Fundamentos Serviço Social1º SemestreBy Dani Rubim – estudanteServiço Social Unicsul
Fundamentos Serviço SocialLivro: Serviço Social,identidade e alienaçãoAutora: Maria Lucia MartinelliEditora Cortez
Fundamentos Serviço SocialIntrodução ao Livro•Formação Serviço Social como profissão•Acontecimentos que induziram à pratic...
Fundamentos Serviço SocialIntrodução ao Livro•Porque surgiu:•Foi criada para atender as questões sociais de determinada ep...
Fundamentos Serviço SocialOs ardis do Capitalismo•Capitulo 2 – livro Martinelli•“A consciência de classe (...) é o sentido...
Fundamentos Serviço SocialA contradição do capital trouxe o dilema dacontradição não só no campo econômico mas nasociedade...
Fundamentos Serviço Social•Capitulo 2 – livro MartinelliNa fase acumulativa de mão de obra, a burguesia retirou dos umbrai...
Fundamentos Serviço Social•Capitulo 2 – livro MartinelliA acumulação da riqueza em um pólo=Expansão da pobreza em outro.Es...
Fundamentos Serviço SocialBURGUESIATinha a falsa impressão de que o capitalismo estavaplenamente e incorrigidamente consol...
Fundamentos Serviço SocialO crescimento da classe trabalhadora excedera ademanda de mão-de-obra.Para a burguesia inicialme...
Fundamentos Serviço SocialQUESTÕES SOCIAIS DA EPOCA•Miséria ampliada•Mortalidade do operariado que já atingiam 20%da popul...
Fundamentos Serviço Social•Capitulo 2 – livro MartinelliA própria igreja via esta diferença de classes como algo natural,e...
Fundamentos Serviço SocialA exploração não era mais aceita de formapassiva.Os operários já estavam mais organizadosE os si...
Fundamentos Serviço SocialA consciência de classe surgiu através daexploração individual.Tornando os movimentos de classe ...
Fundamentos Serviço SocialA burguesia começou a criar formar para encobrir a face dapobreza, miséria e controlar as exigên...
Fundamentos Serviço SocialA Sociedade de Organização da CaridadeEmbora não contasse com o apoio da classe trabalhadora, ha...
Fundamentos Serviço SocialA Sociedade de Organização da CaridadeA filantropia entre IGREJA, ESTADO E BURGUESIA queriam que...
Fundamentos Serviço SocialA Sociedade de Organização da CaridadeGlobalizada1ª TAREFA – reorganizar a assistência2ª TAREFA ...
Fundamentos Serviço SocialA Sociedade de Organização da CaridadeA as praticas social eram marcadas com o signo da urgência...
Fundamentos Serviço SocialOs ardis do Capitalismo•Capitulo 2 – livro Martinelli•“A consciência de classe (...) é o sentido...
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Fundamentos serviço social ardis do capitalismo - 1 º semestre

6,093
-1

Published on

0 Comments
11 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

No Downloads
Views
Total Views
6,093
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
0
Actions
Shares
0
Downloads
148
Comments
0
Likes
11
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Fundamentos serviço social ardis do capitalismo - 1 º semestre

