DIAGNÓSTICO DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO – TI PARA O MUNICÍPIO DE CARUARU

2,451 views
2,325 views

Published on

TEIXEIRA FILHO, José Gilson de Almeida. Diagnóstico
de Tecnologia da Informação –TI para o município de
Caruaru. Recife: FCAP/UPE, 2013. Disponível em: <
https://www.dropbox.com/sh/a156u846v3vrgt4/0I4c
7NgtAd >. Acesso em: 17/08/2013.

0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total views
2,451
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
0
Actions
Shares
0
Downloads
36
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

DIAGNÓSTICO DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO – TI PARA O MUNICÍPIO DE CARUARU

  1. 1. RELATÓRIO FINAL DA PESQUISA DIAGNÓSTICO DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO – TI PARA O MUNICÍPIO DE CARUARU COORDENADOR DA PESQUISA Dr. JOSÉ GILSON DE ALMEIDA TEIXEIRA FILHO CARUARU, MAIO / 2013
  2. 2. 2013. JOSÉ GILSON DE ALMEIDA TEIXEIRA FILHO Todos os Direitos Reservados A reprodução não autorizada desta publicação, no todo ou em parte, sem a devida citação do autor da obra, constitui violação dos direitos autorais (Lei 9.610). INFORMAÇÕES E CONTATOS José Gilson de Almeida Teixeira Filho E-mail: jgtfilho@gmail.com http://www.gilsonteixeira.com Curriculum Lattes | Linkedin | Twitter | Facebook | Google+ | Skype: jgtfilho ATENÇÃO: As Associações Comerciais e Entidades de Classe que tenham interesse nos resultados desta pesquisa podem manter contato com o autor para encomendar esta pesquisa para seu município. A pesquisa seguirá o mesmo rigor científico e poderá auxiliar a diagnosticar o mercado de Tecnologia da Informação – TI do seu município, além de possibilitar que os resultados sejam comparados com os dados de outros municípios que já realizaram esta pesquisa. Dados Internacionais de Catalogação na Publicação (CIP) Universidade de Pernambuco - UPE Faculdade de Ciências da Administração de Pernambuco – FCAP Biblioteca Leucio Lemos T266d Teixeira Filho, José Gilson de Almeida. Diagnóstico de Tecnologia da Informação – TI para o município de Caruaru / José Gilson de Almeida Teixeira Filho. Recife, 2013. 116 f.: inclui gráficos, bibliografias e apêndices. Relatório Final da pesquisa realizada em Caruaru para diagnosticar o mercado de Tecnologia da Informação – TI. 1. Tecnologia da Informação - TI. 2. Diagnóstico de TI. 3. Mercado de TI Caruaru. I. Título. 658.4038011 CDD (23. ed.) Edna Meirelles - CRB-4/1022 FCAP-UPE 9-2013
  3. 3. SUMÁRIO 1. CONTEXTO E JUSTIFICATIVA ..........................................................................4 2. OBJETIVOS............................................................................................................5  Objetivo Geral.....................................................................................................5  Objetivos Específicos..........................................................................................5 3. EQUIPE E INFRAESTRUTURA DO PROJETO ..................................................6 4. METODOLOGIA DE PESQUISA .........................................................................6  Quanto a Natureza...............................................................................................7  Quanto aos Fins...................................................................................................7  Quanto aos Meios ...............................................................................................8  Quanto a Forma de Abordagem..........................................................................8  Instrumento de coleta de dados e análise dos resultados ....................................8 6. LIMITAÇÕES.........................................................................................................8 7. RELEVÂNCIA E IMPACTO DO PROJETO ........................................................9 8. RESULTADOS ALCANÇADOS...........................................................................9 9. AGRADECIMENTOS ..........................................................................................10 REFERÊNCIAS..............................................................................................................13 APÊNDICES...................................................................................................................15 DIAGNÓSTICO TI CARUARU 2013 – PERFIL DA EMPRESA ..........................16 DIAGNÓSTICO TI CARUARU 2013 – PERFIL DO PROFISSIONAL DE TI......68
  4. 4. DIAGNÓSTICO DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO – TI CARUARU 2013 Coordenador da Pesquisa: Dr. José Gilson de Almeida Teixeira Filho 4 1. CONTEXTO E JUSTIFICATIVA A cidade de Caruaru começou a tomar forma em 1681, quando o governador Aires de Souza de Castro, concedeu à família Rodrigues de Sá uma sesmaria (concessão de terras com o intuito de desenvolver a agricultura e a criação de gado) com 30 léguas de extensão (aproximadamente 12 hectares), denominada Fazenda Caruru. Mas, apenas em 1776, José Rodrigues de Jesus decidiu voltar para a fazenda do pai, que havia passado alguns anos abandonada. Pouco tempo após a morte do patriarca, a fazenda ganhava uma capela, dedicada a Nossa Senhora da Conceição, que foi acolhendo um pequeno povoado ao seu redor. Caruaru tornou-se cidade, uma das primeiras do Agreste pernambucano, pelo projeto nº 20, do deputado provincial Francisco de Paula Baptista, defendido em primeira discussão em 03 de abril de 1857, depois de aprovação sem debate, em 18 de maio do mesmo ano, com a assinatura da Lei Provincial nº 416, pelo vice-presidente da província de Pernambuco, Joaquim Pires Machado Portela. Localizada no Vale do Ipojuca, ao longo dos anos Caruaru recebeu várias denominações, sendo conhecida também como a ‘Princesa do Agreste’, ‘Capital do Agreste’ e a ‘Capital do Forró’. O município é mais populoso do interior de Pernambuco, com uma população residente de 306.788 habitantes, conforme dados do IBGE, relativos ao ano de 2010, que vivem numa área territorial de 921 Km², tendo como padroeira Nossa Senhora das Dores (IBGE, 2010). Atualmente, Caruaru destaca-se como o mais importante polo econômico, médico- hospitalar, acadêmico, cultural e turístico do Agreste, sendo também famosa por sua tradicional feira livre, enaltecida nos versos do compositor Onildo Almeida e na voz do eterno Rei do Baião, Luiz Gonzaga. A cidade abriga um dos mais importantes entrepostos comerciais do Nordeste e tem no Alto do Moura o Maior Centro de Artes Figurativas da América Latina, título este concedido pela Unesco, como reconhecimento de uma história iniciada na década de 40 do século passado, através do seu mais ilustre filho, Vitalino Pereira dos Santos, o Mestre Vitalino, ceramista que fez história através da criação de bonecos de barro, arte perpetuada entre seus familiares e vários discípulos, representados nas gerações de artesãos, ainda hoje residentes na famosa vila.
