A Mortalidade Precoce e a Má Administração De Micro e Pequenas Empresas em Curitiba

  • 3,589 views
Uploaded on

Projeto de Pesquisa

Projeto de Pesquisa

  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Be the first to comment
No Downloads

Views

Total Views
3,589
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
0

Actions

Shares
Downloads
58
Comments
0
Likes
1

Embeds 0

No embeds

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
    No notes for slide

Transcript

  • 1. PONTÍFICIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DO PARANÁ
    CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM GESTÃO COMERCIAL
    A MORTALIDADE PRECOCE E A MÁ
    ADMINISTRAÇÃO DE MICRO E PEQUENAS
    EMPRESAS EM CURITIBA
    DAYANE JAKEL
    EVANDRO VOLUZ
    GABRIEL COVELLO
    LUANA BEATRIZ
    JULIANO DE LACERDA
    CURITIBA
    2010
    16/06/2010
    A MORTALIDADE PRECOCE E A MÁ ADMINISTRAÇÃO DE MICRO E PEQUENAS EMPRESAS EM CURITIBA
  • 2. A MORTALIDADE PRECOCE E A MÁ ADMINISTRAÇÃO DE MICRO E PEQUENAS
    EMPRESAS EM CURITIBA
    1. INTRODUÇÃO
     
