Mobile as a Service Roberto Dariva   Diretor Executivo Navita Membro do Conselho Zartana.com
A experiência na Prática – Zartana.com <ul><li>Software re-escrito em 2005 </li></ul><ul><li>Computação em Grid/Cloud Comp...
A experiência na Prática – Zartana.com
A experiência na Prática – Navita <ul><li>Navita Mobile PME </li></ul><ul><li>Prestes a ser lançado como MaaS </li></ul><u...
O  NEGÓCIO  SaaS <ul><li>Se não </li></ul><ul><li>Funciona, </li></ul><ul><li>morre!  </li></ul><ul><li>Troca-se! </li></u...
O  NEGÓCIO  SaaS <ul><li>Ecossistema totalmente novo!  </li></ul>Vendas, canais, marketing, tecnologia...
O  NEGÓCIO  SaaS <ul><li>Alto volume de clientes </li></ul>
O  NEGÓCIO  SaaS <ul><li>Como geralmente se compõe o valor de um Software como Serviço? </li></ul><ul><li>Usuários + </li>...
A  OPORTUNIDADE  SaaS <ul><li>Economia boa (Investment Grade) </li></ul><ul><li>PMEs compradoras, mas soluções Enterprise ...
A  ARQUITETURA  SaaS <ul><li>Robustez (Grid, Cloud computing, SOA, etc) </li></ul><ul><li>Escala (muitos usuários simultân...
O  SUPORTE  SaaS Monitoramento 24x7 8x5 Fone Chat Web Português Inglês Espanhol Perfeito!  Ativo Reativo Imagem de Yuri Ar...
A  SEGURANÇA  SaaS <ul><li>Segurança do ambiente </li></ul><ul><li>Segurança dos dados  de clientes </li></ul><ul><li>Segu...
Os  BENEFÍCIOS  SaaS para o  CLIENTE <ul><li>Alta disponibilidade (cluster, LB, etc) </li></ul><ul><li>Muitos clientes = M...
As  VANTAGENS  para o  FORNECEDOR <ul><li>Atualização de software centralizada </li></ul><ul><li>Fácil manutenção (infra ú...
O  DESAFIO  para o  CLIENTE <ul><li>Sua conectividade  tem que funcionar </li></ul><ul><li>Segurança  (certifique-se antes...
O  DESAFIO  para o  FORNECEDOR <ul><li>É mais difícil desenvolver SaaS que o modelo tradicional (P&D, vendas, etc) </li></...
MaaS – Mobile as a Service <ul><li>Muitos Modelos de terminais </li></ul>
MaaS – Mobile as a Service <ul><li>Muitas Operadoras </li></ul>
MaaS – Mobile as a Service <ul><li>Muitas Tecnologias </li></ul><ul><li>CDMA </li></ul><ul><li>GSM </li></ul><ul><li>WAP <...
Por que Mobile as a Service? <ul><li>Brasil:133 mi celulares (jun/2008) </li></ul><ul><li>Começando a 3G (crescimento) </l...
Upcoming SlideShare
Loading in …5
×

Roberto Dariva - Mobile As A Service

839 views
784 views

Published on

Palestra ministrada por Roberto Dariva em agosto de 2008

Published in: Technology
0 Comments
1 Like
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

No Downloads
Views
Total views
839
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
2
Actions
Shares
0
Downloads
0
Comments
0
Likes
1
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Roberto Dariva - Mobile As A Service

