LINKED DATA:da Web de Documentos para     a Web de Dados                     Danusa Ribeiro                     Bernadette...
V ERCEMAPI - Escola Regional de Computação Ceará, Maranhão e Piauí.   2     como tudo Começou?
V ERCEMAPI - Escola Regional de Computação Ceará, Maranhão e Piauí.         3Os dados viviam isolados em ilhas de informaç...
V ERCEMAPI - Escola Regional de Computação Ceará, Maranhão e Piauí.          4Para solucionar esses problemas, os dados co...
V ERCEMAPI - Escola Regional de Computação Ceará, Maranhão e Piauí.   5Com o passar do tempo, os bancos de dados foram seo...
V ERCEMAPI - Escola Regional de Computação Ceará, Maranhão e Piauí.   6... com o passar dos anos, eis que surgiu:         ...
V ERCEMAPI - Escola Regional de Computação Ceará, Maranhão e Piauí.   7    “A ideia é que a máquina consigaentender e inte...
V ERCEMAPI - Escola Regional de Computação Ceará, Maranhão e Piauí.   8A Web organiza as informações disponíveis na   Inte...
V ERCEMAPI - Escola Regional de Computação Ceará, Maranhão e Piauí.   9                          a Web atualPáginas     d...
V ERCEMAPI - Escola Regional de Computação Ceará, Maranhão e Piauí.                                   10... Daí, volume de...
V ERCEMAPI - Escola Regional de Computação Ceará, Maranhão e Piauí.   11                          a Web atual   Porque os ...
V ERCEMAPI - Escola Regional de Computação Ceará, Maranhão e Piauí.   12                     a Web atual...               ...
V ERCEMAPI - Escola Regional de Computação Ceará, Maranhão e Piauí.   13                        web Sintática  mecanismos ...
14
V ERCEMAPI - Escola Regional de Computação Ceará, Maranhão e Piauí.   15... masnem todos os dados podem ser encontrados p...
V ERCEMAPI - Escola Regional de Computação Ceará, Maranhão e Piauí.   16O que fazer para transformar a Web em um    verdad...
V ERCEMAPI - Escola Regional de Computação Ceará, Maranhão e Piauí.   17Então, Tim Berners Lee teve mais umabrilhante idei...
V ERCEMAPI - Escola Regional de Computação Ceará, Maranhão e Piauí.   18                       Web SemânticaRepresentar o ...
V ERCEMAPI - Escola Regional de Computação Ceará, Maranhão e Piauí.   19Aaaaaagora sim...os dados não precisam mais viver ...
V ERCEMAPI - Escola Regional de Computação Ceará, Maranhão e Piauí.   20Tááá legal, mas onde entra Linked Data            ...
V ERCEMAPI - Escola Regional de Computação Ceará, Maranhão e Piauí.   21Conjunto de melhores práticas para a publicação de...
V ERCEMAPI - Escola Regional de Computação Ceará, Maranhão e Piauí.           22     Arquitetura da Web Clássica          ...
V ERCEMAPI - Escola Regional de Computação Ceará, Maranhão e Piauí.        23                       Web APIs e Mashups    ...
V ERCEMAPI - Escola Regional de Computação Ceará, Maranhão e Piauí.   24 Reproduzido de www.economist.com (illustration by...
V ERCEMAPI - Escola Regional de Computação Ceará, Maranhão e Piauí.     25                            Linked Data         ...
V ERCEMAPI - Escola Regional de Computação Ceará, Maranhão e Piauí.   26Contextualizando.... Web de Documentos            ...
V ERCEMAPI - Escola Regional de Computação Ceará, Maranhão e Piauí.   27                 Padrões Linked Data• URIs – Unifo...
V ERCEMAPI - Escola Regional de Computação Ceará, Maranhão e Piauí.       28                       Padrões Linked Data   •...
V ERCEMAPI - Escola Regional de Computação Ceará, Maranhão e Piauí.   29                 Padrões Linked Data• URIs – Unifo...
V ERCEMAPI - Escola Regional de Computação Ceará, Maranhão e Piauí.   30                 Padrões Linked Data• HTTP – Hyper...
V ERCEMAPI - Escola Regional de Computação Ceará, Maranhão e Piauí.   31                 Padrões Linked Data• HTTP – Hyper...
V ERCEMAPI - Escola Regional de Computação Ceará, Maranhão e Piauí.      32             Padrões Linked Data               ...
V ERCEMAPI - Escola Regional de Computação Ceará, Maranhão e Piauí.   33                 Padrões Linked Data• RDF – Resour...
V ERCEMAPI - Escola Regional de Computação Ceará, Maranhão e Piauí.   34                 Padrões Linked Data• RDF – Resour...
V ERCEMAPI - Escola Regional de Computação Ceará, Maranhão e Piauí.        35id       title                        profess...
V ERCEMAPI - Escola Regional de Computação Ceará, Maranhão e Piauí.   36Os dados podem ser distribuídos em:               ...
V ERCEMAPI - Escola Regional de Computação Ceará, Maranhão e Piauí.         37    03        BD I                        Be...
V ERCEMAPI - Escola Regional de Computação Ceará, Maranhão e Piauí.         38                          Padrões Linked Dat...
V ERCEMAPI - Escola Regional de Computação Ceará, Maranhão e Piauí.   39  title                         1                 ...
V ERCEMAPI - Escola Regional de Computação Ceará, Maranhão e Piauí.   40                 ... e agora??? Quem é quem?title ...
V ERCEMAPI - Escola Regional de Computação Ceará, Maranhão e Piauí.   41           title                                  ...
V ERCEMAPI - Escola Regional de Computação Ceará, Maranhão e Piauí.   42   Iiiihhhhhhh... Agora complicou =(  Como eu vou ...
V ERCEMAPI - Escola Regional de Computação Ceará, Maranhão e Piauí.   43Quer dizer então que eu preciso ter uma maneiraglo...
V ERCEMAPI - Escola Regional de Computação Ceará, Maranhão e Piauí.   44            Nós precisamos de triplas!     subject...
V ERCEMAPI - Escola Regional de Computação Ceará, Maranhão e Piauí.   45 Várias triplas podem fazer referência a uma      ...
V ERCEMAPI - Escola Regional de Computação Ceará, Maranhão e Piauí.   46Triplas de diferentes fontes podem ser facilmente ...
V ERCEMAPI - Escola Regional de Computação Ceará, Maranhão e Piauí.   47                 Padrões Linked Data• SPARQLé a li...
V ERCEMAPI - Escola Regional de Computação Ceará, Maranhão e Piauí.   48                  Padrões Linked Data• SPARQL• Sel...
