1
Método da Unidade de
Esforço de Produção
(UEP)
Professor: Daniel Moura
Disciplina: Custos da Produção
Curso: Graduação e...
Noções Iniciais
• Como exemplo, considere uma empresa que
fabrica apenas três produtos; P1, P2 e P3 e
que a produção dessa...
Noções Iniciais
• Se considerarmos, neste exemplo, a soma das
unidades produzidas, a conclusão é que o nível
de atividade ...
Noções Iniciais
• Para comprovar a afirmação anterior, basta supor que
os custos totais de transformação, da empresa WEG
t...
Noções Iniciais
• Portanto, com esse procedimento, os custos de
transformação alocados aos três produtos, alem de
serem ig...
Noções Iniciais
• Para conseguir saber sobre as produções dos períodos
de maneira correta, é importante ter as informações...
Noções Iniciais
• Retomando nosso exemplo da empresa WEG, a
produção em termos de UEPs ficaria:
• Nesse caso, a produção é...
Noções Iniciais
• Portanto, os custos de transformação unitários, em
setembrosetembro seriam:
8
Custo de P1 1 x custo da U...
Noções Iniciais
• Portanto, os custos de transformação unitários, em
outubrooutubro seriam:
9
Custo de P1 1 x custo da UEP...
Noções Iniciais
• Portanto, os custos de transformação unitários, em
novembronovembro seriam:
10
Custo de P1 1 x custo da ...
Noções Iniciais
• A tabela 2, abaixo apresenta os custos unitários dos
produtos (P1, P2 e P3) nos períodos considerados
• ...
Principais Tópicos
12
Histórico
Noções Iniciais
Unificação da Produção pela UEPUnificação da Produção pela UEP
Determi...
Unificação da produção pela
UEP
• A unificação da produção parte do
conceito teórico de esforço de
produção, sendo:
Traba...
Unificação da produção pela
UEP
Os materiais de consumo necessários para
por em funcionamento a fabrica,
A manutenção do...
Unificação da produção pela
UEP
• Portanto, a medida para os
esforços de produção é a
unidade de esforço de
produção (UEP)...
Unificação da produção pela
UEP
• Para o método da UEP:
Os focos concentradoresfocos concentradores dos esforços de
produ...
Unificação da produção pela UEP
• Para o método da UEP:
A fabrica é dividida em POSTOSPOSTOS
OPERATIVOSOPERATIVOS
O post...
Unificação da produção pela
UEP
O pressuposto do método UEP é que
o conjunto de operações
elementares mantém-se
proporcio...
Unificação da produção pela UEP
Assim, se um produto P1 sofre um minuto
de desbaste, depois 2 minutos de
acabamento e, fi...
Unificação da produção pela
UEP
A regra pratica da
homogeneidade é que as
diferenças não podem ser tão
relevantes, a pont...
Unificação da produção pela
UEP
Cada posto operativo possui
capacidade de gerar ou repassar
esforço de produção. EssaEssa...
Unificação da produção pela
UEP
O potencial produtivopotencial produtivo é a
quantidade de esforço de produção
gerada pel...
Principais Tópicos
23
Histórico
Noções Iniciais
Unificação da Produção pela UEP
Determinação dos Esforços de ProduçãoD...
Determinação dos Esforços de
Produção
• O método da UEP trabalha com as
relações entre os esforços de
produção
• Para a de...
Determinação dos Esforços de
Produção
• Em cada posto operativoposto operativo, são
separados ÍNDICES DE CUSTOSÍNDICES DE ...
Determinação dos Esforços de
Produção
• Normalmente são utilizados os itens:
MODMOD
MOIMOI
DepreciaçãoDepreciação
Manu...
Determinação dos Esforços de
Produção
• Para cada posto operativo são
estimados, da maneira mais precisa
possível, os cust...
Determinação dos Esforços de
Produção
• Assim, com esse procedimento,
tem-se um índice de custos paraíndice de custos para...
Determinação dos Esforços de
Produção
• Com efeito, o termo utilizado para
referir-se a tais índices é
denominado de FOTO-...
Determinação dos Esforços de
Produção
• Quando um produto passa por um
posto operativo, esse produto
absorve esforços de p...
