Unidade 2 conceitos, funções e objetivos do sp

38,558 views
38,032 views

Published on

3 Comments
5 Likes
Statistics
Notes
No Downloads
Views
Total views
38,558
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
3
Actions
Shares
0
Downloads
701
Comments
3
Likes
5
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Unidade 2 conceitos, funções e objetivos do sp

  1. 1. Conceitos, funções e objetivos dos sistemas de produção Professor: Daniel Moura Disciplina: Sistemas de Produção Curso: Graduação em Engenharia de Produção
  2. 2. Introdução • Sistemas; • Organização; • Administração da Produção – Maneira pela qual as organizações produzem bens e serviços; FUNÇÃO PRODUÇÃO
  3. 3. Conceito de Sistemas de Produção • Conjunto de partes (subsistemas) interligadas,cujo objetivo é transformar entradas (inputs) em saídas (outputs), na forma de bens e/ou serviços através de um processamento pré-definido.
  4. 4. Sistema de Produção Funções Centrais • Função Marketing: responsável por comunicar os produtos ou serviços de uma empresa ao mercado. • Função Desenvolvimento de produto/serviço: responsável por criar novos produtos ou serviços ou modificá-los. • Função Produção: responsável por satisfazer às solicitações do consumidor por meio da produção e entrega de bens e serviços. Funções de apoio à Função Produção • Função Contábil-financeira: apoia nos processos decisórios econômicos e administra os recursos fianceiros da organização. • Função Recursos Humanos: recruta e desenvolve os funcionários da organização.
  5. 5. Funções centrais e de apoio na organização FUNÇÃO ENGENHARIA P&D FUNÇÃO CONTÁBIL FINANCEIRA OUTRAS PRODUÇÃO MKT FUNÇÃO RH FUNÇÃO INFORMAÇÃO/ TECNOLOGIA
  6. 6. Administração Eficaz da Produção Lembre-se de que diferentes empresas podem tanto chamar suas funções de nomes diferentes, como também ter um conjunto diferente de funções de apoio.
  7. 7. Atividades funcionais centrais Provedor de serviços de Internet Promover serviços a usuários e obter assinaturas Marketing e vendas Vender espaço de propaganda Desenvolvimento de Criar novos serviços e comissionar novo conteúdo de produto ou serviço informação Manter equipamentos, programas e informação Produção Implantar novos links e serviços Fig: Atividades das funções centrais de uma empresa
  8. 8. Atividades funcionais centrais Cadeia de fast·food Fazer propaganda em televisão Marketing e vendas Inventar material promocional Desenvolvimento de Inventar hambúrgueres, pizzas etc. produto ou serviço Projetar a decoração dos restaurantes Fazer hambúrgueres, pizzas etc. Produção Servir aos clientes Fazer a limpeza Manter o equipamento Fig: Atividades das funções centrais de uma empresa
  9. 9. Atividades funcionais centrais Caridade Desenvolver contratos de fundos Marketing e vendas Enviar mala direta com pedidos de doações Desenvolvimento de Desenvolver novas campanhas de apelo produto ou serviço Projetar novos programas de assistência Produção Prover serviços para os beneficiários da caridade Fig: Atividades das funções centrais de uma empresa
  10. 10. Atividades funcionais centrais Fabricante de móveis Fazer propaganda em revistas Marketing e vendas Determinar a política de preços Vender para lojas Desenvolvimento de Projetar novos móveis produto ou serviço Coordenar com cores da moda Fazer peças Produção Montar os móveis Fig: Atividades das funções centrais de uma empresa
  11. 11. Sistema de Produção RECURSOS DE ENTRADA A SEREM Modelo input-transformação-output. TRANSFORMADOS Materiais Informações C Consumidores O N S INPUTS PROCESSO OUTPUT U RECURSOS DE ENTRADA DE M DE TRANSFORMAÇÃO TRANSFORMAÇÃO I D O Instalações R E Pessoal Insumos Saídas (Bens ou S Serviços) Processo de Transformação -Processamento de materiais Ex: operações de manufatura -Processamento de informações Ex: bancos, serviços de notícias, empresas de telecomunicações, etc. -Processamento de consumidores Ex: cabelereiros, hoteis, dentistas, etc.
  12. 12. Podem parecer os mesmos... hospital fábrica de automóveis Um produz manufatura produzindo bens físicos X Outro produz mudanças nas condições fisiológicas
  13. 13. : materiais, informações e consumidores : instalações e funcionários
  14. 14. Processo de Operação Recursos de input transformação Outputs Avião Pilotos e equipe de bordo Transportar passageiros Passageiros e carga Linha aérea Equipe de terra e carga pelo mundo transportados Passageiros e carga Produtos à venda Dispor os bens Equipe de vendas Loja de Fornecer conselhos de Consumidores e produtos Registros departamento computadorizados compras juntos Clientes Vender os bens Impressoras e Projeto gráfico desenhistas Material desenhado e Impressão Gráfica Prensas de impressão Encadernação impresso Papel, tinta etc. Oficiais de polícia Prevenir crimes Sociedade justa Sistemas de computador Solucionar crimes Público com sentimento Polícia Informação Prender criminosos de segurança Público (criminosos) Comida fresca Fabricante de Operadores Preparação da comida Equipamento de comida processamento de Congelamento da comida Comida congelada congelada alimento Congeladores Tabela: Algumas operações input-transformação-output