V ERCEMAPI - Escola Regional de Computação Ceará, Maranhão e Piauí.   49uma consulta que retorna o  escritor queescreveu o...
V ERCEMAPI - Escola Regional de Computação Ceará, Maranhão e Piauí.   50                Princípios Linked Data1   Usar URI...
V ERCEMAPI - Escola Regional de Computação Ceará, Maranhão e Piauí.   51                                                  ...
V ERCEMAPI - Escola Regional de Computação Ceará, Maranhão e Piauí.   52                                                  ...
V ERCEMAPI - Escola Regional de Computação Ceará, Maranhão e Piauí.   53                  rdf: type                       ...
V ERCEMAPI - Escola Regional de Computação Ceará, Maranhão e Piauí.   54poxa.... E isso já é realidade? Já existem dados n...
V ERCEMAPI - Escola Regional de Computação Ceará, Maranhão e Piauí.   55Fundado em janeiro de 2007 e apoiado pelo         ...
V ERCEMAPI - Escola Regional de Computação Ceará, Maranhão e Piauí.   56
V ERCEMAPI - Escola Regional de Computação Ceará, Maranhão e Piauí.   57... e como eu posso publicar dados na Web de Dados...
V ERCEMAPI - Escola Regional de Computação Ceará, Maranhão e Piauí.   58           Como publicar...Passo 1     Criação de ...
V ERCEMAPI - Escola Regional de Computação Ceará, Maranhão e Piauí.       59               Como publicar...Passo 1• Usar U...
V ERCEMAPI - Escola Regional de Computação Ceará, Maranhão e Piauí.   60               Como publicar...Passo 1• Manter as ...
V ERCEMAPI - Escola Regional de Computação Ceará, Maranhão e Piauí.   61           Como publicar...Passo 2     Usar URIs d...
V ERCEMAPI - Escola Regional de Computação Ceará, Maranhão e Piauí.   62             Como publicar...Passo 2    É o proces...
V ERCEMAPI - Escola Regional de Computação Ceará, Maranhão e Piauí.        63              Como publicar...Passo 2   A rec...
V ERCEMAPI - Escola Regional de Computação Ceará, Maranhão e Piauí.   64           Como publicar...Passo 2              Du...
V ERCEMAPI - Escola Regional de Computação Ceará, Maranhão e Piauí.   65            Como publicar...Passo 2   303 é um cód...
V ERCEMAPI - Escola Regional de Computação Ceará, Maranhão e Piauí.       66GET /resource/Berlin HTTP/1.1Host: dbpedia.org...
V ERCEMAPI - Escola Regional de Computação Ceará, Maranhão e Piauí.   67             Como publicar...Passo 2              ...
V ERCEMAPI - Escola Regional de Computação Ceará, Maranhão e Piauí.                68GET /vocab/sme HTTP/1.1Host: bidlynx....
V ERCEMAPI - Escola Regional de Computação Ceará, Maranhão e Piauí.   69           Como publicar...Passo 3              Cr...
V ERCEMAPI - Escola Regional de Computação Ceará, Maranhão e Piauí.   70           Como publicar...Passo 3devem ser criado...
V ERCEMAPI - Escola Regional de Computação Ceará, Maranhão e Piauí.   71           Como publicar...Passo 3devem ser criado...
V ERCEMAPI - Escola Regional de Computação Ceará, Maranhão e Piauí.   72           Como publicar...Passo 3                ...
V ERCEMAPI - Escola Regional de Computação Ceará, Maranhão e Piauí.   73              Como publicar...Passo 3             ...
V ERCEMAPI - Escola Regional de Computação Ceará, Maranhão e Piauí.   74           Como publicar...Passo 3Sujeito: http://...
V ERCEMAPI - Escola Regional de Computação Ceará, Maranhão e Piauí.   75             Como publicar...Passo 3Ao se criar li...
V ERCEMAPI - Escola Regional de Computação Ceará, Maranhão e Piauí.   76              Como publicar...Passo 3• Friend-of-a...
V ERCEMAPI - Escola Regional de Computação Ceará, Maranhão e Piauí.   77            Como publicar...Passo 4Explicitar form...
V ERCEMAPI - Escola Regional de Computação Ceará, Maranhão e Piauí.   78           Como publicar...Passo 4  Para acessar o...
V ERCEMAPI - Escola Regional de Computação Ceará, Maranhão e Piauí.   79             Como publicar...Passo 4 SPARQL endpoi...
V ERCEMAPI - Escola Regional de Computação Ceará, Maranhão e Piauí.   80É preciso seguir algum padrão para   publicar dado...
V ERCEMAPI - Escola Regional de Computação Ceará, Maranhão e Piauí.   81Sim!!! Publicando os dados em RDF... Converter pla...
V ERCEMAPI - Escola Regional de Computação Ceará, Maranhão e Piauí.   82Publicando os dados em RDF.... Conversão!!!Após a ...
V ERCEMAPI - Escola Regional de Computação Ceará, Maranhão e Piauí.   83Publicando os dados em RDF.... Conversão!!!       ...
V ERCEMAPI - Escola Regional de Computação Ceará, Maranhão e Piauí.   84Publicando os dados em RDF.... Visão!!!           ...
V ERCEMAPI - Escola Regional de Computação Ceará, Maranhão e Piauí.   85Publicando os dados em RDF.... Visão!!!    Vantage...
V ERCEMAPI - Escola Regional de Computação Ceará, Maranhão e Piauí.   86Publicando os dados em RDF.... Visão!!!• O RDB-to-...
V ERCEMAPI - Escola Regional de Computação Ceará, Maranhão e Piauí.   87             E como fazemos isso?                 ...
V ERCEMAPI - Escola Regional de Computação Ceará, Maranhão e Piauí.   88Publicando os dados em RDF.... Validação!!!   Após...
V ERCEMAPI - Escola Regional de Computação Ceará, Maranhão e Piauí.   89Após os dados serem publicados seguindo os princíp...
V ERCEMAPI - Escola Regional de Computação Ceará, Maranhão e Piauí.   90       Consumo de dados ligados                   ...
V ERCEMAPI - Escola Regional de Computação Ceará, Maranhão e Piauí.       91                               Piggy Bank     ...
V ERCEMAPI - Escola Regional de Computação Ceará, Maranhão e Piauí.   92Marbles
V ERCEMAPI - Escola Regional de Computação Ceará, Maranhão e Piauí.   93                                FalconsSwoogle    ...