  5. 5. DIAGNÓSTICO DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO – TI CARUARU 2013 Coordenador da Pesquisa: Dr. José Gilson de Almeida Teixeira Filho 5 Haja vista todo o potencial de Caruaru torna-se cada dia mais importante utilizar os Sistemas de Informação/Tecnologia da Informação (SI/TI) para alavancar ainda mais as qualidades do município e das suas empresas, porém ainda hoje não se tem uma clara visão das contribuições da TI para Caruaru (CHIAVENATO e SAPIRO, 2009; COMPUTERWORLD, 2009; TURBAN et al. 2005; BRAGA, 2010; BRASIL, 2010; PORTER, 2005; COSTA e TEIXEIRA FILHO, 2005; COSTA et al., 2006; PINTO, 2008; TEIXEIRA FILHO, 2005, 2010a, 2010b, 2010c). Observa-se um aumento no número de faculdades, universidades, centro tecnológicos e cursos técnicos que se instalaram no município nos últimos anos. Todos esses centros geradores de conhecimentos estão formando inúmeros alunos que, em alguns casos, estão saindo do município para atuar em outras regiões do estado de Pernambuco e Caruaru está sofrendo com a falta de mão de obra qualificada na área de Tecnologia da Informação. Este estudo pretende entender qual a importância da TI para o município de Caruaru e quais as principais questões que precisam ser tratadas a curto, médio e longo prazo para que o município também possa ser referência na área de Sistemas de Informação/Tecnologia da Informação (SI/TI) (ANDERSEN, 2001; BASU, 2002; BURN e SZETO, 2000; GALLIERS e LEIDNER, 20009; NEWKIRK e LEDERER, 2006; PHILIP, 2007; KERZNER, 2006; PMI, 2008a, 2008b). 2. OBJETIVOS  Objetivo Geral Levantar a situação atual do uso de TI em Caruaru, analisar as principais forças e fraquezas e propor melhorias para o futuro da área de TI no município de Caruaru, além de visualizar o mapeamento da atuação das empresas e profissionais de TI.  Objetivos Específicos 1. Reunir/conquistar parceiros que apoiem o projeto de pesquisa; 2. Estabelecer as responsabilidades de cada parceiro no projeto; 3. Formular as perguntas do questionário de pesquisa;
  6. 6. DIAGNÓSTICO DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO – TI CARUARU 2013 Coordenador da Pesquisa: Dr. José Gilson de Almeida Teixeira Filho 6 4. Aplicar o questionário com empresas e profissionais de TI; 5. Consolidar e analisar os dados da pesquisa; 6. Elaborar relatório técnico contendo os resultados da pesquisa; 7. Apresentar os resultados da pesquisa para os interessados. 3. EQUIPE E INFRAESTRUTURA DO PROJETO O projeto de pesquisa foi coordenado pelo Prof. Dr. José Gilson de Almeida Teixeira Filho da Universidade de Pernambuco (UPE) e contou com a colaboração/parceria da Associação Comercial e Empresarial de Caruaru (ACIC). Os parceiros disponibilizaram a infraestrutura necessária para a realização das pesquisas acadêmicas e técnicas e a equipe ainda contou com a participação do Prof. MSc. Cirilo Lemos e equipe técnica de campo liderada pela aluna da UPE Caruaru Layra Nayara Damacena de Lima do curso de Sistemas de Informação. 4. METODOLOGIA DE PESQUISA A pesquisa foi realizada no município de Caruaru. Inicialmente foi calculado o universo da pesquisa e em seguida o tamanho da amostra foi definido para aplicação dos questionários. Os resultados obtidos foram analisados e interpretados com objetivo de identificar e propor recomendações e/ou melhorias para a área de Sistemas de Informação/Tecnologia da Informação (SI/TI) do município de Caruaru. A metodologia científica definiu as regras e procedimentos que permitiram o desenvolvimento da pesquisa em conjunto com os procedimentos e técnicas adequados citados no Quadro abaixo e detalhados a seguir. Natureza da Pesquisa Aplicada Do ponto de vista de seus objetivos Exploratória Descritiva Abordagem da Pesquisa Quantitativa Qualitativa Procedimentos utilizados na Pesquisa Pesquisa Bibliográfica Estudo de Campo Técnicas de Coleta de Dados para Pesquisa Questionário
  7. 7. DIAGNÓSTICO DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO – TI CARUARU 2013 Coordenador da Pesquisa: Dr. José Gilson de Almeida Teixeira Filho 7 O relatório do IBGE (2010) sobre o setor de tecnologia da informação e comunicação - TIC brasileiro foi utilizado como base para definição do tamanho da amostra, pois nele consta que, no ano de 2006, o país possuía 65.754 empresas que empregavam 673.024 pessoas na área de SI/TI. Desta forma, foi necessário adotar a seguinte fórmula para o cálculo de amostras para populações infinitas (excede a 100.000 elementos) considerada na teoria da amostragem (GIL, 2009; MARCONI e LAKATOS, 2009). Para este estudo utilizou- se a amostragem probabilística do tipo estratificada proporcional. O estudo considerou a população da pesquisa superior a 100.000, portanto observa-se, em termos estatísticos, uma população infinita. Logo, para atender às exigências estabelecidas pelo estudo, o número de elementos da amostra deveria contar com a resposta de no mínimo 72,75. Fórmula: Onde: n = tamanho da amostra; = nível de confiança escolhido, expresso em número de desvios-padrão; = percentual com o qual o fenômeno se verifica; = percentual complementar (100 – ); = erro máximo permitido. Ficou estabelecido que o número se situa por volta de 3,0%, portanto é igual a 100 – 3, ou seja, 97. Em seguida, adotou-se um nível de confiança de 95,5% (corresponde a 2 desvios-padrão) e um erro máximo de 4,0%. Aplicando-se a fórmula encontrou-se o seguinte resultado:  Quanto a Natureza A natureza da pesquisa pode ser básica ou aplicada. Nesse trabalho foi utilizada a natureza aplicada que tem como objetivo resolver problemas ou necessidades concretas e imediatas (GIL, 2009).  Quanto aos Fins A pesquisa exploratória tem como objetivo proporcionar maior familiaridade com o problema, com vista a torná-lo mais explícito ou a construir hipóteses (GIL, 2009). Já a pesquisa descritiva procura observar, registrar, analisar, classificar e interpretar os resultados da pesquisa por meio de técnicas padronizadas de coleta de dados, sem, no entanto, sofre interferências do pesquisador. Desse modo, essa pesquisa é do tipo exploratória, pois envolveu análise e levantamento sistemático da literatura, e descritiva, a qual usou para validação dos resultados através de método específico, mediante a utilização de questionários.
  8. 8. DIAGNÓSTICO DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO – TI CARUARU 2013 Coordenador da Pesquisa: Dr. José Gilson de Almeida Teixeira Filho 8  Quanto aos Meios A pesquisa bibliográfica disponibiliza um resumo das evidências relacionadas a uma estratégia de intervenção específica, mediante a aplicação de métodos explícitos e sistematizados de busca apreciação crítica e síntese da informação selecionada (GIL, 2009). Desse modo, essa pesquisa caracteriza-se por ser bibliográfica, pois procura explicar um problema a partir de fontes literárias publicadas em artigos, dissertações e teses advindos da internet.  Quanto a Forma de Abordagem De acordo Marconi e Lakatos (2009), a pesquisa com enfoque qualitativo baseia-se na elicitação e avaliação de modelos conceituais, a partir de descrições intuitivas do pesquisador. Gil (2009) define uma pesquisa quantitativa como sendo aquela que, por meio de modelos matemáticos e estatísticos, procura levantar resultados quantificáveis passíveis de interpretação. Desse modo, essa pesquisa caracteriza-se qualitativa, pois serve para aprofundar o conhecimento do problema, buscando entende-lo e quantitativa, pois permite quantificar os dados obtidos através do questionário.  Instrumento de coleta de dados e análise dos resultados O instrumento de coleta de dados utilizado na pesquisa será o questionário, pois de acordo com Cervo (2007) o questionário possibilita medir com mais exatidão o que se deseja. O questionário utilizado nesta pesquisa pode ser classificado como questionário estruturado, uma vez que constaram apenas questões fechadas de múltipla-escolha. 6. LIMITAÇÕES A pesquisa contou com o apoio efetivo da UPE e da ACIC na condução dos trabalhos, tendo como principais limitações: a baixa adesão de outros parceiros, principalmente os agentes públicos do município como: a prefeitura e suas secretarias, as instituições de ensino superior e outras associações de classe da região.