Determinação dos Esforços de
Produção
• Assim, a unidade de medida
comum a todos os produtos da
empresa é encontrada e o
p...
Principais Tópicos
32
Histórico
Noções Iniciais
Unificação da Produção pela UEP
Determinação dos Esforços de Produção
...
Etapas de Implantação da UEP
1)1) Divisão da fábrica em postos operativosDivisão da fábrica em postos operativos
2)2) Cálc...
Etapas de Implantação da UEP
1)1) Divisão da fábrica em postos operativosDivisão da fábrica em postos operativos
 Posto o...
Etapas de Implantação da UEP
2)2) Cálculo dos fotos-índicesCálculo dos fotos-índices
 Determinar os custos horários ($/h)...
Etapas de Implantação da UEP
3)3) Escolha do produto baseEscolha do produto base
 Produto base representa os produtos da
...
Etapas de Implantação da UEP
4)4) Cálculo dos potenciais produtivosCálculo dos potenciais produtivos
 Os potenciais produ...
Etapas de Implantação da UEP
5)5) Determinação das equivalentes dos produtosDeterminação das equivalentes dos produtos
 O...
Etapas de Implantação da UEP
5)5) Determinação das equivalentes dos produtosDeterminação das equivalentes dos produtos
 O...
• Principais Conceitos da UEP
40
Conceito Descrição Resumida
Esforço de Produção Trabalho de transformação (UEP)
Posto Ope...
Principais Tópicos
41
Histórico
Noções Iniciais
Unificação da Produção pela UEP
Determinação dos Esforços de Produção
...
Operacionalização
• As possíveis aplicações do método da UEP
destacam-se:
1)1) Mensuração da quantidade produzidaMensuraçã...
Operacionalização
1)1) Mensuração da quantidade produzidaMensuração da quantidade produzida
 A produção da empresa em UEP...
Operacionalização
2)2) Cálculo dos custos de transformaçãoCálculo dos custos de transformação
 O cálculo dos custos de tr...
Operacionalização
3)3) Medidas de desempenhoMedidas de desempenho
• O método UEP utiliza três indicadores
de desempenho:
...
Principais Tópicos
46
Histórico
Noções Iniciais
Unificação da Produção pela UEP
Determinação dos Esforços de Produção
...
Exemplo Ilustrativo
1) IMPLANTAÇÃO
a)a) Divisão da empresa em postos operativosDivisão da empresa em postos operativos
• A...
Exemplo Ilustrativo
1) IMPLANTAÇÃO
b)b) Cálculo dos índices de custos (foto-índices)Cálculo dos índices de custos (foto-ín...
Exemplo Ilustrativo
1) IMPLANTAÇÃO
b)b) Cálculo dos foto-índicesCálculo dos foto-índices
49
Item de custo ÍNDICES DE CUSTO...
Exemplo Ilustrativo
c)c) Determinação do foto-custo baseDeterminação do foto-custo base
• Os tempos despendidos nos postos...
Exemplo Ilustrativo
d)d) Cálculo dos potenciais produtivosCálculo dos potenciais produtivos
• Dividindo-se o foto-índices ...
Exemplo Ilustrativo
e)e) Determinação dos equivalentes dos produtosDeterminação dos equivalentes dos produtos
• Assim, o e...
Exemplo Ilustrativo
2)2) OPERACIONALIZAÇÃOOPERACIONALIZAÇÃO
• Vamos tomar os dados de dois meses:
novembro e dezembro de 1...
Exemplo Ilustrativo
2)2) OPERACIONALIZAÇÃOOPERACIONALIZAÇÃO
• Os custos de transformaçãocustos de transformação nesses doi...
Exemplo Ilustrativo
• A empresa realiza acompanhamento dos índices de
eficiência, eficácia e produtividade horária, em
nov...