V ERCEMAPI - Escola Regional de Computação Ceará, Maranhão e Piauí.   94
V ERCEMAPI - Escola Regional de Computação Ceará, Maranhão e Piauí.   95
V ERCEMAPI - Escola Regional de Computação Ceará, Maranhão e Piauí.     96                                       Revyu    ...
V ERCEMAPI - Escola Regional de Computação Ceará, Maranhão e Piauí.   97    BBCProgrammes
V ERCEMAPI - Escola Regional de Computação Ceará, Maranhão e Piauí.   98                     DBpedia Mobile
V ERCEMAPI - Escola Regional de Computação Ceará, Maranhão e Piauí.   99Tarefa para casa...• http://www.foaf-project.org/•...
V ERCEMAPI - Escola Regional de Computação Ceará, Maranhão e Piauí.   100Conclusões ...     árdua a tarefa de prover meios...
V ERCEMAPI - Escola Regional de Computação Ceará, Maranhão e Piauí.   101Conclusões ... espera-se que o uso dos princípios...
V ERCEMAPI - Escola Regional de Computação Ceará, Maranhão e Piauí.   102Grande Desafio ...Adoção dos Princípios Linked Da...
V ERCEMAPI - Escola Regional de Computação Ceará, Maranhão e Piauí.   103          Obrigada!!!                     Danusa ...
V ERCEMAPI - Escola Regional de Computação Ceará, Maranhão e Piauí.     104Referências• [Allemang & Hendler 2008] Allemang...
V ERCEMAPI - Escola Regional de Computação Ceará, Maranhão e Piauí.           105Referências• [Cheg & Qu 2011] Cheng, G., ...
V ERCEMAPI - Escola Regional de Computação Ceará, Maranhão e Piauí.           106Referências• [Klyne et al 2004] Klyne, G....
Upcoming SlideShare
Loading in …5
×

Linked Data: da Web de Documentos para a Web de Dados

1,564 views
1,492 views

Published on

Published in: Technology
0 Comments
1 Like
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

No Downloads
Views
Total views
1,564
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
5
Actions
Shares
0
Downloads
64
Comments
0
Likes
1
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Linked Data: da Web de Documentos para a Web de Dados

  1. 1. LINKED DATA:da Web de Documentos para a Web de Dados Danusa Ribeiro Bernadette Lóscio Damires Souza V ERCEMAPI - Escola Regional de Computação Ceará, Maranhão e Piauí.
  2. 2. V ERCEMAPI - Escola Regional de Computação Ceará, Maranhão e Piauí. 2 como tudo Começou?
  3. 3. V ERCEMAPI - Escola Regional de Computação Ceará, Maranhão e Piauí. 3Os dados viviam isolados em ilhas de informação <....> <....> <....> <....> <....> <....> <....> <....> <....> <....> <....> <....> <....> <....> <....> <....> <....> <....> <....> <....> <....> <....> <....> <....> <....> <....> <....> <....> <....> <....> <....> <....> <....> <....> <....> <....> <....> <....> <....> <....> <....> <....> <....> <....> <....> <....> <....> <....>Os dados eram guardados em arquivos e tinham muitos problemas de redundância entre si.
  4. 4. V ERCEMAPI - Escola Regional de Computação Ceará, Maranhão e Piauí. 4Para solucionar esses problemas, os dados começaram a se organizar em banco de dados. projeto eng. livro editora dept autor prod venda item
  5. 5. V ERCEMAPI - Escola Regional de Computação Ceará, Maranhão e Piauí. 5Com o passar do tempo, os bancos de dados foram seorganizando em grupos e daí surgiram os sistemasde bancos de dados distribuídos e as federaçõesde bancos de dados.
  6. 6. V ERCEMAPI - Escola Regional de Computação Ceará, Maranhão e Piauí. 6... com o passar dos anos, eis que surgiu: a World Wide Web Criada por Tim Berners Lee.
  7. 7. V ERCEMAPI - Escola Regional de Computação Ceará, Maranhão e Piauí. 7 “A ideia é que a máquina consigaentender e interpretar os dados da Web de forma a raciocinar sobre eles, inferindo novos conhecimento e provendo informações e serviços relevantes aos usuários” The World Wide Web: Past, Present and Future Tim Berners-Lee Agosto, 1996
  8. 8. V ERCEMAPI - Escola Regional de Computação Ceará, Maranhão e Piauí. 8A Web organiza as informações disponíveis na Internet por meio de hipertexto e torna a interação do usuário com a rede mundial mais amigável.
  9. 9. V ERCEMAPI - Escola Regional de Computação Ceará, Maranhão e Piauí. 9 a Web atualPáginas direcionadas para pessoas e não para oprocessamento O principal foco é apresentação de informaçõesO processo de interpretação é feito pelos usuários
  10. 10. V ERCEMAPI - Escola Regional de Computação Ceará, Maranhão e Piauí. 10... Daí, volume de dados digitais cresceuimensamente e a Web tornou-se um espaçoglobal de informações. <....> Páginas <....> <....> <....> <....> <....> HTML <....> <....> <....> <....> <....> <....> <....> <....> <....> <....> <....> <....> <....> <....> <....> <....> <....> <....> <....> <....> <....> <....> <....> <....> <....> <....> <....> <....> <....> <....> <....> <....> <....> <....> <....> <....> <....> <....> <....> <....> <....> <....> <....> <....><....> <....> <....> <....> <....> <....><....> <....> <....> <....> <....> <....> <....>
  11. 11. V ERCEMAPI - Escola Regional de Computação Ceará, Maranhão e Piauí. 11 a Web atual Porque os computadores não conseguem interpretar as informações?...faltam informações sobre as Páginas =(
  12. 12. V ERCEMAPI - Escola Regional de Computação Ceará, Maranhão e Piauí. 12 a Web atual... é apenas Sintática.
  13. 13. V ERCEMAPI - Escola Regional de Computação Ceará, Maranhão e Piauí. 13 web Sintática mecanismos de busca baseados em palavras-chaveGrande número de páginas com pouca precisão Informações distribuídas em várias páginas e integração manual
  14. 14. 14
  15. 15. V ERCEMAPI - Escola Regional de Computação Ceará, Maranhão e Piauí. 15... masnem todos os dados podem ser encontrados por meio dos mecanismos de buscanão é possível especificar consultas complexas sobre os dadosassim como no tempo dos arquivos, os dados na Web ainda vivem isolados uns dos outros
  16. 16. V ERCEMAPI - Escola Regional de Computação Ceará, Maranhão e Piauí. 16O que fazer para transformar a Web em um verdadeiro espaço global de dados? aumentar a estrutura do conteúdo da Web ? prover significado para os dados ? estabelecer padrões para a publicação de dados e criação de links entre eles ?