  9. 9. DIAGNÓSTICO DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO – TI CARUARU 2013 Coordenador da Pesquisa: Dr. José Gilson de Almeida Teixeira Filho 9 7. RELEVÂNCIA E IMPACTO DO PROJETO Através da realização dessa pesquisa, foi possível identificar as seguintes contribuições e impactos para o município de Caruaru:  Entendimento das necessidades atuais e potencialidades futuras da aplicação de Sistemas de Informação e Tecnologia da Informação em Caruaru;  Mapeamento da atuação das empresas e dos profissionais da área de SI/TI em Caruaru;  Diagnóstico e relatório técnico contendo todas as análises da área de SI/TI para Caruaru. 8. RESULTADOS ALCANÇADOS O diagnóstico agregou muito valor ao município de Caruaru e torna-se um marco histórico porque é a primeira pesquisa científica e mercadológica que disponibiliza dados sobre o perfil das empresas e profissionais de TI do município. Os dados revelaram questões que precisam ser bastante trabalhadas pelas empresas e profissionais para melhoria e crescimento da área de TI. São muitos os desafios, mas agora o município tem dados para apoiar esta evolução. A aplicação dos questionários durou três meses, nesse período foi mantido contato com as empresas dos setores de comércio, indústria e serviços do município para responder o questionário empresarial, além dos profissionais de TI para responder o questionário específico para os profissionais da área. Os contatos foram realizados através do telefone, e- mail e pessoalmente apoiados pela equipe de campo formada pelos alunos universitários. Também mantivemos contato com os diversos meios de comunicação locais e algumas associações e sindicatos para auxiliar na divulgação e realização do estudo. Para obter e tratar os dados foi adquirida pelo pesquisador uma licença paga da ferramenta WEB Survey Monkey que permitiu gerenciar todo o processo da pesquisa. Com relação ao questionário aplicado junto aos profissionais de TI foram obtidas, no total, 121 respostas, sendo que somente 95 delas foram utilizadas para a análise dos dados,
  10. 10. DIAGNÓSTICO DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO – TI CARUARU 2013 Coordenador da Pesquisa: Dr. José Gilson de Almeida Teixeira Filho 10 uma vez que 26 questionários tiveram que ser descartados por não estarem completamente respondidos. Com relação ao questionário aplicado junto às empresas de Caruaru foram obtidas, no total, 103 respostas, sendo que somente 80 delas foram utilizadas para a análise dos dados, uma vez que 23 questionários tiveram que ser descartados por não estarem completamente respondidos. Apesar das expectativas elevadas, os resultados da pesquisa se mantiveram dentro do esperado, com um número regular de respondentes e alguns descartes, tanto na pesquisa empresarial quanto na pesquisa com os profissionais de TI. Apesar de perceber o interesse por parte da sociedade e principalmente por parte do público alvo da pesquisa em desenvolver ações para melhoria e crescimento da área de TI de Caruaru, percebe-se ainda que existiram dificuldades relacionadas à disponibilidade, à burocracia e até mesmo à baixa importância dada a esse tipo de atividade (pesquisa) no município, mas, esses obstáculos foram contornados e superados e a pesquisa apresentou um bom resultado geral, em termos de quantidade e qualidade das informações colhidas. Vale ressaltar que por esta ser a primeira pesquisa de mercado de grande alcance realizada em Caruaru sobre Tecnologia da Informação – TI, o foco dado nesse momento foi mais abrangente com questões que permitissem fornecer um diagnóstico geral das ações a serem tomadas pela Câmara de TI da ACIC e outros interessados da sociedade. Dessa maneira os resultados permitiram uma visão global da área de TI em Caruaru. Posteriormente, acreditamos que pesquisas futuras possam gerar resultados mais específicos e detalhados sobre o uso de SI/TI em Caruaru. 9. AGRADECIMENTOS Agradecemos o apoio, incondicional, da ACIC Caruaru que exerceu um papel importante para que os resultados pretendidos fossem alcançados, auxiliando na divulgação da pesquisa junto aos seus associados, assim como a equipe executora do projeto de pesquisa coordenada pelo Prof. Dr. José Gilson de Almeida Teixeira Filho e a todos os alunos do curso de Sistemas de Informação da UPE Caruaru que apoiaram na divulgação da pesquisa e nas visitas presenciais de divulgação.
  11. 11. DIAGNÓSTICO DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO – TI CARUARU 2013 Coordenador da Pesquisa: Dr. José Gilson de Almeida Teixeira Filho 11 Um agradecimento especial para todas as empresas e profissionais da área de TI associados à Câmara Setorial de Tecnologia da Informação – TI da ACIC que contribuíram com as discussões para montar e validar a pesquisa e ainda tiveram o comprometimento de responder completamente os formulários da pesquisa enquanto Profissional de TI ou Empresário. Agradecimento Especial para as Empresas de Caruaru que responderam completamente a pesquisa e permitiram a divulgação dos seus nomes:  4Made Mobile Solutions  Agility Tecnologia  Agreste Software  Brasil Doce  Brasil Têxtil Ltda.  CACTUS Corretagem de Seguros  Casa de Saúde Santa Efigênia  Clinica Odontológica Oral Center Ltda.  Colégio Atual Caruaru  Consultec - Consultoria em Sistemas e Tecnologia  Distribuidora Cardeal Ltda.  Dog'sBoutique  Etical Etiquetas  Fênix Consultoria  Flora Flor Moda Infantil  Gesseplast Ind. e Com. Ltda.  GI-Tech Consultoria e Desenvolvimento de Sistemas Personalizados  Grupo MrMedia  GTCOM Comunicação  IBB - Botões do Brasil Ind. e Serv. Personalizados Ltda.  iBossa  Instituto da Visão de Pernambuco  J. Borba e CIA Ltda.  Jota Nunes Comunicação Ltda.  JUCEPE - Caruaru  Kalulu Comunicação  Logusis Softwares  MAC Têxtil Ltda.  Madamma Moda e Festa  MarQ Comunicação  MBR Contabilidade e Consultoria  Miranda Tecidos Ltda.  NETSAV  OralCenter  Ortocleves  Pedro Adelino Ferragens  RRX Construtora  Secretaria de Saúde de Caruaru  Só Trigo Atacado Ltda.  Soluções Informática  TI Café  TOP Livraria Ltda.  TV Asa Branca  UEP – Unidade de Economia, Estudos e Pesquisas da FIEPE  Unimed Caruaru Cooperativa de Trabalho Médico  UPE – Universidade de Pernambuco  Volf bobinas
  12. 12. DIAGNÓSTICO DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO – TI CARUARU 2013 Coordenador da Pesquisa: Dr. José Gilson de Almeida Teixeira Filho 12 Agradecimento Especial para os Profissionais de TI de Caruaru que responderam completamente a pesquisa e permitiram a divulgação dos seus nomes:  Ana Katarina Cavalcanti Medeiros  Anderson Felipe da Silva  Carlos Mágno  Carlos Roberto de Oliveira Santos  César Henrique Leite de Albuquerque  Clayton de Souza Martins  Danilo Monteiro RIbeiro  Diego Freire Cabral  Diego Gustavo  Diêgo Vaz Gomes  Edson Moretti do Nascimento  Eduardo Henrique Rafael  Eduardo Simões Bezerra  Elton Gustavo dos santos silva  Emerson Rafael Maia Melo  Emerson Santos  Erinaldo Florêncio de Vasconcelos  Esli Marques Florêncio Araújo  Espedito Luciano Pereira de Melo  Everton Jailson Soares Ferreira  Filipe Henrique Benjamim de Arruda  Gleyca Mirella Pedrosa Tavares  Hélder Andrade  Heleno José dos Santos Neto  Hian Oliveira Cintra  Humberto Pereira dos Santos  Ítalo Roberto Freitas de Sena  Jean Gomes Turet  Jefferson Aguiar  João Paulo da Silva  José Augusto Ribas da Silva  José Barbosa dos Santos  José Gilson de Almeida Teixeira Filho  Jose Janaylton  Joseildo Soares  Jucyelle Cavalcante da Silva  Juliete Vasconcelos  Libério Ferreira da Cunha Neto  Lindenberg Carneiro Roseno  Lourival Rodrigues Portela Júnior  Lubni Morais  Lucivan Max dos Santos  Lyone Bione  Marcello Wanderley Borges  Marcelo Tavares Gomes de Souza  Marco Aurélio Silva  Mike Nelson  Plínio Manoel Oliveira Silva  Rafael Guinho Monteiro  Rafael Honorato Galvão  Roberto da Silva Medeiros  Tarcísio Ferreira De Souza Cavalcanti  Wilon D. Valença Sobral
  13. 13. DIAGNÓSTICO DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO – TI CARUARU 2013 Coordenador da Pesquisa: Dr. José Gilson de Almeida Teixeira Filho 13 REFERÊNCIAS ANDERSEN, T. J. Information Technology, Strategic Decision Making Approaches and Organizational Performance in Different Industrial Settings. Journal of Strategic Information Systems, v. 10, p. 101-110, 2001. BASU, V. The Impact of Organizational Commitment, Senior Management Involvement, and Team Involvement on Strategic Information Systems Planning. Information & Management, v. 39, p. 513-524, 2002. BRAGA, R. TCU - Tribunal de Contas da União. Auditoria de Governança e Terceirização de TI. 2009. Disponível em: < https://acessoseguro.tcu.gov.br/portal/page/portal/TCU/comunidades/tecnologia_informacao/s efti_eventos/apresentacoes/2009/2009-08-23-Cnasi-SP-TMS2007.pdf >. Acesso em: 27 de Outubro de 2010. BRASIL. TCU – Tribunal de Contas da União. Levantamento acerca da Governança de Tecnologia da Informação na Administração Pública Federal. Relator Ministro Aroldo Cedraz. Brasília: TCU, SEFTI – Secretaria de Fiscalização de Tecnologia da Informação, 2010. BURN, J. M.; SZETO, C. A. Comparison of the Views of Business and IT Management on Success Factor for Strategic Alignment. Information & Management, v. 37, p. 197-216, 2000. CERVO, Amado L.; BERVIAN, Pedro A.; SILVA, Roberto da. Metodologia Científica. 6. ed. São Paulo: Pearson Prentice Hall, 2007. CHIAVENATO, I.; SAPIRO, A. Planejamento Estratégico. 2. ed. Rio de Janeiro: Elsevier, 2009. COMPUTERWORLD. Por que os projetos de ERP fracassam? 2009. Disponível em: < http://computerworld.uol.com.br/gestao/2009/08/18/porque-os-projetos-de-erp-fracassam/ >. Acesso em: 19 de Agosto de 2009. COSTA, A. P. C. S.; TEIXEIRA FILHO, J. G. A.; SILVA, M. M. A Exploração de SI/TI nas Organizações - um estudo exploratório na região metropolitana do recife. In: 25. ENEGEP – Encontro Nacional de Engenharia de Produção, 2005, Porto Alegre. A Exploração de SI/TI nas Organizações - um estudo exploratório na região metropolitana do recife, 2005. COSTA, A. P. C. S.; TEIXEIRA FILHO, J. G. A.; SILVA, M. M. As Empresas da Região Metropolitana do Recife e a Exploração de SI/TI. Revista Produção, v. 16, n. 2, p. 229-243, 2006. ISSN 0103-6513. GALLIERS, R. D.; LEIDNER, D. E. Strategic Information Management: challenges and strategies in managing information systems. 4. ed. USA: Routledge, 2009. GIL, A. C. Métodos e técnicas de pesquisa social. 6. ed. São Paulo: Atlas, 2009.