    De alguns anos para cá, o empreendedorismo no Brasil tem sido crescente, tanto devido à globalização, que tem como conseqüência óbvia a entrada em novos mercados, como em decorrência da recente crise mundial, que atingiu ao mercado de trabalho com inúmeras notícias de demissão severa e pode ter estimulado às pessoas a porem em prática seus projetos e planos de negócios.
    Evolução da taxa de empreendedores novos no Brasil - 2001:2009
    16/06/2010
    A MORTALIDADE PRECOCE E A MÁ ADMINISTRAÇÃO DE MICRO E PEQUENAS EMPRESAS EM CURITIBA
  • 3. A MORTALIDADE PRECOCE E A MÁ ADMINISTRAÇÃO DE MICRO E PEQUENAS
    EMPRESAS EM CURITIBA
    1. INTRODUÇÃO
    Motivação para empreender no Brasil - 2001:2009
    16/06/2010
    A MORTALIDADE PRECOCE E A MÁ ADMINISTRAÇÃO DE MICRO E PEQUENAS EMPRESAS EM CURITIBA
  • 4. A MORTALIDADE PRECOCE E A MÁ ADMINISTRAÇÃO DE MICRO E PEQUENAS
    EMPRESAS EM CURITIBA
    Percepção de oportunidades e habilidades para iniciar um novo negócio no Brasil
    16/06/2010
    A MORTALIDADE PRECOCE E A MÁ ADMINISTRAÇÃO DE MICRO E PEQUENAS EMPRESAS EM CURITIBA
  • 5. A MORTALIDADE PRECOCE E A MÁ ADMINISTRAÇÃO DE MICRO E PEQUENAS
    EMPRESAS EM CURITIBA
    Micro e pequenas empresas
    Microempresa é um conceito criado pela Lei n. 7.256/84 e, atualmente, regulado pela Lei n. 9.841, de 5.10.99, que estabelece normas também para as empresas de pequeno porte, em atendimento ao disposto nos arts. 170 e 179 da Constituição Federal, favorecendo-as com tratamento diferenciado e simplificado nos campos administrativo, fiscal, previdenciário, trabalhista, creditício e de desenvolvimento empresarial.
    É considerada microempresa aquela cujo faturamento anual não ultrapasse o valor de 96.000 UFR - Unidade Fiscal de Referência ou outro limite que venha a ser alterado por nova lei. Em virtude de seu minúsculo porte, a microempresa tem a vantagem de precisar de poucos documentos e papéis relativos aos negócios realizados. (CHIAVENATO, 2008, p.48)
    16/06/2010
    A MORTALIDADE PRECOCE E A MÁ ADMINISTRAÇÃO DE MICRO E PEQUENAS EMPRESAS EM CURITIBA
  • 6. A MORTALIDADE PRECOCE E A MÁ ADMINISTRAÇÃO DE MICRO E PEQUENAS
    EMPRESAS EM CURITIBA
    Micro e pequenas empresas em Curitiba
    Inegavelmente as condições para as MPEs são mais favoráveis na cidade de Curitiba e região metropolitana que em outros pólos regionais, que funcionam como centros econômicos, políticos e universitários regionais. Curitiba dispõe das vantagens de urbanização que favorecem a diversificação econômica e maiores oportunidades empreendedoras em diferentes especializações, além do que é também uma região que sofre grande pressão migratória, repercutindo no empreendedorismo por necessidade da população desempregada ou subempregada. (SEBRAE, 2009, p 52)
    16/06/2010
    A MORTALIDADE PRECOCE E A MÁ ADMINISTRAÇÃO DE MICRO E PEQUENAS EMPRESAS EM CURITIBA
  • 7. A MORTALIDADE PRECOCE E A MÁ ADMINISTRAÇÃO DE MICRO E PEQUENAS
    EMPRESAS EM CURITIBA
    Micro e pequenas empresas em Curitiba
    Inegavelmente as condições para as MPEs são mais favoráveis na cidade de Curitiba e região metropolitana que em outros pólos regionais, que funcionam como centros econômicos, políticos e universitários regionais. Curitiba dispõe das vantagens de urbanização que favorecem a diversificação econômica e maiores oportunidades empreendedoras em diferentes especializações, além do que é também uma região que sofre grande pressão migratória, repercutindo no empreendedorismo por necessidade da população desempregada ou subempregada. (SEBRAE, 2009, p 52)
    Mapa do IDMPE no Paraná por categoria, 2009
    16/06/2010
  • 8. A MORTALIDADE PRECOCE E A MÁ ADMINISTRAÇÃO DE MICRO E PEQUENAS
    EMPRESAS EM CURITIBA
    Empreendedorismo
    Uma das definições mais bem aceitas hoje sobre o empreendedorismo é dada pelo estudioso do empreendedorismo, Robert Hirsch, em seu livro “Empreendedorismo”. Segundo ele, empreendedorismo é o processo de criar algo diferente e com valor, dedicando tempo e o esforço necessário, assumindo os riscos financeiros, psicológicos e sociais correspondentes e recebendo as conseqüentes recompensas da satisfação econômica e pessoal.
    16/06/2010
    A MORTALIDADE PRECOCE E A MÁ ADMINISTRAÇÃO DE MICRO E PEQUENAS EMPRESAS EM CURITIBA
  • 9. A MORTALIDADE PRECOCE E A MÁ ADMINISTRAÇÃO DE MICRO E PEQUENAS
    EMPRESAS EM CURITIBA
    Perfil Empreendedor
