• Share
  • Email
  • Embed
  • Like
  • Save
  • Private Content
Metodologias e métodos de investigação
 

Metodologias e métodos de investigação

on

  • 2,284 views

 

Statistics

Views

Total Views
2,284
Views on SlideShare
2,265
Embed Views
19

Actions

Likes
0
Downloads
23
Comments
0

1 Embed 19

http://meticulp.wordpress.com 19

Accessibility

Categories

Upload Details

Uploaded via as Microsoft PowerPoint

Usage Rights

CC Attribution License

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Processing…
Post Comment
Edit your comment

    Metodologias e métodos de investigação Metodologias e métodos de investigação Presentation Transcript

    • Metodologias deInvestigação CientíficaMetodologias e métodos de investigação David Lamas Universidade Lusófona, 2012
    • Metodologias• Essencialmente existem dois grandes paradigmas – O positivista • Que só aceita como conhecimento autêntico tudo o que pode ser positivamente verificado • Predominantemente quantitativo – O interpretativo • Que promove a interpretação contextualizada do mundo como forma de conhecimento autêntico • Predominantemente qualitativoFevereiro de 2012 Universidade Lusófona 2
    • Metodologias• O paradigma positivista é: – Predominantemente dedutivo – Baseado no método científico – Fundamentado na... • Observação, descrição, explicação e previsão da realidade – Também percebidas como descrição, controlo e previsão • Construção e validação de modelos e teorias da realidade • Percepção do investigador como observador externoFevereiro de 2012 Universidade Lusófona 3
    • Metodologias• O paradigma interpretativo é – Predominantemente indutivo ou abdutivo – Baseado na procura da compreensão profunda – Relacionado com teoria crítica – Fundamentado na... • Compreensão de sistemas sociotécnicos • Introdução de artefactos nos sistemas sociotécnicos com o propósito de modificar o seu comportamento • Percepção do investigador como participante internoFevereiro de 2012 Universidade Lusófona 4
    • Metodologias• Mas é importante perceber, que os dois paradigmas não são, necessariamente, mutuamente exclusivos – A combinação de abordagens é comumFevereiro de 2012 Universidade Lusófona 5
    • Metodologias• Exemplos de metodologias positivistas são... – As provas – As simulações – As experiências • No laboratório ou no mundo real – Os inquéritos – As observações – Os estudos de casoFevereiro de 2012 Universidade Lusófona 6
    • Metodologias• As metodologias positivistas procuram a verdade e podem ter como propósito... – A confirmação • Uma teoria existe, uma pergunta de pesquisa é formulada, uma hipótese é levantada, uma metodologia é selecionada e operacionalizada, a hipótese é testada e confirmada ou refutada – A exploração • A teoria não é clara, uma pergunta de pesquisa é formulada, uma metodologia é selecionada e operacionalizada, as hipótese são geradas mas não testadasFevereiro de 2012 Universidade Lusófona 7
    • Metodologias• Exemplos de metodologias interpretativas são... – A etnografia – A investigação ação – A investigação pelo design • E aqui existem muitas variantes – Os estudos de casoFevereiro de 2012 Universidade Lusófona 8
    • Metodologias• As metodologias interpretativas procuram a utilidade e podem ter como propósito... – A construção de artefactos • Que podem ser teorias, modelos, métodos ou mesmo implementações, produtos, serviçosFevereiro de 2012 Universidade Lusófona 9
    • Planeamento• Mas nenhuma metodologia é útil sem um planeamento adequado – Identificação de um problema relevante – Definição da pergunta de pesquisa – Seleção da metodologia a adoptar – Operacionalização da metodologia adoptada – Construção das respostas à pergunta de pesquisa – Apresentação e discussão dos resultadosFevereiro de 2012 Universidade Lusófona 10
    • tions, review of the literature, methodology, results, and conclusions. The research problem serves as the starting point for the research and is a unifying thread that runs throughout all the elements of the research endeavor (Leedy & Ormrod, 2005). Kerlinger and Lee (2000) noted that Planeamento “without some sort of statement of problem, the scientist can rarely go further and expect the work to be fruitful” (p. 15). A viable research problem is usually noted at the introduction of the research manuscript to identify why the study is important (Creswell, 2005). Research Topic Goals Research Questions/Hypotheses Answers Determine Addresses Delimits Conclusions Research Methodology Problem Permit Produces Results Supports & Validates All Literature ReviewFevereiro de 2012 Figure 1: Conceptual Map of the Problem-Based Research Cycle Universidade Lusófona 11 19