EAD - AD1 - Danielle Chaves, Monica Barros e Simone Oliveira
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×
 

Like this? Share it with your network

Share

EAD - AD1 - Danielle Chaves, Monica Barros e Simone Oliveira

on

  • 557 views

Avaliação a distância 1 - Educação a distância - Danielle Chaves, Monica Barros e Simone Oliveira - CEDERJ Setembro/2011

Avaliação a distância 1 - Educação a distância - Danielle Chaves, Monica Barros e Simone Oliveira - CEDERJ Setembro/2011

Statistics

Views

Total Views
557
Views on SlideShare
557
Embed Views
0

Actions

Likes
0
Downloads
3
Comments
0

0 Embeds 0

No embeds

Accessibility

Categories

Upload Details

Uploaded via as Microsoft PowerPoint

Usage Rights

© All Rights Reserved

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Processing…
Post Comment
Edit your comment

EAD - AD1 - Danielle Chaves, Monica Barros e Simone Oliveira Presentation Transcript

  • 1. CEDERJ Disciplina: Educação a Distância Alunas: Danielle de Oliveira Chaves, Monica Silveira Barros e Simone Gomes de Oliveira Setembro/2011
  • 2. Usos potenciais das tecnologias digitais na formação de professores
    • Segundo Moran (2011), Educação a distância é um processo de ensino-aprendizagem, mediado por tecnologias, onde professores e alunos estão separados espacial e/ou temporalmente.
    • A partir da mudança de paradigmas iniciada na década de setenta do século passado, a evolução tecnológica e das novas tendências na área da educação continuada ou de formação, podemos considerar que a Educação a Distância a cada dia vem sendo objeto de questionamento científico e de novas tendências mercadológica.
  • 3. Usos potenciais das tecnologias digitais na formação de professores
    • Sabe-se que a sociedade pós-moderna é fortemente marcada pelo poder do conhecimento e da informação.
    • De acordo com Pesce (2005), baseado em Kincholoe (1997), discute-se que os professores devem ser coletivamente reflexivos e devem estabelecer alianças solidárias, o que caracteriza a “pedagogia da consciência”.
  • 4. Usos potenciais das tecnologias digitais na formação de professores
    • Assim, a comunicação estabelecida sob a proposta de “todos com todos” requer não só características específicas de um tutor ou professor como, por exemplo, organização de um grande número de ideias lançadas quase que simultaneamente, administração e disponibilidade de tempo suficiente para a leitura e interpretação das idéias lançadas pelos discentes, suficientemente conhecedor dos embasamentos teóricos propostos nas atividades e conteúdos e capaz de avançar de forma coesa, organizada, democrática, individual e coletiva simultaneamente.
  • 5. Usos potenciais das tecnologias digitais na formação de professores
    • As políticas públicas para os usos potenciais das tecnologias digitais na formação de professores são: a nova LDB – lei nº 9394/96, os Referenciais para Formação de Professores (1999) e o Plano Nacional de Educação (2001).
    • O sistema Universidade Aberta do Brasil (UAB) foi instituído para regulamentar a Educação a Distância no país, através do decreto 5800/2006.
  • 6. Usos potenciais das tecnologias digitais na formação de professores
    • Assim sendo, a Tv Escola, o Programa Nacional de Informática na Educação (PROINFO) e o Programa de Formação de Professores (PROFORMAÇÃO) implementaram ações voltadas para o enriquecimento do processo de ensino e aprendizagem, democratizar o acesso à telemática, educar para o exercício da cidadania no mundo contemporâneo, capacitar continuamente os docentes e gestores e aprimorar a recuperação e aceleração escolar.
  • 7. Usos potenciais das tecnologias digitais na formação de professores
    • Sabendo-se que o país tem dimensões continentais, como formar e capacitar professores que vivem nos mais diversos espaços?
    • Assim, surge a possibilidade de explorar a educação a distância para enfrentar esse desafio, permitindo flexibilidade de tempo, de ritmos de aprendizagem, com distintos itinerários formativos que possibilitam diferentes entradas e saídas, favorecendo a permanência do aluno em seu entorno familiar e profissional.
  • 8. Usos potenciais das tecnologias digitais na formação de professores
    • É do conhecimento de todos que as tecnologias da informação e comunicação modificaram as possibilidades de mediação pedagógica. A formação de professores em nível superior está inserida na perspectiva de adequação à “sociedade da informação”, enfatizada por indicações de que o uso das TICs, reduzidas a estratégias de EAD, possa ampliar o acesso, “democratizando” e modernizando a educação superior.
  • 9. Usos potenciais das tecnologias digitais na formação de professores
    • Refletir sobre as Novas Tecnologias da Informação e Comunicação (NTICs), a legislação e vários programas de incentivo à formação de professores apoiados e financiados pelo MEC trouxe-nos a oportunidade de rever questões sobre Educação à Distância, tais como:
    • Quais as vantagens e desvantagens das diferentes tecnologias?
  • 10. Usos potenciais das tecnologias digitais na formação de professores
    • Como a generalização das novas tecnologias de informação e comunicação podem favorecer o desenvolvimento dos processos educacionais?
    • Quais as consequências do uso generalizado das novas tecnologias no comportamento social e psicológico do aluno?
    • Certas faculdades intelectuais perdem sua importância numa sociedade informatizada, em benefício de outras?
  • 11. Usos potenciais das tecnologias digitais na formação de professores
    • O uso do computador desenvolve faculdades intelectuais deferentes das pretendidas pelo ensino convencional?
    • Quais os modelos mais adequados de interação professor-aluno-computador?
  • 12. Usos potenciais das tecnologias digitais na formação de professores CONCLUSÕES
    • É importante que não haja preocupação demasiada com os aspectos técnicos da informática, em detrimento da relevância social e cidadã quando da apropriação de novas tecnologias para a formação de professores do Ensino Básico no país, posto que o uso das NTICs amplia o nível de informação, mas é imprescindível que o ser humano seja sábio para aproveitar as vantagens da Tecnologia da Educação em prol da transformação social, por um mundo mais justo, democrático e que respeite a diversidade cultural, social e econômica existentes.
  • 13. Referências bibliográficas
    • KINCHELOE , J. L. A formação do professor como compromisso político: mapeando o pós-moderno. Trad. N. M. C. Pellanda. Porto Alegre: ArtMed, 1997.
    • MARSICANO, Neuza Maria de Oliveira. Novas tecnologias: apoio para formação de professores no Brasil. Acessado em Setembro/2011.
    • MORAN, J. M. O. que é educação a distância. Disponível em: < http://www.eca.usp.br/prof/moran/dist.htm> . Acessado em Setembro/2011.
    • PESCE, L. Formação de educadores na contemporaneidade: a contribuição dos ambientes digitais de aprendizagem. GT: Educação e Comunicação / n. 16. Disponível em: <http://www.irece.faced.ufba.br/twiki/pub/GEC/TrabalhoAno2005/formacao_de_educadores.pdf.> Acessado em Setembro/2011.
    • STAHL, Marimar M. Formação de professores para uso das novas tecnologias de comunicação e informação. Acessado em Setembro/2011.