Your SlideShare is downloading. ×
Análise de métricas e relatórios para guiar e repensar planejamentos digitais
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Thanks for flagging this SlideShare!

Oops! An error has occurred.

×

Saving this for later?

Get the SlideShare app to save on your phone or tablet. Read anywhere, anytime - even offline.

Text the download link to your phone

Standard text messaging rates apply

Análise de métricas e relatórios para guiar e repensar planejamentos digitais

3,582
views

Published on

Palestra ministrada na segunda edição do evento "Digital Hub", em Goiânia, no dia 03 de agosto de 2013. …

Palestra ministrada na segunda edição do evento "Digital Hub", em Goiânia, no dia 03 de agosto de 2013.

O fantástico do e-commerce é a capacidade de se medir resultados em tempo real para orientar o planejamento. Como avaliar, compreender e tirar o melhor proveito deles, melhorando os seus resultados com base em mensuração.
Site: http://digitalhubgo.com.br

Published in: Business

0 Comments
20 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

No Downloads
Views
Total Views
3,582
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
12
Actions
Shares
0
Downloads
35
Comments
0
Likes
20
Embeds 0
No embeds

Report content
Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
No notes for slide

Transcript

  • 1. Análise  de  MÉTRICAS  e   RELATÓRIOS  para  guiar  e  repensar   PLANEJAMENTOS  digitais   Por  Dani  Rodrigues  (AGOSTO/2013)    
  • 2. Desenvolvimento   Blogs   Histórias    Incentivos   MÉTRICAS  e   RELATÓRIOS   Social  Commerce   Suporte  /  plataforma  /  técnica   business   Inteligência     dos  dados   Curadoria   Estratégia  de  MKT  Digital   Conteúdo   Estratégia   Viabilidade  econômica   Relacionamento   Inspiração  
  • 3. Por  que  as  marcas  estão  nas  redes  sociais?   Construção  de  marca,   notoriedade...  BUSINESS.   É  preciso  fazer  a  pergunta  certa.  
  • 4. Redes  Sociais  Digitais  têm  por  premissa   de  conexão  interesses  comuns.       A  marca  precisa  compreender/identificar   tais  valores  para  entrar  na  conversa  de   modo  natural  e  contextualizado.    
  • 5. Ação  rápida   aproveitando  um   assunto  em  evidência   e  encaixando  o   produto.   <Importante:  Não,  não  é  apenas  o  Pinguim  que  faz  isso>  
  • 6. Diferença  entre  o  público  que  a  marca  acredita/deseja   ter  do  consumidor  real  e  da  sua  base  de  fãs/seguidores.   Wannabe  e  a  coexistência  de  múltiplos  perfis  
  • 7. O  perigo  de  planejar  a  partir  do  olhar  do   profissional  da  agência  ou  do  cliente.       Monitoramento  é  fundamental  para   entender  o  comportamento  e  os  pontos  de   conexão  com  o  público  “real”.  
  • 8. Mulher   não  bebe   whisky.     Será?  
  • 9. “Não  há  nada  mais   ilusório  do  que  um  fato   óbvio”.  (Sherlock  Holmes)   Desconfie  do  óbvio.   Monitoramento  pode   revelar  cenários,  variáveis  e   oportunidades.   Abuse  das  pistas  sociais  que  são   deixadas  no  ambiente  digital.  
  • 10. Com  tantas  ferramentas,   plataformas  e  metodologias  de   pesquisa    para  compreender  e   analisar  o  comportamento  do   púbico  no  ambiente  digital   (preferências,  lógica  de  ações,   horários,  intensidade,   sentimentos  e  hábitos)  não  é   mais  suficiente  se  pautar  em   “comportamentos  medianos”.     E  menos  ainda  em  “achismos”.   Por  que  se  contentar  com  o   geral  quando  se  pode  ser   singular/preciso?  
  • 11. E  o  tal  dos  indicativos  de  sucesso...   quanti  x  quali   É  mais   complexo   do  que  
  • 12. O  investimento  em  mídia  é  um   elemento  -­‐  nem  sempre  claro  –  que   interfere  no  resultado  das   campanhas.       Não  é  questão  de  ser  certo  ou  errado   contratar  mídia.  O  problema  é  negar  o   investimento  e  apresentar  como   “viral”.   Cuidado  ao  atribuir  o  adjetivo   sucesso  ou  “viralizado”.    
  • 13. O  problema  não  é  existir  posts  como  esse  e  sim  outras  marcas  adotarem   como  referência  de  “engajamento”,  sem  compreender  o  real  sentido  da  palavra   engajamento  e  do  porquê  de  tal  material.       Relatórios  que  vão  além  dos  números,  trazendo  informações  estratégicas,  são   fortes  aliados  para  adotar  ou  não  certos  caminhos.  
  • 14. Tks  ;)   Daniele  Rodrigues   +  Planner  e  professora  em  comunicação  digital   +  Pesquisadora  da  ECA|USP  em  comunicação  digital     E-­‐mail:  daniele.rodrigues100@gmail.com   Twitter:  @dani_rodrigues   Slideshare:  slideshare.net/danirodrigues