  15. 15. Sistema de Produção Outputs do processo de transformação BENS E SERVIÇOS -Tangibilidade; - Estocabilidade; - Transportabilidade; - Simultaneidade; - Contato com o consumidor; - Qualidade. Bens x Serviços
  16. 16. Questão • A maioria das operações produz tanto bens como serviços?
  17. 17. Resposta • O output da maioria dos tipos de operações é um composto (mix) de bens e serviços. • Serviços facilitadores;
  18. 18. O output da maioria das operações é um composto de bens e serviços Outputs Bens puros Tangível Pode ser estocado A produção procede Produção de petróleo o consumo Fundição de alumínio Fabricante de máquinas- máquinas- Baixo nível de ferramentas especiais contrato como consumidor Serviço de sistemas de Restaurante Pode ser Consultoria gerencial Intangível transportado informática Clinica psicoterápica Não pode ser A qualidade é estocado evidente A produção e consumo são simultâneos Alto nível de contato com o consumidor Não pode ser transportado É difícil julgar a qualidade Serviços puros
  19. 19. • As atividades de produção constituem a base do sistema econômico de uma nação; • Fatores de produção;
  20. 20. Classificação dos sistemas de produção quanto à atividade econômica • Classificação ampla e genérica; – Sistemas pertencentes ao setor primário; – Sistemas pertencentes ao setor secundário; – Sistemas pertencentes ao setor terciário;
  21. 21. Classificação dos sistemas de produção quanto à função • Manufatura: tem como característica predominante a criação física, isto é, a saída consiste de bens que diferem fisicamente em forma, conteúdo etc. daqueles materiais que entram no sistema. Assim, a manufatura requer alguma transformação física ou uma mudança na forma da utilidade dos recursos. PROCESSAMENTO
  22. 22. Classificação dos sistemas de produção quanto à função • Transporte: existe com o propósito de mover alguma coisa ou alguém de um lugar para outro, isto é, a localização de alguém ou alguma coisa é mudada. O sistema utiliza seus recursos primordialmente para estes fins, e tais recursos, normalmente, não sofrerão mudanças físicas. O sistema provê recursos para uma mudança no local da utilidade. PROCESSAMENTO
  23. 23. Classificação dos sistemas de produção quanto à função • Suprimento: é a categoria em que a principal característica é a mudança de propriedade ou posse de bens. Diferentemente da manufatura do bem, as saídas do sistema são fisicamente iguais às entradas. Não há transformação física e a função do sistema é primordialmente a mudança na posse da utilidade de um recurso. PROCESSAMENTO
  24. 24. Classificação dos sistemas de produção quanto à função • Serviço: tem como característica principal o tratamento ou a acomodação de alguma coisa ou de alguém. Há uma mudança primordial no estado da utilidade de um recurso. Diferentemente dos sistemas de suprimento, o estado ou condição das saídas físicas irá diferir das entradas, em virtude de terem sido, de alguma forma, tratadas. PROCESSAMENTO
  25. 25. Os subsistemas dentro da categorização funcional dos sistemas de produção A B Input(s) Ouput(s) C D Esquema representativo de um sistema de produção e seus respectivos subsistemas A fim de se conseguir distinguir os subsistemas dentro de um sistema de produção, faz-se necessário um estudo da equifinalidade; Característica que assegura aos sistemas abertos a possibilidade de partir de condições iniciais diferentes, seguir caminhos diversos e atingir os mesmos resultados, o mesmo estado final.
  26. 26. Os subsistemas dentro da categorização funcional dos sistemas de produção A B Input(s) Ouput(s) C D Esquema representativo de um sistema de produção e seus respectivos subsistemas A característica da equifinalidade auxilia na identificação dos subsistemas de sistemas de produção, uma vez que permite a análise e a comparação entre os objetivos do sistema como um todo e do possível subsistema; Caso ambos existam para o mesmo fim, isto é, quando o subsistema trabalha e contribui para que o sistema atinja a sua finalidade, ele será considerado, verdadeiramente, um subsistema do todo.
  27. 27. Os subsistemas dentro da categorização funcional dos sistemas de produção A B Input(s) Ouput(s) C D Esquema representativo de um sistema de produção e seus respectivos subsistemas Se o sistema funcionar perfeitamente sem a presença do mesmo, ele não será considerado um subsistema e sim um sistema agregado ao sistema maior e com uma finalidade não convergente à finalidade do sistema de produção estudado na ocasião.