  17. 17. V ERCEMAPI - Escola Regional de Computação Ceará, Maranhão e Piauí. 17Então, Tim Berners Lee teve mais umabrilhante ideia... “The Semantic Web is the extension of the World Wide Web that enables people to sharecontent beyond the boundaries of applications and websites. It has been described in rather different ways: as a utopic vision, as a web ofdata, or merely as a natural paradigm shift in our daily use of the Web.” semanticweb.org
  18. 18. V ERCEMAPI - Escola Regional de Computação Ceará, Maranhão e Piauí. 18 Web SemânticaRepresentar o conteúdo da Web para facilitar o seuprocessamento Categorizar as informações para facilitar o acesso os dados estão mais ricos, são associados a vocabulários e possuem um significado
  19. 19. V ERCEMAPI - Escola Regional de Computação Ceará, Maranhão e Piauí. 19Aaaaaagora sim...os dados não precisam mais viver isolados epodem ser compartilhados por diversasaplicações os dados, agora chamados de recursos, são únicos e possuem a sua própria identificação na Web!
  20. 20. V ERCEMAPI - Escola Regional de Computação Ceará, Maranhão e Piauí. 20Tááá legal, mas onde entra Linked Data nessa história?
  21. 21. V ERCEMAPI - Escola Regional de Computação Ceará, Maranhão e Piauí. 21Conjunto de melhores práticas para a publicação de dados estruturados na Web. “Linked Data is about using the Web to connect related data that wasnt previously linked, or usingthe Web to lower the barriers to linking data currently linked using other methods.” linkeddata.org"a term used to describe a recommended best practicefor exposing, sharing, and connecting pieces of data, information, and knowledge on the Semantic Web using URIs and RDF.” wikipedia
  22. 22. V ERCEMAPI - Escola Regional de Computação Ceará, Maranhão e Piauí. 22 Arquitetura da Web Clássica Máquinas Navegadores de Busca <....> <....> <....> <....> <....> <....> <....> <....> <....> <....> <....> <....> <....> <....> <....> <....> <....> <....> <....> <....> <....> <....> <....> <....> <....> <....> <....> Hiperlinks A B C
  23. 23. V ERCEMAPI - Escola Regional de Computação Ceará, Maranhão e Piauí. 23 Web APIs e Mashups 1 APIs tem interface proprietárias Mashups 2 Mashups são baseados em um conjunto fixo de fontes de dados 3 Não se pode „linkar‟ item de dados de APIs diferentes<....> <....> <....><....> Web APIs <....> Web APIs <....><....> <....> <....> A B C
  24. 24. V ERCEMAPI - Escola Regional de Computação Ceará, Maranhão e Piauí. 24 Reproduzido de www.economist.com (illustration by David Simonds)
  25. 25. V ERCEMAPI - Escola Regional de Computação Ceará, Maranhão e Piauí. 25 Linked Data RDF Link RDF Link RDF RDF RDF RDF RDFLink RDF RDF Link RDF RDF RDF RDF
  26. 26. V ERCEMAPI - Escola Regional de Computação Ceará, Maranhão e Piauí. 26Contextualizando.... Web de Documentos Web de Dados Navegadores HTML Navegadores RDF (HyperText Markup (Resource Description Language) Framework) hiperlinks links RDF URIs, HTTP, HTML URIs, HTTP, RDF, SPARQL
  27. 27. V ERCEMAPI - Escola Regional de Computação Ceará, Maranhão e Piauí. 27 Padrões Linked Data• URIs – Uniform Resource IdentifiersURI é uma cadeia de caracteres compacta usada paraidentificar ou denominar um recurso na Internet, onde um recurso pode ser um documento html, uma figura ou uma pessoa.O principal propósito desta identificação é permitir ainteração com representações do recurso através de uma rede, tipicamente a Web, usando protocolos específicos.
  28. 28. V ERCEMAPI - Escola Regional de Computação Ceará, Maranhão e Piauí. 28 Padrões Linked Data • URIs – Uniform Resource Identifiers URL URN Identifica o Item Localiza o itemISBN: 0-486-27557-4 file://home/Desktop/RomeoAndJuliet.pdf Livro Romeu e Julieta
  29. 29. V ERCEMAPI - Escola Regional de Computação Ceará, Maranhão e Piauí. 29 Padrões Linked Data• URIs – Uniform Resource Identifiers identificar objetos e conceitosPor exemplo, a URI http://www.w3.org/People/Berners- Lee/card#i identifia o pesquisador Tim Bernes-Lee.
  30. 30. V ERCEMAPI - Escola Regional de Computação Ceará, Maranhão e Piauí. 30 Padrões Linked Data• HTTP – HyperText Transfer Protocol responsável pelo tratamento de pedidos e respostas entre cliente e servidor na Webutilizado para a comunicação entre computadores na Internet e a especificar como seriam realizadas astransações entre clientes e servidores, através do uso de regras básicas
  31. 31. V ERCEMAPI - Escola Regional de Computação Ceará, Maranhão e Piauí. 31 Padrões Linked Data• HTTP – HyperText Transfer Protocol Servidor PC rodando MozilaPC rodando Chrome
  32. 32. V ERCEMAPI - Escola Regional de Computação Ceará, Maranhão e Piauí. 32 Padrões Linked Data HTTP – HyperText Transfer Protocol [Redes de Computadores e a Internet - James F. Kurose, Keith W. Ross]
  33. 33. V ERCEMAPI - Escola Regional de Computação Ceará, Maranhão e Piauí. 33 Padrões Linked Data• RDF – Resource Description Framework“RDF is a standard model for data interchange on the Web. RDF has features that facilitate data merging even if the underlying schemas differ, and it specifically supports the evolution of schemas over time without requiring all the data consumers to be changed.” http://www.w3.org/RDF/
  34. 34. V ERCEMAPI - Escola Regional de Computação Ceará, Maranhão e Piauí. 34 Padrões Linked Data• RDF – Resource Description FrameworkComo representar os dados dos bds ou daspáginas html para que os eles possam ser compartilhados na Web?