  14. 14. DIAGNÓSTICO DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO – TI CARUARU 2013 Coordenador da Pesquisa: Dr. José Gilson de Almeida Teixeira Filho 14 IBGE. CENSO IBGE 2010. Disponível em: http://www.ibge.gov.br/home/estatistica/populacao/censo2010/resultados_dou/PE2010.pdf. Acessado em: 29/11/2011. KERZNER, H. Gestão de Projetos: as melhores práticas. 2. ed. Porto Alegre: Bookman, 2006. MARCONI, Marina de Andrade; LAKATOS, Eva Maria. Fundamentos de Metodologia Científica. 6. ed. são Paulo: Atlas, 2009. NEWKIRK, H. E.; LEDERER, A. L. The effectiveness of strategic information systems planning under environmental uncertainty. Information & Management, v. 43, p. 481-501, 2006. PHILIP, G. IS Strategic Planning for Operational Efficiency. Information Systems Management, v. 24, p. 247-264, 2007. PINTO, P. P. Análise da exploração de SI/TI no pólo de confecções do Agreste Pernambucano - um estudo de caso. 2008. 89 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Sistemas de Informação) – FACITEC, Universidade de Pernambuco (UPE), Caruaru, 2008. PMI – Project Management Institute (Chapters Brasil). Estudo de Benchmarking em Gerenciamento de Projetos Brasil 2008. Rio de Janeiro: PMI, 2008b. PMI – Project Management Institute. Um Guia do Conhecimento em Gerenciamento de Projetos (Guia PMBOK). 4. ed. Newton Square: PMI, 2008a. PORTER, M. E. Estratégia Competitiva: técnicas para análise de indústrias e da concorrência. São Paulo: Campus, 2005. TEIXEIRA FILHO, J. G. A. Empresas Usuárias de SI/TI e os Profissionais de TI – um estudo exploratório na RMR. 2005. 94 f. Dissertação (Mestrado em Engenharia de Produção) – Universidade Federal de Pernambuco (UFPE), Recife, 2005. TEIXEIRA FILHO, J. G. A. Estudos de Caso Exploratórios. Relatório Técnico RT- 02/2010. Recife: CIn/UFPE, 2010c. TEIXEIRA FILHO, J. G. A. Estudos Exploratórios (Revisão Sistemática). Relatório Técnico RT-01/2010. Recife: CIn/UFPE, 2010b. TEIXEIRA FILHO, J. G. A. MMPE-SI/TI (Gov) - Modelo de Maturidade para Planejamento Estratégico de SI/TI direcionado às Organizações Governamentais Brasileiras baseado em Melhores Práticas. 2010. Tese (Doutorado em Ciências da Computação) – Universidade Federal de Pernambuco (UFPE), Recife, 2010a. TURBAN, E.; RAINER, R. K.; PORTER, R. E. Administração de Tecnologia da Informação. 3. ed. São Paulo: Campus, 2005.
  15. 15. DIAGNÓSTICO DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO – TI CARUARU 2013 Coordenador da Pesquisa: Dr. José Gilson de Almeida Teixeira Filho 15 APÊNDICES A seguir são apresentados os gráficos e as análises resultantes desta pesquisa que foi organizada/segmentada em dois questionários com propósitos diferentes:  DIAGNÓSTICO SOBRE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO – TI EM CARUARU – PERFIL DA EMPRESA.  DIAGNÓSTICO SOBRE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO – TI EM CARUARU – PERFIL DO PROFISSIONAL DE TI.
  16. 16. DIAGNÓSTICO DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO – TI CARUARU 2013 Coordenador da Pesquisa: Dr. José Gilson de Almeida Teixeira Filho 16 DIAGNÓSTICO TI CARUARU 2013 – PERFIL DA EMPRESA Resumo executivo: No total, 103 empresas de Caruaru responderam a pesquisa empresarial sobre TI, sendo que 80 respostas foram consideradas válidas porque os questionários foram preenchidos completamente servindo para realizar as análises e outras 23 respostas foram descartadas pelo fato dos questionários não estarem completamente respondidos. Os resultados da pesquisa com as empresas de Caruaru revelaram que 33,75% delas não são associadas à ACIC – Caruaru. Ao contrário, aquelas que são associadas apresentam-se nas seguintes câmaras setoriais: 13,75% na câmara de tecnologia da informação, 12,50% na câmara de saúde, 10% na câmara da indústria, 8,75% na câmara de comunicação, entre outras câmaras que tiveram menor representatividade. Das empresas participantes da pesquisa 90% são da iniciativa privada. Com relação ao ramo de atividade podemos destacar que 23,75% são de tecnologia da informação, 16,25% são do comércio, 11,25% são da saúde, 8,75% são de consultoria, 7,50% são do segmento têxtil, 7,50% são de educação, 6,25% são de alimentação e bebidas, entre outras áreas. Das empresas pesquisadas 32,50% têm até 5 anos de existência no mercado, 23,75% têm de 6 a 10 anos e 21,25% têm de 11 a 20 anos. Observa-se desta maneira que 77,50% das empresas pesquisadas possuem até 20 anos de existência. Ressalta-se também que 10% das empresas têm mais de 40 anos de existência. Ao analisar o faturamento bruto anual das empresas de Caruaru, segundo escala do SEBRAE, observa-se que 12,50% faturam até R$60.000,00 (Empreendedor Individual - EI), 42,50% faturam de R$60.000,00 a R$360.000,00 (Microempresa - ME), 25% faturam de R$360.000,01 a R$3.600.000,00 (Empresa de Pequeno Porte - EPP) e 20% faturam acima de R$3.600.000,00. A maioria das empresas participantes, 56,25% estão relacionadas ao Comércio e Serviços e possuem até 9 empregados.