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Capitulo 8 metodo da unidade de esforço de produção uep

2,591

Published on

0 Comments
1 Like
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

No Downloads
Views
Total Views
2,591
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
0
Actions
Shares
0
Downloads
84
Comments
0
Likes
1
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Transcript of "Capitulo 8 metodo da unidade de esforço de produção uep"

  1. 1. 1 Método da Unidade de Esforço de Produção (UEP) Professor: Daniel Moura Disciplina: Custos da Produção Curso: Graduação em Engenharia de Produção
  2. 2. Noções Iniciais • Como exemplo, considere uma empresa que fabrica apenas três produtos; P1, P2 e P3 e que a produção dessa empresa, em unidades fabricadas, nos meses de setembro, outubro e novembro, seja: 2 Produto Setembro Outubro Novembro P1 1.000 2.000 3.000 P2 2.000 1.500 1.000 P3 3.000 2.600 2.300 Total 6.000 6.100 6.300 Tabela 1 – Nº de produtos fabricados nos meses setembro, outubro e novembro pela empresa WEG
  3. 3. Noções Iniciais • Se considerarmos, neste exemplo, a soma das unidades produzidas, a conclusão é que o nível de atividade estaria crescendo, porém para o método UEP, não se pode proceder desta maneira, mesmo se os produtos forem parecidos (pertencerem a uma mesma família), ou melhor, se P1, P2 e P3 fossem motores elétricos semelhantes diferindo apenas em tamanho (potência), mesmo assim, essa operação estaria incorreta 3
  4. 4. Noções Iniciais • Para comprovar a afirmação anterior, basta supor que os custos totais de transformação, da empresa WEG tenham sido $ 6.000.000,00 nos três períodos. O calculo simplificado dos custos unitários com o total da tabela 1, representando a produção, os resultados seriam: 4 Custo de P1 = custo de P2 = custo de P3 = $ 6.000.000,00 / 6.000 = $ 1.000,001.000,00 (Set) Custo de P1 = custo de P2 = custo de P3 = $ 6.000.000,00 / 6.100 = $ 983,61983,61 (Out) Custo de P1 = custo de P2 = custo de P3 = $ 6.000.000,00 / 6.300 = $ 952,38952,38 (Nov)
  5. 5. Noções Iniciais • Portanto, com esse procedimento, os custos de transformação alocados aos três produtos, alem de serem iguais, estariam decrescendo no tempo • A falha foi considerar os produtos como iguais, quando não o são. • No exemplo da empresa WEG, os motores elétricos não são iguais, pois P1 é um motor pequeno, P2 é intermediário e P3 é grande. • Desta maneira, é lógico supor que a fabricação de P3 demanda mais trabalho do que a produção de P2 e P1. • Por isso, que a soma pura e simples das unidades produzidas não funciona. 5
  6. 6. Noções Iniciais • Para conseguir saber sobre as produções dos períodos de maneira correta, é importante ter as informaçõesinformações a respeito sobre os trabalhos necessáriostrabalhos necessários para fabricar os três produtos. • No método da unidade de esforço de produção, isto é conseguido por uma unidade comum a todos osunidade comum a todos os produtosprodutos da empresa – a UEPUEP • Assim, se conseguir saber que o produto P1P1 equivale a 1 UEP1 UEP, o produto P2P2 a 1,1 UEPs1,1 UEPs e o P3P3 equivale a 1,31,3 UEPsUEPs, a produção pode ser calculado, portanto, em unidades de esforço de produção – UEP. 6
  7. 7. Noções Iniciais • Retomando nosso exemplo da empresa WEG, a produção em termos de UEPs ficaria: • Nesse caso, a produção é praticamente constante, sendo o maior volume de produção em setembromaior volume de produção em setembro, com 7.100 UEPs7.100 UEPs equivalentes, ou seja, a produção conseguida seria equivalente, em termos de trabalho, 7.100 UEPs 7 Produção P1 P2 P3 Total Setembro 1 x 1.000 + 1,1 x 2.000 + 1,3 x 3.000 = 7.100 UEPs7.100 UEPs Outubro 1 x 2.000 + 1,1 x 1.500 + 1,3 x 2.600 = 7.030 UEPs7.030 UEPs Novembro 1 x 3.000 + 1,1 x 1.000 + 1,3 x 2.300 = 7.090 UEPs7.090 UEPs