    O empreendedor tem como característica básica o espírito criativo e pesquisador. Ele está constantemente buscando novos caminhos e novas soluções, sempre tendo em vista as necessidades das pessoas. A essência do empresário de sucesso é a busca de novos negócios e oportunidades e a preocupação sempre presente com a melhoria do produto. (SEBRAE, 2009)
    16/06/2010
    A MORTALIDADE PRECOCE E A MÁ ADMINISTRAÇÃO DE MICRO E PEQUENAS EMPRESAS EM CURITIBA
  • 10. A MORTALIDADE PRECOCE E A MÁ ADMINISTRAÇÃO DE MICRO E PEQUENAS
    EMPRESAS EM CURITIBA
    Características
    As características de um empreendedor de sucesso são:
    16/06/2010
    A MORTALIDADE PRECOCE E A MÁ ADMINISTRAÇÃO DE MICRO E PEQUENAS EMPRESAS EM CURITIBA
  • 11. A MORTALIDADE PRECOCE E A MÁ ADMINISTRAÇÃO DE MICRO E PEQUENAS
    EMPRESAS EM CURITIBA
    2. OBJETIVOS
    Objetivo Geral
    - Avaliar a relação da mortalidade precoce de micro e pequenas empresas em Curitiba e a falta de conhecimento empreendedor.
     Objetivos específicos
    - Analisar o perfil do empreendedor das micro e pequenas empresas em Curitiba.
    - Citar as diferenças dos resultados conforme o ramo das micro e pequenas empresas curitibanas.
    16/06/2010
    A MORTALIDADE PRECOCE E A MÁ ADMINISTRAÇÃO DE MICRO E PEQUENAS EMPRESAS EM CURITIBA
  • 12. A MORTALIDADE PRECOCE E A MÁ ADMINISTRAÇÃO DE MICRO E PEQUENAS
    EMPRESAS EM CURITIBA
    3. MATERIAIS E EQUIPAMENTO
    Para o desenvolvimento da pesquisa utilizaremos o espaço físico da Biblioteca Central da PUC (seus livros e computadores) e folhas de sulfite para a confecção dos questionários que serão aplicados nos entrevistados.
    16/06/2010
    A MORTALIDADE PRECOCE E A MÁ ADMINISTRAÇÃO DE MICRO E PEQUENAS EMPRESAS EM CURITIBA
  • 13. A MORTALIDADE PRECOCE E A MÁ ADMINISTRAÇÃO DE MICRO E PEQUENAS
    EMPRESAS EM CURITIBA
    4. METODOLOGIA
    A pesquisa será descritiva, uma vez que iremos observar, analisar e relacionar fatos e acontecimentos da realidade. O estudo será realizado em micro e pequenas empresas que foram abertas em Curitiba no último ano, através de uma entrevista com seu proprietário.
    Essa entrevista será estruturada e buscará responder questões que envolvem o grau de escolaridade, faixa etária do empreendedor, qual sua experiência na área do negócio, motivo de abrir a empresa, origem do capital utilizado, fizeram algum tipo de planejamento antes de iniciar o negócio, meios de divulgação dos produtos, número de empregados e quais as dificuldades encontradas para manter o negócio (PESSOA, 2009, p. 12).
    Além desse levantamento de campo, utilizaremos a pesquisa bibliográfica para analisar os dados.
    16/06/2010
    A MORTALIDADE PRECOCE E A MÁ ADMINISTRAÇÃO DE MICRO E PEQUENAS EMPRESAS EM CURITIBA
  • 14. A MORTALIDADE PRECOCE E A MÁ ADMINISTRAÇÃO DE MICRO E PEQUENAS
    EMPRESAS EM CURITIBA
    5. CRONOGRAMA
    16/06/2010
    A MORTALIDADE PRECOCE E A MÁ ADMINISTRAÇÃO DE MICRO E PEQUENAS EMPRESAS EM CURITIBA
  • 15. A MORTALIDADE PRECOCE E A MÁ ADMINISTRAÇÃO DE MICRO E PEQUENAS
    EMPRESAS EM CURITIBA
    6. REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS
    DOLABELA, F. C. C. O segredo de Luísa: uma idéia, uma paixão e um plano de negócios: como nasce o empreendedor e se cria uma empresa. São Paulo: Cultura, 2004.
    FERNANDES, Daniel Von der Heyde. Orientação Empreendedora: um estudo sobre as conseqüências do empreendedorismo nas organizações. RAE- eletrônica - v. 7, n. 1, Art. 6, jan./jun. 2008. Extraido de www.fgv.br/raeeletronica em 13/06/10 as 20:30.
     GARTNER, W.Is there an elephant in entrepreneurship? Blind assumptions in theory development.EntrepreneurshipTheoryandPractice, v. 25, n. 4, p. 27-40, 2001.
     MENDES, Jerônimo. Fatores condicionantes de sucesso das pequenas e médias empresas na região metropolitana de Curitiba e sua contribuição para o desenvolvimento local. Dissertação -UniFAE - Centro Universitário Franciscano do Paraná. Curitiba, 2006. Extraído de www2.fae.edu/galeria em 14/06/2010 as 22:30.
     PESSOA, Raimundo Wellington Araújo. Perfil empreendedor em Aracati/CE.REAd – Edição 62 Vol 15 N° 1 jan-abr 2009. Extraído de www.read.adm.ufrgs.br em 20/05/2010 as 19:00. 
    SILVA, Geraldo BarbosaJúnior. O empirismo empresarial e o trabalho científico do administrador nas organizações. In: PROCAD, II, 2007, Salvador. Extraído de http://www.uesb.br/administracao/artigos/index.asp?tex=../artigos/artigos.html&topico=../artigos/topicos.html&bar=../artigos/barra.html em 13/06/10 as 21:15.
    16/06/2010
    A MORTALIDADE PRECOCE E A MÁ ADMINISTRAÇÃO DE MICRO E PEQUENAS EMPRESAS EM CURITIBA