  17. 17. DIAGNÓSTICO DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO – TI CARUARU 2013 Coordenador da Pesquisa: Dr. José Gilson de Almeida Teixeira Filho 17 Outra análise demonstra que 72,50% das empresas participantes possuem até 20 computadores em funcionamento na empresa e 50% tem setor/departamento de TI. A pesquisa empresarial foi respondida, em sua maioria, pelos proprietários (67,50%) e gestores de TI (32,50%). Destes 81,25% são do sexo masculino e 18,75% do sexo feminino com idade média entre 21 a 40 anos representando 73,25% dos respondentes. Com relação ao nível de formação concluído destaca-se que 41,25% possuem graduação e 31,25% possuem especialização, mas 81,25% não possuem certificações e os que possuem foram citadas ABPMP - Certified Business Process Professional (CBPP), ISACA - COBIT Foundation, ITIL Foundation, ITIL Manager. Ao questionar os gestores sobre o rendimento bruto mensal, 40% responderam que recebiam de R$1000,00 a R$3000,00, 16,25% de R$4000,00 a R$5000,00 e 22,50% acima de R$8000,00. Em relação ao gerenciamento de projetos, 40% das empresas não praticam e 28,75% das empresas praticam, mas não adotam qualquer padrão interno ou de mercado. Ao questionar se as empresas realizam planejamento estratégico institucional (ex: define missão, visão, valores e metas da organização), 77,50% responderam que sim e 22,50% responderam que não. Quando as empresas foram questionadas sobre a realização do planejamento estratégico de SI/TI, 51,25% não executam um processo de planejamento estratégico específico para área de SI/TI. As empresas foram questionadas sobre quanto investem anualmente em SI/TI e 51,25% responderam que investem até R$5000,00, de outro lado apenas 3,75% investem acima de R$300.000,00. Ainda existe muito espaço para investimentos planejados em SI/TI pelas empresas de Caruaru. As empresas participantes da pesquisa também foram questionadas sobre quanto do investimento total em SI/TI é destinado anualmente para capacitação dos funcionários da área de TI e 51,25% afirmaram que não investem na qualificação e capacitação dos seus funcionários. Do mesmo modo, perguntou-se também quanto do investimento total em SI/TI é destinado anualmente para terceirização dos serviços de TI e 41,25% não terceirizam os serviços, já 36,25% afirmaram que terceirizam até 10% dos investimentos.
  18. 18. DIAGNÓSTICO DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO – TI CARUARU 2013 Coordenador da Pesquisa: Dr. José Gilson de Almeida Teixeira Filho 18 Outro aspecto importante é entender como as empresas decidem onde e quando realizar os investimentos em SI/TI. Nesse aspecto, chama a atenção que 43,75% das empresas não utilizam nenhuma metodologia para essas escolhas e apenas 11,25% utilizam ferramentas de apoio à decisão. Quanto aos critérios utilizados para se investir em SI/TI, 21,25% das empresas citaram que adotam a análise de tendência de mercado apenas. Para 43,75% das empresas pesquisadas, os investimentos em SI/TI estão em EQUILÍBRIO com as necessidades da empresa, mas ainda assim proporcionam um desempenho organizacional ABAIXO do esperado. Já 31,25% das empresas consideraram que os investimentos em SI/TI estão ABAIXO das necessidades da empresa e proporcionam um desempenho organizacional ABAIXO do esperado. Em linha com a estratégia de negócios da empresa, 40% concordam plenamente que acompanham as novas tecnologias e tendências do mercado de TI. A maioria vê a TI como melhoria interna para os processos e vê a TI como diferencial competitivo para o negócio. Sobre o nível de automação que a empresa se encontra, ou seja, o nível em que os processos estão informatizados, 52,50% consideraram que estão no nível médio de automação. Já sobre o nível de dependência da empresa em relação ao uso de sistemas de informações, 57,50% responderam que possuem um nível alto de dependência. Na tentativa de observar o nível de maturidade ou estágio em que a empresa encontra-se em relação à utilização de SI/TI, 30% das empresas consideraram que muitas pessoas usam o computador sem gerenciamento e padronização de ferramentas técnicas. Esse resultado pressupõe que as empresas ainda precisam amadurecer bastante o entendimento real e as aplicações de SI/TI. Ao observar o tipo de conexão com Internet utilizada na empresa, 66,25% afirmaram que utilizam DSL (ex: Velox, GVT), mas quanto a qualidade da Internet disponível, 43,75% consideraram REGULAR. Quanto aos serviços disponibilizados na Internet, as empresas citaram que possuem principalmente site institucional e cadastro em redes sociais. Ao perguntar sobre o papel que as redes sociais (facebook, twitter, linkedin, etc.) exercem na empresa, elas citaram principalmente que usam como uma ferramenta para divulgação da empresa e de seus produtos/serviços.
  19. 19. DIAGNÓSTICO DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO – TI CARUARU 2013 Coordenador da Pesquisa: Dr. José Gilson de Almeida Teixeira Filho 19 O uso de SI/TI nos produtos e serviços procura melhorar para o cliente segundo as empresas pesquisadas aspectos relacionados à rapidez, qualidade e confiabilidade/credibilidade. Já o nível de influência que SI/TI exerce na qualidade dos produtos/serviços oferecidos ao cliente foi considerada como MÉDIA por 50% das empresas. Ao perguntar as empresa se elas utilizam algum software para melhoria da gestão, 42,50% informaram que utilizam software ERP (Sistemas de Gestão Empresarial) e 38,75% não utilizam softwares de gestão empresarial (ex: ERP, CRM, SCM, BI). Com relação às linguagens de programação as empresas de Caruaru trabalham ou desenvolveram seus sistemas usando principalmente Delphi/Pascal, JAVA e PHP. Os banco de dados mais usados são MySQL, SQL Server e Firebird. O sistema operacional mais usado é o Windows com 98,75% de uso, também são citados o Linux, Android e IOS (ex: iPhone, iPad, iPod) com baixa representatividade. Ao perguntar a motivação para a escolha desse tipo de sistema operacional, as empresas responderam que se baseava na facilidade de utilização e maior compatibilidade com os softwares e drivers do mercado. Os procedimentos relacionados à Segurança da Informação mais adotados pelas empresas de Caruaru são o uso de softwares de detecção de vírus e malwares (ex: antivírus), realização de backups periódicos guardados em locais seguros, restrições e bloqueios na utilização da Internet, Implantação de normas para utilização de redes sociais e instant messenger (ex: MSN, Skype). Por fim, buscou-se saber como as empresas souberam desta pesquisa e 43,75% responderam que foi através da ACIC – Caruaru, 17,50% através de e-mail e 11,25% através de amigos/profissionais e visitas presenciais das equipes nas empresas de Caruaru. Uma outra questão observou qual a relação da empresa com o SEBRAE Caruaru nos últimos 2 anos e a relação mostrou-se enfraquecida, uma vez que 41,25% informaram que conhecem, mas nunca utilizaram seus serviços e das que já utilizaram os serviços, 26,25% foram apenas para treinamento/instrutoria.