  35. 35. V ERCEMAPI - Escola Regional de Computação Ceará, Maranhão e Piauí. 35id title professor year genre01 FUP Berna Farias 2007 algoritmos02 Programação Berna Farias 2009 algoritmos 03 BD I Berna Farias 2009 BD 04 SGBD Damires Souza 2010 BD 05 BDNC Berna Farias 2011 BD Disciplinas computação
  36. 36. V ERCEMAPI - Escola Regional de Computação Ceará, Maranhão e Piauí. 36Os dados podem ser distribuídos em: Linhas Colunas Células
  37. 37. V ERCEMAPI - Escola Regional de Computação Ceará, Maranhão e Piauí. 37 03 BD I Berna Farias 2009 BD 02 Programação Berna Farias 2009 algoritmos1 01 FUP Berna Farias 2007 algoritmos 2 04 SGBD Damires Souza 2010 BD3 Berna Farias 2011 BD 05 BDNC Distribuição por linha
  38. 38. V ERCEMAPI - Escola Regional de Computação Ceará, Maranhão e Piauí. 38 Padrões Linked Data eita... Cadê o esquema? Quem é o quê? 03 BD I Berna Farias 2009 BD 02 Programação Berna Farias 2009 algoritmos1 01 FUP Berna Farias 2007 algoritmos 2 04 SGBD Damires Souza 2010 BD3 Berna Farias 2011 BD 05 BDNC Title
  39. 39. V ERCEMAPI - Escola Regional de Computação Ceará, Maranhão e Piauí. 39 title 1 professor 2 FUP Berna Farias Programação Berna Farias BD I Berna Farias SGBD 3 Damires Souza Berna Farias BDNC year genre 2007 algoritmos 2009 algoritmos 2009 BD 2010 BDDistribuição por coluna 2011 BD
  40. 40. V ERCEMAPI - Escola Regional de Computação Ceará, Maranhão e Piauí. 40 ... e agora??? Quem é quem?title 1 professor 2 Berna Farias FUP IdProgramação Berna FariasBD I Berna Farias SGBD 3 Damires Souza Berna Farias BDNC year genre 2007 algoritmos 2009 algoritmos 2009 BD 2010 BD 2011 BD
  41. 41. V ERCEMAPI - Escola Regional de Computação Ceará, Maranhão e Piauí. 41 title 2 professorrow 3 BD I row 1 Berna Farias genre1 row 2 algoritmos year genre 3 row 5 2011 row 1 algoritmo Distribuição por célula
  42. 42. V ERCEMAPI - Escola Regional de Computação Ceará, Maranhão e Piauí. 42 Iiiihhhhhhh... Agora complicou =( Como eu vou saber “quem é o quê” e “quem é quem” ?
  43. 43. V ERCEMAPI - Escola Regional de Computação Ceará, Maranhão e Piauí. 43Quer dizer então que eu preciso ter uma maneiraglobal para referenciar? As linhas sujeito As colunas predicado E os valores objeto
  44. 44. V ERCEMAPI - Escola Regional de Computação Ceará, Maranhão e Piauí. 44 Nós precisamos de triplas! subject predicate object Row 5 BD BDNC Row 2 title Programação Row 2 year 2009 Row 4 professor Damires Souza Row 3 genre BD
  45. 45. V ERCEMAPI - Escola Regional de Computação Ceará, Maranhão e Piauí. 45 Várias triplas podem fazer referência a uma mesma entidade! subject predicate object Berna Farias leciona BDNC Claudia é_irmã Berna Farias Berna Farias mora_em Recife Recife Is in Pernambuco Pernambuco parte_de Brasil Ceará Parte_de Brasil Berna Farias leciona Programação
  46. 46. V ERCEMAPI - Escola Regional de Computação Ceará, Maranhão e Piauí. 46Triplas de diferentes fontes podem ser facilmente combinadas para formar um único grafo Além disso, é possível usar termos de diferentes vocabulários para representar os dados. O modelo RDF ainda permite a representação dedados em diferentes níveis de estruturação, sendopossível representar desde dados semiestruturados a dados altamente estruturados.
  47. 47. V ERCEMAPI - Escola Regional de Computação Ceará, Maranhão e Piauí. 47 Padrões Linked Data• SPARQLé a linguagem de consulta padrão recomendada pelo W3C para recuperação de informações contidas em grafos RDF
  48. 48. V ERCEMAPI - Escola Regional de Computação Ceará, Maranhão e Piauí. 48 Padrões Linked Data• SPARQL• Select: Especifica uma projeção sobre os dados como a ordem e a quantidade de atributos e/ou instâncias que serão retornados.• From: Declara as fontes que serão consultadas. Esta cláusula é opcional. Quando não especificada, assumimos que a busca será feita em um documento RDF/RDFS particular.• Where: Impões restrições na consulta. Os registros retornados pela consulta deverão satisfazer as restrições impostas por esta cláusula.
  49. 49. V ERCEMAPI - Escola Regional de Computação Ceará, Maranhão e Piauí. 49uma consulta que retorna o escritor queescreveu o livro King Lear e é casado comAnneHathaway
  50. 50. V ERCEMAPI - Escola Regional de Computação Ceará, Maranhão e Piauí. 50 Princípios Linked Data1 Usar URIs como nomes para recursos Usar URIs HTTP para que as pessoas possam encontrar2 esses nomes Quando alguém procurar por uma URI, através dessa,3 providenciar informações úteis, por meio de RDFs4 Incluir sentenças RDF que ligam para outras URIs de forma que eles possam descobrir mais recursos. 50
  51. 51. V ERCEMAPI - Escola Regional de Computação Ceará, Maranhão e Piauí. 51 dados linkados rdf: type pd:cygr foaf:Person foaf: name Richard Cyganiak foaf: based_near dbpedia:Berlindbpedia:Berlin = http://dbpedia.org/resource/Berlin
  52. 52. V ERCEMAPI - Escola Regional de Computação Ceará, Maranhão e Piauí. 52 dados linkados rdf: typepd:cygr foaf:Person foaf: name Richard Cyganiak foaf: based_near dp:population 3.405.259 dbpedia:Berlin skos:subject dp:Cities_in_Germany
  53. 53. V ERCEMAPI - Escola Regional de Computação Ceará, Maranhão e Piauí. 53 rdf: type dados linkados pd:cygr foaf:Person foaf: name Richard Cyganiak foaf: based_near dp:population 3.405.259 dbpedia:Berlindbpedia:Hamburg skos:subject skos:subject dp:Cities_in_Germanydbpedia:Muenchen skos:subject
  54. 54. V ERCEMAPI - Escola Regional de Computação Ceará, Maranhão e Piauí. 54poxa.... E isso já é realidade? Já existem dados na Web de Dados? Sim! Projeto Linking Open data linkeddata.org 54
  55. 55. V ERCEMAPI - Escola Regional de Computação Ceará, Maranhão e Piauí. 55Fundado em janeiro de 2007 e apoiado pelo W3C“identificar conjuntos de dados disponíveissob licenças abertas e convertê-los para RDF de acordo com os princípios Linked Data” 55
  56. 56. V ERCEMAPI - Escola Regional de Computação Ceará, Maranhão e Piauí. 56
  57. 57. V ERCEMAPI - Escola Regional de Computação Ceará, Maranhão e Piauí. 57... e como eu posso publicar dados na Web de Dados seguindo os princípios Linked Data?
