mudar. A função da TV mudouem novas vidas, o papel da religião mudou, a internet virou nossas vidas de pernas proar. E se alguém disse que isso iria acontecer, pareceria bobagem. Acredito sim que apropaganda irá assumir um papel mais relevante na formação da cultura das pessoas.Ai penso novamente e percebo que este é muito mais o meu desejo de publicidade em2020 do que uma análise racional, baseada em fatos e tendência para o futuro.
  • 16. Rua Cândido Mariano, Cuiabá/MT“Fotos de Domingo” - daynascimento
  • 17. 6. Como você define a sua maneira de resolver problemas?Não quero evitar problemas que uma ideia inovadora possa trazer. Não. Dessesproblemas até gosto. Para resolver algum problema esclareço novamente os objetivosda ação – qualquer que seja. Depois elenco os pontos de importância direta. A soluçãodeve atender ao menor prejuízo para o objetivo.Mas resolver problemas significa que a pessoa já os tem. A minha maneira de resolveré evita-los. Sempre que possível. Na minha vida, nos planos de comunicação, nosrelacionamentos, nas finanças, sempre tento diminuir os riscos. Sabe aquele conselhode não andar de descalço no chão para não pegar gripe, ou morar relativamente longeda sogra, ou sempre alimentar o carinho com o marido, ou prever possíveis rejeiçõesdo conceito na campanha ou ter sempre um plano B? Todos esses conselhos eu sigo.Se for para ter problemas que seja com coisas realmente novas, importantes, quetragam também uma gratificação mais alta.
  • 18. 7. Qual a contradição que melhor define a sua vida?Faço planos, analiso, penso como agir. Leio muito sobre psicologia e comportamento esempre me observo. Tento descobrir o porquê de muitos comportamentos e crenças.Quando descubro, avalio se devo continuar com eles ou não.Tenho medo de atos falhos. Aqueles que fazemos “sem querer”, mas querendo. Umconceito mais forma seria como é um erro na fala, na memória ou numa ação físicacausada pelo inconsciente, em que nessa ação o desejo do inconsciente sejarealizado. Quando me esqueço de fazer algo que no fundo não queria fazer, soltar umsegredo que não queria guardar, falta uma palavra no texto ou coloco outras que nãodevia, e um medo de engravidar, pois sei que no fundo quero muito.Então, às vezes, ajo com muito cuidado, principalmente em assuntos delicados, paranão deixar o ato falho acontecer. Por definição, não se tem maneira de evitar o atofalho, por isso mesmo que se chama „falho‟. Enfim a contradição, evito o ato falho.
  • 19. 8. Por que você quer fazer o Bootcamp?Tenho um plano de carreira pensado. Não é fixo, tem muita margem para mudanças,para descobertas, para uma coragem repentina crescer e mudar tudo. Mas hoje, pensoque para avançar na área tenho que superar algumas dificuldades de nível criativo,técnico e comportamental.Percebo uma facilidade em entender pesquisas, números, estratégias de mercado.Mas muita dificuldade em transformar isso em insights criativo.Outra razão é melhorar a técnica, conhecer novas metodologias, outros processos,novos caminhos. Trabalho em um mercado que não tinha cultura de planejamento. Nãohá pessoas com experiências, e sinto muita falta de poder trocar, de conhecer pessoasque trabalham na área.Sobre a questão de comportamento, falta-me segurança. Não há alguém que conheçaou que possa acompanhar o trabalho de perto para que, de certa forma, espelhar-me.Tenho muitas dúvidas e, às vezes, por falta de referência, passo insegurança a equipe.
  • 20. 9. Invente uma palavra que possa ser adaptada para a linguagem cotidiana eque possa mudar a atitude cultural sobre um determinado tema.Jeitinho BrasileiroÉ o comportamento comum do brasileiro de aceitar quebrar regras. “Dar um jeitinhno”,“levar na malandragem” são expressões comuns para violar regras. Mudar ocomportamento de “aceitar” quebrar regras para que a falta de aceitação coletivapressione a não regrar regras. A intenção da expressão foi de demonstrar que essecomportamento causa prejuízo, que é mais sério do que as pessoas consideram.Sugestão: “Roubinho brasileiro” – expressão similar que demostra outra realidade –o “jeitinho” muitas vezes é também um roubo, um crime.

×