  20. 20. DIAGNÓSTICO DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO – TI CARUARU 2013 Coordenador da Pesquisa: Dr. José Gilson de Almeida Teixeira Filho 20
  21. 21. DIAGNÓSTICO DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO – TI CARUARU 2013 Coordenador da Pesquisa: Dr. José Gilson de Almeida Teixeira Filho 21
  22. 22. DIAGNÓSTICO DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO – TI CARUARU 2013 Coordenador da Pesquisa: Dr. José Gilson de Almeida Teixeira Filho 22
  23. 23. DIAGNÓSTICO DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO – TI CARUARU 2013 Coordenador da Pesquisa: Dr. José Gilson de Almeida Teixeira Filho 23
  24. 24. DIAGNÓSTICO DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO – TI CARUARU 2013 Coordenador da Pesquisa: Dr. José Gilson de Almeida Teixeira Filho 24
  25. 25. DIAGNÓSTICO DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO – TI CARUARU 2013 Coordenador da Pesquisa: Dr. José Gilson de Almeida Teixeira Filho 25
  26. 26. DIAGNÓSTICO DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO – TI CARUARU 2013 Coordenador da Pesquisa: Dr. José Gilson de Almeida Teixeira Filho 26
  27. 27. DIAGNÓSTICO DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO – TI CARUARU 2013 Coordenador da Pesquisa: Dr. José Gilson de Almeida Teixeira Filho 27
  28. 28. DIAGNÓSTICO DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO – TI CARUARU 2013 Coordenador da Pesquisa: Dr. José Gilson de Almeida Teixeira Filho 28
  29. 29. DIAGNÓSTICO DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO – TI CARUARU 2013 Coordenador da Pesquisa: Dr. José Gilson de Almeida Teixeira Filho 29
  30. 30. DIAGNÓSTICO DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO – TI CARUARU 2013 Coordenador da Pesquisa: Dr. José Gilson de Almeida Teixeira Filho 30
  31. 31. DIAGNÓSTICO DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO – TI CARUARU 2013 Coordenador da Pesquisa: Dr. José Gilson de Almeida Teixeira Filho 31
  32. 32. DIAGNÓSTICO DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO – TI CARUARU 2013 Coordenador da Pesquisa: Dr. José Gilson de Almeida Teixeira Filho 32
  33. 33. DIAGNÓSTICO DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO – TI CARUARU 2013 Coordenador da Pesquisa: Dr. José Gilson de Almeida Teixeira Filho 33
  34. 34. DIAGNÓSTICO DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO – TI CARUARU 2013 Coordenador da Pesquisa: Dr. José Gilson de Almeida Teixeira Filho 34 • AESGA - FAGA • ASCES • CEDEPE • Escola Profº Mario Sette • ESTÁCIO Recife • ESUDA • FACULDADE MAURICIO DE NASSAU - RECIFE • Faculdade Senac de Pernambuco • FAFICA - Faculdade de Filosofia Ciências de Letras • FAVIP - Faculdade do Vale do Ipojuca • Favor - CE • FBV - Faculdade Boa Viagem • FUNDACAO ALTINO VENTURA • Fundação Unimed/Universidade Gama Filho • Ibratec • Ide Brasil • Interfaces cursos • NETSAV • Online • PREPARA CURSOS • SEBRAE - Caruaru • SENAC - Caruaru • UEPB - Universidade Estadual da Paraíba • UFPE - Universidade Federal de Pernambuco • UFRPE - Universidade Federal Rural de Pernambuco • Unicap • Universidad del mar • Universidade Anhembi Morumbi • UNIVERSIDADE FEDERAL DE LAVRAS - MG • UNOPAR - Universidade Norte do Parana • UPE - Caruaru (Universidade de Pernambuco) • USP - Universidade de São Paulo
  35. 35. DIAGNÓSTICO DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO – TI CARUARU 2013 Coordenador da Pesquisa: Dr. José Gilson de Almeida Teixeira Filho 35
  36. 36. DIAGNÓSTICO DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO – TI CARUARU 2013 Coordenador da Pesquisa: Dr. José Gilson de Almeida Teixeira Filho 36 • Administração de Empresas • Administração de Redes • Administração de Sistemas de Informação • Administração e Marketing • Análise de Desenvolvimento de Sistemas • Bacharelado em Ciências Contábeis • Bacharelado em Ciências da Computação • Bacharelado em ciências econômicas • Bacharelado em Sistemas de Informação • Comunicação Social • Doutorado em Ciência da Computação • Economia • EMPRETEC • Engenharia de Segurança • Engenharia de Software • Especialização em Direito • Especialização em EAD • Especialização em Oftalmologia • Especialização em Saúde Pública • Gerencia de Cidades • Gestão Comercial • Gestão em Saúde • Licenciatura em Computação • MBA em Gestão de Marketing • MBA em Gestão de Negócios em Saúde • MBA em Marketing • MBA em Marketing • MBA em Gestão da Produção • MBA em Gestão de Pessoas • MBA em Gestão Empresarial • Mestrado em Ciência da Computação • Mestrado em Administração • Mestrado em Ciência da Computação • Pós-Graduação em Comunicação e Marketing em Mídias Digitais • Pós-Graduação em Gerenciamento de Redes de Computadores • Programação DELPH • Publicidade e Propaganda • Redes de computadores • Residência medica • Técnico de Suporte • Técnico em Transações Imobiliárias • Tecnologia em Redes de Computadores • Tecnólogo Análise e Desenvolvimento de Sistemas • Viabilidade de Empreendimentos • Vitrinismo • Webdesigner • Windows Server 2003
  37. 37. DIAGNÓSTICO DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO – TI CARUARU 2013 Coordenador da Pesquisa: Dr. José Gilson de Almeida Teixeira Filho 37
  38. 38. DIAGNÓSTICO DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO – TI CARUARU 2013 Coordenador da Pesquisa: Dr. José Gilson de Almeida Teixeira Filho 38
  39. 39. DIAGNÓSTICO DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO – TI CARUARU 2013 Coordenador da Pesquisa: Dr. José Gilson de Almeida Teixeira Filho 39
  40. 40. DIAGNÓSTICO DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO – TI CARUARU 2013 Coordenador da Pesquisa: Dr. José Gilson de Almeida Teixeira Filho 40
  41. 41. DIAGNÓSTICO DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO – TI CARUARU 2013 Coordenador da Pesquisa: Dr. José Gilson de Almeida Teixeira Filho 41
  42. 42. DIAGNÓSTICO DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO – TI CARUARU 2013 Coordenador da Pesquisa: Dr. José Gilson de Almeida Teixeira Filho 42
  43. 43. DIAGNÓSTICO DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO – TI CARUARU 2013 Coordenador da Pesquisa: Dr. José Gilson de Almeida Teixeira Filho 43
  44. 44. DIAGNÓSTICO DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO – TI CARUARU 2013 Coordenador da Pesquisa: Dr. José Gilson de Almeida Teixeira Filho 44
  45. 45. DIAGNÓSTICO DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO – TI CARUARU 2013 Coordenador da Pesquisa: Dr. José Gilson de Almeida Teixeira Filho 45
  46. 46. DIAGNÓSTICO DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO – TI CARUARU 2013 Coordenador da Pesquisa: Dr. José Gilson de Almeida Teixeira Filho 46
  47. 47. DIAGNÓSTICO DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO – TI CARUARU 2013 Coordenador da Pesquisa: Dr. José Gilson de Almeida Teixeira Filho 47
  48. 48. DIAGNÓSTICO DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO – TI CARUARU 2013 Coordenador da Pesquisa: Dr. José Gilson de Almeida Teixeira Filho 48
  49. 49. DIAGNÓSTICO DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO – TI CARUARU 2013 Coordenador da Pesquisa: Dr. José Gilson de Almeida Teixeira Filho 49
  50. 50. DIAGNÓSTICO DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO – TI CARUARU 2013 Coordenador da Pesquisa: Dr. José Gilson de Almeida Teixeira Filho 50
  51. 51. DIAGNÓSTICO DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO – TI CARUARU 2013 Coordenador da Pesquisa: Dr. José Gilson de Almeida Teixeira Filho 51
  52. 52. DIAGNÓSTICO DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO – TI CARUARU 2013 Coordenador da Pesquisa: Dr. José Gilson de Almeida Teixeira Filho 52
  53. 53. DIAGNÓSTICO DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO – TI CARUARU 2013 Coordenador da Pesquisa: Dr. José Gilson de Almeida Teixeira Filho 53