  8. 8. Noções Iniciais • Portanto, os custos de transformação unitários, em setembrosetembro seriam: 8 Custo de P1 1 x custo da UEP = 1 x 845,07 = $ 845,07 Custo de P2 1 x custo da UEP = 1,1 x 845,07 = $ 929,58 Custo de P3 1 x custo da UEP = 1,3 x 845,07 = $ 1.098,59 6.000.000 Custo de 1UEPCusto de 1UEPSETSET = = $ 845,07 7.1007.100
  9. 9. Noções Iniciais • Portanto, os custos de transformação unitários, em outubrooutubro seriam: 9 Custo de P1 1 x custo da UEP = 1 x 853,49 = $ 853,49 Custo de P2 1 x custo da UEP = 1,1 x 853,49 = $ 938,84 Custo de P3 1 x custo da UEP = 1,3 x 853,49 = $ 1.109,53 6.000.000 Custo de 1UEPCusto de 1UEPOUTOUT = = $ 853,49 7.0307.030
  10. 10. Noções Iniciais • Portanto, os custos de transformação unitários, em novembronovembro seriam: 10 Custo de P1 1 x custo da UEP = 1 x 846,26 = $ 846,26 Custo de P2 1 x custo da UEP = 1,1 x 846,26 = $ 930,88 Custo de P3 1 x custo da UEP = 1,3 x 846,26 = $ 1.100,13 6.000.000 Custo de 1UEPCusto de 1UEPNOVNOV = = $ 846,26 7.0907.090
  11. 11. Noções Iniciais • A tabela 2, abaixo apresenta os custos unitários dos produtos (P1, P2 e P3) nos períodos considerados • A UEP foi usada como a unidade de medida comum. Assim, o calculo dos custos dos produtos foi simplificado, evitando-se a complexidade dos sistemas de alocação de custos normalmente empregados. 11 Produto Setembro Outubro Novembro P1 845,07 853,49 846,26 P2 929,58 938,84 930,88 P3 1.098,59 1.109,53 1.100,13 Tabela 2 – Custos unitários dos produtos P1, P2 e P3
  12. 12. Principais Tópicos 12 Histórico Noções Iniciais Unificação da Produção pela UEPUnificação da Produção pela UEP Determinação dos Esforços de Produção Etapas para Implantação do Método da UEP Operacionalização Exemplo Ilustrativo Método da UEP e as Necessidade da Empresa Moderna
  13. 13. Unificação da produção pela UEP • A unificação da produção parte do conceito teórico de esforço de produção, sendo: Trabalho de mão-de-obra (direta e indireta), Energia elétrica utilizada para mover as maquinas e iluminar o ambiente, 13
  14. 14. Unificação da produção pela UEP Os materiais de consumo necessários para por em funcionamento a fabrica, A manutenção do equipamento, O controle de qualidade, Trabalho intelectual de planejamento da produção Enfim, tudo que se relaciona com a produção, gera ESFORÇOS DE PRODUÇÃO 14
  15. 15. Unificação da produção pela UEP • Portanto, a medida para os esforços de produção é a unidade de esforço de produção (UEP) 15
  16. 16. Unificação da produção pela UEP • Para o método da UEP: Os focos concentradoresfocos concentradores dos esforços de produção são as atividades produtivas diretas da empresa, ou seja, todas as atividades diretamente envolvidas na fabricação dos produtos. Os esforços das atividades auxiliares são repassadas as produtivas, e daí, aos produtos. 16
  17. 17. Unificação da produção pela UEP • Para o método da UEP: A fabrica é dividida em POSTOSPOSTOS OPERATIVOSOPERATIVOS O posto operativo é composto por operações de transformações homogêneas, ou seja, tomando como exemplo uma operação de torneamento O conjunto de atividades desenvolvidas por um torno (desbaste, acabamento, rebaixo, etc) poderia ser um posto operativo. 17
  18. 18. Unificação da produção pela UEP O pressuposto do método UEP é que o conjunto de operações elementares mantém-se proporcionalmente o mesmo para todos os produtos que passam pelo torno. 18
