Your SlideShare is downloading. ×
0
Apresentação TP01 - Marketing Viral
Apresentação TP01 - Marketing Viral
Apresentação TP01 - Marketing Viral
Apresentação TP01 - Marketing Viral
Apresentação TP01 - Marketing Viral
Apresentação TP01 - Marketing Viral
Apresentação TP01 - Marketing Viral
Apresentação TP01 - Marketing Viral
Apresentação TP01 - Marketing Viral
Apresentação TP01 - Marketing Viral
Apresentação TP01 - Marketing Viral
Apresentação TP01 - Marketing Viral
Apresentação TP01 - Marketing Viral
Apresentação TP01 - Marketing Viral
Apresentação TP01 - Marketing Viral
Apresentação TP01 - Marketing Viral
Apresentação TP01 - Marketing Viral
Apresentação TP01 - Marketing Viral
Apresentação TP01 - Marketing Viral
Apresentação TP01 - Marketing Viral
Apresentação TP01 - Marketing Viral
Apresentação TP01 - Marketing Viral
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Thanks for flagging this SlideShare!

Oops! An error has occurred.

×
Saving this for later? Get the SlideShare app to save on your phone or tablet. Read anywhere, anytime – even offline.
Text the download link to your phone
Standard text messaging rates apply

Apresentação TP01 - Marketing Viral

1,205

Published on

apresentação oral do trabalho tp01

apresentação oral do trabalho tp01

Published in: Education
0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total Views
1,205
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
0
Actions
Shares
0
Downloads
0
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

Report content
Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
No notes for slide