  58. 58. V ERCEMAPI - Escola Regional de Computação Ceará, Maranhão e Piauí. 58 Como publicar...Passo 1 Criação de URIs adequadas
  59. 59. V ERCEMAPI - Escola Regional de Computação Ceará, Maranhão e Piauí. 59 Como publicar...Passo 1• Usar URIs HTTP para tudo, tornando-as passíveis de serem dereferenciadas.• Evitar URIs com detalhes de implementação ou do ambiente em que estão publicadas. X http://www.lia.ufc.br:8080/~danusarbc /index.php X
  60. 60. V ERCEMAPI - Escola Regional de Computação Ceará, Maranhão e Piauí. 60 Como publicar...Passo 1• Manter as URIs estáveis e persistentes• usar algum tipo de chave primária dentro das URIs, para se certificar de que cada uma delas é única. Livros ISBN Cool URIs for the Semantic Web http://www.w3.org/TR/cooluris/
  61. 61. V ERCEMAPI - Escola Regional de Computação Ceará, Maranhão e Piauí. 61 Como publicar...Passo 2 Usar URIs dereferenciáveis
  62. 62. V ERCEMAPI - Escola Regional de Computação Ceará, Maranhão e Piauí. 62 Como publicar...Passo 2 É o processo de recuperar uma representação de um recurso identificado por uma URI, onde umrecurso pode ter várias representaçõescomo documentos HTML, RDF, XML entre outros.
  63. 63. V ERCEMAPI - Escola Regional de Computação Ceará, Maranhão e Piauí. 63 Como publicar...Passo 2 A recuperação da representação maisadequada para o usuário é feita por meio da negociação de conteúdo. Get, Head, Post, Put, Delete, Trace, Options, Connection Cliente Servidor
  64. 64. V ERCEMAPI - Escola Regional de Computação Ceará, Maranhão e Piauí. 64 Como publicar...Passo 2 Duas estratégias 303 URI e Hash URI
  65. 65. V ERCEMAPI - Escola Regional de Computação Ceará, Maranhão e Piauí. 65 Como publicar...Passo 2 303 é um código de status deredirecionamento no qual o servidor pode dar a localização de umdocumento que contém informações sobre um recurso.
  66. 66. V ERCEMAPI - Escola Regional de Computação Ceará, Maranhão e Piauí. 66GET /resource/Berlin HTTP/1.1Host: dbpedia.org 1Accept: text/html;q=0.5, application/rdf+xml HTTP/1.1 303 See Other Location: http://dbpedia.org/data/Berlin Vary: Accept 2GET /data/Berlin HTTP/1.1Host: dbpedia.org 3Accept: text/html;q=0.5, application/rdf+xml HTTP/1.1 200 OK Como obter informações Content-Type: application/rdf+xml;charset=utf- sobre a cidade de 8 Berlin 4 <?xml version="1.0"?>fonte Dbpedia: http://dbpedia.org/ <rdf:RDF xmlns:units="http://dbpedia.org/units/" xmlns:foaf="http://xmlns.com/foaf/0.1/" xmlns:geonames="http://www.geonames.org/ontology#" xmlns:rdfs="http://www.w3.org/2000/01/rdf-schema#" ...
  67. 67. V ERCEMAPI - Escola Regional de Computação Ceará, Maranhão e Piauí. 67 Como publicar...Passo 2 Hash URIa URI contém um fragmento, uma parte especial que é separada do resto da URIpelo símbolo #. Quando um cliente desejarecuperar uma hash URI, ele remove tudo que vem após o símbolo # e envia o restante da URI para o servidor. Como resposta, o cliente recebe um documento completo com o conteúdo solicitado.
  68. 68. V ERCEMAPI - Escola Regional de Computação Ceará, Maranhão e Piauí. 68GET /vocab/sme HTTP/1.1Host: bidlynx.co.ukAccept: application/rdf+xml 1 HTTP/1.1 200 OK Vocabulário Content−Type: application/ rdf+xml ; charset=utf −8http://biglynx.co.uk/vocab/s <? xml version ="1.0"?>me <rdf:RDF xmlns:rdf=" http: //www.w3.org /1999/02/22 − 2 rdf−syntax−ns#" xmlns:rdfs=" http: //www.w3.org /2000/01/ rdf−schema#">http://biglynx.co.uk/vocab/sme#SmallMediumEnterprise <rdf:Description rdf:about="http: // biglynx .co .uk/ vocab /sme#SmallMediumEnterprise ">http://biglynx.co.uk/vocab/s <rdf:type rdf:resource=" http: //www.w3.org /2000/01/me#Team rdf−schema#Class " /> </ rdf:Description> ...
  69. 69. V ERCEMAPI - Escola Regional de Computação Ceará, Maranhão e Piauí. 69 Como publicar...Passo 3 Criação de links RDF
  70. 70. V ERCEMAPI - Escola Regional de Computação Ceará, Maranhão e Piauí. 70 Como publicar...Passo 3devem ser criados links para outras fontes, seja de forma manual ou automatizada.
  71. 71. V ERCEMAPI - Escola Regional de Computação Ceará, Maranhão e Piauí. 71 Como publicar...Passo 3devem ser criados links para outras fontes, seja de forma manual ou automatizada links RDF internos e externos
  72. 72. V ERCEMAPI - Escola Regional de Computação Ceará, Maranhão e Piauí. 72 Como publicar...Passo 3 links RDF internosconecta recursos dentro de uma única fonte de dados Linked Data
  73. 73. V ERCEMAPI - Escola Regional de Computação Ceará, Maranhão e Piauí. 73 Como publicar...Passo 3 links RDF externos conectam recursos os quais sãoprovenientes de diferentes fontes de dados Linked Data
  74. 74. V ERCEMAPI - Escola Regional de Computação Ceará, Maranhão e Piauí. 74 Como publicar...Passo 3Sujeito: http://www.w3.org/People/Berners-Lee/card#iPredicado: http://www.w3.org/2002/07/owl#sameAsObjeto: http://www4.wiwiss.fu-berlin.de/dblp/resource/person/100007Sujeito: http://dbpedia.org/resource/Tim_Berners-LeePredicado: http://www.w3.org/2002/07/owl#sameAsObjeto: http://www4.wiwiss.fu-berlin.de/dblp/resource/person/100007
  75. 75. V ERCEMAPI - Escola Regional de Computação Ceará, Maranhão e Piauí. 75 Como publicar...Passo 3Ao se criar links RDF é preciso estabelecerrelações entre os termos dos vocabulários entre as fontes que estão sendo interligadas
  76. 76. V ERCEMAPI - Escola Regional de Computação Ceará, Maranhão e Piauí. 76 Como publicar...Passo 3• Friend-of-a-Friend (FOAF)• Semantically-Interlinked Online Communities (SIOC)• Simple Knowledge Organization System (SKOS)• Description of a Project (DOAP)• Creative Commons (CC)• Dublin Core (DC).