  1. 1. Mobile as a Service Roberto Dariva Diretor Executivo Navita Membro do Conselho Zartana.com
  2. 2. A experiência na Prática – Zartana.com <ul><li>Software re-escrito em 2005 </li></ul><ul><li>Computação em Grid/Cloud Computing </li></ul><ul><li>+ de 100 clientes em 1 ano de operação comercial. </li></ul><ul><li>2 milhão de e-mails / hora </li></ul><ul><li>99,99% de disponibilidade e 100% SaaS </li></ul>
  3. 3. A experiência na Prática – Zartana.com
  4. 4. A experiência na Prática – Navita <ul><li>Navita Mobile PME </li></ul><ul><li>Prestes a ser lançado como MaaS </li></ul><ul><li>Canais de vendas firmados </li></ul><ul><li>Colocação de pedidos (celular) </li></ul><ul><li>Ampliação América Latina rápida!! </li></ul>
  5. 5. O NEGÓCIO SaaS <ul><li>Se não </li></ul><ul><li>Funciona, </li></ul><ul><li>morre! </li></ul><ul><li>Troca-se! </li></ul><ul><li>Manda-se </li></ul><ul><li>Embora! </li></ul>
  6. 6. O NEGÓCIO SaaS <ul><li>Ecossistema totalmente novo! </li></ul>Vendas, canais, marketing, tecnologia...
  7. 7. O NEGÓCIO SaaS <ul><li>Alto volume de clientes </li></ul>
  8. 8. O NEGÓCIO SaaS <ul><li>Como geralmente se compõe o valor de um Software como Serviço? </li></ul><ul><li>Usuários + </li></ul><ul><li>Tráfego + </li></ul><ul><li>Storage + </li></ul><ul><li>Funcionalidades + </li></ul><ul><li>SLAs ( pay per use ) + </li></ul><ul><li>Margem </li></ul>
  9. 9. A OPORTUNIDADE SaaS <ul><li>Economia boa (Investment Grade) </li></ul><ul><li>PMEs compradoras, mas soluções Enterprise ainda são caras </li></ul><ul><li>Usabilidade X treinamento (remoto) </li></ul><ul><li>Investir em SaaS não vai contra padrões e não exige esforço de TI </li></ul>
  10. 10. A ARQUITETURA SaaS <ul><li>Robustez (Grid, Cloud computing, SOA, etc) </li></ul><ul><li>Escala (muitos usuários simultâneos) </li></ul><ul><li>Suporte a cluster, failover, LB </li></ul><ul><li>Evolução ≠ correção de erros </li></ul><ul><li>Não é o velho software cobrado como aluguel! É um software novo! </li></ul>
  11. 11. O SUPORTE SaaS Monitoramento 24x7 8x5 Fone Chat Web Português Inglês Espanhol Perfeito! Ativo Reativo Imagem de Yuri Arcus
  12. 12. A SEGURANÇA SaaS <ul><li>Segurança do ambiente </li></ul><ul><li>Segurança dos dados de clientes </li></ul><ul><li>Segurança física </li></ul><ul><li>Auditoria de tudo! </li></ul><ul><li>Uma invasão = todos os clientes </li></ul>
  13. 13. Os BENEFÍCIOS SaaS para o CLIENTE <ul><li>Alta disponibilidade (cluster, LB, etc) </li></ul><ul><li>Muitos clientes = Muita inovação </li></ul><ul><li>Atualização constante </li></ul><ul><li>Redução de custos (infra, TI, manutenção, etc) </li></ul>
  14. 14. As VANTAGENS para o FORNECEDOR <ul><li>Atualização de software centralizada </li></ul><ul><li>Fácil manutenção (infra única) </li></ul><ul><li>Contribuição dos clientes (melhorias) </li></ul><ul><li>Cada vez menos “IT pain” </li></ul><ul><li>Evolução e inovação mais rápidas </li></ul>
  15. 15. O DESAFIO para o CLIENTE <ul><li>Sua conectividade tem que funcionar </li></ul><ul><li>Segurança (certifique-se antes) </li></ul><ul><li>Não é 100% customizável </li></ul><ul><li>Integração </li></ul>
  16. 16. O DESAFIO para o FORNECEDOR <ul><li>É mais difícil desenvolver SaaS que o modelo tradicional (P&D, vendas, etc) </li></ul><ul><li>O investimento é maior! E o retorno é mais demorado. </li></ul><ul><li>O esforço de marketing é maior e é mais fácil perder(/manter) clientes! </li></ul><ul><li>Nem tão simples, nem tão fácil! </li></ul>
  17. 17. MaaS – Mobile as a Service <ul><li>Muitos Modelos de terminais </li></ul>
  18. 18. MaaS – Mobile as a Service <ul><li>Muitas Operadoras </li></ul>
  19. 19. MaaS – Mobile as a Service <ul><li>Muitas Tecnologias </li></ul><ul><li>CDMA </li></ul><ul><li>GSM </li></ul><ul><li>WAP </li></ul><ul><li>HTML </li></ul><ul><li>Java, .net, C++ </li></ul><ul><li>BlackBerry </li></ul><ul><li>Iphone (Objective C), ... </li></ul>Não existe padrão Tecnológico para A Mobilidade!
  20. 20. Por que Mobile as a Service? <ul><li>Brasil:133 mi celulares (jun/2008) </li></ul><ul><li>Começando a 3G (crescimento) </li></ul><ul><li>Celular ~24h/dia com o usuário </li></ul><ul><li>Celulares => Smartphones => Terminais da rede da empresa </li></ul>

×