Transcript

  • 1. MARKETING VIRAL Universidade de Aveiro | DeCA | MCMM | 09/10 | Conteúdos Audiovisuais para os Novos Media Danilo Nascimento - 48463
  • 2. INTRODUÇÃO Universidade de Aveiro | DeCA | MCMM | 09/10 | Conteúdos Audiovisuais para os Novos Media Marketing viral A publicidade tem usado cada vez mais das novas tecnologias e media para desenvolver campanhas publicitárias no intuito de comunicar-se melhor com o consumidor. A web e a evolução das plataformas, transformou a rede como media tornando-se relevante em termos de audiência e facilidade da comunicação segmentada.
  • 3. WEB MARKETING Universidade de Aveiro | DeCA | MCMM | 09/10 | Conteúdos Audiovisuais para os Novos Media Marketing viral <ul><li>A web advertising tem a característica de basear-se nos mesmos princípios da publicidade convencional (AIDA). </li></ul><ul><li>Tem custo reduzido em face a publicidade tradicional, atinge diretamente nichos segmentados e os resultados podem ser mensurados e acompanhados em tempo real. </li></ul><ul><li>Linguagens de divulgação próprias: Web adds estáticos, animados e interactivos, Social Network Advertising , Pay per click , pop-ups e web ad traps , viral advertising , entre outras. </li></ul>
  • 4. WEB MARKETING Universidade de Aveiro | DeCA | MCMM | 09/10 | Conteúdos Audiovisuais para os Novos Media Marketing viral <ul><li>As ferramentas mais usadas no web marketing para web advertising, destacam-se: </li></ul><ul><li>Web analytics </li></ul><ul><li>Pay per click </li></ul><ul><li>Keywords </li></ul><ul><li>Google ad sense </li></ul><ul><li>web posting packages </li></ul><ul><li>E-commerce </li></ul><ul><li>Social network advertising </li></ul>
  • 5. WEB MARKETING Universidade de Aveiro | DeCA | MCMM | 09/10 | Conteúdos Audiovisuais para os Novos Media Marketing viral Quantificação do investimento de publicidade online mundial:
  • 6. MARKETING VIRAL Universidade de Aveiro | DeCA | MCMM | 09/10 | Conteúdos Audiovisuais para os Novos Media Marketing viral Conceito simples: Propaganda boca a boca feita pelos consumidores. 2 perspectivas positivas. Divulgam seus produtos por outras pessoas (tornando a mensagem mais receptiva e credível) e geram share da mensagem se esta tiver qualidade suficiente e for atractiva. Os utilizadores, repassam a informação para outros usuários e o conteúdo começa a atingir toda a network daquelas pessoas, como uma infecção, por isso o nome &quot;viral&quot;. Utilizam-se de redes sociais, blogs e blogueiros, sites de video share, sites exclusivos e suas aplicações de compartilhamento.
  • 7. MARKETING VIRAL Universidade de Aveiro | DeCA | MCMM | 09/10 | Conteúdos Audiovisuais para os Novos Media Marketing viral “ É raro ver crescimentos significativos desde da audiência ao ponto de engajamento, mas tem existido um crescimento excepcional ao longo dos ultimos dois anos em ambos, video e redes sociais. Enquanto membros de comunidades (i.e, networks de redes sociais) tem reunido números impressionantes de audiência nos últimos cinco anos, as audiências de video tem crescido a níveis meteóricos, passando as audiências de email pessoal em Novembro de 2007.” (Nielsen Insights, 2009)
  • 8. MARKETING VIRAL Universidade de Aveiro | DeCA | MCMM | 09/10 | Conteúdos Audiovisuais para os Novos Media Marketing viral Como o conteúdo é disseminado e as fases da acção do usuário:
  • 9. VÍDEOS VIRAIS Universidade de Aveiro | DeCA | MCMM | 09/10 | Conteúdos Audiovisuais para os Novos Media Marketing viral Todo o vídeo que atinge uma grande audiência através da partilha de conteúdos na web pelos próprios utilizadores. Geralmente possuem engajamento emocional elevado. Podem ser produções profissionais ou amadoras. São difundidos rapidamente.
  • 10. VÍDEOS VIRAIS Universidade de Aveiro | DeCA | MCMM | 09/10 | Conteúdos Audiovisuais para os Novos Media Marketing viral Orientações do mercado para realizar filmes virais de sucesso: Não exceder de 3 a 5 minutos. São postados milhares de novos videos a cada minuto, portanto, o tempo é um factor necessário para atingir o público-alvo. Deve ser provocador, descontraído, interessante e autêntico: conectar os consumidores a um nível pessoal. Esta conexão constrói confiança e leva a acção. Conteúdo não é o único responsável: outras características também são importantes, como duração, capacidade de ser reeditado, não ter perfil de publicidade, linguagem diferenciada, entre outras.
  • 11. VÍDEOS VIRAIS Universidade de Aveiro | DeCA | MCMM | 09/10 | Conteúdos Audiovisuais para os Novos Media Marketing viral Orientações do mercado para realizar filmes virais de sucesso: Chegar na página dos vídeos mais vistos: contratar pessoas para publicar em blogs e foruns, criar usuários fakes. Trabalhar bem os títulos: algumas tags e palavras chamam a atenção dos utilizadores e geram mais cliques. Ser Google friendly: buscadores fornecem cada vez mais videos, blogs e books em seus resultados. Tags estratégicas: Investir em tags que ninguém mais utiliza e repetir as mesmas tags em todos os vídeos da campanha, explorando assim, a caixa de vídeos relacionados.