  77. 77. V ERCEMAPI - Escola Regional de Computação Ceará, Maranhão e Piauí. 77 Como publicar...Passo 4Explicitar formas de acesso adicional aos dados
  78. 78. V ERCEMAPI - Escola Regional de Computação Ceará, Maranhão e Piauí. 78 Como publicar...Passo 4 Para acessar os dados das fontes Linked Data é preciso realizarconsultas SPARQL sobre as fontes.
  79. 79. V ERCEMAPI - Escola Regional de Computação Ceará, Maranhão e Piauí. 79 Como publicar...Passo 4 SPARQL endpoint é um serviço Web com suporte ao protocolo SPARQL. possui uma URI especifica para receberrequisições HTTP com consultas SPARQL e retornar os resultados dessas consultas emdiferentes formatos como XML, JSON, texto, RDF/XML, NTriples, Turtle ou N3 e HTML
  80. 80. V ERCEMAPI - Escola Regional de Computação Ceará, Maranhão e Piauí. 80É preciso seguir algum padrão para publicar dados Linked Data?
  81. 81. V ERCEMAPI - Escola Regional de Computação Ceará, Maranhão e Piauí. 81Sim!!! Publicando os dados em RDF... Converter planilhas, arquivos CSV, arquivos XML, dadosrelacionais e outros documentos para o formato RDF
  82. 82. V ERCEMAPI - Escola Regional de Computação Ceará, Maranhão e Piauí. 82Publicando os dados em RDF.... Conversão!!!Após a geração do arquivo em formato RDF, os dados podem ser carregados em um banco dedados que armazena as triplas RDF, chamado de RDF Store.
  83. 83. V ERCEMAPI - Escola Regional de Computação Ceará, Maranhão e Piauí. 83Publicando os dados em RDF.... Conversão!!! Vantagem? Desvantagem?melhoria de desempenho o armazenamento das que pode ser obtida ao triplas requer espaço usar formas de extra em relação aos dados originais. Além armazenamento disso, a conversão especificamente demanda um certootimizadas para realizar tempo para ser realizada a persistência de triplas e os dados em RDF RDF podem ficar desatualizados em relação aos dados originais.
  84. 84. V ERCEMAPI - Escola Regional de Computação Ceará, Maranhão e Piauí. 84Publicando os dados em RDF.... Visão!!! fornecer uma visão RDF através de um RDF Wrapper
  85. 85. V ERCEMAPI - Escola Regional de Computação Ceará, Maranhão e Piauí. 85Publicando os dados em RDF.... Visão!!! Vantagem? Desvantagem? a visão RDF não um desempenho requer espaço de inferior à conversão armazenamento de dados para RDF extra e não corre o devido às traduções risco de apresentar dinâmicas entre os dados modelos que deve ser desatualizados realizada a cada uso da visão RDF
  86. 86. V ERCEMAPI - Escola Regional de Computação Ceará, Maranhão e Piauí. 86Publicando os dados em RDF.... Visão!!!• O RDB-to-RDF Wrappers é uma solução que cria visões RDF a partir de mapeamentos entre as estruturas relacionais e os grafos RDF http://www.w3.org/TR/r2rml/• A plataforma D2RQ é um exemplo de RDB-to-RDF Wrappers, que fornece toda a infraestrutura necessária para acessar bancos de dados relacionais como grafos RDF virtuais • http://www4.wiwiss.fu-berlin.de/bizer/d2rq/spec/
  87. 87. V ERCEMAPI - Escola Regional de Computação Ceará, Maranhão e Piauí. 87 E como fazemos isso? Vamos ver?
  88. 88. V ERCEMAPI - Escola Regional de Computação Ceará, Maranhão e Piauí. 88Publicando os dados em RDF.... Validação!!! Após gerar os dados no modelo RDF, é necessárioverificar se o resultado está de acordo com os princípiosLinked Data. Essa verificação pode ser feita através de ferramentas de validação como, por exemplo, Sindice Web Data Inspector, Eyeball e W3C Validation Service. http://inspector.sindice.com/ http://jena.sourceforge.net/Eyeball/ http://www.w3.org/RDF/Validator/
  89. 89. V ERCEMAPI - Escola Regional de Computação Ceará, Maranhão e Piauí. 89Após os dados serem publicados seguindo os princípios RDF como eles são consumidos?