  19. 19. Unificação da produção pela UEP Assim, se um produto P1 sofre um minuto de desbaste, depois 2 minutos de acabamento e, finalmente, 0,5 minuto de rebaixo, demorando ao todo 3,5 min., neste posto operativo, outro produto (P2) que leva o dobro de tempo no torno (7 min.) deve demorar 2 min., de desbaste, 4 min., no acabamento e mais 1 min., no rebaixo. 19
  20. 20. Unificação da produção pela UEP A regra pratica da homogeneidade é que as diferenças não podem ser tão relevantes, a ponto de influírem significativamente no resultado. 20
  21. 21. Unificação da produção pela UEP Cada posto operativo possui capacidade de gerar ou repassar esforço de produção. EssaEssa capacidadecapacidade é denominada de POTENCIAL PRODUTIVOPOTENCIAL PRODUTIVO 21
  22. 22. Unificação da produção pela UEP O potencial produtivopotencial produtivo é a quantidade de esforço de produção gerada pelo posto operativo quando em funcionamento por uma hora No método, o potencial é medido emo potencial é medido em UEP/hUEP/h 22
  23. 23. Principais Tópicos 23 Histórico Noções Iniciais Unificação da Produção pela UEP Determinação dos Esforços de ProduçãoDeterminação dos Esforços de Produção Etapas para Implantação do Método da UEP Operacionalização Exemplo Ilustrativo Método da UEP e as Necessidade da Empresa Moderna
  24. 24. Determinação dos Esforços de Produção • O método da UEP trabalha com as relações entre os esforços de produção • Para a determinação dessas relações, emprega informações de custos. 24
  25. 25. Determinação dos Esforços de Produção • Em cada posto operativoposto operativo, são separados ÍNDICES DE CUSTOSÍNDICES DE CUSTOS (custos por hora) englobando todos os itens relevantes, obtendo-se um custo horário. 25
  26. 26. Determinação dos Esforços de Produção • Normalmente são utilizados os itens: MODMOD MOIMOI DepreciaçãoDepreciação ManutençãoManutenção Materiais de consumoMateriais de consumo Energia elétricaEnergia elétrica Utilidades.Utilidades. 26
  27. 27. Determinação dos Esforços de Produção • Para cada posto operativo são estimados, da maneira mais precisa possível, os custos incorridos, de baixo para cima, isto é, determinado-se as quantidades de cada insumo empregado. 27
  28. 28. Determinação dos Esforços de Produção • Assim, com esse procedimento, tem-se um índice de custos paraíndice de custos para cada posto operativocada posto operativo, o qual representa os custos realmente incorridos no funcionamento típico do posto operativo, como se fosse uma fotografia da estrutura dos custos das operações produtivas. 28
  29. 29. Determinação dos Esforços de Produção • Com efeito, o termo utilizado para referir-se a tais índices é denominado de FOTO-ÍNDICESFOTO-ÍNDICES do posto operativo • As relações entre os índices são usadas pelo método para estimar as relações entre esforços de produção 29
  30. 30. Determinação dos Esforços de Produção • Quando um produto passa por um posto operativo, esse produto absorve esforços de produção. • Tomando os tempos de passagemtempos de passagem dos produtos pelos postos operativos, os esforços deos esforços de produção (UEP) são alocados aosprodução (UEP) são alocados aos produtos.produtos. 30
  31. 31. Determinação dos Esforços de Produção • Assim, a unidade de medida comum a todos os produtos da empresa é encontrada e o processo de mensuração da produção é simplificado. 31
  32. 32. Principais Tópicos 32 Histórico Noções Iniciais Unificação da Produção pela UEP Determinação dos Esforços de Produção Etapas para Implantação do Método da UEPEtapas para Implantação do Método da UEP Operacionalização Exemplo Ilustrativo Método da UEP e as Necessidade da Empresa Moderna
