Rna e síntese de proteínas

8,941 views
8,582 views

Published on

1 Comment
1 Like
Statistics
Notes
No Downloads
Views
Total views
8,941
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
2
Actions
Shares
0
Downloads
95
Comments
1
Likes
1
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Rna e síntese de proteínas

  1. 1. RNA e SÍNTESE de PROTEÍNAS Profa. Dra. Giovanna Negromonte Torquato Seixas
  2. 2. A síntese de DNA tem como objetivo replicar, de modo exato, o genoma. Já a síntese de RNA está relacionada com a própria expressão gênica. O processo de síntese de RNA, a partir de um molde de DNA, é denominado
  3. 3. FASES DA TRANSCRIÇÃO • 1- INICIAÇÃO Uma das subunidades da enzima reconhece e se liga a uma sequência de iniciação (promotor) que está na molécula de DNA. O promotor corresponde a uma sequência específica de bases reconhecida pela RNA polimerase.
  4. 4. • Na extremidade 5’ do gene a ser transcrito, encontram-se duas sequências promotoras, ambas com 6 nucleotídeos. • Uma localizada a cerca de 10 pares de bases (-10) e outra a cerca de 35pb (-35) do gene a ser transcrito (“TATA box”). • O fator sigma deixa a RNA polimerase no sítio promotor e volta para o citoplasma.
  5. 5. • Esta enzima correrá de 5’ para 3’, unindo os nucleotídeos que entraram e, ao chegar ao sítio terminalizador, será retirada do molde de DNA. • Sequência terminal AATAAA distante de 15 a 30 bases da ponta 3’ • RNApol II – atua na maioria das reações de transcrição. • RNApol III – RNAt, 5S RNA • RNApol I - RNAr
  6. 6. 2- Elongação • A partir da ligação da RNApol na molécula de DNA, através do promotor, dá-se início a elongação da molécula de RNA. • A sequência de bases é determinada pelo pareamento complementar nucleotídeo- molde (3’-5’).
  7. 7. 3- Terminação • Na síntese de RNA não ocorre mecanismo de reparo, fenômeno que ocorre na replicação do DNA, mas como o RNA não sofre replicação os possíveis erros não são passados para futuras gerações. • Durante a transcrição apenas um gene de cada fita de DNA é transcrito. Em alguns organismos uma fita é molde para alguns genes e a outra para outros genes, em outros organismos todos os genes transcritos estão na mesma fita de DNA
  8. 8. Processamento do RNAm • O RNAm citoplasmático é derivado de um precursor denominado RNAhn (heterogêneo nuclear). • Os RNAm de eucariotos são monocistrônicos (codificam apenas para um polipeptídeo).
  9. 9. O processamento pós-transcrição do RNAhn pra originar o RNAm envolve três etapas: • 1- Adição de um grupamento 2-O-metil e de um resíduo 7-metilguanosina, que formam o chamado cap, na região 5’ • 2- Adição de um ácido poliadenílico na região 3’(poli A) • 3- “Splicing” para remoção dos íntrons

×