  90. 90. V ERCEMAPI - Escola Regional de Computação Ceará, Maranhão e Piauí. 90 Consumo de dados ligados Browsers Motores de buscas Aplicações para domínios específicos
  91. 91. V ERCEMAPI - Escola Regional de Computação Ceará, Maranhão e Piauí. 91 Piggy Bank DipperTabulator BrowsersURI Burner LinkSailor Graphite RDF Browser
  92. 92. V ERCEMAPI - Escola Regional de Computação Ceará, Maranhão e Piauí. 92Marbles
  93. 93. V ERCEMAPI - Escola Regional de Computação Ceará, Maranhão e Piauí. 93 FalconsSwoogle Watson Motores de BuscasSig.ma Sindice
  94. 94. V ERCEMAPI - Escola Regional de Computação Ceará, Maranhão e Piauí. 94
  95. 95. V ERCEMAPI - Escola Regional de Computação Ceará, Maranhão e Piauí. 95
  96. 96. V ERCEMAPI - Escola Regional de Computação Ceará, Maranhão e Piauí. 96 Revyu LinkedDataBrBBC Programmes Aplicações para domínios específicos Talis Aspire DBpedia Mobile
  97. 97. V ERCEMAPI - Escola Regional de Computação Ceará, Maranhão e Piauí. 97 BBCProgrammes
  98. 98. V ERCEMAPI - Escola Regional de Computação Ceará, Maranhão e Piauí. 98 DBpedia Mobile
  99. 99. V ERCEMAPI - Escola Regional de Computação Ceará, Maranhão e Piauí. 99Tarefa para casa...• http://www.foaf-project.org/• Criar seu arquivo RDF• Colocar em sua página pessoal• Inserir no Sindice, Sig.ma• E ver o que acontece =)
  100. 100. V ERCEMAPI - Escola Regional de Computação Ceará, Maranhão e Piauí. 100Conclusões ... árdua a tarefa de prover meios eficientes quepermitam aproveitar todo conteúdo na Web, que pode ser composto tanto por dados estruturados, como os dados provenientes de bancos de dados relacionais, quanto por dados não estruturados, como textos e dados multimídia
  101. 101. V ERCEMAPI - Escola Regional de Computação Ceará, Maranhão e Piauí. 101Conclusões ... espera-se que o uso dos princípios do Linked Datapossibilite a transformação de uma Web na qual os recursos são documentos HTML para uma Web deDados, onde os dados estarão interligados através de metadados
  102. 102. V ERCEMAPI - Escola Regional de Computação Ceará, Maranhão e Piauí. 102Grande Desafio ...Adoção dos Princípios Linked Data e dos padrões para publicações de dados RDF
  103. 103. V ERCEMAPI - Escola Regional de Computação Ceará, Maranhão e Piauí. 103 Obrigada!!! Danusa Ribeiro danusa.cunha@lsbd.ufc.br Bernadette Lóscio bfl@cin.ufpe.br Damires Souza damires@ifpb.edu.br
  104. 104. V ERCEMAPI - Escola Regional de Computação Ceará, Maranhão e Piauí. 104Referências• [Allemang & Hendler 2008] Allemang, D., Hendler, D. (2008) Semantic Web for the Working Ontologist, 1st edition. Morgan Kaufmann publ., Amsterdam, Netherlands.• [Auer et al. 2009] Auer, S., Dietzold, S., Lehmann, J., Hellmann, S., and Aumueller, D. (2009) Triplify: Light-weight linked data publication from relational databases. In Quemada, J., León, G., Maarek, Y. S., and Nejdl, W., editors, Proceedings of the 18th International Conference on World Wide Web, WWW 2009, Madrid, Spain, April 20-24, 2009, pages 621–630. ACM.• [Becker & Bizer 2008] Becker, C., Bizer, C. (2008) DBpedia Mobile: A Location- Enabled Linked Data Browser. In Linked Data on the Web (LDOW2008).• [Bizer & Cyganiak 2006] Bizer, C., Cyganiak, R. (2006) D2R Server – Publishing Relational Databases on the Semantic Web. In 5th International Semantic Web Conference.• [Bizer et al 2009] Bizer C., Heath T., Berners-Lee T. (2009) Linked data - the story so far. Int. J. Semantic Web Inf. Syst., 5(3):1–22, 2009.• [Campos 2010] Campos M. L. (2010) GT-LinkedDataBR – Exposição, compartilhamento e conexão de recursos de dados abertos na Web (Linked Open Data). Disponível em http://www.rnp.br/pd/gts2010-2011/gt_linkeddatabr.html
  105. 105. V ERCEMAPI - Escola Regional de Computação Ceará, Maranhão e Piauí. 105Referências• [Cheg & Qu 2011] Cheng, G., Qu, Y. (2011) Searching Linked Objects with Falcons: Approach, Implementation and Evaluation. International Journal on Semantic Web and Information Systems, Special Issue on Linked Data.• [Costa & Yamate 2009] Costa A., Yamate F. (2009) Semantic Lattes: uma ferramenta de consulta baseada em ontologias. Trabalho de Grduação em Engenharia de Computação - Escola Politécnica. IME/USP.• [Erling & Mikhailov 2006] Erling, O., Mikhailov, I. (2006) Mapping Relational Data to RDF in Virtuoso. http://virtuoso.openlinksw.com/dataspace/dav/wiki/ Main/VOSSQLRDF.• [Filho & Lóscio 2009] Filho, F. W. B. H , Lóscio B. F. (2009) Web Semântica: Conceitos e Tecnologias. In Anais do ERCEMAPI (Escola Regional de Computação Ceará – Maranhão – Piauí).• [Freitas 2003] Freitas, F. L. G. (2003) Ontologias e a Web Semântica. XXIII Congresso da Sociedade Brasileira de Computação. JAI. Campinas, São Paulo, Junho de 2003.• [Gruber 1995] Gruber T. (1995) Toward principles for the design of ontologies used for knowledge sharing. 1995. International Journal Human-Computer Studies Vol. 43, Issues 5-6, November 1995, p.907-928.• [Heath & Bizer 2011] Heath, T., Bizer, C. (2011) Linked Data: Evolving the Web into a Global Data Space (1st edition). Synthesis Lectures on the Semantic Web: Theory and Technology, 1:1, 1-136. Morgan & Claypool, 2011.
  106. 106. V ERCEMAPI - Escola Regional de Computação Ceará, Maranhão e Piauí. 106Referências• [Klyne et al 2004] Klyne, G., Carroll, JJ., McBride., B. (2004) Resource description framework (RDF): Concepts and abstract syntax. Disponível em: http://www.w3.org/TR/rdf-concepts/• [Lee et al 2006] Lee, B. T., Chen, Y., Chilton, L., Connolly, D., Dhanaraj, R., Hol- lenbach, J., Lerer, A., and Sheets, D. (2006) Tabulator: Exploring and Analyzing Linked Data on the Semantic Web. In In Procedings of the 3rd International Semantic Web User Interaction Workshop (SWUI06, page 06.• [Lee et al 2001] Lee, B. T., Hendler J., Lassilia O. (2001) The semantic web. Scientific American, 284(5):34–44, Mai 2001. http://dx.doi.org/10.1038/scientificamerican0501-34DOI: 10.1038/scientificamerican0501-34• [Magalhães et al 2011] Magalhães, R. P., Macedo, J. A. F., Vidal, V. M. P. (2011) Linked Data: Construindo um Espaço de Dados Global na Web. In Anais do XXIV Simpósio Brasileiro de Banco de Dados. Outubro de 2011.• [Oren et al 2008] Oren, E., Delbru, R., Catasta, M., Cyganiak, R., Stenzhorn, H., and Tumma-rello, G. (2008) Sindice.com: a document-oriented lookup index for open linked data. Int. J.Metadata Semant. Ontologies, 3:37–52.• [Souza 2009] Souza D. (2009) Using Semantics to Enhance Query Reformulation in Dynamic Distributed Environments. PhD Thesis, Federal University of Pernambuco (UFPE), Recife, PE, Brazil.

×