  33. 33. Etapas de Implantação da UEP 1)1) Divisão da fábrica em postos operativosDivisão da fábrica em postos operativos 2)2) Cálculo dos fotos-índicesCálculo dos fotos-índices 3)3) Escolha do produto baseEscolha do produto base 4)4) Cálculo dos potenciais produtivosCálculo dos potenciais produtivos 5)5) Determinação das equivalentes dosDeterminação das equivalentes dos produtosprodutos 33
  34. 34. Etapas de Implantação da UEP 1)1) Divisão da fábrica em postos operativosDivisão da fábrica em postos operativos  Posto operativo - conjunto de operações;  Pode ser um posto de trabalho ou máquina;  Uma maquina pode comportar dois ou mais postos operativos, ou inverso;  Estrutura produtiva direta é representada pelos postos operativos; 34
  35. 35. Etapas de Implantação da UEP 2)2) Cálculo dos fotos-índicesCálculo dos fotos-índices  Determinar os custos horários ($/h) dos postos operativos;  Índices de custos são calculados através da dispêndio de insumos dos postos operativos (com exceção da MP e despesas de estrutura);  A única função dos foto-índices é proporcionar uma estimativa das relações entre os potenciais produtivos 35
  36. 36. Etapas de Implantação da UEP 3)3) Escolha do produto baseEscolha do produto base  Produto base representa os produtos da empresa;  Pode ser um produto ou uma combinação de produtos representando a estrutura produtiva da empresa;  Deve-se empregar os tempos médios de passagem dos produtos pelos postos operativos;  Calcula-se, então, o custo do produto base denominado foto-custo base e medido em $foto-custo base e medido em $ 36
  37. 37. Etapas de Implantação da UEP 4)4) Cálculo dos potenciais produtivosCálculo dos potenciais produtivos  Os potenciais produtivospotenciais produtivos são encontrados dividindo-se os foto-índicesdividindo-se os foto-índices pelo foto-custofoto-custo base.base.  Por exemplo, se os índices de custos (foto- índices) de dois postos operativos forem 20.000,00 $/h e 30.000,00 $/h e o foto-foto- custo basecusto base for $ 1.000,00 os potenciaispotenciais produtivosprodutivos serão respectivamente: 37 20 UEP/h e 30 UEP/h20 UEP/h e 30 UEP/h
  38. 38. Etapas de Implantação da UEP 5)5) Determinação das equivalentes dos produtosDeterminação das equivalentes dos produtos  Os produtos, ao passarem pelos postos operativos, absorvem os esforços de produção, de acordo com os tempos de passagem  Assim, se um posto operativo possuiposto operativo possui capacidade de 50 UEP/hcapacidade de 50 UEP/h e um dado produtoproduto despende 0,1 h nesse postodespende 0,1 h nesse posto, ele absorve 5absorve 5 UEP na operação em questãoUEP na operação em questão.. 38
  39. 39. Etapas de Implantação da UEP 5)5) Determinação das equivalentes dos produtosDeterminação das equivalentes dos produtos  O somatório dos esforços absorvidos peloO somatório dos esforços absorvidos pelo produto em todos os postos operativos é oproduto em todos os postos operativos é o seu equivalente em UEPseu equivalente em UEP  Esse procedimento aplicado a todos os produtos da empresa, têm-se todas as informações da etapa de implantação do método UEP. 39
  40. 40. • Principais Conceitos da UEP 40 Conceito Descrição Resumida Esforço de Produção Trabalho de transformação (UEP) Posto Operativo Operações de transformação Potencial Produtivo Capacidade de gerar esforço de produção (UEP/h) Foto-Índice Custo de funcionamento do posto operativo, em ($/h) Foto-Custo Custo do produto base (foto-índice dos postos operativos) Equivalente do Produto Esforço, em UEP, para fabricar o produto Tabela 3 - Principais conceitos do método da UEP Etapas de Implantação da UEP
  41. 41. Principais Tópicos 41 Histórico Noções Iniciais Unificação da Produção pela UEP Determinação dos Esforços de Produção Etapas para Implantação do Método da UEP OperacionalizaçãoOperacionalização Exemplo Ilustrativo Método da UEP e as Necessidade da Empresa Moderna
