“Puxadinhos” e  improvisos: o preço  do amadorismo em  Social MediaDaniele RodriguesJornalista, planner e mestranda em com...
“Estou interessada em mudar deárea e como uso bastante o FBtenho o perfil para a vaga deanalista de redes sociais (...)”  ...
A tecnologia mudou aforma de comunicar...
Interatividade em várias   Compartilhamento   Mobilidade: tuitamos e  interfaces e formatos       ilimitado       blogamos...
Conteúdo gerado pelos   Comunicamos             usuários   para nichos
Mas os aparatos técnicossão apenas ferramentas noprocesso de significação.As grandes transformaçõessão: o mote e as razões...
E estamos preparados?
Não há problema em mudar de área,principalmente para uma com a qual tem empatia.O preocupante é a forma banalizada como mu...
Sou apaixonada porvelocidade e corrida de F1,           mas isso não me qualificada a participar de uma prova no autódromo...
E pensando nas demandas das agências, houses,    marcas e profissionais de Social Media...
Rede Social é uma das formas derepresentaçãodos relacionamentos afetivos ou profissionais dos seres humanos entre siou ent...
O quê o público busca na web?70% entretenimento20% notícia10% serviço
90% pesquisam na web antes da compra;76% pesquisam em blogs e fóruns;50% já mudou de opinião sobre umacompra após encontra...
Status de “heavyuser” capacita alidar com isso?
A atuação em mídia social temmuito do tradicional. Mas oFAZER é DIFERENTE!
O conteúdo           tem por intuito engajar, por meio de relato de experiência ou mesmopropiciando essas vivências. Preci...
Ao invés de pensar emimpacto, em Social Mediapalavras de ordem sãoENGAJAR eCATIVAR.
Preparado pra lidar com brand lovers e brand advocates?E trolls e haters também?
Impacto x Conversão
Conteúdo de qualidade, relevante e leve!    Utilidade + entretenimento
Exploraroportunidades    (Vídeo feito pela One      Digital por conta do          primeiro ano de     falecimento de Jobs)
ProcessosA não-linearidade do ambiente digital não se aplica aosprocessos do dia a dia. Briefing, brainstorm e reportconti...
Ferramentas
Planejamento e estratégia
O “sobrinho” consegue fazer umaação como esta?                           Ver o extraordinário                           no...
BusinessInteligenteEm um dia:√ Mais de 3 bilhões de likes e comentários no FB√ 2 milhões de postagens em blogs√ 300 milhõe...
O fazer com isso?Que tal transformarnúmeros, variáveis,gráficos e menções emdados estratégicos?                        1 -...
A forma leviana como Social Media é tratada,muitas vezes, vêm custando o desenvolvimento domercado e o incremento de recei...
Para quem quer se aventurar nesse mundo,bem vindo! Há espaço para antropólogos,psicólogos, matemáticos e dezenas de outros...
E lembre-se:Para trabalhar comSocial Media éinfinitamente maisimportante entender egostar de pessoas =)
Aos “policiais das redes sociais”, por favor, não encarem essa              apresentação como regras ou verdades absolutas...
Are you ready?
Daniele RodriguesJornalista, planner e mestranda em     comunicação digital pela USP                 @dani_rodrigues danie...
Papos na Rede - Puxadinhos e improvisos: o preço do amadorismo em Social Media
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Papos na Rede - Puxadinhos e improvisos: o preço do amadorismo em Social Media

2,638

Published on

Minha apresentação no #PaposnaRede sobre a importância de profissionalização do mercado de Social Media (14/nov/2012)

Published in: Business
2 Comments
12 Likes
Statistics
Notes
No Downloads
Views
Total Views
2,638
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
2
Actions
Shares
0
Downloads
0
Comments
2
Likes
12
Embeds 0
No embeds

No notes for slide
  • Preciso me preparar profissionalmente para, então, arriscar pilotar como gente grande.
  • Para atrair o público, explorar ao máximo plataformas e/ou ferramentas de vídeo e foto e as redes sociais. Oferecer serviço relevantes ao internauta é outra estratégia eficaz. Publicar material relevante e de qualidade é pressuposto.
  • E bemrealizado…
  • “Pensa em um tweet sobre dia do Solteiro. E um concurso cultural pro FB. Valeu \\o/ Ass: Atendimento sem noção”. E ai do pobre redator se ousar reclamar do “briefing”. Uma resposta usual é “Véi, são só 140 caracteres”.
  • Transcript of "Papos na Rede - Puxadinhos e improvisos: o preço do amadorismo em Social Media"