  1. 1. Fundamentos Serviço Social1º SemestreBy Dani Rubim – estudanteServiço Social Unicsul
  2. 2. Fundamentos Serviço SocialLivro: Serviço Social,identidade e alienaçãoAutora: Maria Lucia MartinelliEditora Cortez
  3. 3. Fundamentos Serviço SocialIntrodução ao Livro•Formação Serviço Social como profissão•Acontecimentos que induziram à pratica social•Como o processo de industrial desenvolveu a questão social.•Assuntos Principais
  4. 4. Fundamentos Serviço SocialIntrodução ao Livro•Porque surgiu:•Foi criada para atender as questões sociais de determinada epoca ediminuir a lacunas sociais entre as classes.•A História – Serviço Social•A história do Serviço Social é rica em detalhes
  5. 5. Fundamentos Serviço SocialOs ardis do Capitalismo•Capitulo 2 – livro Martinelli•“A consciência de classe (...) é o sentido tornadoconsciente da situação histórica de classe.”•Lukács 1974
  6. 6. Fundamentos Serviço SocialA contradição do capital trouxe o dilema dacontradição não só no campo econômico mas nasociedade como um todo.O capitalismo foi acentuado a diferenciação entre asclasses.Desde que a revolução industrial começou a produzirseus primeiros frutos tornou-se claro a necessidade demão-de-obra para acompanhar as novas tecnologias egerar mais lucro.Fundamentos Serviço Social•Capitulo 2 – livro Martinelli
  7. 7. Fundamentos Serviço Social•Capitulo 2 – livro MartinelliNa fase acumulativa de mão de obra, a burguesia retirou dos umbraisda historia um antigo dispositivo originário do sec. XVI denominado:LEI DO CERCAMENTOOs proprietários rurais podiam cercar suas terras impedindo a entradade camponeses o que forçava muitos a irem buscar oportunidade desustento nas cidades/fabricas.A ausência de pose e bens era característica dominante da classetrabalhadora que só possuía sua força de trabalho para negociar
  8. 8. Fundamentos Serviço Social•Capitulo 2 – livro MartinelliA acumulação da riqueza em um pólo=Expansão da pobreza em outro.Este é o signo do capitalismo e a base da sociedade estruturada emclasses antagônicas.
  9. 9. Fundamentos Serviço SocialBURGUESIATinha a falsa impressão de que o capitalismo estavaplenamente e incorrigidamente consolidado.Mas os problemas e crises cíclicas alem das questõesno campo social se agravavam.•Capitulo 2 – livro Martinelli
  10. 10. Fundamentos Serviço SocialO crescimento da classe trabalhadora excedera ademanda de mão-de-obra.Para a burguesia inicialmente esta era uma vantagempois aumentava a concorrência entre os operários,mas a longo prazo resultou em uma agravamento dasquestões sociais.Exemplo saúde, que acabava afetando a todos.•Capitulo 2 – livro MartinelliEXERCITO INDUSTRIAL DE RESERVA
  11. 11. Fundamentos Serviço SocialQUESTÕES SOCIAIS DA EPOCA•Miséria ampliada•Mortalidade do operariado que já atingiam 20%da população.•Inicio de consciência da classe operariaSão aspectos que mostravam que o capitalismo não era tão firme.•Capitulo 2 – livro Martinelli
  12. 12. Fundamentos Serviço Social•Capitulo 2 – livro MartinelliA própria igreja via esta diferença de classes como algo natural,espiritual até.Justificando a “pobreza como condição necessária”(pastor anglicano JosefhTownsend)A ética burguesa vai revelando-se através destas afirmações.NATURALIZAÇÃO DA POBREZA
  13. 13. Fundamentos Serviço SocialA exploração não era mais aceita de formapassiva.Os operários já estavam mais organizadosE os simples movimentos de classe já se tornavammovimentos políticos e sociais.•Capitulo 2 – livro Martinelli
  14. 14. Fundamentos Serviço SocialA consciência de classe surgiu através daexploração individual.Tornando os movimentos de classe operaria maisvisíveis e ativos desde o sec. XIX.•Capitulo 2 – livro Martinelli
  15. 15. Fundamentos Serviço SocialA burguesia começou a criar formar para encobrir a face dapobreza, miséria e controlar as exigências da massa popular.O pauperismo já não era suficiente e o estado começou aIncorporar a pratica da assistência e sua estratégiaoperacional (Serviço Social) à estruturaorganizacional as sociedade burguesa constituídacomo um importante controle social.•Capitulo 2 – livro Martinelli
  16. 16. Fundamentos Serviço SocialA Sociedade de Organização da CaridadeEmbora não contasse com o apoio da classe trabalhadora, havia seexpandido.SUA INFLUENCIA SE FAZIA PRESENTE EM TODAS ASPRATICAS ASSISTENCIAISE SE ESTRETAVAM EM RELAÇÃ À AREA DA SAÚDE.INFLUENCIANDO NÃO SO OS INGLESES COMO TAMBEM OSEUROPEUS.•Capitulo 2 – livro Martinelli
  17. 17. Fundamentos Serviço SocialA Sociedade de Organização da CaridadeA filantropia entre IGREJA, ESTADO E BURGUESIA queriam que aSOC difundissem as praticas burguesas atendente com imediatismoe sem aprofundamento as principais questões sociais.Com o tempo surgiu a necessidade de ampliação dessa assistênciae de um controle global para as crescentes questões sociais e obloqueio do avanço dos movimentos do proletariado.•Capitulo 2 – livro Martinelli
  18. 18. Fundamentos Serviço SocialA Sociedade de Organização da CaridadeGlobalizada1ª TAREFA – reorganizar a assistência2ª TAREFA – implementar medidas legislativas,sendo nada mais que um órgão ao seu serviço.•Capitulo 2 – livro MartinelliSeus agentes se multiplicavam em seus discursos ideológicos, mistificados,Muito próprio da razão burguesa.Os agentes eram simplesmente fantoches das classes altas.
  19. 19. Fundamentos Serviço SocialA Sociedade de Organização da CaridadeA as praticas social eram marcadas com o signo da urgência doimediatismo, da prontidão da ação.A burguesia se apropriava não só da pratica social como de seusagentes o que ocasionou na tardia consciência de classe destacategoria.Alienados os agentes pertenciam aos interesses do capital.A expansão de agentes foi notável nos Estados Unidos e na Europano sec. XIXA pratica social era, na verdade, uma pratica plena de abstrações.•Capitulo 2 – livro Martinelli
  20. 20. Fundamentos Serviço SocialOs ardis do Capitalismo•Capitulo 2 – livro Martinelli•“A consciência de classe (...) é o sentido tornadoconsciente da situação histórica de classe.”•Lukács 1974
  1. Gostou de algum slide específico?

    Recortar slides é uma maneira fácil de colecionar informações para acessar mais tarde.

×