  42. 42. Operacionalização • As possíveis aplicações do método da UEP destacam-se: 1)1) Mensuração da quantidade produzidaMensuração da quantidade produzida 2)2) Cálculo dos custos de transformaçãoCálculo dos custos de transformação 3)3) Medidas de desempenhoMedidas de desempenho 42
  43. 43. Operacionalização 1)1) Mensuração da quantidade produzidaMensuração da quantidade produzida  A produção da empresa em UEP é encontrada multiplicando-se as quantidades produzidas de cada produto pelos respectivos equivalentes (em UEP)  Por exemplo: 43 Produto Custo de Transformação Equivalente Custo unitário (UEP) P1 20,00 1 UEP 20,00 P2 20,00 1,1 UEP 22,00 P3 20,00 1,3 UEP 26,00
  44. 44. Operacionalização 2)2) Cálculo dos custos de transformaçãoCálculo dos custos de transformação  O cálculo dos custos de transformaçãocálculo dos custos de transformação é encontrado dividindo-se os custos dedividindo-se os custos de transformação do período pelatransformação do período pela produçãoprodução, obtém-se o valor unitário da UEP nesse período em $/UEP  Assim, sendo produzidas 5.250 UEP num período e os custos de transformação remontando $ 105.000,00, por exemplo, o custo unitário nesse período será decusto unitário nesse período será de 20,00 $/h (105.000/5.250)(105.000/5.250) 44
  45. 45. Operacionalização 3)3) Medidas de desempenhoMedidas de desempenho • O método UEP utiliza três indicadores de desempenho:  Eficiência  Eficácia  Produtividade 45 Produção real Eficiência = Capacidade normal Produção real Eficácia = Capacidade utilizada Produção real Produtividade = Horas trabalhadas
  46. 46. Principais Tópicos 46 Histórico Noções Iniciais Unificação da Produção pela UEP Determinação dos Esforços de Produção Etapas para Implantação do Método da UEP Operacionalização Exemplo IlustrativoExemplo Ilustrativo Método da UEP e as Necessidade da Empresa Moderna
  47. 47. Exemplo Ilustrativo 1) IMPLANTAÇÃO a)a) Divisão da empresa em postos operativosDivisão da empresa em postos operativos • A empresa Uepa Ltda fabrica quatroquatro produtosprodutos e está implantando o método da UEP • A fabrica está dividida em quatro postosquatro postos operativosoperativos: PO1, PO2, PO3 e PO4 47
  48. 48. Exemplo Ilustrativo 1) IMPLANTAÇÃO b)b) Cálculo dos índices de custos (foto-índices)Cálculo dos índices de custos (foto-índices) • Itens de custos:  MODMOD  MOIMOI  DepreciaçãoDepreciação  ManutençãoManutenção  Material de consumoMaterial de consumo  Energia elétricaEnergia elétrica  UtilidadesUtilidades 48
  49. 49. Exemplo Ilustrativo 1) IMPLANTAÇÃO b)b) Cálculo dos foto-índicesCálculo dos foto-índices 49 Item de custo ÍNDICES DE CUSTO ($/H) PO1 PO2 PO3 PO4 MOD 5,00 5,00 15,00 15,00 MOI 10,00 5,00 10,00 5,00 Depreciação 5,00 5,00 15,00 15,00 Manutenção 5,00 5,00 5,00 5,00 Mat. consumo 7,00 7,00 15,00 15,00 En. Elétrica 2,00 2,00 10,00 10,00 Utilidades 1,00 1,00 - - TOTAL 35,00 30,00 70,00 65,00 Tabela 4 - Distribuição dos custos ($/h) aos postos operativos
  50. 50. Exemplo Ilustrativo c)c) Determinação do foto-custo baseDeterminação do foto-custo base • Os tempos despendidos nos postos pelos quatros produtos são: • Tomando-se o produto 4produto 4 como base, o custo do produto base (foto-custo basefoto-custo base) fica sendo $5,00$5,00 (0,01x35 + 0,11x30 +(0,01x35 + 0,11x30 + 0,01x70 + 0,01x65)0,01x70 + 0,01x65) 50 Produto PO1 PO2 PO3 PO4 P1 0,03 0,20 0,03 0,04 P2 0,03 0,04 0,03 0,20 P3 0,05 0,05 0,05 0,10 P4 0,01 0,11 0,01 0,01 Tabela 5 – Tempos de passagem dos produtos pelos postos operativos (h/un.)