  28. 28. Estudo de caso – Posto de gasolina Um posto de combustíveis, no qual existe uma loja de conveniências que atende não apenas diversos clientes como também os próprios funcionários do estabelecimento. Classificação quanto à função? A loja de conveniências pode ser considerada como um subsistema do sistema principal? Por quê?
  29. 29. Estudo de caso – Posto de gasolina Loja de conveniências mecânicas Setor de manutenção Subsistemas?
  30. 30. Similaridade entre as operações produtivas • Modelo input – transformação – output; • A maior parte das organizações produzem bens físicos e serviços; • Todas as operações fazem parte de uma rede de suprimentos mais ampla, que por meio das contribuições individuais de cada operação, satisfaz às exigências do consumidor final; • Todas as operações podem ser divididas em microoperações; • Processos de negócios do início ao fim que satisfazem à necessidade do consumidor.
  31. 31. Sistema de Produção Unidades, setores, - ÁREAS DE PRODUÇÃO departamentos, centros de trabalho. -Operação Global: Macrooperação -Unidade: Microoperação 2 Significados de “PRODUÇÃO” Produção como função – Produzir bens e serviços para consumidores externos da organização. Produção como atividade – qualquer transformação de recursos de input para produzir bens e serviços para clientes internos ou externos.
  32. 32. Sistema de Produção Proteção da Produção Uma forma dos gerentes de produção tentarem minimizar problemas do “ambiente”(variação de demandas, mudanças do merdcado) é proteger a produção do ambiente externo. Isso pode ser feito de duas maneiras: Proteção Física – manter estoques de recursos, sejam estes inputs para o processo de transformação ou outputs. Proteção Organizacional – alocar as responsabilidades das várias funções da organização, de modo que a função produção seja protegida do ambiente externo. Integração entre funções, a função produção bem informada.
  33. 33. Sistema de Produção Volume 4 medidas para distinguir diferentes operações: Variedade •Dimensão Volume Variação Visibilidade Grau de repetição de tarefas especialização Sistematização custos unitários baixos. Operações de alto volume Operações de baixo volume Fabricação de televisores Fabricação de aviões Restaurante fast food Restaurante a la carte Parque Temático Sala de teatro
  34. 34. Sistema de Produção Volume •Dimensão Variedade Variedade Maior ou menor flexibilidade maior ou menor Variação Visibilidade Padronização maior ou menor custo Operações de alta variedade Operações de baixa variedade Bolo sob encomenda Bolo produzido em série Fábrica de roupas sob Fábrica de roupa pronta para encomenda uso Loja de departamentos Loja de jeans
  35. 35. Sistema de Produção Volume •Dimensão Variação de Demanda Variedade Flexibilidade no nível de produção Variação Visibilidade Operações de alta variação Operações de baixa variação Usina de energia elétrica Padaria Fabricante de fogos de artifício Empresa de consultoria Polícia e serviço de Distribuição de alimentos emergência
  36. 36. Sistema de Produção Volume •Dimensão Visibilidade (contato com o consumidor) Variedade Variação do nível de presença do consumidor no Variação processo produtivo Visibilidade Operações de alto Operações Mistas Operações de baixo contato contato Reforma de residência Corretor de imóveis Serviços bancários de retaguarda Pratos preparados na Restaurante estilo bistrô Sanduiches pré- frente do cliente preparados Dentista Universidades Ensino à distância
  37. 37. Implicação dos 4 Vs da Produção • Volume; • Variedade; • Variação; • Visibilidade;
  38. 38. Tipologia da produção
  39. 39. Administração da Produção Responsabilidades Diretas • Entendimento dos objetivos estragégicos da produção • Desenvolvimeto de uma estratégia •Projeto de produtos, serviços e processos Os 4 Vs – desenhar os arranjos físicos e fluxos de processo. • Planejamento e Controle da Produção •Melhoria do desempenho da produção (ferramentas, TQM) – responsabilidade de todo gerente de produção. Responsabilidades Indiretas • Relacionamento e interação entre a função produção e as outras funções.
  40. 40. Administração da Produção Responsabilidades Amplas • Proteção Ambiental – desempenho da organização face ao meio-ambiente. • Responsabilidade Social – Como as operações podem ser administradas para gerar empregadores responsáveis e bons vizinhos? (impacto sobre os funcionários, fornecedores, consumidores) • Consciência Tecnológica – Acompanhar os avanços tecnológicos em geral e até mesmo as implicações de tecnologias nào diretamente relacionadas às atividades. • Gestão do Conhecimento – Foco nos processos de aprendizado .

×