  • 12. VÍDEOS VIRAIS Universidade de Aveiro | DeCA | MCMM | 09/10 | Conteúdos Audiovisuais para os Novos Media Marketing viral Sites de vídeo share: YouTube, Hulu, Current TV, Yahoo! Video, Metacafe, Google Video, DailyMotion, Blip, Viddler, Vimeo, Stupid Videos, Break, Bolt, Clipshack.
  • 13. PERFIL DO CONSUMIDOR Universidade de Aveiro | DeCA | MCMM | 09/10 | Conteúdos Audiovisuais para os Novos Media Marketing viral Quem consome vídeos na internet?
  • 14. PERFIL DO CONSUMIDOR Universidade de Aveiro | DeCA | MCMM | 09/10 | Conteúdos Audiovisuais para os Novos Media Marketing viral Líderes de audiência:
  • 15. PERFIL DO CONSUMIDOR Universidade de Aveiro | DeCA | MCMM | 09/10 | Conteúdos Audiovisuais para os Novos Media Marketing viral Engajamento do conteúdo: Faixa etária de 18 a 29, são mais engajados com o conteúdo do que o restante dos utilizadores. Participam de votações e postam comentários sobre os vídeos.
  • 16. APLICAÇÕES MERCADOLÓGICAS Universidade de Aveiro | DeCA | MCMM | 09/10 | Conteúdos Audiovisuais para os Novos Media Marketing viral WEB: Campanha viral para o filme Batman The Dark Night: Conteúdo: 32 sites, torpedos de voz, emails, conteúdo gerado pelo utilizador, vídeos exclusivos, ARG e eventos de exibições públicas. Resultados: O filme atingiu 10 milhões de participantes em 75 países. Atingiu a marca do 1º filme com maior abertura da história, lucrando sessenta e sete milhões de dólares, até ser ultrapassado em 2009, pela a saga New Moon. Também foi o filme mais votado no IMDB, adquirindo a 3º colocação entre o top 250 durante no período em que foi lançado. Conclusão: A campanha foi envolvente e mobilizadora. Mesmo após a paralização na campanha por causa da morte do ator Heath Ledger se manteve online, o que curiosamente também aumentou o sucesso no tráfego das pesquisas pelo filme.
  • 17. APLICAÇÕES MERCADOLÓGICAS Universidade de Aveiro | DeCA | MCMM | 09/10 | Conteúdos Audiovisuais para os Novos Media Marketing viral WEB: The Fun Teory - Volkswagen Conteúdo : 1 site, 3 filmes, conteúdo gerado pelo utilizador, concurso. Resultados : O filme atingiu 1 milhão de visualizações no youtube, conseguiu se afirmar no mercado como uma marca de automóveis diferenciada e construir uma ponte de confiança com o consumidor. Foi considerado pelo meshable como o terceiro filme viral mais inovador de 2009 e ganhou enquetes de blogs e sites como melhor vídeo. Conclusão : A campanha prima pois em nenhum momente tenta vender os produtos da companhia, vendem a idéia do engajamento social da marca, aproximando-os assim do seu público-alvo e se posicionando no mercado.
  • 18. APLICAÇÕES MERCADOLÓGICAS Universidade de Aveiro | DeCA | MCMM | 09/10 | Conteúdos Audiovisuais para os Novos Media Marketing viral Mobile: “ A nova coleção abalou as muralhas da China. Agora quem vai abalar é você” - C&A Conteúdo: 1 site, 1 filme interactivo, torpedos de voz, conteúdo disseminado pelo utilizador. Resultados: Comunicou-se com o consumidor directamente e teve sua nova colecção de moda disseminada entre os utilizadores da web no Brasil. Conclusão: Foi uma boa estratégia aproximar o público alvo do personagem principal da campanha.
  • 19. APLICAÇÕES MERCADOLÓGICAS Universidade de Aveiro | DeCA | MCMM | 09/10 | Conteúdos Audiovisuais para os Novos Media Marketing viral Mobile: “ Navigation – Nokia (Londres)” Conteúdo: 1 site, 1 placar interactivo, sms, conteúdo gerado e disseminado pelo utilizador. Resultados: A reacção do público na rua foi excepcional, teve milhares de lugares sugeridos nos sms enviados e conseguiu transmitir o conceito da marca de navegação que desejavam. Conclusão: Através de um anúncio publicitário que também serve como serviço, pois além de sugestão e orientação para lugares, eles são feitos por usuários, tendo assim uma perspectiva de indicação mais credível.
  • 20. APLICAÇÕES MERCADOLÓGICAS Universidade de Aveiro | DeCA | MCMM | 09/10 | Conteúdos Audiovisuais para os Novos Media Marketing viral Mobile: Ainda existem algumas limitações para o desenvolvimento de campanhas virais em mobile. Enquanto a web possuí &quot;fortes fundamentos virais&quot; (Parker, 2007), o mobile ainda carece de engajamento e da posse por parte do utilizadores de equipamentos com funções como Bluetooth e wireless.
  • 21. CONSIDERAÇÕES FINAIS Universidade de Aveiro | DeCA | MCMM | 09/10 | Conteúdos Audiovisuais para os Novos Media Marketing viral Um vídeo não nasce viral. Necessita ser disseminado para adquirir este status. Marketing viral é benéfico as instituições e menos oneroso. Pode agregar valor à marca, mas também pode manchá-la. Possibilita atingir nichos de públicos específicos e segmentados com grande audiência.
  • 22. FIM Universidade de Aveiro | DeCA | MCMM | 09/10 | Conteúdos Audiovisuais para os Novos Media Marketing viral

×