  51. 51. Exemplo Ilustrativo d)d) Cálculo dos potenciais produtivosCálculo dos potenciais produtivos • Dividindo-se o foto-índices dos postos operativos (tabela 5) pelo foto-custo base ($5,00) obtém-se os potenciaisobtém-se os potenciais produtivosprodutivos dos postos operativos 1 a 4, conforme tabela 6, abaixo. 51 Tabela 6 – Potenciais produtivos dos postos operativos.) Postos operativos PO1 PO2 PO3 PO4 Foto-índices ($/h) 35,00 30,00 70,00 65,00 Valor base da UEP($/UEP) 5 5 5 5 Potenciais produtivos (UEP/h)Potenciais produtivos (UEP/h) 77 66 1414 1313
  52. 52. Exemplo Ilustrativo e)e) Determinação dos equivalentes dos produtosDeterminação dos equivalentes dos produtos • Assim, o equivalente do produto éequivalente do produto é multiplicaçãomultiplicação do tempo de passagem em cada posto operativodo tempo de passagem em cada posto operativo pelo potencial produtivo do posto operativopelo potencial produtivo do posto operativo, como exemplo, oo P1P1 é 2,35 UEP2,35 UEP (0,03x7 + 0,2x6 + 0,03x14 + 0,04x13). Este e demais produtos estão resumidos na tabela 7, abaixo: 52 Tabela 7 – Equivalentes dos produtos (em UEP) Produto PO1 PO2 PO3 PO4 TOTAL 0,210,21 1,201,20 0,420,42 0,520,52 2,352,35 P2 0,21 0,24 0,42 2,60 3,473,47 P3 0,35 0,30 0,70 1,30 2,652,65 P4 0,07 0,66 0,14 0,13 1,001,00 P1P1
  53. 53. Exemplo Ilustrativo 2)2) OPERACIONALIZAÇÃOOPERACIONALIZAÇÃO • Vamos tomar os dados de dois meses: novembro e dezembro de 1999. a produção da empresa Uepa, em unidades fisicas e em UEPs, está apresentado na tabela 8, abaixo. 53 Produção (nov) Produção (dez) Produto Física (un.) UEP Física (un.) UEP P1 400 940 800 1.880 P2 800 2.776 400 1.388 P3 400 1.060 800 2.120 P4 1.200 1.200 800 800 TOTAL - 5.976 - 6.188 Tabela 8 – Produção da empresa Uepa, em novembro e dezembro de 1999
  54. 54. Exemplo Ilustrativo 2)2) OPERACIONALIZAÇÃOOPERACIONALIZAÇÃO • Os custos de transformaçãocustos de transformação nesses dois meses foram $ 597.600 e $ 649.740, respectivamente. Portanto, o custo da UEPcusto da UEP em novembro foi $ 100$ 100 (507.600/5.976) e em dezembro foi $ 105$ 105 (649.740/6.188). Os equivalentes em UEPequivalentes em UEP dos produtos estão na tabela 9, abaixo 54 Tabela 9 – Custos unitarios de transformação dos produtos em novembro e dezembro Produto UEP Custo (nov) Custo (dez) P1 2,35 $ 235,00 $ 246,75 P2 3,47 $ 347,00 $ 364,35 P3 2,65 $ 265,00 $ 278,25 P4 1,00 $ 100,00 $ 105;00
  55. 55. Exemplo Ilustrativo • A empresa realiza acompanhamento dos índices de eficiência, eficácia e produtividade horária, em novembro e dezembro, conforme tabela 10, abaixo 55Tabela 10 – Índices de eficiência, eficácia e produtividade horária PO1 Nov/Dez PO2 Nov/Dez PO3 Nov/Dez PO4 Nov/Dez (1) Horas teóricas (h) 200 200 300 300 200 200 300 300 (2) Horas reais (h) 80 85 280 280 100 100 250 260 (3) Potenciais produtivos (UEP/h) 7 7 6 6 14 14 13 13 (4) Capacidade teórica(UEP) (1)x(3) 1400 1400 1800 1800 2800 2800 3900 3900 (5) Capacidade pratica(UEP) (2)x(3) 560 595 1680 1680 1400 1400 3250 3380 (6) Produção real (UEP)(*) 476 588 1584 1824 952 1176 2964 2600 (7) Eficiência (6)/(4) 0,34 0,42 0,88 1,01 0,34 0,42 0,76 0,67 (8) Eficácia (6)/(5) 0,85 0,99 0,94 1,09 0,68 0,84 0,91 0,77 (1) Produt. Horária (UEP/h) (6)/(2) 5,95 6,92 5,66 6,51 9,52 11,76 11,86 10,00
  1. A particular slide catching your eye?

    Clipping is a handy way to collect important slides you want to go back to later.

×