Your SlideShare is downloading. ×
0
Dando o próximo passo nos seus relacionamentos: Persistindo em graph databases
Dando o próximo passo nos seus relacionamentos: Persistindo em graph databases
Dando o próximo passo nos seus relacionamentos: Persistindo em graph databases
Dando o próximo passo nos seus relacionamentos: Persistindo em graph databases
Dando o próximo passo nos seus relacionamentos: Persistindo em graph databases
Dando o próximo passo nos seus relacionamentos: Persistindo em graph databases
Dando o próximo passo nos seus relacionamentos: Persistindo em graph databases
Dando o próximo passo nos seus relacionamentos: Persistindo em graph databases
Dando o próximo passo nos seus relacionamentos: Persistindo em graph databases
Dando o próximo passo nos seus relacionamentos: Persistindo em graph databases
Dando o próximo passo nos seus relacionamentos: Persistindo em graph databases
Dando o próximo passo nos seus relacionamentos: Persistindo em graph databases
Dando o próximo passo nos seus relacionamentos: Persistindo em graph databases
Dando o próximo passo nos seus relacionamentos: Persistindo em graph databases
Dando o próximo passo nos seus relacionamentos: Persistindo em graph databases
Dando o próximo passo nos seus relacionamentos: Persistindo em graph databases
Dando o próximo passo nos seus relacionamentos: Persistindo em graph databases
Dando o próximo passo nos seus relacionamentos: Persistindo em graph databases
Dando o próximo passo nos seus relacionamentos: Persistindo em graph databases
Dando o próximo passo nos seus relacionamentos: Persistindo em graph databases
Dando o próximo passo nos seus relacionamentos: Persistindo em graph databases
Dando o próximo passo nos seus relacionamentos: Persistindo em graph databases
Dando o próximo passo nos seus relacionamentos: Persistindo em graph databases
Dando o próximo passo nos seus relacionamentos: Persistindo em graph databases
Dando o próximo passo nos seus relacionamentos: Persistindo em graph databases
Dando o próximo passo nos seus relacionamentos: Persistindo em graph databases
Dando o próximo passo nos seus relacionamentos: Persistindo em graph databases
Dando o próximo passo nos seus relacionamentos: Persistindo em graph databases
Dando o próximo passo nos seus relacionamentos: Persistindo em graph databases
Dando o próximo passo nos seus relacionamentos: Persistindo em graph databases
Dando o próximo passo nos seus relacionamentos: Persistindo em graph databases
Dando o próximo passo nos seus relacionamentos: Persistindo em graph databases
Dando o próximo passo nos seus relacionamentos: Persistindo em graph databases
Dando o próximo passo nos seus relacionamentos: Persistindo em graph databases
Dando o próximo passo nos seus relacionamentos: Persistindo em graph databases
Dando o próximo passo nos seus relacionamentos: Persistindo em graph databases
Dando o próximo passo nos seus relacionamentos: Persistindo em graph databases
Dando o próximo passo nos seus relacionamentos: Persistindo em graph databases
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Thanks for flagging this SlideShare!

Oops! An error has occurred.

×
Saving this for later? Get the SlideShare app to save on your phone or tablet. Read anywhere, anytime – even offline.
Text the download link to your phone
Standard text messaging rates apply

Dando o próximo passo nos seus relacionamentos: Persistindo em graph databases

1,224

Published on

Palestra apresentada por Adriano Almeida e eu no Oxenterails 2010. Demos uma breve introdução ao conceito de graph database e mostramos como usar o neo4j com ruby.

Palestra apresentada por Adriano Almeida e eu no Oxenterails 2010. Demos uma breve introdução ao conceito de graph database e mostramos como usar o neo4j com ruby.

Published in: Technology
0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total Views
1,224
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
2
Actions
Shares
0
Downloads
0
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

Report content
Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
No notes for slide






































  • Transcript

    • 1. Dando o próximo passo nos seus relacionamentos: Persistindo em graph databases Adriano Almeida David Paniz @adrianoalmeida7 @davidpaniz
    • 2. Adriano Almeida David Paniz @adrianoalmeida7 @davidpaniz
    • 3. http://browsertoolkit.com/fault-tolerance.png
    • 4. Por que relacional?
    • 5. Key/Value Baseados no paper da Amazon (Dynamo) http://s3.amazonaws.com/AllThingsDistributed/sosp/amazon-dynamo-sosp2007.pdf Implementações: Dynomite, Redis,Voldemort
    • 6. BigTable Baseados no paper do Google (BigTable) http://labs.google.com/papers/bigtable.html Implementações: BigTable, Hbase, HyperTable
    • 7. Document Inspirado na palestra do Tapajós Implementações: CouchDB, MongoDB
    • 8. Document Inspirado no Lotus Notes (IBM) Implementações: CouchDB, MongoDB
    • 9. Graph (yay) Inspirado na teoria de grafos - Euler Implementações: OrientDB, Neo4j
    • 10. - Justamente por esse ponto, nós sempre que precisamos representar algum tipo de relacionamento nós fazemos um desenho PARECIDO com um grafo. Por isso costumamos falar que grafos são Whiteboard Friendly, vc consegue representar suas ideias de forma bem fácil desenhando grafos, mas vc representa suas ideias desenhando tabelas e fks na lousa (logico que ha quem faz, mas acreditamos que existem formas mais faceis).
    • 11. Componentes
    • 12. Node (Nó) Pessoa
    • 13. Relationship (Relacionamento) viajou_para Pessoa
    • 14. Outro nó viajou_para Pessoa Lugar
    • 15. Property (Propriedade) viajou_para Pessoa Lugar nome Adriano cidade Natal idade 24 país Brasil
    • 16. Property (Propriedade) quando 06/08/2010 viajou_para Pessoa Lugar nome Adriano cidade Natal idade 24 país Brasil
    • 17. E daí?
    • 18. Binding JRuby
    • 19. API Rest
    • 20. #win
    • 21. #fail
    • 22. Obrigado Adriano Almeida David Paniz @adrianoalmeida7 @davidpaniz

    ×