    1. 1. “Puxadinhos” e improvisos: o preço do amadorismo em Social MediaDaniele RodriguesJornalista, planner e mestranda em comunicação digital pela USPNov/2012
    2. 2. “Estou interessada em mudar deárea e como uso bastante o FBtenho o perfil para a vaga deanalista de redes sociais (...)” Encontre o erro nessa frase...
    3. 3. A tecnologia mudou aforma de comunicar...
    4. 4. Interatividade em várias Compartilhamento Mobilidade: tuitamos e interfaces e formatos ilimitado blogamos de todo lugar
    5. 5. Conteúdo gerado pelos Comunicamos usuários para nichos
    6. 6. Mas os aparatos técnicossão apenas ferramentas noprocesso de significação.As grandes transformaçõessão: o mote e as razões decomunicar.As pessoas buscam“Experiências”.
    7. 7. E estamos preparados?
    8. 8. Não há problema em mudar de área,principalmente para uma com a qual tem empatia.O preocupante é a forma banalizada como muitosse reportam a Social Media. Demanda estudo,conhecimentos específicos e muita dedicaçãocomo qualquer atividade profissional.
    9. 9. Sou apaixonada porvelocidade e corrida de F1, mas isso não me qualificada a participar de uma prova no autódromo de Interlagos ¬¬
    10. 10. E pensando nas demandas das agências, houses, marcas e profissionais de Social Media...
    11. 11. Rede Social é uma das formas derepresentaçãodos relacionamentos afetivos ou profissionais dos seres humanos entre siou entre agrupamentos de interessesmútuos.A rede é responsável pelocompartilhamento de ideias entrepessoas que possuem interessese objetivo em comum.
    12. 12. O quê o público busca na web?70% entretenimento20% notícia10% serviço
    13. 13. 90% pesquisam na web antes da compra;76% pesquisam em blogs e fóruns;50% já mudou de opinião sobre umacompra após encontrar uma opiniãonegativa;28% fecharam a negociação devido ainformações coletadas nas redes sociais;90% dos expectadores mudam de canalnos comerciais se tiverem possibilidade;14% das pessoas confiam em comerciaisDados da TNS
    14. 14. Status de “heavyuser” capacita alidar com isso?
    15. 15. A atuação em mídia social temmuito do tradicional. Mas oFAZER é DIFERENTE!
    16. 16. O conteúdo tem por intuito engajar, por meio de relato de experiência ou mesmopropiciando essas vivências. Precisa ser mais que frases clichês, citações e piadas (na maioriadas vezes nada oportunas). “Loira compartilha e morena curte” não se enquadra na categoriaboa redação. Apesar dos milhões de likes.Técnicas “tradicionais” de construção de texto ensinadas na faculdade de comunicação são bemvindas.
    17. 17. Ao invés de pensar emimpacto, em Social Mediapalavras de ordem sãoENGAJAR eCATIVAR.
    18. 18. Preparado pra lidar com brand lovers e brand advocates?E trolls e haters também?
    19. 19. Impacto x Conversão
    20. 20. Conteúdo de qualidade, relevante e leve! Utilidade + entretenimento
    21. 21. Exploraroportunidades (Vídeo feito pela One Digital por conta do primeiro ano de falecimento de Jobs)
    22. 22. ProcessosA não-linearidade do ambiente digital não se aplica aosprocessos do dia a dia. Briefing, brainstorm e reportcontinuam existindo. Dão trabalho, e muito!
    23. 23. Ferramentas
    24. 24. Planejamento e estratégia
    25. 25. O “sobrinho” consegue fazer umaação como esta? Ver o extraordinário no cotidiano…
    26. 26. BusinessInteligenteEm um dia:√ Mais de 3 bilhões de likes e comentários no FB√ 2 milhões de postagens em blogs√ 300 milhões de fotos no FB√ 830 mil vídeos publicados no Youtube
    27. 27. O fazer com isso?Que tal transformarnúmeros, variáveis,gráficos e menções emdados estratégicos? 1 - Estudo de conteúdo e presença 2 - Mapeamento de influenciadores 3 - Análise de desempenho 4- Benchmarking 5 - Insights de marca ou produto
    28. 28. A forma leviana como Social Media é tratada,muitas vezes, vêm custando o desenvolvimento domercado e o incremento de receita às agências e àsmarcas. Profissionalização e seriedade são preceitosinegociáveis.A falta de parâmetros de qualidade, a nãonormatização, o improviso de agências que montamàs pressas um “setor de SM” para se vender comocomunicação 360 e a banalização das habilidades eformação necessária para atuar na área corroborampara um cenário de amadorismo.
    29. 29. Para quem quer se aventurar nesse mundo,bem vindo! Há espaço para antropólogos,psicólogos, matemáticos e dezenas de outroscampos de conhecimento. Mas, é importanteobservar alguns passos:1º Conheça o trabalho de cada setor(conteúdo, planejamento, atendimento etc.);2º Escolha uma área e prepare-se (muito).Gostar ou não do FB será só um detalhe;3º Continue estudando, participando deeventos e, principalmente, dando a suacontribuição à profissionalização do mercado.
    30. 30. E lembre-se:Para trabalhar comSocial Media éinfinitamente maisimportante entender egostar de pessoas =)
    31. 31. Aos “policiais das redes sociais”, por favor, não encarem essa apresentação como regras ou verdades absolutas. Apenas estou compartilhando a forma como eu acredito que omercado de Social Media pode ser mais respeitado e valorizado. Falar sobre profissionalização nunca é demais.
    32. 32. Are you ready?
    33. 33. Daniele RodriguesJornalista, planner e mestranda em comunicação digital pela USP @dani_rodrigues daniele.rodrigues100@gmail.com Nov/2012

    ×