  54. 54. DIAGNÓSTICO DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO – TI CARUARU 2013 Coordenador da Pesquisa: Dr. José Gilson de Almeida Teixeira Filho 54
  55. 55. DIAGNÓSTICO DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO – TI CARUARU 2013 Coordenador da Pesquisa: Dr. José Gilson de Almeida Teixeira Filho 55
  56. 56. DIAGNÓSTICO DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO – TI CARUARU 2013 Coordenador da Pesquisa: Dr. José Gilson de Almeida Teixeira Filho 56
  57. 57. DIAGNÓSTICO DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO – TI CARUARU 2013 Coordenador da Pesquisa: Dr. José Gilson de Almeida Teixeira Filho 57
  58. 58. DIAGNÓSTICO DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO – TI CARUARU 2013 Coordenador da Pesquisa: Dr. José Gilson de Almeida Teixeira Filho 58
  59. 59. DIAGNÓSTICO DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO – TI CARUARU 2013 Coordenador da Pesquisa: Dr. José Gilson de Almeida Teixeira Filho 59
  60. 60. DIAGNÓSTICO DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO – TI CARUARU 2013 Coordenador da Pesquisa: Dr. José Gilson de Almeida Teixeira Filho 60
  61. 61. DIAGNÓSTICO DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO – TI CARUARU 2013 Coordenador da Pesquisa: Dr. José Gilson de Almeida Teixeira Filho 61
  62. 62. DIAGNÓSTICO DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO – TI CARUARU 2013 Coordenador da Pesquisa: Dr. José Gilson de Almeida Teixeira Filho 62
  63. 63. DIAGNÓSTICO DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO – TI CARUARU 2013 Coordenador da Pesquisa: Dr. José Gilson de Almeida Teixeira Filho 63
  64. 64. DIAGNÓSTICO DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO – TI CARUARU 2013 Coordenador da Pesquisa: Dr. José Gilson de Almeida Teixeira Filho 64
  65. 65. DIAGNÓSTICO DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO – TI CARUARU 2013 Coordenador da Pesquisa: Dr. José Gilson de Almeida Teixeira Filho 65
  66. 66. DIAGNÓSTICO DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO – TI CARUARU 2013 Coordenador da Pesquisa: Dr. José Gilson de Almeida Teixeira Filho 66
  67. 67. DIAGNÓSTICO DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO – TI CARUARU 2013 Coordenador da Pesquisa: Dr. José Gilson de Almeida Teixeira Filho 67
  68. 68. DIAGNÓSTICO DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO – TI CARUARU 2013 Coordenador da Pesquisa: Dr. José Gilson de Almeida Teixeira Filho 68 DIAGNÓSTICO TI CARUARU 2013 – PERFIL DO PROFISSIONAL DE TI Resumo executivo: No total, 121 profissionais de TI de Caruaru responderam a pesquisa sobre TI, sendo que 95 respostas foram consideradas válidas porque os questionários foram preenchidos completamente servindo para realizar as análises e outras 26 respostas foram descartadas pelo fato dos questionários não estarem completamente respondidos. Os resultados da pesquisa com os profissionais de TI de Caruaru revelaram que 89,47% dos respondentes são do sexo masculino, sendo 65,26% com idade entre 21 e 30 anos, com 51,58% tendo graduação concluída e atuando principalmente como Analista de Sistemas (12,63%) e programador (10,53%). A maioria (57,9%) dos profissionais de TI de Caruaru tem um rendimento bruto entre R$500,01 a R$2000,00. O inglês é, sem dúvidas, o idioma mais utilizado pelos profissionais, apenas 13,3% informaram que não estão habilitados a ler, falar, escrever e compreender este idioma. Com relação às certificações na área de TI os dados revelaram que 80% dos profissionais de TI não tem certificação. As certificações na área de TI são diferenciais competitivos muito fortes que auxiliam a comprovar as competências do profissional de TI. Dos que informaram possuir certificações as mais citadas foram: Gestão de TI - ITIL Foundation, Linux LPI - LPIC (1,2,3), SUN - Certified Java Programmer, Teste - IIST - Certified Software Test Professional (CSTP). Quando questionados sobre as certificações desejadas no futuro os profissionais apontaram como prioridade as áreas de programação, gestão de TI e gestão de projetos como suas preferências para se certificar. 71,58% dos profissionais de TI informaram que realizaram seu último treinamento até 1 ano. Podemos analisar que os profissionais estão se mantendo bastante atualizados. Ao mesmo tempo mais de 60% desses profissionais não recebem auxílios financeiros para suas capacitações, ou seja, os investimentos na carreira são realizados por eles mesmo e não pelas empresas em que trabalham. Os profissionais afirmaram que se atualizam com o objetivo de
  69. 69. DIAGNÓSTICO DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO – TI CARUARU 2013 Coordenador da Pesquisa: Dr. José Gilson de Almeida Teixeira Filho 69 aumentar a remuneração e melhorar a performance na execução dos seus trabalhos. Essa atualização é realizada mais em capacitações presenciais do que à distância e a principal fonte de informações é a Internet. Com relação ao vínculo de trabalho observa-se que 37,89% dos profissionais de TI possuem carteira assinada, 13,68% sem carteira assinada e 16,84% estavam desempregados no momento da pesquisa. 11,58% indicaram que são empregadores, ou seja, são empresários na área de TI. Este é um índice que ainda pode ser bastante trabalhado em programas de incentivo a abertura de empresas de TI em parceria com Incubadoras e SEBRAE. 41,05% dos profissionais consideraram que estão bem satisfeitos com sua relação de trabalho atual, apesar de 60% nunca terem sido promovidos. Quando questionados sobre experiências anteriores em outras áreas diferentes de TI, 60% afirmaram que já atuaram em outras áreas antes de trabalhar com SI/TI. 67,36% dos profissionais de TI de Caruaru que responderam a pesquisa possuem até 5 anos de experiência na área. Em outro item eles citaram como principais dificuldades para se inserir no mercado de Caruaru o baixo reconhecimento profissional, os baixos salários, falta de entendimento das empresas sobre os benefícios de SI/TI e baixa oferta de vagas na área. 58,95% dos profissionais atuam no nível operacional/técnico, 23,16% no nível tático/gerencial e 17,89% no nível estratégico/decisor. Os principais motivos que levaram os profissionais a escolherem atuar com SI/TI foram: a afinidade com o ambiente e as novas tecnologias, o crescimento do mercado global de TI e as possibilidades de ascensão profissional. Mesmo motivados por essas questões 32,63% dos profissionais ainda questionam que os salários estão abaixo das suas expectativas. Ao serem questionados se pretendiam sair da área de TI, 77,89% dos profissionais descartaram esta opção, o que permite observar que estão bastante satisfeitos com a área. Com relação às linguagens de programação que utilizam, os profissionais citaram JAVA, PHP, C# e Delphi como as que mais dominam. Sobre os bancos de dados foram citados o MySQL, ORACLE e SQL Server como os mais usados pelos profissionais de TI de Caruaru. Sobre os sistemas operacionais os mais usados foram Windows e Linux, com atenção especial para o Android utilizado em dispositivos móveis que foi bastante comentado.
  70. 70. DIAGNÓSTICO DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO – TI CARUARU 2013 Coordenador da Pesquisa: Dr. José Gilson de Almeida Teixeira Filho 70 Por fim, destacamos que os profissionais de TI souberam da pesquisa principalmente através do e-mail (27,37%), das redes sociais (26,37%) e da sua rede de amigos/profissionais (23,16%). Perguntamos também a relação do profissional de TI com a ACIC - Caruaru e observamos que 51,58% já conheciam a ACIC, mas não eram associados a nenhuma câmara setorial na época. 11,58% já eram associados da câmara de TI, recém criada em 2011 e responsável por esta pesquisa.
  71. 71. DIAGNÓSTICO DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO – TI CARUARU 2013 Coordenador da Pesquisa: Dr. José Gilson de Almeida Teixeira Filho 71
  72. 72. DIAGNÓSTICO DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO – TI CARUARU 2013 Coordenador da Pesquisa: Dr. José Gilson de Almeida Teixeira Filho 72
  73. 73. DIAGNÓSTICO DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO – TI CARUARU 2013 Coordenador da Pesquisa: Dr. José Gilson de Almeida Teixeira Filho 73
  74. 74. DIAGNÓSTICO DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO – TI CARUARU 2013 Coordenador da Pesquisa: Dr. José Gilson de Almeida Teixeira Filho 74 • CompTia • DLTEC TECNOLOGIA • AESO • C.E.S.A.R. • Com Êxito • DataSul • Escola Dom Vital • Escola Superior de Redes • Faculdade SENAC • FAFICA - Caruaru • FUCTURA • Fundação Getúlio Vargas • Georgia Tech • IFPE • Info Basic • InforWay • Microcamp • Microlins • Microsoft Innovation Center Pernambuco • New Center Informática • People Caruaru • POLI • Procenge • Qualiti • SEBRAE - Recife • SENAC - Caruaru • SENAI - Caruaru • UFPE - Campus Caruaru • UFPE - Campus Recife • Universidade Castelo Branco • UPE - Campus Caruaru • UPE - Campus Recife
  75. 75. DIAGNÓSTICO DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO – TI CARUARU 2013 Coordenador da Pesquisa: Dr. José Gilson de Almeida Teixeira Filho 75
  76. 76. DIAGNÓSTICO DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO – TI CARUARU 2013 Coordenador da Pesquisa: Dr. José Gilson de Almeida Teixeira Filho 76  Administração de redes  Administração de Serviços Linux  Android  Autocad  Bacharelado em Analise e desenvolvimento de sistemas  Bacharelado em Sistemas de Informações  Blender  BPMN na Prática: Noções e Automação de Modelos Utilizando o Bizagi Studio  CAKE PHP  CCNA  Curso Fundamentos da Gestão de TI  Curso preparatório para certificação LPI  Doutorado em Ciências da Computação  EMPRETEC  Engenharia de software com foco em dispositivos móveis  Engenharia de Software com foco em Fábrica de Software  Especialização em Banco de Dados  Especialização em designer e desenvolvimento de widgets  Especialização em Engenharia de Software  Especialização em engenharia de software  Especialização em Governança de TI  Gerência de Projeto  Gestão ágil de projetos com SCRUM  Governança de TI  Hardware/Linux  HTML 5/ CSS  Informática Avançada  Informática Básica  Informática para Internet  Inglês  Introdução a WebServices  LN101i - Wireless ISP Outdoor Specialist Design  Manutenção de Computadores  Manutenção de Notebooks, Impressoras e monitores  Manutenção e configuração de Softwares, hardwares e Redes  Mestrado em Ciência da Computação  Modelagem de Processos (BPM)  Montagem e Manutenção de Micro  Operador de suporte de TI  Processamento de Imagens Digitais  Programação de Computadores  Programação em C#  Silverlight Básico  TechEd Brasil  Tecnólogo em Processos Gerenciais  Tecnólogo em redes de computadores  Web Designer  Windows Server 2008
  77. 77. DIAGNÓSTICO DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO – TI CARUARU 2013 Coordenador da Pesquisa: Dr. José Gilson de Almeida Teixeira Filho 77
  78. 78. DIAGNÓSTICO DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO – TI CARUARU 2013 Coordenador da Pesquisa: Dr. José Gilson de Almeida Teixeira Filho 78
  79. 79. DIAGNÓSTICO DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO – TI CARUARU 2013 Coordenador da Pesquisa: Dr. José Gilson de Almeida Teixeira Filho 79
  80. 80. DIAGNÓSTICO DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO – TI CARUARU 2013 Coordenador da Pesquisa: Dr. José Gilson de Almeida Teixeira Filho 80
  81. 81. DIAGNÓSTICO DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO – TI CARUARU 2013 Coordenador da Pesquisa: Dr. José Gilson de Almeida Teixeira Filho 81
  82. 82. DIAGNÓSTICO DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO – TI CARUARU 2013 Coordenador da Pesquisa: Dr. José Gilson de Almeida Teixeira Filho 82
  83. 83. DIAGNÓSTICO DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO – TI CARUARU 2013 Coordenador da Pesquisa: Dr. José Gilson de Almeida Teixeira Filho 83
  84. 84. DIAGNÓSTICO DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO – TI CARUARU 2013 Coordenador da Pesquisa: Dr. José Gilson de Almeida Teixeira Filho 84
  85. 85. DIAGNÓSTICO DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO – TI CARUARU 2013 Coordenador da Pesquisa: Dr. José Gilson de Almeida Teixeira Filho 85
  86. 86. DIAGNÓSTICO DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO – TI CARUARU 2013 Coordenador da Pesquisa: Dr. José Gilson de Almeida Teixeira Filho 86
  87. 87. DIAGNÓSTICO DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO – TI CARUARU 2013 Coordenador da Pesquisa: Dr. José Gilson de Almeida Teixeira Filho 87
  88. 88. DIAGNÓSTICO DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO – TI CARUARU 2013 Coordenador da Pesquisa: Dr. José Gilson de Almeida Teixeira Filho 88
  89. 89. DIAGNÓSTICO DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO – TI CARUARU 2013 Coordenador da Pesquisa: Dr. José Gilson de Almeida Teixeira Filho 89
  90. 90. DIAGNÓSTICO DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO – TI CARUARU 2013 Coordenador da Pesquisa: Dr. José Gilson de Almeida Teixeira Filho 90
  91. 91. DIAGNÓSTICO DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO – TI CARUARU 2013 Coordenador da Pesquisa: Dr. José Gilson de Almeida Teixeira Filho 91
  92. 92. DIAGNÓSTICO DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO – TI CARUARU 2013 Coordenador da Pesquisa: Dr. José Gilson de Almeida Teixeira Filho 92
  93. 93. DIAGNÓSTICO DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO – TI CARUARU 2013 Coordenador da Pesquisa: Dr. José Gilson de Almeida Teixeira Filho 93
  94. 94. DIAGNÓSTICO DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO – TI CARUARU 2013 Coordenador da Pesquisa: Dr. José Gilson de Almeida Teixeira Filho 94
  95. 95. DIAGNÓSTICO DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO – TI CARUARU 2013 Coordenador da Pesquisa: Dr. José Gilson de Almeida Teixeira Filho 95
  96. 96. DIAGNÓSTICO DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO – TI CARUARU 2013 Coordenador da Pesquisa: Dr. José Gilson de Almeida Teixeira Filho 96
  97. 97. DIAGNÓSTICO DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO – TI CARUARU 2013 Coordenador da Pesquisa: Dr. José Gilson de Almeida Teixeira Filho 97
  98. 98. DIAGNÓSTICO DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO – TI CARUARU 2013 Coordenador da Pesquisa: Dr. José Gilson de Almeida Teixeira Filho 98
  99. 99. DIAGNÓSTICO DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO – TI CARUARU 2013 Coordenador da Pesquisa: Dr. José Gilson de Almeida Teixeira Filho 99
  100. 100. DIAGNÓSTICO DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO – TI CARUARU 2013 Coordenador da Pesquisa: Dr. José Gilson de Almeida Teixeira Filho 100
  101. 101. DIAGNÓSTICO DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO – TI CARUARU 2013 Coordenador da Pesquisa: Dr. José Gilson de Almeida Teixeira Filho 101
  102. 102. DIAGNÓSTICO DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO – TI CARUARU 2013 Coordenador da Pesquisa: Dr. José Gilson de Almeida Teixeira Filho 102
  103. 103. DIAGNÓSTICO DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO – TI CARUARU 2013 Coordenador da Pesquisa: Dr. José Gilson de Almeida Teixeira Filho 103
  104. 104. DIAGNÓSTICO DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO – TI CARUARU 2013 Coordenador da Pesquisa: Dr. José Gilson de Almeida Teixeira Filho 104
  105. 105. DIAGNÓSTICO DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO – TI CARUARU 2013 Coordenador da Pesquisa: Dr. José Gilson de Almeida Teixeira Filho 105
  106. 106. DIAGNÓSTICO DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO – TI CARUARU 2013 Coordenador da Pesquisa: Dr. José Gilson de Almeida Teixeira Filho 106
  107. 107. DIAGNÓSTICO DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO – TI CARUARU 2013 Coordenador da Pesquisa: Dr. José Gilson de Almeida Teixeira Filho 107
  108. 108. DIAGNÓSTICO DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO – TI CARUARU 2013 Coordenador da Pesquisa: Dr. José Gilson de Almeida Teixeira Filho 108
  109. 109. DIAGNÓSTICO DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO – TI CARUARU 2013 Coordenador da Pesquisa: Dr. José Gilson de Almeida Teixeira Filho 109
  110. 110. DIAGNÓSTICO DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO – TI CARUARU 2013 Coordenador da Pesquisa: Dr. José Gilson de Almeida Teixeira Filho 110
  111. 111. DIAGNÓSTICO DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO – TI CARUARU 2013 Coordenador da Pesquisa: Dr. José Gilson de Almeida Teixeira Filho 111
  112. 112. DIAGNÓSTICO DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO – TI CARUARU 2013 Coordenador da Pesquisa: Dr. José Gilson de Almeida Teixeira Filho 112
  113. 113. DIAGNÓSTICO DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO – TI CARUARU 2013 Coordenador da Pesquisa: Dr. José Gilson de Almeida Teixeira Filho 113
  114. 114. DIAGNÓSTICO DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO – TI CARUARU 2013 Coordenador da Pesquisa: Dr. José Gilson de Almeida Teixeira Filho 114
  115. 115. DIAGNÓSTICO DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO – TI CARUARU 2013 Coordenador da Pesquisa: Dr. José Gilson de Almeida Teixeira Filho 115
  116. 116. DIAGNÓSTICO DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO – TI CARUARU 2013 Coordenador da Pesquisa: Dr. José Gilson de Almeida Teixeira Filho 116

×